Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 185
Filtrar
1.
Rev Bras Enferm ; 72(1): 304-308, 2019.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30916299

RESUMO

OBJECTIVE: To describe the investigative path of analysis and the operationality of concepts based on Martin Heidegger's theoretical and philosophical framework. METHOD: Theoretical reflection on the phenomenon of pregnancy in a woman with heart disease. RESULTS: Stages of the investigative movement were evidenced based on the pre-reflection related to the object of study and to the search for the phenomenal meaning, using the existential and analytical Hermeneutics as the approach and resulting in the reach of the phenomenal totality. CONCLUSION: The worldview of the researcher, who considered the subjectivities of the person in a health or disease situation, favored the announcement of the referential by the object of study. Knowledge production in the light of Martin Heidegger's phenomenology unveiled phenomena lived and experienced in the Health and Nursing field, provided of epistemological rigor that demanded appropriation of concepts inherent to the existential analytics.


Assuntos
Conhecimento , Filosofia em Enfermagem , Feminino , Cardiopatias/enfermagem , Cardiopatias/psicologia , Hermenêutica , Humanos , Gravidez , Pesquisa Qualitativa
2.
Rev. bras. enferm ; 72(1): 304-308, Jan.-Feb. 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-990646

RESUMO

ABSTRACT Objective: To describe the investigative path of analysis and the operationality of concepts based on Martin Heidegger's theoretical and philosophical framework. Method: Theoretical reflection on the phenomenon of pregnancy in a woman with heart disease. Results: Stages of the investigative movement were evidenced based on the pre-reflection related to the object of study and to the search for the phenomenal meaning, using the existential and analytical Hermeneutics as the approach and resulting in the reach of the phenomenal totality. Conclusion: The worldview of the researcher, who considered the subjectivities of the person in a health or disease situation, favored the announcement of the referential by the object of study. Knowledge production in the light of Martin Heidegger's phenomenology unveiled phenomena lived and experienced in the Health and Nursing field, provided of epistemological rigor that demanded appropriation of concepts inherent to the existential analytics.


RESUMEN Objetivo: Describir el camino investigativo de análisis y la operación de los conceptos sostenidos en el referencial teórico-filosófico y metodológico de Martin Heidegger. Método: Reflexión teórica del fenómeno de gestar siendo mujer portadora de cardiopatía. Resultados: Se evidenciaron las etapas del movimiento de investigación a partir del pre-reflexivo relativo al objeto de estudio y de la búsqueda del sentido fenomenal hacia la hermenéutica como analítica existencial, culminando en el alcance de la totalidad fenoménica. Conclusión: La visión de mundo del investigador, que consideró las subjetividades de la persona en situación de salud o enfermedad, favoreció que el objeto de estudio anunciara el referencial. La producción de conocimiento a la luz de la fenomenología de Martin Heidegger desveló fenómenos vividos y vivenciados en el campo de la salud y de la enfermería, mediante rigor epistemológico que exigió apropiación de conceptos inherentes a la analítica existencial.


RESUMO Objetivo: Descrever o caminho investigativo de análise e a operacionalidade de conceitos sustentados no referencial teórico-filosófico e metodológico de Martin Heidegger. Método: Reflexão teórica do fenômeno de gestar sendo mulher portadora de cardiopatia. Resultados: Evidenciaram-se as etapas do movimento de investigação a partir do pré-reflexivo relativo ao objeto de estudo e da busca do sentido fenomenal na direção da hermenêutica como analítica existencial, culminando no alcance da totalidade fenomênica. Conclusão: A visão de mundo do investigador, que considerou as subjetividades da pessoa em situação de saúde ou doença, favoreceu que o objeto de estudo anunciasse o referencial. A produção de conhecimento à luz da fenomenologia de Martin Heidegger desvelou fenômenos vividos e vivenciados no campo da saúde e da enfermagem, mediante rigor epistemológico que exigiu apropriação de conceitos inerentes à analítica existencial.

3.
Rev. enferm. UFSM ; 8(4): 1-18, out.-dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34392

RESUMO

Objetivos: conhecer os significados das práticas de autoatenção de mulheres,residentes no campo, relativas ao puerpério; identificar as interfaces dessas práticas com osdiferentes modelos de atenção à saúde. Método: etnografia desenvolvida em trêscomunidades rurais de pequeno município do Norte do Rio Grande do Sul/Brasil.Participaram 17 informantes. Na coleta de dados, utilizaram-se técnicas de ObservaçãoParticipação-Reflexão e entrevistas etnográficas. No processo analítico, utilizou-se a propostade análise temática. Resultados: constatou-se que o puerpério apresenta-se marcado porpráticas de autoatenção referentes à alimentação, atividade física, higiene e à sociabilidadeproduzidas no seio da família/comunidade, com pouca articulação ao setor profissional decuidados. Conclusão: essas práticas buscam proteger as mulheres-puérperas que, nainterpretação de seu grupo social, estão em estado liminar – entre a saúde e a doença.Concomitantemente a isso, conferem poder relativo às puérperas e suas famílias.(AU)


Aims: to discover the meanings of the self-care practices of women living inrural areas regarding the puerperium; to identify the interfaces of these practices with thedifferent models of health care. Method: ethnography conducted in three small city ruralcommunities in the North of Rio Grande do Sul/Brazil. Seventeen participants were involved.Observation-Participation-Reflection techniques and ethnographic interviews were employedin the data collection. In the analytical process, a thematic analysis proposal was used.Results: it was verified that the puerperium is marked by self-care practices related to food,physical activity, hygiene, and sociability arising from the family/community, with littleconnection with the professional healthcare sector. Conclusion: these practices are intended to protect the women who just gave birth, who, in their social group’s interpretation, are in aliminal state between health and sickness. Simultaneously, they also grant considerablepower to the postnatal women and their families.(AU)


Objetivos: conocer los significados de las prácticas de autoatención de mujeres,residentes en el campo, relacionadas al puerperio; identificar las interacciones de esasprácticas con los distintos modelos de atención a la salud. Método: etnografía desarrolladaen tres comunidades rurales, de un pequeño municipio del Norte del estado del Rio Grandedo Sul/Brasil. Participaron 17 informantes. Para la recolección de los datos fueron utilizadastécnicas de Observación-Participación-Reflexión y encuestas etnográficas. En el procesoanalítico se utilizó la propuesta del análisis temático. Resultados: se constató que elpuerperio se presenta marcado por prácticas de autoatención referentes a la alimentación,actividad física, higiene y a la sociabilidad producida en el ambiente interno a lafamilia/comunidad, con poca articulación con el sector profesional de cuidados Conclusión:esas prácticas buscan proteger las mujeres puérperas que, en la interpretación de su gruposocial, están en estado liminar – entre la salud y la enfermedad. Concomitante a eso, sedetermina poder a las puérperas y sus familias.(AU)


Assuntos
Enfermagem , Período Pós-Parto , População Rural , Cultura
4.
Texto & contexto enferm ; 27(2): e3860016, 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-904441

RESUMO

RESUMO Objetivo: compreender o significado de gestar para mulheres portadoras de cardiopatia; desvelar sentidos da mundanidade do ser-aí-mulher em risco reprodutivo no vivido/vivência da gestação de alto risco por cardiopatia. Método: pesquisa qualitativa sustentada na fenomenologia Heideggeriana. Foram entrevistadas 17 mulheres entre os meses de julho a dezembro de 2014 que gestaram com cardiopatia em instituição de referência para risco materno. Resultados: o movimento analítico hermenêutico permitiu a emersão das Unidades de Significação: saber do risco e tanto planejar quanto não saber como evitar, e se surpreender ao se descobrir grávida; falar como se sentiu física e emocionalmente na gestação; sentir-se segura pela rotina de acompanhamento pré-natal. Os sentidos desvelados apontaram para a fragilidade dos saberes das participantes acerca do risco reprodutivo. Conclusão: o enfermeiro e a equipe de saúde devem considerar em sua prática clínica o cuidado intersubjetivo que favorece a integralidade da atenção à saúde. As discussões sobre o risco percebido por parte da gestante devem se integrar à condução do pré-natal suscitando um impacto positivo na saúde da mulher. Considera-se a fenomenologia de Martin Heidegger como referencial que permite alcançar resultados de pesquisas qualitativas no campo epistemológico de interesse acerca da essência humana por meio das experiências vividas.


RESUMEN Objetivo: comprender el significado de gestar para las mujeres portadoras de cardiopatía, desvelar los sentidos de la mundanidad del ser mujer en riesgo reproductivo en lo experimentado/vivencia de la gestación de alto riesgo por cardiopatía. Método: investigación cualitativa basada en la fenomenología de Heidegger. Fueron entrevistadas 17 mujeres entre los meses de Julio a Diciembre del 2014 y que gestaron con cardiopatía en una institución de referencia para el riesgo materno. Resultados: el movimiento analítico hermenéutico permitió la emersión de las Unidades de Significación: saber del riesgo y tanto planear como no saber evitarlo, sorprenderse al descubrirse embarazada, hablar cómo se sintió física y emocionalmente en la gravidez, sentirse segura por la rutina de acompañamiento prenatal. Los sentidos desvelados señalaron la fragilidad de los saberes de las participantes sobre el riesgo reproductivo. Conclusión: el enfermero y el equipo de salud deben considerar, en sus prácticas clínicas, el cuidado intersubjetivo que favorece la integralidad de la atención para la salud. Las discusiones sobre el riesgo percibido por parte de la gestante deben integrarse a la conducción del prenatal, provocando un impacto positivo en la salud de la mujer. Se considera a la fenomenología de Martin Heidegger como una referencia que permite alcanzar los resultados de investigaciones cualitativas en el campo epistemológico del interés acerca de la esencia humana y por medio de las experiencias vividas.


ABSTRACT Objective: to understand the meaning of pregnancy for women with heart diseases; to unveil meanings of the worldliness of the being-there-women in reproductive risk in the experience lived/experience of high-risk pregnancy due to heart diseases. Method: this is a qualitative study based on Heidegger's phenomenology. Seventeen women who got pregnant while suffering from a heart disease were interviewed between July and December of 2014 in a reference facility for maternal risk. Results: the hermeneutic analytic movement allowed the emergence of meaningful units: knowing the risk and planning and ignoring how to avoid it, and getting surprised when finding out pregnancy; telling how they felt physically and emotionally during pregnancy; feeling safe due to the prenatal follow-up routine. The unveiled meanings led to weakness of the participants' knowledge about the reproductive risk. Conclusion: nurses and health teams should consider the intersubjective care that favors health care comprehensiveness in their clinical practice. Discussions about the perceived risk by the pregnant women should be integrated to prenatal care guidance, positively impacting women's health. Martin Heidegger's phenomenology is considered as a reference that allows reaching results of qualitative research in the epistemological field of interest about the human essence through the experiences lived.

5.
Texto & contexto enferm ; 27(2): e3860016, 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-904457

RESUMO

RESUMO Objetivo: compreender o significado de gestar para mulheres portadoras de cardiopatia; desvelar sentidos da mundanidade do ser-aí-mulher em risco reprodutivo no vivido/vivência da gestação de alto risco por cardiopatia. Método: pesquisa qualitativa sustentada na fenomenologia Heideggeriana. Foram entrevistadas 17 mulheres entre os meses de julho a dezembro de 2014 que gestaram com cardiopatia em instituição de referência para risco materno. Resultados: o movimento analítico hermenêutico permitiu a emersão das Unidades de Significação: saber do risco e tanto planejar quanto não saber como evitar, e se surpreender ao se descobrir grávida; falar como se sentiu física e emocionalmente na gestação; sentir-se segura pela rotina de acompanhamento pré-natal. Os sentidos desvelados apontaram para a fragilidade dos saberes das participantes acerca do risco reprodutivo. Conclusão: o enfermeiro e a equipe de saúde devem considerar em sua prática clínica o cuidado intersubjetivo que favorece a integralidade da atenção à saúde. As discussões sobre o risco percebido por parte da gestante devem se integrar à condução do pré-natal suscitando um impacto positivo na saúde da mulher. Considera-se a fenomenologia de Martin Heidegger como referencial que permite alcançar resultados de pesquisas qualitativas no campo epistemológico de interesse acerca da essência humana por meio das experiências vividas.


RESUMEN Objetivo: comprender el significado de gestar para las mujeres portadoras de cardiopatía, desvelar los sentidos de la mundanidad del ser mujer en riesgo reproductivo en lo experimentado/vivencia de la gestación de alto riesgo por cardiopatía. Método: investigación cualitativa basada en la fenomenología de Heidegger. Fueron entrevistadas 17 mujeres entre los meses de Julio a Diciembre del 2014 y que gestaron con cardiopatía en una institución de referencia para el riesgo materno. Resultados: el movimiento analítico hermenéutico permitió la emersión de las Unidades de Significación: saber del riesgo y tanto planear como no saber evitarlo, sorprenderse al descubrirse embarazada, hablar cómo se sintió física y emocionalmente en la gravidez, sentirse segura por la rutina de acompañamiento prenatal. Los sentidos desvelados señalaron la fragilidad de los saberes de las participantes sobre el riesgo reproductivo. Conclusión: el enfermero y el equipo de salud deben considerar, en sus prácticas clínicas, el cuidado intersubjetivo que favorece la integralidad de la atención para la salud. Las discusiones sobre el riesgo percibido por parte de la gestante deben integrarse a la conducción del prenatal, provocando un impacto positivo en la salud de la mujer. Se considera a la fenomenología de Martin Heidegger como una referencia que permite alcanzar los resultados de investigaciones cualitativas en el campo epistemológico del interés acerca de la esencia humana y por medio de las experiencias vividas.


ABSTRACT Objective: to understand the meaning of pregnancy for women with heart diseases; to unveil meanings of the worldliness of the being-there-women in reproductive risk in the experience lived/experience of high-risk pregnancy due to heart diseases. Method: this is a qualitative study based on Heidegger's phenomenology. Seventeen women who got pregnant while suffering from a heart disease were interviewed between July and December of 2014 in a reference facility for maternal risk. Results: the hermeneutic analytic movement allowed the emergence of meaningful units: knowing the risk and planning and ignoring how to avoid it, and getting surprised when finding out pregnancy; telling how they felt physically and emotionally during pregnancy; feeling safe due to the prenatal follow-up routine. The unveiled meanings led to weakness of the participants' knowledge about the reproductive risk. Conclusion: nurses and health teams should consider the intersubjective care that favors health care comprehensiveness in their clinical practice. Discussions about the perceived risk by the pregnant women should be integrated to prenatal care guidance, positively impacting women's health. Martin Heidegger's phenomenology is considered as a reference that allows reaching results of qualitative research in the epistemological field of interest about the human essence through the experiences lived.

6.
REME rev. min. enferm ; 22: :e-1105, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-907148

RESUMO

Objetivo: compreender o significado do cuidado de enfermagem prestado às mães de recém-nascido pré-termo para manutenção da lactação na perspectiva dos profissionais de enfermagem que atuam em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Método: estudo com abordagem fenomenológica, fundamentada no referencial de Martin Heidegger. Realizada entrevista com 10 profissionais de enfermagem entre abril e agosto de 2013, em Hospital Universitário do interior do Rio Grande do Sul, Brasil. Resultados: as profissionais anunciaram a referência temporal no cuidado, quando indicam que a visão da importância do aleitamento materno provém de sua experiência como mãe (passado) e como profissional (presente), aprendendo com colegas, mães e conhecimento científico, modificando sua visão da amamentação do recém-nascido de risco, abrindo-se para possibilidades de atuação para manutenção da lactação (futuro). Conclusão: compreender essa referência temporal implica reconhecer a necessidade de espaços institucionais para que os profissionais possam refletir e compartilhar seus vividos (passado), vivências e experiências (presente) para permanentemente construir conhecimentos e incorporá-los à sua prática (futuro), qualificando o cuidado às mães para manutenção da lactação.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Aleitamento Materno , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Lactação , Saúde Materna , Enfermagem Materno-Infantil
7.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e14509], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-916577

RESUMO

Objetivo: revelar significados que a mulher hospitalizada por cardiopatia atribui ao vivido de desenvolver lesão por pressão. Método: estudo fenomenológico cujos depoimentos foram colhidos em 2012, por meio de entrevistas a oito mulheres internadas em hospital público em Fortaleza, Ceará, Brasil. Aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob nº 858/11. Para análise, adotou-se a compreensão, fundamentada no pensamento filosófico de Martin Heidegger. Resultados: emergiram cinco unidades de significado: desconforto seja pela dor, realização e/ ou manutenção do curativo e imobilidade parcial no leito; medo de complicação na ferida; desamparo diante da permanência no hospital e desejo de retorno ao lar; (des) conhecimento da situação vivenciada e agradecimento pelo cuidado recebido. Das significações apreendidas, ressalta-se o temor, demonstrado como modo de ser do pavor, horror e terror. Conclusão: do estudo, emerge a reflexão dos enfermeiros em imprimir importância à manifestações existenciais dos seres de quem cuidam.


Objective: to reveal the meanings that the woman hospitalized for cardiopathy attributes to the experience of developing pressure ulcers. Method: a phenomenological study, for which declarations were collected in 2012 by interviews of eight women inpatients at a public hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil. Approved by the research ethics committee (No. 858/11). The analysis rested on an understanding based on the philosophical thought of Martin Heidegger. Results: five units of meaning emerged: discomfort from pain, dressing and/or maintenance, and partial immobility in bed; fear of wound complication; helplessness regarding the hospital stay and desire to return home; (lack of) knowledge of the situation being experienced; and gratitude for the care received. Prominent among the meanings apprehended were fear, shown as a mode of being in dread, horror and terror. Conclusion: from the study, the nurses' reflection emerges in emphasizing the existential manifestations of the beings they care for.


Objetivo: revelar significados que la mujer hospitalizada por cardiopatía atribuye a lo vivido al desarrollar lesión por presión. Método: estudio fenomenológico cuyos testimonios fueron recogidos en 2012, por medio de entrevistas a ocho mujeres internadas en un hospital público en Fortaleza, Ceará, Brasil. Aprobado por el Comité de Ética e Investigación bajo el nº 858/11. Para el análisis, se adoptó la comprensión, fundamentada en el pensamiento filosófico de Martin Heidegger. Resultados: emergieron cinco unidades de significado: incomodidad por el dolor, realización y / o mantenimiento del parche e inmovilidad parcial en el lecho; miedo a complicaciones en la herida; desamparo ante la permanencia en el hospital y deseo de retorno al hogar; (des)conocimiento de la situación vivida y agradecimiento por el cuidado recibido. De las significaciones incautadas, se resalta el temor, demostrado como modo de ser del pavor, horror y terror. Conclusión: del estudio emerge la reflexión de los enfermeros en el sentido de dar importancia a manifestaciones existenciales de los seres a quienes cuidan.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Doenças Cardiovasculares , Saúde da Mulher , Enfermagem , Lesão por Pressão , Cardiopatias , Hospitalização
8.
Rev. bras. enferm ; 70(6): 1199-1205, Nov.-Dec. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898293

RESUMO

ABSTRACT Objective: Understanding the meaning of pregnancy for heterosexual couples facing serodiscordant situation for HIV, aiming at construction of care possibilities based on subjectivity. Method: Phenomenological research, theoretical-philosophical-methodological framework by Martin Heidegger. Research was conducted in a University Hospital in the countryside of Southern Brazil, from September 2013 to May 2014 through a phenomenological interview, with participation of eleven couples. Results: For the couples, pregnancy is part of life when they wish to have a child, even when one or both of them already have children from previous relationships. In addition, it is part of life when they consider the risks and do not want to have children in such circumstances anymore, but it happened unexpectedly. Conclusion: Understanding reproductive needs and demands of these couples is an aid for qualification and improvement of care as a contribution to nursing care planning towards reproductive health of these couples.


RESUMEN Objetivo: Comprender el significado del embarazo para las parejas heterosexuales serodiscordantes al VIH con el propósito de establecer cuidados basados en la subjetividad. Método: Estudio fenomenológico, de referencial teórico, filosófico, metodológico heideggeriano. Se empleó entrevista fenomenológica a once parejas participantes del estudio en el Hospital Universitario de una ciudad en la región Sur de Brasil en el periodo de septiembre de 2013 a mayo de 2014. Resultados: Para las parejas el embarazo forma parte de sus experiencias, ya sea porque desean tener hijos con el/la compañero/a, incluso si uno o ambos ya tienen hijos provenientes de relación anterior. Asimismo forma parte al considerar los riesgos y no desean tener más hijos en estas circunstancias, pero ocurre lo inesperado al quedarse embarazada. Conclusión: Comprender las necesidades y demandas reproductivas de estas parejas es importante para la calificación, el mejoramiento de los cuidados y la planificación de la asistencia ofrecida por el personal de enfermería a la salud reproductiva de estas personas.


RESUMO Objetivo: Compreender o significado da gestação para casais heterossexuais diante da situação de sorodiscordância para o HIV com vistas à construção de possibilidades de cuidado fundadas na subjetividade. Método: Investigação fenomenológica, referencial teórico-filosófico-metodológico de Martin Heidegger. Foi desenvolvida em um Hospital Universitário no interior do Sul do Brasil entre setembro de 2013 a maio de 2014 por meio de entrevista fenomenológica, da qual participaram 11 casais. Resultados: Para os casais, a gestação faz parte do seu vivido quando têm vontade, desejam e querem ter o filho do casal, mesmo quando um ou ambos já têm filhos de relacionamentos anteriores. Também faz parte quando consideram os riscos e não querem mais ter filhos nessas circunstâncias, mas de forma inesperada isso aconteceu. Conclusão: Compreender as necessidades e demandas reprodutivas desses casais se mostra como subsídio para a qualificação e aprimoramento da atenção como contribuição para o planejamento dos cuidados de enfermagem à saúde reprodutiva desse casal.

9.
Rev. bras. enferm ; 70(6): 1199-1205, Nov.-Dec. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898324

RESUMO

ABSTRACT Objective: Understanding the meaning of pregnancy for heterosexual couples facing serodiscordant situation for HIV, aiming at construction of care possibilities based on subjectivity. Method: Phenomenological research, theoretical-philosophical-methodological framework by Martin Heidegger. Research was conducted in a University Hospital in the countryside of Southern Brazil, from September 2013 to May 2014 through a phenomenological interview, with participation of eleven couples. Results: For the couples, pregnancy is part of life when they wish to have a child, even when one or both of them already have children from previous relationships. In addition, it is part of life when they consider the risks and do not want to have children in such circumstances anymore, but it happened unexpectedly. Conclusion: Understanding reproductive needs and demands of these couples is an aid for qualification and improvement of care as a contribution to nursing care planning towards reproductive health of these couples.


RESUMEN Objetivo: Comprender el significado del embarazo para las parejas heterosexuales serodiscordantes al VIH con el propósito de establecer cuidados basados en la subjetividad. Método: Estudio fenomenológico, de referencial teórico, filosófico, metodológico heideggeriano. Se empleó entrevista fenomenológica a once parejas participantes del estudio en el Hospital Universitario de una ciudad en la región Sur de Brasil en el periodo de septiembre de 2013 a mayo de 2014. Resultados: Para las parejas el embarazo forma parte de sus experiencias, ya sea porque desean tener hijos con el/la compañero/a, incluso si uno o ambos ya tienen hijos provenientes de relación anterior. Asimismo forma parte al considerar los riesgos y no desean tener más hijos en estas circunstancias, pero ocurre lo inesperado al quedarse embarazada. Conclusión: Comprender las necesidades y demandas reproductivas de estas parejas es importante para la calificación, el mejoramiento de los cuidados y la planificación de la asistencia ofrecida por el personal de enfermería a la salud reproductiva de estas personas.


RESUMO Objetivo: Compreender o significado da gestação para casais heterossexuais diante da situação de sorodiscordância para o HIV com vistas à construção de possibilidades de cuidado fundadas na subjetividade. Método: Investigação fenomenológica, referencial teórico-filosófico-metodológico de Martin Heidegger. Foi desenvolvida em um Hospital Universitário no interior do Sul do Brasil entre setembro de 2013 a maio de 2014 por meio de entrevista fenomenológica, da qual participaram 11 casais. Resultados: Para os casais, a gestação faz parte do seu vivido quando têm vontade, desejam e querem ter o filho do casal, mesmo quando um ou ambos já têm filhos de relacionamentos anteriores. Também faz parte quando consideram os riscos e não querem mais ter filhos nessas circunstâncias, mas de forma inesperada isso aconteceu. Conclusão: Compreender as necessidades e demandas reprodutivas desses casais se mostra como subsídio para a qualificação e aprimoramento da atenção como contribuição para o planejamento dos cuidados de enfermagem à saúde reprodutiva desse casal.

10.
Cogitare enferm ; 22(4): 1-8, Out-Dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-876607

RESUMO

Objetivou compreender os significados do processo parturitivo a partir da vivência do risco gestacional da mulher portadora de cardiopatia. Estudo qualitativo de abordagem fenomenológica, com coleta de dados entre julho e dezembro de 2014, em hospital para alto risco materno na Região Sudeste do Brasil. Dezessete participantes foram entrevistadas e os significados expressos analisados na perspectiva teórico-metodológica de Martin Heidegger. As mulheres significaram o medo de morrer no parto; e a preocupação com a sobrevivência do bebê, pedindo ao médico para dar prioridade em salvá-lo. Evidenciou-se o desvelamento do temor frente ao medo expresso, implicando em vulnerabilidade que cardiopatas vivenciam ao engravidarem. Isto porque, para além das possíveis complicações advindas da doença cardíaca, residem subjetividades que são apartadas do processo de cuidado em saúde, especialmente no que diz respeito à falta de diálogo e tomada de decisão unilateral acerca do tipo, momento e via de parto (AU).


The aim of this study was to understand the meanings of the birth process based on the experiences of high-risk pregnancies of women with heart disease. A qualitative study with a phenomenological approach, with data collection happening between July and December 2014, was developed at a high-risk pregnancy hospital in the Southeastern region of Brazil. Seventeen participants were interviewed and the expressed meanings were analyzed with the theoretical-methodological approach of Martin Heidegger. Women mentioned fearing death during birth; and worries about their infants' survival, asking physicians to prioritize their lives. The display of concerns facing the expressed fears stood out, involving vulnerabilities which patients with heart disease experience when pregnant. That is because, in addition to possible complications stemming from heart disease, there are subjective issues that are ignored during the healthcare process, especially related to lack of communication and one-sided decision making regarding the type, time and route of delivery (AU).


Se objetivó comprender los significados del proceso de parición partiendo de la vivencia del riesgo gestacional de mujeres con cardiopatía. Estudio cualitativo de abordaje fenomenológico. Datos recolectados de julio a diciembre de 2014 en hospital de alto riesgo materno de Región Sudeste de Brasil. Fueron entrevistadas diecisiete participantes. Los significados manifestados fueron analizados según perspectiva teórico-metodológica de Martin Heidegger. Las mujeres significaron el miedo a morir en el parto; y su preocupación por la supervivencia del bebé, pidiendo al médico priorizar su salvación. Se evidenció el desvelo del temor ante el miedo expresado, implicando en la vulnerabilidad que experimentan las mujeres con cardiopatía al quedar embarazadas. Más allá de las posibles complicaciones devenidas de la enfermedad cardíaca, residen subjetividades aparte del proceso de cuidado en salud, particularmente en lo que respecta a la falta de diálogo y toma unilateral de decisiones sobre el tipo, momento y vía de parto (AU).


Assuntos
Gravidez , Gravidez de Alto Risco , Parto , Saúde Materna , Cardiopatias , Enfermagem Obstétrica
11.
Rev Bras Enferm ; 70(6): 1199-1205, 2017.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-29160480

RESUMO

OBJECTIVE: Understanding the meaning of pregnancy for heterosexual couples facing serodiscordant situation for HIV, aiming at construction of care possibilities based on subjectivity. METHOD: Phenomenological research, theoretical-philosophical-methodological framework by Martin Heidegger. Research was conducted in a University Hospital in the countryside of Southern Brazil, from September 2013 to May 2014 through a phenomenological interview, with participation of eleven couples. RESULTS: For the couples, pregnancy is part of life when they wish to have a child, even when one or both of them already have children from previous relationships. In addition, it is part of life when they consider the risks and do not want to have children in such circumstances anymore, but it happened unexpectedly. CONCLUSION: Understanding reproductive needs and demands of these couples is an aid for qualification and improvement of care as a contribution to nursing care planning towards reproductive health of these couples.


Assuntos
Infecções por HIV/psicologia , Relações Interpessoais , Parceiros Sexuais/psicologia , Adulto , Brasil , Feminino , Humanos , Masculino , Gravidez , Pesquisa Qualitativa
12.
Enferm. glob ; 16(46): 500-514, abr. 2017. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-161744

RESUMO

Revisión integrativa que analizó las perspectivas del cuidado de enfermería a la mujer que experimenta embarazo de alto riesgo a partir de las producciones científicas internacionales y nacionales, cara a la contribución del cumplimiento del quinto objetivo para el desarrollo del milenio. Búsqueda en las bases Cinahl/Medline/Lilacs/BDENF. Veinticuatro estudios permitieron la emergencia de las categorías: Cuidados de enfermería en la perspectiva de la subjetividad de la mujer que experimenta un embarazo de alto riesgo; Cuidado de las mujeres que experimentan un embarazo de alto riesgo en la perspectiva de la sistematización de la asistencia de enfermería. Si por un lado las investigaciones internacionales y nacionales consideran relevantes las percepciones y sentimientos de las embarazadas de riesgo, por otro, centraron el cuidado en aspectos fisiológicos, sustentándose en el paradigma intervencionista. Estas posiciones científicas, aunque convergentes, anuncian posibilidad de desarrollar metodologías de cuidado de enfermería que reúnan dimensiones multifacéticas, contribuyendo a la reducción de la morbimortalidad materna (AU)


Revisão integrativa que analisou perspectivas do cuidado de enfermagem à mulher que vivencia a gestação de alto risco a partir das produções científicas internacionais e nacionais, em face da contribuição ao cumprimento do quinto objetivo para o desenvolvimento do milênio. Busca nas bases Cinahl/Medline/Lilacs/BDENF. Vinte e quatro estudos permitiram a emersão das categorias: O cuidado de enfermagem na perspectiva da subjetividade da mulher que vivencia a gestação de alto risco; O cuidado à mulher que vivencia a gestação de alto risco na perspectiva da sistematização da assistência de enfermagem. Se por um lado as pesquisas internacionais e nacionais consideraram relevantes percepções e sentimentos das gestantes de risco, por outro centraram o cuidado nos aspectos fisiológicos, sustentando-se no paradigma intervencionista. Estas posições científicas se convergentes, anunciam possibilidade de desenvolver metodologias de cuidado de enfermagem que congreguem as dimensões multifacetadas consideradas nos estudos, contribuindo para a redução da morbimortalidade materna (AU)


Integrative review aimed to analyze the perspectives of nursing care to the woman who experiences pregnancy high risk as from international and national scientific productions, in view of the contribution they offer to the fifth millennium development goal. Search at databases Cinahl/Medline/Lilacs/BDENF. Twenty-four studies allowed the emergence of categories: Nursing care in view of the subjectivity of the woman who experiences a high-risk pregnancy; The care of women who experience pregnancy high risk in view of the systematization nursing care. If on one hand the international and national research considered relevant perceptions and feelings of pregnant women at risk, on the other, the process focused on the physiological aspects of nursing, holding up the interventionist paradigm. These scientific positions, if convergent, announce the possibility of developing methodologies for nursing care which bring together the multifaceted dimensions considered in these studies, contributing to the reduction of maternal mortality (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Gravidez de Alto Risco/fisiologia , Cuidados de Enfermagem/métodos , Mortalidade Materna/tendências , Cuidados de Enfermagem/tendências , Processo de Enfermagem/organização & administração , Processo de Enfermagem/normas , Indicadores de Morbimortalidade
13.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(11): 3911-3917, Nov. 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30135

RESUMO

Objetivo: compreender o cuidado hospitalar de mulheres que vivenciaram a gestação de alto risco. Método:estudo descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa, fundamentado no referencial teóricometodológicoda Fenomenologia. O cenário foi uma Instituição Hospitalar da Zona da Mata Mineira. Aentrevista aberta, com 10 depoentes, foi norteada pela questão de pesquisa << Como foi o cuidado hospitalardurante a gestação, parto e pós-parto? >>. Resultados: as depoentes significaram: As diferentescompreensões acerca do cuidado hospitalar: do maravilhoso ao desagradável; que o cuidado hospitalar seestende ao cuidado com o bebê durante e após a gestação. Conclusão: foi possível identificar a importânciado cuidado de enfermagem na medida em que este proporcionou acolhimento, segurança e amparo,conferindo à assistência a qualificação.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Gravidez de Alto Risco , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Obstétrica , Saúde Materna , Assistência Integral à Saúde , Humanização da Assistência , Epidemiologia Descritiva , Parto Humanizado , Período Pós-Parto , Equipe de Enfermagem
15.
Rev. bras. enferm ; 69(2): 275-281, mar.-abr. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-783837

RESUMO

RESUMO Objetivo: desvelar o movimento existencial do casal ao realizar a profilaxia da transmissão vertical do HIV. Método: investigação qualitativa, com abordagem fenomenológica de Martin Heidegger. Foi realizada entrevista fenomenológica com 14 participantes entre dezembro/2011 e fevereiro/2012 no ambulatório de um hospital universitário, Brasil. Foi desenvolvida análise compreensiva e interpretativa heideggeriana. Resultados: o casal compreende que seguiu a orientação dos profissionais de saúde conforme o que foi indicado. Ao não poder amamentar, a mulher não deixou de ser mãe, mas não foi uma vivência completa. Desvelaram-se os sentidos da ocupação do ser-casal em realizar o tratamento profilático e o da facticidade diante do fato de não amamentar. Conclusão: indica-se repensar o cuidado, propondo uma relação profissional que transcenda o impessoal que dita com o que o casal deve se ocupar, viabilizando sua participação de maneira ativa nas decisões e ações de cuidado.


RESUMEN Objetivo: develar el movimiento existencial de la pareja al realizar la profilaxis de la transmisión vertical del HIV. Método: investigación cualitativa, con abordaje fenomenológico de Martin Heidegger. Fue realizada entrevista fenomenológica con 14 participantes entre diciembre/2011 y febrero/2012 en ambulatorio de hospital universitario brasileño. Se desarrolló análisis comprensivo e interpretativo heideggeriano. Resultados: la pareja comprende que siguió la indicación de los profesionales de salud, de acuerdo a lo indicado. Por no poder amamantar, la mujer no dejó de ser madre, aunque no fue una experiencia completa. Se develaron los sentidos de ocupación del ser-pareja en realizar el tratamiento profiláctico y el de la facticidad frente al hecho de no amamantar. Conclusión: se sugiere reconsiderar el cuidado, proponiendo una relación profesional que trascienda lo impersonal que expresa cuáles deben ser las ocupaciones de la pareja, viabilizando su participación activa en las decisiones y acciones de cuidado.


ABSTRACT Objective: to unveil the existential movement of a couple when performing vertical HIV transmission prophylaxis. Method: qualitative research, using Martin Heidegger's phenomenological approach. A phenomenological interview was conducted with 14 participants between December/2011 and February/2012 in the outpatient facilities of an university hospital, Brazil. A comprehensive and interpretative heideggerian analysis was developed. Results: the couple understands that they have followed the guidance of the health professionals as indicated. By not being able to breastfeed, the woman did not fail to be a mother, but it was also not a complete experience. The senses of the occupation of the couple-being unfolded to the prophylactic treatment and facticity due to the fact of not breastfeeding. Conclusion: we indicate the need to rethink care, proposing a working relationship that transcends the impersonal that dictates about what the couple must deal with, enabling their active participation in care decisions and actions.

16.
Rev Rene (Online) ; 17(2): 250-259, Mar.-Abr. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-956371

RESUMO

Objetivo compreender o cotidiano da pessoa na vivência da lista de espera para o transplante renal. Métodos pesquisa qualitativa, embasada na fenomenologia Heideggeriana. Participaram 14 depoentes em hemodiálise e cadastrados na lista de espera para o transplante renal. Entrevista fenomenológica com questão norteadora: Como é a vivência na espera do transplante renal? Análise pela técnica de marcação de cores demarcando falas que apresentam similaridade, destas emergiram as estruturas essenciais que possibilitaram as unidades de significado. Resultados mudança dos hábitos de vida, imposição de uma rotina e rigidez do tratamento sinalizando tensão cotidiana e esgotamento do ser-hemodialítico. Emergindo os modos da tagarelice, curiosidade e burocracia, desvelando-se inautêntico e impessoal no que tange o cuidado de si. Conclusão dependência da hemodiálise e aguardar o transplante renal transferem ao cuidado para a família/profissionais de saúde. Compreender o cotidiano marcado por imposições e restrições, a reflexão sobre o modo de interação profissional-de-saúde/ser-cuidado torna-se importante.


Objective to understand the everyday of people experiencing the waiting list for kidney transplantation. Methods this is a qualitative research, based on Heideggerian phenomenology. 14 deponents participated in hemodialysis and registered on the waiting list for kidney transplantation. Phenomenological interview with the research question: How is the experience awaiting the kidney transplant? Color marking technique for analyzing demarcating lines that show similarity, of these, emerged the essential structures that enabled the units of meaning. Results changing lifestyles, imposing a routine and rigidity of treatment signaling everyday stress and exhaustion of hemodialysis being. Emerging from the modes of gossip, curiosity, and bureaucracy, unfolding-inauthentic and impersonal regarding their care. Conclusion hemodialysis dependence and awaiting kidney transplantation transfer care for family/professional caregivers. To understand the everyday marked by impositions and restrictions, the reflection about how professional health interaction/being-care becomes important.

17.
Rev. enferm. UERJ ; 24(1): e11726, jan.-fev. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946463

RESUMO

Objetivo: desvelar os sentidos do modo-de-ser de profissionais de enfermagem em uma unidade de pronto-atendimento do interior do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Método: investigação de natureza qualitativa, com abordagem fenomenológica e referencial teóricometodológico fundamentado em Martin Heidegger. As participantes do estudo, realizado em 2012 e 2013, foram 14 mulheres que faziam parte da equipe de enfermagem. Resultados: a análise dos depoimentos revelou que as mulheres se mostraram companheiras, amigas e afetuosas na relação com o outro membro da equipe de saúde, em um cuidado direcionado ao cliente e ao colega de trabalho/ amigo. Conclusão: desvela-se que, ao cuidar do outro, se suprime seu próprio cuidado, revelando um movimento para a impessoalidade. Reitera-se a importância do ser - mulher - profissional de enfermagem cuidar de si mesma, para que realize o cuidado ao outro com completude, e sentir-se plena cuidando de sua saúde e de seu bem-estar.


Objective: to unveil the meanings of nurses' modes of being in an emergency unit in Rio de Janeiro State, Brazil, in 2012 and 2013. Method: this qualitative, phenomenological study took an approach based theoretically and methodologically on Martin Heidegger. The study participants were 14 women members of the nursing team. Results: transcript analysis revealed that the women were companionable, friendly and affectionate in their relations with the other member of the team in care directed to the client and to the coworker/friend. Conclusion: it was unveiled that, in caring for others, they suppressed care for themselves, revealing a movement towards impersonality. It is important that beings-women-nursing personnel care for themselves in order to care completely for others and to feel fulfilled caring for their own health and well-being.


Objetivo: desvelar los significados de la manera de ser de los profesionales de enfermería en una unidad de emergencia del interior del Estado de Río de Janeiro - Brasil. Método: investigación cualitativa con enfoque fenomenológico y referencial teórico-metodológico basado en el método de Martin Heidegger. Los participantes del estudio, realizado en 2012 y 2013, fueron 14 mujeres que formaban parte del equipo de enfermería. Resultados: el análisis de las declaraciones reveló que las mujeres mostraron ser compañeras, amigas y afectuosas en relación con el otro miembro del equipo de salud; el cuidado se dirigía al cliente y al compañero de trabajo/amigo. Conclusión: revela que, al cuidar del otro, se suprime su propio cuidado, revelando un movimiento de Impersonalidad. Se reitera la importancia de que el ser - mujer - profesional de enfermería cuide de sí misma para realizar el cuidado al otro con plenitud y para sentirse plena al cuidar de su salud y bienestar.


Assuntos
Humanos , Filosofia , Mulheres , Mulheres Trabalhadoras , Enfermagem , Profissionais de Enfermagem
18.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-784392

RESUMO

Objetivo: analisar, compreensivamente, à luz do pensamento de Martin Heidegger, o significado de ser mulher--profissional de enfermagem atuante em uma UPA no cuidado de si e do outro. Método: estudo qualitativo deabordagem fenomenológica, que entrevistou mulheres no período de dezembro/2012 a fevereiro/2013. Resultados:a hermenêutica possibilitou a compreensão interpretativa do ser mulher, que mostrou facetas de sua dimensãoexistencial. Regidas pelo falatório, as mulheres reproduzem um discurso universal, uma fala falada sobre o nãoconseguir se cuidar, além de se manterem na ocupação, porque não sobra tempo para tal cuidado. Conclusão:o estudo evidenciou que o significado de ser mulher profissional de enfermagem atuante em uma UPA tem suaessência na dedicação do cuidado integral ao ser humano, porém esse cuidado só se torna completo quando o serque cuida também é cuidado.


Objective: to analyze comprehensively in the light of the thought of Martin Heidegger, the meaning of being awoman-nursing professionals active in a UPA in self-care and in the care of others. Method: a qualitative studywith a phenomenological approach where women were interviewed from December/2012 to February/2013. Results:hermeneutics enabled the interpretative understanding of the woman who showed facets of his existential dimension.Governed by gossip, women reproduce a universal discourse, a spoken talk about how they are unable to take care ofthemselves, and keep their occupation, because there is no time for such care. Conclusion: the study showed that themeaning of being a woman nursing professional working in a UPA has its essence in the dedication of comprehensivecare for human beings, however, that care only becomes complete when the caregiver is also cared for.


Objetivo: analizar comprensivamente a la luz del pensamiento de Martin Heidegger, el significado de ser mujerprofesionalde enfermería trabajando en una UPA en el cuidado de uno mismo y del otro. Método: estudio cualitativode enfoque fenomenológico donde se entrevistó mujeres entre diciembre/2012 a febrero/2013. Resultados: lahermenéutica posibilitó la comprensión interpretativa del ser mujer, que mostró facetas de su dimensión existencial.Conducidas por los comentarios, las mujeres reproducen un discurso universal, una charla hablada sobre el nolograr cuidarse, además de mantenerse en la ocupación, porque no hay tiempo para dicha atención. Conclusión: elestudio mostró que el significado de ser una mujer profesional de enfermería que trabaja en una UPA tiene su esenciaen la dedicación de la atención integral de los seres humanos, sin embargo la atención sólo se vuelve completacuando el cuidador también es cuidado.

19.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 20(4): e20160091, 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-792861

RESUMO

Objetivo: Desvelar o cotidiano das relações assistenciais do ser-aí-mulher na gravidez de alto risco por doença cardíaca. Métodos: Pesquisa qualitativa fenomenológica. Dezessete participantes foram entrevistadas em instituição referência para risco materno e os significados expressos foram analisados à luz do pensamento de Martin Heidegger. Resultados: As mulheres significaram terem sido cobradas pelos médicos por engravidarem e; saberem que o cardiologista dá o parecer, mas o obstetra é quem vai decidir a via de parto. Conclusão: Evidenciaram-se relações assistenciais pautadas na ótica fisiopatológica de acompanhamento gestacional e invisibilidade da equipe de enfermagem junto à gestante. Se por um lado os resultados apontam a necessidade de transcender para uma relação existencial que considera a mulher como ser-aí dotada de possibilidades, por outro anuncia a importância do cuidado de enfermagem congruente às necessidades de gestantes portadoras de cardiopatia na perspectiva de se fazer percebido e anunciado pelo ser-cuidado.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Cardiopatias/prevenção & controle , Papel do Profissional de Enfermagem , Gravidez de Alto Risco , Pesquisa Qualitativa
20.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: bde-29819

RESUMO

Objetivo: analisar, compreensivamente, à luz do pensamento de Martin Heidegger, o significado de ser mulher--profissional de enfermagem atuante em uma UPA no cuidado de si e do outro. Método: estudo qualitativo deabordagem fenomenológica, que entrevistou mulheres no período de dezembro/2012 a fevereiro/2013. Resultados:a hermenêutica possibilitou a compreensão interpretativa do ser mulher, que mostrou facetas de sua dimensãoexistencial. Regidas pelo falatório, as mulheres reproduzem um discurso universal, uma fala falada sobre o nãoconseguir se cuidar, além de se manterem na ocupação, porque não sobra tempo para tal cuidado. Conclusão:o estudo evidenciou que o significado de ser mulher profissional de enfermagem atuante em uma UPA tem suaessência na dedicação do cuidado integral ao ser humano, porém esse cuidado só se torna completo quando o serque cuida também é cuidado.(AU)


Objective: to analyze comprehensively in the light of the thought of Martin Heidegger, the meaning of being awoman-nursing professionals active in a UPA in self-care and in the care of others. Method: a qualitative studywith a phenomenological approach where women were interviewed from December/2012 to February/2013. Results:hermeneutics enabled the interpretative understanding of the woman who showed facets of his existential dimension.Governed by gossip, women reproduce a universal discourse, a spoken talk about how they are unable to take care ofthemselves, and keep their occupation, because there is no time for such care. Conclusion: the study showed that themeaning of being a woman nursing professional working in a UPA has its essence in the dedication of comprehensivecare for human beings, however, that care only becomes complete when the caregiver is also cared for.(AU)


Objetivo: analizar comprensivamente a la luz del pensamiento de Martin Heidegger, el significado de ser mujerprofesionalde enfermería trabajando en una UPA en el cuidado de uno mismo y del otro. Método: estudio cualitativode enfoque fenomenológico donde se entrevistó mujeres entre diciembre/2012 a febrero/2013. Resultados: lahermenéutica posibilitó la comprensión interpretativa del ser mujer, que mostró facetas de su dimensión existencial.Conducidas por los comentarios, las mujeres reproducen un discurso universal, una charla hablada sobre el nolograr cuidarse, además de mantenerse en la ocupación, porque no hay tiempo para dicha atención. Conclusión: elestudio mostró que el significado de ser una mujer profesional de enfermería que trabaja en una UPA tiene su esenciaen la dedicación de la atención integral de los seres humanos, sin embargo la atención sólo se vuelve completacuando el cuidador también es cuidado.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde da Mulher , Mulheres Trabalhadoras , Filosofia , Serviços Médicos de Emergência , Bombeiros , Enfermagem Militar
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA