Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 27(2): 426-437, abr.-jun. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1011677

RESUMO

Resumo Introdução As lesões traumáticas de membro superior frequentemente levam ao afastamento do trabalho. Assegurar a manutenção do papel ocupacional de trabalhador compõe os objetivos do terapeuta ocupacional que atua na área de saúde do trabalhador, por meio de ações de prevenção e reabilitação. Nesse sentido, é importante conhecer os fatores que influenciam no retorno ao trabalho. Objetivo Documentar evidências sobre as barreiras e facilitadores para o retorno ao trabalho de pessoas que sofreram traumas agudos em membros superiores. Método Estudo de revisão bibliográfica pelo método de revisão integrativa. A busca foi realizada nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Scielo, Lilacs, Periódicos Capes e Pubmed. Foram pesquisados artigos publicados no período entre 2005 e 2015, escritos em português, inglês ou espanhol. Resultados A amostra final é composta de 13 artigos. Após a análise qualitativa, os resultados foram agrupados em quatro categorias temáticas para a verificação das barreiras e facilitadores correspondentes: Paciente, Lesão, Reabilitação e Trabalho. A gravidade da lesão, tempo de hospitalização, número de procedimentos cirúrgicos, inserção em programa de reabilitação, reabilitação voltada ao trabalho, suporte sócio familiar e no local de trabalho foram os principais elementos identificados. Conclusão O programa de reabilitação deve ser integrado e multidisciplinar com ações voltadas ao manejo da dor, recuperação funcional e preparo para o retorno ao trabalho. O suporte sócio familiar e no ambiente de trabalho sempre que possível devem ser considerados dentro do programa de reabilitação profissional para garantir o retorno ao trabalho.


Abstract Introduction Traumatic upper limb injuries often lead to work disability. Ensuring the maintenance of the worker occupational role is a goal for occupational therapists in occupational health, using prevention and rehabilitation techniques. Therefore, it is important to know the factors that influence return to work. Objective To document evidence of barriers and facilitators elements of return to work after acute upper limb trauma. Method A review study using the integrative review approach. The search included Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Scielo, Lilacs, Periódicos Capes and Pubmed databases. Articles that mentioned a return to work and upper limb trauma in their abstract, published between 2005 and 2015 and written in Portuguese, English or Spanish, were also used. Results The final sample consists of 13 articles, after qualitative analysis the results were grouped into four categories: Patient, Injury, Rehabilitation, and Work. Injury severity, hospitalization time, number of surgical procedures, insertion in a rehabilitation program, work-related rehabilitation, family and workplace support were the main elements identified. Conclusion The rehabilitation program should be integrated and multidisciplinary with actions aimed at pain management, functional recovery, and preparation for a return to work. Support family member and whenever possible work environment should be considered within the vocational rehabilitation program to ensure the return to work.

2.
Rev. ter. ocup ; 25(3): 242-248, set.-dez. 2014. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-745515

RESUMO

Para a escrita manual, as preensões maduras são consideradas as mais eficientes e recomendadas por educadores e terapeutas, pois demandam menor gasto energético e menor tensão na região proximal do membro superior. Algumas pessoas utilizam outros padrões de preensão que são também funcionais, no entantodesconhece-se que problemas podem decorrer do uso dessas preensões. O conhecimento dos tipos de preensão de adultos jovens para escrita manual pode colaborar com estudos que relacionam a preensão utilizada em atividades funcionais com suas implicações. Este estudo, quantitativo, descritivo, de corte transversal de basepopulacional, identificou os tipos e a prevalência de preensões utilizadas por 806 estudantes universitários adultos, destros, de ambos os sexos, sem comprometimento funcional dos membros superiores. A atividade de escrita foi filmada e as imagens foramanalisadas e identificadas. Os resultados revelaram que o padrãomais frequente foi a preensão trípode dinâmica, seguido pela trípode lateral, ambas maduras. As preensões de transição e as variações foram identificadas em 34,86% da amostra. Estudos futuros podem incluir o uso excessivo das estruturas do corpoe lesões no membro superior, ajudando a fornecer orientações adequadas para a prevenção e tratamentos de reabilitação de lesões.


For handwriting, mature grasps are considered the most efficient and recommended by educators and therapists, as they demand less energy loss and less tension in the proximalregion of the upper limb. Some people use other grasps patterns that are also functional, however it is unknown what problems that may arise from use of these grasps. Knowing the types ofgrasp in young adults can support researches that relates the grasp used during functional activities with its implications. This study, quantitative, descriptive, cross-sectional, populationbased, identifi ed the types and prevalence of pencil grasps usedby 806 adults university students, all right handed, of both genders, without functional impairment of the upper limbs. The handwriting activity was fi lmed, and the images were analyzedand identified. The results revealed the most frequent pattern was the dynamic tripod grasp, followed by lateral tripod, both mature grasps. The transition grasps and variations was identified in34,86% of the sample. Future researches could include excessiveuse of body structures and injuries in the upper limb, helping to provide suitable guidelines for the prevention and rehabilitation treatments of injuries.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Escrita Manual , Destreza Motora , Terapia Ocupacional , Extremidade Superior , Estudos Transversais , Estudantes
3.
Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.) ; 21(2)maio-ago. 2013. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-696440

RESUMO

A mão é um instrumento intensamente usado nas atividades de vida diária, atividades de vida prática eprofissional, sendo assim, frequentemente lesionada, causando impacto na produtividade e na economia do país,além de afetar a qualidade de vida do indivíduo. Quando a lesão está relacionada ao trabalho deve haver notificaçãoe encaminhamento, por parte da unidade de atendimento, ao Centro de Referência de Saúde do Trabalhador(Cerest). No entanto, ainda são pouco explorados os sistemas de registros dos acidentes de trabalho no Brasil.Assim, o objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento retrospectivo de dados sobre lesões traumáticas dasmãos de pacientes atendidos no Cerest de Jundiaí-SP, visando conhecer o perfil dos acidentados. Os dados foramcolhidos dos registros da ficha SINAN – Ficha de Investigação Acidente de Trabalho Grave, no ano de 2009.Dos 416 casos registrados na SINAN, 45,2% são de acidentes na mão, notificados em sua maioria por hospitaisparticulares. O acidente ocorreu em 70,7% na cidade de Jundiaí, sendo 88,3% dentro da empresa. Os homens,na faixa etária de 19 a 39 anos, foram os mais acometidos. A função exercida relacionada à maior incidênciade acidentes foi operador de máquina, e a fratura foi o diagnóstico mais frequente. A incapacidade temporáriaatingiu 80,3% dos trabalhadores. 89,3% possuem carteira assinada. Aponta-se a necessidade de investimentonos sistemas de registro de acidentes de trabalho para evitar a subnotificação, aumentar a conscientização dotrabalhador e de órgãos públicos quanto à prevenção e à reabilitação, evitando a incapacidade do trabalhador eprejuízo para empresa e governo.


The hand is an instrument extensively used in daily life activities - practical and professional; and it is, consequently, often injured, causing impact on productivity and on the country?s economy, also affecting the quality of life of individuals. When the lesion is work-related, it should be reported and referred by the service unit to Worker Health Reference Centre (CEREST). However, systems of records of occupational accidents are still little explored in Brazil. The aim of this work was to conduct a retrospective data survey on hand traumatic injuries of patients treated at CEREST in the municipality of Jundiaí, Sao Paulo state, in order to know the profile of these victims. Data were collected from the records of SINAN card - Severe Accident Research Sheet, in 2009. Of the 416 cases reported at SINAN, 45.2% were accidents involving the hand, which were reported mostly by private hospitals. 70.7% of the accidents reported occurred in the city (Jundiai) and 88.3% of them took place within the premises of companies. Men aged between 19 and 39 years old were the most affected. Machine operators presented the highest accident incidence and fracture was the most frequent diagnosis. Temporary disability reached 80.3% of workers. 89.3% worked under formal contracts. Investment in record systems of labor accidents is essential because it would prevent underreporting and improve awareness of employees and public agencies regarding prevention and rehabilitation, thus avoiding inability of workers and damage to businesses and the government.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Prevenção de Acidentes , Acidentes de Trabalho , Traumatismos da Mão , Notificação de Acidentes de Trabalho , Brasil
4.
Cad. Ter. Ocup. UFSCar (Impr.) ; 21(2)ago. 2013. graf, tab
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-68633

RESUMO

The hand is an instrument extensively used in daily life activities - practical and professional; and it is, consequently, often injured, causing impact on productivity and on the country?s economy, also affecting the quality of life of individuals. When the lesion is work-related, it should be reported and referred by the service unit to Worker Health Reference Centre (CEREST). However, systems of records of occupational accidents are still little explored in Brazil. The aim of this work was to conduct a retrospective data survey on hand traumatic injuries of patients treated at CEREST in the municipality of Jundiaí, Sao Paulo state, in order to know the profile of these victims. Data were collected from the records of SINAN card - Severe Accident Research Sheet, in 2009. Of the 416 cases reported at SINAN, 45.2% were accidents involving the hand, which were reported mostly by private hospitals. 70.7% of the accidents reported occurred in the city (Jundiai) and 88.3% of them took place within the premises of companies. Men aged between 19 and 39 years old were the most affected. Machine operators presented the highest accident incidence and fracture was the most frequent diagnosis. Temporary disability reached 80.3% of workers. 89.3% worked under formal contracts. Investment in record systems of labor accidents is essential because it would prevent underreporting and improve awareness of employees and public agencies regarding prevention and rehabilitation, thus avoiding inability of workers and damage to businesses and the government.(AU)


A mão é um instrumento intensamente usado nas atividades de vida diária, atividades de vida prática e profissional, sendo assim, frequentemente lesionada, causando impacto na produtividade e na economia do país, além de afetar a qualidade de vida do indivíduo. Quando a lesão está relacionada ao trabalho deve haver notificação e encaminhamento, por parte da unidade de atendimento, ao Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest). No entanto, ainda são pouco explorados os sistemas de registros dos acidentes de trabalho no Brasil. Assim, o objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento retrospectivo de dados sobre lesões traumáticas das mãos de pacientes atendidos no Cerest de Jundiaí-SP, visando conhecer o perfil dos acidentados. Os dados foram colhidos dos registros da ficha SINAN ? Ficha de Investigação Acidente de Trabalho Grave, no ano de 2009. Dos 416 casos registrados na SINAN, 45,2% são de acidentes na mão, notificados em sua maioria por hospitais particulares. O acidente ocorreu em 70,7% na cidade de Jundiaí, sendo 88,3% dentro da empresa. Os homens, na faixa etária de 19 a 39 anos, foram os mais acometidos. A função exercida relacionada à maior incidência de acidentes foi operador de máquina, e a fratura foi o diagnóstico mais frequente. A incapacidade temporária atingiu 80,3% dos trabalhadores. 89,3% possuem carteira assinada. Aponta-se a necessidade de investimento nos sistemas de registro de acidentes de trabalho para evitar a subnotificação, aumentar a conscientização do trabalhador e de órgãos públicos quanto à prevenção e à reabilitação, evitando a incapacidade do trabalhador e prejuízo para empresa e governo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Acidentes de Trabalho , Traumatismos da Mão , Prevenção de Acidentes , Notificação de Acidentes de Trabalho , Brasil
5.
Temas desenvolv ; 16(94): 214-220, set.-out. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-512276

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi identificar as principais demandas e expectativas de famílias de crianças com necessidades especiais, relativas ao enfrentamento do cotidiano e aos profissionais envolvidos no tratamento da criança. Participaram do estudo seis famílias de crianças com disfunções físicas e com deficiência mental, com idades entre 4 e 8 anos. Para a coleta de dados, foram utilizados o "Catalogo de avaliação do nível de independência de crianças de 4 a 8 anos nas AVDs"e um roteiro de entrevista semi-estruturada. As entrevistas foram analisadas segundo a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados indicam que algumas demandas são comuns as famílias, independentemente da deficiência da criança, como a necessidade de mais informações, orientações e serviços. Outras demandas parecem ser mais específicas e relacionadas as dificuldades das crianças, como a percepção e o questionamento da realidade pelas próprias crianças e formas de lidar com o preconceito.


The purpose of the study was identifying the main demands and expectancies of families of children with special needs regarding their day-by-day life and the professionals involved in these children's treatment. Six families of children between 4 and 8 year-old with physical and mental impairments took part in the study. Data were collected by the application of the Catalogue for evaluation of daily-life activities independence for children from 4 to 8 year-old" and a semi-structured interview. Interviews were qualitatively analyzed. Results indicate that some demands such as need of information, orientation and support services are common with the families, whatever the children impairment is. Other demands are more specific and seem to be related to the difficulties of the children, such as their perception and inquiring about the reality and ways of dealing with prejudice, among others.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Cuidadores , Crianças com Deficiência , Família , Relações Familiares
6.
Temas desenvolv ; 16(94): 214-220, set.-out. 2008.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-65513

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi identificar as principais demandas e expectativas de famílias de crianças com necessidades especiais, relativas ao enfrentamento do cotidiano e aos profissionais envolvidos no tratamento da criança. Participaram do estudo seis famílias de crianças com disfunções físicas e com deficiência mental, com idades entre 4 e 8 anos. Para a coleta de dados, foram utilizados o "Catalogo de avaliação do nível de independência de crianças de 4 a 8 anos nas AVDs"e um roteiro de entrevista semi-estruturada. As entrevistas foram analisadas segundo a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados indicam que algumas demandas são comuns as famílias, independentemente da deficiência da criança, como a necessidade de mais informações, orientações e serviços. Outras demandas parecem ser mais específicas e relacionadas as dificuldades das crianças, como a percepção e o questionamento da realidade pelas próprias crianças e formas de lidar com o preconceito.(AU)


The purpose of the study was identifying the main demands and expectancies of families of children with special needs regarding their day-by-day life and the professionals involved in these children's treatment. Six families of children between 4 and 8 year-old with physical and mental impairments took part in the study. Data were collected by the application of the Catalogue for evaluation of daily-life activities independence for children from 4 to 8 year-old" and a semi-structured interview. Interviews were qualitatively analyzed. Results indicate that some demands such as need of information, orientation and support services are common with the families, whatever the children impairment is. Other demands are more specific and seem to be related to the difficulties of the children, such as their perception and inquiring about the reality and ways of dealing with prejudice, among others.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Família , Relações Familiares , Crianças com Deficiência , Cuidadores
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA