Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 47
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cienc. tecnol. salud ; 6(2): 120-131, jul dic 2019. ^c27 cmilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1095875

RESUMO

La Reserva de la Biosfera Maya (RBM) es un área protegida de relevancia nacional, regional y mundial por la diversidad biológica asociada y los beneficios que se obtienen de esta. En su plan maestro se plantea el conjunto de elementos de conservación a partir de los cuales se orientan estrategias y se evalúa la efectividad de manejo de dicha reserva, entre los cuales se incluye a Tapirella bairdii (tapir), por lo que es importante contar con un monitoreo de esta especie como una herramienta para la administración de esta reserva. En el 2015 se inició el desarrollo de un protocolo de monitoreo basado en la estimación de la probabilidad de ocupación y el presente estudio constituye la continuación de esta iniciativa a través de la implementación de las temporadas de muestreo en 2017 y 2018. Se registró la presencia del tapir en cinco zonas núcleo de la RBM empleando trampas cámara y se estimó la probabilidad de ocupación. Los valores estimados sugieren una rela¬ción de la ocupación con la integridad ecológica, en la cual hay una mayor ocupación en áreas con menor perturbación. Se generaron modelos con cinco covariables relacionadas con amenazas potenciales, sin embargo fue el modelo nulo el que se seleccionó de acuerdo al criterio definido. Los resultados sugieren que la integridad ecológica en las áreas de estudio está siendo afectada como consecuencia de las presiones antrópicas por lo que es necesario el fortalecimiento de aquellas con menores valores de ocupación


The Maya Biosphere Reserve (MBR) is a protected area of national, regional and global relevance due to the associated bio¬logical diversity and the benefits obtained from it. In its master plan, a set of conservation elements are selected, on which strategies are oriented and the management effectiveness is evaluated, among which Tapirella bairdii (Baird's tapir) is included, so it is important to have a monitoring of this species as a tool for the management of this reserve. In 2015, the development of a monitoring protocol based on the estimation of the probability of occupancy started and the present study constitutes the continuation of this initiative through the implementation of the sampling seasons in 2017 and 2018. It was registered the presence of the tapir in five core areas of the MBR using camera traps and the probability of occupancy was estimated. The estimated values in the study areas suggest a relationship of occupancy with the ecological integrity, in which there is a greater occupancy in areas with less disturbance. Models with five covariates related to potential threats were generated, however it was the null model that was selected according to the defined criteria. The results indicate that ecological integrity in the study areas is being affected as a result of the anthropic pressures, so it is necessary to strengthen those with lower occupancy values


Assuntos
Reservas Naturais/análise , Reservas Naturais/prevenção & controle , Conservação dos Recursos Naturais , Biodiversidade , Fauna/classificação
2.
An Real Acad Farm ; 83(5): 139-156, 2017. ilus, graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-172273

RESUMO

Se presenta una síntesis de la caracterización del entorno geográfico y de la vegetación natural del Balneario de San Nicolás, localizado en Alhama de Almería (Almería, Andalucía). Esta población, de ubicación privilegiada, domina la rambla del río Andarax y resulta un magnífico acceso para la exploración del entorno del conjunto montañoso de la Sierra de Gádor; además, la localidad, es una de las vías de acceso a las Alpujarras tanto almerienses como granadinas. A pesar del uso intensivo del territorio desde tiempos prehistóricos, el entorno de la Sierra de Gádor aún conserva importantes valores ecológicos y naturalísticos (AU)


A synthesis of the environmental characterization and natural vegetation of the geographic area of the San Nicolás spa, placed in Alhama de Almería (Almería, Andalusia), are presented. This village shows a privileged location on the upper part of the Andarax river canyon, having a wonderful access to explore the mountain environments of the Sierra de Gádor; moreover, the village is also a natural door to visit the Alpujarras natural region, in both Almería and Granada territories. Despite the intensive landscape human use since prehistorical times, some remarkable ecological and naturalistic features preserved at Sierra de Gádor deserve to be protected (AU)


Assuntos
Flora/classificação , Fauna/classificação , Seleção do Sítio , Fontes Termais/análise , Águas Termais/análise , Águas Termais/classificação
3.
Artigo em Inglês | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IBPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IBACERVO | ID: biblio-1064909

RESUMO

Com o ritmo atual de destruição dos ecossistemas surge a necessidade de se investir em técnicas que visem à conservação dos remanescentes florestais e das suas espécies.Nosso objetivo foi comparar duas técnicas para translocação da serrapilheira (com e sem a retirada da camada de serrapilheira preexistente), observando como varia a riqueza e composição de aranhas e formigas no local da translocação, a fim de definir a melhor forma de realizá-la. O estudo foi realizado em dois remanescentes de Mata Atlântica (fragmento doador e receptor) localizados em Salvador (BA). Antes da translocação foi realizada uma comparação de ambas as faunas, entre os fragmentos, e foi encontradadiferença significativa tanto na riqueza quanto na composição. Assim pôde-se realizar o experimento. Para tanto, foi realizada a caracterização ambiental a fim de translocar a serrapilheira para as unidades mais similares na tentativa de minimizar o estresse dos organismos. A riqueza em espécies tanto de aranhas quanto de formigas aumentou nasunidades que receberam a serrapilheira, sendo para aranhas mais elevada nas unidades onde não foi retirada a serrapilheira preexistente. Já para as formigas as duas formas parecem eficientes. Contudo, levando em consideração os dois grupos, propõe-se que atranslocação deve ser feita mantendo a serrapilheira preexistente.


Due to the current rhythm of ecosystem destruction, the development of new techniques aiming at the conservation of forest remnants and their biota is urgent. Our objective was to compare two techniques of leaf-litter translocation (with and without withdrawing the pre-extent litter layer), through observations on spider and ant richness and assemblage composition, in order to define the best way to perform translocation. The study was carried out in two Brazilian Atlantic rain forest remnants (called releaser and receptor fragments) in Salvador, State of Bahia, Brazil. A comparison between the faunas of both fragments was performed before translocation and a significant difference was found both in their richness and composition, which is an essential condition to carry out the experiment. A small scale environmental characterization] was made in order to choose similar units capable of minimizing the stress on leaf-litter organisms living there. Both for spidersand ants, the species richness increased in units that received leaf-litter and it was higher for spiders in units where the pre-extent litter had not been removed. For the ants, the two forms of translocation seem to be efficient. Nevertheless, taking into account the two groups of organisms, it is suggested that the translocation must be done maintaining the pre-extent leaf-litter.


Assuntos
Aranhas/classificação , Aranhas/crescimento & desenvolvimento , Formigas/classificação , Formigas/crescimento & desenvolvimento , Fauna/classificação
4.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 11(1A): 1-22, Dez 15, 2010.
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IBPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IBACERVO | ID: biblio-1060880

RESUMO

São Paulo harbors 231 mammal species until now. This is an estimate of its real diversity since manyregions of the State continue poorly surveyed, and also reflects the lack of taxonomic work for certain mammaltaxa. Nevertheless, our knowledge of the São Paulo mammals has increased in 20% in the last 12 years, especiallyin relation to bats and rodents. These new data are based in mammal inventories and also in the analysis ofspecimens housed in scientific collections associated with taxonomic revisions...


A fauna de mamíferos do estado de São Paulo consta de 231 táxons, sendo este número uma estimativa da real diversidade presente na região, dado a falta de amostragem em grandes extensões do estado, e também derevisões taxonômicas para determinados grupos. Ainda assim, nosso conhecimento aumentou em 20% desde aúltima estimativa em 1998, principalmente em relação aos quirópteros e roedores...


Assuntos
Animais , Biota , Classificação/métodos , Mamíferos , Fatores Abióticos/classificação , Fatores Abióticos/métodos , Fauna/análise , Fauna/classificação
5.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(2): 77-98, Apr.-June 2009. ilus, graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-529210

RESUMO

Apresentamos as 24 espécies de anfíbios anuros que ocorrem no Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), Pedregulho, São Paulo, sudeste do Brasil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis e Phyllomedusa ayeaye correspondem a novos registros para o estado de São Paulo, sendo a última espécie incluída na lista de espécies ameaçadas de extinção do Ibama e IUCN. Para caracterizar a taxocenose de anuros do PEFBJ, comparamos sua composição de espécies com a de outras 66 localidades em diversos biomas e fitofisionomias do Brasil. As 67 taxocenoses foram ordenadas e agrupadas por meio de uma Análise de Coordenadas Principais (ACOP) e uma Análise de Agrupamento (Cluster Analysis). As análises multivariadas permitiram a identificação de quatro grupos: um de taxocenoses amazônicas; dois de taxocenoses de Mata Atlântica, sendo um composto por floresta ombrófila densa dos estados da Bahia e Espírito Santo e sua transição com a floresta estacional semidecidual (Minas Gerais), e o outro por localidades de floresta ombrófila densa dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná e suas transições com a floresta ombrófila mista, floresta estacional semidecidual, além de taxocenoses do Bioma Pampa; no quarto grupo foram incluídas as taxocenoses de biomas que apresentam fitofisionomias mais abertas, como Caatinga, Cerrado, Pantanal e a Mata Atlântica (floresta estacional semidecidual). Os agrupamentos faunísticos obtidos indicam que as composições de espécies das 67 localidades analisadas estão fortemente relacionadas com o tipo de vegetação onde ocorrem. A grande diversidade observada entre as fisionomias vegetais pode ser relacionada às variações topográficas e climáticas encontradas nos diferentes biomas examinados (Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal). A taxocenose de anuros do PEFBJ foi agrupada àquelas presentes em biomas com fitofisionomias abertas (quarto grupo), apresentando grande similaridade ...


We present the 24 anuran species occuring in Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), municipality of Pedregulho, São Paulo state, southeastern Brazil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis, and Phyllomedusa ayeaye correspond to new records to the São Paulo state species list, the latter species considered as threatened in IBAMA and IUCN lists. In order to characterize the PEFBJ anuran assemblage we compare its species composition with 66 localities from different biomes in Brazil. The 67 assemblages were ordinated and grouped by Principal Coordinates Analysis (ACOP) and Cluster Analysis. The multivariate analysis allowed the identification of four groups: one from Amazonian forest assemblages; two from Atlantic forest assemblages, being one consisting of dense Atlantic rain forest of Bahia, Espírito Santo states and its transitions with seasonal semideciduous forests (Minas Gerais state), and the other one consisting of localities of dense Atlantic rain forest of Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná states and its transitions with araucaria rain forest (Atlantic rain forest with Araucaria angustifolia), seasonal semideciduous forests, and Pampas Biome assemblages; assemblages from more open physiognomies, as Caatinga (semiarid steppe of Northeast Brazil), Cerrado (Brazilian savanna), Pantanal (Brazilian wetlands), and the Atlantic forest (seasonal semideciduous forests) were included in the fourth group. The faunistic groups obtained indicate that species composition of the 67 localities are strongly related to the vegetation types where they occur. The great diversity observed among the physiognomic vegetation types could be related to the topographic and climatic variations found in the different biomes considered in our analysis (Amazon, Caatinga, Cerrado, Atlantic forest, Pampas and Pantanal). The anuran assemblage of PEFBJ was grouped among the biomes with open phytophysiognomies (fourth group), showing ...


Assuntos
Anfíbios , Anuros , Biodiversidade , Classificação , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema
6.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(2): 139-150, Apr.-June 2009. ilus, graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-529217

RESUMO

O Município de São Paulo é uma área bem amostrada em relação à fauna de répteis devido à coleta intensiva feita pela população local nos últimos 100 anos. Neste trabalho consultamos registros e examinamos exemplares de coleções científicas para elaborar uma lista das espécies da região. A fauna de répteis também foi caracterizada em relação a três parâmetros ecológicos: uso do ambiente, uso de substrato e hábitos alimentares. Registramos um total de 97 espécies de répteis (dois quelônios, um crocodiliano, 19 lagartos, sete anfisbenídeos e 68 serpentes). Aproximadamente 70 por cento da fauna de lagartos e 40 por cento das serpentes é composta por espécies típicas de ambientes florestais e ocorrem na Serra do Mar. Outros squamata são característicos de formações abertas e são encontrados, sobretudo nas formações abertas de Cerrado do interior paulista. Todas tartarugas e o crodiliano estão associados a corpos da água. Aproximadamente 63 por cento dos lagartos são predominantemente terrícolas e os demais são arborícolas. A maior parte das espécies de serpentes é terrícola (38 por cento) ou subterrânea/criptozóica (25 por cento), menor parte é arborícola (18 por cento) ou aquática (9 por cento). Artrópodes são o item predominante na dieta de lagartos. Quase 50 por cento das espécies de serpentes alimentam-se exclusivamente ou predominantemente de anfíbios anuros. Outros itens alimentares importantes são mamíferos (24 por cento), lagartos (18 por cento), vertebrados subterrâneos (10 por cento) e invertebrados (minhocas, moluscos e artrópodes; 15 por cento). Um total de 51 espécies não tem sido registrado ao longo dos últimos seis anos no município. Provavelmente muitas dessas espécies já estão extintas na região em função da intensa urbanização e perda de hábitats. O levantamento de espécies coletadas no Município de São Paulo e recebidas pelo Instituto Butantan em anos recentes permitiu identificar pelo menos 42 espécies de serpentes e 10 ...


The reptile fauna in the municipality of São Paulo is well sampled due to intensive collection in the last 100 years. In the present work we provide a checklist of reptile species in São Paulo municipality based on preserved specimens in scientific collections. The reptile fauna was also characterized by three ecological parameters: habitat use, substrate use, and diet. We recorded a total of 97 reptile species (two turtles, one crocodilian, 19 lizards, seven amphisbaenians, and 68 snakes). Approximately 70 percent of the lizards and 40 percent of the snakes are typical of forest habitats of the Serra do Mar mountain range. Other squamates are typical of open formations that occur mainly on inland Cerrado habitats. All turtles and the crocodilian are associated to riparian habitats. Approximately 63 percent of the lizards are predominantly terrestrial, and the remaining species are arboreal. Most species of snakes are terrestrial (38 percent) or subterranean/criptozoic (25 percent) whereas a smaller proportion are arboreal (18 percent) or aquatic (9 percent). Lizards feed upon arthropods. Almost 50 percent of the snake species are specialized or feed mainly upon anuran amphibians. Other important items consumed by snakes are mammals (24 percent), lizards (18 percent), subterranean vertebrates (10 percent), and invertebrates (earthworms, mollusks and arthropods; 15 percent). A total of 51 reptile species have not been recorded for the last six years. Probably many of these species are extinct in the region due the intense local urbanization and habitat loss. The survey of species collected in São Paulo municipality and received in the Instituto Butantan in recent years allowed the identification of 10 lizards at least 42 snake species already occurring in the region. The high species richness of the original fauna seems related to the geographic location of the municipality, in a contact zone between forested areas of the Atlantic Forest ...


Assuntos
Comportamento Alimentar , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema , Lagartos , Répteis , Substratos
7.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(2): 31-34, Apr.-June 2009. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-529205

RESUMO

Two new species of Sycorax Curtis from the Atlantic Rain Forest of Espírito Santo, S. cariacicaensis Santos & Bravo sp. nov. and S. espiritosantensis Santos & Bravo sp. nov., are described and illustrated.


Duas espécies novas de Sycorax Curtis da Floresta Atlântica do Espírito Santo, S. cariacicaensis Santos & Bravo sp. nov. e S. espiritosantensis Santos & Bravo sp. nov., são descritas e desenhadas.


Assuntos
Anatomia , Coleta de Dados/classificação , Dípteros , Ecossistema , Fauna/análise , Fauna/classificação , Psychodidae
8.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(2): 117-123, Apr.-June 2009. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-529214

RESUMO

Apresentamos aqui dados sobre a composição de espécies, o uso de hábitat e as estações reprodutivas dos anuros da floresta de restinga da Estação Ecológica Juréia-Itatins, sudeste do Brasil. Entre fevereiro e dezembro de 1993, foram realizadas visitas mensais à área de estudo, com permanência de três ou quatro dias, totalizando 28 dias de trabalhos de campo. Três poças pré-selecionadas foram investigadas diariamente entre 18:00 e 22:30 horas, quando foi estimado o número de machos vocalmente ativos nas agregações observadas, tentando-se localizá-los visualmente em seus substratos característicos de vocalização. A fauna é composta por 20 espécies, a maior riqueza já registrada em um ambiente de restinga do Brasil. De acordo com os critérios da IUCN, oito dessas espécies possuem populações em declínio, devido principalmente à perda de hábitat. Onze espécies apresentaram machos em atividade de vocalização e reprodução nas poças monitoradas mensalmente durante todo o período de estudo; a maioria dos hilídeos apresentou segregação vertical em seus sítios de vocalização sobre a vegetação marginal. Scinax hayii e S. littoralis foram consideradas de reprodução contínua, mas o período reprodutivo da maior parte das espécies mostrou-se associado à estação chuvosa. A alta riqueza de espécies observada na área e a indicação de declínios populacionais de algumas espécies em outras regiões sugerem que a região da Juréia apresenta uma grande relevância como área de preservação de anuros.


Herein we present data on species composition, habitat use, and calling seasons of anurans from the Restinga forest of the Estação Ecológica Juréia-Itatins, Southeastern Brazil. The study site was visited monthly (3 to 4 days) between February and December 1993, a total of 28 days of field work. Three previously selected puddles were searched for anurans between 6:00 and 10:30 PM, when the number of calling males of each species was estimated and the positions of their calling sites were recorded. Anuran fauna is composed by 20 species, the highest richness ever recorded in a Brazilian restinga habitat. According to IUCN criteria, eight of these species have populations declining mainly due to habitat loss. Eleven species showed calling males in the three pools monitored during the study period; most hylids showed some vertical segregation on the marginal vegetation used as calling sites. Scinax hayii and S. littoralis were considered continuous breeders, but the calling and breeding period of most species was associated to the rainy season. The high species richness recorded and the indication of declining populations for some species outside the area suggest the E.E. Juréia-Itatins has a high potential to preserve anuran fauna.


Assuntos
Anfíbios , Anuros , Ecossistema , Fauna/análise , Fauna/classificação , Estação Chuvosa , Reprodução
9.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(1): 147-155, Jan.-Mar. 2009. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-518440

RESUMO

Here we provide a list of amphibians and reptiles of Estação de Pesquisa e Desenvolvimento Ambiental de Peti, an Atlantic rainforest reserve located in the mountains of the Espinhaço Range, State of Minas Gerais, southeastern Brazil. This list originated from a 78-days inventory conducted in the area 13 years after a first inventory. We actively searched for amphibians and reptiles in forest trails and anuran breeding sites. Between April 2002 and October 2004 we recorded 48 species belonging to Anura (29 species), Gymnophiona (1), Chelonia (1), Crocodylia (1), and Squamata (16 species: one amphisbaenian, five lizards and 10 snakes). Thirteen species were not recorded in the first inventory, and 14 species previously recorded were not found in the present work. Possible explanations for these differences are discussed. Although none of the recorded species is included in the available lists of threatened species for the State of Minas Gerais and Brazil, the reserve must be considered an important source of natural habitats to the local herpetofauna.


Fornecemos aqui uma lista de espécies de anfíbios e répteis da Estação de Pesquisa e Desenvolvimento Ambiental de Peti, uma reserva de Mata Atlântica localizada nas montanhas da Cadeia do Espinhaço, estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. Essa lista originou-se de um inventário conduzido durante 78 dias de trabalhos de campo, 13 anos após a realização de um primeiro levantamento. Entre abril de 2002 e outubro de 2004, aplicamos o método de procura visual durante caminhadas nas trilhas da floresta, em diversos corpos d'água e nos sítios reprodutivos dos anuros. Foram registradas 48 espécies, incluídas nas ordens Anura (29), Gymnophiona (1), Chelonia (1), Crocodylia (1) e Squamata (16 espécies: uma anfisbena, cinco lagartos e 11 serpentes). Treze espécies não haviam sido registradas no inventário anterior, e 14 espécies registradas anteriormente não foram detectadas em nosso inventário. São discutidas possíveis explicações para as diferenças observadas. Embora nenhuma espécie esteja incluída nas listas de espécies ameaçadas do Estado de Minas Gerais e do Brasil, a reserva deve ser considerada importante para a manutenção das populações da herpetofauna local.


Assuntos
Anfíbios , Anuros/classificação , Biodiversidade , Fauna/classificação , Lagartos/classificação , Répteis/classificação , Serpentes/classificação
10.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(1): 207-216, Jan.-Mar. 2009. ilus, graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-518443

RESUMO

O cerrado brasileiro é um dos 25 "hotspots" da Terra, áreas caracterizadas pela concentração de espécies endêmicas e por experimentar excepcional perda de hábitat. São conhecidas cerca de 150 espécies de anfíbios no Cerrado brasileiro, e aproximadamente 28% dessas espécies são endêmicas. Trabalhos com comunidades de anuros do cerrado ainda são escassos, e a forte pressão antrópica, o alto grau de endemismo e o declínio de populações de anuros registrados nesse bioma reforçam a importância de estudos relacionados à anurofauna. O presente trabalho apresenta um inventário de espécies de anuros em duas unidades de conservação no cerrado da cidade de Assis, sudoeste do Estado de São Paulo: Estação Ecológica de Assis e Floresta Estadual de Assis. Durante o estudo, foram registradas 23 espécies distribuídas em 13 gêneros e seis famílias. A fauna de anuros do cerrado de Assis é fortemente dominada pelas famílias Hylidae (oito espécies) e Leptodactylidae (seis espécies), um padrão comumente encontrado em localidades da região Neotropical. A riqueza de espécies e a representatividade das famílias foram similares às encontradas em outras áreas de cerrado do Brasil e de formações vegetais antropizadas com perda de área florestal e aumento de áreas abertas. A taxocenose de anuros da localidade de estudo é composta por espécies amplamente distribuídas em ambientes abertos do complexo Cerrado-Caatinga-Chaco.


The Brazilian cerrado is a hotspot of biodiversity, areas with many endemic species subjected to severe habitat loss. About 150 amphibian species are known to the Brazilian cerrado, and 28% of them are endemic. Studies focusing cerrado anuran communities are rare. Here we provide a commented list of anurans of two conservation unities of the municipality of Assis, southeastern Brazil: the Estação Ecológica de Assis and the Floresta Estadual de Assis. Twenty three anuran species were recorded, and these belong to 13 genera and six families. The anuran fauna of the cerrado of Assis is dominated by the families Hylidae (eight species) and Leptodactylidae (six species), a pattern commonly found in neotropical sites. Species richness and taxonomic composition at the family level were similar to those of other Brazilian cerrados and perturbed areas characterized by deforestation and increase of open areas. The taxocenosis contains species widespread in open formations of the Cerrado-Caatinga-Chaco complex.


Assuntos
Anfíbios , Anuros , Biodiversidade , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise , Ecossistema/classificação
11.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 9(1): 253-255, Jan.-Mar. 2009. mapas
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-518448

RESUMO

During an inventory fieldwork carried out at Usina Salgado property in the county of Ipojuca, Pernambuco, Brazil, we captured a Lionycteris spurrelli specimen in a forest fragment known as Mata do Mingú (8º 31' 29" S and 35º 03' 26" W). This marks the first occurrence for the northeast region and therefore, the first record for the state of Pernambuco, widening its distribution area within Atlantic Forest. The extension of the occurrence area points out this record as being the oriental limit for the species.


Durante um trabalho de campo realizado nas propriedades da Usina Salgado, no município de Ipojuca, Pernambuco, foi capturado um indivíduo da espécie Lionycteris spurrelli, no fragmento denominado Mata do Mingú (8º 31' 29" S e 35º 03' 26" W). O fato registra a primeira ocorrência para a região Nordeste e conseqüentemente o primeiro registro para o estado de Pernambuco, ampliando a área de distribuição do morcego na Floresta Atlântica. A extensão da área de ocorrência aponta este registro como o limite oriental para a espécie.


Assuntos
Comportamento , Quirópteros , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise , Ecossistema/classificação , Mamíferos/crescimento & desenvolvimento
12.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(4): 51-61, Oct.-Dec. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-509783

RESUMO

A Mata Atlântica é um dos ambientes mais ricos e ameaçados do mundo, o que deveria ter estimulado em muito o estudo e a conservação do Bioma, mas a fauna de Hymenoptera permanece ainda relativamente pouco conhecida. Em especial, a fauna de abelhas da floresta ombrófila densa é pouco estudada em comparação à fauna das áreas abertas brasileiras. O projeto temático "Biodiversidade de Hymenoptera e Isoptera: riqueza e diversidade ao longo de um gradiente latitudinal na Mata Atlântica - a floresta úmida do leste do Brasil", integrante do Programa Biota-Fapesp, foi idealizado com o objetivo de catalogar térmitas, formigas e famílias selecionadas de vespas ao longo da Mata Atlântica, disponibilizando dados que permitam melhor embasar a conservação deste bioma. O protocolo de amostragem aplicada para a coleta de himenópteros (excluindo as formigas) empregou armadilhas Malaise, pratos-armadilha de cor amarela e esforço similar na varredura de vegetação ao longo de 17 localidades selecionadas, representando um gradiente de quase 20º de latitude na Mata Atlântica, dos Estados da Paraíba até Santa Catarina. Este protocolo foi definido para otimizar a coleta de vespas, sendo as abelhas um produto secundário da amostragem (levantamentos de abelhas em geral utilizam captura em flores ao longo das estações do ano). No entanto, devido à escala regional do projeto e ao grande esforço de amostragem, uma expressiva quantidade de abelhas foi coletada durante o projeto, incluindo novos registros de abelhas para a Mata Atlântica. Foi amostrado um total de 797 espécimes distribuídos em 105 espécies de abelhas; o grupo de abelhas mais rico e abundante foi Meliponina. Uma análise de correspondência "destendenciada" ('detrended correspondence analysis') aplicada à uma matriz de presença ou ausência de Meliponina revela a relativamente fraca influência do gradiente latitudinal na composição das assembléias de abelhas de Mata Atlântica. Uma listagem das espécies...


The Atlantic Forest is one of the most rich and endangered natural environments in the world. It is expected then that this situation would have encouraged the study and conservation of this biome; the Atlantic forest Hymenoptera fauna, however, remains virtually unknown. The bee fauna, for instance, is less studied than that of the Brazilian open areas. The overall ignorance on most of the Atlantic Forest insect faunas based the elaboration of the project "Biodiversity of Hymenoptera and Isoptera: richness and diversity along a latitudinal gradient in the Atlantic Forest - the humid eastern forest of Brazil", within the Biota-Fapesp Program, that aimed to catalog the termites, ants and several wasp families along the Atlantic forest and to publish data that could contribute to the biome conservation. Similar sampling protocols were applied for wasp surveys: the same number of Malaise and pan traps and similar effort on vegetation swapping, along 17 selected localities, representing a gradient of almost 20º of latitude in evergreen pristine Atlantic Forest, from Paraíba to Santa Catarina Brazilian states. These protocols were defined to optimize the collecting of wasps; bees represented a 'secondary product' of the sampling protocol. A sum of 797 specimens representing 105 bee species was sampled; the richest and more abundant bee taxon was the Meliponina. Unfortunately the applied sampling method does not afford comparisons among Atlantic Forest bee assemblages with those of other biomes. The detrended correspondence analysis using only the relative frequencies of Meliponina species revealed a weak correspondence of the stingless bee assemblages' composition with the latitudinal gradient. Despite that, the sampled taxa are possibly restricted to the Atlantic forest and additional data on their distribution deserves to be published. A complete checklist of the sampled bees, their relative frequencies, and the localities where they were...


Assuntos
Abelhas/classificação , Biodiversidade , Fauna/análise , Fauna/classificação , Insetos/classificação , Árvores , Vespas
13.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(3): 63-68, jul.-set. 2008. graf, mapas, tab
Artigo em Inglês | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-500486

RESUMO

We provide a checklist of snake species from Ilha de São Sebastião (Ilhabela), the largest coastal island in Brazil located on the northern coast of São Paulo state. We also compare snake diversity (including richness and relative abundance of species) of Ilhabela and the nearest mainland municipality, São Sebastião. We obtained the data from the herpetological collections of the Instituto Butantan and Museu de Zoologia of Universidade de São Paulo, including records from 1939 to 2005. We recorded twenty snake species from Ilhabela (N = 376 individuals), and the dominant species was the viperid Bothrops jararaca with 55 percent of dominance. In São Sebastião we recorded 27 species (N = 625), and Bothrops jararaca was also the dominant species, but with 25 percent of dominance. Some common species seem to be more abundant in the mainland. Even considering the different number of individuals sampled between localities, rarefactions curves and richness estimations confirm that São Sebastião should present a higher number of species. The Chao 1 estimates 20 species (19 to 21 spp.) for Ilhabela, and 32 species (27 to 37 spp.) for São Sebastião. One of the most distinctive aspects of the snake fauna of Ilhabela is the occurrence of four species of the genus Dipsas (D. albifrons, D. alternans, D. neivai,and D. petersi). Throughout most of the coastal Atlantic Forest of São Paulo state only D. petersi is recorded. This is the first assessment of diversity of snakes in Ilha de São Sebastião and the municipality of São Sebastião. Thus, it is a contribution to the knowledge and conservation of the herpetofauna of the region and of the Atlantic Forest of southeastern Brazil.


Apresentamos uma lista de espécies de serpentes da Ilha de São Sebastião (Ilhabela), maior ilha continental do Brasil localizada no litoral norte do estado de São Paulo. Comparamos a diversidade de serpentes (incluindo riqueza e abundância relativa de espécies) entre Ilhabela e São Sebastião, o município mais próximo no continente. Obtivemos os dados a partir das coleções herpetológicas do Instituto Butantan e Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, incluindo registros de 1939 a 2005. Registramos vinte espécies de serpentes em Ilhabela (N = 376 indivíduos), e a espécie dominante foi o viperídeo Bothrops jararaca com 55 por cento de dominância. Em São Sebastião registramos 27 espécies (N = 625), e Bothrops jararaca também foi a espécie dominante, mas com 25 por cento de dominância. Por outro lado, algumas espécies comuns parecem ser mais abundantes no continente. Mesmo considerando o número diferente de indivíduos amostrados entre as localidades, curvas de rarefação e estimativas de riqueza confirmam que São Sebastião deve apresentar um maior número de espécies. Chao 1 estimou 20 espécies (19 a 21 spp.) para Ilhabela e 32 espécies (27 a 37 spp.) para São Sebastião. Porém, um dos aspectos que mais diferenciam a fauna de serpentes de Ilhabela é a ocorrência de quatro espécies do gênero Dipsas (D. albifrons, D. alternans, D. neivai, e D. petersi). Ao longo da maior parte do litoral da Mata Atlântica costeira do estado de São Paulo apenas D. petersi é registrada. Esta é a primeira avaliação da diversidade da fauna de serpentes da Ilha de São Sebastião e do município de São Sebastião. Desta forma, este estudo contribui para o conhecimento e conservação da herpetofauna da região assim como da Mata Atlântica do sudeste do Brasil.


Assuntos
Biodiversidade , Coleta de Dados , Costa/análise , Ecologia , Fauna/análise , Fauna/classificação , Serpentes
14.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(3): 207-227, jul.-set. 2008. ilus, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-500499

RESUMO

O cerrado é um dos biomas mais ameaçados no mundo, apresentando algumas das maiores taxas de destruição causadas principalmente pela agropecuária. Poucos estudos têm avaliado a diversidade local de aves no cerrado, especialmente em áreas marginais desse bioma. A Estação Ecológica de Itirapina (EEI) contém um dos últimos remanescentes de campos naturais e cerrados do estado de São Paulo. Um levantamento das aves desta unidade de conservação, feito tanto por observações casuais como sistemáticas entre 1998 e 2007, e complementado por revisão de literatura, revelou que 231 espécies apresentaram ocorrência recente na área. Desse total, 38 espécies (16,4 por cento) encontram-se na lista de espécies ameaçadas para o estado de São Paulo e/ou são endêmicas do Cerrado, um alto número quando comparado com outras áreas de cerrados paulistas ou mesmo em relação ao Brasil Central. Tal fato reforça a importância da EEI em relação à conservação da avifauna e demonstra que a mesma está mantendo sua função de conservar a biodiversidade. Adicionalmente, ao longo dos 10 anos de estudo foram detectadas várias ameaças à EEI, e neste sentido são recomendadas aqui algumas sugestões de manejo que consideramos essenciais para essa unidade de conservação manter ou mesmo aumentar sua diversidade de aves.


Currently the Cerrado biome is one of the most threatened in the world because high taxes of destruction, mostly by agriculture and cattle. Few assessments of local bird diversity have been made in this biome, particularly in non core areas. The Estação Ecológica de Itirapina (EEI) maintains one of the last natural grassland savannah remnants of state of São Paulo, south-east Brazil. We conducted casual and systematic observations of birds in this reserve between 1998 and 2007, which altogether with additional literature revision yielded 231 species with recent occurrence. We report 38 species (16.4 percent) threatened with extinction in São Paulo and/or endemic to the Cerrado Region, an impressive result in comparison to other cerrado areas in São Paulo and even in Central Brazil. These results reinforce the importance of EEI for bird conservation and mean EEI is maintaining its function as a conservation unity. However, as a result of several menaces observed to this reserve during our ten years study, we suggest some management practices for the maintenance or even increasing of bird diversity in this reserve.


Assuntos
Biodiversidade , Aves , Ecologia , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise , Ecossistema/efeitos adversos
16.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(2)Apr.-June 2008. ilus, graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-489031

RESUMO

O município de São José do Barreiro (SP), localizado no domínio da Floresta Atlântica, em altitudes que oscilam entre 480 e 2088 m, apresenta grande complexidade topográfica e climática, que resulta na presença de inúmeras fitofisionomias, como os Campos de altitude, Floresta Estacional Semidecidual e Florestas Ombrófilas Densa e Mista. O objetivo deste estudo foi verificar a riqueza de espécies de anuros em duas áreas deste município: uma de Floresta Estacional Semidecidual e outra de Floresta Ombrófila Densa. Foram realizadas buscas ativas diurnas e noturnas, entre abril de 2004 e dezembro de 2006. O inventário resultou no registro de 35 espécies de anuros de nove famílias. A riqueza de espécies observada na área de estudo é similar a de outras localidades consideradas preservadas como a Estação Ecológica Juréia-Itatins (Peruíbe, SP) e a Serra do Japi (Jundiaí-SP). A similaridade na composição de espécies de sete localidades no Estado de São Paulo foi associada à fisionomia da vegetação das áreas amostradas. A grande variação de altitude, a presença de diferentes formações vegetais e o pouco conhecimento da fauna local, torna o inventário da sua anurofauna de suma importância para estudos futuros de conservação destas espécies.


The municipality of São José do Barreiro (SP) located in the Atlantic Forest Domain, at elevations between 480 and 2088 m above sea level, exhibit ample topografic and climatic complexity that result in the presence of severals phytophysionomies with High Mountain Grasslands, Seasonal Semideciduous Forest, Tropical Rainforest, and Araucaria Forest. The aim of this study was to verify the anuran species richness in two different forest habitats in this area, one in a Seasonal Semideciduous Forest and the other in a Tropical Rainforest. Animals were collected by active search from April 2004 to December 2006. In the studied period, we registered 35 anuran species in nine families. The anuran richness observed in the studied region is similar to other localities considered preserved, as the Estação Ecológica Juréia-Itatins (Peruíbe, SP) and Serra do Japi (Jundiaí-SP). The similarity in species composition among seven localities in Atlantic Forest in São Paulo state was associated to the vegetal types of the studied areas. The ample altitude variation, the presence of different types of vegetation, and the little knowledge of the local fauna in this region, make the surveys very important to support future studies on species conservation.


Assuntos
Anfíbios , Anuros/classificação , Biodiversidade , Mudança Climática , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise
17.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(2)Apr.-June 2008. graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-489041

RESUMO

O estado do Espírito Santo é uma das regiões reconhecidas como uma das mais ricas em termos de diversidade de espécies. Entretanto, o conhecimento sobre a fauna de mamíferos é ainda limitado. Devido à falta de uma lista completa sobre as espécies de mamíferos silvestres do estado e à pouca informação sobre os registros dessas espécies, realizamos um estudo sistemático sobre o status do conhecimento científico das espécies de mamíferos do Espírito Santo. Assim, reunimos em um banco de dados digital as informações sobre os registros de ocorrência das espécies de mamíferos utilizando dados publicados ou associados a espécimes tombados em museus. Verificamos, também, quais as regiões do estado onde houve um maior esforço de coleta da fauna de mamíferos e onde a riqueza de espécies é mais elevada utilizando o programa DIVA. Como resultado, geramos uma lista de 138 espécies de mamíferos silvestres no Espírito Santo que inclui espécies ameaçadas de extinção e endêmicas da Mata Atlântica, além de duas típicas do Cerrado. Esse estado possui regiões do seu território consideradas lacunas de conhecimento, pois não existem muitas informações sobre a mastofauna. O extremo norte do estado é a principal região onde o conhecimento é limitado. As microrregiões do Espírito Santo onde se realizaram mais levantamentos da fauna de mamíferos foram a Central Serrana e a Pólo Linhares. A lista de espécies de mamíferos é uma diretriz para as próximas pesquisas a serem realizadas no estado, entretanto não se pode afirmar que é uma lista completa. É importante que sejam realizados outros levantamentos faunísticos no estado com maior abrangência geográfica e esforço amostral, principalmente nas regiões onde as informações são escassas.


The state of Espírito Santo has been recognized as one of the richest Brazilian states in terms of species diversity, but the knowledge on its mammal fauna is still limited. Due to the lack of a complete list of wild mammals occurring in the state and to the scarcity of information associated to species records, we carried out a study on the state of scientific knowledge on mammal species in the state of Espírito Santo. We compiled a digital database with locality records of mammal species from published data and museum specimens. We used the software DIVA to verify where efforts for recording mammals are located and also where species richness is higher. As a result, we generated a list of 138 Espírito Santo mammals, which includes threatened animals and Atlantic Forest endemic species, and two species typical of the Cerrado. We found regions that are knowledge gaps, especially in the northern part of the state. There have been more mammal surveys in the micro regions "Central Serrana" and "Pólo Linhares". The list of mammal species is a guideline for future research, even though it is not exhaustive. We recommend conducting faunal surveys focusing on larger geographic areas and intensive sampling efforts, mainly in those regions where information is scarce.


Assuntos
Animais Selvagens , Biodiversidade , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise , Ecossistema/classificação , Mamíferos/classificação
18.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-489045

RESUMO

Em 18 de julho de 2007, um indivíduo de Artibeus lituratus marcado com coleira plástica numerada foi recapturado no Parque Natural Municipal da Serra do Mendanha, município do Rio de Janeiro, 96 dias após ter sido capturado e marcado na Ilha de Itacuruça, no sul do Estado do Rio de Janeiro. A distância linear entre os pontos de marcação e recaptura sugere um deslocamento de no mínimo 35 km, sendo 500 m sobre o mar.


One individual of Artibeus lituratus, marked with a colored and numbered plastic color necklace was recaptured on July 18th, 2007 at the Parque Natural Municipal da Serra do Mendanha, Rio de Janeiro, Brazil, 96 days after being captured and marked at Itacuruça Island, located on southern Rio de Janeiro State. The linear distance between the plots of marking and recapture suggests a minimum movement of 35 km, being 500 m oversea.


Assuntos
Comportamento , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/análise , Ecossistema/classificação , Mamíferos/classificação , Quirópteros/crescimento & desenvolvimento
19.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(1): 55-60, jan.-mar. 2008. mapas, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-488465

RESUMO

The Paranã Valley, located in the Central Brazil Plateau, within the domain of the Cerrado biome, is frequently cited as a center of endemism and diversity. Nonetheless, this region is poorly known, mainly considering its invertebrate fauna. Here, drosophilid flies were used as biological tools to contribute to a broader inventory, whose goals were mapping the Cerrado biodiversity and identifying areas to be conserved. Three previously unsampled areas in the Paranã Valley were sampled. Amongst the 12,297 specimens collected 45 species were identified, which represents 50 percent of the drosophilid species previously recorded in the Cerrado. Moreover, this sampling presented eight new occurrences for the biome (Drosophila annulosa, D. calloptera, D. papei, D. neomorpha, D. roehrae, Gitona bivisualis, Rhinoleucophenga lopesi, and the genus Diathoneura) and three species that had only one record for the biome, or that were recorded only in a specific area. Therefore, this study confirms the importance of the Paranã Valley as a center of biodiversity in the Cerrado biome, and recommends the establishment of conservation units in this region.


O Vale do Paranã localiza-se no Brasil Central, no domínio do bioma Cerrado, e é freqüentemente citado como um centro de diversidade e endemismo. Entretanto, essa região ainda é pouco conhecida, principalmente no que se refere à fauna de invertebrados. Este estudo apresenta a fauna de drosofilídeos de três áreas nunca avaliadas anteriormente no Vale do Paranã, visando contribuir para um inventário mais amplo, cujos objetivos foram mapear a biodiversidade da região e identificar áreas para serem preservadas. Dentre os 12.297 espécimes coletados foram identificadas 45 espécies, correspondendo a 50 por cento dos drosofilídeos previamente registrados no Cerrado. Além disso, este trabalho acrescentou oito novas ocorrências para o Cerrado (Drosophila annulosa, D. calloptera, D. papei, D. neomorpha, D. roehrae, Gitona bivisualis, Rhinoleucophenga lopesi e o gênero Diathoneura) e três outras espécies com apenas uma única ocorrência para o Cerrado, ou registradas em apenas uma área específica do bioma. Nesse contexto, este estudo confirma a importância do Vale do Paranã como um centro de biodiversidade do Cerrado, e recomenda o estabelecimento de unidades de conservação nessa região.


Assuntos
Biodiversidade , Classificação , Dípteros , Fauna/análise , Fauna/classificação , Insetos/classificação , Invertebrados/classificação
20.
Biota neotrop. (Online, Ed. port.) ; 8(1): 125-131, jan.-mar. 2008. graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-488474

RESUMO

O estudo foi desenvolvido no Campus da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), localizado na Depressão Central do Rio Grande do Sul, no bioma Pampa. Aqui uma listagem de mamíferos é apresentada e são discutidas a ocupação espacial e estratégias de conservação da mastofauna local. Entre novembro de 2001 e outubro de 2002 foram registradas 26 espécies nativas e duas espécies exóticas (Lepus europaeus e Mus musculus) de mamíferos, distribuídas em 14 famílias. A maioria das espécies registradas apresenta ampla distribuição, é comumente associada a áreas abertas e apresenta tolerância a distúrbios antrópicos. Entretanto, também foram registradas espécies consideradas raras ou ameaçadas no Estado do Rio Grande do Sul (Lontra longicaudis, Monodelphis dimidiata e Nyctinomops laticaudatus), para as quais são sugeridas estratégias de conservação. A baixa diversidade de espécies registrada no Campus pode estar relacionada à forte pressão de modificações antrópicas, à pequena extensão da área estudada ou a fatores históricos, já que a área de estudo é originalmente campestre (Pampa), tipo de ambiente que abriga menor diversidade de mamíferos que áreas de florestas nativas.


The study was conducted in the Campus of the Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), which is located in the Central Depression of Rio Grande do Sul State, in the Pampa biome. Here, a mammal list is presented and spatial occupation and conservation strategies of local mammals are discussed. Between November 2001 and October 2002, 26 native species and two exotic species of mammals (Lepus europaeus and Mus musculus) were recorded, representing 14 families. Most recorded species presents wide distribution, is likely associated to open environments and is tolerant to human disturbances. However, we also recorded three species that are considered rare or threatened in the State of Rio Grande do Sul (Lontra longicaudis, Monodelphis dimidiata and Nyctinomops laticaudatus), for which conservation strategies are recommended. The low species richness recorded in the Campus can be related to the strong pressure of human disturbances, to the small extension of the studied area or to historical factors, as the studied area is originally a grassland (Pampa), a type of environment containing a lower mammalian diversity than native forests.


Assuntos
Biodiversidade , Classificação , Ecossistema , Fauna/análise , Fauna/classificação , Ecossistema/efeitos adversos , Mamíferos/classificação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA