Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
GED gastroenterol. endosc. dig ; 30(1): 7-12, jan.-mar. 2011. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-639271

RESUMO

Introdução: os tumores neuroendócrinos do jejuno e íleo representam 23-28% de todos os tumores endócrinos gastrointestinais. A taxa de incidência varia de 0,28 a 0,8 por 100.000 habitantes. Objetivos: revisar o tema e a experiência do INCA, culminando com definição de rotina de serviço. Material e Métodos: procedemos ao estudo retrospectivo dos casos de tumores neuroendócrinos de intestino delgado tratados no Serviço de Cirurgia Abdomino-pélvica do Instituto Nacional de Câncer (INCA) no período de 1996 a 2008, além de revisão bibliográfica. Resultados: relatamos os dados dos 7 casos tratados. Conclusão: concluímos serem os fluxogramas da ENETS (European Neuroendrocrine Tumor Society) válidos e expomos o fluxograma de conduta para estes tumores adotados no INCA.


Introduction: neuroendocrine tumors of the jejunum and ileum account for 23-28% of all gastrointestinal endocrine tumors. The incidence rate varies from 0.28 to 0.8 per 100,000 inhabitants. Objective: to review the theme and the experience of INCA cumino with definition of a routine service. Methods: we conducted the retrospective study of cases of neuroendocrine tumors of the small intestine treated at the Department of Surgery abdomino-pelvic National Cancer Institute (INCA) in the period 1996 to 2008, plus bibliographic review. Results: report the data of 7 cases treated. Conclusion: they are the flowcharts of ENETS valid and expose the flowchart of conduct adopted for these tumors in the INCA.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Institutos de Câncer , Tumores Neuroendócrinos , Neoplasias do Íleo , Neoplasias Intestinais , Intestino Delgado , Neoplasias do Jejuno , Estudos Retrospectivos
2.
Rev. Col. Bras. Cir ; 28(5): 342-346, set.-out. 2001. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-496916

RESUMO

OBJETIVO: Analisar a experiência do Serviço de Cirurgia Geral - HC/UFPE com os tumores do intestino delgado, na tentativa de colaborar com a definição de metas para o manejo dessas lesões. MÉTODO: Constitui-se este estudo em uma análise retrospectiva de12 pacientes portadores de neoplasias intestinais atendidos no SCG-HC/UFPE, no período de cinco anos (1994-1999). Sete eram do sexo masculino (58 por cento). A média de idade à admissão foi de 52 anos. A principal queixa referida foi dor abdominal (83 por cento), seguida por sangramento digestivo e perda ponderal (42 por cento). Massa abdominal palpável foi evidenciada em 50 por cento dos casos. Sete (58 por cento) apresentavam lesões malignas. Dentre as neoplasias benignas, quatro eram leiomiomas. Uma paciente, portadora de síndrome de Peutz-Jeghers, apresentou um hamartoma. Dez foram submetidos a tratamento operatório. Em seis, enterectomia com enteroanastomose foi empregada. Três foram operados em caráter de urgência (um por perfuração intestinal, um por enterorragia maciça e um por obstrução intestinal). RESULTADOS: A mortalidade relacionada à operação foi de 17 por cento. Todos os pacientes que evoluíram para óbito apresentavam neoplasias malignas avançadas e perda ponderal superior a15 por cento de seu peso. CONCLUSÕES: Tumores do intestino delgado são lesões incomuns, mesmo em serviços de referência. Um alto grau de suspeição deve ser mantido visando o diagnóstico precoce.


BACKGROUND: This study was aimed to identify the behaviour of small bowel tumours treated at the General Surgery Department of Hospital das Clínicas-UFPE. METHODS: From 1994 to 1999, 12 patients with small intestine tumours were retrospectively selected from the files of the General Surgery Department - Hospital das Clínicas/UFPE. Seven patients were male. The mean age at admission was 52 years. The most frequent complaint was abdominal pain (83 percent), followed by bleeding and loss of weight (42 percent). The tumour could be felt at the abdominal examination in 50 percent of the patients. Seven patients harboured malignant lesions (58 percent). Among benign tumours, four patients had leiomiomas. One female patient, with Peutz-Jeghers syndrome, presented with hammartomas. Ten patients were submitted to surgical treatment. Three, in an urgent basis. RESULTS: The mortality related to the surgery was 17 percent. All patients that eventually progressed to death had malignant lesions, and were admitted with marked loss of weight (> 15 percent of the ideal body weight). CONCLUSIONS: Small intestine tumours are rare lesions even in major treatment centers. Those treating these patients should keep a high clinical suspicion. Earlier diagnosis, particularly in patients with malignant lesions, can improve prognosis.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...