Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 544
Filtrar
1.
RECIIS (Online) ; 14(1): 18-33, jan.-mar. 2020. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1087210

RESUMO

Este artigo analisa a abordagem da epidemia de zika e microcefalia pela página da Fundação Oswaldo Cruz no Facebook entre maio de 2015 e maio de 2016. Seguindo procedimentos da análise de conteúdo, destacamos características das postagens sobre o tema a partir de sua frequência, enquadramento, formato e engajamento. Também analisamos qualitativamente parte dos comentários das postagens de maior engajamento. Os resultados mostram o destaque recebido pelo tema na página e evidenciam a priorização do enfoque científico e político-institucional, o emprego da ciência para conferir credibilidade aos conteúdos e a popularidade das postagens sobre boatos junto ao público. Constatou-se, ainda, pouca interação por parte da Fiocruz e pequena variação dos formatos empregados nas postagens, com priorização de recursos tradicionais.


This article analyzes how Oswaldo Cruz Foundation's page on Facebook approached the epidemic of zika and microcephaly between May 2015 and May 2016. Following procedures of the content analysis, we highlight characteristics of the posts on the topic based on their frequency, frame, format and engagement. We also qualitatively analyze part of the comments of the posts with the highest level of engagement. The results show the great attention received by the theme on the page and bring to evidence the prioritization of the scientific and political-institutional frame, the use of science to confer credibility to the content and the popularity of the posts about rumors among the public. There was also little interaction on the part of Fiocruz and small variation of the formats used in the posts, with prioritization of traditional resources.


Este artículo analiza el enfoque de la epidemia de zika y microcefalia por la página de la Fundación Oswaldo Cruz en Facebook entre mayo de 2015 y mayo de 2016. Siguiendo procedimientos del análisis de contenido, destacamos características de las publicaciones sobre el tema a partir de su frecuencia, encuadramiento, formato y participación. También analizamos cualitativamente parte de los comentarios de las publicaciones de mayor participación. Los resultados muestran el destaque recibido por el tema en la página y evidencian la priorización del enfoque científico y político-institucional, el empleo de la ciencia para conferir credibilidad a los contenidos y la popularidad de los postes sobre rumores ante el público. Se constató, además, poca interacción por parte de la Fiocruz y pequeña variación de los formatos empleados en las publicaciones, con priorización de recursos tradicionales.


Assuntos
Humanos , Comunicação e Divulgação Científica , Comunicação em Saúde , Mídias Sociais , Zika virus , Microcefalia , Comunicação , Pesquisa Qualitativa , Publicações de Divulgação Científica , Epidemias , Rede Social , Mídias Sociais , Zika virus , Microcefalia
2.
RECIIS (Online) ; 14(1): 184-198, jan.-mar. 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1087304

RESUMO

Uma das grandes preocupações de Afonso de Albuquerque relacionada à pesquisa é questionar a apropriação de modelos norte-americanos e do ocidente europeu por outros países, principalmente pelo Brasil, para com isso propor modelos alternativos a essa conduta. Em entrevista à Reciis, o pesquisador discute como a incorporação desses modelos estrangeiros impacta a mídia, o jornalismo, a política e os estudos acadêmicos brasileiros. Alguns desses movimentos de apropriação, denominados 'reformas', serviram como base para escamotear ações autoritárias entre governos. O professor relaciona esta questão com o fenômeno das fake news, que se refere a um discurso de reivindicação de monopólio da verdade em um contexto de deslegitimação das instituições, no qual, cada vez mais, se adotam comportamentos autoritários. Sob a perspectiva da democracia, ao se pensar o discurso das fake news, feito pelas agências de fact checking, pela mídia e por corporações de pesquisadores, vê-se que ele se soma aos ataques contemporâneos às instituições. Afonso de Albuquerque é professor titular do Departamento de Estudos Culturais e Mídia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense.


Assuntos
Humanos , Comunicação , Jornalismo , Falsidade Ideológica , Capacitação Profissional , Fraude , Democracia , Comunicação e Divulgação Científica , Informação
3.
RECIIS (Online) ; 14(1): 167-183, jan.-mar. 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1087303

RESUMO

Este artigo discute a influência que o conteúdo publicado no YouTube exerce na formação do capital social, a partir da análise do vídeo mais popular de um canal de divulgação científica de questões abordadas pela psicologia e dos comentários a ele associados. Na análise dos comentários, foram utilizados os procedimentos metodológicos da teoria fundamentada. No final da pesquisa, foram identificadas três práticas discursivas que, no contexto de estudo, contribuem para a formação do capital social e de valores a ele relacionados. As formas de capital social encontradas com mais frequência foram a do capital relacional, do capital cognitivo e a da confiança no ambiente social. Entre os valores construídos pelos usuários em suas práticas discursivas estão a visibilidade, a legitimação e o suporte social. Esse último merece destaque por perpassar todas as categorias principais. Concluímos que o conteúdo do vídeo funciona como catalisador para diferentes práticas sociais que culminam na formação do capital social.


This article discusses the influence of YouTube content on the formation of social capital from the analysis of the most popular psychology video on Brazilian Science YouTube Channel and also of the comments made by its users. In the analysis of the comments, the methodological procedures of the grounded theory were used. At the end of the research, three discursive practices were identified and in the study context they aid in the formation of social capital and of related values. The most frequent forms of social capital that we found were those of the relational capital, of the cognitive capital and of the trustworthiness in the interaction with other people in that social environment. Among the values constructed by users in their discursive practices are visibility, legitimation and social support. The latter deserves special mention because it intersects all the main categories. We have come to the conclusion that the content of the video serves as catalyst for different social practices that culminate in the formation of social capital.


Este artículo discute la influencia del contenido publicado en YouTube sobre la formación del capital social, fundamentada en el análisis del vídeo más popular de un canal de divulgación científica de cuestiones abordadas por la psicología y en los comentarios a él asociados. En el análisis de los comentarios, se utilizaron los procedimientos metodológicos de la teoría fundamentada. En el final de la investigación, se identificaron tres prácticas discursivas que, en el contexto del estudio, contribuyen a la formación del capital social y de valores relacionados a él. Las formas de capital social encontradas con más frecuencia fueron la del capital relacional, del capital cognitivo y de la confianza en el ambiente social. Entre los valores construidos por los usuarios en sus prácticas discursivas están la visibilidad, la legitimación y el apoyo social. Este último merece destacarse por atravesar todas las categorías principales. Concluimos que el contenido del vídeo funciona como catalizador para diferentes prácticas sociales que culminan en la formación del capital social.


Assuntos
Humanos , Psicologia , Comunicação e Divulgação Científica , Mídias Sociais , Capital Social , Redes Sociais Online , Recursos Audiovisuais , Apoio Social , Pesquisa Empírica
5.
Recurso educacional aberto em Espanhol | CVSP - Regional | ID: oer-3885

RESUMO

Publicacion de articulos: impacto y relevancia de la normalizacion en el flujo editorial


Assuntos
LILACS , Comunicação e Divulgação Científica , Publicação Periódica
6.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-46926

RESUMO

O Portal de Periódicos Fiocruz é um ambiente que integra as revistas científicas editadas pela Fundação Oswaldo Cruz. Aqui, você encontra artigos, notícias, entrevistas, vídeos e infográficos com base na produção científica em saúde num só lugar. Assim, é mais fácil acompanhar temas do seu interesse sob diferentes perspectivas e se manter sempre atualizado.


Assuntos
Portais de Acesso a Revistas Científicas , Acesso à Informação , Comunicação e Divulgação Científica
9.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-46823

RESUMO

Promovida pela Fiocruz, a Obsma é um projeto voltado aos alunos de escolas públicas e privadas de todo Brasil.


Assuntos
Educação , Comunicação e Divulgação Científica , Saúde Ambiental , Professores Escolares , Estudantes
11.
RECIIS (Online) ; 13(2): 391-410, abr.-jun. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1005642

RESUMO

Este artigo objetiva analisar, por meio de métodos quantitativos e qualitativos e análise de conteúdo, as 145 propostas submetidas ao edital de apoio a projetos de divulgação científica, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz, em 2018, visando compreender a demanda existente e dar subsídios para a elaboração de uma política institucional. Foram definidas categorias de análise, tendo em vista a identificação e caracterização do perfil dos proponentes e projetos. Os resultados indicam que, embora haja concentração de projetos na região Sudeste, profissionais de nove estados brasileiros participaram da convocatória, sendo 63% das propostas submetidas por mulheres. Apenas 40% dos projetos previam ação/estratégia de avaliação e somente 7% mencionaram ações de acessibilidade, tema prioritário na Fiocruz. Destacamos, por fim, a necessidade de oferecer frequentemente editais desse tipo, associados ao desenvolvimento de programas e capacitação da comunidade da Fiocruz para estabelecer o diálogo com a sociedade, de forma diversificada, abrangente, acessível e inclusiva.


This paper aims to analyze, through quantitative and qualitative methods and content analysis, the 145 proposals submitted to the call for supporting science communication projects, carried out by the Oswaldo Cruz Foundation, in 2018, intending to provide a better understanding of the existing demand and to contribute to the elaboration of an institutional policy. Categories to be analyzed in order to map the profile and characteristics of the proposals and proponents were defined. The results indicate that, although there is a concentration of projects in the Southeast region, professionals from nine Brazilian states participated in the call, being 63% of them women. Only 40% of the projects proposed evaluation actions and only 7% mentioned accessibility strategies, a priority issue at Fiocruz. Finally, we emphasize the need of frequently offering this kind of calls, associated with the training of scientists and of the Fiocruz community to establish dialogue with society in a diversified, comprehensive, accessible and inclusive way.


Este artículo objetiva analizar, por medio de métodos cuantitativos y cualitativos y análisis de contenido, los 145 proyectos sometidos a la convocatoria para apoyo a proyectos de divulgación científica, realizado por la Fundación Oswaldo Cruz, en 2018, buscando proveer subsidios para comprender la demanda existente y contribuir a la elaboración de una política institucional. Se definieron categorías de análisis, teniendo en cuenta la identificación y caracterización del perfil de los proponentes y proyectos. Los resultados indican que, aunque hay concentración de proyectos en la región sudeste, profesionales de nueve estados brasileños participaron de la convocatoria, siendo el 63% de las propuestas sometidas por mujeres. Sólo el 40% de los proyectos preveía acción/estrategia de evaluación y sólo el 7% mencionó acciones de accesibilidad, tema prioritario en la Fiocruz. Por último, destacamos la necesidad de ofrecer a menudo convocatorias de este tipo, asociada al desarrollo de programas y acciones de capacitación de los científicos y de la comunidad de Fiocruz para establecer el diálogo con la sociedad, de forma diversa, completa, accesible e inclusiva.


Assuntos
Humanos , Política Organizacional , Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde , Projetos , Comunicação e Divulgação Científica , Pesquisa , Brasil , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Saúde , Avaliação Institucional , Capacitação Profissional
12.
Dement. neuropsychol ; 13(1): 1-10, Jan.-Mar. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-989675

RESUMO

ABSTRACT. Research into cognitive reserve (CR) and dementia is advancing rapidly. This paper analyses the intellectual structure, emerging trends and relevant shifts in the development of available knowledge. Data collected from the Web-of-Science produced an expanded network of 564 articles and 12,504 citations in the 1998-2017 period. The co-citation network visualized was characterized by a scientometric review using CiteSpace. The results revealed that author Stern Y had the highest number of publications and citations. The network of journals, institutions and countries showed a central-peripheral structure with Neurology, Harvard University and the USA ranked first, respectively. While cognitive reserve remains the most prominent area of research in this field, studies related to functional ability, executive control, mortality data and reserve mechanisms have grown considerably. The identification of critical articles and the development of emerging trends highlights new insights in the area of research, better communicating key findings and facilitating the exploration of data.


RESUMO. A pesquisa em reserva cognitiva e demência avança rapidamente. Este artigo analisa a estrutura intelectual, tendências emergentes e mudanças relevantes no desenvolvimento do conhecimento coletivo. Dados coletados do Web-of-Science, construíram uma rede expandida de 564 artigos e 12.504 citações, entre 1998-2017. A rede de cocitação visualizada foi caracterizada através de uma revisão cientométrica utilizando o CiteSpace. Os resultados revelam Stern Y com o maior número de publicações e citações. A rede de revistas científicas, instituições e países apresenta uma estrutura central-periférica, respetivamente com Neurologia, Universidade de Harvard e EUA em primeiro lugar. Enquanto a reserva cognitiva continua a ser a área de pesquisa mais proeminente neste campo, estudos relacionados à capacidade funcional, controle executivo, dados de mortalidade e mecanismos de reserva têm experimentado um crescimento considerável. A identificação de artigos críticos e o desenvolvimento de novas tendências emergentes destacam novos insights sobre a área de pesquisa, comunicando melhor as principais descobertas e facilitando a exploração de dados.


Assuntos
Comunicação e Divulgação Científica , Demência , Publicações Científicas e Técnicas , Reserva Cognitiva
13.
An. psicol ; 35(1): 166-174, ene. 2019. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-181036

RESUMO

Este trabajo analiza todas las revistas de psicología que se hallan incluidas en las diversas categorías de las bases de datos JCR (SCI y SSCI) y SJR durante el periodo 2014-2016 para tratar de identificar las revistas que se encuentran mejor posicionadas en esta disciplina, sus especialidades y los países con mayor número de publicaciones indexados en dichas bases de datos. Método: Se analizó la distribución de revistas por países, cuartil y categoría para determinar la posición de las revistas en cada país e identificar los que tuviesen mayor cantidad de revistas de excelencia en psicología en la escena internacional. Resultados: Estados Unidos y Reino Unido tienen el mayor número de revistas incluidas en las bases de datos, así como Holanda, Alemania, Francia y España. Sólo 11 países poseen revistas en el cuartil 1 en la base de datos JCR, y 14 en SRJ. Conclusiones: Como resultado de la aplicación de los nuevos criterios evaluadores en la investigación psicológica en España, este trabajo aborda las dificultades y consecuencias que algunas de estas medidas pueden tener para la supervivencia de las revistas de psicología que no se encuentran posicionadas en cuartil 1 o 2 en las bases de datos usadas para la evaluación de los profesionales investigadores en esta disciplina


This paper analyses all psychology journals included in the different categories of the JCR (SCI and SSCI) and SJR databases during the period 2014-2016 in order to identify the journals that are better positioned in the discipline, and the specialities and countries with the highest number of publications indexed in such databases. Method: The distribution of psychology journals by country, quartile, and subject category was studied in order to determine the total number and position of journals in each country, and to identify the countries with more journals of 'excellence' in psychology in the international scene. Results: The United States and the United Kingdom had the highest number of journals included in the databases, as well as the Netherlands, Germany, France and Spain. Only 11 countries have psychology journals in quartile 1 in JCR, and 14 in SJR databases. Conclusions: As a result of the application of new evaluation criteria in psychology research in Spain, the paper addresses the difficulties and consequences that some of these measures may have for the survival of psychology journals that do not have a position in quartile 1 or 2 in the databases used for the evaluation of professionals' research in this discipline


Assuntos
Publicações Periódicas como Assunto/tendências , Fator de Impacto de Revistas , Psicologia/educação , Comunicação e Divulgação Científica , Redes de Informação de Ciência e Tecnologia , Instrumentos para a Gestão da Atividade Científica
14.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1259, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048245

RESUMO

O estudo tem como objeto a representação da imagem da enfermeira com seus atributos, por meio de charges em cenas do cuidado veiculadas na Revista Fon-Fon (1920-1931). OBJETIVO: identificar as charges pelo conteúdo de representações de enfermeiras veiculadas na imprensa ilustrada; analisar as circunstâncias de sua veiculação sobre as enfermeiras nas charges; comentar as representações como elementos simbólicos para a construção da imagem pública da enfermeira. MÉTODO: domínio da história da cultura visual a partir da busca de charges de enfermeira na revista Fon-Fon. Essas charges foram analisadas mediante matriz de análise. RESULTADO: a busca resultou em três imagens datadas de 1921, 1929 e 1931, que após analise se identificou a circunscrição do contexto da Reforma Sanitária liderada por Carlos Chagas. CONCLUSÃO: as representações das enfermeiras nas charges foram elementos protagonizantes para os aspectos ocorridos no âmbito sociopolítico e sanitário.(AU)


The study has as its object the representation of the nurse's image with its attributes through cartoons in scenes of care published in the Revista Fon-Fon (1920-1931). Objective: to identify cartoons by the content of representations of nurses in the illustrated press; to analyze the circumstances of its broadcasting about the nurses in the cartoons; and to comment on the representations as symbolic elements for the construction of the public image of the nurse. Method: mastery of the history of visual culture through the search for nurse cartoons in the Revista Fon-Fon. These cartoons were analyzed by analysis matrix. Result: the search resulted in three images dated 1921, 1929 and 1931 which, after analysis, allowed identifying the circumscription of the context of the Sanitary Reform led by Carlos Chagas. Conclusion: the nurses' representations in the cartoons were the main elements for the socio-political and sanitary aspects.(AU)


El estudio tiene como objeto la representación de la imagen de las enfermeras con sus atributos por medio de caricaturas en escenas de cuidado publicadas en la revista Fon-Fon (1920-1931). Objetivo: identificar las caricaturas por el contenido de las representaciones de enfermeras publicadas en la prensa ilustrada; analizar las circunstancias de su divulgación en las ilustraciones; comentar las representaciones como elementos simbólicos para la construcción de la imagen pública de la enfermera. Método: dominio de la historia de la cultura visual a partir de la búsqueda de caricaturas de las enfermeras en la revista Fon-Fon. Estas caricaturas fueron analizadas por la matriz de análisis. Resultado: la búsqueda resultó en tres imágenes de 1921, 1929 y 1931 dónde, después de analizarse, se identificaron la circunscripción del contexto de la Reforma Sanitaria dirigida por Carlos Chagas. Conclusión: las representaciones de las enfermeras en las caricaturas fueron los elementos principales para los eventos ocurridos en el ambiente sociopolítico y sanitario.(AU)


Assuntos
Escolas de Enfermagem , Simbolismo , Papel do Profissional de Enfermagem , Comunicação e Divulgação Científica , História da Enfermagem , Enfermagem
15.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 281 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1049841

RESUMO

Nas sociedades contemporâneas, marcadas pela valorização da saúde e pela medicalização, a mídia tem exercido papel central na construção do discurso do risco e na influência à eventual adoção de medidas preventivas pelos sujeitos. Esta tese analisa a cobertura d'O Globo e da Folha de S.Paulo acerca da circuncisão masculina, da PEP (profilaxia pós-exposição ao 111V), da PrFP (profilaxia pré-exposição ao 111V) e do TasP (tratamento como prevenção) como métodos preventivos ao 111V, desde o surgimento de cada um deles nos jornais até 31/12/2017. Empreendemos dois movimentos de análise. No primeiro, observamos: os jornalistas assinantes, as fontes mais ouvidas, os recursos gráficos mais utilizados, a quantidade de textos por método e sua distribuição no tempo, o tamanho médio dos espaços ocupados e a menção a outros métodos preventivos. Observamos somente para a PrEP: as editorias nas quais foi publicada, as chamadas de capa e a autoria dos textos opinativos. Em um segundo movimento de análise, sob o aporte da Análise de Discurso (Pêcheux e Orlandi), investigamos como a lógica do risco manifesta-se na cobertura d'O Globo acerca da PrEP, visando: a) identificar e problematizar o papel desempenhado pelo conceito de risco nas explicações sobre a epidemia, na definição das populações mais vulneráveis e na atribuição de responsabilidades individuais e coletivas na narrativa jornalística; b) mapear e contextualizar as principais questões priorizadas na cobertura e, por consequência, as silenciadas. Identificamos nos jornais um silenciamento sobre os métodos preventivos, marcado pelo baixo quantitativo de textos


A cobertura é motivada mais pelo ritmo das descobertas científicas e das ações dos organismos internacionais e estatais ligados à aids, em detrimento das ações, críticas e anseios dos movimentos sociais, dos profissionais do serviço público de saúde e das pessoas comuns, e a despeito dos interesses da indústria farmacêutica. Ao ouvir mais os representantes do saber especializado, os jornais privilegiam os sentidos por eles atribuídos ao risco e à aids. Na cobertura d'O Globo sobre a PrEP, o discurso do risco dá-se não pela retórica do pânico e do medo, que marcou o tom da imprensa no início da epidemia, mas por outras estratégias discursivas que incutem a responsabilidade individual pela saúde ­e que, portanto, culpabilizam o sujeito pela continuidade da epidemia, sobretudo aquele que se enquadra nas "populações-chave", por vezes também ainda designadas de 'grupos de risco"


Essa responsabilização individual dá-se em meio ao contexto neoliberal e de capitalismo de consumo, no qual convivem restrições ao orçamento público no enfrentamento à epidemia, ao lado do fomento a certo mercado, precipuamente de tecnologias biomédicas e farmacêuticas, que une o indivíduo responsável ao indivíduo consumidor ­ sobretudo de produtos que dialogam com seu prazer. Entretanto, também identificamos n'0 Globo discursos contra-hegemônicos, ligados à ideia de vulnerabilidade, que apontam para responsabilidades também coletivas no enfrentamento à epidemia e que questionam a excessiva biomedicalização da aids, entendida pelo fomento a métodos biomédicos preventivos como "balas mágicas" para solucionar esse problema de saúde pública, sem investimento em políticas que combatam as determinações sociais dele. (AU)


Assuntos
Humanos , Risco , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Jornalismo , Comunicação e Divulgação Científica , Meios de Comunicação/tendências
16.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. xvi, 129 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1049885

RESUMO

A divulgação científica (DC) pode ser uma importante ferramenta promotora de questionamentos e provocações envolvendo temáticas ambientais dentro de centros e museus de ciências. É de grande relevância compreender de que maneira os mediadores deste espaço de divulgação científica lidam com a problematização destas temáticas. O trabalho visa investigar o potencial de uma atividade de DC no formato de uma Oficina - que trata de discutir Educação Ambiental com os mediadores do Espaço Ciência Viva (ECV), museu que funciona no Rio de Janeiro há 36 anos, assim como as relações que estes mediadores estabelecem com a Educação Ambiental (EA) em seu contexto político, econômico e social. O objetivo geral da pesquisa foi analisar se uma oficina interativa de DC inserida no escopo da EA Crítica pode ser uma ferramenta de reflexão e discussão deste viés da EA dentro do museu, contribuindo para a formação dos mediadores como educadores ambientais críticos e o questionamento acerca de sua relação com o ambiente. A pesquisa tem base qualitativa, utilizando como recurso para coleta de dados: questionário, elaboração de uma atividade participante e gravação de voz. Os resultados deste estudo apontam que o Espaço Ciência Viva abordou temas ambientais dentro de suas atividades, sendo que as mais frequentes, foram oficinas caracterizadas por apresentarem elementos pragmáticos da Educação Ambiental


A discussão gerada durante a oficina indica que os mediadores compreendem a EA em seu âmbito social, político e ético. Entretanto, apesar deste olhar crítico, é presente um distanciamento entre teoria e práticas na EA, além de descrença em seu poder de atuação, ao refletirem sobre as limitações impostas pelo atual modelo econômico de desenvolvimento. Estes resultados demonstram as tensões e aflições existentes entre os mediadores e suas próprias concepções e, em abordagens que envolvam aspectos de uma EA problematizadora dentro do museu. Percebe-se a importância em promover espaços formativos como a oficina desenvolvida, propiciando um espaço de diálogo, debate e reflexão. Além disso, atividades como estas podem contribuir para o engajamento e emancipação de mediadores como educadores ambientais, assim como aprimoram sua interação com as pessoas que visitam o museu. Espera-se que estes resultados possibilitem reflexões em relação aos espaços de educação não formal que trabalham a EA dentro de um viés crítico e de que maneira o fazem, permitindo assim, novas possibilidades para envolver os mediadores e o público do museu, sendo importante que os centros e museus de ciências sejam reconhecidos como ambientes formativos que devem ser ocupados e ressignificados pela sociedade. (AU)


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde Ambiental , Exposições Científicas , Comunicação e Divulgação Científica
18.
RECIIS (Online) ; 12(4): 415-428, out.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-980425

RESUMO

Este artigo apresenta um levantamento e uma análise das políticas e infraestruturas de compartilhamento de dados de pesquisa em saúde adotadas pelos institutos e centros que compõem o NIH ­ National Institutes of Health (Institutos Nacionais de Saúde), organismo norte-americano de pesquisa biomédica. A partir de pesquisa bibliográfica sobre definições e conceitos abordados neste estudo, o trabalho empírico consistiu na realização de buscas, nos sites dos institutos, centros e escritório central do NIH, de iniciativas de abertura e compartilhamento de dados de pesquisa. Localizaram-se no escritório central no NIH áreas responsáveis por essas ações, e foram identificados políticas e repositórios de compartilhamento de dados cadastrados no diretório de busca da NLM ­ U.S. National Library of Medicine (Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos). Como resultado, foram feitas análises sobre cada uma dessas iniciativas, considerando: as principais políticas de dados adotadas e seus principais objetivos, tipos e níveis de acesso e de publicação dos dados, formas de inserção e contribuição de dados, existência ou não de códigos de conduta, principais áreas de pesquisa envolvidas, tipos de repositórios (temáticos ou institucionais). As considerações finais fornecem subsídios para debates sobre diferentes tipos e abordagens de abertura e compartilhamento de dados de pesquisa científica, indicando questões pertinentes aos desdobramentos futuros da pesquisa


This paper presents a review and an analysis of health research data sharing policies and frameworks adopted by the institutes and centers of the National Institutes of Health (NIH), an American medical research agency. From a literature study of definitions and concepts approached in this study, the empirical research consisted in searches on the internet sites of the institutes, centers and the Office of the Director (central office at NIH) of initiatives to open access and sharing of research data. The responsible areas for these actions were located at the NIH Office of the Director and data sharing policies and repositories were identified in the National Library of Medicine (NLM) search directory. Then, an analysis of each one of these initiatives were carried out taking account: the main data policies adopted and their main objectives, kinds and levels of access and of published data, forms of insertion and contribution of data, whether or not codes of conduct are observed, main research areas involved, kinds of repositories (thematic or institutional). Final considerations provide inputs for discussions about different kinds and approaches to open access and scientific research data sharing, indicating suitable issues for future research developments


Este artículo presenta un levantamiento y el análisis de las políticas e infraestructuras de compartición de datos de investigación en salud adoptadas por los institutos y centros que componen el National Institutes of Health (NIH), agencia de investigación médica de los Estados Unidos. A partir de la investigación bibliográfica sobre definiciones y conceptos abordados en este estudio, el trabajo empírico consistió en la realización de búsquedas en los sitios de internet de los institutos, centros y oficina central de los NIH, de iniciativas de acceso abierto y compartición de datos de investigación. Se ubicaron en la oficina central de los NIH áreas responsables de esas acciones, y se identificaron políticas y repositorios de compartición de datos registrados en el directorio de búsqueda de la National Library of Medicine (NLM). Como resultado, se realizaron análisis sobre cada una de esas iniciativas, considerando: las principales políticas de datos adoptadas y sus principales objetivos, tipos y niveles de acceso y de publicación de los datos, formas de inserción y contribución de datos, existencia o no de normas de conductas, principales áreas de investigación involucradas, tipos de repositorios (temáticos o institucionales). Las consideraciones finales proporcionan contribuciones para debates sobre diferentes tipos y enfoques de acceso abierto y compartición de datos de investigación científica, indicando cuestiones pertinentes a los desdoblamientos futuros de la investigación


Assuntos
Humanos , Saúde , Acesso à Informação , Disseminação Seletiva de Informação , Comunicação e Divulgação Científica , Políticas , Data Warehousing , National Institutes of Health (U.S.) , Documentos em Texto Completo
19.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(67): 1029-1042, Out.-Dez. 2018. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-975806

RESUMO

Apresentamos uma discussão sobre a produção bibliográfica em Ciências Sociais e Humanas em Saúde (CSHS) publicada pela Revista Interface nos últimos vinte anos (1997-2017). Buscamos descrever o processo de legitimação das CSHS por meio da divulgação de saberes teórico-metodológicos e de temáticas específicas no conjunto da produção científica nacional. Foram consultadas todas as publicações do período e selecionados 216 artigos identificados com as CSHS. A análise resultou em categorias que evidenciaram os seguintes temas: saúde mental, envelhecimento, doenças infectocontagiosas, gênero, saúde reprodutiva e teórico-conceitual. A conjunção dos temas com problemas contemporâneos da sociedade brasileira revela autores como protagonistas de estudos de relevância social e comprometimento político com as transformações e mudanças ocorridas tanto no plano do cuidado em saúde quanto no das políticas públicas.(AU)


We present a discussion about the bibliographic production in Social and Human Sciences in Health (SHSH) published by the journal Interface in the last twenty years (1997-2017). We aim to describe the legitimation process of the SHSH by disseminating theoretical and methodological knowledge and specific themes within the Brazilian scientific production. All the publications of the period were consulted and 216 articles identified with the SHSH were selected. The analysis resulted in categories that highlighted the following themes: mental health, aging, infectious diseases, gender, reproductive health, and theoretical-conceptual. The combination of the themes with current problems of the Brazilian society reveals authors as protagonists of studies that have social relevance and political commitment to transformations and changes occurring both in health care and in public policies.(AU)


Presentamos una discusión sobre la producción bibliográfica en Ciencias Sociales y Humanas en Salud (CSHS) publicada por la revista Interface en los últimos veinte años (1997-2017). Buscamos describir el proceso de legitimización de las CSHS por medio de la divulgación de saberes teórico-metodológicos y de temáticas específicas en el conjunto de la producción científica nacional. Se consultaron todas las publicaciones del período y se seleccionaron 216 artículos identificados con las CSHS. El análisis resultó en categorías que dejaron en evidencia los siguientes temas: salud mental, envejecimiento, enfermedades infectocontagiosas, género, salud reproductiva y teórico-conceptual. La conjunción de los temas con problemas contemporáneos de la sociedad brasileña revela autores como protagonistas de estudios de relevancia social y compromiso político con las transformaciones y cambios habidos tanto en el plano del cuidado en salud como en el de las políticas públicas.(AU)


Assuntos
Ciências Sociais , Saúde Pública , Comunicação e Divulgação Científica , Ciências Humanas
20.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e34208, jan.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1004066

RESUMO

Objetivo: analisar a produção científica abordando construção e validação de materiais educativos para crianças com doenças crônicas e seus familiares. Método: trata-se de uma revisão integrativa realizada a partir das bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Base de dados de Enfermagem, Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica e no portal de periódicos da CAPES, no período de janeiro a abril de 2017 e novembro de 2018, com recorte temporal de 2010 a 2017. Resultados: das 74 publicações selecionadas, 11 foram incluídas no estudo. Os estudos apontaram que os materiais educativos proporcionaram a melhora na adesão ao tratamento, no cuidado da criança e o aumento da segurança nos cuidados prestados. Conclusão: considerando a reduzida produção científica identificada, espera-se que esta revisão contribua para a construção e validação de novas tecnologias com repercussões na promoção da educação em saúde dessas crianças e seus familiares.


Objective: to analyze the scientific production addressing the construction and validation of educational materials for children with chronic diseases and their families. Method: this integrative review was carried out in the Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences, Nursing Database (BDENF), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) databases, and in the CAPES periodicals portal, from January to April 2017 and November 2018, for the period from 2010 to 2017. Results: of the 74 selected publications, 11 were included in the study. The publications found that educational materials yielded improved treatment adherence and child care and increased care safety. Conclusion: considering the small scientific production identified, this review is expected to contribute to constructing and validating new technologies with effects on the promotion of health education for these children and their families


Objetivo: analizar la producción científica enfocando construcción y validación de materiales educativos para niños con enfermedades crónicas y sus familiares. Método: se trata de una revisión integrativa realizada sobre las bases de datos Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud, Base de datos de Enfermería, Sistema Online de Búsqueda y Análisis de Literatura Médica y en el portal de revistas de la CAPES, en el período de enero a abril de 2017 y noviembre de 2018, con recorte temporal de 2010 a 2017. Resultados: de las 74 publicaciones seleccionadas 11 fueron incluidas en el estudio. Los estudios mostraron que los materiales educativos proporcionaron la mejora en la adhesión al tratamiento, el cuidado del niño y el aumento de la seguridad en los cuidados ofrecidos. Conclusión: considerando la reducida producción científica identificada, se espera que esta revisión contribuya a la construcción y validación de nuevas tecnologías con repercusiones en la promoción de la educación en salud de estos niños y sus familiares.


Assuntos
Humanos , Materiais de Ensino , Criança , Educação em Saúde , Doença Crônica/terapia , Tecnologia Educacional , Família , Bases de Dados Bibliográficas , Comunicação e Divulgação Científica , Cooperação e Adesão ao Tratamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA