Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 135
Filtrar
1.
Cien Saude Colet ; 27(2): 459-470, 2022 Feb.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-35137803

RESUMO

We aimed to identify factors that interfere in breast cancer (BC) suspected cases detected in Primary Health Care (PHC) that drive the referral to Specialized Care (SC) São Paulo and Campinas, Brazil. We interviewed 664 women (353 from São Paulo and 311 from Campinas) diagnosed with BC, referred to SC from PHC. Multilevel logistic regression analysis was used to the identification of associations between BC suspected cases by PHC and the socioeconomic and cancer care variables. The following showed a significant association: higher schooling level (OR = 0.59; 95% CI = 0.35-0.98); medical visit payment for cancer-related care (OR = 0.59; 95% CI = 0.36-0.96), continued attendance at PHC after beginning treatment at SC (OR = 0.62; 95% CI = 0.41-0.95); breast examined in PHC before referral to SC (OR = 1.61; 95% CI = 1.10-2.34) and first mammography requested in PHC (ECM) (OR = 2.81; 95% CI = 1.95-4.00). The request for mammography and the clinical breast examination is incorporated into the PHC for the early detection of BC in the cities. Continuing the care at the PHC and better socioeconomic conditions, such as having a higher education level and capacity to pay for care, can reduce the likelihood of suspected cases.


Buscou-se identificar fatores que interferem na suspeita do câncer de mama (CM) pela atenção primária à saúde (APS) que impulsionam o encaminhamento para a atenção especializada (AE) nos municípios de São Paulo e Campinas. Foram entrevistadas 664 mulheres (353 paulistanas e 311 campineiras) diagnosticadas com CM, encaminhadas para AE pela APS. Utilizou-se a análise de regressão logística multinível para a identificação das associações entre a suspeita do CM pela APS, variáveis socioeconômicas e atenção ao câncer. Mostraram associação significativa: nível superior de escolaridade (RC = 0,59; IC 95% = 0,35-0,98); pagamento de consulta médica para atendimento relacionado ao câncer (RC = 0,59; IC 95% = 0,36-0,96), continuou atendimento na APS após início do tratamento na AE (RC = 0,62; IC 95% = 0,41-0,95); mama examinada na APS (ECM) antes do encaminhamento para a AE (RC = 1,61; IC 95% = 1,10-2,34) e primeira mamografia solicitada na APS (RC = 2,81; IC 95% = 1,95-4,00). A solicitação da mamografia e o ECM são ações que têm sido incorporadas na APS para a detecção precoce do CM nos municípios. Continuar o atendimento na APS e melhores condições socioeconômicas, como ter nível superior de escolaridade e capacidade de pagar por atendimento, reduzem a chance da suspeita.


Assuntos
Neoplasias da Mama , Brasil , Neoplasias da Mama/diagnóstico , Neoplasias da Mama/terapia , Feminino , Humanos , Mamografia , Programas de Rastreamento , Atenção Primária à Saúde
2.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 27(2): 459-470, Fev. 2022. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1356064

RESUMO

Resumo Buscou-se identificar fatores que interferem na suspeita do câncer de mama (CM) pela atenção primária à saúde (APS) que impulsionam o encaminhamento para a atenção especializada (AE) nos municípios de São Paulo e Campinas. Foram entrevistadas 664 mulheres (353 paulistanas e 311 campineiras) diagnosticadas com CM, encaminhadas para AE pela APS. Utilizou-se a análise de regressão logística multinível para a identificação das associações entre a suspeita do CM pela APS, variáveis socioeconômicas e atenção ao câncer. Mostraram associação significativa: nível superior de escolaridade (RC = 0,59; IC 95% = 0,35-0,98); pagamento de consulta médica para atendimento relacionado ao câncer (RC = 0,59; IC 95% = 0,36-0,96), continuou atendimento na APS após início do tratamento na AE (RC = 0,62; IC 95% = 0,41-0,95); mama examinada na APS (ECM) antes do encaminhamento para a AE (RC = 1,61; IC 95% = 1,10-2,34) e primeira mamografia solicitada na APS (RC = 2,81; IC 95% = 1,95-4,00). A solicitação da mamografia e o ECM são ações que têm sido incorporadas na APS para a detecção precoce do CM nos municípios. Continuar o atendimento na APS e melhores condições socioeconômicas, como ter nível superior de escolaridade e capacidade de pagar por atendimento, reduzem a chance da suspeita.


Abstract We aimed to identify factors that interfere in breast cancer (BC) suspected cases detected in Primary Health Care (PHC) that drive the referral to Specialized Care (SC) São Paulo and Campinas, Brazil. We interviewed 664 women (353 from São Paulo and 311 from Campinas) diagnosed with BC, referred to SC from PHC. Multilevel logistic regression analysis was used to the identification of associations between BC suspected cases by PHC and the socioeconomic and cancer care variables. The following showed a significant association: higher schooling level (OR = 0.59; 95% CI = 0.35-0.98); medical visit payment for cancer-related care (OR = 0.59; 95% CI = 0.36-0.96), continued attendance at PHC after beginning treatment at SC (OR = 0.62; 95% CI = 0.41-0.95); breast examined in PHC before referral to SC (OR = 1.61; 95% CI = 1.10-2.34) and first mammography requested in PHC (ECM) (OR = 2.81; 95% CI = 1.95-4.00). The request for mammography and the clinical breast examination is incorporated into the PHC for the early detection of BC in the cities. Continuing the care at the PHC and better socioeconomic conditions, such as having a higher education level and capacity to pay for care, can reduce the likelihood of suspected cases.


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias da Mama , Neoplasias da Mama/terapia , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Mamografia , Programas de Rastreamento
3.
Cad Saude Publica ; 37(11): e00286120, 2021.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-34816959

RESUMO

The study aimed to evaluate care for women with high-risk pregnancies from the healthcare team's perspective in primary healthcare (PHC) services in the city of São Paulo, Brazil. This is an evaluative study with a qualitative approach that used the open interview technique for data collection from PHC personnel. The data were explored through thematic categories built from the content emerging spontaneously from the interviews, discussed according to Health Work Process Theory. The results evidenced three domains: a "normal work routine", organized from the perspective of exclusively biological practices and in which the management model sometimes fails to allow compliance with the recommended practices; a "referral and counter-referral" system, which sometimes allows more timely interventions, more unique to the pregnant women's needs, but still disconnected from the referral services; and "shared responsibility of the PHC team for the pregnant woman", characterized by flexibilization of the work routine that extends beyond application of clinical protocols, encouraging the building of a bond and favoring qualification of care. The study revealed the need for flexibilization of use of patient care protocols in the work process, which can promote the shared responsibility of PHC teams for care, to adjust it to each pregnant woman's unique needs, beyond the limits of services' organization based on the logic of exclusively biological practices.


O presente estudo objetivou avaliar a atenção às mulheres durante a gestação de alto risco, sob a ótica de quem atua nos serviços de atenção primária à saúde (APS) do Município de São Paulo, Brasil. Trata-se de uma pesquisa avaliativa de abordagem qualitativa, que utilizou a técnica da entrevista aberta para a coleta dos dados com profissionais da APS. Os dados foram explorados por meio de categorias temáticas construídas a partir do conteúdo que emergiu, de modo espontâneo, dos depoimentos, discutidos a partir da Teoria do Processo de Trabalho em Saúde. Os resultados evidenciaram três categorias: uma "rotina de trabalho protocolar", organizada na perspectiva de práticas biologicistas e cujo modelo de gestão, algumas vezes, não permite o cumprimento das práticas preconizadas; um sistema de "referência e contrarreferência" que, por vezes, permite intervenções mais oportunas e singulares às necessidades das gestantes, mas, ainda, desarticulado dos serviços de referência; e a "corresponsabilização da equipe de APS pelo cuidado com a gestante", caracterizado pela flexibilização da rotina de trabalho que transcende a aplicação de protocolos clínicos, incentivando a construção de vínculo e favorecendo a qualificação do cuidado. Desvelou-se a necessidade de flexibilização do uso de protocolos assistenciais no processo de trabalho, o que pode impulsionar a corresponsabilização das equipes de APS pelo cuidado, a fim de adequá-la às singularidades e necessidades de cada gestante, para além dos limites da organização dos serviços baseada na lógica de práticas biologicistas.


El presente estudio tuvo como objetivo evaluar la atención a las mujeres durante la gestación de alto riesgo bajo la óptica de quien actúa en los servicios de atención primaria en salud (APS) del municipio de São Paulo. Se trata de una investigación evaluativa de abordaje cualitativo, que utilizó la técnica de la entrevista abierta para la recogida de datos con profesionales de la APS. Los datos se investigaron mediante categorías temáticas, construidas a partir del contenido que emergió, de modo espontáneo, de las declaraciones discutidas a partir de la Teoría del Proceso de Trabajo en Salud. Los resultados evidenciaron tres categorías: una "rutina de trabajo protocolaria", organizada desde la perspectiva de prácticas biologicistas y cuyo modelo de gestión, algunas veces, no permite el cumplimiento de las prácticas preconizadas; un sistema de "referencia y contrarreferencia" que a veces permite intervenciones más oportunas y singulares para las necesidades de las gestantes, sin embargo, todavía está desarticulado respecto a los servicios de referencia; y la "corresponsabilización del equipo de APS del cuidado con la gestante", caracterizado por la flexibilización de la rutina de trabajo, que transciende la aplicación de protocolos clínicos, incentivando la construcción de un vínculo y favoreciendo la cualificación del cuidado. Se desveló la necesidad de flexibilización del uso de protocolos asistenciales en el proceso de trabajo, lo que puede impulsar la corresponsabilización de los equipos de APS por el cuidado, a fin de adecuarlo a las singularidades y necesidades de cada gestante, yendo más allá de los límites de la organización, en cuanto a servicios basados en la lógica de prácticas biologicistas.


Assuntos
Gravidez de Alto Risco , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Atenção à Saúde , Feminino , Humanos , Equipe de Assistência ao Paciente , Gravidez
4.
Rev Bras Enferm ; 74(3): e20200995, 2021.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-34259730

RESUMO

OBJECTIVES: to analyze care strategies for breast cancer screening in Primary Health Care in Brazil. METHODS: this is a systematic review following the Cochrane Collaboration recommendations. RESULTS: among 355 manuscripts, five were eligible. The patient navigation program by Community Health Agent stood out with the best result, among the strategies: flexibility of goals considering viability; community engagement; team training; active search of the target population by Community Health Agent; request for mammography by physicians; actions integrated to women's health; monitoring of mammography results, absent users, and population coverage by physician and nurse; and assessment of criteria for requesting screening mammography by means of an information system. The population coverage rate in the program ranged from 23% to 88%. CONCLUSIONS: Primary Health Care in Brazil presents devices with potential to induce the production of care for breast cancer screening.


Assuntos
Neoplasias da Mama , Brasil , Neoplasias da Mama/diagnóstico , Detecção Precoce de Câncer , Feminino , Humanos , Mamografia , Atenção Primária à Saúde
6.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 37(11): e00286120, 2021. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1350406

RESUMO

O presente estudo objetivou avaliar a atenção às mulheres durante a gestação de alto risco, sob a ótica de quem atua nos serviços de atenção primária à saúde (APS) do Município de São Paulo, Brasil. Trata-se de uma pesquisa avaliativa de abordagem qualitativa, que utilizou a técnica da entrevista aberta para a coleta dos dados com profissionais da APS. Os dados foram explorados por meio de categorias temáticas construídas a partir do conteúdo que emergiu, de modo espontâneo, dos depoimentos, discutidos a partir da Teoria do Processo de Trabalho em Saúde. Os resultados evidenciaram três categorias: uma "rotina de trabalho protocolar", organizada na perspectiva de práticas biologicistas e cujo modelo de gestão, algumas vezes, não permite o cumprimento das práticas preconizadas; um sistema de "referência e contrarreferência" que, por vezes, permite intervenções mais oportunas e singulares às necessidades das gestantes, mas, ainda, desarticulado dos serviços de referência; e a "corresponsabilização da equipe de APS pelo cuidado com a gestante", caracterizado pela flexibilização da rotina de trabalho que transcende a aplicação de protocolos clínicos, incentivando a construção de vínculo e favorecendo a qualificação do cuidado. Desvelou-se a necessidade de flexibilização do uso de protocolos assistenciais no processo de trabalho, o que pode impulsionar a corresponsabilização das equipes de APS pelo cuidado, a fim de adequá-la às singularidades e necessidades de cada gestante, para além dos limites da organização dos serviços baseada na lógica de práticas biologicistas.


The study aimed to evaluate care for women with high-risk pregnancies from the healthcare team's perspective in primary healthcare (PHC) services in the city of São Paulo, Brazil. This is an evaluative study with a qualitative approach that used the open interview technique for data collection from PHC personnel. The data were explored through thematic categories built from the content emerging spontaneously from the interviews, discussed according to Health Work Process Theory. The results evidenced three domains: a "normal work routine", organized from the perspective of exclusively biological practices and in which the management model sometimes fails to allow compliance with the recommended practices; a "referral and counter-referral" system, which sometimes allows more timely interventions, more unique to the pregnant women's needs, but still disconnected from the referral services; and "shared responsibility of the PHC team for the pregnant woman", characterized by flexibilization of the work routine that extends beyond application of clinical protocols, encouraging the building of a bond and favoring qualification of care. The study revealed the need for flexibilization of use of patient care protocols in the work process, which can promote the shared responsibility of PHC teams for care, to adjust it to each pregnant woman's unique needs, beyond the limits of services' organization based on the logic of exclusively biological practices.


El presente estudio tuvo como objetivo evaluar la atención a las mujeres durante la gestación de alto riesgo bajo la óptica de quien actúa en los servicios de atención primaria en salud (APS) del municipio de São Paulo. Se trata de una investigación evaluativa de abordaje cualitativo, que utilizó la técnica de la entrevista abierta para la recogida de datos con profesionales de la APS. Los datos se investigaron mediante categorías temáticas, construidas a partir del contenido que emergió, de modo espontáneo, de las declaraciones discutidas a partir de la Teoría del Proceso de Trabajo en Salud. Los resultados evidenciaron tres categorías: una "rutina de trabajo protocolaria", organizada desde la perspectiva de prácticas biologicistas y cuyo modelo de gestión, algunas veces, no permite el cumplimiento de las prácticas preconizadas; un sistema de "referencia y contrarreferencia" que a veces permite intervenciones más oportunas y singulares para las necesidades de las gestantes, sin embargo, todavía está desarticulado respecto a los servicios de referencia; y la "corresponsabilización del equipo de APS del cuidado con la gestante", caracterizado por la flexibilización de la rutina de trabajo, que transciende la aplicación de protocolos clínicos, incentivando la construcción de un vínculo y favoreciendo la cualificación del cuidado. Se desveló la necesidad de flexibilización del uso de protocolos asistenciales en el proceso de trabajo, lo que puede impulsar la corresponsabilización de los equipos de APS por el cuidado, a fin de adecuarlo a las singularidades y necesidades de cada gestante, yendo más allá de los límites de la organización, en cuanto a servicios basados en la lógica de prácticas biologicistas.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Atenção Primária à Saúde , Gravidez de Alto Risco , Equipe de Assistência ao Paciente , Brasil , Atenção à Saúde
8.
Rev. bras. enferm ; 74(3): e20200995, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1279903

RESUMO

ABSTRACT Objectives: to analyze care strategies for breast cancer screening in Primary Health Care in Brazil. Methods: this is a systematic review following the Cochrane Collaboration recommendations. Results: among 355 manuscripts, five were eligible. The patient navigation program by Community Health Agent stood out with the best result, among the strategies: flexibility of goals considering viability; community engagement; team training; active search of the target population by Community Health Agent; request for mammography by physicians; actions integrated to women's health; monitoring of mammography results, absent users, and population coverage by physician and nurse; and assessment of criteria for requesting screening mammography by means of an information system. The population coverage rate in the program ranged from 23% to 88%. Conclusions: Primary Health Care in Brazil presents devices with potential to induce the production of care for breast cancer screening.


RESUMEN Objetivos: analizar las estrategias de atención para el cribado del cáncer de mama en la Atención Primaria de Salud en Brasil. Métodos: se trata de una revisión sistemática siguiendo las recomendaciones de la Colaboración Cochrane. Resultados: de 355 manuscritos, cinco fueron elegibles. El programa de navegación del paciente por parte del Agente de Salud Comunitaria se destacó con mejor resultado, entre las estrategias: flexibilidad de las metas considerando la viabilidad; participación de la comunidad; entrenamiento en equipo; búsqueda activa de la población objetivo por parte del Agente de Salud Comunitaria; solicitud de mamografía por parte de los médicos; acciones integradas a la salud de la mujer; el seguimiento de los resultados de las mamografías, las usuarias ausentes y la cobertura poblacional por médico y enfermero, y la evaluación de los criterios para solicitar la mamografía de cribado mediante un sistema de información. La tasa de cobertura de la población en el programa osciló entre 23% y 88%. Conclusiones: la Atención Primaria de Salud en Brasil presenta dispositivos con potencial para inducir la producción de cuidados para el cribado del cáncer de mama.


RESUMO Objetivos: analisar estratégias de cuidado para o rastreio do câncer de mama na Atenção Primária à Saúde no Brasil. Métodos: trata-se de uma revisão sistemática seguindo as recomendações da Colaboração Cochrane. Resultados: entre 355 manuscritos, foram elegíveis cinco. O programa de navegação do paciente pelo Agente Comunitário de Saúde destacou-se com o melhor resultado, dentre as estratégias: flexibilização das metas considerando a viabilidade; engajamento comunitário; treinamento da equipe; busca ativa da população-alvo pelo Agente Comunitário de Saúde; solicitação da mamografia por médicos; ações integradas à saúde da mulher; monitoramento do resultado da mamografia, das usuárias faltosas, e da cobertura da população por médico e enfermeiro e avaliação dos critérios de solicitação da mamografia de rastreamento por meio de sistema de informação. A taxa de cobertura da população no programa variou de 23% a 88%. Conclusões: a Atenção Primária à Saúde brasileira apresenta dispositivos com potencial indutor à produção de cuidado do rastreio do câncer de mama.

9.
Rev. bras. enferm ; 74(3): e20200995, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1279927

RESUMO

ABSTRACT Objectives: to analyze care strategies for breast cancer screening in Primary Health Care in Brazil. Methods: this is a systematic review following the Cochrane Collaboration recommendations. Results: among 355 manuscripts, five were eligible. The patient navigation program by Community Health Agent stood out with the best result, among the strategies: flexibility of goals considering viability; community engagement; team training; active search of the target population by Community Health Agent; request for mammography by physicians; actions integrated to women's health; monitoring of mammography results, absent users, and population coverage by physician and nurse; and assessment of criteria for requesting screening mammography by means of an information system. The population coverage rate in the program ranged from 23% to 88%. Conclusions: Primary Health Care in Brazil presents devices with potential to induce the production of care for breast cancer screening.


RESUMEN Objetivos: analizar las estrategias de atención para el cribado del cáncer de mama en la Atención Primaria de Salud en Brasil. Métodos: se trata de una revisión sistemática siguiendo las recomendaciones de la Colaboración Cochrane. Resultados: de 355 manuscritos, cinco fueron elegibles. El programa de navegación del paciente por parte del Agente de Salud Comunitaria se destacó con mejor resultado, entre las estrategias: flexibilidad de las metas considerando la viabilidad; participación de la comunidad; entrenamiento en equipo; búsqueda activa de la población objetivo por parte del Agente de Salud Comunitaria; solicitud de mamografía por parte de los médicos; acciones integradas a la salud de la mujer; el seguimiento de los resultados de las mamografías, las usuarias ausentes y la cobertura poblacional por médico y enfermero, y la evaluación de los criterios para solicitar la mamografía de cribado mediante un sistema de información. La tasa de cobertura de la población en el programa osciló entre 23% y 88%. Conclusiones: la Atención Primaria de Salud en Brasil presenta dispositivos con potencial para inducir la producción de cuidados para el cribado del cáncer de mama.


RESUMO Objetivos: analisar estratégias de cuidado para o rastreio do câncer de mama na Atenção Primária à Saúde no Brasil. Métodos: trata-se de uma revisão sistemática seguindo as recomendações da Colaboração Cochrane. Resultados: entre 355 manuscritos, foram elegíveis cinco. O programa de navegação do paciente pelo Agente Comunitário de Saúde destacou-se com o melhor resultado, dentre as estratégias: flexibilização das metas considerando a viabilidade; engajamento comunitário; treinamento da equipe; busca ativa da população-alvo pelo Agente Comunitário de Saúde; solicitação da mamografia por médicos; ações integradas à saúde da mulher; monitoramento do resultado da mamografia, das usuárias faltosas, e da cobertura da população por médico e enfermeiro e avaliação dos critérios de solicitação da mamografia de rastreamento por meio de sistema de informação. A taxa de cobertura da população no programa variou de 23% a 88%. Conclusões: a Atenção Primária à Saúde brasileira apresenta dispositivos com potencial indutor à produção de cuidado do rastreio do câncer de mama.

10.
Rev Saude Publica ; 54: 102, 2020.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-33146296

RESUMO

OBJECTIVE: To present the methodological approach used in a research that analyzed the use and performance of specialized health care, from primary care access, in four major Brazilian cities: Fortaleza (CE), Campinas (SP), São Paulo (SP) and Porto Alegre (RS). METHODS: Presentation and discussion of the quantitative-qualitative components of the proposed research strategy. RESULTS: Four tracing conditions were studied: systemic arterial hypertension, high-risk pregnancy, breast cancer and severe mental disorder. For each health condition, indicators were constructed based on health information systems data, pointing out frequencies, temporal trends and local differences. This initial contextualization was enriched with a descriptive-qualitative study of the performance of each municipal health service network. Next, a cross-sectional study was conducted through a survey of 7,053 users of specialized services for each health condition. Finally, in-depth interviews were conducted with key actors to complement selected operational aspects of each municipality's network. The results of all these data sources were triangulated, allowing us to explore the variability of SUS implementations in different regional scenarios. CONCLUSIONS: The multifaceted analytical model presented allows us to understand relevant aspects of the Unified Health System performance, paying attention to the singularities, heterogeneities and inequalities that characterize its implementation in Brazil and emphasizing the performance of local networks for the addressed health conditions.


Assuntos
Atenção à Saúde/organização & administração , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Brasil , Cidades , Estudos Transversais , Acesso aos Serviços de Saúde , Humanos , Fatores Socioeconômicos
11.
Saúde debate ; 44(spe): 128-143, out. 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1290106

RESUMO

RESUMO O objetivo foi avaliar a correlação entre indicadores de estrutura - recursos físicos e trabalhadores - e de processo - produção do psicólogo e do psiquiatra - e a magnitude do apoio matricial realizado. Trata-se de um estudo ecológico, descritivo-analítico, baseado em dados secundários do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde, abrangendo as Coordenadorias Regionais de Saúde de São Paulo, no período de 2014 a 2018. À medida que a produção do psicólogo na atenção básica aumenta, a frequência do matriciamento aumenta. Isso pode ocorrer, pois o psicólogo, como profissional do campo, pode facilitar a articulação entre os serviços. Ao mesmo tempo, conforme a produção do psiquiatra da atenção básica aumenta, a frequência do matriciamento diminui. Uma possibilidade de explicação para tal contradição seria a não superação do modelo médico hegemônico. O município tem uma realidade complexa e heterogênea, diferentemente de todo o Brasil. As coordenadorias possuem grandes e importantes diferenças entre si, o que torna a pesquisa um desafio. No entanto, o matriciamento e as ações compartilhadas entre as unidades são metas importantes para a gestão municipal, o que destaca a necessidade da realização de pesquisas no campo.


ABSTRACT The aim of the study was to assess the correlation between structural (physical resources and workers) and process (psychologist and psychiatrist procedures) indicators and the magnitude of the matrix support carried out. This is an ecological, descriptive-analytical study, based on secondary data from the Department of Informatics of the Unified Health System, covering the Regional Health Coordinators of São Paulo, from 2014 to 2018. Results show the bigger the amount of procedures conducted by psychologists in primary care, the higher the matrix support performed. A possible explanation is the fact that such professional can more easily articulate different types of service, given the expertise acquired by working in the field. On the other hand, the opposite happens between psychiatrist procedures and matrix support, which may indicate the hegemonic medical model is still in place and working as a barrier. São Paulo presents a very diverse and complex reality, which is different from other regions of the country and also results in important differences across health coordinators, making this research very challenging. Nevertheless, matrix support and shared actions among health units must be encouraged given its importance for the city management. Hence, more researches are needed in the field.

12.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 20(2): 633-641, Apr.-June 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1136431

RESUMO

Abstract Objectives: to analyze the access to cervical cancer preventive examination in Pernambuco between 2002 and 2015 by cytopathological exam coverage. Methods: public data from SUS Computer Department were used, then processed by Tabnet and Excel and calculated the slope of the over time coefficient trend by simple regression techniques. Afterwards, they were plotted in thematic maps covering cytopathological exams on Terraview app 4.2.2. Results: Pernambuco State presented an increase of exam coverage trend in all the health regions until 2010. Since that year it started to have stabilization and decreased the tendency. Comparing the coverage of the two first years, in 2002, 42.7% of the cities coverage was below 0.2 and in 2015 the scenario changed, 41.1% of the cities coverage was above 0.6. We emphasize that even in that same year 13.5% of the cities still had a low or too low coverage (less than 0.4). The over time trends in increase and decline were strongly meaningful. Conclusions: this study revealed that all health regions presented a coverage lower than recommended, in some period or in all of them, even with the State growth tendency it demonstrated an unequal and heterogeneous characteristic.


Resumo Objetivos: analisar o acesso ao exame preventivo para o câncer de colo do útero em Pernambuco, entre 2002 e 2015, por meio da cobertura do citopatológico. Métodos: foram utilizados dados de domínio público do Departamento de Informática do SUS, processados no Tabnet e Excel® e calculados os coeficientes de inclinação de tendência temporal, por meio de técnicas de regressão simples. Por fim, foram plotados em mapas temáticos de cobertura de exames citopatológicos no aplicativo Terraview 4.2.2. Resultados: Pernambuco apresentou aumento na tendência de cobertura ao exame para todas as regiões de saúde até 2010. A partir deste ano, apresentou uma tendência de estabilização e diminuição. Ao comparar a cobertura no primeiro e no último ano, em 2002 42,7% dos municípios estavam com cobertura abaixo de 0.2 e em 2015 o cenário muda para 41,1% de municípios com cobertura acima 0.6. Destaca-se que neste mesmo ano 13,5% dos municípios ainda apresentavam uma cobertura baixa e muito baixa (<0.4). Tendências temporais de crescimento e decréscimo tiveram forte significância. Conclusões: todas as regiões de saúde apresentaram cobertura inferior ao preconizado, em algum período ou em todos, mesmo com a tendência estadual de crescimento, demonstrando uma característica heterogênea e desigual.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle , Neoplasias do Colo do Útero/epidemiologia , Disparidades nos Níveis de Saúde , Exame Ginecológico , Brasil/epidemiologia , Indicadores de Morbimortalidade , Acesso aos Serviços de Saúde
13.
Cad Saude Publica ; 36(5): e00120519, 2020.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-32402009

RESUMO

The study assessed care for high-risk pregnancy, including access, functioning, and use of health services, ranging from primary healthcare (PHC) to specialized care. This was an evaluative study anchored in an analytical model that used triangulation of different information sources and comparative analysis of care for high-risk pregnancy in four Brazilian metropolises. The selected analytical categories were: access to consultations and tests, linkage between components of the healthcare networks and between users and healthcare professionals, and the care provided. Contexts of care for high-risk pregnancy were characterized by health system information indicators and a qualitative descriptive study produced by key informants, in addition to a questionnaire applied to 1,886 pregnant women seen at specialized services, having been referred by PHC. Triangulation of data obtained from secondary sources, contextualization of healthcare networks, and a survey with high-risk pregnant women allowed encompassing the complexity of the organizational arrangements in the healthcare network among the municipalities. Significant differences were identified in access, linkage, and care provided for high-risk pregnancy in the four metropolises. Campinas (São Paulo State, Brazil) was the municipality with the best performance in the indicators related to linkage and access by pregnant women to PHC. São Paulo and Porto Alegre (Rio Grande do Sul State) showed fair performance on the set of indicators as a whole, while Fortaleza (Ceará State) revealed the need for improvement in the three categories analyzed.


Assuntos
Gravidez de Alto Risco , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Cidades , Atenção à Saúde , Feminino , Humanos , Gravidez
14.
Rev. saúde pública (Online) ; 54: 102, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1139464

RESUMO

ABSTRACT OBJECTIVE To present the methodological approach used in a research that analyzed the use and performance of specialized health care, from primary care access, in four major Brazilian cities: Fortaleza (CE), Campinas (SP), São Paulo (SP) and Porto Alegre (RS). METHODS Presentation and discussion of the quantitative-qualitative components of the proposed research strategy. RESULTS Four tracing conditions were studied: systemic arterial hypertension, high-risk pregnancy, breast cancer and severe mental disorder. For each health condition, indicators were constructed based on health information systems data, pointing out frequencies, temporal trends and local differences. This initial contextualization was enriched with a descriptive-qualitative study of the performance of each municipal health service network. Next, a cross-sectional study was conducted through a survey of 7,053 users of specialized services for each health condition. Finally, in-depth interviews were conducted with key actors to complement selected operational aspects of each municipality's network. The results of all these data sources were triangulated, allowing us to explore the variability of SUS implementations in different regional scenarios. CONCLUSIONS The multifaceted analytical model presented allows us to understand relevant aspects of the Unified Health System performance, paying attention to the singularities, heterogeneities and inequalities that characterize its implementation in Brazil and emphasizing the performance of local networks for the addressed health conditions.


RESUMO OBJETIVO Apresentar a abordagem metodológica utilizada em pesquisa que analisou a utilização e o funcionamento da atenção especializada, partindo do acesso via atenção básica, em quatro grandes cidades brasileiras: Fortaleza (CE), Campinas (SP), São Paulo (SP) e Porto Alegre (RS). MÉTODOS Apresentação e discussão dos componentes quanti-qualitativos da estratégia de pesquisa proposta. RESULTADOS Foram estudadas quatro condições traçadoras: hipertensão arterial grave, gravidez de alto risco, câncer de mama e transtorno mental grave. Para cada agravo foram construídos indicadores a partir de dados dos sistemas de informação de saúde destacando frequências, tendência temporal e diferenças por localidade. Essa contextualização inicial foi enriquecida com um estudo descritivo-qualitativo do funcionamento de cada rede municipal de serviços. A seguir, realizou-se um estudo transversal por meio de inquérito com 7.053 usuários dos serviços especializados para cada agravo. Por fim, foram realizadas entrevistas em profundidade com atores-chave para complementar aspectos operacionais selecionados da rede de cada município. Os resultados de todas essas fontes de dados foram triangulados, permitindo explorar a variabilidade das implantações do SUS em diferentes cenários regionais. CONCLUSÕES O modelo analítico multifacetado apresentado permite compreender aspectos relevantes do funcionamento do Sistema Único de Saúde, atentando para as singularidades, heterogeneidades e desigualdades que caracterizam sua implantação no Brasil e destacando o funcionamento das redes locais para os agravos estudados.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Atenção à Saúde/organização & administração , Fatores Socioeconômicos , Brasil , Estudos Transversais , Cidades , Acesso aos Serviços de Saúde
15.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 36(5): 14-14, 20202.
Artigo em Português | LILACS, SESSP-ISPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ISACERVO | ID: biblio-1096072

RESUMO

Avaliou-se a atenção à gestação de alto risco, incluindo o acesso, o funciona-mento e a utilização dos serviços de saúde, desde a atenção primária à saúde (APS) até a atenção especializada. Trata-se de pesquisa avaliativa ancorada em modelo analítico que utiliza a triangulação de diferentes fontes de infor-mações e análise comparativa da atenção à gestação de alto risco em quatro metrópoles brasileiras. As categorias de análise selecionadas foram: acesso a consultas e exames, vínculo entre os componentes das redes de atenção à saúde e entre usuário e profissional e o cuidado oferecido


Assuntos
Cuidado Pré-Natal , Gravidez de Alto Risco , Assistência Integral à Saúde , Pesquisa sobre Serviços de Saúde
16.
Cad Saude Publica ; 35(10): e00103118, 2019.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-31596397

RESUMO

This study assessed prenatal care in high-risk pregnancies and associated factors in the city of São Paulo, Brazil. This was an evaluative study of 689 pregnant women referred from primary care (PHC) to specialized care in 2016. The type of PHC model was used as the main independent variable: family health units (USF), basic health units (UBS), and UBS/mixed. Multiple logistic regression models with forward selection were used for the outcomes "early initiation of prenatal care" and "shared follow-up between specialized care and PHC". Referral by a USF was associated with higher odds of "early initiation of prenatal care" and "shared follow-up between specialized care and PHC". Independently of the type of PHC, there were associations between "early initiation of prenatal care" and white skin color, and between "shared follow-up between specialized care and PHC" and having received a home visit. The results demonstrate the importance of services organized according to the USF model, which conducts home visits and is attuned to the implicit vulnerabilities in pregnant women's individual characteristics.


Avaliou-se a atenção ao pré-natal de gestantes de alto risco e a identificação de fatores associados, no Município de São Paulo, Brasil. Pesquisa avaliativa com 689 gestantes encaminhadas pela atenção primária à saúde (APS) para a atenção especializada (AE) em 2016. Considerou-se o modelo de APS como variável independente principal: unidade de saúde da família (USF), unidade básica de saúde (UBS) e UBS mista. Utilizou-se modelos de regressão logística múltipla (forward selection) para os desfechos "início precoce do pré-natal" e "acompanhamento compartilhado entre AE e APS". Evidenciou-se maior chance de "início precoce do pré-natal" e "acompanhamento compartilhado entre AE e APS" ser encaminhada por USF. Independentemente da APS, apresentou associação para "início precoce do pré-natal" ter a pele branca, e para "acompanhamento compartilhado entre AE e APS" ter recebido visita domiciliar. Os resultados evidenciam a importância de serviços organizados segundo o modelo USF, que realizam visita domiciliar e são atentos às vulnerabilidades implícitas nas características individuais das gestantes.


Se evaluó la atención prenatal en gestantes de alto riesgo y la identificación de factores asociados, en el municipio de São Paulo, Brasil. Se realizó una encuesta evaluativa a 689 gestantes que fueron dirigidas desde la atención primaria a la salud (APS) a la atención especializada (AE) en 2016. Se consideró el modelo de APS como variable independiente principal: unidad de salud familiar (USF), unidad básica de salud (UBS) y UBS/mixta. Se utilizaron modelos de regresión logística múltiple (forward selection) para los resultados "inicio precoz de prenatal" y "seguimiento compartido entre AE y APS". Se evidenció una mayor oportunidad de "inicio precoz de la atención prenatal" y "seguimiento compartido entre AE y APS" siempre que fuera dirigido por USF. Independientemente de la APS, se presentó asociación en "inicio precoz de la atención prenatal", tener la piel blanca y, en "acompañamiento compartido entre AE y APS", haber recibido una visita domiciliaria. Los resultados muestran la importancia de los servicios organizados según el modelo USF, que realizan una visita domiciliaria y están atentos a las vulnerabilidades implícitas en las características individuales de las gestantes.


Assuntos
Gravidez de Alto Risco , Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos , Adolescente , Adulto , Brasil , Feminino , Acesso aos Serviços de Saúde , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Atenção Primária à Saúde , Fatores Socioeconômicos , População Urbana , Adulto Jovem
17.
Cien Saude Colet ; 24(3): 963-972, 2019 Mar.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30892517

RESUMO

This study evaluated the use of and access to different services involved in the care of patients with arterial hypertension in the Public Health System in the municipality of São Paulo, Brazil. This is an ecological study that addressed the magnitude, trend and relationships of outpatient procedures linked to the arterial hypertension care Data were retrieved from the SIA/SUS and the Estabsus from the Municipal Health Secretariat, and were processed with PostgreSQL relational database linking the different information by the indicators chosen and analyzed by territories. The statistical analysis were performed by the R program with the trend significance analysis of the historical series of indicators defined and the relationships between them. Essential changes in the care model were found in the period under study in São Paulo, with a declining general trend of primary medical visits and increased specialized cardiology procedures. Production was heterogeneous in the different regional coordination offices in the city. The study shows the potential use of SUS databases and it allows the identification of gaps in the access, coverage and use of high complexity services in health care for chronic conditions in the Brazilian Unified Health System (SUS).


Este estudo avaliou o uso e o acesso a diferentes serviços envolvidos na atenção aos portadores de hipertensão arterial na rede pública da cidade de São Paulo. Trata-se de estudo ecológico que abordou magnitude, tendência e relações de procedimentos ambulatoriais vinculados à linha de cuidado da hipertensão arterial. As fontes de dados foram o SIA/SUS e o Estabsus, da Secretaria Municipal de Saúde. Para tratamento dos dados utilizamos um banco relacional PostgreSQL articulando as diversas informações segundo os indicadores escolhidos e os territórios analisados e para as análises estatísticas utilizamos o programa R com análise de significância das tendências das séries históricas dos indicadores definidos e as relações entre estes. No período analisado houve importantes alterações do modelo de atenção na cidade de São Paulo com tendência geral de redução de consultas médicas básicas e aumento dos procedimentos especializados em cardiologia. A produção mostrou-se heterogênea nas diferentes coordenadorias regionais da cidade. O estudo indica o potencial de utilização dos bancos de dados do SUS e permite a identificação de importantes diferenças no acesso, cobertura e utilização de serviços de alta complexidade na atenção à saúde das condições crônicas no Sistema Público de Saúde Brasileiro.


Assuntos
Atenção à Saúde/organização & administração , Acesso aos Serviços de Saúde , Hipertensão/terapia , Saúde Pública , Brasil , Bases de Dados Factuais , Humanos , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
18.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 24(3): 963-972, mar. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-989621

RESUMO

Resumo Este estudo avaliou o uso e o acesso a diferentes serviços envolvidos na atenção aos portadores de hipertensão arterial na rede pública da cidade de São Paulo. Trata-se de estudo ecológico que abordou magnitude, tendência e relações de procedimentos ambulatoriais vinculados à linha de cuidado da hipertensão arterial. As fontes de dados foram o SIA/SUS e o Estabsus, da Secretaria Municipal de Saúde. Para tratamento dos dados utilizamos um banco relacional PostgreSQL articulando as diversas informações segundo os indicadores escolhidos e os territórios analisados e para as análises estatísticas utilizamos o programa R com análise de significância das tendências das séries históricas dos indicadores definidos e as relações entre estes. No período analisado houve importantes alterações do modelo de atenção na cidade de São Paulo com tendência geral de redução de consultas médicas básicas e aumento dos procedimentos especializados em cardiologia. A produção mostrou-se heterogênea nas diferentes coordenadorias regionais da cidade. O estudo indica o potencial de utilização dos bancos de dados do SUS e permite a identificação de importantes diferenças no acesso, cobertura e utilização de serviços de alta complexidade na atenção à saúde das condições crônicas no Sistema Público de Saúde Brasileiro.


Abstract This study evaluated the use of and access to different services involved in the care of patients with arterial hypertension in the Public Health System in the municipality of São Paulo, Brazil. This is an ecological study that addressed the magnitude, trend and relationships of outpatient procedures linked to the arterial hypertension care Data were retrieved from the SIA/SUS and the Estabsus from the Municipal Health Secretariat, and were processed with PostgreSQL relational database linking the different information by the indicators chosen and analyzed by territories. The statistical analysis were performed by the R program with the trend significance analysis of the historical series of indicators defined and the relationships between them. Essential changes in the care model were found in the period under study in São Paulo, with a declining general trend of primary medical visits and increased specialized cardiology procedures. Production was heterogeneous in the different regional coordination offices in the city. The study shows the potential use of SUS databases and it allows the identification of gaps in the access, coverage and use of high complexity services in health care for chronic conditions in the Brazilian Unified Health System (SUS).


Assuntos
Humanos , Saúde Pública , Atenção à Saúde/organização & administração , Acesso aos Serviços de Saúde , Hipertensão/terapia , Brasil , Bases de Dados Factuais , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração
19.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 35(10): e00103118, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1039381

RESUMO

Resumo: Avaliou-se a atenção ao pré-natal de gestantes de alto risco e a identificação de fatores associados, no Município de São Paulo, Brasil. Pesquisa avaliativa com 689 gestantes encaminhadas pela atenção primária à saúde (APS) para a atenção especializada (AE) em 2016. Considerou-se o modelo de APS como variável independente principal: unidade de saúde da família (USF), unidade básica de saúde (UBS) e UBS mista. Utilizou-se modelos de regressão logística múltipla (forward selection) para os desfechos "início precoce do pré-natal" e "acompanhamento compartilhado entre AE e APS". Evidenciou-se maior chance de "início precoce do pré-natal" e "acompanhamento compartilhado entre AE e APS" ser encaminhada por USF. Independentemente da APS, apresentou associação para "início precoce do pré-natal" ter a pele branca, e para "acompanhamento compartilhado entre AE e APS" ter recebido visita domiciliar. Os resultados evidenciam a importância de serviços organizados segundo o modelo USF, que realizam visita domiciliar e são atentos às vulnerabilidades implícitas nas características individuais das gestantes.


Abstract: This study assessed prenatal care in high-risk pregnancies and associated factors in the city of São Paulo, Brazil. This was an evaluative study of 689 pregnant women referred from primary care (PHC) to specialized care in 2016. The type of PHC model was used as the main independent variable: family health units (USF), basic health units (UBS), and UBS/mixed. Multiple logistic regression models with forward selection were used for the outcomes "early initiation of prenatal care" and "shared follow-up between specialized care and PHC". Referral by a USF was associated with higher odds of "early initiation of prenatal care" and "shared follow-up between specialized care and PHC". Independently of the type of PHC, there were associations between "early initiation of prenatal care" and white skin color, and between "shared follow-up between specialized care and PHC" and having received a home visit. The results demonstrate the importance of services organized according to the USF model, which conducts home visits and is attuned to the implicit vulnerabilities in pregnant women's individual characteristics.


Resumen: Se evaluó la atención prenatal en gestantes de alto riesgo y la identificación de factores asociados, en el municipio de São Paulo, Brasil. Se realizó una encuesta evaluativa a 689 gestantes que fueron dirigidas desde la atención primaria a la salud (APS) a la atención especializada (AE) en 2016. Se consideró el modelo de APS como variable independiente principal: unidad de salud familiar (USF), unidad básica de salud (UBS) y UBS/mixta. Se utilizaron modelos de regresión logística múltiple (forward selection) para los resultados "inicio precoz de prenatal" y "seguimiento compartido entre AE y APS". Se evidenció una mayor oportunidad de "inicio precoz de la atención prenatal" y "seguimiento compartido entre AE y APS" siempre que fuera dirigido por USF. Independientemente de la APS, se presentó asociación en "inicio precoz de la atención prenatal", tener la piel blanca y, en "acompañamiento compartido entre AE y APS", haber recibido una visita domiciliaria. Los resultados muestran la importancia de los servicios organizados según el modelo USF, que realizan una visita domiciliaria y están atentos a las vulnerabilidades implícitas en las características individuales de las gestantes.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Adulto Jovem , Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos , Gravidez de Alto Risco , Atenção Primária à Saúde , Fatores Socioeconômicos , População Urbana , Brasil , Acesso aos Serviços de Saúde , Pessoa de Meia-Idade
20.
Rev. baiana enferm ; 32: e24463, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-958121

RESUMO

Objetivo identificar características das ocorrências priorizadas pela Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de uma grande metrópole e compreender quais fatores influenciam os médicos reguladores no processo de priorização de despacho de ambulância. Método estudo retrospectivo com métodos mistos, entre 2012 e 2014. As variáveis despacho e tempo de regulação foram investigadas. As entrevistas realizadas foram submetidas à análise de conteúdo. Resultados a demanda é majoritariamente clínica, classificada com Determinantes de alta prioridade e prioritariamente dos serviços de segurança pública. O tempo resposta é inversamente proporcional à prioridade. Médicos priorizam casos com: risco de morte; deterioração clínica; necessidade de transporte; vulnerabilidade associada à idade e violência. Conclusão condições clínicas, vulnerabilidade e risco determinam o tipo de atendimentos e o tempo de resposta. Diante de um cenário de poucos recursos, a atuação dos médicos reguladores no processo de priorização visa adequar a demanda à oferta disponível.


Objetivo identificar características de las ocurrencias priorizadas por el Centro Regulador del Servicio de Atención Móvil de Urgencias de una gran metrópolis y comprender cuales factores influyen en los médicos reguladores en el proceso de priorización de despacho de ambulancia. Método estudio retrospectivo con métodos mistos, entre 2012 y 2014. Las variables despacho y tiempo de regulación fueron investigadas. Las entrevistas realizadas fueron sometidas al análisis de contenido. Resultados la demanda es principalmente clínica, clasificada con Determinantes de alta prioridad y prioritariamente de los servicios de seguridad pública. El tiempo de respuesta es inversamente proporcional a la prioridad. Médicos priorizan casos con: riesgo de muerte; deterioro clínico; necesidad de trasporte; vulnerabilidad asociada al edad y violencia. Conclusión condiciones clínicas, vulnerabilidad y riesgo determinan el tipo de atención y el tiempo de respuesta. Ante un escenario de pocos recursos, la actuación de los médicos reguladores en el proceso de priorización visa adecuar la demanda a la oferta disponible.


Objective identify characteristics of the events prioritized by the Regulation Office of the Mobile Emergency Care Service in a major city and understand which factors influence the regulating physicians in the ambulance dispatch prioritization process. Method retrospective study with a mixed-methods design, undertaken between 2012 and 2014. The variables dispatch and regulation time were investigated. The interviews held were submitted to content analysis. Results the nature of the demand is mainly clinical, classified with high-priority determinants, mainly from public safety services. The response time is inversely proportional to the priority. Physicians prioritize cases with: risk of death; clinical deterioration; need for transport; vulnerability associated with age and violence. Conclusion clinical conditions, vulnerability and risk determine the type of care and the response time. In a scenario of few resources, the regulating physicians' activities in the prioritization process is intended to adapt the demand to the available supply.


Assuntos
Ambulâncias , Centro de Operações de Emergência , Aprovisionamento , Emergências , Serviços Médicos de Emergência/organização & administração , Médicos , Tempo de Reação , Estudos Retrospectivos , Serviços de Atendimento , Recursos em Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...