Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Arq Bras Cardiol ; 109(3 Supl 1): 1-104, 2017.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-29044300
2.
Arq. bras. cardiol ; 109(3,supl.1): 1-104, Sept. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-887936
3.
Rev. bras. hematol. hemoter ; 29(1): 92-97, jan.-mar. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-465702

RESUMO

O mieloma múltiplo (MM) é o tumor de células plasmocitárias que corresponde a aproximadamente 10 por cento das neoplasias hematológicas. Durante o seu curso clínico, relata-se que 15-30 por cento dos pacientes podem apresentar manifestações hemorrágicas, decorrentes de vários mecanismos fisiopatológicos. Até 1999, era descrito que os pacientes com MM ativo apresentavam incidência de até 10 por cento de tromboembolismo. Porém, com a introdução da talidomida no arsenal terapêutico do MM, foi demonstrado aumento importante da freqüência dos eventos trombóticos venosos e arteriais, especialmente quando associada com outros medicamentos, alcançando a taxa de 35 por cento. Várias medidas tromboprofiláticas farmacológicas foram empregadas visando reduzir essas intercorrências, com resultados variáveis. Até o presente momento ainda não se demonstrou qual o regime antitrombótico mais adequado. Recentemente, uma pesquisa entre membros do Grupo Internacional de Trabalho sobre Mieloma (IMWG) resultou em algumas recomendações terapêuticas. Esta revisão sobre as alterações hemostáticas observadas no mieloma múltiplo procurou abordar os diferentes mecanismos responsáveis pelas hemorragias e tromboses observados no MM, as medidas tromboprofiláticas farmacológicas descritas e seus resultados, e as recentes recomendações do IMWG.


Multiple myeloma (MM) is the tumor of plasma cells that accounts for approximately 10 percent of hematological malignancies. During the clinical course of MM, hemorrhagic symptoms are described in 15- 30 percent of patients, due to several causes. Until 1999, it was reported that up 10 percent of patients with active MM had venous thromboembolic events. Nevertheless, since the introduction of thalidomide in the therapeutic arsenal of MM, an important increase of the incidence of arterial and venous thrombotic events were described (up 35 percent), especially when used in association with other drugs. Several pharmacological thromboprophylactic measures have been introduced in order to decrease these events, but with variable results. The most adequate antithrombotic regimen has not yet been demonstrated. Recently the International Myeloma Working Group (IMWG) developed a survey among its members, resulting in some therapeutic recommendations. This review about hemostatic abnormalities in multiple myeloma had the intention of discussing the different mechanisms responsible for hemorrhagic and thrombotic events in MM, the pharmacological thrombophophylactic measures reported, their results and the recent recommendations of the IMWG.


Assuntos
Humanos , Aspirina/uso terapêutico , Heparina de Baixo Peso Molecular , Hemostasia , Mieloma Múltiplo , Talidomida/administração & dosagem , Tromboembolia/prevenção & controle , Tromboembolia Venosa , Varfarina/uso terapêutico
4.
Bol. Soc. Bras. Hematol. Hemoter ; 19(176): 91-100, set.-dez. 1997. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-205297

RESUMO

O fator V da coagulaçäo, quando ativado, participa como um co-fator essencial na ativaçäo da pró-trombina pelo fator X ativado. O fator V ativado é inativado pela proteína C ativada, numa reaçäo potencializada pela proteína S. Uma mutaçäo no éxon 10 (Arg 506 Gln) do gene do fator V dß origem a uma molécula do fator V que näo é adequadamente inativada pela proteína C ativada, o que causa a chamada resistência à proteína C ativada.


Assuntos
Humanos , Coagulação Sanguínea/genética , Fator Va/metabolismo , Fator V/metabolismo , Proteína C/metabolismo , Trombofilia/sangue , Eletroforese , Fator Va/genética , Fator V/genética , Transtornos da Coagulação Sanguínea/metabolismo
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA