Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 52(1/3): 19-24, jan.-dez. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-719548

RESUMO

Objetivo: estabelecer o perfil de utilização dos serviços odontológicosnas Unidades de Saúde SE SC e NSA do Grupo Hospitalar Conceição. Materiais e métodos: analisou-se o relatório do Sistema de Informação - SIS dasconsultas odontológicas (meses junho aagosto/2011). As variáveis foram: características sócio-demográficas(idade, gênero e microárea), motivo da consulta (CID-10) e tipo de consulta ambulatorial: consulta programada ou consulta não programada. Resultados: na US NSA prevaleceu os usuários do gênero feminino, faixa etária 35-44 anos, proveniente da microárea NSA3; o acesso aos serviços odontológicos foi por consultas programadas, e o códigoCID-10 de cárie dentária foi o mais freqüente. Na US SESC destaca-se de diferente a faixa etária de 0-11 anos e maior utilização do código CID-10 de primeira consulta odontológica programada. Conclusão: Os achados demonstram que é possível utilizar os dados do SIS para conhecer o perfil de utilização e a partir destes organizaro acesso em SB, baseado nos princípios APS.


Aim: Describe the dental service utilization profile from US NSA andUS SESC–Grupo Hospitalar Conceição.Materials and methods: The study evaluated a Sistema de Informações– SIS’ report obtained from dental appointments (June and August 2011. The variables were: demographic (age, gender and territory), aim of appointment (ICD-10) and type of it (booked or urgent). Results : Mostpatients from US NSA were women, age 35-44 years, coming from the area NSA3; seeking for booked appointments for treating dental caries. At US SESC, most patients were women, age 0-11 years, from the area SESC2, with a greater rate of booked appointments and utilization for complete dental exam/dental appointment to children 0-3 years. Conclusion: The results show that increasing the use of SIS data forDentistry can support the upgrading of resource distribution and management of oral health care in accor dance with the principles of Primary Care Attention.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Assistência Odontológica , Acesso aos Serviços de Saúde , Serviços de Informação , Atenção Primária à Saúde
2.
Porto Alegre; s.n; 2011. 18 p.
Tese em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-936644

RESUMO

Duas Unidades de Saúde do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição apresentam características semelhantes no que diz respeito às suas populações e equipes de saúde bucal. Ambas utilizam o Sistema de Informações em Saúde, que é alimentado com dados referentes ao usuário, à assistência e a atividades de promoção da saúde. O objetivo do trabalho foi estabelecer o perfil de utilização dos serviços odontológicos nas unidades utilizando os dados advindos do SIS. Foi analisado o relatório do SIS referente a consultas odontológicas realizadas por cirurgiões-dentistas entre os meses de junho a agosto de 2011, somando 1206 boletins entre as duas US. As variáveis analisadas foram: características sócio-demográficas (idade, gênero, micro área), motivo da consulta(CID 10) e tipo de consulta ambulatorial - SIASUS: consulta programada ou não programada. A partir dos resultados pode-se concluir que a maioria dos pacientes da US NSA era do gênero feminino, da faixa etária 35-44 anos, proveniente da microárea de menor risco e mais próxima da US; que o acesso aos serviços odontológicos se deu por meio de consultas programadas e que o código utilizado de cárie dentária foi o mais frequente. Também se pode afirmar que existe relação entre consulta não programada, diagnóstico de doenças da polpa e dos tecidos periapicais com a microárea mais vulnerável e mais distante da US. Na US SESC a maioria dos pacientes era do gênero feminino, da faixa etária de 0-11 anos, oriunda da micro área marcada por extrema desigualdade social e mais próxima da US, com maior índice de consultas programadas e maior utilização do código referente a exame odontológica completo/consulta da ação pragmática odontológica de 0-3 anos. Além disso existiu relação entre as consultas não programadas e o diagnóstico de doenças da polpa e dos tecidos periapicais. Os achados demonstram que é possível utilizar os dados do SIS para conhecer o perfil de utilização e a partir destes organizar a SB.


Assuntos
Humanos , Brasil , Assistência Odontológica , Atenção Primária à Saúde , Saúde Pública , Sistema Único de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA