Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 23: 1-8, fev.-ago. 2019. fig, quad
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1026705

RESUMO

O presente artigo problematiza o trabalho da Educação Física na Atenção Primária à Saúde (APS) com apoio matricial, na perspectiva das redes (setorial, intersetorial e social de apoio) e suas respectivas práticas desenvolvidas. A metodologia adotada foi qualitativa e as informações foram produzidas a partir de grupos focais e de observação da prática profissional. Os profissionais de Educação Física sinalizaram intervir com apoio matricial em cinco diferentes Redes de Atenção à Saúde (RAS) e indicaram desenvolver sete práticas através das quais exercem esse apoio matricial: apoio matricial intersetorial, acolhimento, projeto terapêutico singular, interconsulta, intervisita, apoio a unidades bá-sicas de saúde e apoio a grupos de práticas corporais cuidados por líderes comunitários ou por agentes comunitários de saúde. Conclui-se que a complexidade dos cenários e as práticas de apoio matricial da Educação Física na APS, no contexto das RAS, revelam a limitação de se restringir a intervenção à prescrição de protocolos/procedimentos universais a partir de variáveis predeterminadas (de tempo e intensidade, por exemplo) por condição clínica. Aponta-se também para a necessidade de se considerar a estrutura operacional das redes (setorial, intersetorial e social de apoio), bem como as tecnologias/práticas centradas no trabalho interprofissional, pedagógico-formativo e centrado no usuário


This paper discusses the intervention of the Physical Education professional at the Primary Health Care using a tool called matrix support, under a network perspective (sectoral, intersectoral and social support) and their practices. The methodology adopted was qualitative and the data was produced based on focal groups and observation of the professional practice. The participants showed to work with matrix support among five different Health Care Networks and indicated to develop seven practices through which they exercise the matrix support: intersectoral matrix support, "acolhimento", unique therapeutic project, "interconsulta", "intervisita", support to Primary Health Care services and support to bodily practices groups conducted by community leaders or community health agents. It is concluded that the complexity of the scenarios and the practices of matrix support made by Physical Education professional in Health Care Networks contexts reveal the limitation of restricting the intervention to prescribed universal protocols / procedures from pre-determined variables (intensity, e.g.) by clinical condition. It is also pointed out the need to consider the operational structure of health care networks (sectoral, intersectoral and social support), as well as technologies or practices focused on interprofessional, educational and user-centered work


Assuntos
Educação Física e Treinamento , Atenção Primária à Saúde , Saúde da Família , Atenção à Saúde
2.
Rev. bras. ciênc. esporte ; 41(2): 183-189, abr.-jun. 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1013486

RESUMO

Resumo O estudo discute a organização dos processos de trabalho da educação física na atenção primária à saúde com base no apoio matricial. Trata‐se de um estudo qualitativo com 11 profissionais de educação física, em Sobral/CE, com coleta de informações em três grupos focais e sistematização por análise temática. Os resultados sugerem um conjunto de atitudes a serem adotadas pelos profissionais ao trabalhar com apoio matricial: ser um profissional aprendente, promover a clínica ampliada, conhecer a rede, reorganizar o cuidado em saúde e participar dos espaços políticos. Conclui‐se que essas atitudes favorecem o cuidado usuário‐centrado, a qualificação da atenção e o trabalho interprofissional, considerando a integralidade do cuidado, a formação pelo/para o trabalho e a participação popular.


Abstract The study discusses the organization of work of Physical Education in Primary Health Care based on "matrix support". A qualitative study was conducted with 11 Physical Education professionals in Sobral, Brazil, with data collection through three focus groups and systematization by thematic analysis. The results suggest some attitudes to be adopted by the professionals when working with "matrix support": to be an apprentice professional, to promote the amplified clinic, to know the network, to reorganize health care and to participate in the political spaces. It is concluded that these attitudes favor user‐centered care, qualification of care and interprofessional work; considering, the integrality of care, training for work and popular participation.


Resumen El estudio trata sobre la organización de los procesos de trabajo de la Educación Física en Atención Primaria basándose en el "apoyo matricial". Se llevó a cabo un estudio cualitativo con 11 profesionales de Educación Física, en Sobral, Brasil, con recopilación de datos por medio de tres grupos focales y sistematización por análisis temático. Los resultados sugieren que los profesionales, al trabajar con "apoyo matricial", deben adoptar un conjunto de atitudes: ser un aprendiz profesional, promover la clínica ampliada, conocer la red, reorganizar el cuidado en salud y participar en los espacios políticos. Se concluye que estas atitudes favorecen el cuidado centrado en el usuario, la calificación de la atención y el trabajo interprofesional, considerando la integralidad del cuidado, la formación para y por el trabajo, y la participación popular.

3.
Movimento (Porto Alegre) ; 24(1): 173-186, jan.- mar. 2018. ILUS
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-967812

RESUMO

A atenção primária à saúde se fortaleceu nas últimas duas décadas no Brasil. Recentemente, os Núcleos de Apoio à Saúde da Família permitiram que o leque de profissões transitando pela atenção primária aumentasse. Recomenda-se que essa inserção e trânsito estejam orientados pela lógica do Apoio Matricial. Este artigo analisa a apropriação dos profissionais de Educação Física acerca do Apoio Matricial. Trata-se de um estudo qualitativo, em que utilizamos grupo focal e observação participante com 11 profissionais de Educação Física da cidade de Sobral/CE. Os resultados sugerem seu entendimento como movimento de troca, de caráter técnico-pedagógico; o apoiador como corresponsável, em uma dimensão de Cogestão do Cuidado; bem como o apoio como uma tecnologia não engessada, mas como postura profissional. Conclui-se que os participantes da pesquisa compreendem o Apoio Matricial como um arranjo de corresponsabilidade entre especialistas e equipes de referência, que permite potencializar o cuidado usuário centrado


Primary Health Care has strengthened in Brazil in recent decades. The Family Support Health Centers have caused an increase in the range of occupations that transit through Primary Health Care. It is recommended that this inclusion and transit be guided by the "Matrix Support" logic. This article analyzes the appropriation of "Matrix Support" by Physical Education professionals. This is a qualitative study that used a focus group and participant observation with 11 Physical Education professionals from the city of Sobral, state of Ceará. The results suggest its understanding as a technicalpedagogical movement of exchange; the supporter as co-responsible, in a dimension of Co-Management of Care; as well as support as a technology that is not frozen, but rather a professional stance. Research subjects were found to comprise "Matrix Support" as a coresponsibility arrangement between experts and reference teams, which allows enhancing patient-centered care


La atención primaria a la salud se ha fortalecido en las dos últimas décadas en Brasil. Recientemente, los Núcleos de Apoyo a la Salud de la Familia han permitido que otras profesiones se insieran en la atención primaria. Se recomienda que este proceso sea guiado por la lógica del Apoyo Matricial. Este artículo analiza la apropiación por parte de los profesionales de Educación Física del conocimiento sobre el Apoyo Matricial. Se trata de un estudio cualitativo que utiliza grupo focal y observación participante con 11 profesionales de Educación Física de la ciudad de Sobral, Ceará. Los resultados sugieren su comprensión como movimiento de intercambio, con carácter técnico-pedagógico; quien apoya es visto como corresponsable, en una dimensión de Cogestión del Cuidado; así como el apoyo como una tecnología no rígida, sino más bien como una postura profesional. Se concluye que los profesionales de Educación Física que participaron en la investigación comprenden el apoyo matricial como un arreglo de corresponsabilidad entre especialistas y equipos de referencia, que permite potenciar el cuidado centrado en el usuario


Assuntos
Humanos , Educação Física e Treinamento , Atenção Primária à Saúde , Saúde da Família , Políticas Públicas de Saúde
4.
Cien Saude Colet ; 21(5): 1637-46, 2016 May.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27166911

RESUMO

This article addresses the possibilities and challenges in the performance of the community health worker (CHW) from the perspective of the National Policy of Popular Health Education. It is based on the analysis of findings from a research-intervention carried out at a Family Health Center in a small city in the southern region of Brazil. The data analyzed was produced in meetings with the research team, in activities with the CHWs (individual interviews and workshops), and in feedback sessions with the team regarding the intervention. Among the results, the intertwined role of the CHW within the team was emphasized. In situating themselves between technical and popular forms of knowledge, the work of the CHW potentializes the actions of the Popular Health Education program, as it points to the need for training, agreement of the developed practices, and professional valorization. From these findings we were able to approach and understand the results in terms of the National Policy of Popular Health Education. Based on the analyses, we recommend the establishment of practices associated with the broader concept of health sustained in holistic teamwork that valorizes the knowledge/action of CHW and of the community, inspired in the guiding principles of PNEP-SUS.


Assuntos
Serviços de Saúde Comunitária/organização & administração , Agentes Comunitários de Saúde/organização & administração , Saúde da Família , Educação em Saúde/métodos , Brasil , Política de Saúde , Humanos
5.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(5): 1637-1646, Mai. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Repositório RHS | ID: lil-781012

RESUMO

Resumo Este artigo discutiu as possibilidades e os desafios da atuação do agente comunitário de saúde (ACS) na perspectiva da Política Nacional de Educação Popular em Saúde. Partiu da análise dos resultados de uma pesquisa-intervenção realizada junto a uma Unidade de Saúde da Família de uma cidade de pequeno porte da região do sul do Brasil. Os dados analisados foram produzidos em reuniões com a equipe, em atividades com ACS – entrevista individual e oficinas, e em processo de devolutiva da intervenção com equipe. Entre os resultados, o lugar entrelaçado ocupado pelo ACS na equipe apresentou destaque. Ao situar-se entre saberes técnicos e populares, o trabalho do ACS constitui-se como potencializador das ações de Educação Popular em Saúde, ao passo que aponta para a necessidade de capacitação, pactuação das práticas desenvolvidas e valorização profissional. A partir dessas constatações, produziu-se a aproximação e a compreensão dos resultados com a Política Nacional de Educação Popular em Saúde. Com base nas análises produzidas, recomenda-se a instauração de práticas associadas ao conceito ampliado de saúde sustentadas em um trabalho integrado em equipe que valorize o saber/fazer do ACS e da comunidade inspiradas nos princípios orientadores da PNEP-SUS.


Abstract This article addresses the possibilities and challenges in the performance of the community health worker (CHW) from the perspective of the National Policy of Popular Health Education. It is based on the analysis of findings from a research-intervention carried out at a Family Health Center in a small city in the southern region of Brazil. The data analyzed was produced in meetings with the research team, in activities with the CHWs (individual interviews and workshops), and in feedback sessions with the team regarding the intervention. Among the results, the intertwined role of the CHW within the team was emphasized. In situating themselves between technical and popular forms of knowledge, the work of the CHW potentializes the actions of the Popular Health Education program, as it points to the need for training, agreement of the developed practices, and professional valorization. From these findings we were able to approach and understand the results in terms of the National Policy of Popular Health Education. Based on the analyses, we recommend the establishment of practices associated with the broader concept of health sustained in holistic teamwork that valorizes the knowledge/action of CHW and of the community, inspired in the guiding principles of PNEP-SUS.


Assuntos
Humanos , Saúde da Família , Educação em Saúde/métodos , Agentes Comunitários de Saúde/organização & administração , Serviços de Saúde Comunitária/organização & administração , Brasil , Política de Saúde
7.
Movimento (Porto Alegre) ; 16(n.esp): 61-95, jan.- dez. 2010.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-996483

RESUMO

O artigo é oriundo de um estudo sobre os currículos de formação superior em Educação Física da ESEF/UFRGS em 70 anos de existência. O objetivo geral foi evidenciar elementos que mobilizaram alterações curriculares marcantes ao longo deste período. Para tanto, realizamos um mapeamento das grades curriculares de 1941 a 2010 por meio dos seguintes documentos: registros de graus, catálogos de cursos, página da UFRGS na internet entre outros. Através de análise documental destacamos seis "pontos de tensão" que se constituíram a partir de, e ao mesmo tempo mobilizaram, importantes alterações curriculares: 1) currículos da ESEF e o marco regulatório educacional 2) vinculação das disciplinas aos diferentes departamentos; 3) separação dos percursos curriculares de homens e mulheres; 4) proporcionalidade entre disciplinas obrigatórias e eletivas; 5) surgimento e expansão dos estágios obrigatórios; 6) fortalecimento da pesquisa na formação inicial. Por recobrir todo o período analisado, e se articular mais densamente com os demais, aqui nos concentramos exclusivamente no primeiro ponto. Concluímos que a pressão exercida pelo marco regulatório educacional sobre os cursos de formação da ESEF/UFRGS foi mais intensa em três grandes momentos: federalização da escola em 1970, mudanças curriculares de 1987 e divisão licenciatura/ bacharelado em 2005


This article is based on a study about the Physical Education Curricula for Higher Education at ESEF/UFRGS University in its 70 years of existence. The general goal was to show elements that rendered important curricular changes through this time. Therefore, we made a mapping of the curricular grids from 1941 to 2010 based on the following documents: records of degrees, registration books, courses' catalogues, UFRGS's website among others. From the documental analyses, we highlight six points of tension which were constituted from, and at the same time rendered important curricular changes: (1) the ESEF's Curricula and the educational regulatory mark; (2) the linking of disciplines to different departments; (3) the separation of the curricular paths of men and women; (4) the proportion between mandatory and elective disciplines; (5) the emergence and expansion of mandatory teaching practice; (6) the strengthening of research at the initial formation. In this article, we focused on the first point because it covers all studied period and deeply report to the others. We concluded that the tension pressed by the educational regulatory mark on ESEF's courses was stronger in 3 major moments: The school's federalization in 1970, the curricular changes in 1987 and the division of the teaching course/baccalaureate in 2005


El artículo es resultado de un estudio sobre los currículos de formación superior en Educación Física de ESEF/UFRGS en 70 años de existencia. El objetivo general fue destacar elementos que provocaron alteraciones curriculares importantes en el transcurso de este período. Para ello, realizamos un mapeo de los mapas curriculares de 1941 a 2010 por medio de los siguientes documentos: registros de niveles, catálogos de cursos, página de UFRGS en Internet entre otros. A través del análisis documental destacamos seis "puntos de tensión" que se presentaron a partir de y al mismo tiempo movilizaron importantes alteraciones curriculares: 1) currículos de ESEF y el marco regulatorio educativo 2) vinculación de las asignaturas a los diferentes departamentos; 3) eparación de los recorridos curriculares de hombres mujeres; 4) proporcionalidad entre asignaturas obligatorias y selectivas; 5) surgimiento y expansión de las prácticas obligatorias; 6) fortalecimiento de la investigación en la formación inicial. Por cubrir todo el período analizado y articularse de forma más densa con los demás, nos concentramos aquí exclusivamente en el primer punto. Concluimos que la presión ejercida por el marco regulatorio educativo sobre los cursos de formación de ESEF/UFRGS fue más intensa en tres grandes momentos: federalización de la escuela en 1970, cambios curriculares en 1987 y división licenciatura/diplomatura el 2005


Assuntos
Humanos , Educação Física e Treinamento , Currículo , Capacitação Profissional
8.
Pensar prát. (Impr.) ; 13(2): 1-15, maio-ago. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-589846

RESUMO

A educação física vem emergindo no campo da saúde mental com o intuito de contribuir no processo terapêutico de usuários de serviços de saúde mental, como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Neste trabalho, nosso objetivo foi analisar quais os significados que os usuários de um CAPS, localizado em Porto Alegre/RS, atribuíam à oficina de futebol que ali ocorria. A pesquisa é de cunho qualitativo e se inspira na perspectiva etnográfica. Um dos fatos que surgiram na oficina de futebol, e que mereceu maior análise, foi a participação ativa dos usuários em muitos momentos da oficina. Essa maior participação possibilitou aos integrantes interessantes momentos de protagonismo, pouco vivenciados por eles em suas trajetórias de vida.


Physical education has been emerging from the field of mental health in order to contribute to the therapeutic process for mental health service users, e.g. the Psychosocial Care Centres (PSCCs). In this study, we aimed at assessing how important is a football workshop, which would occur at Porto Alegre, for PSCC users. porThis study is both qualitative and ethnographic. The active participation of users arisen from the football workshop was enormously important for this study. Such participation provided interesting moments of an important role for the participants who had not experienced such moments before.


La educación física está surgiendo en el ámbito de la salud mental a fin de contribuir al proceso terapéutico de los usuarios de los servicios de salud mental, tales como los Centros de Atención Psicosocial (CAPS). En este trabajo nuestro objetivo fue analizar los significados que los usuarios del CAPS, ubicado en Porto Alegre/RS, que se atribuye al taller de fútbol que tuvo lugar allí. La investigación es de carácter cualitativo y se basa en la perspectiva etnográfica. Uno de los hechos que surgieron del taller de fútbol, y que merece una mayor atención al análisis, la participación activa de los usuarios en muchos momentos del taller. Esta mayor participaciónha permitido a los participantes los momentos interesantes de la propiedad,poco experimentado por ellos en sus historias de vida.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Reforma dos Serviços de Saúde , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental
9.
Physis (Rio J.) ; 20(3): 895-912, 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-566270

RESUMO

O artigo discute o cuidado em saúde mental no contexto da Reforma Psiquiátrica em implementação no Brasil. Resulta de uma proposta de pesquisa-intervenção potencializadora da desinstitucionalização de moradores do Hospital Psiquiátrico São Pedro e aborda, mais precisamente, o trabalho de transição para os serviços residenciais terapêuticos Morada São Pedro, na cidade de Porto Alegre. Para além de mero deslocamento de um espaço físico para outro, a concepção de transição trabalhada diz respeito mais à apropriação de novos territórios subjetivos e de formas outras de viver e habitar. Os processos de subjetivação que emergiram entre usuários, trabalhadores e em nós pesquisadores, ao transitar por novos territórios de vida, foram tomados como dispositivos analisadores e são aqui problematizados, a fim de refletir sobre a função que a transição possa ter na produção de vida desses novos integrantes da vida urbana.


The paper discusses mental health care in the context of Psychiatric Reform being implemented in Brazil. It is the results of a research-intervention proposal that potentializes deinstitutionalization of residents of São Pedro Psychiatric Hospital, and addresses more specifically the transition work therapeutic residential services Morada São Pedro, in Porto Alegre city, Brazil. Beyond the mere displacement of a physical space to another, this transition concept relates more to the subjective appropriation of new subjective territories and other forms of life and living. The subjectivation processes emerging among users, workers and researchers, when moving into new life territories, were used as analyzing devices and are problematized here, in order to think over the role transition would play in the life production of these new members of urban life.


Assuntos
Humanos , Desinstitucionalização , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Moradias Assistidas , Brasil , Apoio Social , Sistema Único de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA