Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Int J Clin Pract ; 73(2): e13295, 2019 Feb.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30444561

RESUMO

INTRODUCTION: Stroke is a major cause of death and disability worldwide. The use of modafinil, a wakefulness-promoting agent, is hypothesised to benefit stroke patients. METHODS: We performed a systematic review in accordance with the Cochrane Handbook for Systematic Reviews of Interventions recommendations to assess the efficacy and safety of modafinil in poststroke patients. We prospectively registered the review protocol in PROSPERO (CRD42017078465) and reported the systematic review following the PRISMA statement. RESULTS: Two published studies (77 participants) and one ongoing randomised controlled trial, with limited methodological quality, assessed the effects of modafinil (200 mg or 400 mg) for adults from 14 days poststroke up to 3 months poststroke and fulfilled our inclusion criteria. The clinical and methodological variability between studies precluded meta-analyses. Overall, these studies showed some benefit of modafinil for fatigue, but no benefit for disability, cognition, and for subscores of stroke-specific quality of life. Data for adverse events were scarce and mortality was not considered by studies. Due to very low quality related to the evidence, we are uncertain about the effects of modafinil for all outcomes assessed by our systematic review. CONCLUSION: Based on two small randomised controlled trial, which provided very low quality evidence, the effects (benefits and harms) of modafinil for stroke patients are unclear and do not support its routinely use in clinical practice for this clinical situation. Number of Protocol registration in PROSPERO database: CRD42017078465 (available from http://www.crd.york.ac.uk/PROSPERO/display_record.php?ID=CRD42017078465).


Assuntos
Modafinila/uso terapêutico , Acidente Vascular Cerebral/tratamento farmacológico , Promotores da Vigília/uso terapêutico , Cognição , Fadiga/tratamento farmacológico , Fadiga/etiologia , Humanos , Modafinila/efeitos adversos , Qualidade de Vida , Acidente Vascular Cerebral/complicações , Promotores da Vigília/efeitos adversos
2.
Diagn. tratamento ; 23(1): 19-23, 06/04/2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-882165

RESUMO

Introdução: Garantir a qualidade do relato de artigos é parte fundamental do processo científico e é uma responsabilidade do pesquisador. Com a importância e o grande número de revisões sistemáticas sendo publicadas na área da saúde, o uso de ferramentas voltadas à orientação do relato é imperativo. Objetivos: Apresentar a ferramenta PRISMA (Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses) e ferramentas derivadas voltadas a orientar o relato de artigos científicos que apresentem revisões sistemáticas e metanálises. Métodos: Estudo descritivo e de análise crítica realizado na Disciplina de Medicina Baseada em Evidências da Escola Paulista de Medicina (EPM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com busca da literatura. Resultados: Oito ferramentas foram incluídas a partir da estratégia de busca utilizada. Foram incluídas a ferramenta PRISMA e sete ferramentas derivadas para situações específicas. Conclusão: Adequar o relato de revisões sistemáticas é essencial para a transparência e a reprodutibilidade científica. A utilização da ferramenta PRISMA e suas extensões é fundamental para a adequação de revisões sistemáticas e seu uso deve ser difundido e incentivado.


Assuntos
Medicina Baseada em Evidências , Manuais e Guias para a Gestão da Pesquisa , Viés de Publicação , Componentes de Publicações , Formatos de Publicação , Revisão
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA