Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Bras Cir Cardiovasc ; 27(2): 211-6, 2012.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22996971

RESUMO

BACKGROUND: Valvar heart disease is an important public health problem, more common in developing countries, especially in younger. OBJECTIVE: To evaluate the epidemiological features of patients and its influence on the prosthesis type choice used on patients who underwent valve surgery. METHODS: Cross-sectional. Data such as age, sex, provenance, surgery procedure and prosthesis type were retrospectively analyzed. We reviewed 366 charts of all patients submitted to heart valve surgery during three years in a public health cardiovascular treatment center. RESULTS: 52% of patients were female. The age range was from 5 to 82, the median was 41 years old. In regards 37.7% of patients came from Salvador (Bahia, Brazil) and 62.3% from countryside. Valve replacement was performed in 73% of patients, whereas 7.38% underwent valvuloplasty and 18.3% underwent valve repair and replacement. Regarding type of prosthesis, 70.0% received bioprosthesis and 30.0% received metal prosthesis. On note bioprosthesis were more used in younger (P<0,001). CONCLUSION: Biological prostheses were used predominantly in younger. This might be possible due to a low social-economic status, avoiding metal valve implantation and the consequent anticoagulation therapy.


Assuntos
Bioprótese , Doenças das Valvas Cardíacas/cirurgia , Implante de Prótese de Valva Cardíaca/estatística & dados numéricos , Próteses Valvulares Cardíacas , Adolescente , Adulto , Fatores Etários , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Bioprótese/estatística & dados numéricos , Brasil , Criança , Pré-Escolar , Métodos Epidemiológicos , Feminino , Próteses Valvulares Cardíacas/estatística & dados numéricos , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Desenho de Prótese , Fatores de Risco , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos , Adulto Jovem
2.
Rev. bras. cir. cardiovasc ; 27(2): 211-216, abr.-jun. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-649596

RESUMO

INTRODUÇÃO: A doença cardíaca valvar é um grave problema de saúde pública, mais frequente em países em desenvolvimento, acometendo indivíduos em idade laboralmente produtiva. OBJETIVO: Avaliar o perfil socioeconômico e epidemiológico dos pacientes submetidos a cirurgia valvar e a sua relação com os tipos de próteses utilizadas em um centro de referência público de Salvador, BA, Brasil. MÉTODOS: Estudo de corte transversal descritivo de prevalência, no qual foram analisados retrospectivamente idade, sexo, procedência, tipo de valvopatia, cirurgia a qual o paciente foi submetido e o tipo de prótese utilizada em casos de trocas, em centro de referência público de cardiologia. RESULTADOS: Foram revisados 366 prontuários, de todos os pacientes submetidos a cirurgia de valva cardíaca, de janeiro de 2007 a dezembro de 2009. Em relação ao sexo, 52% dos pacientes eram do sexo feminino. A idade média ± DP foi de 41,70 ± 17,85 anos. Dentre os pacientes, 37,7% eram procedentes da capital e 62,3%, do interior do estado da Bahia (Brasil). A troca valvar foi realizada em 73% dos pacientes, enquanto que 7,38% realizaram plastia valvar e 18,3% realizaram tanto plastia quanto troca. Dos pacientes que realizaram troca valvar, 70% receberam bioprótese e 30% do tipo metálica, com predominância do uso bioprótese nas faixas etárias jovens (P<0,001). CONCLUSÃO: Próteses biológicas foram predominantemente usadas em jovens. Esse fato, possivelmente, pode ser atribuído ao baixo nível socioeconômico da população em questão, distância de centros urbanos, dificuldade de realização de exames para controle da anticoagulação e nível educacional ruim, inviabilizando o uso de valva metálica e a consequente terapia anticoagulante.


BACKGROUND: Valvar heart disease is an important public health problem, more common in developing countries, especially in younger. OBJECTIVE: To evaluate the epidemiological features of patients and its influence on the prosthesis type choice used on patients who underwent valve surgery. METHODS: Cross-sectional. Data such as age, sex, provenance, surgery procedure and prosthesis type were retrospectively analyzed. We reviewed 366 charts of all patients submitted to heart valve surgery during three years in a public health cardiovascular treatment center. RESULTS: 52% of patients were female. The age range was from 5 to 82, the median was 41 years old. In regards 37.7% of patients came from Salvador (Bahia, Brazil) and 62.3% from countryside. Valve replacement was performed in 73% of patients, whereas 7.38% underwent valvuloplasty and 18.3% underwent valve repair and replacement. Regarding type of prosthesis, 70.0% received bioprosthesis and 30.0% received metal prosthesis. On note bioprosthesis were more used in younger (P<0,001). CONCLUSION: Biological prostheses were used predominantly in younger. This might be possible due to a low social-economic status, avoiding metal valve implantation and the consequent anticoagulation therapy.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Criança , Pré-Escolar , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Bioprótese , Próteses Valvulares Cardíacas , Doenças das Valvas Cardíacas/cirurgia , Implante de Prótese de Valva Cardíaca/estatística & dados numéricos , Fatores Etários , Brasil , Bioprótese , Métodos Epidemiológicos , Próteses Valvulares Cardíacas , Desenho de Prótese , Fatores de Risco , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA