Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Pesqui. homeopática ; 26(1): 17-20, jan.-jun. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-614005

RESUMO

O autor apresenta uma revisão histórica sobre a importante questão do vitalismo proposta por Hahnemann até a visão da atualidade.


Assuntos
Humanos , Energia Vital em Homeopatia/história , Homeopatia , Vitalismo
2.
Rio de Janeiro; s.n; 20100000. 103 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-616517

RESUMO

A dissertação comenta criticamente as interpretações recentes referentes ao vitalismo no século XVIII, dedicando atenção especial aos Nouveuax Éléments de la Science de l’Homme (publicado primeiramente em 1778), de Paul-Joseph Barthez (1734-1806). Até a segunda metade do século XX, como é primeiramente argumentado nesta dissertação, intérpretes do iluminismo entendiam a doutrina mecanicista como a herdeira direta da Revolução Científica, bem como a corrente dominante no mundo das “ciências da vida” ao longo de todo o século XVIII. Assim, na historiografia do século passado, o vitalismo era ou escassamente mencionado, ou visto como uma retrógrada corrente anti-iluminista. Mais recentemente, vários historiadores e pesquisadores da história das ciências no século XVIII (sobretudo Williams e Reill) entendem o iluminismo de um modo mais amplo e plural, considerando o “vitalismo iluminista” (um termo proposto por Reill) como parte integrante de um conceito mais dinâmico de iluminismo. A seguir, são apresentados a doutrina mecanicista e seus conceitos centrais, bem como as ideias de alguns dos principais representantes do mecanicismo no século XVII e início do XVIII, no caso, mais especificamente, do mecanicismo newtoniano. Em seguida, são expostos e comentados a doutrina vitalista e seus conceitos, no que é dado destaque ao vitalismo na Universidade de Montpellier. Nesse contexto, são comentados conceitos vitalistas, tal como apresentados nos Nouveuax Éléments de la Science de l’Homme, no qual Barthez propõe uma “nova fisiologia” baseada no “princípio vital”; nisso são apresentados sua metodologia de pesquisa, o conceito de “princípio vital”, as “forças sensitivas” e “motrizes” do princípio da vida, além dos conceitos de “simpatia”, “sinergia” e, por fim, o conceito de “temperamento”...


Assuntos
Energia Vital em Homeopatia/história , Medicina/tendências , Filosofia Médica , Vitalismo/história
3.
Homeopatia Méx ; 79(665): 5-24, 2010. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-561009

RESUMO

En cuanto entendamos que es la Energía universal, que es la Energía vital, cuál es su Mecanismo de acción en los seres vivos, entonces sabremos y entenderemos realmente qué es la Homeopatía.


Assuntos
Energia Vital em Homeopatia/história , Proteínas Luminescentes , Vitalismo
4.
Homeopatia Méx ; 79(665): 5-24, 2010. ilus, tab
Artigo em Espanhol | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-10349

RESUMO

En cuanto entendamos que es la " Energía universal", que es la "Energía vital", cuál es su "Mecanismo de acción" en los seres vivos, entonces sabremos y entenderemos realmente qué es la Homeopatía.


Assuntos
Energia Vital em Homeopatia/história , Vitalismo , Proteínas Luminescentes
5.
Rio de Janeiro; s.n; 2010. 215 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-601252

RESUMO

Esta pesquisa tematiza o conceito saúde na perspectiva dos modelos médicos vitalistas, situando-se no eixo da dimensão doutrina médica das Racionalidades Médicas, e tem como objeto de estudo os vitalismos de Hahnemann e Nietzsche. A partir do levantamento e análise bibliográfica de textos e da abordagem disciplinar histórica e filosófica, teve como objetivos analisar os conceitos de vida, saúde, doença e cura presentes nos pensamentos desses autores, traçar correspondências e explicitar as diferenças dos pensamentos envolvidos. Como apoios teóricos os trabalhos de Canguilhem, Luz e Foucault. Partindo da ênfase na atitude vital do sujeito em seu processo de saúde doença convalescença-cura, que ambos pensadores destacam, buscou-se avaliar as hipóteses de o vitalismo hahnemanniano se assemelhar ao nietzscheano e se seria possível afirmar que a busca da “grande saúde” equivaleria à meta do tratamento homeopático ao contemplar a “liberdade do espírito” na conquista da ampliação da normatividade vital. Concluiu-se que os vitalismos de Hahnemann e Nietzsche são semelhantes na medida em que as bases de seus pensamentos ressaltam a vida enquanto um jogo de forças e luta, onde enfatizam a irredutibilidade dos fenômenos dos vivos às propriedades físico-químicas; a concepção dos seres humanos como totalidades únicas e singulares nas quais há um jogo de forças atuantes, promovendo diferentes saúdes no mesmo indivíduo, de acordo com as variadas fases da vida; e as hierarquias existentes entre as forças, resultando em análises diagnósticas, possibilidades de intervenção terapêutica e acompanhamento do processo saúde-doença. Correspondem a formas de olhar a vida humana de modo dinâmico, valorizando todos os aspectos físicos, mentais, emocionais e as interações/relações com o meio em que vive...


Assuntos
Humanos , Energia Vital em Homeopatia/história , Filosofia Homeopática/história , Filosofia Homeopática/tendências , História da Homeopatia/tendências , Homeopatia/métodos , Vitalismo/história , Cura em Homeopatia/história , Cura em Homeopatia/métodos , Cura em Homeopatia/tendências , Nível de Saúde , Vida
6.
Rio de Janeiro; s.n; 2009. 147 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-546273

RESUMO

Esta dissertação de mestrado é um estudo de natureza sócio-histórico que constrói a trajetória do sistema de Pontos de Weihe, um sistema médico minoritário, cuja origem encontra-se na Homeopatia, porém, seu desenvolvimento o levou de encontro a Acupuntura. Esse estudo tem como objetivo inserir seu objeto de análise na discussão de questões pertinentes ao desenvolvimento conceitual da Homeopatia. Sendo um sistema médico complexo, a racionalidade médica homeopática possui seis dimensões, a saber: morfologia (ou anatomia), dinâmica vital (ou fisiologia), doutrina, diagnóstico, terapêutica e cosmologia. Destas, a dimensão da morfologia e o exame físico da dimensão diagnóstica são compartilhados com a biomedicina, enquanto, as demais, baseiam-se no paradigma vitalista, ainda que nem todas tenham sido desenvolvidas conceitualmente e encontrem-se apenas implícitas. Tal situação conferiu à Homeopatia a denominação de racionalidade médica híbrida. Este estudo parte do pressuposto que a Homeopatia é um sistema médico ainda em construção e que deve caminhar para o desenvolvimento conceitual de suas dimensões tendo como elemento norteador sua natureza vitalista. Portanto, espera-se que, ao resgatar-se a história do sistema de Pontos de Weihe, crie-se a possibilidade de repensar a morfologia homeopática, de forma que, ela possa expressar o movimento da força vital na saúde e no adoecimento.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pontos de Acupuntura , Acupuntura/métodos , Acupuntura/tendências , Dor/diagnóstico , Dor/terapia , Homeopatia/história , Pontos de Weihe , Energia Vital em Homeopatia/história , Terapia por Acupuntura/história , Terapia por Acupuntura/métodos , Terapia por Acupuntura/tendências
7.
Asclepio ; 57(1): 219-236, 2005.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-039817

RESUMO

La hipótesis provisional de la pangénesis se ha interpretado como una explicación materialista y mecanicista de la herencia, seguramente porque Darwin mismo consideraba que las gémulas eran partículas corporales; sin embargo, analizando los principios en los que descansan las conjeturas de la pangénesis podemos ver cómo están entretejidas con nociones del vitalismo científico, principalmente el principio vitalista del nisus formativus de Blumembach


The provisional hipothesis of the pangenesis has been interpreted as a materialist and mechanistic explanation of heritance, surely because Darwin himself considered that the gemmules were corporal praticles; neverthless, analyzing the principles in which these suppositions on pangenesis rest we can aopreciate how they are interlocked with notions of scientific vitalism, mainly Blumenbach´s vitalist principle nisus formativus


Assuntos
Evolução Biológica , Hereditariedade , Vitalismo/história , História da Medicina , Genética/educação , Genética/história , Energia Vital em Homeopatia/história , Energia Vital em Homeopatia/tendências , Genética/tendências
8.
São Paulo; Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas em Homeopatia - (IBEPH); 1988. 20 p.
Monografia em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8786
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA