Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 237
Filtrar
1.
RECIIS (Online) ; 13(1): 158-171, jan.-mar. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-987723

RESUMO

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo analisar a qualidade da declaração da idade nos registros de óbito no Brasil, de 1996 a 2015. Foi realizada uma análise por 'idade simples' dos microdados de óbitos no Brasil no período mencionado. A preferência por dígitos terminais 0 e 5 foi avaliada usando o índice de Whipple (IW). Já a preferência pelos dígitos terminais de 0 a 9 foi expressa usando o método de Myers (IM). A qualidade dos dados de idade foi alta no período [IWtot = 0,55 ­ 0,83 (masculino) e 0,71 ­ 0,93 (feminino); IM = 0,388 ­ 1,004 (masculino) e 0,430 ­ 1,589 (feminino)]. A qualidade da informação foi mais satisfatória entre homens e não houve tendência significativa a uma melhora, sugerindo sua estabilidade durante os 20 anos analisados. Foi encontrada preferência pelo dígito terminal 0 (zero) principalmente entre mulheres. Concluiu-se que os dados de óbito no Brasil, com relação à idade, são satisfatórios, podendo ser utilizados em análises demográficas e epidemiológicas.


This article presents the results of a research aimed at analyzing the quality of the information about the age on the death registers in Brazil, from 1996 to 2015. An analysis was performed by simple age of the deaths microdata in Brazil for that period. The preference for the last digits 0 and 5 was evaluated using the Whipple index (IW), while the preference for the last digits from 0 to 9 was expressed using the Myers (IM) method. The quality of the age data was high in the period [IWTtot = 0.55 - 0.83 (male) and 0.71 - 0.93 (female); IM = 0.388 - 1.004 (male) and 0.430 ­ 1.589 (female)]. The quality of the information was more satisfactory among men, and there was not a significant trend in the improvement suggesting stable quality during the 20 years analyzed. The preference was given to the last digit 0, mainly among women. It was concluded that data from death registers in Brazil regarding the age are satisfactory and can be used in demographic and epidemiological analyses.


Este artículo presenta los resultados de una investigación que tuvo como objetivo analizar la calidad de la declaración de la edad en los registros de óbito en Brasil, desde 1996 hasta 2015. Se realizó el análisis por edad simple de los microdatos de óbitos en Brasil en el periodo mencionado. La preferencia por dígitos finales 0 y 5 fue evaluada usando el índice de Whipple (IW). La preferencia por los dígitos finales desde 0 hasta 9 fue expresada usando el método de Myers (IM). La calidad de los datos de edad fue alta en el período [(IWtot = 0,55 - 0,83 (masculino) y 0,71 - 0,93 (femenino), IM = 0,388 - 1,004 (masculino) y 0,430 - 1,589 (femenino)]. La calidad de la información fue más satisfactoria entre hombres y no hubo tendencia significativa en la mejora, sugiriendo estabilidad en la calidad en los 20 años analizados. Se encontró una preferencia por el dígito terminal 0 principalmente entre mujeres. Se concluye que los datos de óbito en Brasil con relación a la edad son satisfactorios y pueden ser utilizados en análisis demográficos y epidemiológicos.


Assuntos
Humanos , Demografia , Registros de Mortalidade , Indicadores Básicos de Saúde , Estudos Ecológicos , Brasil , Sistemas de Informação , Mortalidade , Informação
2.
Danlí, El Paraíso, Honduras; s.n; abr. 08, 2019. 92 p. ilus, tab, graf, mapas.
Tese em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1015435

RESUMO

OBJETIVO: Determinar la mortalidad y los años de vida potencialmente perdidos por muerte prematura en menores de cinco años del municipio de Danlí, El Paraíso, Honduras durante el año 2018. METODOLOGÍA: Estudio ecológico, descriptivo retrospectivo. Área de estudio: Muertes de menores a cinco años de edad en el municipio de Danlí. Universo: 100%(42) de las muertes menores de cinco años durante el año 2018. Unidad de análisis: muertes de menores a cinco años de edad del IVM-5 año 2018. Técnica: revisión documental RESULTADOS: El 52%(22) de las madres tenían edades entre 20 a 29 años, del 100% (42) de las muertes menores a 5 años, el 45%(19) tenían edades de 0-7 días de nacidos, 52% (22) fueron masculinos, el 91%(38) de las zona rural, Danlí presentó 8 casos, el 76% (32) murieron en el Hospital, 83%(35) tuvieron contacto con servicios de salud, la mayoría de los datos de las semanas gestacionales no estaban consignados, seguidas de la 38 con 6 casos, el 91%(38) nacieron institucionalmente, 45.2%(19) tuvieron peso normal, las principales causas directas de muerte fueron malformaciones y sepsis con 24% (10) respectivamente, los AVPMP las femeninas perdieron 1540 años de vida, menores a 1 años de edad presentaron un tasa de AVPMP 632.52873 por 1 mil habitantes, las enfermedades que más AVPMP generaron, fueron las malformaciones congénitas con el 757.5 AVPMP. CONCLUSIONES: La zona rural tuvo mayor número de casos de muertes de menores a 5 años de edad, además Danlí obtuvo la mayor proporción de casos. La mayoría tuvo contacto con el servicio de salud, con semana gestacional de 38, y peso normal. Las malformaciones y sepsis fueron las principales causas directas de muerte, con mayor esperanza de vida las femeninas. Los que más AVPMP perdieron fueron los menores a 1 años de edad, las enfermedades que más AVPMP fueron las malformaciones congénitas


Assuntos
Humanos , Criança , Mortalidade Infantil , Registros de Mortalidade , Mortalidade , Anos Potenciais de Vida Perdidos , Epidemiologia , Epidemiologia Descritiva , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(3): 647-654, mar. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015559

RESUMO

Objetivo: descrever a epidemiologia da morbimortalidade e custos públicos pela insuficiência renal entre 2012-2017. Método: trata-se de estudo quantitativo, ecológico e descritivo, com dados do Sistema de Informações Hospitalares. Selecionou-se as cinco regiões brasileiras como população de estudo e coletou-se as variáveis sexo, faixa etária, raça/cor, valores dos serviços hospitalares, internações, óbitos e taxa de mortalidade. Analisou-se os dados por meio de estatística descritiva simples (frequências absolutas e relativas) e apresentou-se em forma de tabelas construídas por meio do software Excel. Resultados: registrou-se 507.830 internações por insuficiência renal. Evidenciou-se maior prevalência no Sudeste (45,48%), no sexo masculino (56,47%), entre 60 a 64 anos (11,10%) e autodeclarados brancos (36,81%). Notificou-se, também 64.977 óbitos e mortalidade de 12,8%, com maior taxa na região norte (13,91%). Houve impacto financeiro superior a 1,4 bilhões de reais. Conclusão: conclui-se, que a insuficiência renal aflige em maior prevalência homens idosos e brancos quando o desfecho final é o óbito, implicando em mudanças na dinâmica e orçamento familiar, incremento de custos aos sistemas de saúde e redução da qualidade de vida.(AU)


Objective: to describe the epidemiology of morbidity-mortality and public costs of kidney failure between 2012-2017. Method: this is a quantitative, ecological and descriptive study, with data from the Hospital Information System. All five Brazilian regions were selected as study population, with the collection of gender, age and race/color variables, values of hospital services, hospitalizations, deaths and mortality rate. Data were analyzed by means of descriptive statistics (absolute and relative frequencies) and presented in the form of tables constructed through Excel software. Results: there were 507.830 hospitalizations due to kidney failure. The highest values were in the Southeast (45.48%), males (56.47%), aged 60 through 64 years (11.10%) and self-reported whites (36.81%). Furthermore, there were 64,977 deaths and mortality rate of 12.8%, with the highest rates in the northern region (13.91%). There was a financial impact exceeding R$ 1.4 billion. Conclusion: kidney failure affects, in greater prevalence, elderly and white men when the outcome is death, resulting in changes in the family dynamics and budget, increased costs to health systems and reduced quality of life.(AU)


Objetivo: describir la epidemiología de la morbimortalidad y costes públicos por insuficiencia renal entre 2012-2017. Método: se trata de un estudio cuantitativo, ecológico y descriptivo, con datos del Sistema de Información Hospitalaria. Fueron seleccionadas las cinco regiones brasileñas como población de estudio y recogidas las variables sexo, edad, raza/color, valores de los servicios hospitalarios, hospitalizaciones, muertes y tasa de mortalidad. Los datos fueron analizados mediante estadística descriptiva (frecuencias absolutas y relativas) y se presentan en forma de tablas construidas mediante software Excel. Resultados: se registraron 507,830 hospitalizaciones por insuficiencia renal. Mayor prevalencia en el sureste (45.48%), el sexo masculino (56.47%), entre 60 y 64 años (11,10%) y auto-declarados blancos (36.81%). También se notificaron 64,977 muertes y tasas de mortalidad del 12,8%, con tasas más altas en la región norte (13.91%). Hubo un impacto superior a los 1.400 millones de reales. Conclusión: Se concluye que la insuficiencia renal aflige, en la mayor prevalencia, hombres ancianos y blanco cuando el resultado final es la muerte, resultando en cambios en la dinámica y el presupuesto familiar, aumento de costes para los sistemas de salud y la reducción de la calidad de vida.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Brasil , Saúde Pública , Insuficiência Renal , Insuficiência Renal/mortalidade , Insuficiência Renal/epidemiologia , Insuficiência Renal Crônica , Epidemiologia Descritiva , Estudos Ecológicos , Sistemas de Informação em Saúde
4.
Rev Rene (Online) ; 20(1): e39864, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995788

RESUMO

Objetivo: analisar a tendência temporal das taxas de mortalidade por homicídio em mulheres, nos estados da Região Nordeste do Brasil. Métodos: estudo ecológico de tendência temporal. Os dados foram os 25.332 óbitos por feminicídio registrados no Sistema de Informação sobre Mortalidade. Realizou-se análise de tendência temporal, por meio da regressão binomial negativa. Resultados: após as etapas de correções, houve aumento de cerca de 17,0% óbitos, correspondendo à taxa média padronizada de 4,7/100.000 mulheres. Observaram-se maiores taxas de mortalidade em mulheres nas segunda e terceira décadas de vida. Maiores taxas médias por 100.000 mulheres foram observadas nos estados de Pernambuco (8,25) e Alagoas (6,32). Evidenciou-se aumento das taxas de mortalidade em todos os estados da região analisada, no período verificado, com exceção de Sergipe. Conclusão: evidenciaram-se alta magnitude das taxas de feminicídio e tendência ascendente na maioria dos estados da Região Nordeste do Brasil. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres , Mortalidade , Estudos Ecológicos , Violência de Gênero , Homicídio
5.
São Paulo; s.n; 2019. 98 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1009196

RESUMO

Introdução: A fluoretação da água dos sistemas de abastecimento é reconhecida como política pública eficaz no controle da doença cárie em nível populacional. Dentre os países que adotam a política, foram observadas desigualdades na distribuição dos serviços entre seus entes federativos, levando a necessidade de pesquisas mais aprofundadas com ointuito de identificar os determinantes da sua implantação. Objetivo: Foi investigadasituação da fluoretação da água dos sistemas de abastecimento dos municípios do Brasil, explorando o papel de variáveis contextuais na oferta deste serviço. Métodos: A partir de dados primárias do Censo Demográfico para o ano 2010 e a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico de 2008, e, utilizando as divisões político-territoriais de região de saúde/município, verificou-se a possibilidade da oferta do serviço de fluoretação exibir relação de dependência com características das empresas prestadoras dos serviços de saneamento, e, com características contextuais das regiões de saúde em que os municípios estão inseridos. A análise para ambas foi ajustada por variáveis de características municipais. Resultados: 60% dos municípios contavam com serviço de fluoretação. Em análise das características das empresas de saneamento (natureza jurídica, esfera administrativa e forma de execução), estas mantiveram-se associadas positivamente independente das características municipais. Administrações municipais e empresas privadas associadas ou não a entidades públicas estiveram associadas a ausência de provisão do serviço.A oferta de fluoretação se alterou conforme as variáveis contextuais das regiões de saúde, eram maiores as chances de o serviço estar ausente em municípios pertencentes a regiões de saúde onde eram elevadas as mortalidades infantil e ocasionadas doença diarreica aguda, onde houvesse maior a proporção de pessoas com baixa renda e nas regiões saúde pertencentes às macrorregiões Nordeste/Norte. Conclusão: Verificou-se importante relação de dependência entre provisão da fluoretação da água com as características das empresas e características contextuais das regiões de saúde


Introduction: The fluoridation of water supply systems is recognized as an effective public policy in the control of caries disease at the population level. Among the countries that adopting the policy, inequalities were observed in the distribution of services among their federative entities, leading to the need for more detailed surveys in order to identify the determinants of their implementation. Objective: It was investigated the water fluoridation of water supply systems in Brazilian municipalities, exploring the role of contextual variables in the supply of this service. Methods: Based on primary data from the Demographic Census for the year 2010 and the 2008 National Survey on Basic Sanitation, and using the political-territorial divisions health region/municipality, it was verified the possibility of offering the fluoridation service show dependency relation with characteristics of the companies that providing the sanitation services, and, with contextual characteristics of the health regions in which the municipalities are inserted. The analysis for both was adjusted by variables of municipal characteristics. Results: 60% of municipalities had fluoridation service. In an analysis of the characteristics of the sanitation companies (legal nature, administrative sphere and form of water supply service provision), they were positively associated with municipal characteristics. Municipal administrations and private companies associated or not with public entities were associated with the absence of provision of the service. The fluoridation supply changed according to the contextual variables of the health regions, the chances of the service being absent were higher in municipalities belonging to health regions where child mortality was high and mortality caused by acute diarrheal disease, where there was a greater proportion of people with low income and in the health regions belonging to the North-East / North macro-regions. Conclusion: There was an important dependence relationship between the provision of water fluoridation with the characteristics of the companies and the contextual characteristics of the health regions


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Abastecimento de Água , Fluoretação , Cidades , Saneamento Básico , Política de Saúde , Política Pública , Brasil , Empresas de Saneamento , Estudos Ecológicos
6.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 104 f p. tab, fig, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1005771

RESUMO

O objeto de estudo é a crise do desabastecimento da penicilina benzatina (PB) e o impacto na sífilis congênita (SC) por um estudo ecológico no Município do Rio de Janeiro. Os objetivos são (i) descrever a evolução temporal do desabastecimento da PB, da incidência de (SC) e do aumento significativo da sua incidência no município no período de 2013-2017; (ii) estudar a relação entre o desabastecimento da PB e o aumento significativo da incidência de SC. Trata-se de um estudo ecológico do tipo misto (múltiplos grupos e temporal) baseado em dados secundários de notificação de SC e sífilis gestacional (SG), de dispensação de PB e dados demográficos das populações residentes nos bairros do município do Rio de Janeiro. As unidades de estudo foram bairro (geográfica) e trimestre (temporal) dos anos estudados. A população de estudo foi constituída por todos os casos de SC notificados pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) do município do Rio de Janeiro, por local de residência (bairro) no município do Rio de Janeiro. O período de estudo considerou a necessidade de contemplar o expressivo desabastecimento de PB nas unidades de saúde. Sabe-se que em 2014, o desabastecimento se iniciou devido a problemas de ordem regulatório-sanitária, uma crise impedindo a plena atividade produtora de penicilina no mercado brasileiro. Somente em 2016 havia indícios que a situação havia sido regularizada. A exposição do estudo foi o nível de abastecimento de PB nas unidades básicas de saúde calculada pela razão entre o número de doses dispensadas e o número de doses necessárias de acordo com dados de notificação de sífilis gestacional do SINAN. O principal desfecho foi o aumento significativo da incidência de SC, mas também foi considerada a taxa de incidência da população de cada bairro. O modelo teórico contemplou a dimensão sociodemográfica (estrutura etária, sexo, mulheres chefes de família, escolaridade), a dimensão econômica (pobreza, desemprego, gini de renda), dimensão geográfica (aglomeração, homicídio) e assistência pré-natal (número de consultas, parceiros tratados e exames realizados). Para a análise de dados foi usado o modelo de regressão binomial negativo inflado de zero para variável desfecho incremento significativo da incidência de SC (> 200% em relação ao trimestre anterior) e o nível abastecimento de PB para unidades de saúde de cada bairro-trimestre/ano de 2013-2017. As variáveis consideradas no ajuste foram aquelas dimensões citadas. Os resultados indicam que (a) o desabastecimento de PB no período estudado teve distribuição heterogênea no espaço e tempo; (b) incremento da incidência de SC também distribuído heterogeneamente no tempo e espaço e (c) relação entre o desabastecimento de PB e incremento de incidência de SC, considerando a influencia dos fatores descritos no modelo teórico. Concluiu-se que o abastecimento influenciou no aumento da incidência dessa doença no Rio de Janeiro nos anos de estudo


The object of study is the crisis of the shortage of benzathine penicillin (BP) supply and the impact on congenital syphilis by an ecological study in the city of Rio de Janeiro. The goals are to (i) describe the temporal evolution of benzathine penicillin supply shortage, the incidence of congenital syphilis (CS) and the significant increase in its incidence in the municipality in the 2013-2017 period; (ii) to study the relation between the shortage of benzathine penicillin and the significant increase in the incidence of CS. This is a mixed-type (multiple groups and temporal) ecological study based on secondary data on CS and gestational syphilis (GS), benzathine penicillin dispensation, and demographic data of populations living in the neighborhoods of Rio de Janeiro. The units of study were neighborhood (geographical) and quarter (temporal) of the studied years. The study population consisted of all cases of SC reported by the Notification Aggravation Information System (SINAN) of the city of Rio de Janeiro, by place of residence (neighborhood) in the city of Rio de Janeiro. The study period considered the need to contemplate the expressive shortage of BP in the health units. It is known that in 2014, the shortage began due to regulatory-sanitary problems, a crisis that prevented the full production of penicillin in the Brazilian market. Only in 2016 were there indications that the situation had been regularized. The study's exposure was the level of BP supply in the basic health units calculated by the ratio between the number of doses dispensed and the number of doses required according to SINAN's gestational syphilis notification data. The main outcome was a significant increase in the incidence of CS, but the incidence rate of each neighborhood population was also considered. The theoretical model included the socio-demographic dimension (age structure, sex, female heads of household, schooling), economic dimension (poverty, unemployment, income gini index), geographic dimension (agglomeration, homicide) and prenatal care (amount of appointments, partners treated and examinations performed). For the data analysis it was used the negative binomial regression model inflated from zero to variable outcome significant increase of the incidence of SC (over 200% comparing the previous quarter) and the BP supply level per health units of each neighborhood-quarter each year between 2013-2017. The variables considered in the adjustment were those dimensions mentioned. The results indicate that (a) the shortage of BP in the studied period had heterogeneous distribution in space and time; (b) increase in the incidence of CS was also distributed heterogeneously in time and space, and (c) a relation between BP shortages and increased CS incidence, considering the influence of the factors described in the theoretical model. The conclusion was that the supply influenced the increase of the incidence of this disease in Rio de Janeiro in the years of study


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Penicilina G Benzatina/provisão & distribução , Sífilis Congênita/epidemiologia , Brasil , Sífilis/transmissão , Saúde Pública , Gestantes , Estudos Ecológicos
7.
São Paulo; s.n; 2019. 221 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1005494

RESUMO

Objetivo: A presente tese é apresentada no formato de três artigos que se articulam através do objetivo geral que foi estudar a associação entre o encarceramento e o risco de tuberculose ativa (TB) no Brasil. Os objetivos específicos dos artigos foram: (artigo-1) identificar um conjunto de macrodeterminantes socioeconômicos associados à incidência da TB, dentre eles, a proporção da população privada de liberdade (PPL) na população do município; (artigo-2) quantificar a importância relativa da exposição às prisões na incidência de TB e avaliar sua interação com a desigualdade da distribuição de renda; (artigo-3) estimar o efeito dos fatores ambientais dos presídios no tempo até o diagnóstico de TB. Métodos: Foram realizados dois estudos ecológicos (artigos-1 e 2) e um estudo de coorte retrospectiva (artigo-3). No artigo-1, relacionamos as taxas de incidência de TB (2010) dos 5565 municípios aos indicadores socioeconômicos e de saúde e à proporção de PPL. No artigo-2, as taxas de incidência de TB das populações prisional e não prisional dos 954 municípios com pelo menos uma unidade prisional (2014), foram relacionadas às variáveis contextuais dos municípios. Avaliamos também a interação da desigualdade da distribuição de renda nesta associação; e estimamos a fração atribuível à população (FAP). No artigo-3, analisamos os casos de TB na PPL do estado de São Paulo (2014 e 2015) segundo o tempo entre o encarceramento e o diagnóstico de TB. O efeito total das condições ambientais foi analisado por modelos de riscos de Cox. Todas as análises foram orientadas por diagramas causais para a seleção de variáveis de ajuste. Resultados: No artigo-1, após o ajuste por fatores individuais e região geográfica, esteve associada positivamente à incidência da TB, a proporção de PPL (razão de taxas de incidência [RTI]: 1,11; intervalo com 95% de confiança [IC95%]: 1,09-1,14), e fatores socioeconômicos e de saúde. No artigo-2, comparada com a população não prisional, a PPL apresentou (RTI) 22,07 vezes (IC95%: 20,38-23,89) o risco de TB em municípios com coeficiente de Gini =0,60. A FAP foi gradativamente menor em municípios com maior desigualdade da distribuição de renda. No artigo-3, estimou-se que a cada aumento de 50% na taxa de ocupação carcerária, houve um aumento na velocidade de ocorrência da TB de 16% (IC95%: 8%-25%) nos modelos até dois anos. Um aumento de uma unidade do logaritmo da área da cela por pessoa resultou em uma redução na velocidade até o diagnóstico de TB de 13% (IC95%: 2%-23%) nos modelos até dois anos. Conclusão: Evidenciou-se a importância da PPL na ocorrência da TB nos municípios brasileiros; o potencial impacto que teriam intervenções para reduzir a exposição aos presídios, o qual varia segundo as condições socioeconômicas; e o efeito das condições ambientais dos presídios na velocidade do tempo até o diagnóstico de TB. Intervenções nas prisões como a redução drástica das condições de superlotação e o aumento do espaço físico, teriam elevado impacto na incidência de TB na população gerla, principalmente em municípios com menor coeficiente de Gini


Objective: This thesis is presented in the form of three articles that are articulated through the general objective of studying the association between incarceration and the risk of active tuberculosis (TB) in Brazil. The specific objectives of the articles were: (article-1) to identify a set of socioeconomic macrodeterminants associated with the TB incidence, among them, the proportion of the prison population in the population of the municipality; (article-2) to quantify the relative importance of exposure to prisons in TB incidence and to assess their interaction with population income distribution inequality; (article-3) to estimate the effect of the environmental factors of prisons in time until the diagnosis of TB. Methods: Two ecological studies (articles-1 and 2) and one retrospective cohort study (article-3) were performed. In article-1, we related the TB incidence rates (2010) of the 5565 municipalities to socioeconomic and health indicators and to the proportion of prison population. In article-2, the TB incidence rates of the prison and non-prison populations of the 954 municipalities with at least one prison (2014) were related to the contextual variables of the municipalities. We also evaluated the interaction of the income distribution inequality in this association; and we estimated the fraction of tuberculosis in the population attributable to the exposure to prisons (PAF). In article-3, we analyzed the TB cases in the prison population of the São Paulo state (2014 and 2015) according to the time between incarceration and the diagnosis of TB. The total effect of the environmental conditions was analyzed by Cox risk models. All the analyzes were oriented by causal diagrams for the selection of adjustment variables. Results: In article-1, after adjustment for individual factors and geographic region, it was positively associated with the TB incidence, the proportion of prison population (incidence rate ratio [IRR]: 1.11, 95% confidence interval [ 95%CI: 1.09-1.14), and socioeconomic and health factors. In article-2, compared to the non-prison population, the prison population presented 22.07 times (95%CI: 20,38-23,89) the risk of TB in municipalities with a Gini coefficient =0.60. The PAF was gradually lower in municipalities with greater income distribution inequality. In article-3, it was estimated that with each increase of 50% in the prison occupation rate, there was an increase in the speed of TB occurrence of 16% (95%CI: 8% -25%) in the models up to two years. An increase of one unit in the logarithm of the cell area per person resulted in a reduction in the speed to TB diagnosis of 13% (95%CI: 2% -23%) in the models up to two years. Conclusion: It was evidenced the importance of prison population in the occurrence of TB in Brazilian municipalities; the potential impact of interventions to reduce exposure to prisons, which varies according to socioeconomic conditions; and the effect of prisons\' environmental conditions on the speed of time to TB diagnosis. Interventions in prisons such as the drastic reduction of overcrowding conditions and the increase in physical space, would have a high impact on the TB incidence in general population, especially in municipalities with lower Gini coefficients


Assuntos
Prisões , Tuberculose/epidemiologia , Meio Ambiente , Fatores Socioeconômicos , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos , Análise Multinível
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3231-3238, dez. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-999723

RESUMO

Objetivo: analisar a tendência da mortalidade por diabetes mellitus. Método: trata-se de estudo quantitativo, ecológico, com os óbitos por diabetes mellitus registrados na plataforma de Ciências de Dados Aplicados à Saúde da Fundação Oswaldo Cruz, no Sistema de Informação sobre Mortalidade e no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no período de 2000 a 2015, do Brasil e Ceará, utilizados como amostra deste estudo. Coletaram-se os dados por meio de planilhas eletrônicas e analisaram-se as tendências pela regressão polinomial considerando-se significante o valor de p<0,05. Resultados: registraram-se 764.418 mortes por diabetes mellitus no Brasil e 28.583 no Estado do Ceará. Demonstrou-se pelo modelo de regressão valores significativos (p<0,001), assim como elevados coeficientes de determinação (r2≥0,90) nas curvas de tendência, com crescimento na mortalidade em âmbito nacional e diminuição estadual. Conclusão: elevou-se a tendência de mortalidade por DM no Brasil, principalmente para o sexo feminino. Mostrou-se no Estado do Ceará o panorama menos alarmante. Faz-se necessário a implementação de estratégias que visem a reduzir esse agravo a fim de se evitar o elevado número de óbitos no país.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Mortalidade/tendências , Diabetes Mellitus , Diabetes Mellitus/mortalidade , Cuidados de Enfermagem , Estudos de Séries Temporais , Epidemiologia Descritiva , Estudos Ecológicos , Sistemas de Informação em Saúde
9.
Cuad. psicol. deporte ; 18(3): 49-61, sept. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-173813

RESUMO

Este estudio investigó la toma de decisiones de jugadores dentro del área penalti en el fútbol, con base en variables espacio-temporales de coordinación interpersonal y extra personal. Fueron analizadas jugadas de remate (n= 71), pase (n= 26) y drible (n= 30), seleccionadas de 12 partidos de fútbol de un campeonato amateur en Colombia. Las imágenes capturadas fueron analizadas a través del software TACTO. Las variables espaciales y espacio-temporales utilizadas para el análisis fueron: i) ángulo de remate; ii) ángulo A de pase; iii) ángulo B de pase; iv) distancia interpersonal; v) velocidad y variabilidad relacionadas al cambio de cada una de esas medidas. Los resultados mostraron que, en relación a la decisión de rematar, los valores del ángulo de remate fueron superiores en comparación con el mismo ángulo cuando la decisión tomada fue la de pasar o driblar; y, en la decisión de driblar, los valores de la distancia interpersonal fueron diferentes con las situaciones en que se decidió pasar. En conclusión, os ángulos de remate y distancias interpersonales, funcionaron como parámetros de control en las situaciones de remate y drible, respectivamente


This study investigated the influence of spatio-temporal variables of interpersonal coordination on players’ decision-making within the penalty area of the soccer. We analyzed shooting events (n= 71), passing (n= 26) y dribbling (n= 30), which was choose from 12 games of an amateur Colombian championship and analysed using TACTO software. The spatiotemporal variables were: (i) shooting angle: formed by vectors liking the ball carrier (vertex) to two opponents that generated a gap in the goal; (ii) passing angle A: vectors connecting the ball carrier (vertex) to his nearest defender and to a teammate; (iii) passing angle B: vectors linking the ball carrier (vertex) to a teammate and to the teammate’s nearest defender; (iv) interpersonal distance: between the ball carrier and his nearest defender; v) velocity: change rate of each of the measures, depending on the duration of the play; vi) variability: coefficient of variation of each of the measures from the beginning to the end of the play. The results revealed that, values of the shooting angle were higher when players decide for shooting, comparing to situations in which the players decided to pass or dribble; and, the interpersonal distance was shorter in dribbling situations, comparing to passing situations. It was concluded that, the shooting angle and the interpersonal distance, functioned as control parameters in shooting at goal and dribbling situations, respectively


O presente estudo investigou a influência de variáveis espaço-temporais de coordenação interpessoal na tomada de decisões dos jogadores na grande área do futebol. Foram analisadas jogadas de chute (n= 71), passe (n= 26) e drible (n= 30), selecionadas de 12 jogos de futebol de um campeonato amador na Colômbia. As imagens capturadas foram analisadas através do software TACTO. As variáveis espaço-temporais consideradas para análise foram: i) ângulo de chute: vetores ligando o jogador com posse de bola (vértice) com os dois adversários geraram a maior lacuna no gol; ii) ângulo A de passe: vetores ligando o portador da bola (vértice) com seu marcador mais próximo e seu companheiro de equipe; iii) ângulo B de passe: vetores ligando o portador da bola (vértice) com seu companheiro de equipe e o marcador mais próximo dele.; iv) distância interpessoal: entre o atacante com posse de bola e o seu adversário mais próximo; v) velocidade: taxa de mudança de cada uma das medidas, em função do tempo de duração da jogada; vi) variabilidade: coeficiente de variação de cada uma das medidas desde o começo até o final da jogada. Os resultados mostraram que os valores do ângulo de chute foram superiores nas situações que os jogadores decidiram chutar, em comparação com as situações em que os jogadores decidiram passar ou driblar; e que, as distâncias interpessoais foram menores nas situações em que os jogadores decidiram driblar, em comparação com as situações de passe. Em conclusão, os ângulos de chute e distâncias interpessoais influenciaram na tomada de decisões do chute e drible, respectivamente


Assuntos
Humanos , Futebol/psicologia , Esportes/psicologia , Tomada de Decisões , Desempenho Atlético/psicologia , Conglomerados Espaço-Temporais , Processos Grupais , Estudos Ecológicos
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(8): 2120-2128, ago. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-994453

RESUMO

Objetivo: caracterizar as internações por glaucoma notificadas no Brasil. Método: estudo quantitativo, retrospectivo do tipo ecológico. Foi utilizado o banco de dados do Sistema de Informações Hospitalares/Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Ministério da Saúde, no período de janeiro de 2008 a outubro de 2017. Os dados foram processados e analisados no Tabwin versão 4.14 para Windows e Microsoft Excel 2013. Resultados: obteve-se 33.079 notificações de internações. Com predominância do sexo masculino, cor/raça não declarada, caráter de atendimento eletivo e em regime público. A faixa etária mais notificada foi entre 60 e 69 anos e em relação ao ano com maiores notificações, destacou-se 2016 e 2017. Conclusão: há grande número de internações por glaucoma, apesar das subnotificações e casos não detectados. Identificou-se o perfil das internações por glaucoma no país, de forma a promover subsídio à criação de políticas públicas e aos planos de cuidado que favoreçam a prevenção dos agravos da doença. Assim, facilita o trabalho da equipe multiprofissional, no sentido de direcionar as suas ações de educação em saúde, importantes à diminuição das consequências, internações e cegueira irreversível.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Glaucoma , Glaucoma/epidemiologia , Educação em Saúde , Sistemas de Informação em Saúde , Hospitalização , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos
11.
Enferm. glob ; 17(51): 238-266, jul. 2018. graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-173967

RESUMO

Objetivo: Analizar la asociación entre el número de personas hospitalizadas por la diabetes y el número de personas con amputación de extremidades. Método: Se realizó un estudio ecológico utilizando el sistema de información hospitalaria del Sistema Único de Salud (SIH / SUS) en el periodo 2010-2015 en el estado de Ceará, Brasil. Los datos fueron analizados utilizando el paquete estadístico para Sciences(R) Sociales (SPSS). Se ha aplicado el coeficiente de correlación lineal de Pearson para medir la intensidad de la asociación lineal existente entre las variables. Resultados: Se registraron 27.054 hospitalizaciones por diabetes. Hubo correlación inversa entre el número de admisiones para el tratamiento de la diabetes y la correlación proporcional del número de ingresos para el tratamiento del pie complicado y hospitalización por amputaciones de miembros. Conclusión: Los datos revelan una línea muy fina cuando se trata del cuidado de la salud de las personas con pie diabético


Objetivo: Analisar a associação entre o número de pessoas internadas por diabetes e número de pessoas com amputação de membro. Método: Trata-se de um estudo ecológico utilizando o Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS) no período de 2010 a 2015 no estado do Ceará, Brasil. Os dados foram analisados pelo Statistical Package for the Social Sciences(R) (SPSS). Aplicou-se o coeficiente de correlação linear de Pearson para medir a intensidade da associação linear existente entre as variáveis. Resultados: Foram registradas 27.054 internações hospitalares por diabetes. Observou-se correlação inversa entre o número de internações para tratamento do diabetes e correlação proporcional do número internações para tratamento de pé complicado e hospitalização por amputações de membros. Conclusão: Os dados revelam uma linha ténue no que concerne a atenção à saúde da pessoa com pé diabético


Objective: To analyze the association between the number of people hospitalized for diabetes and the number of people with limb amputation. Method: This is an ecological study using the Hospital Information System of the Unified Health System (SIH / SUS) from 2010 to 2015 in the state of Ceará, Brazil. The data were analyzed by the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Pearson's linear correlation coefficient was applied to measure the intensity of the linear association between the variables. Results: There were 27,054 hospital admissions for diabetes. There was an inverse correlation between the number of admissions for treatment of diabetes and proportional correlation of the number of hospitalizations for complicated foot treatment and hospitalization for limb amputations


Assuntos
Humanos , Diabetes Mellitus/cirurgia , Amputação/estatística & dados numéricos , Pé Diabético/cirurgia , Hospitalização/estatística & dados numéricos , Complicações do Diabetes/epidemiologia , Angiopatias Diabéticas/epidemiologia , Fatores de Risco , Cuidados de Enfermagem/métodos , Estudos Ecológicos
12.
Cogitare enferm ; 23(1): 1-10, jan - mar. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-883489

RESUMO

Objetivo: Analisar a tendência temporal da mortalidade por suicídio no estado da Bahia, segundo sexo e faixa etária, no período de 1996 a 2013. Métodos: Estudo de série temporal realizado com dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade, com análise de tendência por meio da regressão de Prais-Winsten. Resultados: Identificou-se 5.693 óbitos por suicídio na Bahia, destes 81,4% (n=4632) eram homens e 46% (n=2619) do grupo etário de 20 a 39 anos. Quanto ao meio utilizado 58,6% (n=3336) foram decorrentes de lesões autoprovocadas por enforcamento/estrangulamento, seguidas pela autointoxicação por pesticidas e por produtos químicos (15,9%/ n=906). Verificou-se tendência crescente para o coeficiente de mortalidade por suicídio no Estado, para ambos os sexos, e para os grupos etários de 20 a 39 anos, 40 a 59 anos e de 60 anos ou mais. Conclusão: O suicídio na Bahia predomina entre homens jovens, com tendência crescente para o coeficiente total e nos diferentes grupos populacionais (AU).


Objective: To analyze the time trend in suicide mortality in the state of Bahia according to gender and age range, in the 1996-2013 period. Methods: A time series study based on data from Brazil'a Mortality Information System (SIM), with trend analysis that uses Prais-Winsten regression. Results: Of the 5,393 people who died from suicide in Bahia, 81.4% (n = 4632) were men and 46% (n = 2619) were aged 20-39 years. As to the means used, 58.6% (n = 3336) of the deaths were due to intentional self-harm by hanging and strangulation, followed by self-poisoning by pesticides and chemicals (15.9% / n = 906). There was an increasing trend in the coefficient of mortality by suicide in the State for both genders and for the groups of 20 to 39 years, 40 to 59 years and 60 years or more. Conclusion: Suicide in Bahia predominates among young males, with an increasing trend of the total coefficient and in the different population groups (AU).


Objetivo: Analizar la tendencia temporal de la mortalidad por suicidio en el Estado de Bahía, según sexo y faja etaria, entre 1996 y 2013. Métodos: Estudio de serie temporal, realizado con datos del Sistema de Información sobre Mortalidad, con análisis de tendencia por regresión de Prais-Winsten. Resultados: Se identificaron 5.693 decesos por suicidio en Bahía;de ellos, 81,4% (n=4.632) correspondía a hombres y 46% (n=2.619) pertenecía al segmento etario de 20 a 39 años. Respecto al medio utilizado, 58,6% (n=3.336) derivaron de lesiones autoinfligidas, por ahorcamiento/estrangulamiento, seguidas por autointoxicación con pesticidas y productos químicos (15,9%/ n=906). Se verificó tendencia creciente del coeficiente de mortalidad por suicidio del Estado para ambos sexos y para segmentos etarios de 20 a 39 años, 40 a 59 años y 60 o más años. Conclusión: El suicidio en Bahía predomina entre hombres jóvenes, con tendencia creciente del coeficiente total y en diferentes grupos poblacionales (AU).


Assuntos
Humanos , Estudos Ecológicos , Sistemas de Informação , Mortalidade , Suicídio , Estudos de Séries Temporais
13.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(2): 565-573, fev.2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-966656

RESUMO

Objetivo: descrever a mortalidade por infarto agudo do miocárdio. Método: estudo quantitativo, descritivo, exploratório, ecológico de série temporal, com a população de 30 a 59 anos de idade nas regiões do Brasil, no período de 2008 a 2016, de acordo com dados no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Resultados: verificou-se elevadas taxas de mortalidade por infarto agudo do miocárdio em homens e mulheres entre 30 e 59 anos. A região Sudeste com maior percentual de óbitos (47,9%), a Nordeste vem em seguida (20,2%), a região Sul com 14,8%, Centro-Oeste 9,1% e a Norte com 8%. Conclusão: os resultados mostram elevadas taxas de mortalidade por infarto agudo do miocárdio em homens e mulheres nas faixas etárias entre 30 e 59 anos revelando a região Sudeste com maior percentual (47,9%), liderando todas as regiões e faixas etárias. Conclui-se que o infarto agudo do miocárdio é uma doença desencadeada por fatores intrínsecos e que estes fatores podem ser modificados a partir de programas e medidas preventivas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Doenças Cardiovasculares , Infarto do Miocárdio , Infarto do Miocárdio/mortalidade , Epidemiologia Descritiva , Estudos Ecológicos
14.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 18(1): 3358, 15/01/2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-966749

RESUMO

Objective: To analyze the correlations between the production of specialized dental procedures from 2008 to 2012 and factors related to the services and context of the Brazilian states. Material and Methods: A quantitative ecological-type study was developed, in which secondary data from Brazilian national databases were used. Procedures for outpatient production of specialized procedures throughout Brazil, from 2008 to 2012, were consolidated from the offering state, the state of the federation being the analysis unit. In order to collect data on coverage by oral health family teams in the Family Health Strategy, as well as the number of CEOs per state, the Strategic Support Management Room (SAGE) was accessed. The corresponding indicator mean proportion of specialized procedures in Brazil (Pmb) was used as dependent variable. Correlations were tested using Spearman's test. The software was Statistical Package for Social Sciences, v. 17.0, with a level of significance of 5%. Results: Pmb was 4.9% for the evaluated period. There was a negative correlation between indicator and the coverage of oral health teams in the family health strategy. Conclusion: The correlations analyzed were influenced by the organization and distribution of the professionals' workforce; revealing that the non-organization of the health care network may increase the performance of specialized procedures resulting from spontaneous demand due to the poor basic care coverage.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Atenção Secundária à Saúde , Brasil , Saúde Bucal , Estratégia Saúde da Família , Interpretação Estatística de Dados , Sistemas de Informação em Atendimento Ambulatorial , Estudos Ecológicos , Serviços de Saúde
15.
Rev. bras. med. trab ; 16(1): 67-70, jan.-mar-2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-882539

RESUMO

O absenteísmo por doença no serviço público federal é uma temática de pouca visibilidade. Este é um estudo ecológico de série temporal com objetivo de analisar a taxa de licença para tratamento de saúde entre os servidores da FIOCRUZ no quadriênio 2012­2015. A taxa do quadriênio foi de 45,30 (DP=6,50). Não se identificou variação significativa das taxas entre os anos estudados (p=0,144). Enfatiza-se a necessidade de dados de forma estruturada para construção de indicadores para o conhecimento da realidade de saúde desses trabalhadores, visando à proposição de medidas de proteção e promoção da saúde do trabalhador.


Sickness absenteeism within the federal public service setting is not a quite visible subject. The present ecological time-series study sought to analyze the rate of treatment leaves among FIOCRUZ employees from 2012 to 2015. The 4-year rate was 45.30 (SD=6.50). There was no significant change in the rates along the investigated period (p=0.144). We stress the need for structured data to develop indicators representing the actual health conditions of these workers aiming at suggesting measures to protect and promote the workers' health.


Assuntos
Saúde do Trabalhador , Setor Público , Licença Médica/estatística & dados numéricos , Absenteísmo , Empregados do Governo , Brasil , Estudos Ecológicos
16.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(1): 137-149, jan. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946727

RESUMO

Objetivo: analisar a ocorrência das IST/Aids em serviço de Dermatologia Sanitária. Método: estudo quantitativo, ecológico, retrospectivo, descritivo e exploratório sobre as IST diagnosticadas no serviço, no período de três anos, a partir das fichas de atendimento/prontuário e a de notificação compulsória. Os dados foram armazenados em planilha Excel e apresentados em tabelas de frequência. Resultados: foram analisados os prontuários de 8560 usuários atendidos, sendo que 379 apresentaram IST de notificação compulsória. Em três anos, dobrou o número de notificações. Predominou o sexo masculino (93,1%), adultos jovens (menos de 40 anos) e raça branca (75,2%). Houve equivalência entre os heterossexuais, homo e bissexuais, todos com elevado nível de escolaridade (50,4% com ensino médio e 23%, o universitário). As doenças de maior ocorrência foram: a sífilis (48,6%), mais frequente em homossexuais; tricomonas (18,4%); Aids (14,8%) e 12 gonorreias (14,6 %), maior incidência em heterossexuais. O HPV esteve presente em 500 usuários. Conclusão: as IST vêm aumentado no decorrer dos anos, com importante mudança no perfil da população. É premente a inclusão das ações de prevenção das IST de forma precoce na educação e atendimento à saúde.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Doenças Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Notificação de Doenças , Monitoramento Epidemiológico , Registros Médicos , Epidemiologia Descritiva , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos
17.
Cogitare enferm ; 23(4): e56973, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-984282

RESUMO

RESUMO: Objetivo: analisar a tendência da mortalidade por doenças cardiovasculares isquêmicas e cerebrovasculares, segundo faixa etária e sexo no estado do Paraná. Metodologia: estudo ecológico das taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares nos anos 2000 a 2014, realizado no mês de julho de 2016. Utilizou-se o modelo de regressão polinomial para a tendência. Resultados: houve aumento progressivo das taxas de mortalidade com o aumento da idade em ambos os sexos. No primeiro triênio, 2000 a 2002, as taxas se mostraram mais elevadas, com exceção das doenças cerebrovasculares em homens de 20 a 29 anos e doenças isquêmicas em mulheres nessa mesma faixa etária. Conclusão: diante do elevado número de óbitos por doenças cardiovasculares no estado, com tendência de crescimento da mortalidade por doenças cerebrovasculares na população masculina jovem, evidencia-se a necessidade da intensificação do trabalho da Enfermagem, nos diversos níveis de atenção, para o combate aos fatores de risco nessa população.


RESUMEN: Objetivo: evaluar la tendencia de la mortalidad por enfermedades cardiovasculares isquémicas y cerebrovasculares, de acuerdo a la franja etaria y al sexo en el estado de Paraná. Metodología: estudio ecológico de las tasas de mortalidad por enfermedades cardiovasculares en los años 2000 a 2014, que se realizó en el mes de julio de 2016. Se usó el modelo de regresión polinomial para la tendencia. Resultados: hubo aumento progresivo de las tasas de mortalidad con el aumento de la edad en ambos los sexos. En el primer trienio, 2000 a 2002, las tasas fueron más elevadas, con excepción de las enfermedades cerebrovasculares en hombres de 20 a 29 años y enfermedades isquémicas en mujeres en esa franja etaria. Conclusión: considerando el elevado número de óbitos por enfermedades cardiovasculares en estado, con tendencia de crecimiento de la mortalidad por enfermedades cerebrovasculares en la población masculina joven, se concluye que hay necesidad de intensificación del trabajo de la Enfermería en los distintos niveles de atención, para combatir los factores de riesgo en esa población.


ABSTRACT: Objective: To analyze the trend in mortality from ischemic and cerebrovascular cardiovascular diseases by age and gender in the state of Paraná. Methodology: Ecological study of rates of mortality rates from cardiovascular diseases in the years 2000 to 2014, conducted in July 2016. Polynomial regression model was used for trend analysis. Results: There was a progressive increase in mortality rates with increasing age in both genders. Mortality rates were higher in the first triennium (2000-2002), except for cerebrovascular diseases in men aged 20-29 years and ischemic diseases in women in this age group. Conclusion: Given the high number of deaths from cardiovascular diseases in Paraná, with a trend of increased mortality from cerebrovascular diseases in the young male population, nursing activities at the various levels of care should be intensified to fight the risk factors in the referred population.


Assuntos
Feminino , Doenças Cardiovasculares , Doença Crônica , Epidemiologia , Mortalidade , Estudos Ecológicos
18.
São Paulo; s.n; 2018. 136 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-968616

RESUMO

Introdução - Considerada um grave problema de saúde pública mundial em regiões de clima tropical e subtropical, a dengue foi a única dentre as doenças tropicais negligenciadas a apresentar tendência de aumento na mortalidade nos últimos anos. Fatores relacionados ao ciclo de vida do principal vetor, fêmeas do mosquito Aedes aegypti, influenciam a distribuição espacial e o caráter sazonal da doença. A incidência de casos de dengue é dependente de uma complexa rede de relações entre vetor, vírus e hospedeiro, assim como a ocorrência de casos graves e de óbito. Desde a introdução do vírus, o estado de São Paulo vem apresentado epidemias envolvendo número cada vez maior de municípios, de incidência de casos e de óbitos por dengue. Objetivo - Avaliar a distribuição espacial, temporal e espaço-temporal dos óbitos por dengue no estado de São Paulo. Métodos - Trata-se de estudo ecológico, com componentes espacial e temporal, a partir da notificação de óbitos por dengue no SINAN, tendo como unidades de análise os municípios e as microrregiões do estado de São Paulo, no período de 1998 a 2017. Os óbitos por dengue no estado de São Paulo foram descritos segundo sexo e idade. As taxas de mortalidade bruta, padronizada por sexo e idade e suavizada pelo método bayesiano empírico local foram estimadas e mapeadas segundo município de residência. Os sorotipos detectados pelo Instituto Adolfo Lutz foram mapeados segundo microrregião. Estimou-se as tendências temporais da mortalidade. Aglomerados de alto risco espacial e espaço-temporal e de variação espacial na tendência temporal foram detectados e mapeados. O risco relativo espacial da mortalidade por dengue ajustado pelo tempo e covariáveis consideradas foi estimado por modelos Bayesianos Gaussianos Latentes com abordagem INLA (2007 - 2016). Foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo sob parecer de número 1.687.650. Resultados - Foram identificados 1.121 óbitos por dengue com confirmação laboratorial e residentes no estado de São Paulo entre 1998 e 2017. A mediana de idade foi de 57 anos. A média anual da mortalidade bruta por dengue no estado de São Paulo na série histórica foi de 0,14 óbitos por 100.000 habitantes. Houve tendência de elevação da mortalidade para todos os sexos e idades no período, sendo o crescimento mais proeminente nos adultos com >= 50 anos, e de aumento do percentual de municípios com casos e óbitos ao longo dos anos estudados. Houve associação positiva entre as regiões com maior quantidade de sorotipos e taxas de mortalidade mais elevadas. Aglomerados de alto risco foram identificados nas áreas com alta taxa de mortalidade. O grau de urbanização, número de anos com casos e a introdução de novo sorotipo associaram-se a um maior risco relativo para a mortalidade por dengue. Tanto as taxas de mortalidade mais elevadas, quanto os maiores riscos relativos para o óbito foram observados nas regiões norte, noroeste, oeste, sudeste e litoral do estado de São Paulo. Conclusão - a mortalidade por dengue no estado de São Paulo apresentou padrão cíclico e sazonal, com tendência de elevação principalmente nas faixas etárias mais avançadas. Houve identificação de agregados de área de alto risco, com associação do grau de urbanização, do número de anos com casos e da introdução de novo sorotipo a maior risco de mortalidade por dengue


Introduction - Considered a major global public health problem in tropical and subtropical regions, dengue was the only one among neglected tropical diseases to show an increase in mortality in recent years. Factors related to the life cycle of the main vector, females of Aedes aegypti mosquito, influence the spatial distribution and the seasonal nature of the disease. The incidence of dengue cases is dependent on a complex network of relationships between vector, virus and host, as well as the occurrence of severe cases and death. Since the introduction of the virus, the state of São Paulo has been presenting epidemics involving an increasing number of municipalities, incidence of cases and deaths due to dengue. Objective - To evaluate the spatial, temporal and spatial-temporal distribution of dengue deaths in the state of São Paulo. Methods - This is an ecological study, with spatial and temporal components, based on the notification of dengue deaths at SINAN, with the municipalities and microregions of the state of São Paulo as analysis units from 1998 to 2017. Deaths from dengue in the State of São Paulo were described according to sex and age. The crude mortality rates standardized by sex and age and smoothed by the local empirical Bayesian method were estimated and mapped according to the municipality of residence. The serotypes detected by the Adolfo Lutz Institute were mapped according to microregion. The temporal trends of mortality were estimated. High-risk space and space-time clusters and spatial variation in time trend were detected and mapped. The spatial relative risk of dengue mortality adjusted by time and covariables considered was estimated by Latent Gaussian Bayesian models with INLA approach (2007 - 2016). It was approved by the Research Ethics Committee of the School of Public Health of the University of São Paulo under opinion number 1,687,650. Results - A total of 1,121 dengue deaths with laboratory confirmation were identified and residents of the State of São Paulo between 1998 and 2017. The median age was 57 years. The annual average of the gross mortality from dengue in State of São Paulo in the historical series was 0.14 deaths per 100,000 inhabitants. There was a trend of increased mortality for all sexes and ages in the period, with the most prominent growth in adults aged >= 50 years, and an increase in the percentage of municipalities with cases and deaths over the years studied. There was positive association between the regions with the highest number of serotypes and the highest mortality rates. High-risk clusters were identified in areas with high mortality rates. The degree of urbanization, number of years with cases and the introduction of a new serotype were associated with a higher relative risk for dengue mortality. Both the highest mortality rates and the highest relative risks for death were observed in the north, northwest, west, southeast and coastal regions of the State of São Paulo. Conclusion - dengue mortality in the state of São Paulo presented a cyclical and seasonal pattern, with a tendency to increase mainly in the more advanced age groups. There was identification of high risk area clusters, with association of the degree of urbanization, number of years with cases and the introduction of a new serotype at greater risk of dengue mortality


Assuntos
Características de Residência , Dengue/mortalidade , Distribuição Temporal , Estudos Ecológicos
19.
São Paulo; s.n; 2018. 95 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-970389

RESUMO

Introdução: Os linfomas abrangem um grupo heterogêneo de neoplasias originadas no sistema linfático, diferentes quanto à sua histologia, prognóstico e epidemiologia, embora possa haver grande número de aspectos clínicos comuns. De acordo com sua morfologia, dividem-se dois grupos: os linfomas Hodgkin (LH) e os linfomas não-Hodgkin (LNH). Objetivo: Avaliar a tendência temporal da incidência de linfomas no período de 1997 a 2012, identificando a influência de fatores como o sexo, a idade, o período e a coorte e nascimento. Metodologia: Trata-se de um estudo ecológico. Foram obtidas, do Registro de Câncer de Base Populacional de São Paulo (RCBP-SP), informações sobre todos os casos novos de linfomas no Município de São Paulo, diagnosticados no período de 1997 a 2012. Informações sobre o número de habitantes do Município foram obtidas online através do site do Departamento de Informática do SUS. Para avaliar a tendência da incidência de linfomas no decorrer do período, segundo sexo e faixa etária, foram ajustados modelos lineares generalizados (MLG). Para avaliar a influência da idade, do período de diagnóstico e das coortes de nascimento na tendência da incidência dos linfomas, foi utilizado o modelo idade-período-coorte (IPC). Resultados e conclusões: Dos 18.037 casos analisados, 20,5% eram do tipo LH e 79,5% do tipo LNH. Entre os casos de LH, 52,6% eram homens e 70,0% tinham entre 20 e 39 anos. A taxa de incidência de LH padronizada por idade, por 100 mil habitantes, variou de 5,0 em 1997 para 4,0 em 2012, entretanto, não foi detectada nenhuma tendência significativa na incidência ao longo do tempo (p>0,05). O risco de desenvolver LH foi maior no sexo masculino do que no feminino apenas na faixa etária de 0 a 14 anos (p0,05). O risco de desenvolver LH segundo a faixa etária apresentou um padrão etário bimodal. No sexo feminino, os maiores riscos ocorreram nas faixas de 20 a 39 e de 65 anos e mais e, no masculino, nas faixas de 15 a 19 e de 65 anos e mais. O modelo IPC apontou uma influência da coorte de nascimento na incidência de LH em mulheres: para aquelas nascidas antes de 1960, quanto mais antiga a coorte, maior o risco de LH; para as nascidas após 1960, o risco relativo permaneceu estável. Entre os casos de LNH, 51,6% eram homens e 77,4% tinham mais de 40 anos. A taxa de incidência de LNH padronizada por idade, por 100 mil habitantes, passou de 22,6 em 1997 para 17,0 em 2012. Foi detectada uma tendência de decréscimo na incidência de LNH de 1,7% ao ano em todas as faixas etárias, em ambos os sexos (p<0,001). O risco de desenvolver LNH aumentou continuamente com o avançar da idade, em ambos os sexos. O modelo IPC não detectou efeitos de período. Para os homens, as coortes mais velhas apresentam maior risco e, as mais jovens, menor risco. Para as mulheres nascidas antes de 1960 o comportamento foi semelhante ao dos homens, para as nascidas após 1960, o risco relativo permaneceu estável


Introduction: Lymphomas comprise a heterogeneous group of neoplasias originating in the lymphatic system, different in their histology, prognosis and epidemiology, although there may be a large number of common clinical aspects. According to their morphology, two groups are divided: Hodgkin\'s lymphomas (HL) and non-Hodgkin\'s lymphomas (NHL). Objective: To evaluate the temporal trend of the incidence of lymphomas in the period from 1997 to 2012, identifying the influence of factors such as sex, age, period and cohort and birth. Methodology: This is an ecological study. Information about all new cases of lymphomas in the city of São Paulo, diagnosed in the period from 1997 to 2012, were obtained from the São Paulo Population Based Cancer Registry. Information on the number of inhabitants of the Municipality were obtained online through the website of the SUS Department of Informatics. To evaluate the trend of lymphoma incidence during the period, according to sex and age group, generalized linear models (GLM) were adjusted. The age-period-cohort (APC) model was used to evaluate the influence of age, diagnosis period and birth cohorts on the trend of lymphoma incidence. Results and conclusions: Of the 18,037 cases analyzed, 20.5% were HL type and 79.5% NHL type. Among the cases of HL, 52.6% were men and 70.0% were between 20 and 39 years old. The age-standardized incidence rate of HL per 100,000 population ranged from 5.0 in 1997 to 4.0 in 2012, however, no significant trend in incidence over time was detected (p> 0.05). The risk of developing HL was greater in males than in females only in the age group 0 to 14 years (p 0.05). The risk of developing HL according to the age group presented a bimodal age pattern. In females, the highest risks occurred in the 20-39 and 65-year-olds, and in the male, in the 15-19 and 65 years and older ranges. The APC model pointed to an influence of the birth cohort on the incidence of HL in women: for those born before 1960, the older the cohort, the higher the risk of HL; for those born after 1960, the relative risk remained stable. Among the cases of NHL, 51.6% were men and 77.4% were over 40 years old. The age-standardized incidence rate of NHL per 100,000 population increased from 22.6 in 1997 to 17.0 in 2012. A trend of a decrease in the incidence of NHL of 1.7% per year was observed in all ranges in both sexes (p <0.001). The risk of developing NHL increased steadily with advancing age in both sexes. The APC model did not detect period effects. For men, older cohorts are at higher risk, and younger cohorts are at lower risk. For women born before 1960 the behavior was similar to that of men, for those born after 1960, the relative risk remained stable


Assuntos
Linfoma não Hodgkin/epidemiologia , Doença de Hodgkin/epidemiologia , Incidência , Modelos Lineares , Idade de Início , Distribuição por Idade e Sexo , Estudos Ecológicos
20.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(2): 73-86, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-980206

RESUMO

Introdução:O uso de indicadores é imprescindível para a vigilância à saúde na perspectiva de monitoramento e avaliação da qualidade dos serviços em prol da efetividade das políticas públicas.Objetivo:Descrever a evolução temporal dos indicadores de saúde bucal do Rol de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores 2013-2015 do município de Santa Cruz em comparação com Natal e o Rio Grande do Norte.Métodos:Estudo ecológico que utilizou dados disponíveis no DATASUS referentes aos anos de 2008 a 2015 dos indicadores de saúde bucal do Rol de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores 2013-2015.Resultados:Com relação ao indicador cobertura de equipesde saúde bucal, Santa Cruz ultrapassou os resultados do Estado do Rio Grande do Norte mostrando alta cobertura para a população. Já os indicadoresmédia de escovação dental supervisionada e porcentagem de exodontias em relação aos procedimentos mostraram resultados insatisfatórios.Conclusão:Verifica-se que Santa Cruz possui um modelo de atenção odontológico de característica mutilatória e torna-se necessário a melhoria da organização dos serviços de saúde bucal a fim de possibilitar ao usuário do SistemaÚnico de Saúde uma atenção integral com práticas efetivas direcionadas à promoção da saúde e prevenção de doenças (AU).


Introduction: The use of indicators is essential for health surveillance in the perspective of monitoring and evaluating the quality of services for the effectiveness of public policies.ObjectiveTo describe the temporal evolution of the oral health indicators of the Guidelines, Objectives, Targets and Indicators Role 2013-2015 in the municipality of Santa Cruz in the period 2008-2015 in comparison with Natal and Rio Grande do Norte.Methods: Ecological study of data available in DATASUS for the years 2008 to 2015 of oral health indicators of the Guidelines, Objectives, Targets and Indicators Role 2013-2015.Results: Regarding the indicator of oral health care coverage, Santa Cruz exceeded the results of the State of Rio Grande do Norte showing high coverage for the population. However, the indicators of average supervised dental brushing and percentage of dental extraction in relation to the procedures showed unsatisfactory results.Conclusion: It is verified that Santa Cruz has a dental care model of mutilatory characteristic and it is necessary to improve the organization of oral health services in order to allow Unified Health System's user an integral attention with effective practices directed to health promotion and disease prevention (AU).


Assuntos
Brasil , Indicadores Básicos de Saúde , Vigilância em Saúde Pública , Gestão da Informação em Saúde , Pesquisa sobre Serviços de Saúde/métodos , Atenção Primária à Saúde , Interpretação Estatística de Dados , Base de Dados , Estudos Ecológicos , Monitoramento Epidemiológico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA