Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 100
Filtrar
1.
Psicol. ciênc. prof ; 42: e234671, 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1360635

RESUMO

Resumo Este trabalho tem o objetivo de refletir sobre como a psicanálise pode contribuir para as práticas de saúde desenvolvidas no trabalho do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), em que destacamos as diferentes perspectivas sobre a noção de sintoma. Inicialmente, contextualiza-se o campo da psicologia em sua relação com a saúde pública e a inserção da proposta metodológica da criação dos Nasf, considerando uma concepção recente, em processo de consolidação e com características específicas, dentre as quais se destacam o trabalho em equipe e a metodologia de apoio matricial. Em um segundo momento, apresentamos as diferentes noções de sintoma entre o discurso médico e o psicanalítico, propondo uma articulação que embase a atuação orientada pela psicanálise. Assim, evidencia-se que a psicanálise marca uma diferença na abordagem do sintoma, que para o sujeito tem uma função singular e não apenas um sofrimento a ser eliminado, de modo que esse sintoma tem importância na escuta do sujeito, dividido em seu desejo, que também pode ser sustentado no trabalho em equipe.(AU)


Abstract This article aims to reflect about how psychoanalysis can contribute to the health practices developed a Family Health Support Center (NASF) team, in which we highlight the different perspectives about the symptom notion. First and foremost, we contextualize the psychology field and its relationship with the public health and the insertion of the methodological proposal of the NASF creation, considering a recent conception in process of consolidation and with specific aspects, which emphasizes the teamwork and the matrix support methodology. Then, we introduce the different notions of symptom between the medical and psychoanalytic discourse, propounding an articulation that supports the psychoanalysis practice perspective proposing an articulation to base the practice guided by psychoanalysis. Therefore, we demonstrate that the psychoanalysis marks a difference on the symptom approach, which has a unique function to the subject instead of being only a suffering to be eliminated, thus, it has importance when listening to the subject, divided on his desire, which can be also sustained in teamwork.(AU)


Resumen Este artículo tiene como objetivo reflexionar sobre cómo el psicoanálisis puede contribuir a las prácticas de salud desarrolladas en el Núcleo Ampliado de Salud de la Familia (NASF), donde se destacan distintas perspectivas al concepto de síntoma. Primero, se contextualiza el campo de la psicología y su relación con la salud pública y la inserción de la propuesta metodológica de la creación de los Nasf, teniendo en cuenta una concepción reciente y en proceso de consolidación con características específicas, en la cual predominan el trabajo en equipo y la metodología de apoyo matricial. Después, se presentan los diferentes conceptos de síntoma entre el discurso médico y el psicoanalítico, proponiendo una articulación fundamentada en la actuación del psicoanálisis. Por lo tanto, se establece que el psicoanálisis marca una diferencia en el enfoque del síntoma, que para el sujeto tiene una función singular y no solo un sufrimiento que aliviar, teniendo su importancia en la escucha del sujeto, dividido en su deseo, que también puede ser sostenido en el trabajo en equipo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Equipe de Assistência ao Paciente , Psicanálise , Saúde Pública , Saúde da Família , Médicos , Sinais e Sintomas , Trabalho , Saúde , Equipamentos e Provisões , Articulações
2.
Interface (Botucatu, Online) ; 26: e210278, 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1350871

RESUMO

O apoio matricial é definido como um arranjo organizacional do trabalho em saúde, de caráter assistencial e técnico-pedagógico, estabelecendo trocas entre matriciadores e equipes de referência. A busca pela qualidade do trabalho aproxima o apoio matricial das noções de cooperação dialógica e de artífice preconizadas por Richard Sennett. O artífice é caracterizado como o profissional engajado em fazer algo bem feito. O cotidiano de trabalho é, no entanto, permeado por fatores que dificultam a resolução de problemas, tais como: política de motivação, desenvolvimento de capacitações e medidas de qualidade. Para enfrentar essas dificuldades, o profissional artífice deve ser capacitado em suas habilidades a partir de treinamentos que superem a dicotomia entre fazer e pensar, entre a mão e a cabeça, articulando conhecimento, capacitação e cooperação.(AU)


Matrix support is defined as an organizational care and technical-pedagogical framework for delivering health care that permits sharing between matrix workers and referral teams. Through the pursuit of quality care, matrix support approximates the notions of dialogical cooperation and craftsmanship advocated by Richard Sennett. Craftsmanship is characterized as a professional engaged in doing the job well. However, everyday practice is permeated by factors that hamper problem solving, such as motivation policy, capacity building and quality measures. To address these difficulties, the professional craftsman should be able to develop his/her skills through training that overcomes the dichotomy between thinking and doing, and hand and head, articulating knowledge, capacity building and cooperation.(AU)


El apoyo matricial se define como un arreglo organizacional del trabajo en salud, de carácter asistencial y técnico pedagógico, estableciendo intercambios entre matriciadores y equipos de referencia. La búsqueda de la calidad del trabajo aproxima el apoyo matricial de las nociones de cooperación dialógica y de artífice preconizadas por Richard Sennet. El artífice se caracteriza como el profesional comprometido en hacer algo bien hecho. El cotidiano del trabajo está, sin embargo, atravesado por factores que dificultan la resolución de problemas, tales como: política de motivación, desarrollo de capacitaciones y medidas de calidad. Para enfrentar tales dificultades, el profesional artífice debe estar capacitado en sus habilidades a partir de capacitaciones que superen la dicotomía entre hacer y pensar, entre la mano y la cabeza, articulando conocimiento, capacitación y cooperación.(AU)

3.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 14(spe): 1-24, dez. 2021. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1350791

RESUMO

Este estudo é uma revisão sistemática sobre práticas desenvolvidas pelos psicólogos no contexto interdisciplinar do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Efetivou-se a busca nas bases de dados PsycInfo, Scielo, Pubmed e BVS, utilizando o termo "NASF". Foram encontrados 551 artigos e, após refinada busca com os critérios de inclusão e exclusão, foram analisados 21 estudos. Os resultados foram organizados de acordo com as ações que envolviam os psicólogos, sendo o atendimento individual a principal atividade atribuída a eles. Dentre as ações desses profissionais que possuíam um caráter interdisciplinar, destaca-se: sensibilização da equipe para o apoio matricial e para acolhimento e humanização no cuidado. Apesar dos avanços da política, constatou-se dificuldade dos profissionais da atenção básica em aderir ao apoio matricial e realizar trabalho conjunto, seja pela resistência em superar o modelo biomédico ou pelo volume de trabalho e falta de tempo para cumprir diferentes tarefas.


This study is a systematic review about practices of psychologists of the Family Health Support Teams (NASF) in the interdisciplinary context. The search of the databases was performed in PsycINFO, SciELO, PubMed and BVS, using the term "NASF". We found 551 articles and after research refinement of inclusion and exclusion criteria, we analyzed 21 articles. Results were organized according to actions that evolved psychologists, which individual care was the main activity attributed to them. Among the actions of these professionals that had an interdisciplinary character, we emphasize the sensitization of the team for the support matrix and for reception and humanizing care. Despite the advances in the policy, primary care professionals showed difficulty in adhering to the matrix support and in conducting joint work, either due to the resistance in overcoming the biomedical model, or due to the workload and time constraints.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Saúde da Família , Humanização da Assistência , Acolhimento , Políticas , Promoção da Saúde
4.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(supl.3): 4885-4894, Oct. 2021.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1345730

RESUMO

Resumo Este ensaio objetiva analisar as estratégias discursivas de uma publicação do Ministério da Saúde, considerando que delas emerge outra noção de cuidado em alimentação e nutrição (CAN). Por meio da análise de discurso, os resultados são interpretados principalmente à luz dos estudos de Edgar Morin e Annemarie Mol. A análise identificou elementos do pensamento complexo constitutivos de uma perspectiva ampliada acerca da alimentação e das práticas de CAN no contexto do apoio matricial. Como principal estratégia discursiva, narrativas contextualizam o cuidado em enredos sinuosos e inconclusos, enfatizando a imanência da imprevisibilidade e da incerteza. Recursos metafóricos revelam deslocamentos da centralidade da biomedicina e tecem no sujeito a sabedoria prática de lidar com a coexistência entre a generalidade da metrificação do corpo e da comida e a singularidade das vidas e do comer cotidiano. As histórias contribuem para a compreensão do CAN como manejo compartilhado, que visa a restituição da ordem - viável e sempre provisória. Como conclusão, ao expor e legitimar a pluralidade de modos de atuar, o documento que emerge da experiência e a ela se volta pode repercutir na formação em saúde e suscitar a ampliação do repertório teórico acerca das práticas de CAN.


Abstract The scope of this paper is to analyze the discursive strategies of a Ministry of Health publication, by virtue of the fact that another notion of food and nutrition care (FNC) emerges from them. Through discourse analysis, the results are interpreted mainly in the light of Edgar Morin and Anemarie Mol's studies. The analysis identified elements of the complex thinking constituting a broadened perspective about the food and FNC practices in the context of matrix support. As the main discursive strategy, narratives contextualize care in sinuous and inconclusive scenarios, emphasizing the immanence of unpredictability and uncertainty. Metaphorical resources reveal displacements that remove the centrality of Biomedicine and weave in the subject the practical wisdom of dealing with the coexistence between the generality of body and food metrification and the uniqueness of everyday life and eating. The stories contribute to the understanding of FNC as shared management, which aims to restore viable and ever provisional order. In conclusion, by exposing and legitimizing the plurality of ways of acting, the document that emerges from and relates back to it can have repercussions on health education and raise the theoretical repertoire surrounding FNC practices.


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde , Narração , Brasil , Alimentos
5.
Preprint em Português | SciELO Preprints | ID: pps-2785

RESUMO

The research aimed to identify the principles and values that support matrix support in mental health in Primary Health Care. It reports a qualitative study, done with matrix supporters in mental health, from metropolitan region in Porto Alegre, Brazil. The instruments used were semi-structured interviews and a focus group. For data treatment, content analysis was used in the thematic modality. Results show that the principles which justify the practices are guided by the wish to work in a community, shared responsibility, communication skills, care for people's lives and the development of a symbolic network mediated by bonds. Values that support the work process are based on care, on availability to interact and on dialogic communication. It may be concluded that personal and professional principles and values constitute the core that supports everyday practices.


La investigación tuvo como objetivo identificar los principios y valores que sustentan el apoyo matricial en salud mental en la Atención Primaria de Salud.  El estudio és cualitativo, realizado con apoyadores matriciales en una localidad de la región metropolitana de Porto Alegre, RS, Brasil.  Los instrumentos utilizados fueron entrevistas semiestructuradas y un grupo focal. Para el tratamiento de los datos se utilizó el análisis de contenido en la modalidad temática. Los resultados muestran que los principios que justifican las prácticas son guiados por el deseo de trabajar en la comunidad, la responsabilidad compartida, por las habilidades de comunicación, la atención ao curso de vida de las personas y el apoyo de una red simbólica mediada por los vínculos. Los valores que sustentan el proceso de trabajo se basan en la atención, la disponibilidad de la interacción y la comunicación dialógica. Se puede inferir que los principios y valores personales y profesionales son una amalgama que impregna y sustenta las prácticas en el cotidiano.


A pesquisa teve por objetivo identificar os princípios e valores que subsidiam o apoio matricial em saúde mental na Atenção Primária à Saúde. Estudo com abordagem qualitativa, realizado com apoiadores matriciais de um município da região metropolitana de Porto Alegre, Brasil. Os instrumentos utilizados foram entrevistas semiestruturadas e grupo focal.  Para o tratamento dos dados utilizou-se a análise de conteúdo na modalidade temática. Os resultados evidenciam que os princípios que justificam as práticas são norteados pelo desejo de trabalhar na comunidade, a reponsabilidade compartilhada, as habilidades de comunicação, a atenção ao curso de vida das pessoas e a sustentação de uma rede simbólica mediada pelos vínculos. Os valores que sustentam o processo de trabalho estão alicerçados no cuidado, na disponibilidade de interagir e na comunicação dialógica. Pode-se depreender que os princípios e valores pessoais e profissionais constituem um amálgama que perpassa e sustenta as práticas no cotidiano.

6.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(6): 2311-2322, jun. 2021. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1278694

RESUMO

Resumo A prevalência de sofrimento emocional na população atendida pelas equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) é alta, mas a capacitação dos profissionais da Atenção Básica (AB) para o cuidado em Saúde Mental (SM) é inadequada. O Apoio Matricial (AM), através dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), tem sido considerado como fundamental na qualificação deste cuidado. Tem-se como objetivo analisar a qualificação do cuidado em SM na AB através das ações de Apoio Matricial em Saúde Mental (AMSM). Trata-se de estudo quantitativo (corte transversal) em base de dados secundária do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), de 2012. Foram analisadas as associações entre a realização das diversas ações de matriciamento em SM e o desenvolvimento das estratégias de cuidado integral, avaliadas no instrumento. Verificou-se que 60% das equipes realizam ações de AMSM e que as estratégias de cuidado qualificadas em SM são realizadas pelo menos duas vezes mais quando estas ações estão presentes, destacando-se as ações de discussões de caso, consultas conjuntas e construção de projetos terapêuticos (PTS). Este estudo traz evidências quantitativas de que o desenvolvimento de ações compartilhadas é determinante para qualificação do cuidado em SM na AB.


Abstract The prevalence of emotional distress in the population attended by the teams of the Family Health Strategy is high, however the training of the Primary Care professionals in Mental Health care is inadequate. Matrix Support, provided through the Family Health Support Centers, is considered fundamental in the provision of such care. The scope of this study is to assess the training in mental health in primary care through matrix support actions in mental health. A quantitative, cross-sectional study was conducted in the secondary database of the 2012 National Program for the Enhancement of the Access to and the Quality of Primary Health Care. The associations between many matrix support activities in mental health and the development of comprehensive care strategies were analyzed. It revealed that 60% of the teams carry out Matrix Support actions in Mental Health, and qualified care strategies in mental health are performed at least twice as often when those activities are present. The most significant activities are discussion of cases, joint physician appointments, and the creation of therapeutic projects. The conclusion drawn is that this study provides quantitative evidence that the development of shared actions is decisive for the provision of mental health care in primary care.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Atenção Primária à Saúde , Estudos Transversais , Aconselhamento
7.
Av. psicol. latinoam ; 39(1): 1-18, ene.-abr. 2021.
Artigo em Português | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1339255

RESUMO

Resumo O estudo aqui apresentado objetivou acompanhar o processo de apoio matricial em saúde mental em uma equipe de saúde da família no município de Porto Alegre com a finalidade de analisar e produzir conhecimento acerca deste dispositivo de cuidado. O Ministério da Saúde brasileiro aponta o apoio matricial como estratégia de mudança nos modos de gerir e cuidar em saúde, constituindo estratégia potente para a articulação das ações de saúde mental na atenção primária. A pesquisa utilizou-se do método cartográfico com a realização de três rodas de conversa e acompanhamento das reuniões entre equipe apoiadora e equipe de saúde da família durante oito meses. Analisaram-se os materiais registrados nos diários de campo, atas das reuniões de equipe e relatos das discussões de caso. O apoio matricial mostrou-se como importante estratégia de interferência nos processos de trabalho, construído na singularidade dos encontros e nas descontinuidades do processo. Em alguns períodos, houve maior envolvimento das equipes nos espaços de discussão e gestão do cuidado, com reverberação do fazer junto através da realização de interconsultas e visitas na rede intersetorial. Em outros momentos, permeado pelas fra-gilizações institucionais, este dispositivo foi importante para apoiar as/os trabalhadoras/es. Nesta experiência, o apoio matricial possibilitou ampliar o olhar e as ações de cuidados em saúde mental na atenção primária por meio da produção de saberes e práticas em ato.


Resumen El presente estudio tiene como objetivo acompañar el proceso de apoyo matricial en salud mental de un equipo de salud familiar en la ciudad de Porto Alegre, con el propósito de analizar y producir conocimiento sobre este medio de atención. El Ministerio de Salud de Brasil señala el apoyo matricial como una estrategia para cambiar las formas de gestión y cuidado de la salud, constituyendo una potente estrategia para la articulación de las acciones de salud mental en la atención primaria. La investigación utilizó el método cartográfico con tres rondas de conversación y seguimiento de reuniones entre el equipo de apoyo y el equipo de salud familiar durante ocho meses. Se analizaron los materiales registrados en los diarios de campo, las actas de reuniones del equipo y los informes de las discusiones de casos. El soporte matricial mostró que es una importante estrategia de intervención en los procesos de trabajo, construida sobre la singularidad de las reuniones y las discontinuidades del proceso. En algunos periodos, hubo un mayor interés de los equipos en los espacios de discusión y gestión del cuidado, con destaque del hacer juntos a través de la realización de interconsultas y visitas en la red intersectorial. En otras ocasiones, permeado por fragilidad institucional, este dispositivo fue importante para apoyar a los trabajadores. Por último, en esta experiencia, el soporte matricial permitió ampliar la visión y las acciones de la salud mental en la atención primaria mediante la producción de conocimientos y prácticas en acción.


Abstract The present study aimed to follow the process of matrix support in mental health in a primary healthcare team in the city of Porto Alegre to analyze and produce knowledge about this care device. The Brazilian Ministry of Health points out the support matrix as a strategy for changing the management and care in health, constituting a potent strategy to articulate mental health actions in primary care. In this research, the cartographic method was used with three rounds of conversation and follow-up of meetings between the supporting team and the family health team for eight months. We analyzed the materials recorded in the field diaries, meeting minutes, and reports of the case discussions. The matrix support proved to be an important strategy of intervention in the work process, built on the particularity of the meetings and the discontinuities of the process. During some periods, teams were more involved in the discussion and care management spaces, resonating with a doing-together through inter-consultations and visits in the intersectoral network. At other times, permeated by institutional weaknesses, this device was important to support the health workers. In this experience, matrix support made it possible to expand the perspective on and the activities of mental healthcare in primary care through the production of knowledge and practices in the act.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Atenção Primária à Saúde , Administração de Serviços de Saúde , Coleta de Dados
8.
Rev. baiana saúde pública ; 45(1, n.esp): 267-281, 01 jan. 2021.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1178401

RESUMO

As principais medidas de prevenção à pandemia da Covid-19, de distanciamento e isolamento social, implicaram na necessidade de reorganização dos processos de trabalho das equipes de saúde. A substituição das atividades presenciais pela utilização de ferramentas digitais de informação e comunicação possibilitou a reorganização de práticas e estabelecimento de vínculos, antes distantes nos territórios, garantindo maior participação, inserção e atuação dos profissionais de saúde no âmbito da Vigilância da Saúde do Trabalhador, no enfrentamento da Covid-19 no estado da Bahia. Este trabalho objetiva descrever a incorporação de tecnologias digitais no desenvolvimento do apoio institucional e técnico e das atividades de educação permanente pelo Cesat/Divast para técnicos da Rede Estadual de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador da Bahia no contexto da pandemia da Covid-19. Foram realizadas webcapacitações semanais, webreuniões de apoio institucional e matricial, webpalestras e webtreinamentos, por meio das plataformas Telessaúde e Teams, com discussão de orientações e notas técnicas, troca de experiências, propiciando ampliar a qualificação técnica das equipes de saúde do trabalhador na pandemia. Os principais resultados foram: ampliação das ações de saúde do trabalhador no estado, integração das equipes, mudanças de práticas, aprendizagem e troca de experiências no enfrentamento da pandemia, em contexto de restrição de encontros presenciais e de necessidade de prevenção da exposição de trabalhadores. Destaca-se a importância e necessidade de ampliar a capacidade, os investimentos e o acesso aos recursos tecnológicos para toda a Renast-BA, bem como manter e integrar essas estratégias às modalidades presenciais, inclusive no período pós-pandemia.


The main measures to prevent Covid-19 pandemic, such as social distance and isolation, implied the need to reorganize the work processes of health teams. The substitution of face-to-face activities with the use of digital information and communication tools enabled the reorganization of practices and the establishment of links, previously distant in the territories, ensuring greater participation, insertion and performance of health professionals within the scope of Worker's Health Surveillance, mainly when facing Covid-19 in the state of Bahia. This study aims at describing the incorporation of digital technologies in the development of support and permanent education activities by the Worker's Health Reference State Center, Worker's Health Surveillance and Care Directorate for health professionals in the Worker's Health Comprehensive Attention Network of Bahia in the context of the Covid-19 pandemic. Moreover, it was possible to expand the technical qualification of health teams on various topics of occupational health. The greatest impact achieved was the decentralization of occupational health actions in the state, transformations in practices and the opportunity for learning and exchange, with excellent professional contributions, in a period when traveling to the territories and face-to-face meetings were restricted to avoid agglomerations and exposure of workers.


Las principales medidas preventivas de la pandemia del Covid-19, la distancia y el aislamiento sociales, implicaron en la necesidad de reorganización de los procesos de trabajo del personal sanitario. La sustitución de las actividades presenciales por el uso de herramientas de información y comunicación digitales permitió la reorganización de prácticas y el establecimiento de vínculos, anteriormente distantes en los territorios, asegurando una mayor participación, inserción y desempeño de los profesionales de la salud en el ámbito de la vigilancia en salud ocupacional frente al Covid-19 en el estado de Bahía. Este trabajo tiene como objetivo describir la incorporación de tecnologías digitales en el desarrollo de actividades de apoyo y educación permanente por parte del Centro Estadual de Referencia en Salud Ocupacional/Dirección de Vigilancia y Atención a la Salud Ocupacional, destinadas a técnicos de la Red Estadual de Atención Integral a la Salud Ocupacional de Bahía en el contexto de la pandemia del Covid-19. Se realizaron en línea capacitaciones semanales, encuentros de apoyo institucional y matricial, conferencias y entrenamientos utilizando las plataformas Telessáude y Teams, en las cuales hubo discusión de los lineamientos y notas técnicas, intercambio de experiencias, lo que permitió ampliar la cualificación técnica del personal sanitario en la pandemia. Los principales resultados fueron: ampliación de la actuación sanitaria del trabajador en el estado, integración entre el personal, transformaciones en las prácticas, aprendizaje e intercambio de experiencias en el enfrentamiento de la pandemia, en un período de restricción de las reuniones presenciales y la necesidad de prevenir la exposición de los trabajadores. Cabe señalar la importancia y necesidad de ampliación de la capacidad, las inversiones y el acceso a las herramientas tecnológicas para toda Renast-BA, así como de mantenimiento e integración de esas estrategias a las modalidades presenciales, incluso en el período pospandémico.


Assuntos
Saúde do Trabalhador , Infecções por Coronavirus , Educação Continuada , Tecnologia da Informação
9.
REVISA (Online) ; 10(4): 710-722, 2021.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1353861

RESUMO

Objetivo: avaliar a produção científica sobre o cuidado do enfermeiro em saúde mental na estratégia de saúde da família a partir da implantação do apoio matricial, bem como identificar os desafios ao cuidar em enfermagem nesse setor. Método: Trata-se de uma revisão narrativa da literatura, realizada em novembro de 2020 nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Biblioteca Virtual em Saúde, bem como documentos do Ministério da Saúde. Os materiais foram buscados por meio da seguinte estrutura: Saúde Mental; Apoio Matricial; Capacitação de Enfermeiros; Saúde da Família. Incluíram-se artigos da língua portuguesa, nos períodos de 2007 a 2018. Excluíram-se artigos com mais de 15 anos de publicação tendo em vista a atualidade do tema. Resultados: 11 artigos científicos compuseram a amostra da pesquisa. Embora os profissionais enfermeiros tenham reportado estarem preparados para lidar com seus pacientes e conhecerem os principais transtornos, poucos foram capazes de detalhar esses conhecimentos. As capacitações e cursos de residência foram citados como estratégia de preparação, mas a insegurança e tempo disposto para lidar com esses pacientes foram impasses para a qualidade do cuidado prestado. Conclusão: é necessária maior preparação dos enfermeiros na área de saúde mental a fim de se proporcionar um atendimento resolutivo aos pacientes. Os envolvidos reconhecem que a necessidade da auto avaliação dos apoiadores matriciais e enfermeiros, enfatizam o (re) pensamento das práticas instituídas nas políticas públicas e gestão da estratégia matricial de apoio para a saúde mental.


Objective: to assess the scientific production on mental health nurse care in the family health strategy from the implementation of matrix support, as well as to identify the challenges in nursing care in this sector. Method: This is a narrative review of the literature, carried out in November 2020 in the databases: Scientific Electronic Library Online, Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences and Virtual Health Library, as well as documents from the Ministry of Health. Health. The materials were sought through the following structure: Mental Health; Matrix Support; Training of Nurses; Family Health. Articles from the Portuguese language were included in the periods from 2007 to 2018. Articles with more than 15 years of publication were excluded in view of the current nature of the topic. Results: 11 scientific articles comprised the research sample. Although professional nurses reported being prepared to deal with their patients and knowing the main disorders, few were able to detail this knowledge. The training and residency courses were cited as a preparation strategy, but the insecurity and time available to deal with these patients were impasses for the quality of care provided. Conclusion: greater preparation of nurses in the mental health area is necessary in order to provide resolutive care to patients. Those involved recognize that the need for self-assessment by matrix supporters and nurses, emphasizes the (re) thinking of the practices instituted in public policies and management of the matrix support strategy for mental health


Objetivo: evaluar la producción científica sobre la atención de enfermería en salud mental en la estrategia de salud de la familia a partir de la implementación de la matriz de soporte, así como identificar los desafíos en la atención de enfermería en este sector. Método: Se trata de una revisión narrativa de la literatura, realizada en noviembre de 2020 en las bases de datos: Biblioteca Científica Electrónica en Línea, Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud y Biblioteca Virtual en Salud, así como documentos del Ministerio de Salud. Salud Los materiales se buscaron a través de la siguiente estructura: Salud Mental; Soporte de matriz; Formación de enfermeras; Salud familiar. Los artículos en lengua portuguesa se incluyeron en los períodos 2007 a 2018. Se excluyeron los artículos con más de 15 años de publicación debido a la naturaleza actual del tema. Resultados: 11 artículos científicos conformaron la muestra de investigación. Aunque las enfermeras profesionales informaron estar preparadas para tratar con sus pacientes y conocer los principales trastornos, pocas pudieron detallar este conocimiento. Los cursos de capacitación y residencia fueron citados como una estrategia de preparación, pero la inseguridad y el tiempo disponible para atender a estos pacientes fueron un callejón sin salida para la calidad de la atención brindada. Conclusión: es necesaria una mayor preparación del personal de enfermería en el área de salud mental para brindar atención resolutiva a los pacientes. Los involucrados reconocen que la necesidad de autoevaluación por parte de los apoyadores de la matriz y las enfermeras, enfatiza el (re) pensamiento de las prácticas instituidas en las políticas públicas y la gestión de la estrategia de soporte de la matriz para la salud mental.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Saúde da Família , Enfermeiros
10.
Interface (Botucatu, Online) ; 25: e200438, 2021.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1286857

RESUMO

A atenção à Saúde Mental (SM) na Atenção Primária à Saúde (APS) é complexa e demanda integração das ações entre diversos níveis de atenção para maior efetividade. Buscou-se compreender como profissionais da APS de 11 municípios de Minas Gerais que possuíam Núcleo de Atenção à Saúde da Família (Nasf) lidavam com demandas de SM. Trata-se de estudo qualitativo, conduzido por meio de grupos focais que contaram com 134 profissionais de saúde. Os profissionais não possuíam instrumentos ou estratégias para quantificar e organizar a demanda em SM; as ações de capacitação em SM eram insuficientes; relataram dificuldades na implementação das propostas do Nasf; e identificam problemas na organização e articulação da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) que prejudicavam a continuidade do cuidado em SM. Apesar das fragilidades apresentadas, existem reflexões em direção às mudanças da lógica tradicional biomédica em cuidados em saúde. (AU)


Mental Health (MH) in Primary Health Care is complex and requires the integration of actions across various levels of care. This study sought to understand how primary care professionals in 11 municipalities in Minas Gerais with family health centers (FHC) deal with MH demands. We conducted a qualitative study with focus groups made up of 134 health professionals. The professionals were not equipped with tools or strategies to quantify and organize MH demands; MH training was insufficient; the professionals reported difficulties implementing FHC proposals and problems in the organization and coordination of the psychosocial care network, compromising the continuity of MH care. Despite the weaknesses identified by this study, there are signs of a shift in the traditional biomedical logic of health care. (AU)


La atención de la salud mental (SM) en la Atención Primaria de la Salud (APS) es compleja y demanda integración de las acciones entre diversos niveles de atención para mayor efectividad. Se buscó entender cómo profesionales de la APS de 11 municipios del Estado de Minas Gerais que tenían Núcleo de Atención de la Salud de la Familia (NASF), enfrentaban las demandas de SM. Se trata de un estudio cualitativo realizado por medio de grupos focales que contaron con 134 profesionales de salud. Los profesionales no tenían instrumentos o estrategias para cuantificar y organizar la demanda de SM; las acciones de capacitación en SM eran insuficientes; relataron dificultades en la implementación de las propuestas del NASF; identificaron problemas en la organización y articulación de la Red de Atención Psicosocial (RAPS) que perjudicaban la continuidad del cuidado en SM. A pesar de las fragilidades presentadas, hay reflexiones sobre los cambios de la lógica tradicional biomédica en cuidados de la salud. (AU)

11.
Interface (Botucatu, Online) ; 25: e200462, 2021.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1154572

RESUMO

O objetivo deste artigo é apresentar e discutir parâmetros que otimizem o matriciamento em saúde mental como dispositivo de cuidado. Trata-se de estudo qualitativo, orientado pelas teorias psicanalíticas de grupo. Observamos, registramos e analisamos seis reuniões de matriciamento entre serviços especializados e Atenção Primária à Saúde (APS). As principais dificuldades encontradas se referiam a assegurar horários e espaços para as reuniões, bem como disparidades na compreensão sobre a tarefa. Em contrapartida, identificamos também momentos que evidenciam um cuidado mútuo, em sintonia com a literatura sobre as relações entre equipes e usuários. Concluímos destacando a importância do conhecimento sobre os processos psíquicos em jogo no grupo de profissionais, favorecendo, assim, maior clareza sobre sua tarefa e consequente engajamento dos participantes, potencializando o matriciamento como dispositivo de cuidado, tanto dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto dos profissionais. (AU)


The article presents and discusses parameters that optimize matrixing in mental health as a care device. We conducted a qualitative study guided by group psychoanalytic theories. We observed, recorded and analyzed six matrixing meetings between specialist services and primary health care services. The main difficulties found were finding time and spaces for meetings and differences in understanding about tasks. On the other hand, we observed moments that reveal mutual care in tune with the literature on health team and service user relations. We conclude by highlighting the importance of knowledge about the psychic processes at stake in groups of professionals, facilitating greater clarity regarding tasks and resulting in the consequent engagement of participants (both public health service users and health professionals), thus enhancing matrixing as a care device. (AU)


El objetivo de este artículo es presentar y discutir parámetros que optimicen el apoyo matricial en salud mental como dispositivo de cuidado. Se trata de un estudio cualitativo orientado por las teorías psicoanalíticas de grupo. Observamos, registramos y analizamos seis reuniones de apoyo matricial entre servicios especializados y Atención Primaria de la Salud (APS). Las principales dificultades encontradas se referían a asegurar horarios y espacios para las reuniones, así como disparidades en la comprensión sobre la tarea. En contrapartida, identificamos también momentos que ponen en evidencia un cuidado mutuo, en sintonía con la literatura sobre las relaciones entre equipos y usuarios. Concluimos subrayando la importancia del conocimiento sobre los procesos psíquicos en juego en el grupo de profesionales, favoreciendo de tal forma una mayor claridad sobre su tarea y el consecuente compromiso de los participantes. (AU)

12.
Rev. saúde pública (Online) ; 55: 10, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1289972

RESUMO

ABSTRACT OBJECTIVE To analyze the effect of matrix support on health for older adults in primary care according to the dimensions of frailty measured with the Clinical-Functional Vulnerability Index-20 (IVCF-20). METHODS This is a randomized controlled community trial, developed in the Northern Minas Gerais state, Brazil, in 2018. Initially, the stratification of clinical and functional vulnerability of older adults supported by six Family Health Strategy teams occurred with the IVCF-20. Subsequently, three teams were drawn to receive matrix support for six months, and the others for control. In this intervention, face-to-face educational activities were developed for health teams. Descriptive statistics were performed, followed by bivariate analysis by Pearson's chi-square test, to compare the variables of the IVCF-20 between the two moments (before and after the intervention), with a 5% significance level. Relative risks and respective 95% confidence intervals (95%CI) were estimated. RESULTS The groups were similar before intervention, and the effect of matrix actions was positive for most dimensions measured by IVCF-20 (instrumental daily living activity, cognition, mood, mobility, communication, and multiple comorbidities). At the end of the research, the percentage of frailty in the group assisted by professionals participating in matrix support was lower than that of the control group. CONCLUSIONS Matrix support actions, such as pedagogical attribution and horizontal care for health teams, have the potential to contribute to the articulation of models of care for older adults. REBEC registro BR-7b9xff


RESUMO OBJETIVO Analisar o impacto do apoio matricial em saúde ao idoso na atenção primária de acordo com as dimensões de fragilidade aferidas por meio do índice de vulnerabilidade clínico-funcional (IVCF-20). MÉTODOS Trata-se de ensaio comunitário randomizado controlado (ECRC), desenvolvido no norte de Minas Gerais, Brasil, em 2018. Inicialmente ocorreu, por meio do IVCF-20, a estratificação de vulnerabilidade clínico-funcional dos idosos assistidos por seis equipes de Estratégia de Saúde da Família. Posteriormente, três equipes foram sorteadas para receber apoio matricial durante seis meses, e as demais, para controle. Nesta intervenção, desenvolveram-se atividades educativas presenciais para as equipes de saúde. Realizou-se estatística descritiva, seguida de análise bivariada pelo teste qui-quadrado de Pearson, para comparação das variáveis do IVCF-20 entre os dois momentos (antes e após a intervenção), com nível de significância de 5%. Estimaram-se os riscos relativos (RR) e os respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%). RESULTADOS Os grupos eram similares antes da intervenção, e o efeito de ações de matriciamento foi positivo para a maioria das dimensões aferidas pelo IVCF-20 (atividade de vida diária instrumental, cognição, humor, mobilidade, comunicação e comorbidades múltiplas). O percentual de fragilidade no grupo assistido por profissionais participantes do apoio matricial, ao final da pesquisa, foi inferior ao do grupo controle. CONCLUSÕES As ações de matriciamento, como atribuição pedagógica e assistência horizontal para as equipes de saúde, têm o potencial de contribuir para a articulação de modelos de cuidado para a saúde do idoso. REBEC registro BR-7b9xff


Assuntos
Humanos , Idoso , Atividades Cotidianas , Fragilidade , Atenção Primária à Saúde , Brasil
13.
Rev. Psicol. Saúde ; 12(3): 33-46, set.-dez. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1155484

RESUMO

Como diretriz do Sistema Único de Saúde (SUS), o Apoio Matricial busca ampliar a capacidade analítica dos trabalhadores de saúde e sua corresponsabilização nas ações desenvolvidas nos serviços. Objetivou-se compreender sua influência para a autonomia dos apoiadores no trabalho em saúde, por suas percepções. Analisaram-se narrativas elaboradas a partir de grupos focais e os resultados mostraram o processo de trabalho dos apoiadores matriciais sustentado em três eixos: autonomia, fragmentação do trabalho/cuidado e processos de gestão, associados à proposta do SUS de produzir trabalhadores criativos e capazes de analisar seu contexto. Revelaram-se a ampliação de autonomia para desenvolver o trabalho cotidiano; o reconhecimento da contradição entre a integralidade e a fragmentação do trabalho e do cuidado; e o impacto das formas de gestão na produção desses sujeitos. Finalmente, apontamos para a necessidade de maiores investimentos institucionais no Apoio Matricial como política efetiva de ampliação de compromisso e autonomia dos trabalhadores e de processos de cogestão.


As a guideline of the Brazilian National Health Service (SUS), the Matrix Support seeks to expand the analytical capacity of health workers and their co-responsibility in the actions developed in the services. The objective was to understand its influence on the autonomy of supporters in health work by their perceptions. We analyzed narratives elaborated from focus groups, and the results showed the work process of the matrix supporters sustained in three axes: autonomy, fragmentation of work/care, and management processes, in association with SUS proposal to produce creative and capable workers to analyze its context. It was revealed the expansion of autonomy to develop daily work, the recognition of the contradiction between the comprehensiveness and fragmentation of work and care, and the impact of management forms on the production of these subjects. Finally, we point to the need for greater institutional investments in Matrix Support as an effective policy of increasing commitment and autonomy of workers and co-management processes.


Como directriz del Sistema Único de Salud (SUS), el Apoyo Matricial busca ampliar la capacidad analítica de los trabajadores de la salud y su corresponsabilización en las acciones desarrolladas en los servicios. Se objetivó comprender su influencia para autonomía de los apoyadores en el trabajo en la salud, por sus percepciones. Se analizaron narrativas elaboradas a partir de grupos focales, y los resultados mostraron el proceso del trabajo de los apoyadores matriciales sostenido en tres ejes: autonomía, fragmentación del trabajo/cuidado y procesos de gestión, asociados a la propuesta del SUS de producir trabajadores creativos y capaces de analizar su contexto. Se revelaron el aumento de autonomía para desarrollar el trabajo de rutina, el reconocimiento de la contradicción entre la integridad y la fragmentación del trabajo y del cuidado, y el impacto de las formas de gestión en la producción de esos sujetos. En último lugar, indicamos la necesidad de grandes inversiones institucionales en el Apoyo Matricial como política efectiva de aumento de compromiso y autonomía de los trabajadores y de procesos de cogestión.

14.
Ciênc. Saúde Colet ; 25(8): 3251-3260, Ago. 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | Coleciona SUS, LILACS, Coleciona SUS, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1133129

RESUMO

Resumo O Apoio Matricial (AM) é considerado um dos pilares da integração entre os profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS) e os profissionais de Saúde Mental (SM). À luz de um breve histórico dos processos de reorganização da APS que levaram à criação da proposta de AM e de considerações sobre seus conceitos fundantes, realizou-se uma revisão narrativa dos artigos sobre AM em SM publicados nas bases de dados nacionais de 1998-2017. Procurou-se compreender os sentidos atribuídos aos termos "horizontalidade" e "supervisão", assim como as descrições de AM. Buscou-se identificar fatores contribuintes para as dificuldades que têm sido descritas nas práticas, partindo-se do pressuposto de que estes conceitos são polissêmicos e podem gerar ambiguidades que operam prejudicando as ações interprofissionais. Dos 106 artigos encontrados, 39 citaram o termo "horizontalidade' e 29 citaram "supervisão". Na análise destes textos concluiu-se que, para além da polissemia, os obstáculos têm sua força no modelo ainda hegemônico de formação profissional em Saúde, tradicional, hierárquico e uni-profissional dificultando o desenvolvimento de relações dialógicas que favoreçam a integração das equipes de apoio matricial e da APS e consequente resolubilidade e qualidade assistencial.


Abstract The Matrix Support (MS) is one of the cornerstones of the integration between Primary Health Care (PHC) professionals and Mental Health professionals (MH). A narrative review was conducted on the articles on MS in MH published in national databases from 1998 to 2017, considering a brief history of the PHC reorganization processes that led to the creation of the MS proposal. The aim was to understand the meanings attributed to the terms "horizontality" and "supervision" as well as the descriptions of the "matrix support" itself. We sought to identify factors contributing to the difficulties that have been described in the practices and literature, based on the assumption that these concepts are polysemous and it is possible to generate ambiguities that operate to the detriment of interprofessional practices. Based on the analysis of the selected articles, we were able to conclude that, in addition to polysemy, the obstacles' force lies in the hegemonic model of professional Health training, as it is traditional, hierarchical and uni-professional, and hinders the development of dialogic relations that favor the integration of the matrix support teams and PHC and consequent resolubility and quality of care.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Serviços de Saúde Mental , Atenção Primária à Saúde , Pessoal de Saúde
15.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 20(2): 399-420, jul. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1116425

RESUMO

Este estudo objetiva analisar os processos de trabalho em saúde mental na perspectiva de profissionais da Atenção Básica (AB) de Porto Alegre/RS, estabelecendo aproximações e distanciamentos nas práticas desenvolvidas, conforme a modalidade de apoio matricial: equipes de referência de saúde mental e equipes de NASF-AB. Estudo qualitativo transversal, realizado em oito serviços, na qual participaram 20 profissionais. Entrevistas semiestruturadas foram conduzidas e analisadas através da Análise Temática. Analisou-se que as equipes de NASF se mostraram mais presentes nas unidades, o que contribui para a construção de ações conjuntas com as Equipes de Saúde da Família. O apoio matricial mostrou ter efeitos na diminuição dos encaminhamentos, na maior participação das equipes nas ações de saúde mental e no aumento da resolutividade da atenção. Destaca-se a importância do estabelecimento de medidas e ações que busquem consolidar todas os tipos de equipe de apoio matricial enquanto estratégia de qualificação da atenção à saúde mental na AB. (AU)


This study aims to analyze the work processes in mental health from the perspective of professionals of Primary Health Care (PHC) of Porto Alegre/RS/Brazil, establishing similarities and differences in the practices developed according to the mode of matrix support: reference teams of mental health and Family Health Support Team (NASF). This qualitative and transversal study was performed in eight units, with the participation of 20 professionals. Semi-structured interviews were conducted which were analyzed through Thematic Analysis technique. It was analyzed that the NASF teams were more present in the units, which contributes to the construction of joint actions with the Family Health Teams. Matrix support has shown to have an effect on the reduction of referrals, on the greater participation of teams in mental health actions and on the increase of the resolution of care. The importance of establishing measures and actions that seek to consolidate all types of matrix support team as a strategy for qualifying mental health care in PHC is highlighted. (AU)


Este estudio tiene como objetivo analizar los procesos de trabajo en salud mental desde la perspectiva de los profesionales de la Atención Primaria de Salud (APS) de Porto Alegre, estableciendo similitudes y diferencias en las prácticas desarrolladas de acuerdo con la modalidad de matriz de soporte: equipos de referencia de salud mental y equipos del Núcleo de Apoyo a la salud de la Familia (NASF). Estudio cualitativo transversal, realizado en ocho unidades de salud, en la que participaron 20 profesionales. Se realizaron entrevistas semiestructuradas que fueron analizadas a través del análisis temática. Se analizó que los equipos NASF estaban más presentes en las unidades, lo que contribuye a la construcción de acciones conjuntas con los equipos de salud familiar. El matriz de soporte ha demostrado tener un efecto en la reducción de derivaciones, en la mayor participación de los equipos en las acciones de salud mental y en el aumento de la resolución de la atención. Se destaca la importancia de establecer medidas y acciones que busquen consolidar todo tipo de equipo de matriz de soporte como estrategia para calificar la atención de salud mental en APS. (AU)


Assuntos
Saúde Mental , Atenção Primária à Saúde , Reabilitação Psiquiátrica
16.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-14, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1098425

RESUMO

Esta pesquisa buscou compreender a qualidade das relações intersubjetivas que balizam os encontros entre os sujeitos que compõem o campo micropolítico da produção de cuidado à saúde mental em território marcado pela violência, miséria e exclusão. A escolha metodológica a partir da hermenêutica de profundidade possibilitou a reinterpretação das formas simbólicas a partir de três perspectivas: o reflexo da sociedade de mercado na organização dos processos de trabalho em saúde, o sofrimento psíquico à luz do sofrimento ético-político e dos bons encontros e a potência de ação, orientando as práticas em saúde mental. Dessa forma, a amizade e a solidariedade destacaram-se como afetos importantes no processo de politização da dor, do sofrimento psíquico e ético-político experimentado pelos sujeitos em territórios de vulnerabilidade social.


This research sought to understand the quality of interpersonal relations that guide the meetings among the subjects that make up the micro-political field of care production to mental health in the territory marked by violence, poverty, and exclusion. The methodological choice from the depth of hermeneutics enabled the reinterpretation of symbolic forms from three perspectives: the reflection of the market society in the organization of health work processes, mental suffering in the light of the ethical-political suffering and the good meetings and the power of action guiding the mental health practices. In this way, the friendship and solidarity stood out as important affections in pain politicization process, the psychological and ethical-political suffering experienced by the subjects in socially vulnerable territories.


Esta investigación trató de entender la calidad de las relaciones interpersonales que guían las reuniones entre los sujetos que conforman el campo de micropolítica de la producción de la atención a la salud mental en un territorio marcado por la violencia, la pobreza y la exclusión. La elección metodológica de la hermenéutica profunda permitió la reinterpretación de las formas simbólicas desde tres perspectivas: el reflejo de la sociedad de mercado en la organización de los procesos de trabajo de salud, sufrimiento mental a la luz del sufrimiento ético-política y las buenas reuniones y el poder de acción, guiando las prácticas de salud mental. De esta manera, la amistad y la solidaridad se destacaron como efectos importantes en el proceso de politización del dolor, el sufrimiento psicológico y ético-político experimentado por los sujetos en territorios socialmente vulnerables.


Assuntos
Afeto , Vulnerabilidade Social , Empatia , Psicologia Social , Apoio Social , Estresse Psicológico , Saúde Mental , Assistência à Saúde Mental , Marginalização Social , Relações Interpessoais
17.
Ciênc. Saúde Colet ; 25(2): 553-565, Feb. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1055833

RESUMO

Resumo Cuidados colaborativos entre saúde mental e atenção primária são efetivos em melhorar desfechos de saúde. O apoio matricial tem semelhanças com cuidados colaborativos pouco exploradas na literatura. Este artigo compara os dois modelos e analisa o apoio matricial a partir de evidências sobre cuidados colaborativos. Revisão narrativa. Componentes de cada modelo (atividades e dimensões) foram identificados e comparados. Evidências sobre cuidados colaborativos informaram análise de componentes semelhantes do apoio matricial. Foram identificadas dimensões do apoio matricial - suporte educacional, cuidado especializado, regulação, cogestão - e dos cuidados colaborativos - cuidado multiprofissional, comunicação sistemática, cuidado estruturado, suporte organizacional. A principal semelhança entre os modelos está nas atividades colaborativas diretas em torno de problemas clínicos, relacionadas a efetividade em estudos sobre cuidados colaborativos. Atividades colaborativas diretas são ponto positivo do apoio matricial. Cuidado estruturado e suporte em nível organizacional devem ser encorajados. Futuros estudos devem refinar as categorias propostas e explorar seu uso para desenvolvimento do apoio matricial.


Abstract Collaborative care between mental health and primary care is effective in improving health outcomes. The matrix support has similarities with collaborative care little explored in the literature. This article compares the two models and analyzes the matrix support from evidence on collaborative care. Narrative review. Components of each model (activities and dimensions) were identified and compared. Evidence on collaborative care informed analysis of similar components of matrix support. The dimensions of the matrix support - educational support, specialized care, regulation, co-management - and collaborative care - multiprofessional care, systematic communication, structured care, organizational support - were identified. The main similarity between the models lies in the direct collaborative activities around clinical problems which is related to effectiveness in collaborative care studies. Direct collaborative activities are a positive aspect of matrix support. Structured care and support at the organizational level should be encouraged. Future studies should refine the proposed categories and explore their use for the development of matrix support.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Modelos Organizacionais , Serviços de Saúde Mental/organização & administração , Saúde Mental , Comportamento Cooperativo
18.
Ciênc. Saúde Colet ; 25(6): 2289-2295, Mar. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1101025

RESUMO

Resumo As relações entre o apoio matricial e a teoria da complexidade possuem a palavra articulação como fundamento. Dessa maneira, há o reconhecimento de que a noção de apoio matricial integra um complexo arranjo teórico-metodológico, que o insere na metodologia Paideia, colocando-o em relação ao método da roda, à clínica ampliada e compartilhada, e ao projeto terapêutico singular (PTS). O caráter técnico-assistencial e pedagógico, que caracteriza o apoio matricial, é abordado pelo aspecto de não-linearidade e de incompletude do conhecimento, possibilitando a ampliação da capacidade reflexiva de pesquisadores e, no caso em questão, de profissionais da saúde.


Abstract The relationships between matrix support and the complexity theory have the Word articulation as a foundantion. Thus, there is a recognition that the notion of matrix support integrates a complex theoretical-methodological arrangement, wich inserts it in the Paideia methodology, placing it in relation to the circular method, the amplified and shared clinic, and the singular therapeutic project (PTS). The technical-assistance and pedagogical character, which characterizes the matrix support, is addressed by the aspect of non-linearity and incompleteness of knowledge, enabling the expansion of the reflective capacity of researches and, in this case, of health professionals.

19.
Rev. bras. saúde ocup ; 45: e3, 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1101653

RESUMO

Resumo Introdução: as atribuições dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) estão em discussão em âmbito nacional quanto aos processos de apoio de implementação das ações de Saúde do Trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS). Por meio do Apoio Matricial (AM), aponta-se uma nova competência a estes equipamentos, com vistas a superar a fragmentação da Rede Nacional de Atenção Integral a Saúde do Trabalhador (Renast). Objetivo: analisar as ações de AM em Saúde do Trabalhador (ST) desenvolvidas no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná por meio dos Cerest. Métodos: estudo descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa, realizado em 2016. Utilizou-se formulário eletrônico para entrevistas semiestruturadas com 35 participantes das atividades de AM em ST do estado e análise de conteúdo das informações levantadas. Resultados: verificou-se que o AM apresenta potencialidades evidenciadas pelo incremento da relação dialógica entre matriciadores e matriciados, proporcionando maior vínculo e apropriação das características dos territórios no estado. Discussão: as dificuldades identificadas consistiram na quantidade e formação das equipes, que limitam a apropriação dos pressupostos teóricos da Saúde do Trabalhador e a efetiva instituição do AM.


Abstract Introduction: the duties of the Occupational Health Reference Centers (Cerest) are under discussion in Brazil regarding the support processes for the implementation of Occupational Health actions in the Unified Health System (SUS). The Matrix Support (MS) project provides a new competence to these units in order to overcome the fragmentation of the Brazilian Network of Integral Care to Workers' Health (Renast). Objective: to analyze the MS actions in Occupational Health (OH) developed by Cerest units within the scope of the Health Department of the state of Paraná, Brazil. Methods: a descriptive, exploratory, and qualitative approach was conducted in 2016. The study applied an electronic form for semi-structured interviews with 35 participants of MS activities in OH and content analysis of the information collected. Results: the improved dialogical relationship between matrix-assistants and matrix-assisted evidenced the MS potentiality providing a greater bond and appropriation of the characteristics of the state territories. Discussion: the difficulties identified consisted of the number and constitution of the teams, which limits the appropriation of theoretical assumptions of OH and the effective MS implementation.

20.
Rev. polis psique ; 10(2): 143-165, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1103240

RESUMO

Este artigo discute uma inovação da pesquisa-intervenção participativa na abordagem da Gestão Autônoma da Medicação (GAM): a criação de uma etapa que nomeamos "Pesquisaapoio". Tal etapa se inspirou nos conceitos-ferramenta de Apoio Matricial e Apoio Institucional, instrumentos no campo brasileiro da saúde coletiva voltados à democratização dos serviços, à troca de experiências e saberes entre trabalhadores e à cogestão. A Pesquisaapoio teve objetivos semelhantes no serviço de saúde mental onde se realizou, um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS); contudo, diferentemente daqueles instrumentos, ela inclui em seu dispositivo os usuários dos serviços e seus familiares, ao invés de incluir apenas os trabalhadores. A Pesquisa-apoio permite contribuir com o debate sobre apoio no campo da saúde e ampliar a discussão sobre os dispositivos GAM. Em continuidade com os princípios da GAM, a Pesquisa-apoio permitiu aprofundar a participação dos usuários nos processos cogestivos, reforçando sua parceria com os trabalhadores e expandindo sua autonomia.


This article discusses an innovation of the participative intervention-research in the Autonomous Management of Medication (GAM) approach: the creation of a phase that we call "Support-research". The Support-research was inspired by the concepts/tools of Matrix Support and Institutional Support, instruments in the Brazilian collective health field aiming at democratizing services, sharing experiences and knowledge between workers and promoting co-management. The Support-research had similar objectives in the mental health service where it took place, in a Centre for Psychosocial Attention (CAPS); however, unlike those instruments, it had included users of the service and their family members in the support device. The Support-research contributes to the debate about support in health services and to extend the discussion about GAM devices. In line with GAM principles, the Support-research allowed users to deepen their participation in co-managed processes, strengthen their partnership with workers and expand their autonomy.


Este artículo discute una innovación de la investigación-intervención participativa en el abordaje de la Gestión Autónoma de la Medicación (GAM): la creación de una fase que llamamos "Investigación-apoyo". La Investigación-apoyo se inspiró en los conceptosherramienta de Apoyo Matricial y Apoyo Institucional, instrumentos en el campo brasileño de la salud colectiva dirigidos a la democratización de los servicios, al intercambio de experiencias y saberes entre trabajadores y la cogestión. La Investigación-apoyo tuvo objetivos similares en el servicio de salud mental donde se realizó, un Centro de Atención Psicosocial (CAPS); sin embargo, se diferenció de aquellos instrumentos por incluir en su dispositivo a los usuarios de los servicios y sus familiares, en vez de incluir sólo a los trabajadores. La Investigación-apoyo permite contribuir con el debate sobre apoyo en el campo de la salud y ampliar la discusión sobre los dispositivos GAM. En continuidad con los principios de la GAM, la Investigación-apoyo permitió profundizar la participación de los usuarios en los procesos cogestivos, reforzando su asociación con los trabajadores y expandiendo su autonomía.


Assuntos
Participação do Paciente , Apoio Social , Pesquisa Qualitativa , Processos Grupais , Serviços de Saúde Mental , Brasil , Autonomia Pessoal , Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...