Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
J Appl Oral Sci ; 27: e20180256, 2019 Jul 29.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31365706

RESUMO

OBJECTIVE: The rDNA-based method is unable to distinguish between alive and dead cells. Alternatively, bacterial viability can be assessed by molecular methods based on ribosomal RNA (rRNA). Therefore, this study aimed to detect viable streptococci in root canal samples using rRNA-based reverse transcription polymerase chain reaction (RT-PCR), compared to an rDNA-based PCR assay. METHODOLOGY: Microbiological root canal samples were obtained from 32 teeth with primary endodontic infections before (S1) and after chemomechanical preparation (S2), and after removal of intracanal medication (S3). RNA and DNA were extracted, and complementary DNA (cDNA) was synthesized from RNA using RT reaction. cDNA and genomic DNA were subjected to PCR with primers complementary to the 16S rRNA sequences of Streptococcus spp. McNemar's test was used to compare the detection rate of both assays (P<0.05). RESULTS: Streptococci were detected in 28.12% (9/32) and 37.5% (12/32) of S1 samples using rRNA- and rDNA-based PCR assays, respectively. In contrast, they were detected in only 6.25% (2/32) of S2 samples using rRNA-based RT-PCR, compared to 15.62% (5/32) using rDNA-based PCR. Finally, in S3 samples, streptococci were not detected by rRNA, whereas rDNA-based PCR still detected the bacteria in 12.5% (4/32) of the samples. The total number of PCR-positive reactions in the rDNA-based PCR was higher than in the rRNA-based assay (P<0.05). CONCLUSIONS: The rRNA-based RT-PCR showed a lower detection rate of streptococci when compared to the rDNA-based PCR, suggesting that the latter may have detected dead cells of streptococci in root canal samples.


Assuntos
DNA Ribossômico/isolamento & purificação , Cavidade Pulpar/microbiologia , Reação em Cadeia da Polimerase/métodos , RNA Ribossômico/isolamento & purificação , Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa/métodos , Streptococcus/isolamento & purificação , DNA Bacteriano/genética , DNA Bacteriano/isolamento & purificação , DNA Ribossômico/genética , Humanos , RNA Bacteriano/genética , RNA Bacteriano/isolamento & purificação , RNA Ribossômico/genética , Reprodutibilidade dos Testes , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Streptococcus/genética
2.
J. appl. oral sci ; 27: e20180256, 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1012514

RESUMO

Abstract Objective The rDNA-based method is unable to distinguish between alive and dead cells. Alternatively, bacterial viability can be assessed by molecular methods based on ribosomal RNA (rRNA). Therefore, this study aimed to detect viable streptococci in root canal samples using rRNA-based reverse transcription polymerase chain reaction (RT-PCR), compared to an rDNA-based PCR assay. Methodology Microbiological root canal samples were obtained from 32 teeth with primary endodontic infections before (S1) and after chemomechanical preparation (S2), and after removal of intracanal medication (S3). RNA and DNA were extracted, and complementary DNA (cDNA) was synthesized from RNA using RT reaction. cDNA and genomic DNA were subjected to PCR with primers complementary to the 16S rRNA sequences of Streptococcus spp. McNemar's test was used to compare the detection rate of both assays (P<0.05). Results Streptococci were detected in 28.12% (9/32) and 37.5% (12/32) of S1 samples using rRNA- and rDNA-based PCR assays, respectively. In contrast, they were detected in only 6.25% (2/32) of S2 samples using rRNA-based RT-PCR, compared to 15.62% (5/32) using rDNA-based PCR. Finally, in S3 samples, streptococci were not detected by rRNA, whereas rDNA-based PCR still detected the bacteria in 12.5% (4/32) of the samples. The total number of PCR-positive reactions in the rDNA-based PCR was higher than in the rRNA-based assay (P<0.05). Conclusions The rRNA-based RT-PCR showed a lower detection rate of streptococci when compared to the rDNA-based PCR, suggesting that the latter may have detected dead cells of streptococci in root canal samples.

3.
São Paulo; s.n; 2015. 66 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867898

RESUMO

O principal objetivo do tratamento endodôntico em dentes com infecções primárias é a cura da periodontite apical, o que ocorre geralmente após a máxima redução de micro-organismos do canal radicular. Métodos microbiológicos moleculares são os métodos de escolha para avaliar a redução de micro-organismos após o tratamento endodôntico por serem mais sensíveis, específicos e precisos do que os métodos baseados em cultura bacteriológica. Entretanto, poucos estudos clínicos avaliaram a eficácia antimicrobiana do tratamento endodôntico por métodos moleculares. Além disso, até o presente momento, não há nenhum estudo correlacionando esses dados com o sucesso do tratamento endodôntico. Portanto, os objetivos do presente estudo foram: (a) avaliar in vivo, por métodos moleculares quantitativos, a concentração de bactérias nos canais radiculares e sua, correlação com aspectos clínicos e radiográficos; (b) correlacionar a redução bacteriana após o tratamento endodôntico com reparo apical após controle radiográfico e tomográfico. Trinta e quatro pacientes portadores de dentes com necrose pulpar e periodontite apical foram selecionados para o estudo. O protocolo de antissepsia consistiu em realizar o Preparo Químico-Cirúrgico (PQC) com sistema Reciproc e NaOCl 2,5%; irrigação final com EDTA-T 17%; e medicação intracanal com pasta de hidróxido de cálcio por 14 dias antes da obturação dos canais radiculares. Foram realizadas coletas microbiológicas dos canais radiculares no início do tratamento e na segunda sessão, após a remoção da medicação intracanal antes da obturação.


As amostras microbiológicas foram analisadas por Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa (qPCR) para detecção e quantificação de bactérias utilizando iniciadores universais para o domínio Bactéria. Para análise do sucesso do tratamento endodôntico, foram analisados aspectos clínicos, radiográficos e tomográficos após um período mínimo de controle de 1 ano. Os casos foram classificados em 4 categorias: ausência de rarefação óssea periapical, redução ou aumento e incerto. Bactérias foram observadas em 100% das amostras iniciais coletadas, com concentrações medianas de 1,68 x 106 cópias de DNA. A análise estatística de regressão logística não apresentou correlação entre concentrações de DNA bacteriano com dados clínicos. Após o tratamento endodôntico, as medianas das concentrações de bactérias foram de 8.72 x 102, os resultados mostraram que houve diminuição significativa na concentração de DNA bacteriano (p<0,05), correspondendo a porcentagem de redução de 99.98% nos canais radiculares após os procedimentos de antissepsia. Retornaram para o controle, 20 dos 34 pacientes (58,82%), entre 13 a 22 meses após o tratamento endodôntico. Dois dentes foram extraídos, restando um total de 18 dentes para análise clínica e radiográfica. O sucesso classificado por ausência ou redução da rarefação óssea na radiografia periapical foi observada em 16 dos 18 dentes (88,83%). Dos 2 casos de insucesso radiográfico, um apresentou elevada quantidade de bactérias (>104) persistentes após os procedimentos de antissepsia e um caso apresentou obturação deficiente. Entretanto, a análise estatística de regressão logística não identificou nenhum fator específico associado ao insucesso endodôntico. A análise tomográfica foi realizada em 12 dos 18 pacientes. Os achados tomográficos confirmaram ausência/ redução da rarefação periapical verificada na radiografia, com exceção de um caso onde não houve redução da área da rarefação. Conclui-se que dentes com necrose...


The objectives of the endodontic treatment of teeth with primary infections is the healing of apical periodontitis, which usually occurs after the maximum reduction of micro-organisms in the root canal. Molecular methods are the methods of choice for assessing the reduction of micro-organisms after endodontic treatment to be more sensitive, specific and accurate than methods based on bacteriological culture. The objectives of this study were to evaluate in vivo by molecular methods, the concentration of bacteria in root canals and correlation of bacterial reduction after endodontic treatment with apical repair after radiographic control and CBCT. Thirty four teeth with apical periodontitis, with radiographic evidence of periapical were selected for this study. The root canal preparation of all the teeth was carried out with reciprocating files and 2.5% NaOCl during preparation; and 17% EDTA for smear layer removal. The root canals were medicated with calcium hydroxide for 14 days. Microbiological sampling were performed before the preparation and after intracanal medication. The samples were analyzed by real time PCR, for the detection and quantification of bacteria,. Bacteria were observed in 100% of the initial samples. . Bacteria were observed in 100% of the initial samples, with median concentrations of 1.68 x 106 copies of the DNA. After endodontic treatment, the median bacterial concentrations were 8.72 x 102, the results showed a significant decrease in the concentration of bacterial DNA (p <0.05), corresponding to 99.98% reduction in the percentage of root canals after procedures of antisepsis.


13 to 19 months after treatment, the teeth were examined by using periapical radiography (PA) and cone-beam computed tomography (CBCT). Area and volume of the periapical lesions were measured, and the outcome was presented in 4 categories: absence, reduction or enlargement of the radiolucency, or uncertain. Lesions were classified as reduced or enlarged when the change in size of the radiolucency was 20% or more. The recall rate was 58,82%, and 18 teeth were analyzed. Success classified by the absence or reduction of bone thinning in periapical radiography was observed in 16 of the 18 teeth (88.83%). CT findings confirmed the absence / reduction of periapical rarefaction observed on radiographs, except for one case. Conclude that teeth with pulp...


Assuntos
Periodontite Periapical/complicações , Periodontite Periapical/diagnóstico , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/métodos , Tratamento do Canal Radicular/métodos
4.
Psicol. pesq ; 7(1): 108-120, jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-692897

RESUMO

Este trabalho investigou a existência de dissociação entre seres vivos e artefatos em dois estudos: um com adultos típicos e outro com a descrição de dois pacientes que receberam diagnósticos de Demência Semântica (DS) ou de Doença de Alzheimer (DA). Para tanto, foram utilizadas as provas de fluência verbal, nomeação, compreensão e definição da Bateria de Memória Semântica de Cambridge. Entre os adultos típicos, o número de acertos em seres vivos foi maior na nomeação, definição e fluência verbal. Diante do controle das covariáveis sociodemográficas correlacionadas com as tarefas, não se encontraram diferenças significativas. Já a investigação dos dois casos identificou diferentes perfis de distúrbio nas provas. Sugere-se que o paciente com DS teve dupla-dissociação em relação aos controles e à paciente com DA. Os resultados foram discutidos com base em modelos de organização do conhecimento semântico e correlatos neuroanatômicos.


This study investigated dissociations between nouns representing living and nonliving entities in cognitively unimpaired adults and in two patients, one with Semantic Dementia (SD) and another with Alzheimer's disease (AD), using tests from the Cambridge Battery of Semantic Memory Tests. Among controls a higher number of correct responses in naming, definition and verbal fluency was observed in nouns representing living concepts but differences did not reach statistical significance when we controlled for sociodemographic variables correlated to the tasks. The description of the performance of two patients allowed for recognition of different profiles in the tasks. It is suggested that the patient with SD presented a double-dissociation compared to controls and to the patient with AD. Results are discussed in terms of models of semantic memory organization and neuroanatomical correlates.


Assuntos
Humanos , Doença de Alzheimer , Demência , Memória , Semântica
5.
Psicol. pesq ; 7(1): 108-120, jan.-jun. 2013. ilus, tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-59099

RESUMO

Este trabalho investigou a existência de dissociação entre seres vivos e artefatos em dois estudos: um com adultos típicos e outro com a descrição de dois pacientes que receberam diagnósticos de Demência Semântica (DS) ou de Doença de Alzheimer (DA). Para tanto, foram utilizadas as provas de fluência verbal, nomeação, compreensão e definição da Bateria de Memória Semântica de Cambridge. Entre os adultos típicos, o número de acertos em seres vivos foi maior na nomeação, definição e fluência verbal. Diante do controle das covariáveis sociodemográficas correlacionadas com as tarefas, não se encontraram diferenças significativas. Já a investigação dos dois casos identificou diferentes perfis de distúrbio nas provas. Sugere-se que o paciente com DS teve dupla-dissociação em relação aos controles e à paciente com DA. Os resultados foram discutidos com base em modelos de organização do conhecimento semântico e correlatos neuroanatômicos.(AU)


This study investigated dissociations between nouns representing living and nonliving entities in cognitively unimpaired adults and in two patients, one with Semantic Dementia (SD) and another with Alzheimer's disease (AD), using tests from the Cambridge Battery of Semantic Memory Tests. Among controls a higher number of correct responses in naming, definition and verbal fluency was observed in nouns representing living concepts but differences did not reach statistical significance when we controlled for sociodemographic variables correlated to the tasks. The description of the performance of two patients allowed for recognition of different profiles in the tasks. It is suggested that the patient with SD presented a double-dissociation compared to controls and to the patient with AD. Results are discussed in terms of models of semantic memory organization and neuroanatomical correlates.(AU)


Assuntos
Humanos , Doença de Alzheimer , Demência , Memória , Semântica
6.
Dement. neuropsychol ; 7(1): 122-131, jan.-mar. 2013.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-952998

RESUMO

ABSTRACT This study provided a systematic review on nonpharmacological interventions applied to patients diagnosed with Primary Progressive Aphasia (PPA) and its variants: Semantic (SPPA), Nonfluent (NFPPA) and Logopenic (LPPA) to establish evidence-based recommendations for the clinical practice of cognitive rehabilitation for these patients. Methods: A PubMed and LILACS literature search with no time restriction was conducted with the keywords PPA (and its variants) AND rehabilitation OR training OR intervention OR therapy OR treatment OR effectiveness. To develop its evidence-based recommendations, a research committee identified questions to be addressed and determined the level of evidence for each study according to published criteria (Cicerone et al., 2000). Overall evidence for treatments was summarized and recommendations were derived. Results: Our search retrieved articles published from 1995 to 2013: 21 for SPPA, 8 for NFPPA, 3 for LPPA and 8 for PPA with no specification. Thirty-five studies were rated as Class III, consisting of studies with results obtained from one or more single-cases and that used appropriate single-subject methods with adequate quantification and analysis of results. The level of evidence of three functional interventions could not be established. One study was rated as Class II and consisted of a nonrandomized case-control investigation. Conclusion: Positive results were reported in all reviewed studies. However, in order to be recommended, some investigation regarding the intervention efficacy was required. Results of the present review allows for recommendation of some nonpharmacological interventions for cognitive deficits following PPA as Practice Options. Suggestions for further studies on PPA interventions and future research are discussed.


RESUMO Este estudo ofereceu uma revisão sistemática de intervenções não-farmacológicas aplicadas a pacientes com Afasia Progressiva Primária (APP) e suas variantes: Semântica (APPS), Não-fluente (APPNF) e Logopênica (APPL) com o objetivo de estabelecer recomendações baseadas em evidências para a prática clínica de reabilitação cognitiva para estes pacientes. Métodos: Conduziu-se busca por literatura, sem restrição de período, no PubMed e LILACS com as palavras-chave PPA (e variantes) AND rehabilitation OR training OR intervention OR therapy OR treatment OR effectiveness. Para desenvolver recomendações baseadas em evidências um comitê de pesquisadores identificou as questões relevantes para investigação e determinou o nível de evidência para cada estudo de acordo com critérios publicados (Cicerone et al., 2000). A evidência total para os tratamentos foi sumarizada e recomendações redigidas. Resultados: Foram encontrados artigos publicados de 1995 a 2013: 21 para APPS, 8 para APPNF, 3 para APPL e 8 para APP sem especificações. Trinta e cinco estudos foram classificados como Classe III, consistindo de resultados obtidos com um ou mais indivíduos e utilizando metodologia apropriada para estudo de casos. O nível de evidência de três intervenções funcionais não pôde ser estabelecido. Um estudo foi classificado como Classe II e consistiu de pesquisa caso-controle não-randomizada. Conclusão: Resultados positivos foram reportados em todos os trabalhos analisados mas, para serem recomendados, os tratamentos requerem investigação em relação a sua eficácia. Resultados da presente revisão permitiram recomendação de algumas intervenções como Opções Práticas. Ademais, apresentamos sugestões para futuros estudos de intervenção em APP.

7.
Dement Neuropsychol ; 7(1): 122-131, 2013 Jan-Mar.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29213828

RESUMO

This study provided a systematic review on nonpharmacological interventions applied to patients diagnosed with Primary Progressive Aphasia (PPA) and its variants: Semantic (SPPA), Nonfluent (NFPPA) and Logopenic (LPPA) to establish evidence-based recommendations for the clinical practice of cognitive rehabilitation for these patients. METHODS: A PubMed and LILACS literature search with no time restriction was conducted with the keywords PPA (and its variants) AND rehabilitation OR training OR intervention OR therapy OR treatment OR effectiveness. To develop its evidence-based recommendations, a research committee identified questions to be addressed and determined the level of evidence for each study according to published criteria (Cicerone et al., 2000). Overall evidence for treatments was summarized and recommendations were derived. RESULTS: Our search retrieved articles published from 1995 to 2013: 21 for SPPA, 8 for NFPPA, 3 for LPPA and 8 for PPA with no specification. Thirty-five studies were rated as Class III, consisting of studies with results obtained from one or more single-cases and that used appropriate single-subject methods with adequate quantification and analysis of results. The level of evidence of three functional interventions could not be established. One study was rated as Class II and consisted of a nonrandomized case-control investigation. CONCLUSION: Positive results were reported in all reviewed studies. However, in order to be recommended, some investigation regarding the intervention efficacy was required. Results of the present review allows for recommendation of some nonpharmacological interventions for cognitive deficits following PPA as Practice Options. Suggestions for further studies on PPA interventions and future research are discussed.

8.
Paidéia (Ribeiräo Preto) ; 22(52): 281-290, maio-ago. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-658072

RESUMO

Diversas definições de self coexistem nas teorias e práticas psicológicas. Essa variedade é resultante de bases epistemológicas a partir das quais se adotam estratégias diferentes para abordar e demarcar os limites do objeto em questão e descrevê-lo. Este estudo teve como objetivo oferecer uma revisão dos conceitos de self e uma reflexão sobre como esse conceito se articula nas diferentes abordagens teóricas da psicologia. Destaca-se que dilemas centrais à psicologia do desenvolvimento atravessam o conceito de self. Por essa razão, apresenta-se a tese de que, ao analisar cada definição de self, deve-se buscar responder como cada teoria colocou-se diante das dicotomias estabilidade versus transformação, específico versus universal e mundo interno versus mundo externo.


Many definitions for the self coexist in the psychological theory and praxis. This diversity is a result of epistemological basis from which different strategies are selected in order to approach, describe and limit the target object. This paper aims to provide a review on concepts concerning the self and a reflection on how this concept is articulated in different Psychology theoretical approaches. The impact of the central dilemmas of developmental Psychology to the concept of self is also discussed. Thus, this paper suggests a systematic approach in order to analyze each self definition: One should seek to answer how each theory has positioned itself in relation to the dicotomies of stability versus transformation, specific versus universal, and inner world versus external world.


Diversas definiciones de self coexisten en las teorias y prácticas psicológicas. Esta diversidad resulta de bases epistemologícas donde diferentes estrategias son seleccionadas para aproximar, describir y limitar el objecto blanco. Este estudio tuvo como objetivo ofrecer una revisión de los conceptos de self y una reflexión sobre cómo este concepto se articula en diferentes enfoques teóricos de la psicología. El impacto de los dillemas centrales de la psicologia de desarrollo en el concepto del self tambien son discutidos. Así, este artículo sugiere una aproximación sistemática para analisar cada definiccion del self: se debe intentar responder como cada teoría se posicionó delante de las dicotomías estabilidad versus transformación, especifico versus universal y mundo interno versus mundo externo.


Assuntos
Conhecimento , Psicologia do Self
9.
Psico USF ; 17(2): 215-223, maio-ago. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-649531

RESUMO

A literatura psicológica tem referido especial interesse ao processo psicológico de monitoramento contínuo da experiência individual, ou mindfulness. Neste estudo, buscou-se adaptar e apresentar evidências de validade convergente e divergente para uma escala de autorrelato que visa a mensurar mindfulness, a Escala Filadélfia de Mindfulness (EFM). Participaram da pesquisa 703 adultos brasileiros, que responderam EFM e outras três medidas relacionadas a conceitos como autoconsciência e insight. A análise fatorial indicou a presença de duas dimensões da EFM, relativas a dois componentes de mindfulness: Aceitação e Awareness. Essas dimensões apresentaram índices de consistência interna de 0,859 e 0,816, respectivamente. Os resultados também indicaram convergência entre o fator Awareness e os dados de autoconsciência enquanto autofoco, e divergência entre Aceitação e facetas mal-adaptativas da autoconsciência (ansiedade social e ruminação). Em consonância com a literatura que refere haver uma faceta de mindfulness voltada à meditação, Aceitação apresentou também correlação positiva com Insight.


Current psychological research has paid special attention to the psychological process of continuous monitoring of inner experience, i.e., mindfulness. This study aimed to adapt and to present convergent and divergent validity evidence of a mindfulness self-report measure, the Philadelphia Mindfulness Scale (PMS). Data was based on the answers of 703 Brazilian adults to the adapted version of PMS and three other measures related to self-consciousness and insight. Factorial analysis presented two principal dimensions among the items of PMS, which were related to two components of mindfulness: Acceptance and Awareness. These two dimensions presented internal consistency levels of 0,859 and 0,816, respectively. Convergences among Awareness and data related to self-consciousness taken as self-focus were observed, as well as divergences among Acceptance and maladaptive facets of self-consciousness (Social Anxiety and Rumination). In consonance to the literature on the meditating aspect of mindfulness, Acceptance also presented significant positive correlation with Insight.


La literatura psicológica ha tenido especial interés en el proceso psicológico de monitoreo continuo de la experiencia individual, o mindfulness. En este estudio, se buscó adaptar y presentar evidencias de validez convergente y divergente para una escala de autorrelato que tiene por objeto mensurar mindfulness, la Escala Filadelfia de Mindfulness (EFM). Participaron de la investigación 703 adultos brasileños, que respondieron la EFM y otras tres medidas relacionadas a conceptos como autoconsciencia e insight. El análisis factorial indicó la presencia de dos dimensiones de la EFM, relativos a dos componentes de mindfulness: Aceptación y Awareness. Esas dimensiones presentaron índices de consistencia interna de 0,859 y 0,816, respectivamente. Los resultados también indicaron convergencia entre el factor Awareness y los datos de autoconsciencia como autofoco, y divergencia entre Aceptación y facetas mal adaptativas de la autoconsciencia (ansiedad social y ruminación). En consonancia con la literatura que refiere haber una faceta de mindfulness vuelta a la meditación, Aceptación presentó también correlación positiva con Insight.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Conscientização , Análise Fatorial , Meditação/métodos , Meditação/psicologia , Reprodutibilidade dos Testes
10.
Paidéia (Ribeirão Preto) ; 22(52): 281-290, maio-ago. 2012.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-55520

RESUMO

Diversas definições de self coexistem nas teorias e práticas psicológicas. Essa variedade é resultante de bases epistemológicas a partir das quais se adotam estratégias diferentes para abordar e demarcar os limites do objeto em questão e descrevê-lo. Este estudo teve como objetivo oferecer uma revisão dos conceitos de self e uma reflexão sobre como esse conceito se articula nas diferentes abordagens teóricas da psicologia. Destaca-se que dilemas centrais à psicologia do desenvolvimento atravessam o conceito de self. Por essa razão, apresenta-se a tese de que, ao analisar cada definição de self, deve-se buscar responder como cada teoria colocou-se diante das dicotomias estabilidade versus transformação, específico versus universal e mundo interno versus mundo externo.(AU)


Many definitions for the self coexist in the psychological theory and praxis. This diversity is a result of epistemological basis from which different strategies are selected in order to approach, describe and limit the target object. This paper aims to provide a review on concepts concerning the self and a reflection on how this concept is articulated in different Psychology theoretical approaches. The impact of the central dilemmas of developmental Psychology to the concept of self is also discussed. Thus, this paper suggests a systematic approach in order to analyze each self definition: One should seek to answer how each theory has positioned itself in relation to the dicotomies of stability versus transformation, specific versus universal, and inner world versus external world.(AU)


Diversas definiciones de self coexisten en las teorias y prácticas psicológicas. Esta diversidad resulta de bases epistemologícas donde diferentes estrategias son seleccionadas para aproximar, describir y limitar el objecto blanco. Este estudio tuvo como objetivo ofrecer una revisión de los conceptos de self y una reflexión sobre cómo este concepto se articula en diferentes enfoques teóricos de la psicología. El impacto de los dillemas centrales de la psicologia de desarrollo en el concepto del self tambien son discutidos. Así, este artículo sugiere una aproximación sistemática para analisar cada definiccion del self: se debe intentar responder como cada teoría se posicionó delante de las dicotomías estabilidad versus transformación, especifico versus universal y mundo interno versus mundo externo.(AU)


Assuntos
Psicologia do Self , Conhecimento
11.
Psico USF ; 17(2): 215-223, maio-ago. 2012. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-55862

RESUMO

A literatura psicológica tem referido especial interesse ao processo psicológico de monitoramento contínuo da experiência individual, ou mindfulness. Neste estudo, buscou-se adaptar e apresentar evidências de validade convergente e divergente para uma escala de autorrelato que visa a mensurar mindfulness, a Escala Filadélfia de Mindfulness (EFM). Participaram da pesquisa 703 adultos brasileiros, que responderam EFM e outras três medidas relacionadas a conceitos como autoconsciência e insight. A análise fatorial indicou a presença de duas dimensões da EFM, relativas a dois componentes de mindfulness: Aceitação e Awareness. Essas dimensões apresentaram índices de consistência interna de 0,859 e 0,816, respectivamente. Os resultados também indicaram convergência entre o fator Awareness e os dados de autoconsciência enquanto autofoco, e divergência entre Aceitação e facetas mal-adaptativas da autoconsciência (ansiedade social e ruminação). Em consonância com a literatura que refere haver uma faceta de mindfulness voltada à meditação, Aceitação apresentou também correlação positiva com Insight.(AU)


Current psychological research has paid special attention to the psychological process of continuous monitoring of inner experience, i.e., mindfulness. This study aimed to adapt and to present convergent and divergent validity evidence of a mindfulness self-report measure, the Philadelphia Mindfulness Scale (PMS). Data was based on the answers of 703 Brazilian adults to the adapted version of PMS and three other measures related to self-consciousness and insight. Factorial analysis presented two principal dimensions among the items of PMS, which were related to two components of mindfulness: Acceptance and Awareness. These two dimensions presented internal consistency levels of 0,859 and 0,816, respectively. Convergences among Awareness and data related to self-consciousness taken as self-focus were observed, as well as divergences among Acceptance and maladaptive facets of self-consciousness (Social Anxiety and Rumination). In consonance to the literature on the meditating aspect of mindfulness, Acceptance also presented significant positive correlation with Insight.(AU)


La literatura psicológica ha tenido especial interés en el proceso psicológico de monitoreo continuo de la experiencia individual, o mindfulness. En este estudio, se buscó adaptar y presentar evidencias de validez convergente y divergente para una escala de autorrelato que tiene por objeto mensurar mindfulness, la Escala Filadelfia de Mindfulness (EFM). Participaron de la investigación 703 adultos brasileños, que respondieron la EFM y otras tres medidas relacionadas a conceptos como autoconsciencia e insight. El análisis factorial indicó la presencia de dos dimensiones de la EFM, relativos a dos componentes de mindfulness: Aceptación y Awareness. Esas dimensiones presentaron índices de consistencia interna de 0,859 y 0,816, respectivamente. Los resultados también indicaron convergencia entre el factor Awareness y los datos de autoconsciencia como autofoco, y divergencia entre Aceptación y facetas mal adaptativas de la autoconsciencia (ansiedad social y ruminación). En consonancia con la literatura que refiere haber una faceta de mindfulness vuelta a la meditación, Aceptación presentó también correlación positiva con Insight.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Meditação/psicologia , Meditação/métodos , Conscientização , Reprodutibilidade dos Testes , Análise Fatorial
12.
Psico (Porto Alegre) ; 43(2): 155-162, abr.-jun. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-743544

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi adaptar e validar a Escala de Autorreflexão e Insight (EAI) com uma amostra de690 adultos brasileiros. A EAI é um aprimoramento da tradicional Escala de Autoconsciência (EAC), aplicadaaos processos de autorregulação. Sua estrutura fatorial original foi composta por duas dimensões: Autorreflexão eInsight. Neste estudo, a escala foi traduzida e adaptada para o Português e, para fins de validade convergente, foiaplicada juntamente a outras medidas de autoconsciência (Escala de Autoabsorção, Questionário de Ruminação e Reflexão e Escala de Autoconsciência). Os resultados apresentaram índices satisfatórios de confiabilidade da matriz e corroboraram a estrutura bifatorial do instrumento. Correlações entre as subescalas evidenciaram a adequação do modelo às expectativas teóricas. Os achados reforçam a divisão entre aspectos públicos e privados que perpassam asmedidas relacionadas à autoconsciência. O uso da versão brasileira é indicado como medida de avaliação de processosde automonitoramento.


The aim of this study was to adapt and validate the Self-Reflection and Insight Scale (SRIS) in a sample of 690Brazilian adults. The SRIS is an improvement of the traditional Self-Consciousness Scale (SCS) applied to selfregulation processes. The original SRIS’ factor structure was composed of two dimensions: Self-reflection andInsight. In this study, the SRIS was translated and adapted into Portuguese and, for convergent validity purposes, itwas administered along with other measures of self-consciousness (Self-Absorption Scale, Reflection-RuminationQuestionnaire, and Self-Consciousness Scale). The outcomes presented satisfactory reliability, and factorial structure of the scale was confirmed. Correlations between subscales indicated adequacy between the extracted model and theoretical expectations. Findings reinforce the division between public and private aspects that underlie measuresrelated to self-consciousness. The use of the Brazilian version is suggested as a measure of self-monitoring processes.


El objetivo de este estudio fue adaptar y revalidar la Escala de Auto-Reflexión y Insight (EAI) en una muestra de 690adultos brasileños. EAI es un perfeccionamiento sobre la tradicional Escala de Auto-Consciencia aplicada a los procesos de autorregulación. Su estructura factorial original fue compuesta de dos dimensiones: Auto-reflexión y Insight. En este estudio, la escala fue adaptada al portugués y, a efectos de la validez convergente, se administró con otras medidas de auto-conciencia (Escala de Auto-absorción, Cuestionario de reflexión-rumiación, y Escala de Auto-conciencia). Los resultados mostraron índices satisfactorios de fiabilidad, y confirmaron la estructura factorial del instrumento. Las correlaciones entre las subescalas indican la adecuación entre el modelo extraído y las expectativas teóricas. Los resultados refuerzan la división entre aspectos públicos y privados que subyacen a las medidas relacionadas con la auto-conciencia. El uso de la versión brasileña se propone como una medida de los procesos de auto-monitoreo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Adulto , Psicologia
13.
Psico (Porto Alegre) ; 43(2): 155-162, abr.-jun. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-53212

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi adaptar e validar a Escala de Autorreflexão e Insight (EAI) com uma amostra de690 adultos brasileiros. A EAI é um aprimoramento da tradicional Escala de Autoconsciência (EAC), aplicadaaos processos de autorregulação. Sua estrutura fatorial original foi composta por duas dimensões: Autorreflexão eInsight. Neste estudo, a escala foi traduzida e adaptada para o Português e, para fins de validade convergente, foiaplicada juntamente a outras medidas de autoconsciência (Escala de Autoabsorção, Questionário de Ruminação e Reflexão e Escala de Autoconsciência). Os resultados apresentaram índices satisfatórios de confiabilidade da matriz e corroboraram a estrutura bifatorial do instrumento. Correlações entre as subescalas evidenciaram a adequação do modelo às expectativas teóricas. Os achados reforçam a divisão entre aspectos públicos e privados que perpassam asmedidas relacionadas à autoconsciência. O uso da versão brasileira é indicado como medida de avaliação de processosde automonitoramento.(AU)


The aim of this study was to adapt and validate the Self-Reflection and Insight Scale (SRIS) in a sample of 690Brazilian adults. The SRIS is an improvement of the traditional Self-Consciousness Scale (SCS) applied to selfregulation processes. The original SRIS’ factor structure was composed of two dimensions: Self-reflection andInsight. In this study, the SRIS was translated and adapted into Portuguese and, for convergent validity purposes, itwas administered along with other measures of self-consciousness (Self-Absorption Scale, Reflection-RuminationQuestionnaire, and Self-Consciousness Scale). The outcomes presented satisfactory reliability, and factorial structure of the scale was confirmed. Correlations between subscales indicated adequacy between the extracted model and theoretical expectations. Findings reinforce the division between public and private aspects that underlie measuresrelated to self-consciousness. The use of the Brazilian version is suggested as a measure of self-monitoring processes.(AU)


El objetivo de este estudio fue adaptar y revalidar la Escala de Auto-Reflexión y Insight (EAI) en una muestra de 690adultos brasileños. EAI es un perfeccionamiento sobre la tradicional Escala de Auto-Consciencia aplicada a los procesos de autorregulación. Su estructura factorial original fue compuesta de dos dimensiones: Auto-reflexión y Insight. En este estudio, la escala fue adaptada al portugués y, a efectos de la validez convergente, se administró con otras medidas de auto-conciencia (Escala de Auto-absorción, Cuestionario de reflexión-rumiación, y Escala de Auto-conciencia). Los resultados mostraron índices satisfactorios de fiabilidad, y confirmaron la estructura factorial del instrumento. Las correlaciones entre las subescalas indican la adecuación entre el modelo extraído y las expectativas teóricas. Los resultados refuerzan la división entre aspectos públicos y privados que subyacen a las medidas relacionadas con la auto-conciencia. El uso de la versión brasileña se propone como una medida de los procesos de auto-monitoreo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Psicologia , Adulto
14.
Paidéia (Ribeiräo Preto) ; 22(51): 43-52, jan.-abr. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-647846

RESUMO

Trata-se de uma análise fenomenológica da conversa interna em duas condições: (a) desempenho de tarefa em voz alta contextualizada por parâmetros psicométricos, (b) experiência consciente da vida cotidiana. Participaram do estudo 23 estudantes universitários, com idade variando entre 17 e 28 anos. Três instrumentos foram utilizados: Teste Matrizes Progressivas de Raven, Questionário de Ruminação e Reflexividade, Entrevista Fenomenológica. Na análise destacou-se: a tríade estrutural de uma voz (eu) que fala a uma terceira parte (você) sobre um objeto (mim) conforme o modelo Peirce-Mead de Nobert Wiley, a intencionalidade bidimensional entre a tarefa e o self, as interferências da ruminação no desempenho do teste de Raven. As entrevistas fenomenológicas descreveram quando, para que, e como ocorre a conversa interna, e quando é inoportuna (pensamento circular) e oportuna (pensamento produtivo). A análise diferenciou a função de dados de terceira e de primeira pessoa na elucidação de um fenômeno cognitivo.


This study presents a phenomenological analysis of inner speech under two conditions: (a) the performance of a thinking-aloud task, contextualized by psychometric parameters, and (b) conscious experience of daily life. A total of 23 undergraduate students, aged between 18 and 28 years old, participated in the study. Three instruments were used: Raven Progressive Matrices, Rumination and Reflection Questionnaire, and a phenomenological interview. The following stood out: the structural triad of a voice (the Self) that talks to a third party (You) about an object (Me), according to the Peirce-Mead model of Norbert Wiley, the bi-dimensional intentionality that exists between the task and the self, and rumination disruptions during the performance of the Raven test. The phenomenological interviews revealed when, why and how inner dialogue occurs, as well as when it is inappropriate (circular thinking) or appropriate (productive and strategic thinking). This study also differentiated first and third person data in a cognitive phenomenon that was observed.


Se trata de un análisis fenomenológico de la conversación interna en dos condiciones: (a) el desempeño de tareas en voz alta contextualizada por parámetros psicométricos, y (b) la experiencia consciente de la vida cotidiana. Los sujetos fueron 23 estudiantes universitarios, con edades comprendidas entre 18 y 28 años. Se utilizaron tres instrumentos: Test de Matrices Progresivas de Raven; Cuestionario de Rumia y Reflexión; y entrevista fenomenológica. El análisis mostró que: la tríada estructural de una voz (Yo) habla con una tercera parte (Usted) acerca de un objeto (Me), según el modelo de Norbert Wiley, la intencionalidad de dos dimensiones existentes entre la tarea y el self, la interferencia de la rumia durante la ejecución del Raven. Las entrevistas fenomenológicas describieron cuando, por que y como ocurre la conversación interna, y cuando es inadecuada (pensamiento repetitivo) u oportuna (pensamiento productivo, estratégico). El estudio también diferenció la función de datos de la tercera y primera persona en la elucidación de un fenómeno cognitivo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Consciência , Linguagem , Pensamento
15.
Paidéia (Ribeirão Preto) ; 22(51): 43-52, jan.-abr. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-52798

RESUMO

Trata-se de uma análise fenomenológica da conversa interna em duas condições: (a) desempenho de tarefa em voz alta contextualizada por parâmetros psicométricos, (b) experiência consciente da vida cotidiana. Participaram do estudo 23 estudantes universitários, com idade variando entre 17 e 28 anos. Três instrumentos foram utilizados: Teste Matrizes Progressivas de Raven, Questionário de Ruminação e Reflexividade, Entrevista Fenomenológica. Na análise destacou-se: a tríade estrutural de uma voz (eu) que fala a uma terceira parte (você) sobre um objeto (mim) conforme o modelo Peirce-Mead de Nobert Wiley, a intencionalidade bidimensional entre a tarefa e o self, as interferências da ruminação no desempenho do teste de Raven. As entrevistas fenomenológicas descreveram quando, para que, e como ocorre a conversa interna, e quando é inoportuna (pensamento circular) e oportuna (pensamento produtivo). A análise diferenciou a função de dados de terceira e de primeira pessoa na elucidação de um fenômeno cognitivo.(AU)


This study presents a phenomenological analysis of inner speech under two conditions: (a) the performance of a thinking-aloud task, contextualized by psychometric parameters, and (b) conscious experience of daily life. A total of 23 undergraduate students, aged between 18 and 28 years old, participated in the study. Three instruments were used: Raven Progressive Matrices, Rumination and Reflection Questionnaire, and a phenomenological interview. The following stood out: the structural triad of a voice (the Self) that talks to a third party (You) about an object (Me), according to the Peirce-Mead model of Norbert Wiley, the bi-dimensional intentionality that exists between the task and the self, and rumination disruptions during the performance of the Raven test. The phenomenological interviews revealed when, why and how inner dialogue occurs, as well as when it is inappropriate (circular thinking) or appropriate (productive and strategic thinking). This study also differentiated first and third person data in a cognitive phenomenon that was observed.(AU)


Se trata de un análisis fenomenológico de la conversación interna en dos condiciones: (a) el desempeño de tareas en voz alta contextualizada por parámetros psicométricos, y (b) la experiencia consciente de la vida cotidiana. Los sujetos fueron 23 estudiantes universitarios, con edades comprendidas entre 18 y 28 años. Se utilizaron tres instrumentos: Test de Matrices Progresivas de Raven; Cuestionario de Rumia y Reflexión; y entrevista fenomenológica. El análisis mostró que: la tríada estructural de una voz (Yo) habla con una tercera parte (Usted) acerca de un objeto (Me), según el modelo de Norbert Wiley, la intencionalidad de dos dimensiones existentes entre la tarea y el self, la interferencia de la rumia durante la ejecución del Raven. Las entrevistas fenomenológicas describieron cuando, por que y como ocurre la conversación interna, y cuando es inadecuada (pensamiento repetitivo) u oportuna (pensamiento productivo, estratégico). El estudio también diferenció la función de datos de la tercera y primera persona en la elucidación de un fenómeno cognitivo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Linguagem , Pensamento , Consciência
16.
Interaçao psicol ; 15(1): 1-10, jan.-jun. 2011. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-605001

RESUMO

Autoabsorção é definida como perseveração excessiva da atenção que o indivíduo destina às suas reflexões internas. A Escala de Autoabsorção (EAA) propõe mensurar essa faceta negativa e desconstrutiva da autoconsciência humana e distinguir se seu foco está voltado para aspectos públicos ou privados. O objetivo desse estudo foi adaptar a EAA para o Brasil e reunir evidências de validade fatorial e convergente. Setecentos e vinte e dois brasileiros adultos responderam a versão traduzida da EAA, a Escala de Autoconsciência (EAC) e o Questionário de Ruminação e Reflexão (QRR). Análise fatorial indicou a presença de duas dimensões (autoabsorção privada e autoabsorção pública). A versão brasileira da EAA apresentou validade fatorial e convergente satisfatórias, podendo ser utilizada em pesquisas futuras no Brasil.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Adaptação Psicológica , Estado de Consciência , Psicometria
17.
Interação psicol ; 15(1): 1-10, jan.-jun. 2011. Tabelas, Gráficos
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-49214

RESUMO

Autoabsorção é definida como perseveração excessiva da atenção que o indivíduo destina às suas reflexões internas. A Escala de Autoabsorção (EAA) propõe mensurar essa faceta negativa e desconstrutiva da autoconsciência humana e distinguir se seu foco está voltado para aspectos públicos ou privados. O objetivo desse estudo foi adaptar a EAA para o Brasil e reunir evidências de validade fatorial e convergente. Setecentos e vinte e dois brasileiros adultos responderam a versão traduzida da EAA, a Escala de Autoconsciência (EAC) e o Questionário de Ruminação e Reflexão (QRR). Análise fatorial indicou a presença de duas dimensões (autoabsorção privada e autoabsorção pública). A versão brasileira da EAA apresentou validade fatorial e convergente satisfatórias, podendo ser utilizada em pesquisas futuras no Brasil(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Psicometria , Adaptação Psicológica , Estado de Consciência
18.
Estud. psicol. (Natal) ; 15(3): 223-231, set.-dez. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-586602

RESUMO

Este artigo tem dois objetivos. O primeiro é justificar a conversa interna como capacitação humana básica à reflexão e necessária à execução de tarefas complexas, conforme indicado por diferentes tradições de pesquisa. O segundo é interpretar o processo semiótico da conversa interna como expressão dialógica do self. A argumentação sustenta-se na lógica adutiva, do latim adducere, que é definida como trazer para prova ou consideração dados de diferentes fontes. Como resultado, a conversa interna é definida: 1) como fenômeno psicológico em seus próprios méritos, independente de metodologias ou teorias; 2) como processo para fazer sentido que pode ser chamado simplesmente de self; 3) como elo que esclarece as influências mútuas entre um self privado e o meio social, mas reconhecendo a autonomia funcional do self frente às forças sociais.


This article has two objectives. First, it emphasizes the internal conversation as a basic human capacity for reflection that is necessary for the performance of complex tasks and decision making. Second, it interprets the internal conversation as a semiotic process for the dialogical expression of the self. The argument is based on an adductive logic, from the Latin adducere, which means to bring forward or consideration data from different sources. As a result, inner speech appears: 1) as a psychological phenomenon by its own conditions, independent of methodologies or theories; 2) as a process of meaning that we may call simply the self; 3) as a linking that clarifies the mutual influence between a private self and a social milieu, but recognizes the potential autonomy of the self toward the social forces.


Assuntos
Desenvolvimento Humano , Psicologia , Autoimagem , Lógica
19.
Estud. psicol. (Natal) ; 15(3): 223-231, set.-dez. 2010. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-51431

RESUMO

Este artigo tem dois objetivos. O primeiro é justificar a conversa interna como capacitação humana básica à reflexão e necessária à execução de tarefas complexas, conforme indicado por diferentes tradições de pesquisa. O segundo é interpretar o processo semiótico da conversa interna como expressão dialógica do self. A argumentação sustenta-se na lógica adutiva, do latim adducere, que é definida como trazer para prova ou consideração dados de diferentes fontes. Como resultado, a conversa interna é definida: 1) como fenômeno psicológico em seus próprios méritos, independente de metodologias ou teorias; 2) como processo para fazer sentido que pode ser chamado simplesmente de self; 3) como elo que esclarece as influências mútuas entre um self privado e o meio social, mas reconhecendo a autonomia funcional do self frente às forças sociais.(AU)


This article has two objectives. First, it emphasizes the internal conversation as a basic human capacity for reflection that is necessary for the performance of complex tasks and decision making. Second, it interprets the internal conversation as a semiotic process for the dialogical expression of the self. The argument is based on an adductive logic, from the Latin adducere, which means to bring forward or consideration data from different sources. As a result, inner speech appears: 1) as a psychological phenomenon by its own conditions, independent of methodologies or theories; 2) as a process of meaning that we may call simply the self; 3) as a linking that clarifies the mutual influence between a private self and a social milieu, but recognizes the potential autonomy of the self toward the social forces.(AU)


Assuntos
Autoimagem , Psicologia , Desenvolvimento Humano , Lógica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA