Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Trab. educ. saúde ; 13(3): 739-756, set.-dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-763392

RESUMO

ResumoOs saberes e práticas dos indivíduos se (re)produzem cotidianamente com base no entrelaçamento da bagagem pessoal com as relações humanas e sociais experimentadas nos diversos espaços coletivos. Nesse sentido, escolas e unidades de saúde se configuram como espaços privilegiados de atuação e investigação. O objetivo deste artigo é discutir os saberes e práticas relacionados à alimentação, questão central para o tema transversal saúde, por meio do diálogo com profissionais de educação e de saúde do município do Rio de Janeiro. Para isso, foram consideradas discussões desenvolvidas no âmbito da socioantropologia da alimentação. Foram utilizados métodos da pesquisa qualitativa, buscando valorizar as intersubjetividades e os significados atribuídos pelos sujeitos às suas próprias experiências de vida. Foram analisados quatro grupos focais, que resultaram em debates sobre os processos sociais relacionados à alimentação, às mudanças e permanências nos sistemas alimentares e aos desafios da comensalidade no contexto contemporâneo. O conhecimento das percepções desses profissionais torna-se útil para o desenvolvimento de práticas de educação em saúde que, exercitando a transdisciplinaridade, considerem a alimentação como elemento pedagógico na construção de conhecimentos por parte de cidadãos críticos e para uma vida saudável.


AbstractThe knowledge and practices of individuals (re)produce themselves daily based on the intertwining of personal experience with the human and social relations experienced in the various collective spaces. In this regard, schools and health facilities are privileged spaces of action and research. The purpose of this article is to discuss knowledge and practices related to eating habits, central to the crosscutting theme of health, through dialog with education and health professionals of the municipality of Rio de Janeiro, Brazil. To achieve this, discussions carried out in the socio-anthropological field of eating were considered. Qualitative research methods were used to enhance the intersubjectivities and meanings the subjects attribute to their own life experiences. Four focus groups were analyzed, which resulted in debates on the social processes related to food, to changes and continuities in food systems, and to the challenges of commensality in the contemporary context. Knowledge on these professional's; perceptions is useful to develop health education practices that, by exercising transdisciplinary, consider food as a pedagogical element in the construction of knowledge by critical citizens and for a healthy life.


ResumenLos saberes y prácticas de los individuos se (re)producen en forma cotidiana en base al entrelazamiento del bagaje personaL con las relaciones humanas y sociales experimentadas en los diferentes espacios colectivos. En tal sentido, escuelas y unidades de salud se configuran como espacios privilegiados de actuación e investigación. El objetivo de este artículo es discutir los saberes y prácticas relacionados con la alimentación, cuestión central para el tema transversal salud, por medio del diálogo con profesionales de educación y de salud del municipio de Río de Janeiro, Brasil. Para ello, se consideraron discusiones desarrolladas en el ámbito de la socioantropología de la alimentación. Se utilizaron métodos de investigación cualitativa, buscando valorizar las intersubjetividades y los significados atribuidos por los individuos a sus propias experiencias de vida. Se analizaron cuatro grupos focales, que resultaron en debates sobre los procesos sociales relacionados con la alimentación, con los cambios y permanencias en los sistemas alimentarios y con los desafíos de la comensalidad en el contexto contemporáneo. El conocimiento de las percepciones de estos profesionales se vuelve útil para el desarrollo de prácticas de educación en salud que, ejercitando la transdisciplinariedad, consideren la alimentación como elemento pedagógico en la construcción de conocimientos por parte de ciudadanos críticos y para una vida saludable.


Assuntos
Humanos , Instituições Acadêmicas , Alimentação , Educação em Saúde , Pessoal de Saúde
2.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(9): 3853-3862, set. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-600751

RESUMO

Este trabalho buscou apresentar o que a modernidade alimentar representa para a sociologia e a antropologia, questão que é discutida a partir de revisão bibliográfica. Considera-se inicialmente a presença do tema alimentação nos estudos das ciências sociais, enfocando-se as abordagens relacionadas à modernidade alimentar, especialmente o trabalho de Claude Fischler. Privilegiou-se o registro das questões relacionadas à alimentação e às mudanças no mundo do trabalho, ampliação do comércio, feminização da sociedade e a questão das identidades. Ao compreender o fenômeno alimentar e o seu consumo em uma abordagem mais qualitativa pode-se avançar na construção das ciências nutricionais, privilegiando-se uma abordagem compreensiva sobre o alimento e a alimentação nos dias atuais. Como recomendação os estudos atuais devem se dedicar à investigação do consumo alimentar como um fenômeno social para que se agreguem novos componentes analíticos ao conjunto de resultados com o enfoque biomédico.


The scope of this work was to illustrate what dietary modernity represents for sociology and anthropology, which is a subject based on a bibliographic review that is discussed in this article. Initially, the presence of the theme of food and nutrition was assessed in studies in the social sciences, by focusing on the approaches related to dietary modernity, especially as found in the works of Claude Fischler. The main subjects of discussion were related to food and nutrition and changes in the work environment, the expansion of commerce, the feminization of society and the question of identity. By understanding the food phenomenon and consumption thereof using a more qualitative approach, it is possible to make progress in configuring the nutritional sciences, adopting a comprehensive approach to food and nutrition in this day and age. Future studies should be dedicated to investigating food consumption as a social phenomenon in order to aggregate new analytical components with a biomedical emphasis to the body of results.


Assuntos
Humanos , Antropologia , Pesquisa Biomédica , Dieta , Ingestão de Alimentos , Ciências da Nutrição
3.
Rev. nutr ; 20(6): 571-588, nov.-dez. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-475102

RESUMO

OBJETIVO: Apresentar o delineamento e a experimentação de método educativo para promoção da alimentação saudável, tendo a culinária como seu eixo estruturante. MÉTODOS: Os referenciais teóricos adotados foram: preceitos da promoção da saúde, concepção crítica de educação em saúde, direito humano à alimentação adequada e segurança alimentar e nutricional e reflexões sobre cultura alimentar no contexto da contemporaneidade. As etapas de desenvolvimento do projeto contemplaram: identificação de representantes dos grupos de interesse (merendeiras, professores de ensino fundamental, adolescentes e profissionais de saúde da atenção básica, incluindo equipes de Saúde da Família); estruturação e experimentação, na cidade do Rio de Janeiro, do modelo de ação educativa; análise dos materiais coletados e confecção de materiais educativos. RESULTADOS: O modelo proposto e experimentado consistiu em oficina educativa estruturada em: vivência culinária; debate entre os participantes; encontro denominado Temperando Conceitos, no qual foram aprofundados os temas surgidos no debate; e encontro de avaliação de todo o projeto. Foram realizadas oito oficinas educativas envolvendo 116 participantes, que avaliaram o modelo proposto como capaz de os sensibilizar sobre o tema e incentivar para mudanças em relação à sua prática profissional e pessoal. CONCLUSÃO: O modelo experimentado configura-se em inovação metodológica no campo das práticas educativas para promoção da alimentação saudável e mostrou-se factível de ser aplicado. Como forma de continuidade do estudo, está em curso projeto de pesquisa para desenvolvimento de método educativo voltado à formação de multiplicadores para a promoção da alimentação saudável, utilizando o modelo aqui apresentado como uma de suas estratégias educativas.


OBJECTIVE: To present the designing and testing of an educational methodology for the promotion of a healthy diet that adopted cooking as its structural axis. METHODS: The theoretical references adopted were: health promotion precepts, critical approach of health education, human right to adequate food and food and nutrition security and reflections about food culture in the contemporary context. The steps of the project were: identification of people that represented the target groups (elementary school teachers, primary healthcare network professionals, school cooks and adolescents); designing and testing the education model in city of Rio de Janeiro; analysis of the collected material and production of education materials. RESULTS: The model proposed and tested consisted in an educative workshop structured in: experiencing cooking; a debate among the participants; a meeting called "Seasoning Concepts", in which the issues that appeared in the previous debate were discussed and an evaluation meeting. Eight educative workshops were carried out involving 116 participants, who indicated that if the education model was able to motivate them with respect to the subject for their personal life and professional activity. CONCLUSION: The model tested in this study represents a methodological innovation in the area of education practices for healthy diet promotion and proved to be feasible. The second stage of the study, which is ongoing, consists in the development of an education method for training multipliers for healthy diet promotion, using the model presented here as one of its education strategies.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Culinária , Educação Alimentar e Nutricional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA