Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 342
Filtrar
1.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048000

RESUMO

Objetivo: discutir as vivências dos profissionais no cuidado em rede intersetorial voltado à criança e adolescente e suas articulações/trabalho no território. Método: pesquisa qualitativa, exploratório-descritivo, desenvolvida com 26 trabalhadores da rede intersetorial, em um município do Rio Grande do Sul, entre os meses de maio a junho de 2014. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas semiestruturadas com os depoimentos gravados e, posteriormente, transcritos na íntegra. Resultados: o profissional possui uma vivência de rede intersetorial, entendendo que esta rede deve partir de premissas como a interdisciplinaridade e o trabalho em conjunto. Que a rede de cuidado deve transpor serviços de saúde, ampliando olhares para projetos sociais e de inclusão. Conclusão: o território pode ser incorporado como um espaço de cuidado, de relações sociais e de modos de vida, sendo espaço também de vínculos entre profissionais e usuários


Objective: to discuss the experiences of professionals of the intersectoral care network focused on children and adolescents and their connections / work in the territory. Method: This qualitative study exploratory-descriptive, that included 26 intersectoral network workers in a city of Rio Grande do Sul state, Brazil between the months of May and June 2014. Data collection was conducted through a semistructured interview during which the testimonies were recorded and subsequently transcribed in full. Results: The professional has an experience of intersectoral network, which is based on the premises of interdisciplinarity and working together. The care network must be more than just health services, including social and community spaces, social and inclusion projects. Conclusion: The territory can be understood as a space of care, social relations and ways of life, also offering space for links between professionals and users of services


Objetivo: discutir las experiencias de los profesionales acerca de la red de atención direccionada a los niños y adolescentes y sus articulaciones / trabajo en el territorio. Método: investigación cualitativa, exploratoriodescriptivo, desarrollada con 26 trabajadores de la red intersectorial entre los meses de mayo hasta junio de 2014 en una ciudad en Rio Grande do Sul. La recolección de datos fue realizada por medio de entrevista semiestructurado, con los testimonios grabados y posteriormente transcritos en su totalidad. Resultados: el profesional tiene una experiencia de red intersectorial, la comprensión de que la red de premisas como la interdisciplinariedad y el trabajo en conjunto. La red de cuidado debe pasar a los servicios de salud, la ampliación de las miradas para proyectos sociales e inclusión. Conclusión: El territorio puede ser incorporado como un espacio de atención, las relaciones sociales y formas de vida también el espacio y las relaciones entre los profesionales y los usuarios


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde da Criança , Colaboração Intersetorial , Pessoal de Saúde/organização & administração , Saúde do Adolescente , Pesquisa Qualitativa , Assistência à Saúde Mental
2.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 23(3): 215-220, set-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1046189

RESUMO

A assistência à emergência psiquiátrica é encarada como um dos tópicos mais difíceis e estratégicos no processo da Reforma Psiquiátrica. Essa assistência psicossocial requer buscar formas de atuação que, além de perceber o indivíduo em situação de emergência como ser singular, complexo e entrelaçado por uma rede familiar e social, valorize também a subjetividade. O objetivo desse estudo é reconhecer os obstáculos descritos no acervo literário sobre o atendimento nas situações de urgências e emergências psiquiátricas. Adotou-se a da literatura que se refere à análise sistemática e ampla de estudos científicos, proporcionando uma síntese do conhecimento contemplando o tema escolhido. De uma maneira geral os estudos e pesquisas analisadas relataram que as dificuldades encontradas no cuidado à pessoa em sofrimento psíquico, devem-se à falta de conhecimentos específicos da área de saúde mental, pois a formação profissional não é frequente nessa área de atuação. Observou-se que em muitas situações o profissional não se sente capacitado a atender a esse público. Com isso, sugere-se o fortalecimento da educação continuada para os profissionais atuantes, como também para os acadêmicos, uma vez que estes serão inseridos no mercado de trabalho.


Psychiatric emergency care is seen as one of the most difficult and strategic topics in the Psychiatric Reform process. This psychosocial assistance requires looking for ways of acting that, in addition to perceiving the individual in an emergency situation as being singular, complex and intertwined by a family and social network, also values subjectivity. The purpose of this study is to recognize the obstacles described in the literature on care in psychiatric emergency situations. A literature review was developed on the systematic and extensive analysis of scientific studies, providing a synthesis of the knowledge about the chosen topic. In general, the studies and research analyzed reported that the difficulties faced in caring for the person suffering from mental diseases are due to the lack of specific knowledge in the area of mental health, since professionals are not frequently trained on that field. It could be observed that in many situations the professional does not feel able to care for this kind of patient. Therefore, this study suggests the strengthening of continuing education for working professionals as well as for graduation students, since they will soon be inserted in the job.


Assuntos
Serviços Médicos de Emergência , Serviços de Emergência Psiquiátrica , Assistência à Saúde Mental
3.
Sex., salud soc. (Rio J.) ; (31): 4-27, enero-abr. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1004712

RESUMO

Resumo O artigo investigou debates parlamentares na Câmara Federal brasileira sobre a permissibilidade de psicólogos oferecerem tratamento de conversão à heterossexualidade para homossexuais entre 2009 e 2013. A metodologia consistiu na análise dos discursos dos deputados. Entre os apoiadores destas terapias se destacaram parlamentares evangélicos, que manifestaram concepções negativas sobre a homossexualidade. Entre os que se opuseram a estas terapias se destacaram parlamentares feministas e representantes dos movimentos LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), que manifestaram concepções positivas sobre a homossexualidade, relacionando-a à diversidade sexual humana. A proibição destes tratamentos foi mantida, assegurando-se a defesa dos direitos humanos e a autonomia do Conselho Federal de Psicologia.


Resumen El artículo investigó debates parlamentarios en la Cámara de los Diputados en Brasil sobre el permisibilidad de psicólogos para ofrecer tratamiento de conversión a heterosexualidad para homosexuales entre 2009 y 2013. La metodología consistió en examinar los discursos de los diputados. Entre los defensores de estas terapias se destacaban los parlamentarios evangélicos, que expresaban concepciones negativas sobre la homosexualidad. Entre los que se opusieron a estas terapias se destacaron parlamentarios feministas y representantes de movimientos LGBT (Lesbianas, Gays, Bisexuales, Travestis y Transexuales), que expresaban concepciones positivas sobre la homosexualidad, relacionándola con la diversidad sexual humana. La prohibición de estos tratamientos se mantuvo, asegurando la defensa de los derechos humanos y la autonomía del Consejo Federal de Psicología.


Abstract The article investigated parliamentary debates in Brazilian Federal Chamber on the permissibility of psychologists to offer treatment of conversion to heterosexuality for homosexuals between 2009 and 2013. The methodology consisted of the analysis of the speeches of the deputies. Supporters of these therapies include evangelical parliamentarians, who conceive of homosexuality as perversion, and among those who opposed feminist parliamentarians and representatives of the LGBT movements (Lesbian, Gay, Bisexual, Transsexual, Transsexual and Transgender) who conceive of homosexuality as a manifestation of human sexual diversity. The prohibition of these treatments was maintained, ensuring the defense of human rights and the autonomy of the Federal Council of Psychology.


Assuntos
Humanos , Comportamento Sexual/psicologia , Brasil , Homossexualidade , Normas Jurídicas , Poder Legislativo , Pesquisa Qualitativa , Assistência à Saúde Mental , Legislação como Assunto
4.
Rev. bras. ciênc. saúde ; 23(1): 89-96, 2019. tab.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1009246

RESUMO

Objetivo: avaliar os resultados da assistência em saúde de um centro de atenção psicossocial (CAPS). Metodologia: estudo avaliativo, com delineamento não experimental, realizado num CAPS I do oeste potiguar, entre os meses de março e abril de 2014. Foram entrevistados 32 usuários do serviço, com aplicação de instrumento de pesquisa desenvolvido pelos autores, a partir de quatro domínios: autonomia, relacionamento, volição e crises. Dados analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: Os usuários predominantes eram homens (56,3%), com idade entre 34 e 43 anos (40%), casados (87,5%), ensino fundamental I incompleto (50%), moradores da zona urbana (65%). O transtorno de humor e/ou afetivo foi o diagnóstico principal, sendo 57,1% entre as mulheres. Recebiam tratamento entre sete e oito anos no CAPS pesquisado (49,3%), compareciam ao serviço duas vezes por semana (46,5%). Referiram internamento hospitalar a menos de um ano (9,4%). Os domínios para avaliação dos resultados da assistência obtiveram melhoras após o tratamento no CAPS, com destaque para "Crises" (78,1%) e "Relacionamento" (71,9%). A avaliação de serviços de saúde mental por usuários é um mecanismo que pode contribuir para sua autonomia, gestão do cuidado e do serviço. Conclusão: Os resultados da assistência em saúde foram positivos em todos os domínios avaliados. O serviço pesquisado possui fragilidades no tocante ao fluxo de atendimento do usuário, participação familiar, condução da agenda terapêutica, implementação de projeto terapêutico singular e ampliação de atividades extramuros. (AU)


Objective: To evaluate the health care results of a psychosocial care center (CAPS). Methodology: It is an evaluative study, with a non-experimental design, which was performed in a unity of the CAPS I in the west region of Rio Grande do Norte, between March and April 2014. We conducted interviews with 32 users of this service by applying a research instrument developed by the authors, based on four domains: autonomy, relationship, volition and crises. Data were analyzed through descriptive statistics. Results: Users were predominantly male (56.3%), aged between 34 and 43 years (40%), married (87.5%), with incomplete elementary school I (50%) and lived in the urban area (65%). The mood and/or affective disorder was the main diagnosis, with 57.1% among female participants. They received treatment between seven and eight years in the CAPS (49.3%) and attended the service twice a week (46.5%). Only 9.4% mentioned admission less than a year ago (9.4%). The domains for evaluating the care results achieved improvements after the treatment in the CAPS, with emphasis being placed on the "Crises" (78.1%) and "Relationship" (71.9%) domains. The evaluation of mental health services by users is a mechanism that can contribute to their autonomy, as well as to the management of care and service. Conclusion: The health care results were positive in all evaluated domains. The surveyed service has weaknesses regarding the flow of user care, family involvement, conduction of the therapeutic program, implementation of a unique therapeutic project, and expansion of activities outside the walls. (AU)


Assuntos
Masculino , Feminino , Transtornos Mentais/psicologia , Assistência à Saúde Mental
5.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 107 p.
Tese em Português | HISA - História da Saúde | ID: his-43646

RESUMO

O objetivo deste trabalho é a análise da trajetória de Adauto Junqueira Botelho (1895-1963), e de suas propostas, suas ações, e sua produção científica sobre a assistência psiquiátrica no Brasil, no contexto de institucionalização deste campo. Adauto Junqueira Botelho destacou-se neste campo especialmente por meio de sua atuação em importantes espaços relacionados à assistência psiquiátrica no Brasil, como diretor do Serviço de Assistência a Psicopatas do Distrito Federal em 1938e,a partir de 1941, na direção do Serviço Nacional de Doenças Mentais. À frente da direção desses dois órgãos da assistência psiquiátrica, Adauto foi protagonista na proposição de importantes ações que possibilitaram a ampliação e reestruturação dos serviços de assistência psiquiátrica em todo território nacional. Traçaremos uma análise de sua trajetória sócio profissional, mapeando suas principais proposições e ideias sobre a assistência psiquiátrica que contribuíram para a política pública de saúde mental no Brasil. Sua atuação frente à assistência psiquiátrica no Brasil se estabeleceu durante a conjuntura dos dois governos de Getúlio Vargas(1938-1958), durante a qual traçou-se um panorama de importantes transformações na assistência psiquiátrica nacional.(AU)


Assuntos
Assistência à Saúde Mental , Políticas Públicas de Saúde , História do Século XX , Brasil
6.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 15(1): 32-39, jan.-mar. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1004531

RESUMO

OBJETIVO: identificar potencialidades e desafios do trabalho de uma Equipe Itinerante de Saúde Mental no cuidado aos usuários de drogas. MÉTODO: estudo qualitativo realizado com uma equipe itinerante de um município do Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram coletados por meio da observação participante e entrevista semiestruturada com os profissionais no ano de 2015. Para a análise dos dados, utilizou-se a Análise de Conteúdo Temática. RESULTADOS: entre as potencialidades, destaca-se a própria criação deste serviço para atuar com o setor judiciário. Com relação aos desafios, elencou-se a dificuldade de discutir sobre a internação com a família. CONCLUSÃO: as inovações e os desafios são inerentes ao modo psicossocial no qual as situações complexas envolvem o território e a organização dos serviços de saúde.


OBJECTIVE: to identify potentialities and challenges of the work of an itinerant mental health team in the care of drug users. METHOD: a qualitative study with an itinerant team, from a city in Rio Grande do Sul, Brazil. Data was collected through participant observation and a semi-structured interview with professionals in the year 2015. For the data analysis, the Thematic Content Analysis was used. RESULTS: among the potentialities, the very creation of this service to act with the judicial sector stands out. With regard to the challenges, the difficulty of discussing hospitalization with the family was highlighted. CONCLUSION: innovations and challenges are inherent in the psychosocial way in which complex situations involve the territory and the organization of health services.


OBJETIVO: identificar potencialidades y limites del trabajo de un equipo itinerante em salud mental para el cuidado a consumidores de drogas. MÉTODO: estudio cualitativo realizado e nun equipo itinerante de una ciudad del Estado de Rio Grande do Sul, Brasil. Los datos fueran recolectados a partir de observación participante y entrevista semestructurada com los profesionales en 2015. Para el análisis de los datos se utilizo el Análisis de Contenido Temático. RESULTADOS: entre las potencialidades, se destacaron la propia creación del servicio para actuar com la justicia. Sobre los desafíos se destacaron la internación psiquiátrica. CONCLUSÃO: las innovaciones y los desafios son típicos del modo psicosocial, em lo que lãs situaciones complejas envuelven el territorio y la organización de los servicios del salud.


Assuntos
Humanos , Política Pública , Reforma dos Serviços de Saúde , Assistência à Saúde Mental , Usuários de Drogas
7.
Trab. educ. saúde ; 17(1): e0017201, 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-979425

RESUMO

Resumo Objetivou-se compreender a experiência da convivência entre os serviços substitutivos e o hospital psiquiátrico. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa hermenêutica. A pesquisa foi realizada no Nordeste brasileiro. Contemplou dois cenários: Centro de Atenção Psicossocial e Hospital Psiquiátrico. Contou com 14 participantes, dos quais oito trabalhadores do Centro de Atenção Psicossocial e seis trabalhadores de saúde do Hospital Psiquiátrico. Para alcançar as informações, utilizou-se a entrevista em profundidade e a observação sistemática. A coleta ocorreu no período de agosto a outubro de 2017. A análise das entrevistas ocorreu empregando-se a hermenêutica de Paul Ricoeur, por meio das seguintes etapas: transformação dos discursos em textos, leitura exaustiva, análise estrutural, compreensão do texto de forma abrangente, interpretação e análise. Os resultados denotaram que há uma convivência paradoxal entre os serviços de atenção psicossocial e o hospitalar psiquiátrico, mesmo que o serviço hospitalar não seja reconhecido e legitimado como parte da rede de saúde mental.


Abstract The goal of the present study was to understand the experience of the coexistence between the substitutive services and the psychiatric hospital. This is a study with a qualitative hermeneutic approach. The research was carried out in the Northeast of Brazil. It contemplated two scenarios: Center of Psychosocial Attention, and Psychiatric Hospital. It included 14 participants, 8 of whom were workers of the Center of Psychosocial Attention and 6 who were health workers at the Psychiatric Hospital. To obtain the information, an in-depth interview and a systematic observation were performed. The collection took place from August to October 2017. The analysis of the interviews was performed using the hermeneutics of Paul Ricoeur, through the following steps: speech to text transcription, exhaustive reading, structural analysis, wide-ranging comprehension of the text, interpretation and analysis. The results showed that there is a paradoxical coexistence between the psychosocial care services and the psychiatric hospital, even though the hospital service is not recognized and legitimized as part of the mental health network.


Resumen Se ha intentado comprender la experiencia de la convivencia entre los servicios substitutivos y el hospital psiquiátrico. Se trata de un estudio con abordaje cualitativo hermenéutico. La encuesta fue realizada en el Nordeste brasileño. Contempló dos escenarios: Centro de Atención Psicosocial y Hospital Psiquiátrico. Contó con 14 participantes, de los cuales ocho trabajadores del Centro de Atención Psicosocial y seis trabajadores de la salud del Hospital Psiquiátrico. Para alcanzar las informaciones, se utilizó la entrevista en profundidad y la observación sistemática. La obtención ocurrió en el período de agosto a octubre de 2017. El análisis de las entrevistas se realizo empleándose la hermenéutica de Paul Ricoeur, por medio de las siguientes etapas: transformación de los discursos en textos, lectura exhaustiva, análisis estructural, comprensión del texto de forma total, interpretación y análisis. Los resultados denotaron que hay una convivencia paradoxal entre los servicios de atención psicosocial y el hospitalario psiquiátrico, aunque el servicio hospitalario no sea reconocido y legitimado como parte de la red de salud mental.


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Assistência à Saúde Mental , Hospitais Psiquiátricos , Serviços de Saúde Mental
8.
Manchester; The National Institute for Health and Care Excellence (NICE); Dec. 2018. 54 p.
Monografia em Inglês | BIGG | ID: biblio-1010384

RESUMO

This guideline covers recognising, assessing and treating post-traumatic stress disorder (PTSD) in children, young people and adults. It aims to improve quality of life by reducing symptoms of PTSD such as anxiety, sleep problems and difficulties with concentration. Recommendations also aim to raise awareness of the condition and improve coordination of care.


Assuntos
Humanos , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos/diagnóstico , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos/psicologia , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos/reabilitação , Serviços de Saúde Mental/organização & administração , Escalas de Graduação Psiquiátrica Breve , Inglaterra , Atenção à Saúde , Assistência à Saúde Mental
9.
Rev. Asoc. Esp. Neuropsiquiatr ; 38(134): 419-449, jul.-dic. 2018. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-176428

RESUMO

Esta revisión bibliográfica de estudios cualitativos trata de explorar cuáles son las experiencias y actitudes que tienen los profesionales del ámbito de la salud mental sobre prácticas coercitivas como la contención mecánica. Existen múltiples estudios que indagan en las experiencias de los usuarios; sin embargo, parece necesario conocer la actitud de los profesionales si se desea trabajar por un cambio de paradigma. Se incluyeron 27 estudios que cumplían los criterios de inclusión y de calidad CASPe para estudios cualitativos. En general, los profesionales sienten malestar hacia las prácticas coercitivas, aunque existe cierta inclinación a justificar estas medidas como inevitables ante determinadas situaciones. Aparece una tendencia en los profesionales a atribuir a factores internos de los pacientes las potenciales situaciones desencadenantes. Se Identifican también propuestas comunes (a nivel estructural, formativo, organizativo y educacional) para una reducción en el uso de las medidas señaladas


The aim of this qualitative literature review is to explore mental health professionals' experiences and attitudes toward direct coercive practices such as mechanical restraint and seclusion. Besides the studies on the patients' own experiences, awareness of the professionals' attitude is needed in order to achieve a paradigm shift. Twenty-seven studies meeting the CASPe inclusion and quality criteria for qualitative studies were included in this review. Overall, it was found that professionals feel distressed about the use of coercive interventions. Yet, there is a trend to justify these measures as inevitable under certain conditions. Mental health professionals tend to link the situations that give rise to coercion to patients' internal determinants. Additionally, this review points out shared proposals that aim to reduce these practices


Assuntos
Humanos , Coerção , Assistência à Saúde Mental , Transtornos Mentais/epidemiologia , Restrição Física , Imobilização , Isolamento de Pacientes , Saúde Mental , Atitude do Pessoal de Saúde
10.
Rev. Asoc. Esp. Neuropsiquiatr ; 38(134): 587-606, jul.-dic. 2018.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-176436

RESUMO

La inmadurez biológica del ser humano cuando nace hace que para su supervivencia y desarrollo sea necesario alguien que le cuide y posibilite el paso de cachorro de la especie a sujeto psíquico, es decir, social. Ello se produce en un entramado de vínculos en el seno de una comunidad que ofrece soportes. Las fallas en ese proceso generan diversas experiencias de desvalimiento y predisponen a una fragilidad que emerge cuando fallan los soportes necesarios para hacer frente a las adversidades. Estas situaciones de carencia impactan sobre el sujeto, lo exponen a intensos sufrimientos y al riesgo de apartamiento de su comunidad y del no disfrute de sus derechos de ciudadanía. Sus relatos transmiten la idea de ser sujetos a la intemperie y sus manifestaciones pueden ser descritas como una clínica del desamparo. Cuando ello ocurre, urge la facilitación de experiencias de cuidado que se sustenten en un trato atento y en la recuperación de sus derechos de ciudadanía


The biological immaturity of human beings at birth demands, for their survival and development, that someone takes care of them and makes possible the passage from puppy of the species to psychic subject, i. e., social. This occurs in a network of links within a community that offers support. Failures in this process generate various experiences of helplessness that predispose to a fragility that emerges when the necessary supports to cope with adversity fail. These situations of lack impact on the subject, exposing him to intense suffering and to the risk of being separated from his community and of not enjoying his citizenship rights. Their stories convey the idea of a subject left out in the open and their manifestations can be described as a clinic of helplessness. When this happens, it is urgent to provide experiences of care based on an attentive treatment and on the recovery of their citizenship rights


Assuntos
Humanos , Transtornos Mentais/psicologia , Integração Comunitária/psicologia , Assistência à Saúde Mental , Integração Comunitária/tendências , Participação da Comunidade , Desamparo Aprendido , Processos Grupais , Determinantes Sociais da Saúde/tendências
11.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e11359, jan.-dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-964858

RESUMO

Objetivo: analisar as ressonâncias de um grupo na vida das mulheres de um serviço de saúde mental de Mato Grosso. Método: pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, realizada com cinco mulheres no período de abril a junho de 2012, por meio de entrevista semiestruturada realizada após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. O referencial teórico baseou-se em grupos operativos e na Atenção Psicossocial. Resultados: o grupo de mulheres auxiliou na reinserção social, construção de autonomia e restabelecimento de vínculos sociais e familiares. O grupo homogêneo, quanto ao gênero, facilitou a identificação entre as participantes, desenvolvendo e mantendo vínculos interpessoais, e estimulou a permanência delas no serviço. Conclusão: confirma-se a importância do grupo operativo como instrumento de trabalho na assistência em saúde mental, repercutindo em resultados condizentes com a atenção psicossocial e necessidades do universo feminino.


Objective: to examine how a group resonated in the lives of women attending a mental health service in Mato Grosso state. Method: a descriptive, qualitative approach was applied through semi-structured interviews of five women, from April to June 2012, after approval by the research ethics committee. The theoretical framework was based on operative groups and psychosocial care. Results: the women's group assisted in social reintegration, autonomy-building, and reestablishing social and family ties. The group's gender homogeneity helped participants identify, and develop and maintain interpersonal ties, and encouraged them to remain in the service. Conclusion: the study confirmed the operative group's importance as a working tool in mental health care, where its repercussions aligned with psychosocial care and women's needs.


Objetivo: analizar las resonancias de un grupo en la vida de las mujeres de un servicio de salud mental de Mato Grosso. Método: investigación descriptiva de enfoque cualitativo, realizada junto a cinco mujeres en el período de abril a junio de 2012, por medio de entrevista semiestructurada realizada tras la aprobación del Comité de Ética en Investigación. El referencial teórico se basó en grupos operativos y en la Atención Psicosocial. Resultados: el grupo de mujeres auxilió en la reinserción social, construcción de autonomía y restablecimiento de vínculos sociales y familiares. El grupo homogéneo, en cuanto al género, facilitó la identificación entre las participantes, desarrollando y manteniendo vínculos interpersonales, y estimuló su permanencia en el servicio. Conclusión: se confirma la importancia del grupo operativo como instrumento de trabajo en la asistencia en salud mental, repercutiendo en resultados acordes con la atención psicosocial y necesidades del universo femenino.


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde da Mulher , Processos Grupais , Serviços de Saúde Mental , Cuidados de Enfermagem , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa , Assistência à Saúde Mental
12.
Estud. Interdiscip. Psicol ; 9(3): 139-151, set.-dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-975278

RESUMO

Passados quase um quarto de século desde a criação do Centro de Atenção Psicossocial de Quixadá, Ceará, chegamos a um momento no qual as análises e avaliações são bem-vindas e mesmo indispensáveis. O presente relato de experiência objetiva refletir alguns aspectos referentes ao processo de formação da política de saúde mental de Quixadá. Consideramos as particularidades das experiências de saúde nessa cidade que se evidenciam através de algumas pesquisas de pós-graduação que vem sendo realizadas. Faz parte ainda do texto uma série de proposições que se colocam como possibilidades para futuros aprimoramentos dessa política municipal.


After almost a quarter of a century since the creation of the Psychosocial Care Center of Quixadá city, Ceará, we come to a time when analysis and evaluations are welcomed and even needful. This report aims to think over about some aspects of the process of formation of the mental health policy in Quixadá. We consider the particularities of this healthcare experience, evident through of some postgraduate researches. Composing the text there are several propositions that arise as possibilities for future improvements within this municipal policy.


Después de casi un cuarto de siglo desde la creación del Centro de Atención Psicosocial de Quixadá, Ceará, llegamos a un momento en que los análisis y las evaluaciones son recibidos e incluso indispensable. Este informe tiene como objetivo reflejar la experiencia de algunos aspectos del proceso de formación de la política de salud mental de Quixadá. Consideramos que las características particulares de la experiencia de atención médica en esta ciudad que son evidentes a través de varias investigaciones de posgrado. Aún así parte del texto una serie de proposiciones que surgen como posibilidades para futuras mejoras de esta política municipal.


Assuntos
Serviços de Saúde Mental , Política Pública , Assistência à Saúde Mental
13.
Rio de Janeiro; s.n; jun. 2018. 103 f p. graf, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-987547

RESUMO

Pesquisa sócio-histórica, de natureza qualitativa, tendo como objeto os cuidados de enfermagem prestados aos portadores de transtornos mentais submetidos à eletroconvulsoterapia (ECT) no Instituto Municipal Nise da Silveira (IMNS), no período de 1978 até 1990. O recorte temporal corresponde, respectivamente, ao ano de consolidação do Movimento dos Trabalhadores de Saúde Mental (MTSM) e ao ano da criação do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir da promulgação da Lei nº 8080/90, fatos que marcam rupturas importantes no curso das políticas de saúde mental. Oriundo do primeiro hospício do Brasil, o IMNS representa o berço da construção e desenvolvimento de saberes e práticas de saúde mental, sendo uma instituição relevante para a memória da trajetória da psiquiatria no país. A ECT foi introduzida no tratamento em psiquiatria por oferecer maior segurança para o paciente, quando comparada às demais terapias convulsivas. Sua aplicação contava com a equipe de enfermagem para prestar cuidados pré, trans e pós terapia. Objetivos: Descrever a aplicação da ECT no IMNS na década de 1980 e analisar os cuidados de enfermagem prestados às pessoas submetidas à ECT. Metodologia: As fontes escritas foram documentos escritos do Acervo de História e Memória do IMNS, como livros de ordem e ocorrências do período do estudo, e as fontes orais foram produzidas na perspectiva da História Oral Temática, a partir de entrevista com nove colaboradores, sendo 1 auxiliar de enfermagem, 4 técnicos de enfermagem e 4 enfermeiros que prestaram cuidados às pessoas submetidas à ECT no cenário estudado. Foi aplicada a crítica interna e externa aos documentos e os dados foram triangulados e organizados de forma cronológica e temática. Como embasamento teórico utilizou-se os conceitos de desinstitucionalização, pelos autores que escrevem na lógica do movimento de Reforma Psiquiátrica e de saber e poder disciplinar, estes de Michel Foucault. A pesquisa foi aprovada em Comitê de Ética em Pesquisa das instituições proponente e coparticipante. Resultados: Os resultados do estudo demonstram a aplicação da ECT era formalmente indicada e realizada pelo médico, sem que o paciente passasse por uma avaliação clínica minuciosa; Informalmente ocorria o uso da ECT, aplicada pelos profissionais da enfermagem e "guardas" como forma punitiva, em caso de desobediência das normas institucionais pelos pacientes, contribuindo para estigmatização da técnica e mantendo as relações de poder disciplinar no hospício. A equipe de enfermagem demonstrou dificuldade em reconhecer um saber próprio em psiquiatria relacionando-a com a ausência de ensino sobre a temática durante a formação profissional. Evidenciou-se também que a equipe de enfermagem realizava cuidados historicamente específicos da categoria, como higiene e alimentação do paciente, administração de medicamentos e contenções. Tais atividades se relacionam com a manutenção da ordem asilar, também de responsabilidade da enfermagem. Os resultados também apontaram cuidados de enfermagem relacionados a ECT nos momentos pré, trans e pós aplicação da técnica, realizados empiricamente, aprendidos através da observação e repetição no acompanhamento dos pacientes. Os cuidados de enfermagem ao paciente submetido à ECT tinham a função de preparo e proteção para que a técnica fosse realizada com menos risco possível, no entanto, não era registrada a participação da enfermagem nessa terapêutica. A técnica da história oral permitiu registrar que a atuação da equipe de enfermagem no IMNS em sua prática cotidiana na ECT era responsável pelo jejum do paciente e pela proteção na cavidade oral na fase pré-ECT; pela observação do paciente e contenção física na fase trans-ECT e pela verificação de sinais vitais, alimentação, higiene e observação na fase pós-ECT. Considerações finais: Este estudo apresenta resultados que descrevem como era na visão da equipe de enfermagem e aplicação da ECT no IMNS e quais os cuidados de enfermagem realizados pelos colaboradores da pesquisa nas fases aqui denominadas de pré, trans e pós ECT. Destacou-se no período estudado o modelo manicomial, no qual o poder-saber médico era preponderante no espaço asilar, e a ECT era usada como tratamento e como exercício do poder disciplinar, sendo o médico e a equipe de enfermagem profissionais indispensáveis para a realização essa técnica. Houve, pela prática, a construção de saberes específicos de enfermagem psiquiátrica em ECT. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem Psiquiátrica , Convulsoterapia/enfermagem , Assistência à Saúde Mental , Hospitais Psiquiátricos , Transtornos Mentais , Cuidados de Enfermagem , História da Enfermagem
14.
Rev. Asoc. Esp. Neuropsiquiatr ; 38(133): 19-43, ene.-jun. 2018.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-174206

RESUMO

Introducción: El objetivo de este trabajo consiste en evaluar la implementación del modelo comunitario de atención en salud mental en el Estado español en 2014. Secundariamente, se analizan los cambios que el modelo experimentó en 2008, en relación con la recesión económica. Material y Método: Se adoptó la definición de modelo comunitario que se propone en la Estrategia en Salud Mental del SNS, según la cual el modelo se rige por 8 principios y se implementa mediante 39 prácticas asistenciales. Se elaboró una encuesta dirigida a las Juntas Autonómicas de Gobierno de la Asociación Española de Neuropsiquiatría sobre el grado de cumplimiento del modelo comunitario en cada comunidad. Resultados: Se obtuvieron respuestas de 13 Juntas Autonómicas que incluyeron información sobre el 93% de la población española. Conclusión: Las carencias más importantes en la implementación del modelo comunitario en 2014 se relacionaron con la ausencia de una perspectiva de salud pública, con la mala gestión y rendición de cuentas, y la ralentización del desarrollo de equipos, servicios y redes de servicios de orientación comunitaria. El modelo se modificó poco globalmente entre 2008 y 2014, pero algunas prácticas clave, como la universalidad y gratuidad del sistema, la atención sectorizada, el acortamiento de los tiempos de espera, las subvenciones a las asociaciones de usuarios y familiares, y la aplicación de la “ley de dependencia” se contrajeron de forma sustancial en muchas comunidades. Otras prácticas, como la historia clínica informatizada, los planes Individualizados de atención y el tratamiento asertivo comunitario, incrementaron su cobertura en algunas comunidades a pesar de la recesión


Introduction: The objective of this study is to evaluate the implementation of the community mental health care model in the Spanish state in 2014. Secondly, we aim to analyze the changes experienced by the model in 2008, in relation to the economic recession. Materials and methods: We adopted the definition of community model proposed in the Strategy in Mental Health of the National Health System; according to which the model is based on 8 principles and is implemented by means of 39 care practices. The Autonomous Boards of the Spanish Association of Neuropsychiatry conducted a survey on the degree of compliance with the community model in each autonomous community. Results:Responses were obtained from 13 Autonomous Boards, which provided information on the 93% of the Spanish population. Conclusion: The most important shortcomings in the implementation of the community model in 2014 were related to the absence of a public health perspective, to poor management and accountability, and a slowdown in the diversification of community-based teams, services and networks. Globally, the model changed little between 2008 and 2014, but some key practices, such as the free and universal health coverage, the sectorization, the shortening of waiting times, the financial support to users and associations of relatives, and the implementation of the "Dependency Act", deteriorated substantially in many autonomous communities. However, other practices, such as the computerization of medical files, individualized care plans (Care Programme Approach), and the assertive community treatment, increased their coverage in some communities despite the recession


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde Mental , Transtornos Mentais/epidemiologia , Serviços de Saúde Comunitária/organização & administração , Política de Saúde , Regionalização/métodos , Centros Comunitários de Saúde Mental/organização & administração , Serviços Comunitários de Saúde Mental/organização & administração , Espanha/epidemiologia , Inquéritos e Questionários
15.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(1): 25-29, jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908412

RESUMO

Objective: to identify the perception of nursing professionals about the work overload in hospital psychiatric services. Method: descriptive, analytical and exploratory study analyzed through Bardin referential. Data collection occurred from April to May 2013 with 70 nursing professionals who underwent Labor Impact Assessment Scale Mental Health Services. Once authorized by the Ethics Committee Unicesumar (CAEE n. 13676913.2.0000.5539). Results: thematic categories: The causes of work overload; Aspects that relieve the workload and changes proposed to reduce the workload. Conclusion: The main factor is that overload relates to the lack of human resources and relations between professionals. The management of the work process can be a strategy to reduce the burden of work.


Objetivo: conhecer a percepção dos profissionais de enfermagem em relação à sobrecarga e condições de trabalho em serviços psiquiátricos hospitalares. Método: Estudo descritivo, analítico e exploratório, desenvolvido a partir do referencial de Bardin. A coleta de dados ocorreu no período de abril a maio de 2013 com 70 profissionais de enfermagem, aplicando-se a Escala de Avaliação do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental. Obteve-se o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética sob nº 13676913.2.0000.5539. Resultados: Da análise de conteúdo emergiram três categorias: As causas da sobrecarga de trabalho; Aspectos que aliviam a sobrecarga; Mudanças propostas para diminuir a sobrecarga. Considerações finais: Falta de recursos humanos e relações interpessoais conflituosas incrementam a sobrecarga, ao passo que a infraestrutura física do ambiente influencia negativamente nas condições de trabalho.


Objetivo: identificar la percepción de los profesionales de enfermería acerca de la sobrecarga de trabajo em los servicios de psiquiatria del hospital. Método: estúdio descriptivo, analítico y exploratório analizada a través Bardin referencial. Los datos fueron recolectados entre abril y mayo de 2013, con 70 profesionales de enfermería que se sometieron Trabajo de Impacto Escala de Evaluación de Servicios de Salud Mental. Una vez autorizado por el Comité de Ética Unicesumar (CAEE n. 13676913.2.0000.5539). Resultados: categorías temáticas: Las causas de la sobrecarga de trabajo; Aspectos que alivian la carga de trabajo y los câmbios propuestos para reducir la carga de trabajo. Conclusión: El principal factor que la sobrecarga se relaciona com la falta de recursos humanos y las relaciones entre los profesionales. La gestión del proceso de trabajo puede ser una estrategia para reducir la carga de trabajo.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Esgotamento Profissional/enfermagem , Assistência à Saúde Mental , Saúde Mental , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem , Enfermagem Psiquiátrica , Brasil
16.
Inf. psiquiátr ; (231): 85-96, ene.-mar. 2018. graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-173280

RESUMO

Actualmente, la evolución de la atención a las personas con trastorno mental grave está avanzando hacia un modelo social. Esta evolución está amparada por las leyes y normativas vigentes así como numerosos estudios que avalan una práctica centrada en la persona, en sus capacidades y en el modelo de recuperación. En el presente trabajo se ejemplifica un modelo de trabajo, donde el desempeño del rol de voluntario, con sus diferentes niveles y apoyos, hace posible que las personas con TMG puedan elegir un proyecto de vida consecuente con sus valores y con su derecho a participar socialmente como ciudadanos de pleno derecho


Currently, the evolution of care for people with mental disorder has being developed from a social model. This evolution is guide by laws and regulations in force. In addition, numerous studies support a practice focused on the person, their capabilities and the recovery model. The present article exemplifies a work model where the performance of the volunteer role, with its different levels and supports, makes it possible for people with mental disorder can choose their life projects. These life projects are consistent with their values and their right to participate socially as full citizens


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde Mental , Transtornos Mentais/reabilitação , Trabalhadores Voluntários de Hospital/psicologia , Centros Comunitários de Saúde Mental/organização & administração , Participação Social/psicologia
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(3): 618-625, mar. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-966775

RESUMO

Objetivo: investigar as práticas assistenciais dos técnicos de Enfermagem às pessoas com transtornos mentais. Método: estudo qualitativo, descritivo, com produção de dados por meio da observação participante dos cuidados prestados por 12 técnicos de Enfermagem. As observações foram registradas em um diário de campo e submetidas à técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Temática. Resultados: destacou-se a medicalização do cuidado e as intervenções não medicamentosas centraram-se na higienização, alimentação e sono. Nesse sentido, esses profissionais transferiram ao familiar/acompanhante parte de suas responsabilidades como a observação do paciente, a oferta das refeições, a condução para o banho, a organização do leito e o acompanhamento para a realização dos exames. A conduta mais empática ocorria na alta hospitalar quando se dialogava e organizava os pertences do paciente e do acompanhante para conduzilos à portaria. Conclusão: o tema é relevante e os resultados sinalizam a importância da qualificação dos técnicos de Enfermagem para cuidarem de pessoas com transtornos mentais. Faz-se necessário que esses profissionais integrem habilidades relacionais às habilidades técnicas, o que corresponde à principal implicação prática dos resultados desta investigação.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem Psiquiátrica , Pessoas Mentalmente Doentes , Assistência à Saúde Mental , Técnicos de Enfermagem , Transtornos Mentais , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
18.
Enferm. clín. (Ed. impr.) ; 28(supl.1): 83-87, feb. 2018.
Artigo em Inglês | IBECS | ID: ibc-173063

RESUMO

Objective: Lack of knowledge and powerlessness make family restrains, chains or confines (pasung) the family member with mental illness. This study aimed to explore the experience of adolescents having mentally ill parents with pasung. Method: To achieve detailed and accurate understandings of adolescents' experiences, this study used a qualitative research design with a phenomenological approach. Purposive sampling was employed to find teenagers aged 12-19 years old who had mentally ill parents with pasung.The data were analyzed with Colaizzi's method. Results: Parents with mental illness, specifically with physical restrain and confinement (pasung) had psychosocial impact on adolescents. Role changes often occur in the family where teenagers should be a breadwinner and caregiver for their parents. The results of this study were described in three themes: 1) changes of life due to have mentally ill parents with pasung; 2)reciprocity as the reason for taking care of the parents; 3) positive meaning of living with mentally ill parents with pasung. Conclusions: This study concludes that psychosocial treatment for adolescents living with parents with pasung should consider the psychological and social impact as a result of taking care of their parents with pasung


No disponible


Assuntos
Humanos , Adolescente , Filho de Pais Incapacitados/psicologia , Transtornos Mentais/psicologia , Comportamento do Adolescente/psicologia , Assistência à Saúde Mental , Esquizofrenia/epidemiologia , Relações Pais-Filho , Pessoas Mentalmente Doentes/psicologia , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Comparação Transcultural
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(2): 407-415, fev.2018. ilus, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-965947

RESUMO

Objetivo: compreender como as equipes multiprofissionais de uma Unidade de Atenção Primária à Saúde de um município da Zona da Mata Mineira percebem as suas contribuições na assistência aos indivíduos que sofrem psiquicamente e quais concepções as alicerçam. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, com seis profissionais, em que os dados foram produzidos por meio de entrevistas semiestruturadas e analisados seguindo-se o referencial de Peplau e de rede de apoio. Utilizou-se o software NVivo®Pro, versão 11, para a compilação dos dados, com a Análise de Conteúdo Temática. Resultados: os significados das narrativas resultaram em duas categorias temáticas <>. Conclusão: constataram-se a presença de traços de discriminação e as potentes normas sociais as quais os indivíduos com transtornos mentais estão permanentemente submetidos, demonstrando a necessidade de reflexão e reordenação das ações profissionais nesse contexto assistencial. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Equipe de Assistência ao Paciente , Atenção Primária à Saúde , Relações Profissional-Paciente , Socialização , Estresse Psicológico , Saúde Mental , Pessoas Mentalmente Doentes , Assistência à Saúde Mental , Transtornos Mentais , Teoria de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
20.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(1): 25-29, jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32241

RESUMO

Objective: To identify the perception of nursing professionals about the work overload in hospital psychiatric services. Method: descriptive, analytical and exploratory study analyzed through Bardin referential. Data collection occurred from April to May 2013 with 70 nursing professionals who underwent Labor Impact Assessment Scale Mental Health Services. Once authorized by the Ethics Committee Unicesumar (CAEE n. 13676913.2.0000.5539). Results: thematic categories: The causes of work overload; Aspects that relieve the workload and changes proposed to reduce the workload. Conclusion: The main factor is that overload relates to the lack of human resources and relations between professionals. The management of the work process can be a strategy to reduce the burden of work.(AU)


Objetivo: conhecer a percepção dos profissionais de enfermagem em relação à sobrecarga e condições de trabalho em serviços psiquiátricos hospitalares. Método: Estudo descritivo, analítico e exploratório, desenvolvido a partir do referencial de Bardin. A coleta de dados ocorreu no período de abril a maio de 2013 com 70 profissionais de enfermagem, aplicando-se a Escala de Avaliação do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental. Obteve-se o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética sob nº 13676913.2.0000.5539. Resultados: Da análise de conteúdo emergiram três categorias: As causas da sobrecarga de trabalho; Aspectos que aliviam a sobrecarga; Mudanças propostas para diminuir a sobrecarga. Considerações finais: Falta de recursos humanos e relações interpessoais conflituosas incrementam a sobrecarga, ao passo que a infraestrutura física do ambiente influencia negativamente nas condições de trabalho.(AU)


Objetivo: Identificar la percepción de los profesionales de enfermería acerca de la sobrecarga de trabajo em los servicios de psiquiatria del hospital. Método: estúdio descriptivo, analítico y exploratório analizada a través Bardin referencial. Los datos fueron recolectados entre abril y mayo de 2013, con 70 profesionales de enfermería que se sometieron Trabajo de Impacto Escala de Evaluación de Servicios de Salud Mental. Una vez autorizado por el Comité de Ética Unicesumar (CAEE n. 13676913.2.0000.5539). Resultados: categorías temáticas: Las causas de la sobrecarga de trabajo; Aspectos que alivian la carga de trabajo y los câmbios propuestos para reducir la carga de trabajo. Conclusión: El principal factor que la sobrecarga se relaciona com la falta de recursos humanos y las relaciones entre los profesionales. La gestión del proceso de trabajo puede ser una estrategia para reducir la carga de trabajo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem Psiquiátrica , Enfermagem , Saúde Mental , Cuidados de Enfermagem , Assistência à Saúde Mental , Esgotamento Profissional/enfermagem , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA