Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 21
Filtrar
1.
Estud. interdiscip. envelhec ; 24(2): 81-95, set. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1096127

RESUMO

Introdução: A insuficiência cognitiva é um dos principais fatores que podem comprometer a independência e a autonomia dos idosos, especialmente nos que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Objetivo: Avaliar a qualidade de vida (QV) de idosos com sinais de demência residentes em instituições de longa permanência em Betim, Minas Gerais. Métodos: Trata-se de estudo quantitativo, transversal, de caráter descritivo, em que inicialmente foi conduzida uma triagem com o Miniexame do Estado Mental (MEEM); aqueles participantes que obtiveram triagem positiva, segundo critérios de escolaridade e escore acima de 10, foram submetidos à versão brasileira da Escala de Qualidade de Vida na Doença de Alzheimer (QdV-DA). Dos 106 idosos participantes nas 3 instituições cenário deste estudo, 58 atenderam ao critério de inclusão e, desses, 15 foram inseridos no estudo. Resultados: Foi utilizada a distribuição em quartis para a correção composta (P25 = 26,7; P50 = 31,3; P75 = 36,00). Assim, os resultados permitiram afirmar que 26,7% (n=4) dos idosos avaliados possuem baixa QV, 46,6% média QV (n=7) e 26,7 % foram classificados como tendo alta QV (n=4). Conclusão: A avaliação de constructos subjetivos, como a QV, é um desafio entre idosos com sinais de demência, porém extremamente importante para avaliar o impacto das intervenções propostas. A QV deve ser levada em consideração pelos responsáveis pela gestão dessas instituições, a fim de estruturar suas atividades buscando o bem-estar dos idosos institucionalizados, além de permanecer atentos ao perfil dessa população. (AU)


Introduction: Cognitive insufficiency is one of the main factors that may compromise the independence and autonomy of the older adults, especially in those living in Homes for the Aged. Objective: To evaluate the Quality of Life (QOL) of older adults with signs of dementia who live in Long-term care facilities in Betim, Minas Gerais State. Methods: This is a quantitative, cross-sectional, descriptive study that initial triage was performed using the Mini-Mental State Examination (MMSE); those who obtained positive screening criteria according to schooling and scores above 10 were submitted to the Brazilian version of the Alzheimer's Disease Quality of Life Scale (QOLAD). The total of 106 older adults in 3 in Long-term care facilities, 58 were able to respond to the cognitive screening performed by the MMSE and, of these, 15 obtained scores to participate in this study. Results: The quartile distribution was used for the composite correction (P25 = 26.7, P50 = 31.3, P75 = 36.00, and the results allowed to state that 26.7% (n=4) had low QOL, 46.6% mean QOL (n=7) and 26.7% were classified as having high QOL (n=4). Conclusion: The evaluation of subjective constructs, as QOL, is a challenge to older adults with signs of dementia, but extremely important to evaluate the impact of the proposed interventions. The QOL should be taken into account by those responsible for the management of these institutions in order to structure their activities seeking the welfare of the institutionalized older adults, attentive to the profile of this population. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Qualidade de Vida/psicologia , Demência/psicologia , Saúde do Idoso Institucionalizado , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Brasil , Estudos Transversais
2.
Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.) ; 12(2): 68-73, abr.-jun.2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-914962

RESUMO

OBJETIVO: Discutir a distribuição geográfica e o perfil das instituições de longa permanência para idosos (ILPI) na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), com 156 ILPI em 21 municípios. MÉTODO: A coleta de dados partiu de fontes secundárias de cinco instituições/setores governamentais, seguida da busca em sites e blogs e ligações e/ou visitas in loco. Foram realizados análise descritiva das características das instituições, georreferenciamento e análise espacial das ILPI de Belo Horizonte. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Há instituições filantrópicas em todos os locais mapeados, com destaque para 12 municípios com menor contingente populacional, que possuem apenas uma instituição. Não houve registro de instituição pública. Prevalecem nos municípios de grande porte instituições privadas, revelando a densidade de equipamentos sociais com crescimento acelerado. A distribuição espacial, comparada ao índice de qualidade de vida urbana de Belo Horizonte, permitiu a discussão da oferta de serviços segundo a localização dos equipamentos sociais e as necessidades da população, tema ainda não apropriado pelos municípios


OBJECTIVE: To present the geographical distribution and profile of long-term care facilities (LTCFs) for older adults in the Belo Horizonte Metropolitan Area, Minas Gerais, Brazil. METHOD: Data collection was based on secondary sources from five institutions and government departments, followed by an electronic search on websites and blogs, phone calls, and/or on-site visits. A descriptive analysis of the characteristics of the facilities was performed, as well as georeferencing and spatial analysis of Belo Horizonte's LTCFs. The sample consisted of 156 LTCFs in 21 municipalities. RESULTS AND CONCLUSION: There were philanthropic facilities in all the mapped places, and 12 municipalities with smaller populations had only one facility each. There was no record of public facilities. Private LTCFs prevail in large municipalities, which are characterized by an accelerated growth of social facilities. The spatial distribution analysis, compared with the Belo Horizonte's urban life quality index, allowed the discussion of availability of services according to the location of social facilities and the needs of the population, a topic not yet addressed by the municipalities


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Saúde do Idoso Institucionalizado , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Continuidade da Assistência ao Paciente/estatística & dados numéricos , Mapeamento Geográfico
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(7): 1962-1969, jul. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-986720

RESUMO

Objetivo: analisar as representações dos profissionais da Atenção Primária acerca do aconselhamento em HIV/AIDS e sífilis às gestantes. Método: estudo qualitativo, fundamentado na Teoria das Representações Sociais, com dez enfermeiros e três médicos atuantes na Estratégia de Saúde da Família. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista aberta com roteiro semiestruturado e a análise seguiu o Método de Análise Estrutural da Narração. Resultados: emergiram as categorias empíricas "Representações sobre o aconselhamento em HIV/AIDS e sífilis" e "Representações sobre a prevenção do HIV/AIDS e sífilis". Conclusão: os profissionais reconhecem a importância da prevenção do HIV/AIDS e sífilis. No entanto, encontram dificuldades para realizá-la por meio do aconselhamento. É fundamental que sejam capacitados e que investimentos sejam feitos pelas instituições, nesse sentido, visando a melhorias no funcionamento dos serviços.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Equipe de Assistência ao Paciente , Atenção Primária à Saúde , Sífilis , Sífilis/prevenção & controle , Sífilis/transmissão , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/transmissão , HIV , Transmissão Vertical de Doença Infecciosa , Transmissão Vertical de Doença Infecciosa/prevenção & controle , Aconselhamento , Estratégia Saúde da Família , Gestantes , Relações Profissional-Paciente , Pesquisa Qualitativa
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(4): 1112-1116, abr. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970751

RESUMO

Objetivo: abordar as principais inovações disponíveis para o controle e tratamento do diabetes como perspectivas de trabalho e atuação do enfermeiro nesse cenário. Método: estudo descritivo com base em uma revisão de literatura. Resultados: o mercado oferece diferentes recursos para o tratamento da doença perpassando por insulinas de ação mais acurada, com formas de administração mais fáceis, menos dolorosas e mais seguras, como as canetas injetoras. Já se dispõe da possibilidade de monitoramento das taxas de glicemia sem a necessidade de picadas frequentes de dedo e, ainda, da infusão contínua de insulina também sem a necessidade de injeções múltiplas no subcutâneo visando a uma melhor adesão ao tratamento e controle glicêmico. Essas inovações se mostram, assim, favorecedoras da prevenção de complicações, não só aquelas de longo prazo, tão temidas com o avançar do tempo da doença, mas, também, aquelas agudas, como a hipoglicemia, que pode levar à morte. Conclusão: a Enfermagem precisa estar atualizada quanto às diferentes possibilidades disponíveis no mercado para o controle do diabetes sabendo informar, orientar e operar, quando preciso, tais recursos que grandes contribuições podem agregar à qualidade de vida dos pacientes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Desenvolvimento Tecnológico , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Enfermagem , Diabetes Mellitus , Diabetes Mellitus/prevenção & controle , Difusão de Inovações , Cuidados de Enfermagem , Qualidade de Vida , Epidemiologia Descritiva
5.
Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online) ; 21(1): 16-23, Jan.-Feb. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-898823

RESUMO

Abstract Objective: to analyze the dimensions assigned to long term care facilities for the elderly (LTCFs) by managers and health professionals. Method: a descriptive-exploratory study with a qualitative approach was conducted in the metropolitan area of Belo Horizonte, through ten focus groups with 51 managers and health professionals. Analysis was based on the content of the interviews. Results: considering the most common themes, three empirical categories emerged that explained the consensuses and contradictions present in the empirical material: a) the LTCF and the perpetuation of the asylum space; b) the LTCF as a space for health treatment c) a home: convergences and contradictions in the LTCF. Initially, findings relating to the political definition of the LTCF directly linked to social organs are evidenced. In the second category, LTCFs are described negatively, perpetuating the stigma of the term "asylum" which still reverberates in their daily lives. As a treatment space, LTCFs are considered health facilities due to the services offered and the presence of health professionals on a daily basis. In the third analysis, they are recognized as a home, based on current legislation that describes the LTCF as a collective, residential area. Conclusion: it is important to discuss the different attributes given to the LTCF to create resolutive actions in the care of the institutionalized elderly. The importance of thinking about the rights to health of the elderly and the need to understand how they inhabit this space is also emphasized. AU


Resumo Objetivo: analisar as dimensões atribuídas por gestores e profissionais às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Método: pesquisa descritivo-exploratória, de abordagem qualitativa, realizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, por meio de entrevistas e 10 grupos focais com 51 gestores municipais e 62 profissionais atuantes. A análise deu-se pelo conteúdo das entrevistas. Resultados: A partir do agrupamento dos temas recorrentes emergiram três diferentes dimensões que explicitaram os consensos e contradições presentes no material empírico: a) ILPI e a perpetuação do espaço asilar, b) ILPI como espaço de tratamento e c) Um domicílio: convergências e divergências na ILPI. Inicialmente, são evidenciados achados referentes à definição política sobre as ILPI vinculadas diretamente aos órgãos sociais. Na segunda categoria, as ILPI são conotadas negativamente perpetuando-se o estigma da denominação de "asilo" que ainda repercute no seu cotidiano. Como espaço de tratamento, as ILPI são tidas como estabelecimentos de saúde em decorrência dos serviços ofertados e da presença de profissionais de saúde na rotina na instituição. Numa terceira análise, são reconhecidas como um domicílio, fundamentada na legislação vigente que aponta a ILPI como espaço coletivo de caráter residencial. Conclusão: faz-se necessária a discussão de diferentes atributos dados às ILPI com o intuito de efetivação de ações resolutivas no cuidado ao idoso institucionalizado. Ressalta-se a importância de se pensar no direito à saúde desses idosos e a necessidade de compreensão do modo como os idosos habitam esse espaço. AU


Assuntos
Humanos , Envelhecimento , Saúde do Idoso Institucionalizado , Instituição de Longa Permanência para Idosos
6.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 7: 1-7, jul.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908330

RESUMO

Objetivo: analisar as percepções dos técnicos de enfermagem de um hospital de pequeno porte sobre o remanejamento entre setores. Método: Pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, em que os dados foram coletados por meio de entrevistas com trinta técnicos de enfermagem, utilizando-se o método de saturação. O material foi analisado a partir da análise de conteúdo proposta por Bardin. Resultados: Os resultados apontaram que o remanejamento é considerado, pelos colaboradores, uma situação eventual e necessária à rotina de trabalho. Entretanto, pode-se observar que causa desconforto à equipe e que deve ser realizado com critérios que não impactem no processo de trabalho dos envolvidos. Os pontos negativos elencados pelos colaboradores, neste processo, foram a sobrecarga de trabalho e a mudança de setor, entretanto os mesmos citaram a possibilidade de aprendizado e a perfeiçoamento profissional, como pontos positivos do remanejamento. Conclusão: O remanejamento é percebido como parte da rotina pelos profissionais, sendo necessário um investimento, por parte da gestão, para prevenir situações de desconforto e desarranjos que impactem na saúde ocupacional de seus colaboradores bem como na qualidade da assistência de seus pacientes.


Objective: to analyze the perceptions of nursing technicians in a small hospital in Belo Horizonte about work reassignmentbetween sectors. Method: This was an exploratory study with a qualitative approach in which the data were collected throughinterviews with thirty nursing technicians by applying the saturation method. The data were analyzed through the content analysisproposed by Bardin. Results: The results indicated that work reassignment is considered by employees as an eventual andnecessary event in their work routine. However, it is noticed that it causes discomfort to team members and must be carried outwith criteria in order to not impact the work process of those involved. The negative aspects mentioned in this process were workoverload and sector change. However, the participants mentioned the possibility of learning and professional development aspositive aspects. Conclusion: Work reassignment is perceived by professionals as part of the work routine, requiring an investmentby the management to prevent discomfort and disarray situations that impact the occupational health of employees and patients’quality care.


Objetivo: analizar las percepciones de los técnicos de enfermería de un hospital pequeño acerca de la reubicación de sectores.Método: Se trata de una investigación exploratoria, con enfoque cualitativo, en el que se recogieron los datos a través deentrevistas con treinta (30) técnicos de enfermería, y se utiliza el método de saturación. Todo el material fue analizado a partir delanálisis de contenido propuesto por Bardin. Resultados: Nuestros resultados mostraron que la reubicación es considerada por losempleados como sea posible y necesario en la situación de su rutina de trabajo. Sim embargo, se puede observar que esto causamolestias al equipo y debe llevarse a cabo con criterios que no impactan en el proceso de trabajo de los involucrados. Hay aspectosnegativos de este proceso como la carga de trabajo y el cambio de sector. Sin embargo, los participantes se refirieron a laposibilidad de aprendizaje y desarrollo profesional. Conclusión: La reubicación se percibe como parte de la rutina profesional, querequiere una inversión de la dirección para evitar situaciones de malestar y trastornos que afectan a la salud en el trabajo de susempleados y la calidad de atención a sus pacientes.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Gestão em Saúde , Enfermagem , Administração de Recursos Humanos em Hospitais , Prática Profissional
7.
Rev. bras. geriatr. gerontol. (Online) ; 20(6): 743-753, Nov.-Dec. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-898802

RESUMO

Abstract Objective: to characterize Long Term Care Facilities for the Elderly (LTCFs) from the Metropolitan Region of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil in terms of administrative and care aspects. Method: an exploratory, quantitative study was conducted in the MRBH, with primary and secondary sources used to map the LTCFs. A structured questionnaire was used for characterization, and data was collected between November 2014 and December 2015 through telephone contact and site visits to the LTCFs. A descriptive statistical analysis of the data was subsequently performed. Results: the 156 participating institutions included private and mixed institutions, with predominantly female residents with dependency levels I and II, and elevated levels of occupation. Philanthropic LTCFs directly receive the retirement pensions of the elderly persons, although most also receive a government grant. The results in terms of activities offered were similar for the philanthropic and private facilities, while the staff of the private facilities had more health professionals and the philanthropic facilities had more social workers and psychologists. Conclusions: there was significant participation among the LTCFs, despite the limiting factors of the study such as the data collection instrument and strategy. It is important to prioritize the elderly when creating policies to improve care for institutionalized individuals, as well as facilitating interlocution between LTCFs to minimize the abandonment of state participation. AU


Resumo Objetivo: caracterizar as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, nos aspectos administrativos e assistenciais. Método: trata-se de pesquisa exploratória, de abordagem quantitativa, em que se buscaram fontes primárias e secundárias no mapeamento de 170 ILPI. Para a caracterização, utilizou-se um questionário estruturado, cuja coleta deu-se no período entre novembro de 2014 e dezembro de 2015 por meio de contato telefônico e visita às ILPI, cenário deste estudo. Em seguida, procedeu-se à análise estatística descritiva dos dados coletados. Resultados: entre as 156 instituições participantes prevalecem as privadas e de caráter misto, com predominância de residentes do sexo feminino e de grau de dependência I e II, com ampla ocupação. As ILPI filantrópicas utilizam diretamente as aposentarias dos idosos para custeio, apesar de a maior parte delas receberem subvenção governamental. No que diz respeito às atividades ofertadas, foram semelhantes os resultados entre filantrópicas e privadas, diferentemente da composição da equipe que apresentou mais profissionais da saúde nas privadas e assistentes sociais e psicólogos nas filantrópicas. Conclusões: houve grande participação das ILPI, apesar de fatores limitadores como o instrumento e estratégia de coleta. Ressalta-se a necessidade da priorização do idoso na elaboração de políticas para a qualificação do cuidado ao idoso institucionalizado, bem como a possibilidade de interlocução entre as ILPI para minimizar o abandono do Estado. AU


Assuntos
Envelhecimento , Saúde do Idoso , Instituição de Longa Permanência para Idosos
8.
Rev. panam. salud pública ; 37(4/5): 273-278, abr.-may. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-752654

RESUMO

OBJETIVO: Compreender o impacto da violência sexual sofrida por mulheres com transtornos mentais a partir de autorrelato de suas experiências. MÉTODOS: Os relatos emergiram de entrevistas abertas realizadas com mulheres atendidas em serviços públicos de saúde mental de Minas Gerais e Rio de Janeiro como parte de uma pesquisa de cunho mais amplo que teve como objetivo geral investigar as formas de viver e pensar a sexualidade por esse grupo populacional, visando a contribuir para as ações de promoção da saúde sexual. A coleta dos dados se deu em 2008. RESULTADOS: Foram entrevistadas 17 mulheres com idade entre 18 e 68 anos. Quatorze entrevistadas afirmaram ter vivido relações estáveis, mas somente três permaneciam nessas relações. A maioria dos relacionamentos estáveis não havia sido oficializada. Duas mulheres eram viúvas e 13 tinham filhos. Todas relataram enfrentar dificuldades na convivência com os parceiros e com os filhos, ter poucos amigos e dispor de pouco apoio familiar. A instabilidade dos relacionamentos foi atribuída a situações de agressividade, infidelidade do parceiro e uso de drogas ou álcool. Houve relatos de terem sido vítimas de violência física na família, sobretudo por parte de parceiros, e também de violência sexual, sendo que, em alguns casos, os agressores eram pessoas da família. Duas entrevistadas afirmaram nunca ter tido relação sexual. CONCLUSÕES: Faz-se necessário capacitar os profissionais de saúde para que propiciem o relato de situações de violência sexual por parte das mulheres e para que encaminhem de forma adequada a situação. Também é fundamental a necessidade de ações intersetoriais para o enfrentamento dessa problemática.


OBJECTIVES: To understand the impact of sexual violence suffered by women with mental disorders based on self-reports of these experiences. METHODS: The reports emerged from open interviews with women receiving care at public mental health services in the states of Minas Gerais and Rio de Janeiro, Brazil. These interviews were part of a larger research project that had the overall objective of investigating how this population group lives and thinks sexuality, in order to contribute to actions to promote sexual health. Data collection took place in 2008. RESULTS: Seventeen women with age between 18 and 68 years were interviewed. Fourteen reported having had stable relationships, but only three were still in these relationships. Most of the stable relationships had not been formalized into marriage. Two participants were widows and 13 had children. All the participants reported difficulties in living with their partners and children and having few friends and little family support. The instability of relationships was attributed to situations of aggression, infidelity, and use of drugs and alcohol. Seven women reported having been victims of physical violence within the family, mostly from partners. Two participants reported never having had sexual relations. CONCLUSIONS: Health care professionals must be trained to encourage the report of sexual violence by women and adequately handle the situation. Intersectoral actions to deal with this issue are also essential.


Assuntos
Violência contra a Mulher , Transtornos Mentais/diagnóstico , Brasil
10.
Belo Horizonte; s.n; 2014. 167 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-727805

RESUMO

Entre os obstáculos para a promoção da saúde sexual no campo da saúde mental encontram-se dificuldades dos profissionais para lidar com a temática da sexualidade. Isto gera barreiras que impedem a expressão de necessidades e dúvidas das pessoas com transtornos mentais sobre o assunto, deixando em aberto aspectos importantes que contribuem para a integralidade da atenção à saúde dessa população. Nos modos de cuidar, encontram-se representações dos profissionais sobre a sexualidade e os transtornos mentais que podem favorecer ou impedir avanços das ações em saúde. O objetivo deste estudo foi compreender representações de profissionais que atuam nos serviços de saúde mental da rede pública de Minas Gerais sobre sexualidade de pessoas com transtornos mentais. Trata-se de um estudo qualitativo, fundamentado em noções das representações, no eixo proposto por Alain Giami. Foi realizado por meio de seis grupos focais com 54 profissionais de serviços públicos de saúde mental em Minas Gerais, Brasil, em 2011, após aprovação pelo Comitê de Ética da UFMG. A seguinte questão central guiou a discussão nos grupos: ”Falem sobre o que pensam da sexualidade das pessoas com transtornos mentais”. Questões de relance foram utilizadas para aprofundar a questão central do estudo. A análise das discussões dos grupos focais foi realizada pelo método de Análise Estrutural de Narração. Os resultados permitiram a identificação de categorias empíricas que resultaram em duas categorias teóricas: Roteiros culturais e Formação acadêmica; Promoção da saúde sexual e Vulnerabilidade. Emergiram representações de negação da sexualidade das pessoas com transtorno mental, com censuras expressas de manifestações como a masturbação, homossexualismo e relação sexual entre pessoas com transtornos mentais, consideradas “fora do normal”. Os profissionais acreditam que esses modos de gestão da vida sexual são correntes e provenientes da “própria...


Among the obstacles confronting the promotion of sexual health in the mental health field is the difficulty of professionals to deal with the topic of sexuality. This creates barriers that prevent people with mental disabilities from expressing their needs and questions about the topic, resulting in not addressing important issues that could contribute to more complete health care for this population. In the various types of care, there are representations by health professionals regarding sexuality and mental disability, which could contribute to or impede advances in health care. The objective of this study was to understand the representations about sexuality and people with mental disabilities by the professionals who work in mental health services in the public system of Minas Gerais. It is a qualitative study founded on the understanding of representations, as proposed by Alain Giami. The study was carried out using six focus groups with 54 public mental health care professionals in Minas Gerais, Brazil, in 2011, after receiving approval from the Ethics Committee at UFMG. The following central issue guided the discussion of the groups: “Share what you think about the sexuality of people with mental disabilities”. Reframed questions were used to more deeply investigate the central issue of the study. The analysis of the discussion of the focus groups was conducted using the Structural Analysis of Narration method. The results allowed for the identification of empirical categories divided into two theoretical groups: Cultural scripts and Education; Sexual health promotion and Vulnerability. There were representations where people with mental disabilities denied their sexuality, with expressed condemnation of activities considered “abnormal”, such as masturbation, homosexuality and sexual relations between people with mental disabilities. Health professionals believe that these means of managing their sex life are the everyday result...


Assuntos
Humanos , Pessoal de Saúde/psicologia , Pessoas com Deficiência Mental/psicologia , Sexualidade/psicologia , Assistência Integral à Saúde , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Pesquisa Qualitativa , Serviços de Saúde Mental
11.
Rev. méd. Minas Gerais ; 23(4)out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-704935

RESUMO

Objetivo: descrever as percepções sobre o conceito e formas de transmissão HIV/Aids em pacientes psiquiátricos e verificar se essas percepções são diferentes segundo características sociodemográficas e de condições psiquiátricas. Investigou-se também se essas características foram associadas ao desconhecimento sobre o conceitoe as formas de transmissão do HIV/Aids. Métodos: estudo transversal multicêntrico realizado com 2.475 usuários de 26 serviços públicos de saúde mental (11 hospitais e 15 CAPS) no Brasil. As percepções emergiram das seguintes questões semiabertas: o que é Aids para você?; como você acha que a Aids é transmitida? O material textual foi analisado segundo a técnica de análise de conteúdo. Esses resultados foram estratificados segundo variáveis sociodemográficas e de condições psiquiátricas e analisados por meio do teste de qui-quadrado. Os participantes que não souberam responder sobre o conceito ou formas de transmissão do HIV/Aids foram comparados aos demais por meio de regressão logística. Resultados: em geral, as percepções foram de doença, transmissível (por via sexual e sanguínea), incurável e foram permeadas por aspectos negativos. Estas percepções apresentaram diferenças significativas segundo características sociodemográficas e de condições psiquiátricas por 18,6% não souberam indicar o conceito ou forma de transmissão do HIV/Aids e esse grupo teve mais chances deter acima de 40 anos, menos de oito anos de estudo, não ter renda individual e estar recebendo tratamento em hospitais psiquiátricos. Conclusões: os resultados reforçam a necessidade de medidas macrossociais para minimizar as desigualdades e políticas de prevenção do HIV direcionadas para pacientes com transtornos mentais no Brasil...


Objectives: To describe perceptions about concept and modes of HIV/Aids transmission among psychiatric patients and to assess whether these perceptions differed according to sociodemographic characteristics and psychiatric conditions. We also investigated whether these characteristics were associated with the completely ignorance about theconcept and the modes of transmission of HIV/Aids. Methods: Cross-sectional national multicenter study among 2,475 patients selected from 26 Brazilian mental health centers (11 hospitals, 15 outpatient). The perceptions emerged from the following open ended questions: What is Aids for you?; and, How do you think Aids is transmitted?. The textualmaterial was analyzed using content analysis methods. Results were stratified according to sociodemographic variables and psychiatric conditions and analyzed using the chisquared test. Participants who did not know how to answer any of these questions were compared to the others by logistic regression. Results: Overall, perceptions were of disease, transmissible (through blood and sexual contact), incurable and were permeated by negative aspects as threat, suffering and death. These perceptions showed significant differences according to sociodemographic characteristics and psychiatric conditions. 18.6% did not know how to answer the concept or mode of transmission of HIV/Aids and these were more likely to be older (40+ years old), to have less than 8 years of education, no individual income and be on treatment in psychiatric hospitals. Conclusion: The results reinforce the need formacro-level social policy to reduce inequalities and to implement HIV prevention policies targeted at psychiatric patients in Brazil...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Vulnerabilidade em Saúde , Infecções por HIV/transmissão , Percepção , Pessoas com Deficiência Mental/psicologia , Brasil , Fatores Socioeconômicos
12.
Rev. APS ; 16(4)dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-718803

RESUMO

Trata-se de um estudo reflexivo que teve como objetivo analisar a política de formação técnica do Agente Comunitário de Saúde, suas perspectivas e desafios. A profissão de Agente Comunitário de Saúde foi criada com a promulgação da Lei 10.507, de 10 de julho de 2002, mas somente em 2004 foi instituído o Curso de Formação Técnico do Agente Comunitário de Saúde. Este curso tem como principal objetivo a formação do indivíduo para produção de serviços na rede primária de saúde do Sistema Único de Saúde, sendo a formação técnica do Agente Comunitário de Saúde uma possibilidade de aperfeiçoamento e capacitação desses profissionais. No entanto, não garante melhorias nas formas de contratação e remuneração destes profissionais, e não amplia, por si só, a possibilidade de atuação fora do Sistema Único de Saúde.


This is a reflective study intended to analyze the policy for technical training of Community Health Agents, its prospects and challenges. The Community Health Agent profession was created with the enactment of Law 10.507, of 10 July 2002, but only in 2004 was the Community Health Agent Technical Training Course established. The main objective of this course is to train the individual for the provision of services in the primary health care network of the Unified Health System, with the technical training of Community Health Agents being an opportunity for development and qualification of these professionals. However, the course does not guarantee improvements in the hiring and compensation methods for these professionals, and does not expand, in and of itself, the possibility of practice outside of the Unified Health System.


Assuntos
Agentes Comunitários de Saúde , Capacitação Profissional , Formulação de Políticas , Educação Profissional em Saúde Pública , Políticas Públicas de Saúde
13.
REME rev. min. enferm ; 16(1): 18-24, jan.-mar. 2012.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-651192

RESUMO

O objetivo com este estudo foi analisar representações de profissionais que atuam na atenção primária sobreaconselhamento em HIV/aids. Trata-se de pesquisa de natureza qualitativa, fundamentada em noções dasRepresentações, segundo Giami. Foram realizadas entrevistas abertas, gravadas em áudio, com sete enfermeiros ecinco médicos de centros de saúde do município de Belo Horizonte, Minas Gerais, atuantes em equipes de saúde dafamília. O número final de participantes se deu por repetição de conteúdos das entrevistas. Para a análise dos dados,utilizou-se o método da análise estrutural de narração. Os resultados mostraram representações de reconhecimento daimportância do aconselhamento em HIV/aids como ferramenta no cuidado, mas com distanciamento entre o cotidianodo trabalho e o que é preconizado pelo Ministério da Saúde para essa prática. Representações em torno da prevençãoem HIV/aids e do processo de trabalho em unidade básica contribuem para essa distância. Os profissionais de saúdeentrevistados relatam posturas na prática cotidiana...


The objective of this study was to analyse the representations of primary health care professionals on HIV/aidscounselling. It is a qualitative research based on Giami’s Theory of Social Representations. Open interviews withseven nurses and five doctors working in family health teams in the municipality of Belo Horizonte, Minas Geraiswere conducted and audio-recorded. The final number of participants made up for the repetition of information inthe interviews. Structural analysis of narrative was used for data analysis. The results revealed representations thatrecognize HIV/aids counselling as a valuable aid for patient care. However, there is a gap between everyday work andthe Ministry of Health recommendations for the practice. Representations on HIV/aids prevention and unit’s workprocess contribute to the disparity. As reported by the health professionals interviewed, their daily counselling practiceis supported by both science and common sense which transform counselling activity in the least of their prioritiesand the less important among the many actions performed...


El objetivo del presente estudio fue analizar las representaciones de profesionales que actúan en la atención básicaasesorando sobre el VIH/Sida. La investigación es cualitativa y se basa en nociones de las Representaciones, de acuerdocon Giami. Se realizaron entrevistas grabadas a siete enfermeros y cinco médicos de equipos de salud de la familiade centros de atención del municipio de Belo Horizonte, Minas Gerais. El número final de participantes resultó de larepetición de los contenidos de las entrevistas. Los datos se analizaron según el análisis estructural de la narración. Losresultados enseñaron representaciones de reconocimiento de la importancia del asesoramiento como herramienta enel cuidado. Sin embargo, hay una brecha entre el trabajo cotidiano y las recomendaciones del Ministerio de la Salud. Lasrepresentaciones sobre la prevención del VIH/Sida y el proceso de trabajo en unidades básicas de atención contribuyena esta situación. Los profesionales de salud entrevistados relatan posturas en la práctica cotidiana de asesoramientoen base a la ciencia y al sentido común que...


Assuntos
Humanos , Aconselhamento , Atenção Primária à Saúde , Prática Profissional , Sorodiagnóstico da AIDS , Pesquisa Qualitativa
15.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 2012. xvi,342 p. tab, graf.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-695484

RESUMO

A Saúde Coletiva no Brasil agrega uma rica produção intelectual e acadêmica, fruto do Movimento da Reforma Sanitária que se consolidou no país na década de 1980. A implementação do cuidado à saúde das pessoas na Atenção Primária à Saúde (APS), em especial, tem exigido maior qualificação e atualização dos profissionais, bem como dos gestores e estudiosos desse campo de conhecimento. Como contribuição para o aprimoramento da prática profissional, de modo crítico e reflexivo, este livro foi elaborado para a Enfermagem. Trata-se de produção brasileira inédita por reunir em si as diferentes facetas da prática assistencial, gerencial, investigativa e educativa do enfermeiro na Saúde Coletiva, especialmente na APS. A partir de diferentes perspectivas para o trabalho em saúde e de Enfermagem, docentes de diversas universidades renomadas do Brasil colaboraram para a publicação Enfermagem em Saúde Coletiva: Teoria e Prática, que será de suma importância para os profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF), bem como para os docentes e discentes da área de Enfermagem.


Assuntos
Humanos , Saúde da Criança , Comunicação em Saúde , Educação em Saúde , Saúde do Idoso , Planejamento em Saúde , Saúde do Homem , Saúde Mental , Enfermagem em Saúde Pública , Promoção da Saúde/história , Saúde da Mulher , Atenção Primária à Saúde , Assistência à Saúde , Socorro de Urgência , Visita Domiciliar , Promoção da Saúde/tendências
17.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 2(2): 220-227, 2012.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031071

RESUMO

A queda em idosos é considerada importante problema de saúde pública devido a sua frequência, morbidades associadas eelevado custo social e econômico, ocasionando aumento da dependência e o início da vida em uma instituição asilar.Trata-se de um estudo de caráter exploratório, descritivo, com o objetivo de identificar o perfil dasidosas que sofreramquedas no ano de 2010 e as principais repercussõespós-quedas sofridas entre idosas que vivem numa instituição de longapermanência em Belo Horizonte, Minas Gerais. A coleta de dados ocorreu no mês de dezembro de 2010, utilizando-se osregistros de quedas no prontuário das 18 idosas noperíodo de novembro de 2009 a novembro de 2010. Osresultadosapontam que 38% das idosas sofreram quedas, com umamédia de idade de 79,8 anos. A maior ocorrência deeventos foino quarto (38,9%); em seguida, no pátio (22,2%) e no refeitório (22,2%). Em relação às consequências das quedas, 72,2%das idosas sofreram escoriações e 5,6% sofreram fraturas. Conclui-se que a prevalência de quedas entreas idosas é alta,embora alguns dos possíveis fatores associados às quedas sejam passíveis de prevenção.


The fallen of the elderly is considered an important public health issue due to its frequency, associated morbidity and highsocial and economic costs, leading to increased dependence and moving into a nursing home. This is anexploratory anddescriptive study, aiming to identify the profile of the women who have suffered falls in 2010 and themain effectssuffered after falling among elderly living in a long-term institution in Belo Horizonte-MG. The compilation of dataoccurred in December 2010, using records of falls in existing medical records of 18 elderly women in the period fromNovember 2009 to November 2010. The results show that 38% of the women who experienced falls were of an average ageof 79.8 years old. The higher incidence of events was in their chambers (38.9%), then in the yard (22.2%) and cafeteria(22.2%). Regarding the consequences of the fall, 72.2% of the women suffered bruises and 5.6% fractures. We’veconcluded that the prevalence of falls among the elderly is high, although some of the possible factors associated withfalls can be prevented.


La caída entre los ancianos es considerada un problema de salud pública importante por su frecuencia, morbilidad y elalto costo social y económico, dando lugar a una mayor dependencia y al ingreso en un asilo de ancianos. Este estudio esexploratorio, descriptivo, con el objetivo de identificar el perfil de las mujeres que se cayeron en 2010 y las principalesconsecuencias sufridas después de caer entre las ancianas que viven en instituciones de larga estanciaen Belo Horizonte-MG. Los datos fueron reunidos en diciembre de 2010,utilizando los registros de caídas en los registrosmédicos de 18mujeres de edad avanzada en el período comprendidoentre noviembre de 2009 y noviembre de 2010. Los resultadosmuestran que el 38% de las mujeres que experimentaron caídas tenían la edad media de 79,8 años. La mayor incidencia deeventos fue en sus habitaciones (38,9%), a continuación, en el patio (22,2%) y en el comedor (22,2%).En cuanto a lasconsecuencias de la caída, el 72,2% de las mujeressufrió contusiones y el 5,6% fracturas. Se concluyeque la prevalenciade caídas entre las ancianas es alta, aunque algunos de los posibles factores asociados a las caídas se pueden prevenir.


Assuntos
Feminino , Humanos , Idoso , Acidentes por Quedas , Envelhecimento , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Saúde do Idoso Institucionalizado , Serviços de Saúde para Idosos
18.
Rev. eletrônica enferm ; 12(3)set. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-580945

RESUMO

A pele é um órgão externo e está sujeita a agressões diárias provocadas pela exposição solar. Os profissionais que exercem seu trabalho em ambientes externos estão sujeitos aos danos ocasionados pela exposição solar sem proteção, como os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. Nesse sentido, esse estudo teve como objetivo conhecer os hábitos de exposição solar de agentes comunitários de saúde e de combate a endemias que atuam no município de Ribeirão das Neves, Minas Gerais. Foi realizado um estudo exploratório, no ano de 2008 com a aplicação de um questionário semi-estruturado, com 7 agentes comunitários de saúde e 6 agentes de combate a endemias. Os resultados revelaram que a maior parte dos entrevistados expõe-se por mais de cinco horas diárias a radiação solar, sendo a totalidade em horário crítico; 46,17% não usam protetor solar e 23% associam métodos químicos e físicos e todos apresentaram algum agravo a pele em decorrência de sua atividade profissional. Os resultados apontam para a importância da criação e implementação de ações que motivem esses profissionais no uso de medidas de fotoproteção efetivas.


The skin is an external organ and is rateable to daily attack by sun exposure. Professionals who work in outdoor environments are at risk for occasional damage caused by sun exposure if unprotected, such as public health workers and endemic disease control workers. Therefore, this study aimed to discover the sun exposure habits of public health workers and endemic disease control workers who work in the municipality of Ribeirão das Neves, Minas Gerais. In 2008, an exploratory study was conducted using a semi-formal questionnaire with 7 public health workers and 6 endemic disease control workers. The results revealed that most part of those interviewed are exposed to sun radiation for more than five hours per day, all during the most critical exposure period; 46.17% do not use sun protection and 23% use chemical and physical methods and all displayed some kind of skin condition resulting from their professional activity. The results emphasize the importance of creating and implementing initiatives that motivate these professionals to use effective means of sun protection.


La piel es un órgano externo y está sujeto a agresiones diarias provocadas por la exposición solar. Los profesionales que ejercen su trabajo en ambientes externos están sujetos a los daños causados por la exposición solar sin protección, como los agentes comunitarios de salud y de combate a las endemias. En ese sentido, ese estudio tuvo como objetivo conocer los hábitos de exposición solar de los agentes comunitarios de salud y de combate a las endemias que actúan en el municipio de Ribeirão das Neves, Minas Gerais. Fue realizado un estudio exploratorio en el año de 2008 con la aplicación de un cuestionario semiestructurado, con 7 agentes comunitarios de salud y 6 agentes de combate a las endemias. Los resultados revelaron que los entrevistados se exponen por más de cinco horas diarias a la radiación solar, siendo la totalidad en horario crítico; 46,17% no utilizan protector solar y 23% asocian métodos químicos y físicos y todos presentaron agravios a la piel resultantes de sus actividades profesionales. Los resultados apuntan para la importancia de la creación y implementación de acciones que motiven a esos profesionales a utilizar medidas eficaces de fotoprotección.


Assuntos
Humanos , Exposição Ocupacional , Luz Solar/efeitos adversos , Promoção da Saúde , Radiação Solar/prevenção & controle , Saúde do Trabalhador , Pessoal de Saúde
19.
Rev. latinoam. enferm ; 18(4): 748-754, July-Aug. 2010.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-560086

RESUMO

This was a qualitative study, based on the Social Representations Theory, with professionals that work in primary care, about the risk of HIV infection to which they are exposed in their quotidian work routine. Twelve physicians and nurses who work in two Health Centers in the city of Belo Horizonte, MG, Brazil, were interviewed. The final analysis, carried out using the saturation of information criterion, was based on the method proposed by Structural Analysis of Narrative. The results show that the health professionals interviewed knew the infection risk in their work routine, representing it as very low in primary care, because they relate it to technological complexity which they consider does not exist in the level of assistance in which they work. They believed that the use of personal protection equipment may minimize the risks and that, nowadays, no primary care professional refuses to attend a patient due to fear of infection, even if not using all the recommended precautions.


Este é um estudo qualitativo, fundamentado na Teoria das Representações Sociais, com profissionais que atuam na atenção primária, sobre o risco de infecção pelo HIV, ao qual estão expostos no cotidiano do trabalho. Foram entrevistados doze profissionais médicos e enfermeiras que atuam em dois centros de saúde no município de Belo Horizonte, MG, Brasil. A análise final se deu com a saturação das informações, pelo método proposto pela Análise Estrutural de Narração. Os resultados desvelaram que os profissionais de saúde entrevistados conhecem o risco de infecção em seu cotidiano de trabalho, representando-o como muito baixo na atenção básica, porque o relacionam à complexidade tecnológica, que consideram não existir no nível de assistência em que atuam. Acreditam que o uso de equipamentos de proteção individual pode minimizar os riscos e que, hoje, nenhum profissional da atenção básica deixa de atender pacientes por medo de se infectar, mesmo não utilizando todas as precauções recomendadas.


Se trata de un estudio cualitativo, fundamentado en la Teoría de las Representaciones Sociales, con profesionales que actúan en la atención primaria sobre el riesgo de infección por el HIV a que están expuestos en su trabajo cotidiano. Fueron entrevistados doce profesionales, médicos y enfermeras, que actuaban en dos Centros de Salud en el municipio de Belo Horizonte, MG, Brasil. El análisis terminó con la saturación de las informaciones, por el método propuesto por el Análisis Estructural de Narración. Los resultados revelaron que los profesionales de la salud entrevistados conocen el riesgo de infección en su trabajo cotidiano, representándolo como muy bajo en la atención básica, porque lo relacionan con una complejidad tecnológica, que consideran no existir en el nivel de asistencia en que actúan. Creen que el uso de equipamientos de protección individual puede minimizar los riesgos y que, hoy, ningún profesional de la atención básica deja de atender pacientes por miedo de infectarse, inclusive no utilizando todas las precauciones recomendadas.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Medicina de Família e Comunidade , Infecções por HIV/transmissão , Transmissão de Doença Infecciosa do Paciente para o Profissional , Enfermeiras e Enfermeiros , Sorodiagnóstico da AIDS , Brasil , Infecções por HIV/diagnóstico , Inquéritos Epidemiológicos , Consentimento Livre e Esclarecido , Entrevistas como Assunto , Exposição Ocupacional , Atenção Primária à Saúde , Fatores de Risco , Comportamento de Redução do Risco
20.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-551649

RESUMO

The reprocessing of single-use dental-medical device is a common practice in many countries so as to reduce the costs of health care and the volume of waste generated. Changes in physical and chemical and therefore, adverse events involved in reprocessing are the main concerns related to this practice. Although the reprocessing is a common practice, there are few studies that validate and real risk of re-use of single use dental-medical devices. Is an urgent need for further reflection and evaluation of the risk-benefit decision on the reuse of these items. The objective of this study was to discuss changes in the integrity and functionality of the single-use dental-medical device after cycles of reprocessing. It was used a total of 11 studies from database of the Virtual Health Library. The results of this review showed that reprocessing causes changes in physical and impaired functionality of the single-use dental-medical devices that independent of their type or composition. There was a correlation between the amendments and the number of reprocessing cycles. The reprocessing allows the adverse events that are still unknown. It highlights the importance of a joint assessment of changes in integrity and functionality after each reprocessing and the creation of validated protocols that describe the maximum number of reprocessing cycles.


O reprocessamento de artigos odonto-médico-hospitalares de uso único é uma prática comum em inúmeros países para reduzir os custos da assistência à saúde e o volume de resíduos gerados. Alterações na integridade física e química e, por conseguinte, os eventos adversos envolvidos no reprocessamento, são as principais preocupações relacionadas a essa prática. Apesar de ser uma prática comum, são escassos os estudos que validem o reprocessamento e verifiquem o risco real da reutilização de artigos odonto-médico-hospitalares de uso único. É premente a necessidade de maior reflexão e avaliação do risco-benefício na decisão pelo reuso desses artigos. O objetivo desta revisão foi discutir as alterações da integridade e funcionalidade dos artigos odonto-médico-hospitalares de uso único após os vários ciclos de reprocessamento. Foi realizada uma pesquisa na base de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, utilizando-se um total de 11 estudos. Os resultados desta revisão demonstraram que o reprocessamento provoca alterações na integridade física e prejuízo na funcionalidade dos artigos odonto-médico-hospitalares de uso único que independem do seu tipo ou composição. Observou-se uma correlação entre as alterações apresentadas e o número de ciclos de reprocessamentos realizados e que o reprocessamento desses artigos possibilita a ocorrência de eventos adversos ainda desconhecidos. Destaca-se a importância de uma avaliação conjunta das alterações de integridade e funcionalidade após cada reprocessamento e da criação de protocolos validados que descrevam o número máximo de reprocessamentos.


Assuntos
Enfermagem , Equipamentos Descartáveis , Falha de Equipamento , Redução de Custos , Reutilização de Equipamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA