Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 321
Filtrar
1.
Artigo em Espanhol | PAHO-IRIS | ID: phr-53179

RESUMO

Corrigendum a Recálculo de las tendencias de mortalidad por accidentes, suicidios y homicidios en Argentina, 1997-2018. La Revista Panamericana de Salud Pública llama la atención a los lectores sobre un error en el siguiente artículo: Santoro A. Recálculo de las tendencias de mortalidad por accidentes, suicidios y homicidios en Argentina, 1997-2018. Rev Panam Salud Publica. 2020;44:e74. https://doi.org/10.26633/RPSP.2020.74. En el artículo se han omitido inadvertidamente las figuras incluidas en la corrección actual.


Corrigendum to Recalculation of trends in mortality from accidents, suicides, and homicides in Argentina, 1997-2018. The Pan American Journal of Public Health draws readers' attention to an error in the following article: Santoro A. Recálculo de las tendencias de mortalidad por accidentes, suicidios y homicidios en Argentina, 1997-2018. Rev Panam Salud Publica. 2020;44:e74. https://doi.org/10.26633/RPSP.2020.74. The figures included in the current correction have been inadvertently omitted from the article.


Corrigendum à Recálculo das tendências de mortalidade por acidentes, suicídios e homicídios na Argentina, 1997-2018. A Revista Panamericana de Salud Pública chama a atenção dos leitores para um erro no artigo a seguir: Santoro A. Recálculo de las tendencias de mortalidad por accidentes, suicidios y homicidios en Argentina, 1997-2018. Rev Panam Salud Publica. 2020;44:e74. https://doi.org/10.26633/RPSP.2020.74. As figuras incluídas na correção atual foram inadvertidamente omitidas do artigo.


Assuntos
Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Causas Externas , Estatísticas Vitais , Argentina , Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Estatísticas Vitais , Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Estatísticas Vitais , Errata , Errata
2.
Rev. cuba. salud pública ; 46(3): e1476, jul.-set. 2020. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS, CUMED | ID: biblio-1144550

RESUMO

RESUMEN Introducción: A pesar de las acciones realizadas para contrarrestar el nivel de muertes por causas violentas en las Américas, es notable su crecimiento, especialmente entre los jóvenes. Objetivo: Comparar el comportamiento de la mortalidad por causas violentas en la población de 10 a 29 años de Argentina y Uruguay, entre los trienios 1997-1999 y 2011-2013. Métodos: Investigación de carácter cuantitativo, exploratorio, descriptivo y comparativo. Se calcularon y analizaron tasas específicas de mortalidad sobre la base de las informaciones ofrecidas por la Organización Mundial de la Salud y el Departamento de Asuntos Económicos y Sociales de las Naciones Unidas. Resultados: La mortalidad por causas violentas aumentó en ambos países, alcanzando un mayor nivel en Uruguay. Este aumento se produjo con más énfasis en los varones de mayor edad. Las poblaciones más afectadas variaron según las siguientes causas: todas las causas violentas (varones de 15-29 años), accidentes de tránsito (mujeres uruguayas > 15 años), asociadas a asesinatos (mujeres de 25-29 años) y suicidios (toda la población bajo estudio, con mayor número en Uruguay). Conclusiones: Aunque Uruguay, en principio, tiene mayores desafíos que afrontar para reducir el nivel de muertes violentas, los resultados evidencian la necesidad que tienen los dos países, Argentina y Uruguay, de prestar atención a las características de cada grupo poblacional. De esta manera se deben redoblar los esfuerzos para disminuir el consumo de sustancias psicoactivas (legales e ilegales), garantizar el cumplimiento de determinadas normas de tránsito y fortalecer valores en los individuos que refuercen su autoestima y el respeto por los demás(AU)


Introduction: In spite of the actions taken to face the high level of deaths by violent causes in the Americas, it is notable its increase, especially in young people. Objective: To compare the behaviour of mortality by violent causes in the population aging 10 to 29 years in Argentina and Uruguay, in the trienniums 1997-1999 and 2011-2013. Methods: Quantitative, exploratory, descriptive and comparative research. There were calculated and analyzed specific mortality rates based in the information provided by World Health Organization and the United Nations Department of Economic and Social Affairs. Results: Mortality by violent causes increased in both countries reaching a higher level in Uruguay. This increase was higher in older males. The most affected populations varied according to the following causes: all violent causes (men from 15 to 29 years old), traffic accidents (Uruguayan women > 15 years old), associated to murders (women from 25 to 29 years old), and suicides (all the population under study, with higher numbers in Uruguay). Conclusions: Although Uruguay has bigger challenges to face for reducing the level of violent deaths, the results show the need that have both countries, Argentina and Uruguay, of paying attention to the characteristics of each population group. Thus, it must be redoubled the efforts to decrease psychoactive substances (legal and illegal ones) consumption, to guarantee the compliance of some specific traffic regulations and to strengthen values in the individuals that reinforce their self-esteem and respect to others(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Adulto , Fatores de Risco , Causas de Morte/tendências , Causas Externas , Argentina , Uruguai
3.
Artigo em Espanhol | PAHO-IRIS | ID: phr-52465

RESUMO

[RESUMEN]. Objetivo. Este estudio se propuso describir el impacto del registro deficiente de la causa de muerte en las tendencias de mortalidad por suicidios y homicidios mediante la imputación de información faltante. Métodos. Estudio observacional y descriptivo de la tendencia temporal de la mortalidad por causas externas registradas en Argentina en el período 1997-2018. Para la imputación de la intencionalidad, se ajustaron modelos logísticos a partir de variables predictoras provenientes del Informe Estadístico de Defunción. Se utilizaron estadísticas vitales y proyecciones de población como fuentes secundarias. Resultados. Medida con los datos originales, la mortalidad por causas externas descendió en homicidios y accidentes. Dichos descensos se hicieron más marcados con la información corregida, ya que la imputación impactó con mayor fuerza al principio del período. La mortalidad por suicidios registró un aumento de 8,0%, que luego de la corrección ascendió a 12,9%. Conclusiones. La corrección no modifica de manera sustantiva la tendencia de la mortalidad por causas externas, aunque tiene mayor impacto en la mortalidad por homicidios y suicidios, elevándola.


[ABSTRAC]. Objective. To describe the impact of deficient cause-of-death records on trends in death by suicide and homicide, through imputation of missing information. Methods. Observational and descriptive study of temporal trends in recorded deaths from external causes in Argentina in the period 1997-2018. For imputation of intent, logistic models were adjusted on the basis of predictive variables from the Statistical Report on Deaths. Vital statistics and population projections were used as secondary sources. Results. As measured by the original data, mortality from external causes declined, specifically for homicides and accidents. These declines were more pronounced with the corrected data, since imputation of intent had a greater impact early in the period. Death by suicide increased by 8.0%; and after the correction, by 12.9%. Conclusions. The correction does not substantively alter the trend in mortality from external causes, but it does significantly increase mortality from homicide and suicide.


[RESUMO]. Objetivo. Este estudo procurou descrever o impacto do registro inadequado da causa de morte sobre as tendências de mortalidade por suicídio e homicídio, por meio da imputação de informações ausentes. Métodos. Estudo observacional e descritivo da tendência temporal de mortalidade por causas externas registradas na Argentina no período de 1997 a 2018. Para imputar a intencionalidade, ajustamos os modelos logísticos utilizando variáveis preditivas provenientes do Relatório Estatístico de Óbitos. Utilizamos estatísticas vitais e projeções populacionais como fontes secundárias. Resultados. Medida com os dados originais, a mortalidade por causas externas diminuiu em termos de homicídios e acidentes. Essa diminuição foi mais acentuada com as informações corrigidas, uma vez que a imputação teve um impacto mais forte no início do período de estudo. A mortalidade por suicídio registrou um aumento de 8,0%, que subiu para 12,9% após a correção. Conclusões. A correção não modifica substancialmente a tendência de mortalidade por causas externas, mas tem um maior impacto sobre a mortalidade por homicídios e suicídios, elevando-a.


Assuntos
Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Causas Externas , Estatísticas Vitais , Argentina , Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Estatísticas Vitais , Registros de Mortalidade , Violência , Causas de Morte , Estatísticas Vitais
4.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1141029

RESUMO

Objetivo: Delinear as características epidemiológicas da mortalidade por suicídio em uma cidade no interior do Nordeste brasileiro. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo e retrospectivo realizado com dados secundários. Coletaram-se dados referentes aos 67 casos de suicídio ocorridos em uma cidade no interior do Ceará, extraídos do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, de 2000 a 2015. O estudo incluiu mortes por lesões autoprovocadas intencionalmente, de acordo com a 10ª Revisão da Classificação Internacional de Doenças. Selecionaram-se variáveis para a caracterização dos óbitos, como gênero, faixa etária, estado civil, raça/cor, ocupação e método utilizado. Resultados: Estimou-se o coeficiente de mortalidade específica em 8,77/100 mil habitantes no período avaliado. A maior frequência encontrada foi na população masculina (76,1%), de 40 a 49 anos (32,8%), com estado civil solteiro (53%), de raça/cor parda (68,4%) e com atuação laboral agrícola (64,2%). Verificou-se coeficiente preocupante entre idosos na faixa etária entre 60-69 anos (12,44/100mil habitantes). Enforcamento e autointoxicação por pesticidas configuram-se como os dois principais meios utilizados. Conclusão: Os dados de mortalidade por suicídio no município encontram-se em consonância com as estatísticas globais, mas acima das taxas estaduais e nacionais de suicídio. O perfil das pessoas que cometeram suicídio é composto predominantemente por homens, etnia parda, solteiros e que exercem atividade agrícola como ocupação.


Objective: To describe the epidemiological characteristics of suicide mortality in a city in the interior of the Northeast of Brazil. Methods: This is a descriptive and retrospective study conducted with secondary data. Data were collected on the 67 cases of suicide, which occurred in a city in the interior of the Northeast, extracted from the Mortality Information System of the Ministry of Health, from 2000 to 2015. The study included deaths from Intentionally Self-Injured Injuries according to the 10th Revision of the International Classification of Diseases. Variables were selected to characterize death, such as gender, age group, marital status, race/color, occupation, and method used. Results: The specific mortality coefficient estimative was at 8.77/100 thousand inhabitants in the evaluated period. The highest frequency was in the male population (76.1%), 40 to 49 years old (32.8%), with single marital status (53%), race / brown color (68.4%), with work experience agricultural (64.2%). There was a worrying coefficient among the elderly aged 60-69 years (12.44/100 thousand inhabitants. Hanging and self-poisoning by pesticides are two main means used. Conclusion: The suicide mortality data in the municipality are in line with global statistics and above state and national suicide rates. The profile of people who committed suicide is predominantly composed of men, mixed ethnicity, single, and who exercise agricultural activity as an occupation.


Objetivo: Delinear las características epidemiológicas de mortalidad por suicidio de un pueblo del Noreste de Brasil. Métodos: Se trata de un estudio descriptivo y retrospectivo realizado con datos secundarios. Se ha recogido los datos de 67 casos de suicidio ocurridos en un pueblo de Ceará registrado en el Sistema de Informaciones de Mortalidad del Ministerio de la Salud entre 2000 y 2015. El estudio ha incluido las muertes por lesiones auto provocadas a propósito según la 10ª Revisión de la Clasificación Internacional de Enfermedades. Se ha elegido variables para la caracterización de los óbitos como el género, la franja de edad, el estado civil, la raza/el color de la piel, la ocupación y el método utilizado. Resultados: Se ha estimado el coeficiente de mortalidad especifico de 8,77/100 mil habitantes para el período evaluado. La mayor frecuencia encontrada ha sido de la población masculina (76,1%) entre 40 y 49 años (32,8%), solteros (53%), de raza/color de la piel pardo (68,4%) y con actuación laboral agrícola (64,2%). Se ha verificado el coeficiente preocupante entre mayores en la franja de edad entre 60 y 69 años (12,44/100 mil habitantes). Ahorcamiento y auto intoxicación por pesticidas son los dos principales medios utilizados. Conclusión: Los datos de mortalidad por suicidio del municipio están en consonancia con las estadísticas globales pero por encima de las tasas estaduales y nacionales de suicidio. El perfil de las personas que han practicado el suicidio está formado de hombres, con la etnia parda, solteros y que tienen la ocupación en la actividad agrícola.


Assuntos
Suicídio , Aplicações da Epidemiologia , Causas Externas
5.
Porto Alegre; s.n; 2020. 76 p. ilus, tab.
Tese em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-RS | ID: biblio-1119233

RESUMO

A violência é um importante problema de Saúde Pública enfrentado no Brasil, que alcança pessoas de todas as classes sociais. A notificação compulsória desse agravo é uma importante forma de enfrentamento desse tipo de violência, cabendo aos profissionais de saúde à realização da notificação à Vigilância Epidemiológica. Este estudo teve como objetivo caracterizar os casos notificados de violência contra a mulher a partir dos 10 anos de idade no município de Eldorado do Sul entre 2010 e 2018, analisando o perfil da vítima, do agressor e da violência sofrida. Foram analisadas 18 variáveis da ficha de notificação de violências. Os dados foram processados por estatística descritiva através do cálculo de frequências absoluta e relativa. Este trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul. Foram notificados 277 casos de violência contra a mulher, a maioria das vítimas tinha entre 10 e 19 anos (25,3%), o cônjuge foi o principal agressor (21,7%), a violência física foi a predominante (70,4%), sendo a força corporal/espancamento o principal meio de agressão (72,6%). De forma geral, este estudo demonstrou que na violência praticada contra a mulher no município de Eldorado do Sul destacou-se a alta frequência de mulheres jovens agredidas fisicamente no ambiente doméstico por seus companheiros. Os resultados encontrados constituem a base para criação de ações e políticas públicas no município de Eldorado do Sul para enfrentar os impactos causados por este agravo, proporcionando melhor qualidade de vida as vítimas.


Violence is an important public health problem faced in Brazil, which affects people of all social classes. Compulsory notification of this condition is an important way of coping with this type of violence, and health professionals are responsible for reporting to Epidemiological Surveillance. This study aimed to characterize the reported cases of violence against women from the age of 10 years old in the municipality of Eldorado do Sul between 2010 and 2018, analyzing the profile of the victim, the aggressor and the violence suffered. Eighteen variables from the violence notification form were analyzed. The data were processed by descriptive statistics through the calculation of absolute and relative frequencies. This work was approved by the Research Ethics Committee of the School of Public Health of Rio Grande do Sul. 277 cases of violence against women were reported, most victims were between 10 and 19 years old (25.3%), the spouse stands out as the main aggressor (21.7%), to violence physical activity was the predominant one (70.4%), with bodily strength/beatings being the main means of aggression (72.6%). In general, this study showed that the violence practiced against women in the municipality of Eldorado do Sul, the high frequency of young women physically assaulted in the domestic environment by their partners stood out. The results found constitute the basis for the creation of actions and public policies in the municipality of Eldorado do Sul to face the impacts caused by this disease, providing a better quality of life for the victims.


Assuntos
Humanos , Feminino , Notificação de Doenças , Violência contra a Mulher , Sistemas de Informação em Saúde , Comportamento Social , Causas Externas
6.
REVISA (Online) ; 9(3): 362-368, 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1122554

RESUMO

Objetivo: analisar as campanhas midiáticas acerca das tecnologias de prevenção dos acidentes por motocicletas no C.eará, Brasil. Método: Trata-se de um estudo exploratório, onde foi realizada uma pesquisa documental através do site institucional, sobre tecnologias educativas desenvolvidas pelo DETRAN-CE para a prevenção de acidentes de moto no Ceará. Resultados: As campanhas educativas na mídia cearense são divulgadas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Ceará - DETRAN-CE, órgão que regulamenta o trânsito no estado. O DETRAN-CE divulga as preventivas através de mensagens e orientações sobre condutas corretas no trânsito, no sentido de mudar o comportamento do homem na via pública e reverter o quadro de violência, reduzindo o número de acidentes, mortes e feridos. O público alvo são os condutores, passageiros, ciclistas, motociclistas e pedestres, que são ao mesmo tempo agentes e vítimas da violência, já que estudos apontam o homem como responsável por 90% dos acidentes no trânsito no país. Conclusão: Em virtude do número crescente de acidentes de trânsito no Ceará, verificou-se à inexistência de uma tecnologia atualizada e eficaz, para a prevenção de acidentes com motociclistas, o que pressupõe a ineficácia do desenvolvimento de uma ferramenta atualizada aplicada para a segurança no trânsito.


Objective: to assess media campaigns about motorcycle accident prevention technologies in Ceará, Brazil. Method: This is an exploratory study, where a documentary research was carried out through the institutional website, on educational technologies developed by DETRAN-CE for the prevention of motorcycle accidents in Ceará, through the institutional website. Results: According to the body that regulates traffic in the state, since August 2004 the State Traffic Department - DETRAN-CE, is linked to the Secretariat of Infrastructure, which develops educational campaigns in the Ceará media. The traffic agency reports that the messages are for guidance on correct behavior in traffic, in order to change the behavior of men on public roads and reverse the situation of violence, reducing the number of accidents, deaths and injuries. The target audience is drivers, passengers, cyclists, motorcyclists and pedestrians, who are both agents and victims of violence, since studies have pointed out that men are responsible for 90% of traffic accidents in the country, according to data provided by the institutional website of DETRAN-CE. Conclusion: There was a lack of up-to-date and effective technology for the prevention of accidents involving motorcyclists in the state of Ceará, which presupposes the ineffectiveness of developing an updated tool applied to traffic safety.


Objetivo: Analizar campañas mediáticas sobre tecnologías de prevención de accidentes de motocicletas en Ceará, Brasil. Método: Este es un estudio exploratorio, donde se realizó una investigación documental a través del sitio web institucional, sobre tecnologías educativas desarrolladas por DETRAN-CE para la prevención de accidentes de motocicleta en Ceará, a través del sitio web institucional. Resultados: Según el organismo que regula el tráfico en el estado, desde agosto de 2004, el Departamento de Tráfico del Estado - DETRAN-CE, está vinculado a la Secretaría de Infraestructura, que desarrolla campañas educativas en los medios de comunicación de Ceará. La agencia de tráfico informa que los mensajes son orientativos sobre el comportamiento correcto en el tráfico, con el fin de cambiar el comportamiento de los hombres en las vías públicas y revertir la situación de violencia, reduciendo el número de accidentes, muertes y lesiones. El público objetivo son los conductores, pasajeros, ciclistas, motociclistas y peatones, que son agentes y víctimas de la violencia, ya que los estudios han señalado que los hombres son responsables del 90% de los accidentes de tráfico en el país, según datos proporcionados por el web institucional de DETRAN-CE. Conclusión: faltaba una tecnología actualizada y efectiva para la prevención de accidentes con motociclistas en el estado de Ceará, lo que presupone la ineficacia de desarrollar una herramienta actualizada aplicada a la seguridad vial.


Assuntos
Emissões de Veículos , Acidentes de Trânsito , Causas Externas , Monitoramento Epidemiológico , Prevenção de Acidentes
7.
Brasília; IPEA; 2020. 33 p. ilus.(Texto para Discussão / IPEA, 2543).
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1102002

RESUMO

Observou-se a diminuição de 10,2% no número de homicídios no estado do Espírito Santo, entre 2010 e 2014. Nesse período, foram feitos substanciais investimentos no saneamento do sistema prisional e na implementação do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, focado na diminuição das mortes violentas intencionais. O objetivo deste trabalho é investigar se a política pública levada a cabo no estado impactou o número de homicídios, utilizando metodologia de controle sintético. Os resultados indicam que, se não fosse a política adotada, o número de homicídio aumentaria em 29% entre 2010 e 2014. Comparando-se os custos financeiros correspondentes à implantação da política com o valor estatístico das vidas poupadas, estimado por Cerqueira (2014), concluímos que cada real gasto gerou um ganho de bem-estar social equivalente a R$ 2,4.


Assuntos
Causas Externas , Homicídio , Mortalidade , Política Pública , Segurança
8.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047849

RESUMO

Objetivo: descrever a mortalidade por causas externas no Estado de Rondônia no período de 1999 e 2015. Método: estudo de série temporal utilizando dados da Declaração de Óbito disponibilizados pela Agência de Vigilância em Saúde do Estado de Rondônia. Para a análise de tendência realizou-se regressão linear utilizando o pacote estatístico Stata®11. Resultados: foram registrados no Estado de Rondônia 111.651 óbitos sendo 22,2% classificados como causas externas. O coeficiente médio de óbitos por esta causa no período foi 89,7 por 100.000 habitantes e desvio padrão de 6,5. A regressão linear apresentou um aumento anual nos óbitos por acidentes de trânsito de 2,1%, os óbitos por agressões tiveram um decréscimo anual de 1,98%, suicídios e outras causas externas permaneceram estacionárias. Conclusão: os resultados evidenciaram a necessidade de fortalecimento das ações preventivas entre homens jovens e políticas públicas para redução de acidentes de trânsito no estado de Rondônia


Objective: the objective was to describe the mortality from external causes in the State of Rondônia in the period of 1999 and 2015. Method: a time series study using data from the Death Certificates provided by the Health Surveillance Agency of the State of Rondônia. Linear regression was used for the trend analysis using the statistical package Stata®11. Results: 111,651 deaths were recorded in the State of Rondônia, 22.2% of which were classified as external causes. The mean number of deaths due to this cause in the period was 89.7 per 100,000 inhabitants and the standard deviation was 6.5. The linear regression showed an annual increase in deaths due to traffic accidents of 2.1%, deaths due to aggressions had an annual decrease of 1.98%, suicides and other external causes remained stationary. Conclusion: the results evidenced the need to strengthen preventive actions among young men and public policies to reduce accidents in the state of Rondônia


Objetivo: el objetive fue describir la mortalidad por causas externas en el Estado de Rondônia en el período de 1999 y 2015. Método: estudio de serie temporal utilizando datos de la Declaración de Óbito disponibilizados por la Agencia de Vigilancia en Salud del Estado de Rondônia. Para el análisis de tendencia se realizó regresión lineal utilizando el paquete estadístico Stata®11. Resultados: se registraron en el Estado de Rondônia 111.651 óbitos siendo 22,2% clasificados como causas externas. El coeficiente medio de muertes por esta causa en el período fue 89,7 por 100.000 habitantes y desviación estándar de 6,5. La regresión lineal presentó un aumento anual en las muertes por accidentes de tránsito del 2,1%, las muertes por agresiones tuvieron un descenso anual del 1,98% y los suicídios y otras causas externas permanecieron estacionarias. Conslusión: los resultados evidenciaron la necesidad de fortalecimiento de las acciones preventivas entre hombres jóvenes y políticas públicas para reducción de accidentes en el estado de Rondônia


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros de Mortalidade/estatística & dados numéricos , Estudos de Séries Temporais , Mortalidade , Brasil , Causas Externas
9.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(257): 3188-3192, out.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1026058

RESUMO

Analisar as características das vítimas de acidentes de trânsito atendidas no Hospital Geral de Roraima (HGR). Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem quantitativa. Foi realizada no HGR ­ no setor do grande trauma (GT), na cidade de Boa Vista, Roraima, com uma amostra composta por 177 pacientes. Teve parecer favorável de número: 1.255.952, CAAE: 41787414.6.0000.5302. As análises e tabulação dos dados foram realizadas por meio do pacote estatístico PASW (versão 18). A pesquisa revelou que os acidentes de trânsito (AT's) ocorreram com maior prevalência no sexo masculino, mais especificamente na população jovem na faixa etária entre 18-25 anos, o tipo de veículo mais relacionado com os AT's foi a motocicleta, a principal causa dos AT's foi a ultrapassagem. Conclui-se que é necessário uma reavaliação do Estado com relação aos determinantes sociais da saúde e às leis que visam sua responsabilização por um trânsito mais seguro.(AU)


To analyze the characteristics of traffic accident victims treated at the General Hospital of Roraima (HGR). It is an exploratory, descriptive research with a quantitative approach. It was performed at the HGR - in the major trauma sector (GT), in the city of Boa Vista, Roraima, with a sample of 177 patients. It had a favorable opinion number: 1,255,952, CAAE: 41787414.6.0000.5302. Data analysis and tabulation were performed using the PASW statistical package (version 18). The research revealed that traffic accidents (AT's) occurred with higher prevalence in males, more specifically in the young population aged 18-25 years, the type of vehicle most related to the AT's was the motorcycle, the main cause of the accidents. AT's was overdrive. It is concluded that a reassessment of the state is necessary regarding the social determinants of health and the laws that aim to make them responsible for safer traffic.(AU)


Analizar las características de las víctimas de accidentes de tránsito atendidos en el Hospital General de Roraima (HGR). Es una investigación exploratoria, descriptiva con un enfoque cuantitativo. Se realizó en el HGR, en el sector de trauma mayor (GT), en la ciudad de Boa Vista, Roraima, con una muestra de 177 pacientes. Tenía un número de opinión favorable: 1.255.952, CAAE: 41787414.6.0000.5302. El análisis de datos y la tabulación se realizaron utilizando el paquete estadístico PASW (versión 18). La investigación reveló que los accidentes de tránsito (AT) ocurrieron con una mayor prevalencia en los hombres, más específicamente en la población joven de 18-25 años, el tipo de vehículo más relacionado con los AT fue la motocicleta, la principal causa de los accidentes. El AT estaba saturado. Se concluye que es necesaria una reevaluación del estado con respecto a los determinantes sociales de la salud y las leyes que tienen como objetivo hacerlos responsables de un tráfico más seguro.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Acidentes de Trânsito , Fatores de Risco , Triagem , Causas Externas , Saúde Pública , Promoção da Saúde
10.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 32: 1-12, 28/03/2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1015693

RESUMO

Objetivo: Descrever o perfil da morbimortalidade da violência contra a pessoa idosa. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo e retrospectivo de 14.900 notificações extraídas do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e de 18.228 casos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), de 2012 a 2017, do estado de Minas Gerais, Brasil. Analisaram-se as notificações de violência segundo características das vítimas (sexo, faixa etária, raça/cor e escolaridade), da ocorrência (local, tipo de violência, características do agressor) e as variáveis referentes ao óbito (sexo, faixa etária, raça/cor, estado civil, local de ocorrência e causa do óbito). Resultados: Das notificações analisadas, 54,5% (8.116) das vítimas eram mulheres, 42,8% (6.384) brancos e 47,6% (7.082) com ensino fundamental incompleto/analfabeto. A violência física deu-se em 69,5% (10.356) dos casos, e o filho apresenta maior frequência no perfil de agressor, com 26,4% (3.928). Em relação aos óbitos por causas externas, 60,9% (11.096) eram homens, 37,4% (6.815) com mais de 80 anos, 54,9% (10.011) brancos e 37,7% (6.867) casados. O hospital é o local de óbito mais relatado, 64% (11.664). Óbitos por outras causas externas: 42,5% (7.741), sendo as quedas 32,4% (5.897) do total. Conclusão: As principais vítimas são as mulheres idosas, com baixa escolaridade, e de violência física perpetrada, principalmente, pelo filho, porém aqueles que vêm a óbito com mais frequência são os homens idosos, tendo como principal causa as quedas e os acidentes de transporte. (AU)


Assuntos
Maus-Tratos ao Idoso , Causas Externas , Sistemas de Informação em Saúde
11.
Cogitare enferm ; 24: e61653, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1055943

RESUMO

RESUMO Objetivo: analisar a relação entre a ocorrência de lesões, as características do acidente de trânsito e uso de equipamentos protetivos por motociclistas. Método: estudo transversal correlacional realizado em hospital de urgência em Teresina, estado do Piauí, de dezembro de 2016 a abril de 2017, com 360 motociclistas acidentados. Realizou-se estatística descritiva, verificaram-se as associações utilizando teste Qui-quadrado e Exato de Fisher. Resultados: prevalência de lesões em homens, com baixa escolaridade, sem habilitação, porém com motocicleta própria. Constataram-se ainda associações estatisticamente significativas entre ocorrência de lesões na cabeça; existência de habilitação; uso de equipamento protetivo; alcoolemia; lesões em membros inferiores; tempo de condução; e ser economicamente ativo. Conclusão: achados revelam importância da fiscalização para prevenção de acidentes motociclísticos. Direcionam a atenção de pesquisadores da enfermagem e de profissionais que assistem a essa população para a importância de ações e campanhas educativas, principalmente dos enfermeiros na atenção primária.


RESUMEN Objetivo: Analizar la relación entre ocurrencia de lesiones, característica del accidente de tránsito y uso de equipos de protección en motociclistas. Método: Estudio transversal, correlacional, realizado en hospital de urgencias de Teresina, Piauí, entre diciembre de 2016 y abril de 2017, participando 360 motociclistas accidentados. Se aplicó estadística descriptiva, verificándose las asociaciones por test de Chi-cuadrado y Exacto de Fischer. Resultados: Hubo prevalencia de lesiones en hombres, de baja escolarización, sin licencia habilitante, aunque con motocicleta propia. Se constataron también asociaciones estadísticamente significativas entre lesiones de cabeza; licencia habilitante; uso de equipos de protección; alcoholemia; lesiones en miembros inferiores; tiempo de conducción y ser económicamente activo. Conclusión: Los hallazgos revelan la importancia del control preventivo de accidentes motociclísticos, llamando la atención de investigadores de enfermería y otros profesionales que atienden a esta población, sobre la importancia de acciones y campañas educativas, particularmente de enfermeros, en atención primaria.


ABSTRACT Objective: Analyze the relationship among the occurrence of motorcycle injuries, the characteristics of traffic accidents, and use of protective equipment by motorcyclists. Method: This is a correlational cross-sectional study conducted in an urgent care hospital in Teresina, State of Piauí, from December 2016 to April 2017, with 360 injured motorcyclists. Descriptive statistics were analyzed and associations were identified using the chi-square test and Fisher's exact test. Results: Prevalence of injuries was observed in men of low school education level, with own motorcycle, but without a driver license. Also, statistically significant associations were found between the occurrence of head injuries; having a driver license; use of protective equipment; blood alcohol content; lower limb injuries; driving experience; and being economically active. Conclusion: Findings demonstrate the importance of inspection to prevent motorcycle accidents and draw the attention of nursing researchers and professionals who assist this population to the importance of educational actions and campaigns, mainly of nurses in primary care.


Assuntos
Humanos , Motocicletas , Acidentes de Trânsito , Consequências de Acidentes , Ferimentos e Lesões , Causas Externas
12.
Cogitare enferm ; 24: e64545, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1055936

RESUMO

RESUMO Objetivo: analisar os fatores associados à mortalidade hospitalar por causas externas, segundo as características do indivíduo, dos agravos e das internações. Método: estudo transversal, oriundo de dados secundários dos prontuários das vítimas de causas externas internadas em um hospital geral na Bahia. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e para verificação dos fatores associados à mortalidade hospitalar utilizou-se o teste Qui-quadrado de Pearson. Resultados: identificou-se 5.537 internações por causas externas no referido hospital, no período de 2009 a 2013, das quais 192 (3,7%) evoluíram para óbito. Verificou-se associação do óbito hospitalar com as variáveis: faixa etária (p=0,001), município de ocorrência (p=0,018), tipo de causas externas (p=0,001), natureza da lesão (p=0,018), segmento corporal (p=0,001) e dia da semana (p=0,005). Conclusão: a identificação dos fatores associados à mortalidade hospitalar por causas externas poderá contribuir para a definição de ações e medidas que reduzam e previnam esses óbitos.


RESUMEN Objetivo: Analizar los factores asociados a la mortalidad hospitalaria por causas externas según las características del individuo, las complicaciones y las internaciones. Método: Estudio transversal basado en datos secundarios en historias clínicas de víctimas de causas externas internadas en hospital general de Bahia. Datos analizados mediante estadística descriptiva. Para verificación de factores asociados a la mortalidad hospitalaria, se aplicó test Chi-cuadrado de Pearson. Resultados: Se identificaron 5.537 internaciones por causas externas en el citado hospital entre 2009 y 2013, de las que 192 (3,7) derivaron en fallecimientos. Se verificó asociación del fallecimiento hospitalario con las variables: faja etaria (p=0,001), municipio de ocurrencia (p=0,018), tipo de causas externas (p=0,001), naturaleza de la lesión (p=0,018), segmento corporal (p=0,001) y día de la semana (p=0,005). Conclusión: Identificar los factores asociados a la mortalidad hospitalaria por causas externas contribuirá a definir acciones y medidas de reducción y prevención de tales decesos.


ABSTRACT Objective: To analyze the factors associated to mortality in hospitalized patients due to external causes, according to the characteristics of the individuals, the injuries and hospitalizations. Method: Cross-sectional study based on secondary data from medical records of patients admitted to a general hospital in Bahia who died from external causes. Data was analyzed through descriptive statistics, and for verification of the factors associated with hospital mortality Pearson's Chi-square test was performed. Results: There were 5,537 hospitalizations due to external causes at the referred hospital from 2009 to 2013, of which 192 (3.7%) evolved to death. There was an association between hospital deaths and the variable: age group (p = 0.001), city where the injury/violent act occurred (p = 0.018), type of external causes (p = 0.001), injury nature (p = 0.018), body segment (p = 0.001) and day of the week (p = 0.005). Conclusion: Identification of the factors associated with hospital mortality from external causes may contribute to the development of actions and measures that reduce and prevent such deaths.


Assuntos
Humanos , Mortalidade Hospitalar , Causas Externas , Violência , Acidentes , Saúde Pública
13.
Rio de Janeiro; IPEA; 2019. 28 p. ilus, graf.(Texto para Discussão / IPEA, 2489).
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1054572

RESUMO

Com o aumento de homicídios no Brasil desde o início dos anos 2000, chamou atenção a necessidade de quantificar as pessoas sobreviventes indiretas ou covítimas. Nosso exercício inicial é uma metodologia para calcular a quantidade de sobreviventes aos homicídios perpetrados contra a população negra. Em 2010, a cada homicídio de um(a) jovem negro(a), no mínimo cinco a seis pessoas foram afetadas, com um total de 82.535 sobreviventes. No mesmo ano, entre quatro a cinco pessoas foram vítimas indiretas dos homicídios a pessoas negras com um total mínimo de 122.761.


After the year 2000 homicides data shows an increasing in Brazil. Our attention directed to quantify those who are survivors or co-victims of homicide. Our initial exercise is a methodology to calculate the quantity of survivors from homicide against afro Brazilian black people. In 2010, for each homicide of an afro Brazilian black youth a minimum of 5 to 6 people were affected, causing a total of 82.535 survivors. At the same year, over 4 to 5 people were indirect victims of homicide against afro Brazilian black people summing an amount of 122.761 survivors.


Assuntos
Causas Externas , Grupo com Ancestrais do Continente Africano , Homicídio , Mortalidade , Racismo , Violência
14.
Brasília; IPEA; 2019. 44 p. ilus, graf.(Texto para Discussão / IPEA, 2514).
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1054575

RESUMO

As oportunidades no mercado de trabalho, bem como a formação de capital humano (educação), afetam os custos implícitos de se dedicar às atividades ilegais. No presente texto, investigamos empiricamente o efeito que a taxa de desemprego, os rendimentos reais no mercado de trabalho e o acesso educacional para os jovens (15 a 24 anos) exercem sobre a prevalência de homicídios nos municípios brasileiros. Analisamos ainda as heterogeneidades que dizem respeito à especialização do trabalho e ao ciclo de vida na juventude. A fim de contornar os problemas de endogeneidade, em nossa estratégia de identificação utilizamos um modelo de dados em painel para todos os municípios brasileiros (no período entre 1980 e 2010), com o uso de variáveis instrumentais, seguindo de perto a abordagem desenvolvida por Gould, Weinberg e Mustard (2002). Os instrumentos relacionam-se a mudanças estruturais de longo prazo na indústria que afetam a demanda por trabalho nas cidades. Encontramos os seguintes resultados: i) efeito positivo da taxa de desemprego dos homens sobre a taxa de homicídios, sendo esse efeito maior para jovens adultos (25 a 29 anos); ii) efeito estatisticamente nulo da renda do trabalho por hora trabalhada sobre a taxa de homicídios; e iii) efeito negativo da taxa de atendimento escolar de 15 a 17 anos sobre a taxa de homicídios.


The opportunities in the labor market and formation of human capital (education) affect the implicit costs of engaging in illegal activities. In this article we empirically investigate the effect that the unemployment rate, which real income in the labor market and which school atandence rate for young people (15 to 24 years) exert on the prevalence of homicides in Brazilian municipalities. We also analyze the heterogeneities related to the specialization of work and the life cycle in youth. In order to overcome the problems of endogeneity, in our identification strategy we used a instrumental variable estimation of panel data model for all Brazilian municipalities (between 1980 and 2010), closely following the approach developed by Gould et al. (2002). The instruments its relationship to long-term structural changes in industry that affect the demand for labor in cities. We found the following results over homicide rate: i) positive effect of men’s unemployment rate, which is greater for young adults (25-29 years); ii) no effect of real hourly labor wage ; and iii) the negative effect of the school attendance rate of 15 to 17 years.


Assuntos
Adolescente , Adulto Jovem , Causas Externas , Crime , Desemprego , Educação , Homicídio , Mercado de Trabalho , Mortalidade , Violência
15.
Brasília; IPEA;Fórum Brasileiro de Segurança Pública; 2019. 47 p. graf, map.
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1054579

RESUMO

Este Atlas da Violência - Retrato dos Municípios Brasileiros 2019 mostra que houve um crescimento das mortes nas regiões Norte e Nordeste influenciado, principalmente, pela guerra do narcotráfico, a rota do fluxo das drogas e o mercado ilícito de madeira e mogno nas zonas rurais. O estudo identifica uma heterogeneidade na prevalência da violência letal nos municípios e revela que há diferenças enormes entre as condições de desenvolvimento humano nos municípios mais e menos violentos.


Assuntos
Causas Externas , Condições Sociais , Desenvolvimento Humano , Homicídio , Mortalidade , Violência , Violência contra a Mulher , Brasil
16.
Brasília; IPEA;Fórum Brasileiro de Segurança Pública; 2019. 115 p. graf, map.
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1054580

RESUMO

Neste Atlas da Violência 2019, produzido pelo Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), foram analisados inúmeros indicadores para melhor compreender o processo de acentuada violência no país. Os números de óbitos são contabilizados a partir da Classificação Internacional de Doenças (CID-10) como eventos que envolvem agressões e óbitos provocados por intervenção legal (códigos X85-Y09 e Y35-Y36). A Classificação Internacional de Doenças é publicada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e padroniza a codificação de doenças e mortalidade por causas externas em todo o mundo desde 1893. Os dados divulgados referem-se ao período de 2007 a 2017, considerando as informações mais recentes tabuladas pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e divulgadas no site do Departamento de Informática do SUS - DATASUS.


Assuntos
Causas Externas , Condições Sociais , Desenvolvimento Humano , Homicídio , Mortalidade , Violência , Violência contra a Mulher , Brasil
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-8], 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1050775

RESUMO

Objetivo: avaliar o desempenho cognitivo de idosos atendidos por acidente de trânsito. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, observacional, transversal, em um hospital público. Compôs-se a amostra por 250 idosos. Utilizou-se a variável dependente do estudo a função cognitiva definida por meio do Mini Exame do Estado Mental e um formulário sociodemográfico elaborado pelos pesquisadores do estudo e processado estatisticamente. Resultados: caracterizou-se que a maioria dos idosos era do sexo masculino; com idades de 60 a 79 anos; estado civil casado; renda abaixo de um salário mínimo e natural de Teresina. Evidenciou-se, que a maioria dos idosos era apta cognitivamente, observando-se relação estatisticamente significativa entre a função cognitiva, faixa etária, escolaridade, estado civil e renda mensal. Revela-se que o tipo de acidente de trânsito que mais acometeu os idosos foi o atropelamento. Conclusão: manteve-se o desempenho cognitivo dos idosos acidentados preservado, no entanto, observaram-se fatores que mostraram relação como a idade mais avançada, a ausência de alfabetização, a viuvez e o nível econômico mais baixo.(AU)


Objective: to evaluate the cognitive performance of elderly people treated by traffic accident. Method: this is a quantitative, descriptive, observational, cross-sectional study in a public hospital. The sample was composed by 250 elderly. The dependent variable of the study was the cognitive function defined through the Mini Mental State Examination and a sociodemographic form elaborated by the study researchers and processed statistically. Results: it was characterized that most of the elderly were male; aged 60 to 79 years; married marital status; income below a minimum wage and Teresina natural. Most of the elderly were cognitively fit, with a statistically significant relationship between cognitive function, age, education, marital status and monthly income. It is revealed that the type of traffic accident that most affected the elderly was being run over. Conclusion: the cognitive performance of the injured elderly was preserved, however, there were factors that showed a relationship such as older age, lack of literacy, widowhood and lower economic level.(AU)


Objetivo: evaluar el desempeño cognitivo de ancianos atendidos por accidente de tránsito. Método: se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, observacional, transversal en un hospital público. La muestra estuvo compuesta por 250 ancianos. La variable dependiente del estudio fue la función cognitiva definida a través del Mini Examen del Estado Mental y una forma sociodemográfica elaborada por los investigadores del estudio y procesada estadísticamente. Resultados: se caracterizó que la mayoría de los ancianos eran varones; de 60 a 79 años de edad; estado civil: Casado; ingresos inferiores a un salario mínimo y natural de la ciudad de Teresina. La mayoría de los ancianos tenían un estado cognitivo adecuado, con una relación estadísticamente significativa entre la función cognitiva, la edad, la educación, el estado civil y el ingreso mensual. Se revela que el tipo de accidente de tránsito que más afectó a los ancianos fue atropellamiento. Conclusión: se conservó el rendimiento cognitivo de los ancianos lesionados, sin embargo, hubo factores que mostraron una relación como la edad avanzada, la falta de alfabetización, la viudez y el bajo nivel económico.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Acidentes de Trânsito , Saúde do Idoso , Cognição , Causas Externas , Testes de Estado Mental e Demência , Enfermagem Geriátrica , Condições Sociais , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
18.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-7], 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1046433

RESUMO

Objetivo: descrever os óbitos por causas externas relacionadas ao trabalho. Método: trata-se de um estudo quantitativo, retrospectivo, do tipo ecológico, baseado em registros de óbitos por acidentes de trabalho no Brasil disponíveis no Sistema de Informação sobre Mortalidade do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Ministério da Saúde, no período de 1996 a 2015. Processaram-se a analisaram-se os dados no software Microsoft Office Excel 2010. Apresentaram-se os resultados em forma de tabela. Resultados: registraram-se, no período investigado, 58.940 óbitos relacionados ao trabalho, onde 21.067 (35,74%) ocorreram na região Sudeste, sendo que o sexo masculino foi o mais acometido em todas as regiões e, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste prevaleceram a faixa etária de 25 a 64 anos e indivíduos de cor parda. Revela-se que os principais locais de ocorrência dos óbitos relacionados ao acidente de trabalho foram o hospital e a via pública, e o maior número de óbitos ocorreu entre os acidentes de transporte e outras causas externas de lesões de acidente. Conclusão: entende-se que há um elevado índice de mortalidade por causas externas em ambientes de trabalho no Brasil, e isso demonstra a necessidade do desenvolvimento de ações de proteção e segurança ao trabalhador visando à redução do número de óbitos por acidentes de trabalho no país.(AU)


Objective: to describe the deaths due to external causes related to work. Method: this is a retrospective quantitative study of the ecological type, based on records of work-related injuries in Brazil, available in the Mortality Information System of the Department of Information Technology of the National Health System of the Ministry of Health, in the period from 1996 to 2015. The data was processed in Microsoft Office Excel 2010 software. The results were presented in tabular form. Results: 58,940 work-related deaths were registered in the investigation period, where 21,067 (35.74%) occurred in the Southeast region, with the male gender being the most affected in all regions, and in the North, Northeast and Center-West prevailed between 25 and 64 years of age and individuals of brown color. It is revealed that the main places of occurrence of deaths related to the work accident were the hospital and the public highway, and the highest number of deaths occurred between transportation accidents and other external causes of accident injuries. Conclusion: it is understood that there is a high mortality rate due to external causes in work environments in Brazil, and this demonstrates the need to develop worker protection and safety measures aimed at reducing the number of deaths due to work-related accidents in Brazil.(AU)


Objetivo: describir las muertes por causas externas relacionadas con el trabajo. Método: se trata de un estudio cuantitativo, retrospectivo, del tipo ecológico, basado en registros de muertes por accidentes de trabajo en Brasil disponibles en el Sistema de Información sobre Mortalidad del Departamento de Informática del Sistema Único de Salud del Ministerio de Salud, en el período de 1996 a 2015. Se procesaron y se analizaron los datos en el software Microsoft Office Excel 2010. Se presentaron los resultados en forma de tabla. Resultados: en el período investigado, 58.940 muertes relacionadas al trabajo, donde 21.067 (35,74%) ocurrieron en la región Sudeste, siendo que el sexo masculino fue el más acometido en todas las regiones y, en las regiones Norte, Nordeste y Centro Oeste prevalecieron el grupo de edad de 25 a 64 años y los individuos de color parda. Se reveló que los principales lugares de ocurrencia de muertes relacionadas con el accidente de trabajo fueron el hospital y la vía pública, y el mayor número de muertes ocurrió entre los accidentes de transporte y otras causas externas de lesiones de accidente. Conclusión: se entiende que hay un elevado índice de mortalidad por causas externas en ambientes de trabajo en Brasil, y eso demuestra la necesidad del desarrollo de acciones de protección y seguridad al trabajador objetivando la reducción del número de muertes por accidentes de trabajo en el país.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Acidentes de Trabalho , Acidentes de Trabalho/mortalidade , Saúde do Trabalhador , Causas Externas , Sistemas de Informação em Saúde , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos
19.
Nursing (Säo Paulo) ; 21(247): 2465-2470, dez.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970322

RESUMO

Objetivo: verificar as principais causas jurídicas e médicas de mortalidade em idosos em uma unidade médico-legal do estado de São Paulo, além dos principais locais de ocorrência, do óbito e características da população. Método: Estudo quantitativo, retrospectivo e de análise documental. Os dados foram colhidos de laudos necroscópicos de indivíduos com sessenta anos e mais nos anos de 2010 a 2015. Resultados: As principais causas jurídicas de óbito foram acidentes e mortes naturais, e as causas médicas mais comuns, quedas e acidentes de trânsito. A lesão fatal mais frequente foi traumatismo cranioencefálico, ocupando as causas naturais o terceiro lugar. A residência do idoso foi cenário importante das ocorrências. As características predominantes foram sexo masculino, idade entre 60 e 69 anos, cor branca e estado civil casado. Conclusão: As informações obtidas são de grande valor ao planejamento de ações em segurança pública e saúde dirigidas especialmente aos idosos, contribuindo para o ensino em saúde.(AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Autopsia , Fatores de Risco , Mortalidade , Causas Externas , Saúde do Idoso
20.
Estud. psicol. (Natal) ; 23(4): 404-415, out.-dez. 2018. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1090308

RESUMO

A morte por suicídio é considerada uma epidemia global e um importante problema de saúde pública. O objetivo deste trabalho foi descrever as características epidemiológicas do suicídio no estado de Santa Catarina. Trata-se de um estudo ecológico, espaço-temporal e descritivo. Foi analisada uma série histórica de 10 anos, a partir de dados do Sistema de Notificação de Mortalidade do Ministério da Saúde, no período 2007-2016. Os cálculos por macrorregiões revelaram taxas mais elevadas no Oeste do estado. As taxas apresentaram-se três a quatro vezes maiores no sexo masculino, aumentando conforme a idade. Verificaram-se maiores proporções de ocorrência de suicídio em brancos e nos casados. Enforcamento foi o meio mais utilizado por ambos os sexos. As elevadas taxas de óbitos por autoextermínio, observadas neste estado da federação, chamam atenção para necessidade de aprimoramento de políticas públicas para prevenção do suicídio.


As silent events, suicide deaths are also considered a global epidemic and an important public health problem. The aim of this study was to describe the epidemiological characteristics of suicide in the Brazilian state of Santa Catarina. It is an ecological, spatial-temporal and descriptive study. Data from historical series of 10 years were analyzed from Mortality Reporting System of the Ministry of Health in the period 2007-2016. Calculations by macroregions revealed higher rates in the state's Western region. Suicide rates show up three to four times higher in males, increasing proportionally to age. There was greater occurrence of suicide proportions among whites and married. Hanging was the most common method used by both sexes, to put an end to life. The high death rates for self-extermination observed in this state call attention to necessity for improvement of public policy for suicide prevention.


La muerte por suicidio es considerada una epidemia global y un importante problema de salud pública. El objetivo del estudio fue describir las características epidemiológicas de suicidio en el estado de Santa Catarina (SC). Se trata de estudio ecológico, espacio-temporal y descriptivo. Se analizó serie histórica de 10 años a partir de datos de lo Sistema de Información de Mortalidad del Ministerio de la Salud en el período 2006-2017. Los cálculos por macrorregiones revelaron tasas más altas en el Oeste. Las tasas fueron tres a cuatro veces mayores en hombres, lo que aumenta con la edad. Fueron mayores las proporciones de ocurrencia de suicidio en blancos y casados. El ahorcamiento fue el método más utilizado por ambos sexos. Las altas tasas de mortalidad por autoexterminio observadas en esse estado llaman atención para necesidad de mejorar políticas públicas para prevención del suicidio.


Assuntos
Suicídio/psicologia , Saúde Mental , Saúde Pública , Epidemiologia , Causas Externas , Política Pública , Brasil , Mortalidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA