Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 185
Filtrar
1.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Brasil | ID: cfc-333143

RESUMO

Chuva forte, vento e trovoada. Em determinadas épocas do ano costumam acontecer as tão temidas tempestades. Uma manifestação da natureza capaz de provocar prejuízos materiais e até mortes. Por isso hoje a gente quer dar orientações para que você saiba como se proteger e manter a sua família em segurança. Pra isso vamos dividir nossa conversa em 3 assuntos: as inundações; os deslizamentos e os acidentes com raios. Você sabe em que momento deve abandonar o carro durante uma enchente, por exemplo? Sabe quais são os sinais, na sua casa, de que pode ocorrer um deslizamento? E qual é o local mais seguro pra se abrigar durante uma tempestade de raio? A apresentadora Marcela Morato conversou com Marcio Motta, subsecretário de Defes Civil do Rio de Janeiro. Participantes: Nanci Rosa, agente comunitária de saúde, moradora do Morro da Formiga; Gisela Isabel Soares, moradora do morro da Formiga; Carlos Felipe Riso Machado, gerente estratégia de saúde da família.


Assuntos
Tempestades , Inundações , Radiação Cósmica , Controle de Cheias
2.
In. Bello Guti�rrez, Bruno. Eventos naturales, desastres y salubrismo. La Habana, ECIMED, 2015. .
Monografia em Espanhol | CUMED | ID: cum-61234
3.
Rio de Janeiro; s.n; 2015. 246 p. ilus, mapas, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-757578

RESUMO

Esta tese analisa as causas e agravos das inundações de Petrópolis, Município da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Partiu-se de conceitos como cidade, urbano e urbanismo, para entender como pequenos núcleos populacionais transformaram-se em cidades, organizaram-se e cresceram. Os conceitos de desastres são apresentados, com destaque para as inundações, suas causas e consequências para a saúde. As possíveis soluções técnicas e de gerenciamento de águas urbanas, a legislação pertinente ao tema e o Programa Cidade Resiliente integram um conjunto de medidas que podem responder positivamente às questões das inundações. A fundação de Petrópolis, seu plano urbanístico, seu histórico de desastres são criticamente analisados e comentados. A cidade, em foco, apesar de ter sido planejada, ao longo dos seus 172 anos de existência, teve seu projeto urbanístico original, de uso e ocupação do solo, posto de lado para dar lugar à especulação imobiliária e, posteriormente, à ocupação desordenada das encostas e margens de rios. Demonstra-se que poder público sempre agiu com leniência, e mesmo, incentivando essas ocupações. Este cenário determina a suma importância de repensar-se o seu meio urbano, a fim de impedir que maiores danos continuem a assolar a cidade...


This thesis analyses the causes and consequences of floods in Petropolis, a city in the mountainous region of Rio de Janeiro state. Concepts such as city, urban and urban planning will be used to understand how small population cores were transformed in cities, how they were organized and grew. Disaster concepts are presented highlighting floods, their causes and consequences to the population’s health. A set of measures that involves technical solutions, urban water management, the legislation relevant to the topic and the Resilient Cities Program can positively answer the flood issues. The foundation of Petropolis, its urban planning as well as its disasters history are critically analyzed and reviewed. Although the city had an original urban planning, which guided the occupation of the land and its use, it was later set aside later throughout its 172 years of existence. This happened first due to real estate speculation and more recently by the disorderly occupation of slopes and riverbanks. The government has always acted with leniency, and even encouraged occupations. For the purpose of preventing major damage to continue to affect the city, this setting shows the importance of rethinking the urban environment...


Assuntos
Humanos , Planejamento de Cidades , Mudança Climática , Desastres/prevenção & controle , Inundações , Legislação Ambiental , Defesa Civil , Controle de Cheias , Deslizamentos de Terra , Habitação Social
4.
Neotrop. ichthyol ; 11(2): 351-360, jun. 2013. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-679358

RESUMO

Considering th e morphology, diet and spatial distribution of Satanoperca pappaterra and Crenicichla britskii (Perciformes: Cichlidae) in the Upper Paraná River floodplain (Brazil), the following questions were investigated: (1) Could the body shape predict the use of trophic resources and habitat by C. britskii and S. pappaterra? (2) Could the relationship between morphology and use of trophic resources and habitat be also extended to the intraspecific scale? (3) What are the most important morphological traits used to predict the variation on diet and habitat occupation within and between species? We hypothesized that intra and interspecific differences in morphological patterns imply in different forms of resource exploitation and that the ecomorphological analysis enables the identification of trophic and spatial niche segregation. Fish samplings were performed in different types of habitats (rivers, secondary channels, connected and disconnected lagoons) in the Upper Paraná River floodplain. Analyses of the stomach content was conducted to characterize the feeding patterns and twenty-two ecomorphological indices were calculated from linear morphological measurements and areas. A principal component analysis (PCA) run with these indices evidenced the formation of two significant axes, revealing in the axis 1 an ecomorphological ordination according to the type of habitat, regardless the species. The individuals of both species exploiting lotic habitats tended to have morphological traits that enable rapid progressive and retrograde movements, braking and continuous swimming, whereas individuals found in lentic and semi-lotic habitats presented morphology adapted to a greater maneuverability and stabilization in deflections. On the other hand the axis 2 evidenced a segregation related to the feeding ecology, between S. pappaterra and C. britskii. The relationship between morphology and use of spatial and feeding resource was corroborated by the Mantel test performed at inter and intraspecific levels. Therefore the hypothesis was accepted suggesting that analyses incorporating both intraspecific and interspecific morphological variations can contribute to a greater understanding about the ecological structure of fish assemblages by providing evidences on the niche characteristics of each species.


Considerando a morfologia, a dieta e a distribuição espacial de Satanoperca pappaterra e Crenicichla britskii (Perciformes: Cichlidae) na planície de inudação do alto rio Paraná (Brasil) as seguintes questões foram investigadas: (1) A forma do corpo pode ser utilizada para predizer o uso dos recursos espaciais e tráficos por ambas as espécie? (2) As relações entre morfologia e uso dos recursos tráficos e espaciais podem ser estendidas à escala intraespecífica? (3) Quais são as características morfológicas utilizadas para predizer a variação na dieta e ocupação do em nível intra e interespecífico? Testou-se a hipótese de que diferenças intra e interespecíficas nos padrões morfológicos implicam em diferentes formas de exploração dos recursos, sendo que a partir de análises ecomorfológicas é possível identificar a segregação do nicho tráfico e espacial. Os peixes foram amostrados em diferentes tipos de hábitats (rios, canais secundários, lagoas conectadas e desconectadas) na planície de inudação do alto rio Paraná. Análises de conteúdo estomacal foram realizadas a fim de caracterizar os padrões alimentares, enquanto vinte e dois índices ecomorfológicos foram calculados com base nas medidas morfométricas lineares e áreas. A análise de componentes principais (PCA) realizada com os referidos índices evidenciou a formação de dois eixos significativos: no eixo 1 houve uma ordenação ecomorfológica de acordo com o tipo de hábitat explorado, independentemente da espécie considerada. Nesse sentido, indivíduos de ambas as espécie coletados em ambientes lóticos tenderam a apresentar características morfológicas que propiciam maior capacidade de movimentos progressivos e retrógrados, frenagens e natação contínua, enquanto os indivíduos encontrados em ambientes lênticos e semi-lóticos apresentaram morfologia adaptada à maior capacidade de manobrabilidade e estabilização em guinadas. Por outro lado, o eixo 2 evidenciou segregação ecomorfológica relacionada à dieta, revelando uma divergência entre S. pappaterra e C. britskii. Essa relação entre morfologia e uso dos recursos espacial e alimentar foi confirmada pela significância do teste de Mantel realizado em nível intra e interespecífico. Portanto, a hipótese pressuposta foi aceita, sugerindo que análises que incorporam variações morfológicas intra e interespecíficas podem contribuir para o maior entendimento sobre a estrutura das assembleias de peixes, propiciando evidências acerca das características do nicho de cada espécie.


Assuntos
Animais , Biota , Perciformes/anatomia & histologia , Ração Animal/efeitos adversos , Especificidade da Espécie , Controle de Cheias/análise
5.
São Paulo; SMS; 01-02 jul. 2011. 1 p. ilus.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, COVISA-Producao, Sec. Munic. Saúde SP, Sec. Munic. Saúde SP | ID: biblio-940616
9.
Rio de Janeiro; s.n; 2010. 145 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-591567

RESUMO

As enchentes no Brasil aparecem de forma cada vez mais freqüente e intensa, sendo um desafio para as populações e governantes que enfrentam conjuntamente obstáculos ambientais, sociais e técnicos na tentativa de redução dos seus impactos. No Brasil várias regiões se encontram expostas a condições de vulnerabilidade que potencializam o impacto das enchentes, combinando aspectos sociais, ambientais, políticos, econômicos e culturais. Esta característica das enchentes em contextos vulneráveis torna difícil separar o que é "natural" e o que é "social" neste tipo de evento. O objetivo deste trabalho foi analisar como os Gestores Municipais de Saúde, Meio Ambiente e Defesa Civil e as Instituições Acadêmicas (produção científica) vêm lidando com a questão das enchentes e como vêm se propondo respostas às enchentes (políticas públicas, planejamento, programas de prevenção, combate e mitigação). Para análise das instituições acadêmicas foi realizada uma ampla revisão bibliográfica abordando a relação Enchentes e Saúde Pública. Para o levantamento da percepção dos gestores foram aplicados questionários para os de Saúde, de Meio Ambiente e da Defesa Civil da Região do Médio Paraíba (RJ), com questões acerca do problema das enchentes em seus municípios de atuação. Encontramos uma situação em que, de modo amplo, pouco tem se considerado acerca de dimensões importantes como a vulnerabilidade das populações, a presença dos perigos, a exposição e as incertezas que permeiam o universo dos desastres em geral. Em relação à gestão da Região do Médio Paraíba, encontramos poucas ações de prevenção e combate as enchentes, onde a maioria das ações de mitigação ocorrem após o desastre ter ocorrido...


Floods in Brazil happens lately more often and with more intensity. This creates an immense challenge for the populations and local governors that together face obstruction of all kind, environmental, politic, social and technical, when trying to reduce the impact caused by such catastrophes. Several regions in Brazil are immersed in vulnerable conditions, being them social, environmental, political, economical and cultural, which raise the impact of those disasters. Those regions' vulnerable conditions make it difficult to separate what is "natural" and what is "social" in the consequences of floods. The aim of this thesis was to analyse how the City Councils and their Health, Environment and Public Defence Departments and the Academic Institutions have been dealing with the floods problems and the measures and answers done through political decisions, planning and program for action, prevention and mitigation. To analyse the academic institutions we made a wide bibliographic revision about the relation between floods and public health. To research about how the governors perceive the whole problem, questionnaires about their actions toward the floods were set to the people responsible for the area called "Região do Médio Paraíba", State of Rio de Janeiro. We found out that, in general, little have been considered about important issues as the populations' vulnerability and exposure, the presence of dangers and the uncertainty of the disasters...


Assuntos
Humanos , Planejamento de Cidades , Meio Ambiente , Impactos na Saúde/etnologia , Desastres Naturais , Prevenção e Mitigação de Desastres , Prevenção de Acidentes , Brasil , Controle de Cheias/políticas , Problemas Sociais/tendências , Vulnerabilidade a Desastres/políticas
11.
La Paz; PMA; mayo 2008. 163 p. tab, graf.(Serie Creación de capacidades para la respuesta a emergencias, No. 1).
Monografia em Espanhol | LIBOCS, LIBOSP | ID: biblio-1305342

RESUMO

Esta edición nacional está organizada alrededor de cuatro escenarios de emergencia: inundación, sequía, sismo y conflicto social. Todos tienen muchos elementos en común y de ahí la reiteración de argumentos, cuadros y gráficos. Sin embargo, a pesar de que la repetición dificulta la lectura fluida del texto, se ha optado por reiterar la información y varios de los argumentos, no se espera que la consulta sea simultánea, cada emergencia es una unidad y por consiguiente, este texto esta organizado en un conjunto de cuatro planes de contingencia, cada uno correspondiente a una emergencia


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Controle de Cheias , Desastres Naturais/economia , Planejamento Alimentar , Socorro Alimentar , Terremotos , Bolívia , Planejamento Alimentar , Planejamento em Desastres
12.
La Paz; PMA; mayo 2008. 51 p. tab, graf.(Serie Creación de capacidades para la respueta a emergencias, No. 4).
Monografia em Espanhol | LIBOCS, LIBOSP | ID: biblio-1305345

RESUMO

La sequía afecta con un largo periodo de escasez de lluvias, la cual disminuye los reservorios de aguas y causa pérdidas en la producción agrícola a secano. La situación deteriora seriamente la disponibilidad y las reservas alimentarias, y el acceso a los alimentos, dada la pérdida de fuentes de recursos económicos y la consiguiente descapitalización sostenida de la población más vulnerable


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Abastecimento de Alimentos , Controle de Cheias , Desastres Naturais , Secas , Socorro Alimentar , Bolívia , Planejamento Alimentar
13.
La Paz; s.n; sept. 2007. [80] p. tab.
Não convencional em Espanhol | LIBOCS, LIBOSP | ID: biblio-1301621

RESUMO

Fortalecer las actividades de control de la calidad del agua, tratamiento de aguas y saneamiento básico, que se vienen desarrollando en el Beni, como apoyo a la población damnificada a causa de las inundaciones ocurridas


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Qualidade da Água/análise , Controle de Cheias , Controle da Qualidade da Água , Desastres Naturais , Bolívia
14.
Porto Alegre; s.n; 2007. 89 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-488184

RESUMO

As relações saneamento e saúde constituem objeto de interesse dessa pesquisa. Busca-se investigar através de pesquisa exploratória os efeitos das inundações sobre a saúde pública em uma área de urbanização precária com relação ao saneamento. O objetvo do trabalho é ampliar o conhecimento da repercussão de lacunas existentes na gestão urbana, no caso a negligência dos efeitos da ausência da drenagem das áreas urbanas, para a saúde pública. São identificados os agravos à saúde, com ênfase na incidência de leptospirose nos períodos subseqüentes às inundações. Estas ocorrem em conseqüência da ocupação do solo em áreas urbanas incluídas em cotas de inundação e sem drenagem. A unidade espacial de análise é a bacia hidrográfica do arroio Feijó que divide os municípios de Alvorada, Viamão e Porto Alegre no estado do Rio Grande do Sul.


Assuntos
Saneamento Básico , Planejamento de Cidades , Controle de Cheias , Inundações , Vigilância Sanitária , Saúde Pública , Saneamento Urbano
15.
Eng. sanit. ambient ; 11(1): 46-54, mar. 2006. ilus, mapas, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-431153

RESUMO

Esta pesquisa teve como objetivo principal avaliar o uso e a ocupação dos lotes de uma área urbana e analisar as possibilidades de uso das medidas de controle local de inundação: microrreservatórios de detenção e pavimentos permeáveis. A área de estudo foi a Sub-bacia Hidrográfica Urbana da Ponte Seca (SBHUPS), em Jaboticabal - SP. O total de lotes da SBHUPS é 1.777. Avaliaram-se 164 lotes, por amostragem aleatória estratificada proporcional de acordo com a área. Utilizou-se de levantamento de campo, informações cadastrais e entrevistas com moradores para a coleta dos dados. Caracterizaram-se a área livre, área impermeabilizada, área construída, taxa de ocupação (TO), taxa de ocupação e impermeabilização (TOI), tipo de solo, nível do lençol freático e topografia de cada lote amostrado. Argüiram-se os moradores sobre a aceitação do uso das medidas. Estes parâmetros foram usados para avaliar as possibilidades de suas implantações e, então, avaliaram-se os custos. Os valores médios por estrato indicam que a TO e a TOI decrescem com o aumento da área do lote. Obtiveram-se relações entre TO e área do lote, TOI e área do lote e TO e TOI representadas por equações, cujos coeficientes de determinação ficaram acima de 0,96. O uso dos microrreservatórios de detenção, como medida de controle, foi limitado pela aceitação dos moradores, a 82,8 por cento dos lotes. O uso do pavimento permeável foi restringido pelos parâmetros área livre e aceitação dos moradores.


Assuntos
Planejamento de Cidades , Planejamento Ambiental , Controle de Cheias , Gestão e Planejamento de Terrenos , Drenagem do Solo , Planejamento Hídrico
16.
Buenos Aires; sep. 2003. ilus, tab.(Gerenc. ambient., 12, 120).
Monografia em Espanhol | BINACIS | ID: biblio-1221630

RESUMO

La difusión de estos mapas tiene por objeto poner en conocimiento de la comunidad el estado de situación actual en relación a las inundaciones en la Ciudad de Buenos Aires, en particular para los vecinos que habitan las áreas con riesgo de inundación


Assuntos
Argentina , Controle de Cheias , Inundações , Riscos Ambientais
17.
Gerencia ambiental ; 12(120): 572-6,578-80,582-6, sep. 2003. ilus, tablas
Artigo em Espanhol | BINACIS | ID: bin-140152

RESUMO

La difusión de estos mapas tiene por objeto poner en conocimiento de la comunidad el estado de situación actual en relación a las inundaciones en la Ciudad de Buenos Aires, en particular para los vecinos que habitan las áreas con riesgo de inundación


Assuntos
Argentina , Riscos Ambientais , Inundações , Controle de Cheias
19.
Córdoba; Universidad Nacional de Córdoba; mayo 2005. 20 p. ilus, tab.
Monografia em Espanhol | BINACIS | ID: biblio-1221736
20.
Córdoba; Universidad Nacional de Córdoba; mayo 2005. 20 p. Ilus, tab.
Monografia em Espanhol | BINACIS | ID: bin-140328
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...