Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 2.014
Filtrar
1.
J Cardiovasc Pharmacol ; 76(4): 369-371, 2020 10.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-33027192

RESUMO

The use of heparin has been shown to decrease the mortality in hospitalized patients with severe COVID-19. The aim of our study was to evaluate the clinical impact of venous thromboembolism prophylaxis with fondaparinux versus enoxaparin among 100 hospitalized COVID-19 patients. The incidence of pulmonary embolism, deep venous thrombosis, major bleeding (MB), clinically relevant non-MB, acute respiratory distress syndrome, and in-hospital mortality was compared between patients on fondaparinux versus enoxaparin therapy. The 2 groups were homogeneous for demographic, laboratory, and clinical characteristics. In a median follow-up of 28 (IQR: 12-45) days, no statistically significant difference in venous thromboembolism (14.5% vs. 5.3%; P = 0.20), MB and clinically relevant non-MB (3.2% vs. 5.3%, P = 0.76), ARDS (17.7% vs. 15.8%; P = 0.83), and in-hospital mortality (9.7% vs. 10.5%; P = 0.97) has been shown between the enoxaparin group versus the fondaparinux group. Our preliminary results support the hypothesis of a safe and effective use of fondaparinux among patients with COVID-19 hospitalized in internal medicine units.


Assuntos
Antitrombinas/uso terapêutico , Infecções por Coronavirus/complicações , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Inibidores do Fator Xa/uso terapêutico , Fondaparinux/uso terapêutico , Pneumonia Viral/complicações , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Trombose Venosa/etiologia , Trombose Venosa/prevenção & controle , Idoso , Anticoagulantes/efeitos adversos , Anticoagulantes/uso terapêutico , Antitrombinas/efeitos adversos , Enoxaparina/efeitos adversos , Enoxaparina/uso terapêutico , Inibidores do Fator Xa/efeitos adversos , Feminino , Fondaparinux/efeitos adversos , Hemorragia/induzido quimicamente , Mortalidade Hospitalar , Humanos , Incidência , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Pandemias , Embolia Pulmonar/complicações , Estudos Retrospectivos , Tromboembolia Venosa/epidemiologia , Tromboembolia Venosa/prevenção & controle , Trombose Venosa/epidemiologia
3.
Ann Ital Chir ; 91: 273-276, 2020.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32877380

RESUMO

CASE REPORT: A 64-year-old woman presented to our emergency department during the outbreak of the covid-19 emergency in Italy with syncope, anosmia, mild dyspnoea and atypical chest and dorsal pain. A chest CT scan showed an acute type B aortic dissection (ATBAD) and bilateral lung involvement with ground-glass opacity, compatible with interstitial pneumonia. Nasopharyngeal swabs resulted positive for SARS-CoV-2. For the persistence of chest pain, despite the analgesic therapy, we decided to treat her with a TEVAR. Patient's chest and back pain resolved during the first few days after the procedure. No surgical or respiratory complications occurred and the patient was discharged 14 days after surgery. DISCUSSION: By performing the operation under local anesthesia, it was possible to limit both the staff inside the operatory room and droplet/aerosol release. Since we had to perform the operation in a hemodynamics room, thanks to the limited extension of the endoprosthesis and the good caliber of the right vertebral artery we were able to reduce the risk of spinal cord ischemia despite the lack of a revascularization of the left subclavian artery. CONCLUSIONS: A minimally invasive total endovascular approach allows, through local anesthesia and percutaneous access, to avoid surgical cut down and orotracheal intubation. This, combined with a defined management protocol for infected patients, seems to be a reasonable way to perform endovascular aortic procedures in urgent setting, even in a SARSCoV- 2 positive patient. KEY WORDS: COVID-19, Dissection, TEVAR.


Assuntos
Aneurisma Dissecante/cirurgia , Aneurisma da Aorta Torácica/cirurgia , Betacoronavirus/isolamento & purificação , Implante de Prótese Vascular/métodos , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Procedimentos Endovasculares/métodos , Controle de Infecções/métodos , Transmissão de Doença Infecciosa do Paciente para o Profissional/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Anestesia Local , Aneurisma Dissecante/complicações , Antibioticoprofilaxia , Anticoagulantes/uso terapêutico , Antivirais/uso terapêutico , Aneurisma da Aorta Torácica/complicações , Contraindicações de Procedimentos , Infecções por Coronavirus/complicações , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/transmissão , Darunavir/uso terapêutico , Diabetes Mellitus Tipo 2/complicações , Quimioterapia Combinada , Enoxaparina/uso terapêutico , Feminino , Humanos , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Complicações Intraoperatórias/prevenção & controle , Intubação Intratraqueal/efeitos adversos , Pessoa de Meia-Idade , Nasofaringe/virologia , Salas Cirúrgicas , Isolamento de Pacientes , Pneumonia Viral/complicações , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Pneumonia Viral/transmissão , Ritonavir/uso terapêutico , Isquemia do Cordão Espinal/prevenção & controle , Artéria Vertebral/cirurgia
4.
PLoS One ; 15(8): e0235628, 2020.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32745092

RESUMO

BACKGROUND: Emerging evidence suggests aspirin may be an effective venous thromboembolism (VTE) prophylaxis for orthopaedic trauma patients, with fewer bleeding complications. We used a patient-centered weighted composite outcome to globally evaluate aspirin versus low-molecular-weight heparin (LMWH) for VTE prevention in fracture patients. METHODS: We conducted an open-label randomized clinical trial of adult patients admitted to an academic trauma center with an operative extremity fracture, or a pelvis or acetabular fracture. Patients were randomized to receive LMWH (enoxaparin 30-mg) twice daily (n = 164) or aspirin 81-mg twice daily (n = 165). The primary outcome was a composite endpoint of bleeding complications, deep surgical site infection, deep vein thrombosis, pulmonary embolism, and death within 90 days of injury. A Global Rank test and weighted time to event analysis were used to determine the probability of treatment superiority for LMWH, given a 9% patient preference margin for oral administration over skin injections. RESULTS: Overall, 18 different combinations of outcomes were experienced by patients in the study. Ninety-nine patients in the aspirin group (59.9%) and 98 patients in the LMWH group (59.4%) were event-free within 90 days of injury. Using a Global Rank test, the LMWH had a 50.4% (95% CI, 47.7-53.2%, p = 0.73) probability of treatment superiority over aspirin. In the time to event analysis, LMWH had a 60.5% probability of treatment superiority over aspirin with considerable uncertainty (95% CI, 24.3-88.0%, p = 0.59). CONCLUSION: The findings of the Global Rank test suggest no evidence of superiority between LMWH or aspirin for VTE prevention in fracture patients. LMWH demonstrated a 60.5% VTE prevention benefit in the weighted time to event analysis. However, this difference did not reach statistical significance and was similar to the elicited patient preferences for aspirin.


Assuntos
Anticoagulantes/uso terapêutico , Aspirina/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Fraturas Ósseas/complicações , Tromboembolia Venosa/prevenção & controle , Adulto , Idoso , Anticoagulantes/efeitos adversos , Aspirina/efeitos adversos , Enoxaparina/efeitos adversos , Feminino , Fibrinolíticos/efeitos adversos , Hemorragia/induzido quimicamente , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Resultado do Tratamento , Tromboembolia Venosa/complicações , Adulto Jovem
5.
An. sist. sanit. Navar ; 43(2): 251-254, mayo-ago. 2020.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-193479

RESUMO

La infección por SARS-CoV-2 (COVID-19) se relaciona con un aumento del riesgo de enfermedad tromboembólica. Algunos autores recomiendan la anticoagulación en dosis terapéuticas de, al menos, los pacientes más graves, práctica no exenta de riesgos, por lo que otros consensos solo recomiendan la profilaxis tromboembólica. La recomendación generalizada en pacientes previamente anticoagulados es el cambio del anticoagulante oral por heparina de bajo peso molecular (HBPM). Presentamos dos pacientes ingresados por COVID-19 sin datos de gravedad, en los que se sustituyó la anticoagulación (acenocumarol en un caso y rivaroxabán en el otro) por HBPM a dosis terapéuticas, presentando ambos sangrados abdominales. Estos sangrados son una complicación infrecuente en pacientes anticoagulados, pero la concurrencia de dos casos en un breve espacio de tiempo en el contexto de la pandemia por COVID-19 nos plantea que aún no se dispone de una evidencia clara sobre la anticoagulación terapéutica en la infección por SARS-CoV-2


Infection caused by SARS-CoV-2 (COVID-19) is associated with an increased risk of thromboembolic disease. Some authors recommend anticoagulation at therapeutic doses for, at least, the most severely ill patients; this practice is not free of risks, which is why only thromboembolic prophylaxis is recommended by other consensuses. In the case of previously anticoagulated patients, changing the oral anticoagulant for a low molecular weight heparin (LMWH) is generally recommended. We present the cases of two patients admitted due to COVID-19, without serious clinical data, in whom anticoagulation (acenocoumarol and rivaroxaban, respectively) was replaced by LMWH at therapeutic doses, both presenting abdominal bleeding. This type of bleeding is an infrequent complication in anticoagulated patients, but the concurrence of two cases in a short period of time in the context of the COVID-19 pandemic leads us to consider that there is not yet any clear evidence on therapeutic anticoagulation in SARS-CoV-2 infection


Assuntos
Humanos , Infecções por Coronavirus/epidemiologia , Anticoagulantes/uso terapêutico , Tromboembolia/prevenção & controle , Fibrilação Atrial/tratamento farmacológico , Pandemias/estatística & dados numéricos , Rivaroxabana/uso terapêutico , Acenocumarol/uso terapêutico , Reação em Cadeia da Polimerase/métodos , Enoxaparina/uso terapêutico
6.
Brasília; s.n; 29 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117728

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 16 artigos e 3 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Midazolam/uso terapêutico , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Metilprednisolona/uso terapêutico , Vacinas contra Influenza/uso terapêutico , Propofol/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Fentanila/uso terapêutico , Estudos Transversais , Estudos de Coortes , Enoxaparina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Cobre/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Resveratrol/uso terapêutico , Interferon alfa-2/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Ketamina/uso terapêutico
7.
Brasília; S.N; 23 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117682

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 8 protocolos.


Assuntos
Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Esteroides/uso terapêutico , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Vacina BCG/uso terapêutico , Heparina/uso terapêutico , Almitrina/uso terapêutico , Estudos de Coortes , Corticosteroides/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/uso terapêutico , Darunavir/uso terapêutico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Ipilimumab/uso terapêutico , Fondaparinux/uso terapêutico , Nivolumabe/uso terapêutico , Antagonistas dos Receptores Histamínicos/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico
9.
Brasília; s.n; 15 jul.2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117674

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 14 artigos e 6 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Sistema Renina-Angiotensina , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Omeprazol/uso terapêutico , Dexametasona/uso terapêutico , Oxigenação por Membrana Extracorpórea/instrumentação , Efeito de Coortes , Enoxaparina/uso terapêutico , Peptidil Dipeptidase A/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Proteína Antagonista do Receptor de Interleucina 1/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Esomeprazol/uso terapêutico , Darunavir/uso terapêutico , Rituximab/uso terapêutico , Pantoprazol/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico
10.
Brasília; s.n; 13 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117641

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 14 artigos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Vitamina D/uso terapêutico , Ivermectina/uso terapêutico , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Angiotensinas/uso terapêutico , Vacina BCG/uso terapêutico , Heparina/uso terapêutico , Interferon Tipo I/uso terapêutico , Estudos Transversais/instrumentação , Estudos de Coortes , Iloprosta/uso terapêutico , Corticosteroides/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Proteína Antagonista do Receptor de Interleucina 1/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
11.
Brasília; s.n; 9 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117638

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 23 artigos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Antivirais/uso terapêutico , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Ivermectina/uso terapêutico , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Prednisona/uso terapêutico , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Estudos de Coortes , Corticosteroides/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Antirreumáticos/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Fondaparinux/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Antibacterianos/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico
13.
J Popul Ther Clin Pharmacol ; 27(S Pt 1): e26-e30, 2020 Jul 03.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32650356

RESUMO

At the end of December 2019, the Health Commission of the city of Wuhan, China, alerted the World Health Organization (WHO) to a pneumonia cluster in the city. The cause was identified as being a new virus, later named SARS-CoV-2. We can distinguish three clinical phases of the disease with a distinct pathogenesis, manifestations and prognosis. Here, we describe the case of a 45-year-old male, successfully treated for Coronavirus disease (COVID-19). The patient was feeling sick in early April 2020; he had a fever and pharyngodynia. When he came to our COVID hospital, his breathing was normal. The nasopharyngeal swab specimen turned out positive. High-resolution computed tomography (HRCT) showed mild interstitial pneumonia. The patient was admitted to our department and treated with hydroxychloroquine, ritonavir, darunavir, azithromycin and enoxaparin. On day seven of the disease, the patient's respiratory condition got worse as he was developing acute respiratory distress syndrome (ARDS). He was given tocilizumab and corticosteroids and was immediately treated with non-invasive mechanical ventilation (NIMV). His condition improved, and in the ensuing days, the treatment gradually switched to a high-flow nasal cannula (HFNC); after 18 days, the patient's clinical condition was good.The successful results we have been able to obtain are closely associated with avoidance of invasive ventilation that may lead to intensive care unit (ICU)-related superinfections. In our opinion, it is fundamental to understand that COVID-19 is a systemic disease that is a consequence of an overwhelming inflammatory response, which can cause severe medical conditions, even in young patients.


Assuntos
Infecções por Coronavirus/terapia , Pneumonia Viral/terapia , Corticosteroides/administração & dosagem , Corticosteroides/uso terapêutico , Anticorpos Monoclonais Humanizados/administração & dosagem , Anticorpos Monoclonais Humanizados/uso terapêutico , Azitromicina/administração & dosagem , Azitromicina/uso terapêutico , China , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/patologia , Darunavir/administração & dosagem , Darunavir/uso terapêutico , Progressão da Doença , Enoxaparina/administração & dosagem , Enoxaparina/uso terapêutico , Humanos , Hidroxicloroquina/administração & dosagem , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Ventilação não Invasiva , Pandemias , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Pneumonia Viral/patologia , Síndrome do Desconforto Respiratório do Adulto/tratamento farmacológico , Síndrome do Desconforto Respiratório do Adulto/etiologia , Síndrome do Desconforto Respiratório do Adulto/terapia , Ritonavir/administração & dosagem , Ritonavir/uso terapêutico
15.
J Coll Physicians Surg Pak ; 30(6): 43-45, 2020 Jun.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32723448

RESUMO

Coronavirus disease (COVID-19), first reported in December 2019 in Wuhan, China, has spread all over the world in a short time and was declared as a pandemic by the World Health Organization (WHO). During COVID-19 pandemic, chest computed tomography (CT) imaging has become an important tool with high sensitivity for diagnosis due to the low positive rate of the real-time reverse-transcriptase polymerase chain reaction (RT-PCR). Furthermore, the chest CT has played an important role in the diagnosis of underlying pulmonary lesions. In this case report, we present a patient who was admitted to the emergency department with fever, cough and left shoulder pain, and was subsequently diagnosed with both COVID-19 and pneumothorax following chest CT and RT-PCR test. Key Words: COVID-19, Coronavirus, Pneumothorax, Tomography.


Assuntos
Infecções por Coronavirus/diagnóstico , Coronavirus/isolamento & purificação , Pulmão/diagnóstico por imagem , Pneumonia Viral/diagnóstico , Pneumotórax/diagnóstico por imagem , Antibacterianos/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico , Antivirais/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Betacoronavirus , Coronavirus/genética , Infecções por Coronavirus/complicações , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Tosse/etiologia , Enoxaparina/uso terapêutico , Feminino , Febre/etiologia , Humanos , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Masculino , Oseltamivir/uso terapêutico , Pandemias/prevenção & controle , Pneumonia Viral/complicações , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Pneumotórax/etiologia , Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa , Tomografia Computadorizada por Raios X , Resultado do Tratamento , Adulto Jovem
17.
J Neurovirol ; 26(5): 797-799, 2020 10.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32720233

RESUMO

There is concern that the global burden of coronavirus disease of 2019 (COVID-19) due to severe acute respiratory syndrome coronavirus-2 (SARS-CoV-2) infection might yield an increased occurrence of Guillain-Barré syndrome (GBS). It is currently unknown whether concomitant SARS-CoV-2 infection and GBS are pathophysiologically related, what biomarkers are useful for diagnosis, and what is the optimal treatment given the medical comorbidities, complications, and simultaneous infection. We report a patient who developed severe GBS following SARS-CoV-2 infection at the peak of the initial COVID-19 surge (April 2020) in New York City and discuss diagnostic and management issues and complications that may warrant special consideration in similar patients.


Assuntos
Betacoronavirus/patogenicidade , Infecções por Coronavirus/complicações , Síndrome de Guillain-Barré/complicações , Hiponatremia/complicações , Pneumonia Viral/complicações , Doença Aguda , Idoso , Anticoagulantes/uso terapêutico , Infecções por Coronavirus/patologia , Infecções por Coronavirus/terapia , Infecções por Coronavirus/virologia , Progressão da Doença , Enoxaparina/uso terapêutico , Feminino , Síndrome de Guillain-Barré/patologia , Síndrome de Guillain-Barré/terapia , Síndrome de Guillain-Barré/virologia , Humanos , Hiponatremia/patologia , Hiponatremia/terapia , Hiponatremia/virologia , Cidade de Nova Iorque , Pandemias , Plasmaferese , Pneumonia Viral/patologia , Pneumonia Viral/terapia , Pneumonia Viral/virologia
18.
Brasília; s.n; 5 jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1100288

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 11 artigos e 7 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Ácido Ascórbico/uso terapêutico , Ribavirina/uso terapêutico , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Talidomida/uso terapêutico , Ceftriaxona/uso terapêutico , Metilprednisolona/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Interferons/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Bloqueadores do Receptor Tipo 1 de Angiotensina II/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Inibidores de Vasopeptidases/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
19.
Infez Med ; 28(suppl 1): 118-121, 2020 Jun 01.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32532948

RESUMO

A 71-year old gentleman with history of arterial hypertension treated with valsartan presented on was hospitalized at the Infectious Diseases Unit, University of Bologna (Italy) for severe acute respiratory syndrome- coronavirus-2 (SARS-CoV-2) and received treatment with hydroxychloroquine 200mg bid (400 mg bid the first day), azithromycin 400 mg qd, thrombotic prophylaxis with enoxaparin 4000 UI qd and Venturi mask oxygen delivering FiO2 of 31%. The case highlights the high frequency of coagulopathy in patients with moderate to severe cases of SARS-CoV-2 associated disease (COVID-19). After one week the patient significantly improved and the daily dose of enoxaparin was reduced and definitively discontinued four days later. The case highlights the high frequency of coagulopathy in patients with moderate to severe cases of SARS-CoV-2 associated disease (COVID-19). Considering the available information we believe that LMWH may represent a promising treatment for COVID-19 but further well-designed trials are needed to address these points.


Assuntos
Anticoagulantes/uso terapêutico , Infecções por Coronavirus/complicações , Enoxaparina/uso terapêutico , Pneumonia Viral/complicações , Trombofilia/tratamento farmacológico , Idoso , Anti-Inflamatórios/farmacologia , Anti-Inflamatórios/uso terapêutico , Anticoagulantes/farmacologia , Anti-Hipertensivos/uso terapêutico , Azitromicina/administração & dosagem , Azitromicina/uso terapêutico , Terapia Combinada , Infecções por Coronavirus/diagnóstico por imagem , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/terapia , Quimioterapia Combinada , Enoxaparina/farmacologia , Humanos , Hidroxicloroquina/administração & dosagem , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Hipertensão/complicações , Hipertensão/tratamento farmacológico , Masculino , Oxigenoterapia , Pandemias , Pneumonia Viral/diagnóstico por imagem , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Pneumonia Viral/terapia , Trombofilia/etiologia , Tomografia Computadorizada por Raios X , Valsartana/uso terapêutico
20.
BMJ Case Rep ; 13(6)2020 Jun 24.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32587121

RESUMO

The presence of rhabdomyolysis secondary to multiple infections has been reported, predominantly viral, but also bacterial and fungal. It is well known that COVID-19 can present a wide variety of complications during the course of infection; however, the presence of rhabdomyolysis as an initial condition has not been reported so far. We report a case of rhabdomyolysis as an initial presentation in a patient diagnosed with SARS-CoV-2 (Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2) infection.


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/complicações , Infecções por Coronavirus/diagnóstico por imagem , Pulmão/diagnóstico por imagem , Pneumonia Viral/complicações , Pneumonia Viral/diagnóstico por imagem , Rabdomiólise/etiologia , Idoso , Antibacterianos/uso terapêutico , Anticorpos Monoclonais Humanizados/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Bicarbonatos/uso terapêutico , Ceftriaxona/uso terapêutico , Infecções por Coronavirus/terapia , Inibidores do Citocromo P-450 CYP3A/uso terapêutico , Enoxaparina/uso terapêutico , Inibidores Enzimáticos/uso terapêutico , Hidratação , Humanos , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Masculino , Pandemias , Pneumonia Viral/terapia , Respiração Artificial , Rabdomiólise/diagnóstico , Rabdomiólise/terapia , Ritonavir/uso terapêutico , Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos , Resultado do Tratamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA