Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
1.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 30: e2901, 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1355946

RESUMO

Resumo Introdução Diante do crescente número de trabalhadores informais no Brasil e com a implementação da "Reforma Trabalhista", é importante compreender a questão do trabalho informal, apontando desafios para profissões que se dedicam ao cuidado e atenção ao trabalhador, como a Terapia Ocupacional. Objetivo Discutir a questão do trabalho informal na contemporaneidade e indicar possíveis desdobramentos para a prática da Terapia Ocupacional. Método Trata-se de um artigo teórico que realizou discussões a partir de documentos legais, dados estatísticos atuais sobre o assunto, estudos que traçaram o panorama histórico da economia informal e estudos clássicos da Terapia Ocupacional no campo do trabalho. Resultados Apesar das intervenções em Terapia Ocupacional e trabalho terem caminhado para a superação de abordagens estritamente voltadas ao retorno das funções motoras, ainda existem desafios práticos colocados para a profissão. Para além das práticas tradicionalmente realizadas, aponta-se a necessidade de se atuar considerando que a desregulamentação do trabalho acarreta desdobramento para os diversos âmbitos da vida dos trabalhadores. Para que as atuações alcancem o trabalhador informal, é necessário o comprometimento dos profissionais inseridos em dispositivos de todos os pilares da seguridade social (saúde, previdência e assistência social) e do setor da educação. Aponta-se a importância das práticas voltadas ao exercício da sociabilidade, conscientização e informação sobre direitos no sentido da transformação social. Conclusão Diante da atual conjuntura, é necessário ampliar a atuação da profissão no campo do trabalho para contemplar os trabalhadores informais. Deve-se compreender a realidade desses trabalhadores, os diversos dispositivos que os recebem e as questões econômicas/sociais envolvidas no desenvolvimento desse tipo de trabalho.


Abstract Introduction Because of the growing number of informal workers in Brazil and with the implementation of the "Labor Reform", it is important to understand the issue of informal work, pointing out challenges for professions dedicated to the care/attention to workers, such as Occupational Therapy. Objective To discuss the issue of informal work in contemporary times and to indicate possible consequences for the practice of Occupational Therapy. Method This is a theoretical article that conducts discussions based on legal documents, current statistical data, studies that trace the historical panorama of the informal economy, and classic studies of Occupational Therapy in the work field. Results Although interventions in Occupational Therapy and work have moved towards overcoming approaches strictly aimed at the return of motor functions, there are still practical challenges. In addition to the practices traditionally carried out, it is necessary to act considering that the deregulation of work results in consequences for the various areas of the workers' lives. It is necessary for professionals from the different pillars of social security to be committed, in addition to the health and social security network. The importance of practices aimed at exercising sociability, awareness, and information about rights in the sense of social transformation is pointed out. Conclusion Given the current situation, it is necessary to expand the performance of the profession in the field of work to include informal workers. One must understand the reality of these workers in the different devices that receive them and the economic/social issues involved in the development of this type of work.

2.
Cien Saude Colet ; 26(7): 2601-2612, 2021 Jul.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34231673

RESUMO

This study aimed to verify the association between work and sociodemographic factors, health behaviors, and cardiovascular risk in Brazilian adolescents. Data from the Study of Cardiovascular Risks in Adolescents (ERICA) were analyzed, with a sample of 37,815 adolescents aged 12-17 years and morning shift students. Considering complex sampling, crude and adjusted Prevalence Ratios (PR) were calculated with interval estimates for variables by Poisson multiple regression model with robust variance estimate. The sociodemographic factors associated with work among Brazilian adolescents were male gender (PR 1.34), aged 15-17 years, with maternal schooling up to elementary school (PR 1.26), public school students (PR 1.63), and from the rural area (PR 1.90). Regarding lifestyle habits and social behavior, the association was significant in physically active (PR 1.19) and alcohol-consuming students (PR 1.35). In conclusion, work among Brazilian adolescent morning shift students is still strongly linked to social issues. Work was associated with alcohol consumption, and there was no association with metabolic markers.


O objetivo do estudo foi verificar associação entre trabalho e fatores sociodemográficos, de condutas de saúde e de risco cardiovasculares em adolescentes brasileiros. Foram analisados dados do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA), com amostra constituída de 37.815 adolescentes com idades entre 12 e 17 anos, estudantes do turno matutino. Considerando a amostragem complexa, foram calculadas as Razões de Prevalências (RP) brutas e ajustadas com estimativas intervalares para as variáveis usando modelo de regressão múltipla de Poisson com estimativa robusta da variância. Os fatores sociodemográficos associados ao trabalho entre adolescentes brasileiros foram: sexo masculino (RP 1,34), idade entre 15 e 17 anos (RP 1,68), escolaridade materna até o fundamental (RP 1,26), de escola pública (RP 1,63) e da zona rural (RP 1,90). Em relação a hábitos de vida e comportamento social, a associação foi significativa em alunos ativos fisicamente (RP 1,19) e que consumiam álcool (RP 1,35). Em conclusão, o trabalho entre adolescentes brasileiros estudantes do turno matutino ainda está ligado fortemente às questões sociais. O trabalho foi associado ao consumo de álcool e não houve associação com marcadores metabólicos.


Assuntos
Doenças Cardiovasculares , Fatores de Risco de Doenças Cardíacas , Adolescente , Brasil/epidemiologia , Doenças Cardiovasculares/epidemiologia , Estudos Transversais , Humanos , Masculino , Prevalência , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos
3.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 26(7): 2601-2612, jul. 2021. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1278769

RESUMO

Resumo O objetivo do estudo foi verificar associação entre trabalho e fatores sociodemográficos, de condutas de saúde e de risco cardiovasculares em adolescentes brasileiros. Foram analisados dados do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA), com amostra constituída de 37.815 adolescentes com idades entre 12 e 17 anos, estudantes do turno matutino. Considerando a amostragem complexa, foram calculadas as Razões de Prevalências (RP) brutas e ajustadas com estimativas intervalares para as variáveis usando modelo de regressão múltipla de Poisson com estimativa robusta da variância. Os fatores sociodemográficos associados ao trabalho entre adolescentes brasileiros foram: sexo masculino (RP 1,34), idade entre 15 e 17 anos (RP 1,68), escolaridade materna até o fundamental (RP 1,26), de escola pública (RP 1,63) e da zona rural (RP 1,90). Em relação a hábitos de vida e comportamento social, a associação foi significativa em alunos ativos fisicamente (RP 1,19) e que consumiam álcool (RP 1,35). Em conclusão, o trabalho entre adolescentes brasileiros estudantes do turno matutino ainda está ligado fortemente às questões sociais. O trabalho foi associado ao consumo de álcool e não houve associação com marcadores metabólicos.


Abstract This study aimed to verify the association between work and sociodemographic factors, health behaviors, and cardiovascular risk in Brazilian adolescents. Data from the Study of Cardiovascular Risks in Adolescents (ERICA) were analyzed, with a sample of 37,815 adolescents aged 12-17 years and morning shift students. Considering complex sampling, crude and adjusted Prevalence Ratios (PR) were calculated with interval estimates for variables by Poisson multiple regression model with robust variance estimate. The sociodemographic factors associated with work among Brazilian adolescents were male gender (PR 1.34), aged 15-17 years, with maternal schooling up to elementary school (PR 1.26), public school students (PR 1.63), and from the rural area (PR 1.90). Regarding lifestyle habits and social behavior, the association was significant in physically active (PR 1.19) and alcohol-consuming students (PR 1.35). In conclusion, work among Brazilian adolescent morning shift students is still strongly linked to social issues. Work was associated with alcohol consumption, and there was no association with metabolic markers.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Doenças Cardiovasculares/epidemiologia , Fatores de Risco de Doenças Cardíacas , Fatores Socioeconômicos , Brasil/epidemiologia , Prevalência , Estudos Transversais , Fatores de Risco
4.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 29: e2855, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1285769

RESUMO

Resumo Introdução Diante das sucessivas transformações no que se refere à assistência em saúde mental e às abordagens teóricas que ancoram as práticas não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro, percebe-se a importância de sistematizar e identificar o que tem sido produzido e divulgado por terapeutas ocupacionais sobre esta temática. Objetivo Descrever o panorama do conhecimento científico sobre terapia ocupacional e saúde mental, levando em consideração as variáveis ano, idioma, país, abordagem metodológica e objeto dos estudos. Método Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, de abordagem quantitativa, que se utiliza de estratégia bibliométrica para sistematizar os resultados encontrados. Resultados Foram analisados 249 estudos, sendo perceptível maior incidência de artigos brasileiros, australianos, estadunidenses e canadenses, publicados em inglês e, principalmente, a partir da década de 2000. A abordagem metodológica predominante foi a qualitativa e foram construídas nove categorias que dispõem sobre os objetos dos estudos. Conclusão Os resultados do mapeamento sobre a produção científica da terapia ocupacional em saúde mental possibilitaram a identificação de interesses e tendências teóricas e práticas ao longo do tempo e a nível mundial, assim como realçaram a importância da profissão neste campo.


Abstract Introduction The successive transformations in mental health practices and theoretical approaches in Occupational Therapy, both in Brazil and worldwide, give rise to the need of systematizing and identifying what has been produced and disseminated by occupational therapists on this topic. Objectives To describe the panorama of scientific productions about Occupational Therapy and mental health, considering variables such as year, language, country, methodological approach, and object of the studies. Method This exploratory and descriptive research was based on a quantitative approach, using bibliometric analysis to systematize its data. Results 249 studies were analyzed that demonstrate the highest incidence of Brazilian, Australian, American, and Canadian articles, published in English and mainly from the 2000s onwards. The predominant methodological approach was qualitative, and nine categories were created to deal with the objects of the studies. Conclusion The results of the mapping of Occupational Therapy scientific production in mental health enabled the identification of theoretical and practical interests and trends over time worldwide.

5.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 28(3): 1093-1102, jul.-set. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1132822

RESUMO

Resumo Este ensaio teórico tem o objetivo de apontar importantes contribuições, no âmbito da Saúde e da Segurança do Trabalhador, no que se refere ao enfrentamento da COVID-19, baseando-se em leis, políticas, normas e recomendações internacionais sobre o assunto. Pretende-se, ainda, identificar possíveis atuações em Terapia Ocupacional, saúde e trabalho, levando em consideração o combate à pandemia no Brasil. A literatura aponta que profissionais da saúde têm três vezes mais chances de contrair o vírus do que a população em geral. Por essa razão, no Brasil, o Governo federal precisa se articular com os estaduais e os municipais para elaborar, adaptar, implementar e fiscalizar leis, políticas e normas sobre saúde e segurança do trabalhador, de forma a garantir condições de trabalho adequadas e diminuir os riscos à saúde dos trabalhadores durante a pandemia. Sobre a Terapia Ocupacional, foram pontuados direcionamentos iniciais acerca da atuação no âmbito da saúde do trabalhador, considerando o que preconizam o Sistema Único de Saúde, a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora e o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Convém enfatizar que ações não devem ser direcionadas somente aos trabalhadores dos serviços de saúde, mas também aos de outros serviços assistenciais essenciais e considerar estratégias para alcançar os que trabalham de forma desregulamentada.


Abstract This theoretical essay aims to point out the main contributions in the health and workers' safety aspects, considering the laws, public policies, international recommendations, and point out possible paths and roles of Occupational Therapy to fight against COVID-19 Brazilian pandemic. The literature shows that health care workers have three times more likely to get infected than the general population. Thus, in Brazil, the Federal Government needs to articulate with the local and regional sphere to create, adapt, implement and inspect laws, policies, and standards on workers' health and safety to ensure conditions to work and reduce health risks for workers during the pandemic. Regarding Occupational Therapy, initial guidelines were pointed out about the work in the occupational health, considering policies of the Unified Health System, National Health Policy for Workers and Federal Council of Physiotherapy and Occupational Therapy. The actions must be directed not only to health service workers, but also to other essential assistance services, and those who work in an unregulated manner.

6.
Preprint em Português | SciELO Preprints | ID: pps-326

RESUMO

This theoretical essay aims to point out the main contributions in the field of worker health and safety, based on laws, policies, norms and international recommendations to cope with COVID-19, in order to point out possible paths regarding actions in Occupational Therapy in workers' health and in fighting the pandemic in Brazil. The literature points out that health professionals are three times more likely to contract the virus than the general population. In view of this, it is perceived, in Brazil, the need for articulation between the Federal Government and the State and Municipalities, in order to elaborate, adapt, implement and inspect laws, policies and standards on workers' health and safety, in order to guarantee working conditions. and reduce risks to workers' health during the pandemic. Regarding Occupational Therapy, initial guidelines were pointed out regarding the work in the field of occupational health, taking into account what the Unified Health System, the National Health Policy for Workers and the Federal Council of Physiotherapy and Occupational Therapy advocate . It is noteworthy that the actions must be directed at health service workers, but also at those of other essential assistance services and consider strategies to reach those who work in an unregulated manner. It was also indicated the existence of interventions aimed directly at people who contract the virus and the support network of these people, both within the scope of Primary Health Care and in the hospital context.


Este ensaio teórico tem o objetivo de apontar as principais contribuições no âmbito da saúde e segurança do trabalhador ao enfrentamento da COVID-19, baseando-se em leis, políticas, normas e recomendações internacionais, de forma a apontar caminhos possíveis com relação às atuações em Terapia Ocupacional na saúde do trabalhador e no combate à pandemia no Brasil. A literatura aponta que profissionais da saúde possuem três vezes mais chance de contrair o vírus do que a população em geral. Diante disso, percebe-se, no Brasil, a necessidade de articulação do Governo Federal com os Estaduais e Municipais para elaborar, adaptar, implementar e fiscalizar leis, políticas e normas sobre saúde e segurança do trabalhador, de forma a garantir condições de trabalho adequadas e diminuir riscos à saúde dos trabalhadores durante a pandemia. Sobre a Terapia Ocupacional, foram pontuados direcionamentos iniciais acerca da atuação no âmbito da saúde do trabalhador, levando em consideração o que preconiza o Sistema Único de Saúde, a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora e o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Destaca-se que as ações devem ser direcionadas aos trabalhadores de serviços de saúde, mas também aos de outros serviços assistenciais essenciais e considerar estratégias para alcançar aqueles que trabalham de forma desregulamentada. Também foi indicada a existência de intervenções voltadas diretamente às pessoas que contraírem o vírus e à rede de suporte dessas pessoas, tanto no âmbito da Atenção Básica à Saúde quanto no contexto hospitalar.

7.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 27(4): 817-827, out.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1055583

RESUMO

Resumo: Introdução A literatura indica que jovens são mais suscetíveis a vivenciarem pressão e estresse no trabalho e apontam que essa população é mais inexperiente, tem dificuldade de controlar sua atividade laboral e de desenvolver papéis de agente. Assim, é importante pensar sobre o trabalho de jovens e os sofrimentos mentais que podem acarretar em patologias ou transtornos comportamentais do trabalho. Objetivo Investigar o burnout analisando como estão configuradas a realização profissional, exaustão emocional e despersonalização no trabalho de jovens trabalhadores. Método A pesquisa é exploratória, descritiva, de campo, quantitativa e com utilização de análise estatística descritiva uni e bivariada para analisar as respostas obtidas através do Inventário Maslach Burnout (MBI). Resultados Através do MBI, aponta-se que os jovens apresentam altos níveis de realização profissional, o que parece incentivar índices de baixo a médio nas dimensões da exaustão emocional e despersonalização. Embora o burnout não tenha sido identificado, os comportamentos de risco experimentados por jovens são notáveis através dos valores máximos encontrados nas dimensões do inventário. Conclusão A pesquisa não identificou resultados semelhantes com estudos atuais sobre burnout e jovens, indicando a necessidade de propor métodos de mensuração quantitativos mais específicos e pesquisas com abordagens qualitativas para melhor compreensão das idiossincrasias de jovens trabalhadores brasileiros. A existência de jovens que responderam valores altos para exaustão emocional ou despersonalização, indica que é necessária a reflexão sobre a individualidade desses trabalhadores, assim como os fatores subjetivos do trabalho que influenciam diretamente na vida do jovem e no seu desenvolvimento nas atividades das empresas.


Abstract: Introduction The literature indicates that young workers would be more susceptible to situations of pressure or stress that shake the human psyche, since this public is indicated as being more prone to oppressive and violent circumstances at work. Thus, the onset of suffering from work is frequent, leading to work-related pathologies or behavioral disorders related to work. Objective To describe the dimensions of burnout syndrome discussed by the Maslach model in the context of young workers. Method Characterized as exploratory, descriptive, field, quantitative, and using uni and bivariate descriptive statistical analysis to evaluate the responses obtained through the Maslach Burnout Inventory (MBI). Results Through the MBI, it is pointed out that young people present high levels of professional achievement, which seems to encourage them to have low to medium indices also in the dimensions of emotional exhaustion and depersonalization. Yet, although burnout syndrome itself has not been found, risky and propensity behaviors experienced by young people are remarkable. Conclusion The present research did not identify similar results with current and more accessible studies on the subjects, which indicates the need for new research on the subject, in order to identify peculiar characteristics of the study population and to propose methods of measurement more specific and indicated to this context. The results indicate the need for intervention in companies in order to allow greater enrichment of the activities developed by young people, avoiding the emergence of situations that may lead to suffering at work.

8.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 25(4): 751-763, 20171220.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-914506

RESUMO

Introdução: O presente artigo realizou uma análise das dimensões da síndrome de burnout referentes ao modelo teórico escolhido sobre o fenômeno, a partir da realidade de jovens trabalhadores que realizam cursos de formação profissionalizantes na cidade de Recife/PE. Objetivo: O objetivo da pesquisa versa sobre analisar como se encontram configuradas as dimensões da síndrome de burnout discutidas pelo modelo teórico sobre as dimensões do burnout no contexto de jovens trabalhadores. Método: O estudo é caracterizado como exploratório e descritivo devido ao objetivo ser relacionado à descrição de características de uma população predeterminada. O estudo consiste em uma pesquisa de campo e se utiliza do método de análise do conteúdo para discutir os dados obtidos através de entrevistas que tiveram suas perguntas baseadas no questionário original e validado sobre o tema (Maslach Burnout Inventory). Resultados: Os resultados indicaram que a dimensão da realização profissional encontra-se comprometida em nível moderado, a dimensão da despersonalização não se encontra comprometida e a exaustão emocional é presente na rotina de trabalho dos jovens. Sendo assim, apesar de não encontrado o burnout propriamente dito, são notáveis os comportamentos de risco e de propensão à síndrome, que vivenciam os jovens. Conclusão: Os resultados podem indicar a necessidade de intervenção na empresa, com vistas a permitir maior enriquecimento das atividades desenvolvidas pelos jovens trabalhadores, assim como evitar o surgimento de situações que possam levar a sofrimento no trabalho.


Introduction: This article intends to conduct an analysis of the dimensions of the a model about the burnout syndrome, from the reality of young workers who are doing some vocational courses in the city of Recife/PE. Objective: Description of characteristics of a predetermined population. Still, the research is in a field of research and using content analysis method to discuss the data obtained through interviews that had their questions based on the original questionnaire that were validity (Maslach Burnout Inventory). Method: The study is characterized as exploratory and descriptive, given the need to provide greater familiarity with the relationship between the phenomenon to be studied and the target audience that was wanted to interview. Results: The results indicated that the size of the professional fulfillment is committed to moderate level, the size of depersonalization is not compromised and emotional exhaustion is present in youth work routine. Thus, although not found the burnout itself, there are remarkable risk behaviors that could be generate the syndrome on the future. Conclusion: The results may indicate the need for intervention in the company, in order to allow greater enrichment activities developed by young learners, as well as prevent the emergence of situations that may lead to suffering at work


Assuntos
Humanos , Esgotamento Profissional , Saúde do Trabalhador
9.
Rev. chil. ter. ocup ; 17(1): 119-127, jun. 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-908273

RESUMO

Los sentimientos de añoranza surgieron en las entrevistas, y el artículo tiene como objetivo caracterizar en el contexto público, lo que permite reflexiones sobre las posibles relaciones con la experiencia de duelo o pérdida transitoria; aspectos que, además similares a los sentimientos de ausencia y directamente vinculado a los migrantes. Elestudio es descriptivo, con un enfoque cuantitativo y cualitativo, analizado a partir del método de análisis de contenido, basado en un paradigma interpretativo. No podría decir que en el contexto de los encuestados, la presencia de este sentimiento está desarrollando a situaciones profundas / melancólica tristeza. Sin embargo, una asimilación más consciente de ese sentimiento a lo largo para ayudar a la integración de los trabajadores en los dispositivos de socialización disponibles, contribuiría a una mejor incorporación de los individuos a la cultura local y la reducción de los posibles daños a largo plazo.


Feelings of longing emerged in the interviews, and the article aims to characterize them in the audience context, enabling reflections about possible relations with the experience of be reavement or transient loss; aspects that besides similar to the feelings of absence and directly linked to migrants everyday can be influencers of mental health. The study is descriptive, using a qualitative and quantitative approach, analyzed from the content analysis method, based on an interpretative paradigm. It was found that the longing and grief, are recurrent for workers. Could not say that in the context of respondents, the presence of this feeling is developing to deep / melancholy sadness situations. However, a more conscious assimilation of that feeling along to aid the integration of workers in socialization devices available, would contribute to better incorporation of individuals to local culture and reduction of possible long - term damage.


Assuntos
Humanos , Emigração e Imigração , Solidão , Saúde do Trabalhador , Terapia Ocupacional , Pesquisa Qualitativa , Ajustamento Social , Inquéritos e Questionários , Condições de Trabalho
10.
Rev. ter. ocup ; 25(3): 289-298, set.-dez. 2014. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-745520

RESUMO

Este estudo averiguo a opinião de 51 estudantes de Terapia Ocupacional da UFPB, sobre cadeira universitária com prancheta fixa. Foi aplicado o Questionário de Satisfação do Produto que investigou: conforto, segurança, adaptação, praticidade, adequação ao trabalho e aparência da carteira, através de escala visual analógica, e o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares para verificação da presença de dor nos segmentos corporais relacionados à utilização da cadeira. Quanto a metodologia, adotou-se a investigação empírica de caráter experimental para mensurar satisfação do usuário, sendo um estudo exploratório que possui elementos descritivos e correlacionais quantitativos. Utilizamos o coeficiente de correlação de Person, o teste Qui- quadrado e o teste exato de Fisher para verificar a associação entre as variáveis pesquisadas. Desta forma percebemos a importância do estudo estrutural aprofundado relacionado aos itens de Design/Ergonomia, realizado por terapeutas ocupacionais e designers, antes da disseminação deste produtos no mercado. Recomenda-se às universidades, aquisição de mobiliário com regulagem de altura/inclinação e profundidade da prancheta, assento e encosto.


This study investigates the opinion of 51 students of Occupational Therapy, of Federal University of Paraíba about their university chair with fixed clipboard. It was the resulting from theapplication of a questionnaire that measured the satisfaction of theobject and investigates: comfort, security, adaptability, practicality,suitability to work and appearance of the chair, using a system of a visual analogue scale. Furthermore, we used the Brazilian version of the Nordic Musculoskeletal questionnaire to verify the presence of pain in the body segments related to the use of the chair. About the methodology, we adopt the empirical experimentally research to measure the user satisfaction, because it is a exploratory study that has descriptive elements and quantitative correlational. We use the correlation coeffi cient Person, the Chi-square test and the exact Fisher test, to assess the association between the variables studied. Thus, we realize the importance of detailed structural study related to items of Design/Ergonomics, held by occupational therapists and designers, before the spread of this product on the market. Hence, we recommended to the universities, purchasing furniture with height/tilt and with depth on the clipboard, seat and back.


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Fenômenos Biomecânicos , Comportamento do Consumidor , Decoração de Interiores e Mobiliário/normas , Ergonomia/normas , Postura , Postura/fisiologia , Movimento/fisiologia , Terapia Ocupacional , Estudantes de Ciências da Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...