Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 551
Filtrar
1.
Subj. procesos cogn ; 26(1): 119-151, ago. 2022.
Artigo em Espanhol | LILACS, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-1392729

RESUMO

Las Representaciones Sociales son un conjunto de conocimientos, opiniones e imágenes que nos permiten evocar un evento, persona u objeto en particular. Estas representaciones son el resultado de la interacción social, que son comunes a un determinado grupo de individuos. El representante principal de la Teoría de las Representaciones Sociales es Serge Moscovici. Este artículo tiene como objetivo discutir la Representación Social a partir de una revisión de la literatura sobre la a) Historia de la Psicología Social y de las Representaciones Sociales; b) Teoría de las Representaciones Sociales como una forma de conocerse a sí mismo; c) Representación social, historia y memoria colectiva del sujeto; d) Objetivación y anclaje: la dinámica sociocognitiva de las representaciones sociales; e) La Teoría de las Representaciones Sociales como metodología de investigación; y f) Teoría de las Representaciones Sociales y la superación de algunas dicotomías AU


As Representações Sociais são oconjunto de conhecimentos, opiniões e imagens que nos permitem evocar um determinado acontecimento, pessoa ou objeto. Essas representações são o resultado da interação social, que são comuns aum determinado grupo de indivíduos. O principal representante da Teoria das Representações Sociais é Serge Moscovici. Este artigo tem como objetivo discorrer sobre a Representacao Social a partir de uma revisão da literatura sobre a) História da Psicologia Social e Representações Sociais; b) Teoria das Representações Sociais como forma de se conhecer; c) Representação social, história e memória coletiva do sujeito; d) Objetivação e ancoragem: a dinâmica sociocognitiva das representações sociais; e) A Teoria das Representações Sociais como metodologia de pesquisa; e f) Teoria das Representações Sociais e superação de algumas dicotomias AU


Social Representations are the set of knowledge, opinions and images that allow us to evoke a particular event, person or object. These representations are the result of social interaction, which are common to a certain group of individuals. The main representative of the Theory of Social Representations is Serge Moscovici. This article aims to discuss Social Representation from a literature reviewon a) History of Social Psychology and Social Representations; b) Theory of Social Representations as a way of getting to know each other; c) Social representation, history and collective memory of the subject; d) Objectification and anchoring: the socio-cognitive dynamics of social representations; e) The Theory of Social Representations as a research methodology; and f) Theory of Social Representations and overcoming some dichotomies AU


Assuntos
Literatura de Revisão como Assunto , Representações Sociais/métodos , Psicologia Social/história , Cognição Social
2.
Preprint em Português | SciELO Preprints | ID: pps-4344

RESUMO

This study aims to analyze how mathematical notions are worked with children of Early Childhood Education, in Brazilian teachers' view. The research approach is qualitative and exploratory, and it was developed by the application of an online questionnaire with seventy teachers from five Brazilian regions. The questionnaire answers were analyzed from questions with common objectives, proceeded to the interpretation and discussion from three groups: a) the relationship of the Early Childhood Education teacher with Mathematics; b) the mathematical notions taught and the resources and teaching materials used; c) the teacher pedagogical practice. Therefore, on the results, we notice that mathematical notions, in Early Childhood Education, are approached through practices that consider games, play, experiences, observations, objects manipulation, and others, as propellers of learning. At this stage, each child peculiarity is considered, as well as their previous knowledge that, associated with playful approaches, stimulate their creativity and interest, making mathematical knowledge possible.


El presente artigo tiene objetivo de analizar como son trabajadas las nociones matemáticas con los niños de la Educación Infantil, en visón de profesores brasileños. El abordaje de la pesquisa es cualitativo y de carácter exploratorio, desenvolvida por medio de la aplicación de un cuestionario on-line con setenta profesores de las cinco regiones brasileñas. Las respuestas del cuestionario fueron analizadas por las preguntas que tenían objetivos comunes, procedió a la interpretación y a la discusión sobre tres grupos: a) la relación del profesor de la Educación Infantil con la Matemática; b) las nociones matemáticas abordadas por el y los recursos y materiales didácticos utilizados; y c) su práctica pedagógica. Así, con relación a los resultados, nos dimos cuenta de que las nociones matemáticas son abordadas, en la Educación Infantil, por medio de prácticas que consideran los juegos, las bromas, las experiencias, las observaciones, la manipulación de objetos, etc., como conductores de aprendizaje. En esta etapa, las particularidades de cada niño son consideradas, así como sus conocimientos previos que, con la ayuda del lúdico, estimulan su creatividad y despiertan su interés, siendo posible la construcción de conocimientos matemáticos.


O presente artigo tem como objetivo como são trabalhadas as noções matemáticas com as crianças da Educação Infantil, na visão de professores brasileiros. A abordagem da pesquisa é qualitativa e de caráter exploratório, a partir da aplicação de um desenvolvimento on-line com setenta professores das cinco regiões brasileiras. Como comum à educação da questão matemática foi a partir de uma questão que teve como objetivo, procedidas à interpretação e à) a relação de três grupos de respostas com a) a relação do professor da Educação Infantil com a) b) conforme noções abordadas as matemáticas por ele e os recursos e materiais disponíveis utilizados; ec) a sua prática pedagógica.Assim, em relação aos resultados, notamos que abordadas como noções matemáticas, na educação infantil, a partir de práticas que envolvem os jogos, como brincadeira, como experiências, como observações, manipulação de objetos, etc., como propulsores da aprendizagem. Essa etapa, como particularidades de cada criança são levadas em consideração, assim como os seus conhecimentos que, com o auxílio do lúdico,

3.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 27(6): 2291-2302, jun. 2022. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1374997

RESUMO

Resumo O estudo objetivou investigar conhecimentos, atitudes e práticas de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre o controle do câncer do colo do útero (CCU) recomendadas pelo Ministério da Saúde (MS). Trata-se de estudo transversal, que utilizou questionário autoaplicável junto aos médicos e enfermeiros da ESF de Juiz de Fora, Minas Gerais, em 2019. Para a análise, empregou-se os testes qui-quadrado e exato de Fisher, nível de significância 5%. Entre os 170 pesquisados, o que correspondeu a 93% dos profissionais da ESF no município, a prevalência de conhecimento adequado foi de 39,4% e teve associação com idade mais jovem e sexo feminino. A prevalência de atitude adequada foi de 59.5%, e de práticas adequadas 77,6%, ambos associados a maior tempo de graduação. A presença das diretrizes do MS nas unidades associou-se aos desfechos conhecimento e prática adequada, ratificando a importância de material de apoio para consulta dos profissionais. Apenas 28,2% dos profissionais relataram ter recebido capacitação nos últimos três anos e 50,3% realizaram ações educativas para as usuárias. Destaca-se necessidade de ações de educação permanente junto aos profissionais, visando uma atuação mais efetiva para o enfrentamento e erradicação do CCU.


Abstract The study aimed to investigate the knowledge, attitudes and practices of professionals of the Family Health Strategy (FHS) on the control of uterine cervical cancer (CCU) recommended by the Ministry of Health (MS). This is a cross-sectional study, which used a self-administered questionnaire with the doctors and nurses of the FHS of Juiz de Fora, MG, in 2019. For analysis, the chi-square and Fisher's exact test were used, 5% level of significance. Among the 170 surveyed, which corresponded to 93% of FHS professionals in the city, the prevalence of adequate knowledge was 39.4% and had association with younger age and female gender. The prevalence of an adequate attitude was 59.5% and of appropriate practices 77.6%, both associated with a longer time since graduation. The presence of the Ministry of Health guidelines in the units was associated with the outcomes, knowledge and adequate practice, confirming the importance of support material for consultation by professionals. Only 28.2% of professionals reported having received training in the last 3 years and 50.3% carried out educational actions for users. The need for permanent education actions with professionals is highlighted, aiming at a more effective action to confront and eradicate CCU.

4.
Rev. Fac. Nac. Salud Pública ; 40(1): e6, ene.-abr. 2022. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1394644

RESUMO

Resumen Objetivo: Describir los conocimientos, las actitudes y las prácticas acerca de la toxoplasmosis en dos comunas de Armenia, Quindío, con alta prevalencia de la infección. Metodología: Estudio descriptivo con población de dos comunas de Armenia, Quindío. Se aplicó un cuestionario autodiligenciado tipo conocimientos, actitudes y prácticas. Esta herramienta incluyó elementos sobre el parásito Toxoplasma gondii, sus vías de transmisión, aspectos clínicos, diagnósticos y de tratamiento generales, así como prácticas para evitar la infección. El instrumento se aplicó antes y después de una intervención educativa. Se describieron las frecuencias en el número de respuestas correctas antes y después de la intervención para cada comuna. Resultados: Participaron 27 personas, con una media de edad de 57 años. El 59 % fueron mujeres. El 48% había completado la educación media y el 40,7 % la primaria. El conocimiento del agente causal antes de la intervención fue del 22 %, mientras que posterior a la intervención fue del 92,3 % en la comuna 1 y del 81,8 % en la comuna 6. Posterior a la intervención, cerca del 90 % de los encuestados reconoció la retina como la principal estructura afectada y todos los encuestados reconocieron el consumo de agua hervida como factor protector. Conclusión: Los conocimientos sobre la toxoplasmosis en las dos comunas eran limitados. Luego de la intervención educativa, se evidenció un aumento en el porcentaje de respuestas correctas en la mayoría de las preguntas. Se recomienda realizar nuevas intervenciones educativas y en salud pública, para evaluar los efectos de estas a largo plazo.


Abstract Objective: To describe knowledge, attitudes and practices related to toxoplasmosis in two districts of high prevalence in Armenia, Quindío. Methodology: descriptive study; the population of two districts of Armenia, Quindío were engaged. A self-administered questionnaire regarding knowledge, attitudes, and practices was applied. This tool included elements related to Toxoplasma gondii, its transmission pathways, general clinical, diagnostic and treatment aspects, as well as practices to prevent infection. The instrument was applied before and after an educational intervention. Frequencies were described as the number of correct answers before and after the intervention for each district. Results: 27 people participated, with an average age of 57 years. 59 % were women; 48 % had completed high school and 40.7 % had completed elementary school. Before the intervention, the knowledge of the causal agent was 22 %, while after the intervention, it was 92.3 % in district 1 and 81.8 % in district 6. After the intervention, about 90 % of participants recognized the retina as the main compromised structure and all participants recognized the consumption of boiled water as a protective factor. Conclusion: The knowledge regarding toxoplasmosis in the two districts was limited. After the educational intervention, there was an increase in the percentage of correct answers in most of the questions. New educational and public health interventions are recommended to assess the long-term effects of these interventions.


Resumo Objetivos: O objetivo deste estudo é descrever os problemas, as ações e as práticas sobre a toxoplasmose nas comunidades da Armênia, Quindío, onde se nota alta prevalência da infecção. Metodologia: Este é um estudo descritivo que abrange uma população de duas comunas na Armênia, Quindío. Foi implementada uma ferramenta, que consiste em questionários destinados àquela população e aplicáveis pelos seus próprios membros, que correspondem a conhecimentos, atitudes e práticas. Essa ferramenta inclui elementos sobre o parasito Toxoplasma gondii, suas vias de transmissão, aspectos clínicos gerais, diagnósticos e tratamento, e práticas de prevenção. O instrumento foi aplicado antes e após uma intervenção educativa exata. Foram descritas as frequências do número de acertos, antes e depois da intervenção para cada comuna. Resultados: participaram 27 pessoas, com média de idade de 57 anos, das quais 59 % eram mulheres e 48 % tinham ensino médio completo e 40,7 % ensino primário. O conhecimento do agente causal antes da intervenção havia em 22 %, enquanto que após a intervenção, passou para 92,3 % na comuna 1, e 81,8 % na comuna 6. Após a intervenção, cerca de 90 % dos entrevistados reconheceram a retina como a estrutura mais afetada e todos os entrevistados reconheceram que o consumo de água fervida é um fator de proteção. Conclusão: Desconhecimento sobre a toxoplasmose nas duas comunas. Após a intervenção educativa, houve evidência de aumento do percentual de acertos na maioria das questões. Recomenda-se a realização de novas intervenções educacionais e de saúde pública, para avaliar os efeitos destas a longo prazo na populacão.

5.
Enferm. glob ; 21(66): 235-247, abr. 2022. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-209745

RESUMO

Introducción: Dadas las dudas relevantes al período embarazo-puerperal y la importancia de la enfermera como educadora en salud, este estudio tuvo como objetivo evaluar el impacto de una intervención educativa grupal sobre el ciclo embarazo-puerperal en el conocimiento, actitud y práctica de mujeres embarazadas. Método: Se realizó un estudio evaluativo del conocimiento, actitud y práctica con enfoque cuantitativo con 20 gestantes en 2019. Se utilizó un instrumento antes y después de la intervención educativa. Se realizaron nueve reuniones y se abordaron 10 temas sobre el período embarazo-puerperal. Los datos se analizaron con el software Jamovi. Resultados: La edad media de las mujeres fue de 26,2 años. El 65% de los embarazos no fueron planificados. Hubo diferencia significativa en cuanto al conocimiento sobre los derechos de la gestante (p = 0,023) y la importancia de no dar agua ni té al bebé (p = 0,041). Hubo un cambio en la voluntad de dar a luz en una posición "acostada". También hubo una diferencia en el uso de condones después de la intervención (p = 0,008). Conclusión: Los profesionales de la salud pueden utilizar grupos para promover el empoderamiento de las mujeres embarazadas y permitirles buscar atención médica de alta calidad. (AU)


Introduction: Given the doubts relevant to the pregnancy-puerperal period and the importance of the nurse as a health educator, this study aimed to evaluate the impact of a group educational intervention about the pregnancy-puerperal cycle on the knowledge, attitude, and practice of pregnant women. Method: An evaluative study on the knowledge, attitude, and practice with a quantitative approach was carried out with 20 pregnant women in 2019. An instrument was used before and after the educational intervention. Nine meetings were held, and 10 themes were addressed about the pregnancy-puerperal period. The data were analyzed using the Jamovi software. Results: The mean age of women was 26.2 years. An amount of 65% of pregnancies was not planned. There was a significant difference regarding the knowledge about the rights of pregnant women (p=0.023) and the importance of not giving water or tea to the baby (p=0.041). There was a change in the willingness to give birth in a 'lying down' position. There was also a difference in condom use after the intervention (p=0.008). Conclusion: Health professionals can use groups to promote the empowerment of pregnant women and enable them to seek high quality health care. (AU)


Introdução: Diante das dúvidas pertinentes ao período gravídico-puerperal e conhecendo o papel do profissional enfermeiro como educador em saúde, o objetivo deste estudo foi avaliar o impacto de uma intervenção educativa grupal acerca do ciclo gravídico-puerperal no conhecimento, atitude e a prática de gestantes. Método: Estudo avaliativo do tipo Conhecimento, Atitude e Prática com abordagem quantitativa, realizado com 20 gestantes em 2019. Utilizou-se instrumento antes e após intervenção educativa grupal. Nove encontros foram realizados, sendo abordados 10 temas sobre o período gravídico-puerperal. Os dados foram analisados no software Jamovi®. Resultados: A idade média das mulheres era 26,2 anos. O quantitativo de 65% das gestações não foi planejado. Verificou-se diferença significante no que se refere ao conhecimento sobre os direitos das gestantes (p=0,023) e a não oferta de água e chás ao bebê (p=0,041). Houve mudança na disposição para parir deitada. Notou-se diferença no uso do preservativo após intervenção (p=0,008). Conclusão: Profissionais de saúde podem utilizar-se de grupos para promover empoderamento de gestantes e capacitá-las para buscar qualidade na assistência à sua saúde. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Gestantes , Educadores em Saúde , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Inquéritos e Questionários , Estudantes de Enfermagem , Docentes de Enfermagem , Brasil
6.
Invest. educ. enferm ; 40(1): 201-212, 01/03/2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1370629

RESUMO

Objective. Develop and semantically validate an instrument to assess the knowledge and attitudes of adolescents towards cardiopulmonary resuscitation (CPR)..Methods. Validation study of an instrument to evaluate the knowledge and attitudes of adolescents towards CPR, developed in three phases: (i) development of the evaluation instruments by the authors; (ii) content validation performed by 14 expert judges in the area using the content validity index for analysis; and (iii) semantic validation carried out with the participation of 30 adolescents between 11 and 13 years old. Results. In the content validation, the questions on CPR knowledge obtained a content validity index (CVI) between 0.92 and 1.00, with a general index of 0.98; and the questions about attitudes obtained an IVC between 0.85 and 1.00, with a general index also of 0.98. Regarding semantic validation, three questions were modified in the knowledge assessment instruments and five in the attitude assessment instrument. Conclusion. Semantic and content validation of the instruments studied showed that they are suitable for assessing the knowledge and attitudes of adolescents related to CPR, so their use is recommended in the evaluation of training actions in this population group.


Objetivo. Desarrollar y validar semánticamente un instrumento para evaluar los conocimientos y las actitudes de adolescentes hacia la resucitación cardiopulmonar (RCP). Métodos. Estudio de validación de un instrumento para evaluar los conocimientos y las actitudes de adolescentes hacia la RCP que se desarrolló en tres fases: (i) desarrollo de los instrumentos de evaluación por parte de los autores; (ii) validación de contenido realizada por 14 jueces expertos en el área utilizando el índice de validez de contenido para el análisis; y (iii) validación semántica realizada con la participación de 30 adolescentes, entre los 11 y 13 años. Resultados. En la validación de contenido, las preguntas sobre conocimientos de RCP obtuvieron un índice de validez de contenido (IVC) entre 0.92 y 1.00, con índice general de 0.98; y las preguntas sobre actitudes obtuvieron un IVC entre 0.85 a 1.00, con un índice general también de 0.98. En cuanto a la validación semántica, se modificaron tres preguntas en los instrumentos de evaluación de conocimientos y cinco en el instrumento de evaluación de actitudes. Conclusión. La validación semántica y de contenido de los instrumentos estudiados mostraron que son adecuados para la valoración de conocimientos y actitudes de los adolescentes relacionados con la RCP, por lo que se recomienda su uso en la evaluación de acciones formativas en este grupo poblacional.


Objetivo. Desenvolver e validar semanticamente um instrumento para avaliar os conhecimentos e as atitudes de adolescentes para a ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Métodos. Estudo de validação de um instrumento para avaliar os conhecimentos e as atitudes de adolescentes para a RCP que se desenvolveu em três fases: (i) desenvolvimento dos instrumentos de avaliação por parte dos autores; (ii) validação de conteúdo realizada por 14 juízes especialistas na área utilizando o índice de validez de conteúdo para a análise; e (iii) validação semântica realizada com a participação de 30 adolescentes de entre 11 e 13 anos. Resultados. Na validação de conteúdo, as perguntas sobre conhecimentos de RCP obtiveram um índice de validez de conteúdo (IVC) entre 0.92 e 1.00, com índice geral de 0.98; e as perguntas sobre atitudes obtiveram um IVC entre 0.85 a 1.00, com um índice geral também de 0.98. Enquanto à validação semântica, se modificaram três perguntas nos instrumentos de avaliação de conhecimentos e cinco no instrumento de avaliação de atitudes. Conclusão. A validação semântica e de conteúdo dos instrumentos estudados mostraram que são adequados para a valoração de conhecimentos e atitudes dos adolescentes relacionados com a RCP, por isso se recomenda seu uso na avaliação de ações formativas neste grupo populacional.


Assuntos
Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Adolescente , Reanimação Cardiopulmonar , Estudo de Validação
7.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 21(supl.1): e20226535, 14 janeiro 2022. ilus
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1359929

RESUMO

OBJETIVO: Mapear os instrumentos validados disponíveis na literatura para avaliação de conhecimentos e atitudes de estudantes de graduação na área da saúde sobre segurança do paciente. MÉTODO: Revisão de escopo conduzida a partir da metodologia Joanna Briggs Institute, com utilização da extensão do checklist PRISMA-ScR, nas seguintes fontes de informação: Biblioteca Virtual em Saúde, MEDLINE via Pubmed, COCHRANE, CINAHL, Scopus, Embase, Web of Science e Google Scholar. Serão considerados elegíveis estudos que respondam à pergunta de pesquisa, publicados em inglês, português e espanhol e que apresentem a descrição do instrumento utilizado. A seleção ocorrerá de maneira independente por dois revisores, a partir do software Rayyan. Divergências serão apreciadas por um terceiro revisor. Síntese e extração dos dados serão executadas considerando os itens de um formulário elaborado pelos autores. Os resultados serão apresentados por meio de quadro resumo, fluxograma e discussão narrativa. Registro da revisão no Open Science Framework: https://osf.io/wak7f.


OBJECTIVE: To map the validated instruments available in the literature to assess the knowledge and attitudes of undergraduate students in the health area about patient safety. METHOD: A scoping review conducted based on the Joanna Briggs Institute methodology, using the PRISMA-ScR checklist extension, in the following information sources: Virtual Health Library, MEDLINE via Pubmed, COCHRANE, CINAHL, Scopus, Embase, Web of Science and Google Scholar. Studies that answer the research question, published in English, Portuguese and Spanish and that present a description of the instrument used will be considered eligible. Selection will take place independently by two reviewers, based on the Rayyan software. Disagreements will be appreciated by a third reviewer. Data synthesis and extraction will be performed considering the items of a form prepared by the authors. The results will be presented through a summary chart, flowchart and narrative discussion. Review record in the Open Science Framework: https://osf.io/wak7f.


OBJETIVO: Mapear los instrumentos validados disponibles en la literatura para evaluar el conocimiento y las actitudes que poseen los estudiantes universitarios del área de la salud sobre la seguridad del paciente. MÉTODO: Revisión de alcance realizada según la metodología del Joanna Briggs Institute, utilizando la extensión de la checklist PRISMA-ScR, en las siguientes fuentes de información: Biblioteca Virtual en Salud, MEDLINE a través de Pubmed, COCHRANE, CINAHL, Scopus, Embase, Web of Science y Google Scholar. Se considerarán elegibles los estudios que respondan a la pregunta de investigación, publicados en inglés, portugués y español y que presenten una descripción del instrumento utilizado. La selección se llevará a cabo de forma independiente por dos revisores mediante el software Rayyan. Un tercer revisor evaluará los desacuerdos. La síntesis y extracción de los datos se realizará considerando los ítems de un formulario elaborado por los autores. Los resultados se presentarán a través de cuadro resumen, diagrama de flujo y discusión narrativa. La revisión fue registrada en Open Science Framework: https://osf.io/wak7f.


Assuntos
Humanos , Estudantes de Ciências da Saúde , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Inquéritos e Questionários , Segurança do Paciente
8.
O.F.I.L ; 32(1): 89-87, enero 2022. tab
Artigo em Português | IBECS | ID: ibc-205739

RESUMO

Objetivos: Identificar estratégias para melhorar conhecimentos, atitudes e práticas (CAP) sobre medidas de prevenção e controle da COVID-19 no mundo.Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática de evidência quantitativa e qualitativa com busca nas bases de dados PubMed, LILACS e Scopus. A qualidade do relato e da metodologia dos estudos incluídos foi avaliada por meio da ferramenta do Joanna Briggs Institute.Resultados: De 2.196 registros identificados na busca, 12 estudos foram incluídos. A maioria avaliou estratégias educacionais (n=10), principalmente treinamentos baseados em simulação (n=6) para profissionais de saúde (n=9). Independente da estratégia ou público, todos os estudos identificaram melhorias em conhecimento (n=7), prática (n=7) e atitude (n=4). Entretanto, todos os estudos apresentaram pelo menos uma limitação de qualidade.Conclusões: Estratégias efetivas foram identificadas para melhorar CAP na prevenção e controle da COVID-19, especialmente para profissionais de saúde com treinamento baseado em simulação (baixa qualidade). (AU)


Objectives: To identify strategies to improve knowledge, attitude, and practice (KAP) about prevention and control measures of COVID-19 in the world.Method: A systematic review of quantitative and qualitative evidence was conducted, searching PubMed, LILACS and Scopus databases. Reporting and methodological quality of the included studies was assessed using the Joanna Briggs Institute tool.Results: Of 2,196 records identified in the search, 12 studies were included. Most studies evaluated educational strategies (n=10), mainly training based on simulation (n=6) for health professionals (n=9). Regardless of strategy or audience, all studies identified improvements in knowledge (n=7), practice (n=7), and attitude (n=4). However, all studies presented at least one quality limitation.Conclusions: Effective strategies have been identified to improve CAP in the prevention and control of COVID-19, especially aimed at healthcare professionals with simulation-based training (low quality). (AU)


Assuntos
Humanos , Saúde Pública , Educação em Saúde , Coronavirus , Infecções , Terapêutica
9.
Rev. saúde pública (Online) ; 56: 27, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1377226

RESUMO

ABSTRACT OBJECTIVE To characterize knowledge, practices, and professional experience of community health agents (ACS) and endemic combat agents (ACE) on leprosy and Chagas disease (DC), during participation in an integrated training workshop in the IntegraDTNs-Bahia project. METHODS Descriptive and exploratory case study, involving health agents and endemic combat agents participating in a training workshop on the shared role of these professionals in health care and surveillance processes. The project was developed in the municipalities of Anagé, Tremedal and Vitória da Conquista, in the southwestern State of Bahia, 2019-2020. A specific instrument was applied, with questions related to knowledge and practices of surveillance and care for leprosy and Chagas disease. Descriptive analysis of the data, in addition to consolidation of the lexical analysis, was performed. RESULTS Out of a total of 135 participants (107 ACS and 28 ACE), 80.7% of them have been working for at least 12 years, without previous participation in joint training processes. Only 17.9% of endemic combat agentes reported having participated in training on leprosy and none reported developing specific actions to control the disease. For Chagas disease, 36.4% of community health agents participated in training more than a decade before, while for 60.7% of endemic combat agents the last training was carried out in the last five years. The development of educational actions for Chagas disease was more frequent for endemic combat agents (64.3%). When asked about ways of recognizing diseases, the term "skin spots" was the most reported (38 times) for leprosy and, for Chagas disease, the term "I don't know" (17 times). CONCLUSION Processes of health agents and endemic combat agents action in realities endemic for leprosy and Chagas disease in the interior of Bahia proved to be fragmented in the territories. For these diseases, the distance between surveillance and health care actions is reinforced, including in training processes. The importance of innovative permanent and integrated education actions is reiterated to actually promote changes in practices.


RESUMO OBJETIVO Caracterizar conhecimentos, práticas e experiência profissional de agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de controle de endemias (ACE) sobre hanseníase e doença de Chagas (DC), durante participação em oficina de formação integrada no projeto IntegraDTNs-Bahia. MÉTODOS Estudo de caso descritivo e exploratório, envolvendo comunitários de saúde e agentes de controle de endemias, participantes de oficina de formação sobre o papel compartilhado desses profissionais no processo de vigilância e atenção à saúde. Projeto desenvolvido nos municípios de Anagé, Tremedal e Vitória da Conquista, no Sudoeste do Estado da Bahia, 2019-2020. Aplicou-se instrumento específico prévio com questões relativas a conhecimentos e práticas de vigilância e atenção para hanseníase e doença de Chagas. Análise descritiva dos dados, além de consolidação da análise léxica. RESULTADOS Do total de 135 participantes (107 ACS e 28 ACE), 80,7% deles atuam há pelo menos 12 anos, sem participação prévia em processos de formação conjunta. Apenas 17,9% dos agentes de controle de endemias relataram ter participado de capacitações sobre hanseníase e nenhum informou desenvolver ações específicas de controle da doença. Para a doença de Chagas, 36,4% dos agentes comunitários de saúde participaram de capacitações há mais de uma década, enquanto para 60,7% dos agentes de controle de endemias a última capacitação foi realizada nos últimos cinco anos. O desenvolvimento de ações educativas para a doença de Chagas foi mais frequente para agentes de controle de endemias (64,3%). Quando perguntados sobre formas de reconhecimento das doenças, a palavra "manchas na pele" foi a mais relatada (38 vezes) para hanseníase e, para a doença de Chagas, a palavra "não sei" (17 vezes). CONCLUSÃO Os processos de atuação de agentes comunitários de saúde e agentes de controle de endemias em realidades endêmicas para hanseníase e doença de Chagas no interior da Bahia revelaram-se desintegrados nos territórios. Para essas doenças, reforça-se o distanciamento entre ações de vigilância e de atenção à saúde, inclusive nos processos de capacitação. Reitera-se a importância de ações inovadoras de educação permanentes e integradas para promover de fato mudanças nas práticas.

10.
Texto & contexto enferm ; 31: e20210187, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1377422

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze, in the literature, the nurses' knowledge, attitudes and practices regarding Hepatitis B. Method: an integrative review, with search and selection conducted independently by peers, after electronic queries in the CINAHL, MEDLINE, SCOPUS, Web of Science, LILACS, BDENF and IBECS databases in January 2021. The sample consisted in 15 primary studies published with no time or language restrictions. Analysis and synthesis of the results were carried out in a descriptive manner. Results: limitations in knowledge, inconsistent attitudes and commonly neglected assistance-related practices were identified, related to prevention, immunization and biosafety measures, to risk management and to monitoring of symptoms and complications, which contributed to greater occupational exposure. Among the associated factors, low participation in permanent education activities, training level, working conditions, limitations in the availability of immunization tests (anti-HBs) and underreporting of health problems stood out. Conclusion: the knowledge, attitudes and practices developed by nurses in relation to Hepatitis B proved to be limited and inconsistent, which may result in greater occupational exposure, as well as exert a direct impact on vaccination coverage and occurrence of incidents.


RESUMEN Objetivo: analizar, en la literatura, los conocimientos, las actitudes y las prácticas de los enfermeros en relación a la Hepatitis B. Método: revisión integradora, en la cual la búsqueda y la selección fueron realizadas por pares y de manera independiente, luego de consultas electrónicas en las siguientes bases de datos: CINAHL, MEDLINE, SCOPUS, Web of Science, LILACS, BDENF e IBECS en enero de 2021. La muestra estuvo compuesta por 15 estudios primarios publicados sin restricciones de tiempo o de idioma. El análisis y la síntesis de los resultados se realizaron en forma descriptiva. Resultados: se identificaron limitaciones en el conocimiento, actitudes inconsistentes y prácticas asistenciales comúnmente desatendidas, relacionadas con las medidas de prevención, inmunización y bioseguridad, y con la administración del riesgo y el monitoreo de síntomas y complicaciones, que contribuyeron a una mayor exposición ocupacional. Entre los factores asociados, se destacaron los siguientes: escasa participación en actividades de educación permanente, el nivel de formación, las condiciones laborales, las limitaciones en la disponibilidad de pruebas de inmunización (anti-HBs) y la subnotificación de problemas de salud. Conclusión: los conocimientos, las actitudes y las prácticas desarrolladas por los enfermeros, en relación con la Hepatitis B, demostraron ser limitados e inconsistentes, con la posibilidad de derivar en una mayor exposición ocupacional, al igual que de afectar directamente la cobertura de las vacunas y la frecuencia de incidentes.


RESUMO Objetivo: analisar, na literatura, o conhecimento, as atitudes e as práticas de enfermeiros sobre hepatite B. Método: revisão integrativa, com busca e seleção realizadas por pares e de forma independente, após consulta eletrônica às bases de dados CINAHL, MEDLINE, SCOPUS, Web of Science, LILACS, BDENF e IBECS em janeiro de 2021. A amostra foi constituída por 15 estudos primários publicados sem restrição temporal ou de idioma. A análise e a síntese dos resultados ocorreram de forma descritiva. Resultados: foram identificadas limitações no conhecimento, atitudes inconsistentes e práticas assistenciais comumente negligenciadas, relacionadas às medidas de prevenção, imunização e biossegurança, ao gerenciamento de risco e monitoramento de sintomas e complicações, que contribuíram para uma maior exposição ocupacional. Dentre os fatores associados, destacaram-se a baixa participação em atividades de educação permanente, o nível de formação, as condições laborais, as limitações na disponibilização de testes de imunização (anti-HBs) e a subnotificação de agravos. Conclusão: o conhecimento, as atitudes e as práticas desenvolvidos por enfermeiros, relacionados à hepatite B, mostraram-se limitados e inconsistentes, podendo resultar na maior exposição ocupacional, assim como impactar diretamente a cobertura vacinal e a ocorrência de incidentes.

11.
Audiol., Commun. res ; 27: e2572, 2022. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1383886

RESUMO

RESUMO Objetivo compreender como é a formação, o conhecimento, a demanda e a atuação clínica dos fonoaudiólogos do estado do Rio Grande do Sul na temática de distúrbios alimentares pediátricos. Métodos estudo transversal, descritivo, de abordagem quantitativa. A população foi composta por profissionais de Fonoaudiologia atuantes nas instituições de saúde e educação dos 42 municípios de abrangência da Macrorregião Centro-Oeste do Rio Grande do Sul. O contato com os participantes ocorreu a partir de um cadastro disponibilizado pelas Coordenadorias Regionais de Saúde dessa macrorregião. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário online disponível na plataforma Formulários Google. Resultados o conhecimento para a atuação junto à população pediátrica com distúrbio alimentar mostrou-se insuficiente para a adequada condução dos casos. As maiores dúvidas das fonoaudiólogas foram a respeito da etiologia e tratamento da doença, além de 74,1% das participantes referirem insegurança para avaliar e tratar os pacientes com esse quadro. Conclusão a maioria das fonoaudiólogas da Macrorregião Centro-Oeste do Rio Grande do Sul sente insegurança para atuar com o distúrbio alimentar pediátrico e relata pouco conhecimento sobre o tema. Portanto, considera-se necessário o investimento em formação continuada para as profissionais, a fim de favorecer a criação de saberes comuns, fornecendo subsídios científicos e elementos técnicos para a replicação nos seus locais de trabalho.


ABSTRACT Purpose To understand the training, knowledge, demand and clinical performance of speech-language pathologists on the subject of pediatric feeding disorders in the interior of Rio Grande do Sul. Methods cross-sectional study, descriptive of quantitative approach. The population of this study was composed of Speech-Language Pathology professionals working on health and education institutions in the 42 cities of Midwest macro-region of Rio Grande do Sul. The contact with the participants was obtained from a register made available by the Regional Health Coordinations of this macro-region. The data collection occurred through an online quiz made available on the Google Forms platform. Results the knowledge for working with the pediatric population with feeding disorder proved to be insufficient for proper handling of cases. The biggest doubts of speech-language pathologists are about the etiology and treatment of the disease, in addition to 74.1% of the participants reporting lack of confidence to assess and treat patients with this condition. Conclusion most of the speech-language pathologists of the Midwest macro-region of Rio Grande do Sul do not feel up to handle cases with pediatric feeding disorder and report little knowledge about the subject. Thus, the investment in continuing training is considered necessary, in order to improve the creation of common knowledge, providing scientific subsidies and technical elements for replication in their workplaces.


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Pessoal de Saúde/educação , Nutrição da Criança , Fonoaudiologia/educação , Comportamento Alimentar , Brasil , Inquéritos e Questionários
12.
Belo Horizonte; s.n; 2022. 231 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1381192

RESUMO

Adoto como objeto de estudo a subjetivação de mulheres-enfermeiras envolvidas em movimentos sociais e as implicações para o cuidado e profissão de Enfermagem. Tal escolha se dá diante do contexto de desigualdades de gênero na sociedade e na profissão. Buscosustentação em referenciais que embasam entendimentos acerca da importância dos movimentos de mulheres na redução das desigualdades de gênero e como impulsionadores da (re)existência de corpos e vidas mais críticas e criativas e referenciais do cuidado de Enfermagem, em uma perspectiva política e social. Defendo a tese de que os movimentos sociais se caracterizam como dispositivos para mulheres-enfermeiras, de modo que tanto potencializam modos de subjetivação, são disparadores de técnicas e práticas de si, como podem ser capturados por jogos de verdade, locais de disciplinamento, travestidos de práticas de liberdade. Em consequência, a participação em movimentos sociais tem implicações na produção do cuidado de Enfermagem, uma extensão do ser, no modo saber-fazer. Adoto as seguintes questões norteadoras: Como ocorre a participação de enfermeiras nos movimentos sociais de mulheres e movimentos feministas? Como se conforma a subjetivação delas nesses espaços? Quais implicações para o cuidado são produzidas nessa/ por essa participação? O objetivo do estudo foi analisar os modos de subjetivação de mulheres-enfermeiras envolvidas em movimentos sociais de mulheres e feministas e as implicações para o cuidado de Enfermagem. Trata-se de pesquisa-interferência, de abordagem qualitativa, ancorada na perspectiva pós-estruturalista e com enfoque narrativo. Na caixa de ferramentas foram incluídos referenciais e instrumentos de observação-participante e de entrevistas narrativas. A produção dos dados foi orientada por dois momentos interligados: Mapeamento da participação e envolvimento de enfermeiras em movimentos sociais de mulheres, coletivos femininos e espaços de participação social; e Analítica da subjetivação de mulheres-enfermeiras envolvidas com o ativismo político e social e implicações para o cuidado de Enfermagem. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais e todas as etapas estão em consonância com os princípios éticos que envolvem pesquisas com seres humanos. O conjunto de dados obtidos resulta da observação de 17 eventos ocorridos na Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG e seis entrevistas narrativas com enfermeiras inseridas em movimentos sociais e com representação política, no período de novembro de 2018 a abril de 2021. Os textos de campo foram convertidos em três cenas vividas e (re)criadas de encontro com mulheres nos movimentos sociais, sobre o ponto de vista do cuidado de Enfermagem. As entrevistas foram submetidas à analítica do discurso, tendo como base conceitual Michel Foucault, sendo apresentadas em dois modos: narrativa coletiva em formato de História em Quadrinhos; e uma perspectiva transversal de análise dos discursos em trechos. Os resultados são discutidos em três categorias: Contextos e enredos dos encontros; Ser mulher-enfermeira e o envolvimento em movimentos sociais; e O envolvimento sociopolítico e o saber-fazer-cuidado de mulheres-enfermeiras. Os dados produzidos confirmam a tese de doutorado: os movimentos sociais de mulheres se apresentam como dispositivos de subjetivação e, em uma balança provisória entre discursos permanentes e emergentes, se destaca o potencial destes últimos para acionar e afetar corpos, politizar e criar vínculos e redes e acionar e desenvolver saberes sociopolíticos-emancipatórios com implicações na produção do cuidado de Enfermagem. Evidenciou-se a necessidade de promover mudanças na forma de cuidado comumente ofertada. O estudo contribui para aproximações com a temática da participação social e feminismo em saúde, com possíveis retornos em termos de redução das desigualdades de gênero na vida de cada uma, na profissão e para a sociedade. Novas perguntas e reflexões são disparadas no sentido de continuidade da evolução na relação entre feminismo e enfermagem, passagem ainda que gradual de um estado de estranhamento para inclusão nos currículos, fazeres cotidianos e lógicas de pensamento.


I adopt as object of study the subjectivation of women-nurses involved in social movements and the implications for care and the nursing profession. Such choice is given the context of gender inequalities in society and in the profession. I seek support in references that support understandings about the importance of women's movements in reducing gender inequalities and as drivers of the (re)existence of more critical and creative bodies and lives and references of Nursing care, from a political and social perspective. I defend the thesis that social movements are characterized as devices for women-nurses, in such a way that they both potentiate modes of subjectivation, are triggers of techniques and practices of the self, and may also be captured by games of truth, places of disciplining, disguised as practices of freedom. Consequently, the participation in social movements has implications in the production of Nursing care, an extension of being, in the way of knowing how to do. I adopted the following guiding questions: How does the participation of nurses in social movements of women and feminist movements occur? How is their subjectivation shaped in these spaces? What implications for care are produced in/by this participation? The objective of the study was to analyze the modes of subjectivation of women-nurses involved in women's social and feminist movements and the implications for Nursing care. This is a qualitative interference research, anchored in the post-structuralist perspective and with a narrative approach. The toolbox included references and instruments of participant observation and narrative interviews. Data production was guided by two interconnected moments: Mapping of the participation and involvement of nurses in women's social movements, women's collectives and spaces for social participation; and Analytic of the subjectivation of women-nurses involved in political and social activism and implications for Nursing care. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Minas Gerais and all steps are in line with the ethical principles involving research with human beings. The data set obtained results from the observation of 17 events that occurred in the Metropolitan Region of Belo Horizonte-MG and six narrative interviews with nurses inserted in social movements and with political representation, in the period from November 2018 to April 2021. The field texts were converted into three scenes experienced and (re)created of encounters with women in social movements, from the point of view of Nursing care. The interviews were submitted to discourse analytics, having Michel Foucault as conceptual base, being presented in two modes: collective narrative in Comic Book format; and a transversal perspective of discourse analysis in excerpts. The findings are discussed in three categories: Contexts and storylines of the encounters; Being a woman-nurse and the involvement in social movements; and The sociopolitical involvement and the know-how care of women nurses. The data producedconfirm the doctoral thesis: women's social movements present themselves as subjectivation devices and, in a provisional balance between permanent and emerging discourses, the potential of the latter to trigger and affect bodies, politicize and create bonds and networks and trigger and develop sociopolitical emancipatory knowledge with implications for the production of nursing care stands out. The need to promote changes in the form of care commonly offered was evident. The study contributes to approximations with the theme of social participation and feminism in health, with possible returns in terms of reducing gender inequalities in the life of each one, in the profession, and for society. New questions and reflections are triggered in the sense of continuing the evolution of the relationship between feminism and nursing, even if gradually moving from a state of estrangement to inclusion in the curricula, daily actions and logic of thought.


Assuntos
Feminismo , Ativismo Político , Cuidados de Enfermagem , Justiça Social , Saúde Pública , Educação em Saúde , Dissertação Acadêmica , Discurso , Disparidades nos Níveis de Saúde
13.
Acta ortop. bras ; 30(spe1): e255964, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1383438

RESUMO

ABSTRACT Objective: To assess whether residents (R1, R2, or R3 - according to the year of residency) of a tertiary orthopedic service investigate, treat and/or refer the patient with osteoporotic fracture for osteoporosis (OP) treatment and whether this learning is improved over the years of residency. Methods: Residents answered diagnostic and therapeutic questions related to a clinical case of osteoporotic fracture (OF) in 4 settings, which were initial care in the emergency room, at discharge, during outpatient follow-up at 3 and 6 months. Responses were compared between years of residency. Results: Twenty R1, 21 R2, and 19 R3 raised the questions. One resident treated osteoporosis in R1, two in R2, and four in R3. Seventy-five percent of R1, 90.5% of R2, and 68% of R3 referred patients for OP treatment. Over the years, there has been improved prescribing lab tests for osteoporosis (p = 0.028), with 52.6% of third-year residents prescribing adequate lab tests. In the same period, 100% of R3 correctly prescribed prophylaxis for deep vein thrombosis (p = 0.001). Conclusion: There is learning, but not enough, for secondary prevention of FO. Level of Evidence I; Prospective Comparative Study.


RESUMO Objetivo: Avaliar se residentes (R1, R2 ou R3 - de acordo com o ano de residência) de um serviço ortopédico terciário, investigam, tratam e/ou encaminham o paciente com fratura osteoporótica para tratamento de osteoporose (OP) e se esse aprendizado é melhorado ao longo dos anos de residência. Métodos: Os residentes responderam a questões diagnósticas e terapêuticas relacionadas a um caso clínico de fratura osteoporótica (OF) em 4 cenários, que foram o atendimento inicial no pronto-socorro, no momento da alta hospitalar, durante o acompanhamento ambulatorial em 3 e 6 meses. As respostas foram comparadas entre os anos de residência. Resultado: Vinte R1, 21 R2 e 19 R3 levantaram as questões. Um residente tratou osteoporose em R1, dois em R2 e quatro em R3. Setenta e cinco por cento de R1, 90,5% de R2 e 68% de R3 encaminharam pacientes para tratamento com OP. Há melhora na prescrição de exames laboratoriais para investigação de osteoporose ao longo dos anos (p = 0,028) com 52,6% dos residentes do terceiro ano que prescrevem exames laboratoriais adequados. No mesmo período, 100% de R3 prescreveram corretamente a profilaxia para trombose venosa profunda (p = 0,001). Conclusão: Há aprendizado, porém insuficiente, para a prevenção secundária da FO. Nível de Evidência I; Estudo Prospectivo Comparativo.

14.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 26(spe): e20210504, 2022. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1380312

RESUMO

Objetivo: Avaliar o conhecimento dos enfermeiros recém-formados sobre as medidas das Precauções Específicas (PE). Método: Estudo transversal descritivo-exploratório, com abordagem quantitativa, realizado em um hospital privado de São Paulo, em fevereiro de 2019. Os enfermeiros foram abordados para participar da pesquisa enquanto aguardavam o início do processo seletivo para "Enfermeiro Junior". Para avaliar o conhecimento, foi utilizado um instrumento validado, contendo 29 questões de múltipla escolha, divididas em cinco eixos temáticos, sendo definida como ponto de corte a média 7,0 (de zero a 10). Para análise dos dados, foi usado o pacote estatístico R Core, e o lme4 para os modelos mistos generalizados, sendo adotado nível de significância de 5%. Resultados: Participaram do estudo 190 enfermeiros recém-formados com nota geral de 5,82, sendo a maior média (7,9) no eixo "Equipamento de Proteção Individual". Nos demais eixos, as médias foram abaixo de 7,0, tendo a menor pontuação (4,35) no eixo "Cuidados com o Ambiente". Conclusão e Implicações para a prática: O estudo evidenciou déficit de conhecimento sobre as PE entre os enfermeiros recém-formados, com implicações para a segurança dos pacientes e dos profissionais de saúde, desde a prática assistencial na graduação (estágios) ao início da carreira profissional


Objective: To assess the knowledge of newly graduated nurses about Specific Precautions/Isolation measures. Method: A cross-sectional descriptive-exploratory study with a quantitative approach was conducted in a private hospital in São Paulo in February 2019. The researcher approached the nurses waiting for the "Junior Nurse" position selection process to participate in the survey. The participants answered a validated instrument with 29 multiple-choice questions, divided into five thematic categories. A score of 7.0 (from zero to 10) was defined as the cut-off point. The R Core statistical package and the lme4 for generalized mixed models were used for data analysis, with a significance level of 5%. Results: 190 newly graduated nurses participated in the study, with an overall knowledge of Specific Precautions score of 5.82, with the highest mean (7.9) in the "Personal Protective Equipment" category. In the other four categories, the nurses scored below 7.0, with the lowest score (4.35) in the "Care for the environment". Conclusion and Implications for the practice: The study showed a deficiency of Specific Precautions knowledge among newly graduated nurses, with implications for the patients' and healthcare professionals' safety from graduation practice (internship) to the beginning of their professional career


Objetivo: Evaluar los conocimientos de los enfermeros recién graduados sobre las medidas de Precauciones Específicas/aislamiento. Método: Se realizó un estudio transversal descriptivo-exploratorio con enfoque cuantitativo en un hospital privado de São Paulo en febrero/2019. El investigador abordó a los enfermeros que esperaban el proceso de selección del puesto de "Enfermero Junior" para que respondieran a la encuesta. Se utilizó un instrumento validado con 29 preguntas de opción múltiple, divididas en cinco categorías temáticas, y definió como punto de corte 7,0 (de cero a 10). Se utilizó el paquete estadístico R Core y el lme4 para modelos mixtos generalizados, y nivel de significación del 5%. Resultados: Participaron 190 enfermeros recién graduados con una puntuación global de 5,82, con la media más alta (7,9) en "Equipos de protección personal". En las demás categorías, las puntuaciones fueron inferiores a 7,0, siendo la más baja (4,35) la de "Cuidado del ambiente". Conclusión e implicaciones para la práctica: El estudio mostró una deficiencia de conocimientos sobre Precauciones Específicas entre los enfermeros recién graduados, lo que tiene implicaciones para la seguridad de los pacientes y de los profesionales de la salud desde la práctica de graduación (pasantía) hasta el inicio de la carrera profesional


Assuntos
Humanos , Adulto , Adulto Jovem , Controle de Doenças Transmissíveis , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , COVID-19/prevenção & controle , Enfermeiras e Enfermeiros , Estudos Transversais , Equipamento de Proteção Individual , COVID-19/transmissão
15.
Texto & contexto enferm ; 31: e20210018, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1361172

RESUMO

ABSTRACT Objective: to evaluate knowledge, attitude and practice about Gestational Hypertensive Syndrome among pregnant women, after an educational intervention. Method: a controlled, randomized and longitudinal clinical trial, related to the Knowledge, Attitude and Practice survey on Gestational Hypertensive Syndrome complications, carried out with 120 pregnant women at a public maternity hospital in Fortaleza-CE, Brazil. Data collection was performed at three moments and the pregnant women were separated into two groups with 60 participants each. For quantitative comparisons, the Student's t test or the Mann-Whitney's test were applied. To study qualitative associations, the Chi-square or Fisher's exact tests were employed. Results: adequate assessment of knowledge, attitude and practice was identified in the intervention group, on the seventh and thirtieth days after the intervention (p<0.05), with an increased chance of adequate knowledge on the seventh (Odds Ratio=6.63 - Confidence Interval: 3.5-12.55) and on the thirtieth (Odds Ratio=6.25 - Confidence Interval: 3.13-12.50) days. In this group, the attitude was adequate on the seventh (Odds Ratio=6.11 - Confidence Interval: 3.28-11.39) and on the thirtieth (Odds Ratio=6.44 - Confidence Interval: 3.49-11.89) days. The practice was also adequate on the seventh (Odds Ratio=3.73 - Confidence Interval: 2.21-6.28) and on the thirtieth (Odds Ratio=4.91 - Confidence Interval: 2.90-8.32) days. Conclusion: the pregnant women who participated in the educational intervention presented more adequacy in relation to knowledge, attitude and practice, when compared to those in the control group. Brazilian Registry of Clinical Trials (Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos, REBEC) RBR-8wyp8j


RESUMEN Objetivo: evaluar el conocimiento, la actitud y la práctica sobre el Síndrome Hipertensivo Gestacional entre mujeres embarazadas, después de una intervención educativa. Método: ensayo clínico controlado, aleatorizado y longitudinal, relacionado con la encuesta de Conocimiento, Actitud y Práctica sobre complicaciones del Síndrome Hipertensivo Gestacional, realizado con 120 mujeres embarazadas en una maternidad pública de Fortaleza-CE, Brasil. La recolección de datos tuvo lugar en tres momentos y se separó a las mujeres embarazadas en dos grupos de 60 participantes cada uno. Para las comparaciones cuantitativas, se aplicó la prueba t de Student o la de Mann-Whitney. Para estudiar las asociaciones cualitativas, se empleó la prueba de Chi-cuadrado o la prueba exacta de Fisher. Resultados: se identificó una evaluación adecuada del conocimiento, la actitud y la práctica en el grupo intervención, a los siete y treinta días posteriores a las intervenciones (p<0,05), con un incremento en la probabilidad de conocimiento adecuado al día siete (Odds Ratio=6,63 - Intervalo de Confianza: 3,5-12,55) y al día treinta (Odds Ratio=6,25 - Intervalo de Confianza: 3,13 - 12,50). En este grupo, la actitud fue adecuada al día siete (Odds Ratio=6,11 - Intervalo de Confianza: 3,28 -11,39) y al día treinta (Odds Ratio=6,44 - Intervalo de Confianza: 3,49-11,89). La práctica también resultó adecuada al día siete (Odds Ratio=3,73 - Intervalo de Confianza: 2,21-6,28) y al día treinta (Odds Ratio=4,91 - Intervalo de Confianza: 2,90-8,32). Conclusión: las mujeres embarazadas que participaron en la intervención educativa presentaron más adecuación en relación con el conocimiento, la actitud y la práctica, en comparación las participantes del grupo control. Registro Brasileño de Ensayos Clínicos (REBEC) RBR-8wyp8j


RESUMO Objetivo: avaliar conhecimento, atitude e prática sobre Síndrome Hipertensiva Gestacional entre gestantes, após intervenção educativa. Método: ensaio clínico controlado, randomizado e longitudinal, relacionado ao inquérito Conhecimento, Atitude e Prática sobre complicações da Síndrome Hipertensiva Gestacional, realizado em maternidade pública de Fortaleza-CE, Brasil, com 120 gestantes. A coleta de dados foi realizada em três momentos e as gestantes separadas em dois grupos com 60 participantes cada. Para comparações quantitativas, aplicou-se o teste t de Student ou Mann-Whitney. Para estudar associações qualitativas, empregou-se o teste Qui-quadrado ou exato de Fisher. Resultados: identificou-se avaliação adequada do conhecimento, da atitude e prática no grupo intervenção, no sétimo e trigésimo dia pós-intervenção (p<0,05), com aumento de chance para o conhecimento adequado no sétimo (Odds Ratio=6,63 - Intervalo de Confiança: 3,5-12,55) e no trigésimo dia (Odds Ratio=6,25 - Intervalo de Confiança: 3,13 - 12,50). Neste grupo, a atitude foi adequada no sétimo (Odds Ratio= 6,11 - Intervalo de Confiança: 3,28-11,39) e no trigésimo dia (Odds Ratio=6,44 - Intervalo de Confiança: 3,49-11,89). Prática também adequada no sétimo (Odds Ratio=3,73 - Intervalo de Confiança: 2,21-6,28) e trigésimo dia (Odds Ratio=4,91 - Intervalo de Confiança: 2,90-8,32). Conclusão: as gestantes que participaram da intervenção educativa apresentaram mais adequabilidade em relação ao conhecimento, à atitude e prática, quando comparadas às participantes do grupo controle. Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos (REBEC) RBR-8wyp8j


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde/métodos , Hipertensão Induzida pela Gravidez , Fatores Socioeconômicos , Estudos Longitudinais
16.
Rev. bras. enferm ; 75(3): e20210391, 2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1357030

RESUMO

ABSTRACT Objectives: to understand the experience of Primary Health Care nurses with palliative care and their educational needs on the topic. Methods: an exploratory study, with a qualitative approach. The data was collected through 19 focus groups involving 181 nurses. In interpreting the results, the thematic analysis was used. Results: the knowledge presented by nurses in palliative care proved to be limited. Gaps were identified in the definition of palliative care and in the philosophical principles that guide it. The experiences described highlighted the need for continuing education regarding the definition and philosophy of palliative care, patient eligibility, integral care to the patient and the family, interpersonal communication and difficult news, performance in a multi-professional team, and end-of-life care. Final Considerations: the analysis of the perceptions of Primary Health Care nurses about palliative care can help identify the obstacles to improving the provision of this care modality.


RESUMEN Objetivos: comprender la experiencia de enfermeros de la Atención Primaria de Salud con cuidados paliativos y sus necesidades educacionales en la temática. Métodos: estudio exploratorio, de abordaje cualitativo. Datos recolectados mediante 19 grupos focales que involucraron 181 enfermeros. Para interpretación de resultados, utilizado el análisis temático. Resultados: el conocimiento presentado por enfermeros en cuidados paliativos revelado limitado. Identificadas lagunas en definición de los cuidados paliativos y los principios filosóficos que los dirigen. Las experiencias descriptas evidenciaron la necesidad de educación permanente relativa a definición y filosofía de cuidados paliativos, elegibilidad de los pacientes, cuidado integral al paciente y la familia, comunicación interpersonal y noticias difíciles, actuación en equipe multiprofesional y cuidados al final de vida. Consideraciones Finales: el análisis de las percepciones de los enfermeros de la Atención Primaria de Salud sobre cuidados paliativos puede ayudar a identificar los obstáculos para mejoría de la oferta de esa modalidad de cuidado.


RESUMO Objetivos: compreender a experiência de enfermeiros da Atenção Primária à Saúde com cuidados paliativos e suas necessidades educacionais na temática. Métodos: estudo exploratório, de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados mediante 19 grupos focais que envolveram 181 enfermeiros. Na interpretação dos resultados, utilizou-se a análise temática. Resultados: o conhecimento apresentado pelos enfermeiros em cuidados paliativos revelou-se limitado. Foram identificadas lacunas na definição dos cuidados paliativos e nos princípios filosóficos que os norteiam. As experiências descritas evidenciaram a necessidade de educação permanente relativa à definição e filosofia dos cuidados paliativos, elegibilidade dos pacientes, cuidado integral ao paciente e à família, comunicação interpessoal e de notícias difíceis, atuação em equipe multiprofissional e cuidados no final de vida. Considerações Finais: a análise das percepções dos enfermeiros da Atenção Primária à Saúde sobre cuidados paliativos pode ajudar a identificar os obstáculos para a melhoria da oferta dessa modalidade de cuidado.

17.
Cad. Bras. Ter. Ocup ; 30: e2964, 2022. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1364622

RESUMO

Resumo Introdução A reflexão sobre a prática, na perspectiva da epistemologia da racionalidade prática, favorece o ganho de consciência sobre seus aspectos tácitos, como do raciocínio profissional. Estudos que focalizam a reflexão sobre a prática para sustentar o raciocínio profissional de terapeutas ocupacionais têm emergido; porém, eles ainda são incipientes, especialmente no Brasil. Objetivo Analisar o conteúdo e a aplicabilidade de uma ferramenta reflexiva para sustentar o raciocínio profissional no processo de análise situada das necessidades da pessoa em acompanhamento em terapia ocupacional. Método Pesquisa-ação, com participação de 11 terapeutas ocupacionais atuantes na Atenção Básica à Saúde, desenvolvida com as seguintes etapas: elaboração prévia da ferramenta; utilização da ferramenta pelas participantes e análise de seu conteúdo e estrutura; entrevistas individuais após a utilização; análise descritiva e temática; adequação da ferramenta; oficinas de validação; e construção da versão final da ferramenta. Resultados As modificações sugeridas abarcaram alterações de termos, acréscimos e integração de diferentes domínios. A versão final da ferramenta se estruturou em 20 questões, organizadas em sete domínios. As possibilidades de aplicabilidade foram: dar visibilidade para as especificidades da terapia ocupacional no trabalho em equipe; possibilitar a reflexão sobre a prática e melhorar o raciocínio profissional; utilizar a ferramenta em outros contextos de prática e no ensino da prática profissional. Conclusão A ferramenta apresenta aplicabilidade prática, contribuindo para fortalecer o núcleo profissional em terapia ocupacional e o diálogo interprofissional, facilitando a reflexão sobre a prática e ampliando a consciência sobre processos de raciocínio profissional.


Abstract Introduction Reflection on practice, from the epistemology of practical rationality perspective, favors gaining awareness of tacit aspects of the practice, such as professional reasoning. Studies focusing the reflection on practice to support occupational therapists' reasoning have emerged. However, they are still incipient, especially in Brazil. Objective To analyze the content and applicability of a reflective tool to support professional reasoning in the process of situated analysis of the needs of the assisted person in occupational therapy. Method Action research, with the participation of 11 occupational therapists working in Primary Health Care, was developed following the steps: previous development of the tool; use of the tool by the participants and analysis of its content and structure; individual interviews after its use; descriptive and thematic analysis; tool suitability; validation workshops and construction of the final version of the tool. The data were produced through a participants characterization form, an agreement questionnaire to analyze the content and structure of the tool, and individual interviews about its applicability. Data were analyzed descriptively and thematically. The reflective tool was adjusted based on the participants' suggestions. Validation workshops were held with the participants to build the final version of the tool. Results The suggested modifications in the tool included changes in terms, and also additions and integration of different domains. Its final version was structured on 20 questions, organized in seven domains. The applicability possibilities were: to give visibility to the specificities of occupational therapy in interprofessional teams; to enable reflection on practice and to improve professional reasoning; to use the tool in other contexts of practice; and for teaching of professional practice. Conclusion The tool has practical applicability, contributing to strengthening the professional core in occupational therapy and for interprofessional dialogue, facilitating the reflection on practice, and increasing the awareness about professional reasoning processes.

18.
Rev. saúde pública (Online) ; 56: 12, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1365959

RESUMO

ABSTRACT OBJECTIVE To analyze knowledge, attitudes, and practices of adolescent students from public schools in the municipality of Teresina, state of Piauí, regarding human papillomavirus (HPV). METHODS Cross-sectional, analytical study carried out in 12 public schools in the municipality of Teresina, with a random sample of 472 15-year-old adolescents. All participants answered a validated questionnaire, which evaluated sociodemographic characteristics, level of knowledge about HPV, attitudes regarding vaccination and vaccination status. The levels of knowledge and attitude were classified by standardized scores and practice by the vaccination situation. The analyses were carried out using the SPSS software. In the bivariate analysis, simple logistic regression was used generating odds ratios to identify the associations of sociodemographic characteristics, knowledge, and attitude with HPV prevention practice. Variables that presented p-value ≤ 0.20 in the bivariate analysis were inserted in a multivariate logistic regression model. Statistical significance was set at p < 0.05. RESULTS Among the participants, 27.3% had sufficient knowledge, 34.1% had positive attitudes, and 74.6% had adequate practice. In the multivariate analysis, we observed a statistically significant association among females (ORa = 15.62; 95%CI: 9.08-26.9), satisfactory knowledge (ORa = 2.09; 95%CI: 1.15-3.81), and positive attitudes (ORa = 1.89; 95%CI: 1.10-3.23) with proper practice. CONCLUSIONS Being female, having a satisfactory level of knowledge about HPV and the vaccine, and having positive attitudes towards HPV vaccination reinforce the appropriate practice of vaccination. These findings demonstrate the need to expand the knowledge of adolescents, generating positive attitudes towards vaccination within an appropriate perspective.


RESUMO OBJETIVO Analisar conhecimentos, atitudes e práticas de adolescentes estudantes de escolas públicas do município de Teresina-PI sobre o papilomavírus humano (HPV). MÉTODOS Estudo transversal, analítico, realizado em 12 escolas da rede pública do município de Teresina, com uma amostra aleatória de 472 adolescentes de 15 anos. Todos os participantes responderam a um questionário validado, que avaliou as características sociodemográficas, o nível de conhecimento sobre o HPV, atitudes relacionadas à vacinação e ao status vacinal. Os níveis de conhecimento e atitude foram classificados por meio de escores padronizados e a prática mediante a situação vacinal. As análises foram realizadas com o uso do SPSS. Na análise bivariada, utilizou-se a regressão logística simples, por meio de odds ratio para identificar as associações entre as características sociodemográficas e o conhecimento, e a atitude com a prática de prevenção contra o HPV. As variáveis que na análise bivariada apresentaram valor de p ≤ 0,20 foram submetidas ao modelo multivariado de regressão logística. A significância estatística foi fixada em p < 0,05. RESULTADOS Dentre os participantes, 27,3% apresentaram conhecimento suficiente, 34,1% atitudes positivas e 74,6% prática adequada. Na análise multivariada observou-se associação estatisticamente significativa entre o sexo feminino (ORa = 15,62; IC95%: 9,08-26,9), conhecimento satisfatório (ORa = 2,09; IC95%: 1,15-3,81), e atitudes positivas (ORa = 1,89; IC95%: 1,10-3,23) com a prática adequada. CONCLUSÕES Ser do sexo feminino, ter nível de conhecimento sobre o HPV e a vacina classificados como satisfatório, bem como ter atitudes positivas frente à vacinação contra o HPV reforçam a prática adequada de vacinação. Estes achados demonstram a necessidade de ampliar o conhecimento dos adolescentes, gerando atitudes positivas com vistas à vacinação dentro de uma perspectiva adequada.

19.
Rev. bras. enferm ; 75(5): e20210307, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1360876

RESUMO

ABSTRACT Objective: To evaluate the effectiveness of an educational booklet on the knowledge, attitude and practice of a healthy lifestyle in people with HIV. Methods: Randomized clinical trial with 75 intervention group patients using the booklet, and 75 control group patients undergoing usual service care. Data collection occurred in four moments, with a Survey pertaining Knowledge, Attitude and Practice. Nonparametric analysis of variance of repeated measures was used. Results: 70 participants in the intervention group and 74 in the control group completed the study. In terms of knowledge, there was no difference between groups, the booklet impact came late, increasing after reassessments. In attitudes, there was a difference between groups in the two- and four-month reassessments compared to the baseline. In practices, there was a difference in the intervention group compared to the control group at two, four, and six months compared to baseline. Conclusion: The booklet was effective in improving healthy lifestyle knowledge, attitudes, and practices in people with HIV.


RESUMEN Objetivo: Evaluar efectividad de una cartilla sobre el conocimiento, actitud y práctica del estilo de vida saludable en personas con VIH. Métodos: Ensayo clínico randomizado con 75 pacientes en grupo intervención con cartilla, y 75 en control, con cuidado habitual del servicio. Recolecta de datos en cuatro momentos, con Averiguación de Conocimiento, Actitud y Práctica. Utilizado análisis de variancia no paramétrica de medidas repetidas. Resultados: Concluyeron el estudio 70 participantes en grupo intervención y 74 en control. En conocimiento, no hubo diferencia entre grupos, el impacto de la cartilla fue tardío, aumentando en las reevaluaciones. En actitud, hubo diferencia entre grupos en las reevaluaciones de dos y cuatro meses, comparadas al basal. En la práctica, hubo diferencia en grupo-intervención en control a los dos, cuatro y seis meses comparados al basal. Conclusión: La cartilla fue efectiva para mejorar el conocimiento, actitud y práctica sobre estilo de vida saludable en personas con VIH.


RESUMO Objetivo: Avaliar a efetividade de uma cartilha sobre o conhecimento, atitude e prática do estilo de vida saudável em pessoas com HIV. Métodos: Ensaio clínico randomizado com 75 pacientes no grupo intervenção com cartilha, e 75 no controle, com cuidado habitual do serviço. Coleta de dados em quatro momentos, com Inquérito de Conhecimento, Atitude e Prática. Utilizou-se análise de variância não paramétrica de medidas repetidas. Resultados: Concluíram o estudo 70 participantes no grupo intervenção e 74 no controle. No conhecimento, não houve diferença entre grupos, o impacto da cartilha foi tardio, aumentando nas reavaliações. Na atitude, houve diferença entre grupos nas reavaliações de dois e quatro meses comparadas à basal. Na prática, houve diferença no grupo intervenção no controle aos dois, quatro e seis meses comparados à basal. Conclusão: A cartilha foi efetiva para melhorar o conhecimento, atitude e prática sobre estilo de vida saudável em pessoas com HIV.

20.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 27(2): 441-457, Fev. 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1356081

RESUMO

Abstract This review evaluated the knowledge of health professionals (HP) about breastfeeding and factors that leading the weaning. A search was performed in four electronics databases and the grey literature. The search strategy included Mesh terms and synonyms. No language or date restrictions were adopted. Studies that evaluated the knowledge of HP about breastfeeding and weaning were considered eligible. The studies retrieved by the searches were evaluated by two independently examiners. From 1,417 studies retrieved, 35 were included. Many countries and professionals from different health areas were analyzed. No studies evaluated the dentists' knowledge. Although the included HP know the benefits of breastfeeding for health, the length of breastfeeding recommended by the World Health Organization, exclusive or not, was not aligned with all professionals' endorsement. Information about weaning is scarce; however, HP are mindful of the main potential causes of early weaning. The knowledge of HP is conflicting about breastfeeding and unusual about weaning. Furthermore, no studies were found that presented data on the knowledge of dentists on the subject. Thus, assessments of dentists' knowledge and education measures for HP are necessary since they are frequently questioned about these issues.


Resumo Esta revisão avaliou o conhecimento dos profissionais de saúde (PS) sobre amamentação e fatores que levam ao desmame. Realizou-se buscas em quatro bancos de dados eletrônicos e literatura cinzenta. A estratégia de busca incluiu termos Mesh e sinônimos. Não se adotou restrição de idioma ou data. Estudos avaliando o conhecimento dos PS sobre amamentação e desmame foram elegíveis. Estudos recuperados pelas buscas foram avaliados por dois examinadores independentes. Dos 1.417 estudos recuperados, 35 foram incluídos. Muitos países e PS de diferentes áreas foram analisados. Nenhum estudo avaliou o conhecimento dos dentistas. Embora os PS conheçam os benefícios da amamentação, a duração recomendada pela Organização Mundial da Saúde, exclusiva ou não, não está alinhada com o endosso de todos os PS. Considerando o desmame, a informação é escassa. No entanto, os PS estão atentos às principais causas potenciais do desmame precoce. O conhecimento dos PS é conflitante sobre amamentação e incomum sobre o desmame. Não foram encontrados estudos que apresentassem dados sobre o conhecimento de dentistas sobre a temática. Investigações quanto ao conhecimento dos mesmos e medidas de educação para todos os PS são necessárias, considerando que são frequentemente questionados sobre o tema.


Assuntos
Humanos , Feminino , Aleitamento Materno , Pessoal de Saúde , Desmame
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...