Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 817
Filtrar
1.
Rev. Fac. Cienc. Méd. Univ. Cuenca ; 37(1): 43-49, Junio 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1004968

RESUMO

Este artículo muestra desde las voces de las mujeres, la relación entre clase y consumo de alimentos. Identifica el consumo actual de la quinua fundamentalmente por los estratos altos de la sociedad cuencana y casi desconocida por campesinos y estratos urbanos más pobres, resultado de procesos relacionados con la distinción o el estigma.Objetivo: entender las prácticas de diferenciación social en la ciudad de Cuenca a partir de la alimentación, usando como caso de estudio el con-sumo de la quinua Metodología: investigación etnográfica multisituada con siete familias; cuatro del área urbana y tres del área rural del cantón Cuenca, realizada entre octubre de 2016 a junio de 2017.Resultados: los relatos de las mujeres en torno a la alimentación y el con-sumo de quinua, permiten visibilizar los elementos simbólicos que giran en torno a la comida y su praxis en el contexto histórico y sociocultural particular de Cuenca.Conclusiones: el consumo de alimentos está marcado por el habitus de clase. La quinua es un ejemplo de ello, desapareció de la mesa familiar por la depreciación simbólica heredada desde la colonia, y hoy regresa como símbolo comunicador de distinción social.


This article shows from the voices of women, the re-lationship between social class and food consump-tion. It identifies how the quinoa is today consumed fundamentally by the upper strata of the society in Cuenca and it is almost unknown by peasants and poorer urban strata, the result of processes related to distinction or stigma.Objective: understand the practices of social diffe-rentiation in Cuenca from the alimentation, using as a case study, the consumption of quinoa.Methodology: it is a multisite ethnographic re-search with seven families; four of the urban area and three of the rural area of Cuenca, it was carried out between October 2016 and June 2017.Results: the stories of the women around the fee-ding and the consumption of quinoa allow visuali-zing the symbolic elements that revolve around the food and its praxis in the particular historical and sociocultural context of Cuenca.Conclusions: food consumption is marked by class habitus. The quinoa is an example of this, it disappeared from the family table because of the symbolic depreciation inherited from the colony, and today it returns as a communicating symbol of social distinction.


Assuntos
Humanos , Feminino , Classe Social , Chenopodium album , Consumo de Alimentos , Zona Rural , Área Urbana , Estigma Social , Antropologia Cultural
2.
Bol. latinoam. Caribe plantas med. aromát ; 18(2): 155-196, mar. 2019. ilus, graf, mapas
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1007812

RESUMO

Following is submitted an ethnobotanic study on knowledge and practices on usage, role and meaning of plants and relatives used by practitioners of non-official medicine in urban and peri-urban places of the city of Córdoba, Argentina. In this study area, it can be observed a cultural structure of knowledge as well as local and foreign practices, which are typical of modern cultures. Diverse social actors perform as cultural connectors between urban and rural scenarios, which match traditional components with those of biomedicine as well as those that belong to a large chain of medical herbs marketing. Quantitative and qualitative methods were resorted to, through classical ethnobotanic techniques. An amount of 768 therapeutical usages were registered which correspond to 262 native and foreign medical taxons. These taxons belong to 95 family plants marketed within urban and peri-urban areas. It is also remarkable an urban pharmacopeia highly diverse as regards species and usages with a top level of exotic species (60%) as well as complementary alternative and global medicines in theses contexts.


Se presenta un estudio etnobotánico de los conocimientos y prácticas referidos al uso, rol y significado de los vegetales usados por practicantes de la medicina no oficial en poblaciones urbanas y periurbanas de la ciudad de Córdoba, Argentina. En este ámbito de estudio, se conforma un complejo cultural de saberes y prácticas locales y foráneas, típicas de culturas modernas. Se destaca el protagonismo de diversos actores sociales los que actúan como conectores culturales entre escenarios urbanos y rurales, los que combinan elementos tradicionales con los de la biomedicina, como así también los que forman parte de una larga cadena de comercialización de hierbas medicinales. Se recurrió a métodos cualitativos y cuantitativos mediante técnicas clásicas etnobotánicas. Se documentaron un total de 768 usos terapéuticos correspondientes a 262 taxones medicinales de estatus autóctonos y exóticos que pertenecen a 95 familias de plantas comercializadas en el ámbito urbano y periurbano. Se advierte una farmacopea urbana altamente diversificada en especies y aplicaciones con un predominio de especies exóticas (60%) como así también la presencia influyente de las medicinas alternativas complementarias y de medicinas globales en estos contextos.


Assuntos
Humanos , Plantas Medicinais , Etnobotânica , Argentina , Área Urbana , Diversidade Cultural
3.
Saúde Soc ; 28(1): 322-336, jan.-mar. 2019. graf, mapas
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-991667

RESUMO

Resumo Este artigo analisa a articulação entre território, acesso e tecnologias em saúde. O objetivo é colocar em análise o mapa da saúde a partir da relação entre regime de visibilidade e tecnologias de vigilância em saúde. O percurso da reflexão apoia-se na problematização do georreferenciamento no campo da saúde para monitoramento e vigilância dos fluxos de circulação de pessoas no espaço urbano como estratégia biopolítica. A análise perpassa, portanto, a problematização de técnicas de mapeamento do campo da saúde para pensar formas de controle e regulação populacional como processos não naturais que permitem certas formas de articulação entre acesso, território e tecnologias em saúde. Deste modo, o artigo segue o itinerário: (1) analisa o território como um dos elementos que constituem um dispositivo no campo da saúde; (2) discute como a vigilância está implicada nas estratégias de mapeamento na saúde a partir dos primeiros mapas biossociais; (3) aborda a relação entre georreferenciamento e tecnologias de vigilância em saúde como estratégia biopolítica.


Abstract This article analyzes the articulation between territory, access, and technologies in health. The objective is to analyse the health map based on the relationship between visibility regime and health surveillance technologies. The course of reflection is based on the problematization of the use of the georeferencing in the field of health for the monitoring and surveillance of people circulation flows in urban space as a bio-political strategy. The analysis, therefore, involves the problematization of mapping techniques in the health field to think of forms of population control and regulation as unnatural processes that allow certain forms of articulation between access, territory, and health technologies. In this way, the article follows the itinerary: (1) analyses the territory as one of the elements that constitute a device in the field of health; (2) discusses how surveillance is implicated in health mapping strategies from the first biosocial maps; (3) approaches the relationship between georeferencing and surveillance technologies as biopolitical strategy.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Área Urbana , Tecnologia Biomédica , Mapeamento Geográfico , Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde , Saúde Pública
4.
Saúde Soc ; 28(1): 207-221, jan.-mar. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-991676

RESUMO

Resumo No contexto da atenção primária à saúde, a violência urbana é um desafio que tem impactado diretamente o setor por conta da localização geográfica dos equipamentos de saúde em áreas de vulnerabilidade e da maior interação dos trabalhadores com situações que colocam em perigo, implícita ou explicitamente, sua segurança. O artigo discute as implicações desse fenômeno no trabalho e na construção dos vínculos estabelecidos entre os agentes comunitários de saúde (ACS) com a população em um território. Foi utilizada a metodologia qualitativa e o referencial teórico das representações sociais para compreender como a execução das políticas de saúde se concretiza no cotidiano à luz das interações, dos conflitos e das decisões que permeiam os contatos com o público na produção do serviço. Como resultado, destacamos que a violência e as representações em torno desta interferem na produção de estratégias de promoção e prevenção e na produção dos vínculos, tornando os canais de negociações mais restritos. É fundamental que o processo de trabalho das equipes de saúde esteja fortalecido com discussões e articulação em rede na minimização dos riscos individuais sobre seus trabalhadores e como possibilidade de efetivação dos pressupostos da integralidade do cuidado e redução das iniquidades.


Abstract In the context of Primary Health Care, urban violence is characterized as a challenge that has direct impact on the health sector due to the geographical localization of health equipment in vulnerable areas and strong interaction of the workers with situations that endanger them, implicit or explicit to their safety. In this study we discuss the implications of this phenomenon for the work and the development of the bonds established between the Community Health Agents and the population within a territory. We used a qualitative methodology and theoretical approach of the social representations, aiming at increasing the understanding of how health policies are implemented on the daily routine in the light of interactions, conflicts and decisions that permeate the contacts with the public in the provision of the service. As a result, we emphasize that community violence and its representations interfere in the development of healthcare promotion and prevention strategies and in the development of bonds, making negotiation channels more restricted. It is fundamental to strengthen the work process of the health team through collective discussion and networking in the prevention and minimizing individual risks about their workers and with a possibility of accomplishing a straight work with the assumptions of integrality of care and reduction of inequalities.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Relações Profissional-Paciente , Violência , Agentes Comunitários de Saúde , Área Urbana , Área de Atuação Profissional
5.
Licere (Online) ; 22(01): i:211-f:230, mar.2019. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-997379

RESUMO

Nesta pesquisa objetivamos identificar e discutir sobre os espaços e equipamentos de esporte e lazer existentes em municípios do Rio Grande do Norte, com intuito de mapeamento desses elementos. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de campo com 55 gestores responsáveis pelo esporte e lazer de municípios do Estado do RN. Diante dos resultados encontrados, identificamos que nas cidades pesquisadas há espaços e equipamentos de esporte e lazer com predominância das quadras descobertas, campos de areia e academias ao ar livre. O uso desses espaços predomina a iniciativa pública e popular, preferencialmente no período diurno. O interesse físico-esportivo ganhou destaque, talvez pelo quantitativo de espaços e equipamentos propícios para este interesse e a proximidade dos gestores com o futebol. Apontamos a necessidade de ampliar a iniciativa da animação cultural por parte das prefeituras e a necessidade de cursos de capacitação para os gestores.


This research aimed to identify and discuss about the spaces and equipment for sport and leisure in municipalities of Rio Grande do Norte with the intention of mapping these elements. It is a descriptive and the field research with 55 managers responsible for sport and leisure of municipalities in the State of Rio Grande do Norte. Before the results, we have identified in the cities surveyed for spaces and sports and leisure equipment with the courts findings, sand fields and outdoor academies. The use of these spaces predominates the public and popular initiative, preferably during the day. The physical-sports interest came to prominence, perhaps by the number of spaces and equipment suitable for this interest and the proximity of managers with the football. We point out the need to expand the initiative of cultural animation by prefectures and the need for training courses for managers.


Assuntos
Humanos , Política Pública , Recreação , Esportes , Área Urbana , Atividades de Lazer
6.
Motrivivência (Florianópolis) ; 31(57): e56102, mar. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-994637

RESUMO

A transformação dos tradicionais estádios de futebol em arenas esportivas multiuso é uma tendência internacional, que foi impulsionada no Brasil pela Copa do Mundo FIFA 2014. O estudo teve por objetivo analisar a sustentabilidade financeira da arena Beira-Rio, uma das sedes do evento. Foram analisados documentos, realizadas visitas às instalações e conduzidas entrevistas com os gestores. Os resultados indicaram que o projeto de utilização do Beira-Rio contempla oito fontes de receitas: bilheteria, espaços VIP, estacionamento, publicidade, centro comercial, eventos não-esportivos, catering e visitação às instalações. O Beira-Rio encontra-se, atualmente, em um processo de transição entre um estádio de futebol tradicional e uma arena esportiva multiuso. Em 2017, apresentou um prejuízo aproximado de R$ 8,08 milhões, não se mostrando financeiramente sustentável; todavia, pode se tornar sustentável, com lucro aproximado de R$ 38,51 milhões anuais, caso se potencialize as fontes de receitas já existentes.


The transformation of traditional football stadiums into multipurpose sports arenas is an international trend that was boosted in Brazil by the 2014 FIFA World Cup. The purpose of this study was to analyze the financial sustainability of the Beira-Rio arena, one of the venues of the event. Documents were analyzed, site visits were carried out and interviews were conducted with the managers. The results indicated that the Beira-Rio project includes eight sources of revenue: box office, VIP spaces, parking, advertising, shopping center, non-sporting events, catering and visitation to the facilities. Beira-Rio is currently in a process of transition between a traditional football stadium and a multipurpose sports arena. In 2017, it presented an approximate loss of R$ 8,08 million, not proving to be financially sustainable; however, it could become sustainable, with a profit of approximately R$ 38,51 million per year, if existing revenue sources are increased.


La transformación de los tradicionales estadios de fútbol en arenas deportivas multiuso es una tendencia internacional, impulsada en Brasil por la Copa Mundial de la FIFA 2014. Este estudio tuvo como objetivo analizar la sostenibilidad financiera de la arena BeiraRio, una de las sedes del evento. Se analizaron documentos, se realizaron visitas a las instalaciones y entrevistas con los gestores. Los resultados indicaron que el proyecto de utilización del Beira-Rio contempla ocho fuentes de ingresos: taquilla, espacios VIP, estacionamiento, publicidad, centro comercial, eventos no deportivos, catering y visitación a las instalaciones. El Beira-Rio se encuentra actualmente en un proceso de transición entre un estadio de fútbol tradicional y una arena deportiva multiuso. En 2017, presentó un perjuicio aproximado de R$ 8,08 millones, no mostrándose financieramente sostenible; sin embargo, puede tornarse sostenible, con un beneficio aproximado de R$ 38,51 millones anuales, si se potencian las fuentes de ingresos ya existentes.


Assuntos
Educação Física e Treinamento/organização & administração , Área Urbana
7.
São Paulo; s.n; 2019. 275 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-981788

RESUMO

Esta pesquisa se situa no campo do planejamento territorial e da sustentabilidade urbana, com foco na conservação da biodiversidade e na provisão de serviços ecossistêmicos. Parte-se do pressuposto que a urbanização, embora estimule o progresso econômico, social e cultural, tem impulsionado problemas como a degradação ambiental e a falta de saneamento e que é necessário um planejamento do território em nível metropolitano, visando a manutenção do capital natural e a provisão de serviços ecossistêmicos essenciais ao bem-estar humano e à qualidade de vida, de forma sustentável. Assim, o objetivo deste estudo foi propor um conjunto de indicadores de avaliação de capital natural e de serviços ecossistêmicos para regiões metropolitanas, tendo como recorte empírico a Região Metropolitana de Curitiba. O conjunto de indicadores foi construído a partir de uma base teórica e posteriormente validado por especialistas utilizando-se o método Delphi. O conjunto de indicadores proposto e validado por especialistas apresenta embasamento teórico e flexibilidade para aplicação em diferentes contextos. A situação na RMC demonstra uma tendência de degradação do capital natural e consequente comprometimento na provisão de água em longo prazo, com destaque para a bacia do rio Ribeira. Verificou-se a necessidade de se ampliar, em grande parte da RMC, a implementação das políticas de proteção da biodiversidade, estimular a criação de novas unidades de conservação e fortalecer o monitoramento do uso


This research is situated in the field of territorial planning and urban sustainability, with focus on biodiversity conservation and ecosystem service provision. The assumption is that urbanization, while stimulating economic, social and cultural progress, has driven problems such as environmental degradation and lack of sanitation and that it is necessary to plan the territory at the metropolitan level, aiming at maintaining natural capital and providing ecosystem services essential to human well-being and quality of life in a sustainable way. Thus, the objective of this study was to propose a set of indicators for the evaluation of natural capital and ecosystem services on metropolitan regions, having as an empirical cut the Metropolitan Region of Curitiba. The set of indicators was built from a theoretical basis and then validated by experts using the Delphi method. The set of indicators proposed and validated presents flexibility for application in different contexts. The situation in the MRC demonstrates a trend of degradation of natural capital and consequent impairment in long term water provision, with emphasis in the Ribeira river basin. It is necessary to expand implementation of policies to protect biodiversity, to stimulate the creation of new conservation units and to strengthen the monitoring of land use


Assuntos
Planejamento de Cidades , Área Urbana , Biomarcadores Ambientais , Parques Recreativos , Conservação dos Recursos Naturais
8.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 113 f p. tab, fig.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-998959

RESUMO

Nas últimas décadas tem ocorrido uma acelerada urbanização nas grandes cidades, especialmente em países em desenvolvimento. Esse fenômeno predispõe à exposição da população a ambientes com diferentes níveis de ordenação. A saúde mental está diretamente relacionada ao ambiente em que a população está inserida. Transtornos mentais comuns (TMC) desempenham um importante papel no desenvolvimento da personalidade dos adolescentes, e, consequentemente, sua saúde mental na vida adulta. Esse trabalho teve como objetivo estimar o efeito dos fatores contextuais relativos à exposição à desordem do espaço urbano na ocorrência de TMC em adolescentes, no âmbito do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA), um estudo transversal, de base escolar, conduzido entre 2013 e 2014. A população de estudo foi composta de 2.506 estudantes, com idades entre 12 e 17 anos, residentes em três metrópoles brasileiras. O TMC foi aferido através do General Health Questionnaire (GHQ-12). Para estimar a desordem do espaço urbano, as variáveis de entorno dos domicílios (presença de iluminação pública, pavimentação, calçada, meio-fio, bueiro, arborização, esgoto a céu aberto, lixo acumulado nos logradouros e rampa para cadeirantes) foram obtidas do censo brasileiro de 2010. Por meio de análise de componentes principais dessas variáveis, foram identificados três componentes: Walkability, Saneamento e Acessibilidade. As exposições individuais foram calculadas como a média desses componentes para regiões com raios de 100 e 250 metros em torno das residências dos estudantes e dos endereços das escolas. Essas medidas foram ponderadas pelo tempo que os estudantes permaneciam na escola e em casa. Nas análises, as variáveis de exposição foram categorizadas em quartis. Os efeitos foram estimados por modelos de regressão logística controlando por sexo, idade, estrutura familiar e condição socioeconômica. Não foram obtidas estimativas significativas para Walkability e Saneamento. Acessibilidade mostrou-se, de forma consistente nas análises, como fator protetor para TMC. Esses resultados sugerem de efeito da exposição à desordem do espaço urbano em TMC. Entretanto, apesar de a literatura indicar que medidas objetivas são mais apropriadas para aferir a exposição a ambientes urbanos desordenados do que medidas de percepção do indivíduo sobre a vizinhança, é possível que os dados de entorno do censo possam estar medindo a desordem do espaço urbano de forma inadequada. Estudos com técnicas de classificação por imagem de satélite para caracterização do entorno poderia minimizar a probabilidade de erros de classificação da exposição e viabilizar acompanhamentos longitudinais, aferindo os efeitos desejados de forma mais acurada e precisa


In recent decades there has been accelerated urbanization in major cities, especially in developing countries. This phenomenon predisposes the exposure of the population to environments with different levels of physical order. Mental health is directly related to the environment where the population lives. Common mental disorders (CMD) play an essential role in the development of the adolescents' personality, and consequently their mental health in adulthood. This study aimed to estimate the effect of contextual factors related to exposure to neighborhood physical disorder (NPD) in the occurrence of CMD in adolescents. It was carried out within the framework of the Study of Cardiovascular Risk in Adolescents (ERICA), a cross-sectional, school-based study conducted between 2013 and 2014. The study population included 2506 students aged from 12 to 17 years residing in three Brazilian metropolises. The CMD was measured using the General Health Questionnaire (GHQ-12). In order to estimate NPD, neighborhood variables (presence of street lighting, paving, sidewalk, curb, street gully, afforestation, open sewage, garbage accumulated in the street and curb ramps) were obtained from the census 2010. Through principal component analyses of these variables, three components were identified: Walkability, Sanitation, and Accessibility. Individual exposures were calculated as the mean of these components for buffers with 100- and 250- meters radius around students' homes and school addresses. These measures were weighted by the time students spent in school and at home. In the analyzes, the exposure variables were categorized into quartiles. The effects were estimated by logistic regression models adjusting for sex, age, family structure, and socioeconomic status. No significant estimates were obtained for Walkability and Sanitation. Accessibility appeared consistently in the analyzes as a protective factor for CMD. These results suggest that there is an effect of exposure to NPD in CMD. However, although the literature indicates that objective measures are more appropriate to measure exposure to NPD than measures of individual perception of the neighborhood, it is possible that the census data may be inappropriately measuring NPD. Studies using satellite image classification techniques to characterize the environment could minimize the probability of exposure misclassification and allow for longitudinal follow-ups, assessing the desired effects more precisely and accurately


Assuntos
Humanos , Estudantes , Brasil , Saúde Mental , Saúde da População Urbana , Epidemiologia , Estudos Transversais , Adolescente , Área Urbana , Transtornos Mentais
9.
Arq. Inst. Biol ; 86: e0042018, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1009476

RESUMO

Dengue is a viral infection transmitted by the mosquito Aedes aegypti. In Brazil, one of the insecticides used to control the mosquito is malathion, which can be diluted in vegetable oil (1:2 v/v). The purpose of this study was to understand the persistence of malathion on different surfaces and soil. Surfaces were contaminated by malathion and then washed with water and soap. The water used to clean the surfaces was extracted and analyzed by gas chromatography with an FID detector. Soil samples received malathion 14C-TG diluted in vegetable oil (1:2 v/v) and were analyzed zero, 3, 7, 18, 32, 60, 120, 240, and 360 days after the application in a liquid scintillation analyzer. Results showed a high persistence of malathion on porous surfaces. Moreover, it did not degrade in the soil for the first 120 days.(AU)


A dengue é uma infecção viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, um dos inseticidas utilizados para controlar o mosquito é o malathion, que pode ser diluído em óleo vegetal (1:2 v/v). O objetivo deste trabalho foi avaliar a permanência do malathion em diferentes superfícies e no solo. As superfícies foram contaminadas com malathion e depois lavadas com água e sabão. A água utilizada para limpar as superfícies foi extraída e analisada por cromatografia gasosa com detector de ionização de chama. O malathion 14C-GT diluído em óleo vegetal (1:2 v/v) foi aplicado em amostras de solo que foram analisadas nos tempos 0, 3, 7, 18, 32, 60, 120, 240 e 360 dias após a aplicação, em um analisador de cintilação líquida. Os resultados mostraram alta permanência de malathion em superfícies porosas. Além disso, o malathion não se degradou no solo nos primeiros 120 dias.(AU)


Assuntos
Aedes , Inseticidas , Controle de Pragas , Cromatografia Gasosa/métodos , Área Urbana , Dengue
10.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1013449

RESUMO

Abstract Active commuting (walking/cycling) is seen as a strategy to promote active behaviors in children's daily school life. This study aimed to analyze the modes of commuting and perceptions of children in relation to the possibility of active commuting to school according to sex. Overall, 101 students (M=11.39/SD=1.22) enrolled in the 5th and 6th grades from two public elementary schools in the state of Maranhão, Brazil, participated in this study. Data were collected through a questionnaire administered to students. The results showed that 21.8% of respondents had active commuting (19.8% on foot / 2% bicycle), without statistically significant differences; however, boys were more predisposed to walking and cycling in relation to girls. As positive justifications, respondents evidenced the 'home-school proximity' and 'fun/pleasure' provided during the journey, and 'distance' and 'traffic / insecurity' as barriers to the possibility of walking or cycling to school.


Resumo Vislumbra-se o deslocamento ativo (a pé/bicicleta) como uma estratégia de promoção de comportamentos ativos no cotidiano escolar de crianças. Este estudo objetivou analisar os modos de deslocamento e percepções de crianças em relação à possibilidade do deslocamento ativo para a escola de acordo com o sexo. Participaram 101 alunos ( x x=11,39/DP=1,22) do 5º e 6º ano de escolaridade de duas escolas públicas do estado do Maranhão,Brasil. Os dados foram coletados através de um questionário administrado aos alunos. Os resultados demonstraram que 21,8% dos inquiridos se deslocaram ativamente (19,8% a pé/2% bicicleta), sem diferenças estatisticamente significativas, contudo, os meninos apresentaram maior predisposição à caminhada e utilização da bicicleta em relação às meninas. Como justificativas positivas os inquiridos evidenciaram a 'Proximidade casa-escola' e 'Diversão/prazer' proporcionadas durante o trajeto e, a 'distância' e a 'insegurança trânsito/geral' como barreiras frente a possibilidade em realizar o percurso a pé ou de bicicleta para a escola.


Assuntos
Humanos , Criança , Estudantes , Estilo de Vida , Atividade Motora , Percepção , Área Urbana
11.
Estud. av ; 33(95): 91-112, 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1008243

RESUMO

O presente trabalho discute a relação entre portos-cidades, reconhecendo o crescente tensionamento que marca a presença dessas estruturas nos tecidos urbanos e suas conexões com os instrumentos de planejamento das cidades. A construção do trabalho partiu da constatação de um problema que afeta fortemente algumas das principais cidades brasileiras, a coexistência de atividades do setor terciário e de habitação com os portos. O debate foi enriquecido pela revisão teórica que procurou estabelecer conexões entre temas correlatos ao problema levantado, bem como se debruçou sobre documentos oficiais dos diversos níveis de governo subnacionais. Além disso, foram considerados dados relativos a estudos e pesquisas desenvolvidos pelos atores que atuam diretamente com o setor portuário. Verificou-se que parte desse problema decorre de uma arquitetura institucional em que o governo central formula políticas para o setor portuário sem considerar as repercussões que essas iniciativas terão no ambiente urbano.


This paper proposes to motivate a debate on the relation between ports and cities, acknowledging the growing tension that marks the presence of these structures in the urban fabric and its connections with the planning instruments of cities. The paper's construction started by ascertaining a problem that severely affects some major Brazilian cities, namely, the coexistence of activities of the tertiary and habitation sectors with the ports. The debate was enriched by a theoretical review that sought to establish connections between themes correlated with the problem raised, as well as by official documents from several subnational levels of government. Furthermore, we considered data related to studies and researches developed by actors that operate directly in the ports. It was found that part of this problem derives from an institutional architecture by which the central government creates policies for the port sector without conside-ring the impact these initiatives will have on the urban environment.


Assuntos
Política Pública , Planejamento de Cidades , Área Urbana , Saneamento de Portos
12.
Estud. av ; 33(95): 191-202, 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1008346

RESUMO

O texto discute a cidade em sua condição pós-moderna, entendendo seu corpo material e simbólico a partir do estudo da utopia geradora da cidade moderna do século XX até a construção de novo ideário da cidade contemporânea. Essa trajetória que gerou espaços riquíssimos será a base doutrinária em que urbanistas de todos os matizes gerarão os espaços urbanos do amanhã. A noção de utopia perpassa todo o texto, porque é argumento essencial para a superação dos nossos problemas urbanos atuais.


The text discusses the city in its postmodern condition, understanding its material and symbolic body through the study of the utopia that generated the modern city of the twentieth century and the construction of new corpus of ideas of the contem-porary city. This trajectory, which has generated very rich spaces, will be the doctrinal basis by which urbanists of all stripes will generate the urban spaces of tomorrow. The notion of utopia weaves through the entire text because it is an essential argument for overcoming our current urban problems.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Arquitetura , Utopias , Cidades , Planejamento de Cidades , Área Urbana , Geografia
13.
Rev. bras. cineantropom. desempenho hum ; 20(5): 456-467, Sept.-Oct. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-977434

RESUMO

Abstract The environment around the residence could contribute to attenuate or increase time spent in sedentary activities, and in low energy expenditure activities (1.5 METS) in adolescents. The aim of this study was to analyze the association between sedentary time and perceived neighborhood environment in adolescents aged 12-17 years living in southern Brazil. This was an observational cross-sectional study conducted from August 2013 to May 2014, with a sample of adolescents (12-17 years), recruited from 32 census tracts in Curitiba, Brazil. All census tracts were selected according to walkability and income characteristics. Perceived environment was assessed through the NEWS-Y questionnaire, and sedentary time along seven days was obtained through accelerometers (GT1M, GT3x and GT3x+). Linear regression models were used to test the associations, and included age, nutritional status, socioeconomic level and education level as confounding variables. All analyses were performed considering p-value <0.05 through SPSS software 20.0. The analytical sample included 364 adolescents (girls=50.5%; mean age=14.7, SD=1.7) with valid accelerometry data, showing on 489.6 minutes/day (SD=99.5) spent in sedentary time activities. After adjusting for confounding variables, only the perception of places for walking and cycling remained associated with sedentary time for both boys (B=-23.402, p=0.016) and girls (B=-15.572; p=0.079). Perception of places for walking and cycling has an inverse relationship with sedentary time among adolescents living in places with extremes of walkability and income.


Resumo O ambiente no entrono da residência pode contribuir para atenuar ou acentuar o tempo em atividades sedentárias em adolescentes. Objetivou-se avaliar a associação entre o tempo sedentário e a percepção do ambiente sobre o bairro em adolescentes de 12 a 17 anos residentes no sul do Brasil. Este foi um estudo transversal realizado entre os meses Agosto, 2013 e Maio, 2014, em uma amostra de adolescentes, recrutados em 32 setores censitários da cidade de Curitiba-PR, Brasil. Os setores foram selecionados de acordo com as características de walkability e renda. O ambiente percebido foi avaliado com o questionário NEWS-Y. O tempo sedentário foi avaliado de maneira objetiva por meio de acelerômetros (GT1M, GT3x e GT3x+) durante sete dias consecutivos. Modelos de regressão linear foram empregados para testar as associações, sendo consideradas como variáveis de confundimento a idade, o estado nutricional, o nível socioeconômico e a escolaridade. As análises foram realizadas considerando o valor de p<0,05 através do software SPSS 20,0. A amostra analítica contou com 364 adolescentes com dados válidos de acelerômetros (meninas=50,5%; idade média=14,7 anos, DP=1,7 anos), tendo apresentando 489,6 minutos/dia (DP=99,5 minutos/dia) de tempo em atividades sedentárias. Após ajuste para as variáveis de confundimento apenas a percepção de lugares para caminhar e para pedalar manteve-se associada com tempo sedentário tanto para meninos (B=23,402; p=0,016) quanto para meninas (B=-15,572; p=0,079). A percepção de locais para caminhar e pedalar tem relação inversa com tempo sedentário entre adolescentes residentes em locais com extremos de walkability nível socioeconômico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Área Urbana , Comportamento Sedentário/etnologia
14.
Rev. bras. cineantropom. desempenho hum ; 20(5): 445-455, Sept.-Oct. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-977436

RESUMO

Abstract The aim of this study was to investigate the quantity and quality of open public spaces (OPS) and physical activity (PA) facilities in Florianopolis, Santa Catarina. A descriptive survey was carried out in 2015 on the quantity, type and quality of OPS and PA facilities. The quality of OPS and PA facilities were assessed by systematic observation. A quality index of OPS (score -3 to 6 points) was divided into three categories, poor (category ≤0), average (0.1 to 2.9) and good quality (category ≥3). For analysis, descriptive statistics were used. Of the 214 OPS, the highest proportion was squares/gardens (n = 128, 59.8%). Of the 214 OPS, 59.8% were squares/gardens. About 51.9% (n = 111) of OPS had good quality. A higher proportion of comfort items obtained good quality, such as lighting (54.7%), trash cans (45.8%) and garden benches (55.1%). In more than 60.0% of OPS, there were no incivilities. Of the 377 PA facilities identified, 53.6% presented good quality and 13.8% poor quality. Playgrounds (29.4%), outdoor gyms (15.9%) and soccer fields/courts (14.9%) were more frequent, only the latter less than half had good quality (28,6%). There were no PA facilities in 29.0% of OPS. A higher proportion of OPSs have good quality, but less than half require improvement, comfort, less incivility and greater diversity of PA facilities. This may promote greater visits to OPS and leisure opportunities, including the practice of PA.


Resumo Objetivou-se analisar a quantidade e a qualidade dos espaços públicos de lazer e estruturas para atividades físicas em Florianópolis, Santa Catarina. Realizou-se, no ano de 2015, um levantamento descritivo da quantidade, tipo e qualidade dos espaços públicos de lazer (EPL) e estruturas para atividade física (AF). A qualidade dos EPL e estruturas para AF foi avaliada por meio de observação sistemática. Um índice de qualidade dos EPL (escore -3 a 6 pontos) foi categorizado em três níveis, qualidade ruim (categoria ≤0), média (0,1 a 2,9) e boa (categoria ≥3). Para análise fez-se uso da estatística descritiva. Dos 214 EPL, maior proporção foi de praças/jardins (n=128; 59,8%). Em 51,9% (n=111) dos EPL tinham qualidade boa. Maior proporção de itens de conforto obteve qualidade boa como iluminação (54,7%), lixeiras (45,8%) e bancos (55,1%). Em mais de 60,0% dos EPL inexistiam incivilidades. Das 377 estruturas para AF identificadas, 53,6% apresentaram qualidade boa e 13,8% qualidade ruim. Os parquinhos infantis (29,4%), academias ao ar livre (15,9%) e campos/canchas de futebol (14,9%) foram mais frequentes, apenas este último menos da metade apresentou qualidade boa (28,6%). Em 29,0% dos EPL inexistiam estruturas para AF. Maior proporção dos EPL tem boa qualidade, mas ainda menos da metade necessitam de melhorias, em conforto, menores incivilidades e maior diversidade de estruturas para AF. Isso poderá promover maior visitação aos EPL e oportunidade de lazer, incluindo a prática de AF.


Assuntos
Exercício , Saúde da População Urbana , Área Urbana
15.
Arch. Health Invest ; 7(9): 364-368, set. 2018. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-988596

RESUMO

Introdução: A cárie é uma doença infecciosa, de caráter multifatorial, dependente da dieta, microbiota bucal e resposta do hospedeiro, resultando na desmineralização localizada dos tecidos dentários duros. Objetivo: Avaliar a experiência de cárie e fatores associados em escolares residentes em zonas rurais e urbanas de Araruna, PB. Material e método: Um levantamento epidemiológico de prevalência de cárie dentária e alterações gengivais foi realizado. Os dados foram anotados em fichas odontológicas apropriadas, visando identificar diferenciais entre estes indicadores das duas áreas estudadas. Além disto, o fluxo salivar dos participantes foi determinado. Resultado: Os resultados indicaram diferenças brandas entre os indicadores de saúde bucal nas duas zonas. Apesar da tendência destes indicadores, como o CPOD, ISG e IHOS terem sido mais baixos na zona rural, há alguns anos atrás, do que os observados na zona urbana, no presente trabalho não foram identificadas diferenças significativas entre estes índices. Conclusão: A população rural vem obtendo acesso aos serviços encontrados na cidade, facilitando a inclusão na dieta de alimentos mais cariogênicos e, consequentemente, igualando os índices de saúde bucal aos encontrados na população urbana. Desta forma, o risco de cárie nestas populações, atualmente, é similar(AU)


Introduction: The caries is an infectious, multifactorial disease, dependent on diet, oral microbiota and host response, resulting in localized demineralization of hard dental tissues. Objective: To evaluate the experience of caries and associated factors in schoolchildren residing in rural and urban areas of Araruna, PB. Material and method: An epidemiological survey of the prevalence of dental caries and gingival alterations was performed. The data were annotated in appropriate dental records, in order to identify differences between these indicators of the two areas studied. In addition, the participants' salivary flow was determined. Result: The results indicated mild differences between the oral health indicators in the two areas. Despite the tendency of these indicators, such as CPOD, ISG and IHOS to be lower in rural areas, a few years ago, in the present study, no significant differences were found between these indices. Conclusion: The rural population has been gaining access to the services found in the city, facilitating the inclusion of more cariogenic foods in the diet and, consequently, matching the oral health indexes to those found in the urban population. Thus, the risk of caries in these populations is currently similar(AU)


Introducción: La caries es una enfermedad infecciosa, de carácter multifactorial, dependiente de la dieta, microbiota bucal y respuesta del huésped, resultando en la desmineralización localizada de los tejidos dorsales duros. Objetivo: Evaluar la experiencia de caries y factores asociados en escolares residentes en zonas rurales y urbanas de Araruna, PB. Material y método: Se realizó un levantamiento epidemiológico de prevalencia de caries y cambios en las encías. Los datos fueron anotados en fichas odontológicas apropiadas, buscando identificar diferenciales entre estos indicadores de las dos áreas estudiadas. Además, el flujo salivar de los participantes fue determinado. Resultado: Los resultados indicaron diferencias blandas entre los indicadores de salud bucal en las dos zonas. A pesar de la tendencia de estos indicadores, como el CPOD, ISG e IHOS han sido más bajos en la zona rural, hace algunos años, que los observados en la zona urbana, en el presente trabajo no se identificaron diferencias significativas entre estos índices. Conclusión: La población rural viene obteniendo acceso a los servicios encontrados en la ciudad, facilitando la inclusión en la dieta de alimentos más cariogénicos y, consecuentemente, igualando los índices de salud bucal a los encontrados en la población urbana. De esta forma, el riesgo de caries en estas poblaciones, actualmente, es similar(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Zona Rural , Área Urbana , Cárie Dentária/epidemiologia , Saúde Bucal , Cárie Dentária
16.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Brasil | ID: cfc-344684

RESUMO

Programa de Paula Bacelar Nicolau, professora da Universidade Aberta (Lisboa) sobre ecologia e desenvolvimento sustentável no espaço urbano de grande diversidade biológica ... Referência videográfica: Nicolau, Paula Bacelar - Ecologia e desenvolvimento sustentável [Em linha]: o espaço urbano e a biodiversidade. Lisboa : Universidade Aberta. SPD; Madrid : UNED, 2015. 1 prog. vídeo (07 min., 47 seg.) Link do vídeo: http://www2.uab.pt/TVUAb/videoDetail.php?Video=368&Menu=22


Assuntos
Área Urbana , Biodiversidade , Urbanização , População , Ecossistema , Recursos Naturais , Terra (Planeta) , Mudança Climática , Conservação dos Recursos Naturais , Reforma Urbana
17.
Acta toxicol. argent ; 26(2): 57-64, set. 2018. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-989212

RESUMO

Introducción: la exposición crónica al benceno y tolueno produce alteraciones sobre la médula ósea y el sistema nervioso central, entre otros. En orina, el ácido trans, trans mucónico (t, t-MA) es uno de los biomarcadores de exposición al benceno y el o-cresol (oCre) al tolueno. Objetivo: analizar los resultados de los niveles de t, t-MA y oCre urinarios en una población infanto-juvenil residente en Ciudad Autónoma de Buenos Aires y Conurbano Bonaerense potencialmente expuesta a benceno y tolueno ambiental. Materiales y métodos: se realizó un estudio retrospectivo de los resultados de t, t-MA y oCre urinarios. Las muestras de orina ingresaron al laboratorio con solicitud de t, t-MA (n=1519) y oCre (n=1447) durante el período 2011-2017 (rango etario entre 0 a 19 años). El t, t-MA se cuantificó por UFLC con detector de arreglo de diodos y el oCre por CG con detector de ionización por llama. Resultados: la edad promedio de los pacientes fue de 4,8 años y la mediana 4,6 años.Las concentraciones de t, t-MA urinario fueron: menor de 50 μg/l (44,8%); entre 50-500 μg/l (52,1%) y mayores de 500 μg/l (3,1%). Expresadas por gramo de creatinina: entre 15-163 μg/g creatinina (60,4%) y mayores de 163 μg/g creatinina (39,6%). El límite de cuantificación de t, t-MA fue de 50 μg/l. Las concentraciones de oCre urinario fueron: menor de 0,20 mg/l (97,7%) y entre 0,20-0,50 mg/l (2,3%) y mayor de 0,50 mg/l (0%). Expresadas por gramo de creatinina: menor de 0,30 mg/g creatinina en el 0,8% y mayores de 0,30 mg/g creatinina en el 1,5%. El límite de cuantificación de oCre fue de 0,20 mg/l. Conclusiones: los resultados del trabajo podrían indicar una contaminación ambiental persistente, en especial en el Conurbano Bonaerense, donde debería continuarse el monitoreo de algunas zonas. Pero, por otro lado, es de vital importancia tener en cuenta los factores de confusión, tales como la dieta, la exposición al humo de tabaco ambiental (fumador pasivo) y la tasa de excreción renal que llevarían a una sobre-estimación de los resultados y a una incorrecta toma de decisiones.


Introduction: Chronic exposure to benzene and toluene produces alterations in the bone marrow and the central nervous system, among other effects. In urine, trans, trans muconic acid (t, t-MA) is one of the biomarkers of exposure to benzene and o-cresol (oCre), to toluene. Objective: To analyze the results of urinary t, t-MA and oCre levels in an infant-juvenile population resident in the Autonomous City of Buenos Aires and the Conurbano Bonaerense, potentially exposed to environmental benzene and toluene. Materials and methods: A retrospective study of urinary t, t-MA and oCre results was performed. The urine samples entered the laboratory with the request of t, t-MA (n = 1519) and oCre (n = 1447) during the period 2011- 2017. The age range of the population was between 0 and 19 years. The t, t-MA was quantified by UFLC with diode array detector and the oCre by GC with flame ionization detector. Results: The average age of the patients was 4.8 years and the median age was 4.6 years. The urinary concentrations of t, t-MA were: below 50 μg/l (44.8%); between 50-500 μg/l (52.1%) and above 500 μg/l (3.1%). Expressed per gram of creatinine: between 15-163 μg/g creatinine (60.4%) and greater 163 μg/g creatinine (39.6%). The limit of quantification of t, t-MA was 50 μg/l. The urinary oCre concentrations were: less than 0.20 mg/l (97.7%) and between 0.20-0.50 mg/l (2.3%). Expressed per gram of creatinine: less than 0.30 mg/g creatinine in 0.8% and greater than 0.30 mg/g creatinine in 1.5%. The limit of quantification of oCre was 0.20mg/l. Conclusions: The results of the study could indicate persistent environmental contamination, especially in the Conurbano Bonaerense, where monitoring of some areas should be continued. However, it is of vital importance to take into account the confounding factors, such as diet, exposure to environmental tobacco smoke (passive smoking) and the rate of renal excretion, which would lead to an over-estimation of the results and to incorrect decision-making.


Assuntos
Humanos , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Argentina/epidemiologia , Tolueno/envenenamento , Tolueno/urina , Benzeno/envenenamento , Biomarcadores/análise , Biomarcadores/urina , Área Urbana , Exposição a Produtos Químicos , Exposição por Inalação/efeitos adversos , Poluição Ambiental/efeitos adversos
18.
Rev. bras. cineantropom. desempenho hum ; 20(4): 543-562, July-Aug. 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-958372

RESUMO

Abstract The aim of this study was to identify evidence about the prevalence of the community and environment indicators related to physical activity (PA) among young Brazilian people. A systematic review was carried out using eight databases (PubMed, Scopus, Web of Science, LILACS, SPORTDiscus, BIREME, Scielo, and Google Scholar) with descriptors in Portuguese and English. Community and environment Indicators included access, presence, proximity, quality, safety and pollution of/in spaces, facilities, programs available for PA among young people (up to 18 years-old), which may be measured subjectively and/or objectively. A total of 23 documents were included, representing 15 different studies. There were more studies in the South region (n=8), followed by the Northeast (n=3) and Southeast (n=3). Self-reported instruments were more frequently used (n=15). The studies reported prevalence of perception (positive and/or barrier) for access to facilities, programs and/or parks (n=13); presence of sidewalks and bicycle lanes (n=4); proximity to residence (n=5); quality (n=5); safety from crime and traffic (n=14) and pollution (n=6); number of spaces and/or facilities around the residence (n=1); and observation of adolescents using public spaces for PA (n=3). The prevalence rates showed high variability according to environmental indicator. No studies are available for the North and Midwest of the country. Distinct environmental measures were used in self-reported studies, impairing data comparability. To date, no studies have been identified that provide information about the prevalence of combined environmental measures (perceived and objective).


Resumo Objetivou-se identificar evidências das prevalências de indicadores do ambiente comunitário relacionado a atividade física (AF) de jovens brasileiros. A revisão sistemática utilizou-se de oito bases de dados (PubMed, Scopus, Web of Science, LILACS, SPORTDiscus, BIREME, Scielo, and Google Scholar), com descritores em Português e Inglês. As variáveis de ambiente e comunidade incluem acesso, presença, proximidade, qualidade, segurança e poluição de/em espaços, estruturas, programas disponíveis para AF. Foram extraídos os dados de prevalência de jovens (maiores de 18 anos), que podem ser medidos subjetivamente e/ou objetivamente. No total, 23 documentos foram incluídos (n=2; relatórios nacionais), sendo 15 estudos diferentes. Houve mais estudos na região Sul (n=8), seguido do Nordeste (n=3) e Sudeste (n=3). O uso de instrumento auto relatado foi mais utilizado (n=15). Os estudos reportaram prevalências de percepção (positiva e/ou barreira) para acesso a estruturas, programas e/ou parques (n=13); presença de calçadas e ciclovias (n=4); proximidade com a residência (n=5); qualidade (n=5); segurança para crimes e trânsito (n=14) e poluição (n=6); quantidade de espaços e/ou estruturas no entorno da residência (n=1); e observação de adolescentes utilizando espaços públicos para AF (n=3). As taxas de prevalência apresentaram alta variabilidade de acordo com os indicadores do ambiente. Estudos na região Norte e Centro-oeste do país são inexistentes. As medidas de ambiente são distintas nos estudos com auto relato, o que dificulta a comparabilidade dos dados. Até o momento, não foi identificado estudos que forneçam informações sobre prevalências de medidas do ambiente utilizadas de maneira combinada (percebida e objetiva).


Assuntos
Exercício , Saúde do Adolescente , Planejamento Ambiental , Área Urbana
19.
Psicol. ciênc. prof ; 38(2): 332-346, abr.-jun. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-955642

RESUMO

Resumo Expressões semióticas constituem-se por imagens carregadas de valores e conceitos que estão amplamente presentes no meio urbano e tornaram-se um fenômeno cultural da atualidade. A arte de rua é uma das formas de semiótica que tende a modificar o cotidiano social da cidade, embelezando, denunciando ou mesmo sendo incompreensível ao transeunte em geral. Este estudo, partindo de uma perspectiva histórico-social, tem o objetivo de indicar como as interferências da arte urbana produzem cultura e influenciam a construção do processo societário. Os dados foram coletados por meio de 100 fotografias feitas em municípios do Rio de Janeiro entre os meses de março de 2013 e abril de 2015 e entrevistas com 17 artistas de rua, tratadas pela análise de sentido. Os resultados sugerem que, embora exista uma codificação semiótica dominante nos espaços urbanos, a atuação dos artistas de rua expõe inúmeras outras vozes sociais que apresentam novas linguagens artísticas e atuações no espaço público que funcionam como micropolítica. Conclui-se que a arte de rua influencia a sociedade e ajuda a desnaturalizar a semiótica capitalista, democratizando as cidades e favorecendo que se entendam os locais públicos como sendo de uso comum....(AU)


Abstract Semiotic expressions are constituted by images which carry values and concepts that are widely present in urban areas and have become a cultural phenomenon these days. Street art is one of the forms of semiotics that tends to modify the social daily life of the cities, beautifying, denouncing, or even being incomprehensible to the passerby. This study, using a historical-social perspective, aims to indicate how the interferences of urban art produce culture in general and influence the construction of society itself. Data was collected through 100 photographs taken in cities around Rio de Janeiro State between March 2013 and April 2015 and interviews with 17 street artists studied by the analysis of meaning method. The results suggest that although there is a dominant semiotic form of codification of the urban spaces, the performance of street artists exposes countless other social voices that introduce new artistic languages and performances in the public spaces and act as micropolitics. We conclude that street art influences society and helps to denaturalize capitalist semiotics by democratizing cities and favoring the understanding of public places as places of common use....(AU)


Resumen Las expresiones semióticas se constituyen por imágenes cargadas de valores y conceptos que están ampliamente presentes en el medio urbano y se han convertido en un fenómeno cultural de la actualidad. El arte de calle es una de las formas de semiótica que tiende a modificar el cotidiano social de la ciudad, embelleciendo, denunciando, o aun siendo incomprensible al transeúnte en general. Este estudio, partiendo de una perspectiva histórico-social, tiene el objetivo de indicar cómo las interferencias del arte urbano producen cultura e influencian la construcción del proceso societario. Los datos fueron recolectados por medio de 100 fotografías tomadas en municipios de Río de Janeiro entre los meses de marzo de 2013 y abril de 2015 y entrevistas con 17 artistas callejeros, tratadas por el análisis de sentido. Los resultados sugieren que aunque existe una codificación semiótica dominante en los espacios urbanos, la actuación de los artistas callejeros expone innumerables otras voces sociales que presentan nuevos lenguajes artísticos y actuaciones en el espacio público que funcionan como micropolítica. Se concluye que el arte de calle influye en la sociedad y ayuda a desnaturalizar la semiótica capitalista, democratizando las ciudades y favoreciendo que se entiendan los lugares públicos como de uso común....(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Singularidades , Área Urbana , Criatividade
20.
Saúde Soc ; 27(2): 531-543, abr.-jun. 2018.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-962593

RESUMO

Resumen Este artículo presenta los resultados de una aproximación cualitativa de las condiciones percibidas de la ciudad por parte de adultos mayores, en un contexto urbano precario de Bogotá-Colombia. Para esta aproximación se usaron algunos dominios del modelo de Ciudades amigables con la vejez de la Organización Mundial de la Salud entre ellos: la habitación, la habitabilidad, el transporte, el soporte comunitario, las redes sociales, el apoyo, la participación social, la empleabilidad, el respeto y la inclusión social como centrales para evaluar desde la perspectiva de los sujetos hasta una ciudad amigable con la vejez y su percepción de salud. A partir de la aplicación de herramientas cualitativas en un contexto urbano se exploró en estos dominios específicos la interpretación y los recursos que los mayores tienen frente a la experiencia de vivir solo.


Abstract This article presents the results of a qualitative approximation of the city conditions perceived by older adults in a precarious urban context of Bogotá-Colombia. For this approach, some domains of the "Age-friendly Cities" models, by the World Health Organization, were used, such as: habitation, habitability, transportation, community support, social networks, support, social participation, employability, respect and social inclusion, all this considered central to evaluate from the perspective of the individuals to an age-friendly city and their perception of health. Based on the application of qualitative tools in an urban context, the interpretation and resources that older people have, compared to the experience of living alone, were explored in these specific domains.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Política Pública , Envelhecimento , Área Urbana , Cidade Saudável , Pesquisa Qualitativa , Solidão
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA