Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 3.254
Filtrar
1.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180104, Jan.-Dec. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1101981

RESUMO

ABSTRACT Objective: To identify work aspects that generate satisfaction for the professionals who work in the Family Health Strategy. Method: This was a qualitative, descriptive study that involved five geographical regions of Brazil, and 27 Family Health Teams from six municipalities. The data were collected from 76 health professionals using semi-structured interviews, and were analyzed articulating the three phases of content analysis using Atlas.ti software resources. Results: The findings showed 129 statement excerpts, with 14 codes, grouped into three categories related to satisfaction. The category, Job Identification and Family Health Strategy Principles, represented 40.3%, with the codes: team work, job affinity, health model, completeness of care, and longitudinality of care. The category, Relationship with Family Health Strategy patients, represented 32.6%, with the following codes: bonding with patient, resoluteness of care, patient satisfaction, and patient care. Finally, the category, Professional and Working Aspects related to the Family Health Strategy, represented 27.1%, with the following codes: relationship with professionals, work recognition, enjoying the profession, team organization, and employment relationship. Conclusion: Professional satisfaction is associated with the work principles of the Family Health Strategy, and with the relationships that are established between patients, professionals and health management. It also has a subjective dimension, with a strong relationship with characteristics of the work process, how it is organized, and under what conditions and relationships this work occurs.


RESUMEN Objetivo: Identificar los aspectos del trabajo, que generan satisfacción en los profesionales de salud que actúan en la estrategia de salud familiar. Método: Estudio cualitativo que incluye 5 regiones geográficas del Brasil, 27 equipos de salud familiar de 6 municipios. Los datos fueron obtenidos, a través de 76 profesionales de salud por medio de entrevistas semi estructuradas y analizados, articulando las tres frases de Análisis del Contenido y los recursos del software Atlas ti. Resultados: Seleccionaron 129 extractos de conversaciones, 14 códigos agrupados en 3 categorías relacionadas a la satisfacción. La categoría Identificación con el trabajo y principios de la Estrategia salud de la familia, representó 40,3%; tuvo los códigos: trabajo en equipo, afinidad con el trabajo, modelo de salud, integralidad de la asistencia, longitudinalidad del cuidado. La categoría, Relación con los Usuarios en la Estrategia salud de la familia, representó el 32,6% con los siguientes códigos: vinculo con el usuario, resolutividad de la asistencia, satisfacción del usuario y asistencia al usuario. Finalmente, la categoría Aspectos Profesionales y de Trabajo, relacionados con la estrategia salud de la familia, representó 27,1% con los siguientes códigos: Relación con los profesionales, reconocimiento del trabajo, gusto por la profesión, organización del equipo, vinculo del trabajo. Conclusión: La satisfacción del profesional está asociada a los principios del trabajo en la Estrategia Salud de la Familia, a las relaciones que se establecen entre usuarios, profesionales y gestión de la salud. También posee una dimensión subjetiva, fuertemente relacionada con las características del proceso de trabajo, como se encuentra organizado, sus condiciones y relaciones.


RESUMO Objetivo: Identificar os aspectos do trabalho que são geradores de satisfação para os profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família. Método: Estudo qualitativo do tipo descritivo que envolveu 5 regiões geográficas do Brasil, 27 equipes de Saúde da Família de 6 municípios. Os dados foram coletados com 76 profissionais de saúde por meio de entrevistas semiestruturadas e analisados articulando as três fases da Análise de Conteúdo e dos recursos do software Atlas.ti. Resultados: Indicaram 129 trechos de falas e 14 códigos agrupados em 3 categorias relacionadas à satisfação. A categoria Identificação com o trabalho e princípios da Estratégia Saúde da Família representou 40,3% e teve os códigos: trabalho em equipe, afinidade com o trabalho, modelo de saúde, integralidade da assistência, longitudinalidade do cuidado. A categoria relações com os usuários na Estratégia Saúde da Família representou 32,6% com os seguintes códigos: vínculo com o usuário, resolutividade da assistência, satisfação do usuário, assistência ao usuário. Por fim, a categoria aspectos profissionais e trabalhistas relacionados à Estratégia Saúde da Família, representou 27,1% com os seguintes códigos: relação com os profissionais, reconhecimento do trabalho, gostar da profissão, organização da equipe, vínculo de trabalho. Conclusão: A satisfação profissional está associada aos princípios do trabalho na Estratégia Saúde da Família, as conexões que se estabelecem entre usuários, profissionais e gestão em saúde. Possui ainda uma dimensão subjetiva, possuindo forte vínculo com características do processo de trabalho, como esse é organizado e sob que condições e relações o trabalho acontece


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atenção Primária à Saúde , Condições de Trabalho , Estratégia Saúde da Família , Pesquisa Qualitativa , Satisfação no Emprego , Equipe de Assistência ao Paciente , Trabalho , Sistema Único de Saúde , Saúde da Família , Pessoal de Saúde , Continuidade da Assistência ao Paciente , Gestão em Saúde , Assistência ao Paciente , Recursos em Saúde
2.
Artigo em Espanhol | PAHO-IRIS | ID: phr-52895

RESUMO

[RESUMEN]. Objetivos. Identificar y analizar varios tipos de liderazgo y de gestión que podrían aportar al fortalecimiento de los sistemas de salud basados en atención primaria en salud (APS). Métodos. Se realizó una revisión estructurada de literatura en gestión y liderazgo aplicable a los sistemas de salud basados en APS. De los 19 artículos identificados se extrajeron detalles relevantes usando una abstracción estandarizada. Resultados. Los sistemas de salud basados en APS deben establecer prácticas de gestión óptimas para alcanzar la calidad, la eficiencia y la efectividad. La planeación y gestión estratégica facilitan la formación de una identidad común, aunque existen organizaciones sobregerenciadas y pobremente lideradas. La salud universal es un impulso estratégico que requiere de un liderazgo transformador para avanzar hacia sistemas basados en APS. El liderazgo en ellos debe centrarse en identificar los desafíos adaptativos, vincular al personal y proteger el liderazgo de las bases, al igual que debe adaptarse a los momentos y combinar las lógicas de acción del estratega para lograr una transformación sectorial. Los modelos de calidad establecen criterios de liderazgo similares a otras teorías, destacando como aportes la innovación y la identidad organizacional. Conclusiones. América Latina debe encaminarse hacia sistemas de salud basados en APS participativos, con líderes con inteligencia emocional, que descubran sus propios eventos transformadores, busquen la calidad y combinen varios tipos de liderazgo. Deben ser estrategas para liderar al sistema en su transición hacia organizaciones resilientes, y “alquimistas” para lograr verdaderas transformaciones en salud, con la voluntad y humildad de quien trabaja para alcanzar la salud universal.


[ABSTRACT]. Objectives. To identify and analyze various types of leadership and management that could contribute to the strengthening of health systems based on primary health care (PHC). Methods. A structured review of the literature on management and leadership applicable to PHC-based health systems was conducted. Of the 19 articles identified, relevant details were extracted using a standardized methodology. Results. PHC-based health systems should establish optimal management practices to achieve quality, efficiency, and effectiveness. Strategic planning and management facilitate the development of a common identity, although some organizations are overmanaged and poorly led. Universal health is a strategic driver that requires transformational leadership to move toward PHC-based systems. Leadership in these systems must focus on identifying adaptive challenges, linking staff and protecting grassroots leadership, as well as adapting to the times and combining the logic of action of the strategist to achieve a sector transformation. The quality models establish leadership criteria similar to other theories, emphasizing innovation and organizational identity. Conclusions. Latin America must move towards health systems based on PHC, with leaders with emotional intelligence who discover their own transformative events, seek quality, and combine various types of leadership. They must be strategists to lead the system in its transition to resilient organizations, and “alchemists” to achieve true transformations in health, with the willingness and humility of those who work to achieve universal health.


Assuntos
Gestão em Saúde , Liderança , Sistemas de Saúde , Atenção Primária à Saúde , América , Gestão em Saúde , Liderança , Sistemas de Saúde , Atenção Primária à Saúde , América
3.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(2): 76-82, jul. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104173

RESUMO

Objetivo: analisar os atendimentos realizados na Central de Regulação de Urgência/SAMU do Estado do Rio Grande do Sul no período de 2016 e 2017. Metodologia: estudo observacional, descritivo e retrospectivo com abordagem quantitativa. Foram coletados os dados sobre perfil do usuário, dia da semana, classificação de risco, tipo do agravo, tempo médio de atendimento às solicitações, quantitativo de desistência da solicitação e número de chamados não regulados por falta de equipes ou veículos. Resultados: o número de solicitações por motivos clínicos foi 53.8%, destes 51,6% foram média gravidade. A prevalência foi do sexo masculino e idade entre 18 e 29 anos. Em 84,7% dos chamados solicitou-se suporte básico. O tempo resposta total foi entre 30 minutos e 1 hora, maior que o recomendado de acordo com a média nacional, seja nas as zonas urbanas ou rurais. Conclusão: este serviço necessita reduzir o tempo resposta de atendimento das solicitações. (AU)


Objective: to analyze the attendances performed at the Emergency Regulation Center / SAMU of the State of Rio Grande do Sul in 2016 and 2017, focusing in response time. Methodology: observational, descriptive and retrospective study with quantitative approach. Data were collected on user profile, day of the week, risk classification, type of grievance, average time to respond to requests, amount of withdrawal and number of calls not regulated due to lack of teams or vehicles. Results: The number of requests for clinical reasons was 53.8%, of these 51.6% were medium severity. The prevalence was male and aged between 18 and 29 years. In 84.7% of the calls, basic support was requested. The total response time was between 30 minutes and 1 hour, longer than recommended according to the national average, whether in urban or rural areas. Conclusion: After analyzing the calls, it is clear that the worst problem with the calls is the response time, and it is necessary to decrease the same of the requests. (AU)


Objetivo: analizar las asistencias realizadas en el Centro de Regulación de Emergencias / SAMU del Estado de Rio Grande do Sul en 2016 y 2017, centrándose en el tiempo de respuesta. Metodología: estudio observacional, descriptivo y retrospectivo con enfoque cuantitativo. Se recopilaron datos sobre el perfil del usuario, el día de la semana, la clasificación de riesgos, el tipo de queja, el tiempo promedio para responder a las solicitudes, la cantidad de retiros y la cantidad de llamadas no reguladas debido a la falta de equipos o vehículos. Resultados: El número de solicitudes por razones clínicas fue del 53.8%, de estas 51.6% fueron de gravedad media. La prevalencia fue masculina y de edades comprendidas entre 18 y 29 años. En el 84.7% de las llamadas, se solicitó soporte básico. El tiempo de respuesta total fue de entre 30 minutos y 1 hora, más de lo recomendado según el promedio nacional, ya sea en áreas urbanas o rurales. Conclusión: Después de analizar las llamadas, está claro que el peor problema con las llamadas es el tiempo de respuesta, y es necesario disminuir las mismas solicitudes. (AU)


Assuntos
Serviços Médicos de Emergência , Administração de Serviços de Saúde , Gestão em Saúde , Indicadores (Estatística)
5.
s.l; s.n; jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1102259

RESUMO

Em face da pandemia de COVID-19 declarada pela OMS, em 11 de março de 2020, o Ministério da Saúde, vem através deste documento, oferecer orientações aos gestores e profissionais de saúde sobre o manejo dos pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19 nos diversos pontos da Rede de Atenção à Saúde, com foco em uma assistência qualificada e em tempo oportuno, desde as pessoas assintomáticas até aquelas com manifestações mais severas da doença. A COVID-19 destaca-se pela rapidez de disseminação, dificuldade para contenção e gravidade. A vigilância epidemiológica de infecção humana pelo SARS-CoV-2 está sendo construída à medida que a OMS consolida as informações recebidas dos países e novas evidências técnicas e científicas são publicadas. Assim, as melhores e mais recentes evidências foram utilizadas na elaboração desse documento, mas, pela dinâmica da doença e produção de conhecimento associada a ela, atualizações poderão ser necessárias. Consideramos prerrogativas estruturantes do SUS para o adequado enfrentamento a desta pandemia: O provimento de infraestrutura com recursos humanos, equipamentos e suprimentos adequados; A comunicação clara, unificada e efetiva com a população e entre todos os pontos da rede assistencial; Uma regulação estratégica para direcionar a demanda às vagas adequadas a cada caso; A organização apropriada da força de trabalho; O apoio técnico aos profissionais, por ferramentas de telessaúde e educacionais diversas. Este material, construído de forma integrada e multidisciplinar, pretende ser este apoio útil e prático, seja na mesa do gestor, à beira do leito ou nos consultórios e domicílios, àqueles que de fato estão à frente da batalha contra o coronavírus, que merecem todo nosso respeito e gratidão.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral , Sistema Único de Saúde/organização & administração , Infecções por Coronavirus/diagnóstico , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Infecções por Coronavirus/terapia , Gestão em Saúde , Vigilância em Saúde Pública/métodos , Brasil , Comunicação em Saúde/métodos
6.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-47476

RESUMO

As competências do enfermeiro para a gestão do cuidado requerem conhecimentos, habilidades e atitudes compatíveis para o exercício do papel de gestor e líder nas Instituições de Saúde. O importante papel do enfermeiro ao responsabilizar-se pela gestão do cuidado e/ou de serviços de enfermagem e de saúde, lhe requer planejamento, organização e proatividade nas ações, perspicácia nos negócios e qualidades de liderança no atendimento clínico e gerencial. A comunicação e as habilidades interpessoais são igualmente vitais ao exercício da gestão do cuidado, por auxiliarem no cuidado ao paciente/usuário/cliente/trabalhador e impactarem na qualidade e segurança dos processos assistenciais.


Assuntos
Administração de Serviços de Saúde , Gestão em Saúde , Estratégia Saúde da Família , Enfermagem Primária , Atenção Primária à Saúde
7.
J. nurs. health ; 10(2): 20102001, mai.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1099702

RESUMO

Objetivo: conhecer na literatura benefícios e limitações da Sistematização da Assistência de Enfermagem na gestão em saúde. Métodos: revisão integrativa, realizada nas bases de dados eletrônicas Base de Dados de Enfermagem e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, com artigos originais, disponíveis na íntegra, publicados entre 2007 a 2017, em idioma português. Resultados: foram incluídos 10 artigos que abordam as principais contribuições da sistematização da assistência de enfermagem na gestão em saúde (organização do serviço, qualidade assistencial, controle de gastos, melhor avaliação e fiscalização da assistência, maior autonomia profissional e aumento da segurança do paciente) e limitações encontradas (falta de profissionais, sobrecarga de trabalho, desconhecimento da equipe e ausência de capacitações). Conclusões: considera-se uma excelente ferramenta para a gestão em saúde, por apresentar benefícios às instituições, qualificando o cuidado e melhorando os processos de gestão.(AU)


Objective: to know in the literature the benefits and limitations of the Systematization of Nursing Assistance in health management. Methods: an integrative review, carried out in the electronic databases Database of Nursing and Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences, with original articles, available in full, published between 2007 and 2017, in Portuguese. Results: 10 articles were included that address the main contributions of the systematization of nursing care in health management (service organization, care quality, cost control, better assessment and inspection of care, greater professional autonomy and increased patient safety) and limitations found (lack of professionals, work overload, lack of knowledge of the team and lack of training). Conclusions: it is considered an excellent tool for health management, for presenting benefits to institutions, qualifying care and improving management processes.(AU)


Objetivo: conocer en la literatura los beneficios y las limitaciones de la Sistematización de la Asistencia de Enfermería en la gestión de la salud. Métodos: revisión integradora, realizada en Base de datos de enfermería y literatura latinoamericana y caribeña en ciencias de la salud, con artículos originales, disponibles en su totalidad, publicados entre 2007 y 2017, en portugués. Resultados: se incluyeron 10 artículos que abordan principales contribuciones de la sistematización de la atención de enfermería en la gestión de la salud (organización del servicio, calidad de la atención, control de costos, mejor evaluación e inspección de atención, mayor autonomía profesional y mayor seguridad del paciente) y limitaciones encontradas (falta de profesionales, sobrecarga de trabajo, falta de conocimiento del equipo y falta de capacitación). Conclusiones: se considera una excelente herramienta para la gestión en salud, ya que presenta beneficios para las instituciones, califica la atención y mejora los procesos de gestión.(AU)


Assuntos
Humanos , Administração de Serviços de Saúde , Enfermagem , Gestão em Saúde , Processo de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
9.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-47177

RESUMO

O Ministério da Saúde publicou, nesta segunda-feira (6), Boletim Epidemiológico Especial sobre Coronavírus que orienta a adoção de ações diferenciadas em relação ao distanciamento social por estados e municípios, a partir de distintos cenários. São considerados, tanto critérios epidemiológicos, quanto a disponibilidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), leitos e profissionais de saúde.


Assuntos
Betacoronavirus , Epidemiologia/normas , Gestão em Saúde
10.
Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea) ; 85(2): 147-154, abr. 2020. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1115510

RESUMO

INTRODUCCIÓN: La entrega de turnos de los diferentes equipos clínicos de atención al paciente es un acto de suma importancia en el día a día, apunta al óptimo y continuo cuidado del paciente. En el continuo de atención por diferentes Unidades Clínicas, se debe cumplir un protocolo definido por las Unidades de Calidad de Establecimientos y Servicios Clínicos como parte del Sistema de Acreditación en Salud, apuntando a mejorar la seguridad de atención al paciente. Se planteó reemplazar antiguos informes en papel por bases de datos digitales acumulativas, de fácil llenado, con alternativa de pre-informes y análisis rápido de series, permitiendo tomar decisiones mejor fundamentadas en el futuro. Esta herramienta como se describe al inicio considera el continuo desde el ingreso de la paciente a la Unidad de Urgencia de nuestra maternidad hasta la resolución de esta madre en nuestro Servicio o el traslado de ella o su recién nacido dentro de la Red Pública como primera instancia o privada acorde a protocolos establecidos. MATERALES Y MÉTODOS: Desarrollo de aplicación a través de programas Microsoft Acces y MySQL. Parametrización de variables según Guia perinatal MINSAL y recomendaciones de expertos empleados en Unidad Ginecoobstétrica del establecimiento. RESULTADOS: Creación de aplicación propia ¨Sistema de entrega de turno¨ (SET). Implementación mediante marcha blanca a partir de Agosto de 2019. Adecuada acogida por personal de Servicio de la Mujer y Recién Nacido HCSBA. CONCLUSIÓN: La informática médica permite avanzar y agilizar procesos de gestión clinica. Es posible implementar sistemas de creación propios en la atención de salud pública chilena. La herramienta SET permitirá obtener resultados precisos y rápido análisis de series obtenidas.


INTRODUCTION: The delivery of shifts of the different clinical teams of patient care is an act of utmost importance in the day to day, it points to the optimal and continuous care of the patient. In the continuum of care by different Clinical Units, a protocol defined by the Quality Units of Establishments and Clinical Services as part of the Health Accreditation System must be complied with, aiming at improving the safety of patient care. It was proposed to replace old paper reports with cumulative digital databases, easy to fill, with alternative pre-reports and quick series analysis, allowing better informed decisions in the future. This tool as described at the beginning considers the continuum from the patient's admission to the Emergency Unit of our motherhood until the resolution of this mother in our Service or the transfer of this or her newborn within the Public Network as the first instance or private according to established protocols. MATERIALS AND METHODS: Application development through Microsoft access and MySQL programs. Parameterization of variables according to the MINSAL perinatal guide and recommendations of experts employed in the Obstetric Gynecology Unit of the establishment. RESULTS: Creation of own application "Shift Delivery System" (SET). Implementation through white march as of August 2019. Adequate reception by women service personnel and newborn HCSBA. CONCLUSION: Medical informatics allows progress and speed up clinical management processes. It is possible to implement own creation systems in Chilean public health care. The SET tool will allow obtaining accurate results and rapid analysis of series obtained.


Assuntos
Aplicações da Informática Médica , Serviços de Saúde da Mulher/organização & administração , Serviços de Saúde da Criança/organização & administração , Jornada de Trabalho em Turnos , Saúde Pública , Continuidade da Assistência ao Paciente/organização & administração , Gestão em Saúde , Assistência à Saúde/métodos , Serviço Hospitalar de Emergência , Avaliação de Custo-Efetividade , Ginecologia , Administração Hospitalar , Hospitalização , Acreditação , Obstetrícia
12.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-03-20. (OPAS/BRA/Covid-19/20-032).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51985

RESUMO

[Introdução]: Este documento apresenta uma orientação provisória sobre a gestão do fornecimento de sangue em resposta à pandemia da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19). É dirigido a serviços de hemoterapia, autoridades nacionais de saúde, e outros responsáveis pelo fornecimento de sangue e hemoderivados e pela integração do sistema de bancos de sangue com o sistema de saúde pública. A OMS continuará atualizando este documento conforme forem disponibilizadas novas informações.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Transfusão de Sangue , Doadores de Sangue , Gestão em Saúde , Coronavirus
13.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-03-24. (OPAS/BRA/COVID-19/20-028).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51981

RESUMO

[Introdução]: Esta orientação provisória é para todos, inclusive os administradores de instituições de saúde e necrotérios, autoridades religiosas e de saúde pública, e familiares que tenham que cuidar do corpo de pessoas que morreram com suspeita ouconfirmação de COVID-19.Estas recomendações estão sujeitas à revisão conforme novas evidências forem disponibilizadas.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Gestão em Saúde , Cadáver , Coronavirus , Pandemias
14.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-03-18. (OPAS/BRA/Covid-19/20-016).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51957

RESUMO

[Introdução]: Fornecer recomendações sobre manejo de cadáveres no contexto do novo coronavírus (COVID-19) em locais de assistência à saúde. Essas recomendações são preliminares e estão sujeitas à revisão conforme novas evidências forem disponibilizadas.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Cadáver , Gestão em Saúde
15.
Rev. baiana saúde pública ; 44(supl.1): 1-184, jan.-mar. 2020. ilus, mapas, graf, tab
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SES-BA | ID: biblio-1118122

RESUMO

O Plano Estadual de Saúde (PES) 2020-2023 é um instrumento de gestão direcionado a orientar as ações a serem desenvolvidas por todos os profissionais e gestores da Sesab, visando a efetivação do direito à saúde e o fortalecimento do sistema estadual de saúde. Desse modo, as ações elencadas neste documento têm o firme propósito de oferecer uma saúde mais humanizada e resolutiva, contribuindo para a melhoria das condições de vida da população baiana


Assuntos
Humanos , Planos Governamentais de Saúde , Sistema Único de Saúde , Gestão em Saúde , Políticas Públicas de Saúde , Planejamento em Saúde/organização & administração , Serviços de Saúde
16.
REME rev. min. enferm ; 24: e-1293, fev.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096407

RESUMO

Objetivo: o objetivo deste estudo foi conhecer a concepção de gestores de serviços de saúde sobre a rede de atenção psicossocial a usuários de crack. Métodos: pesquisa qualitativa, do tipo avaliativa, com a utilização do referencial da Avaliação de Quarta Geração. Foi realizada em um Centro de Atenção Psicossocial álcool e outras Drogas de um município do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e maio de 2013, a partir de entrevistas orientadas pela utilização do círculo hermenêuticodialético. Resultados e Discussões: os gestores revelam uma concepção de rede intersetorial, reconhecendo os serviços da rede de atenção psicossocial e a articulação entre eles. Além disso, entendem a importância da parceria com dispositivos oriundos de outros setores da sociedade. Conclusões: os gestores do município têm se empenhado em constituir uma política de saúde mental centrada no usuário, com articulação intersetorial, defendendo os princípios da reforma psiquiátrica e da atenção psicossocial.(AU)


Objective: the objective of this study was to understand the concept of health service managers about the psychosocial care network for crack users. Methods: qualitative research, evaluative type, using the Fourth Generation Evaluation reference. Alcohol and other drugs in a city in the state of Rio Grande do Sul, Brazil took place in a Psychosocial Care Center. Data collection took place between January and May 2013, based on interviews guided by the use of the hermeneutic-dialectic circle. Results and Discussions: managers revealed a concept of intersectoral network, recognizing the services of the psychosocial care network and the articulation between them. Also, they understood the importance of partnering with devices from other sectors of society. Conclusions: city managers have endeavored to establish a user-centered mental health policy, with intersectoral articulation, defending the principles of the psychiatric reform and psychosocial care.(AU)


Objetivo: el objetivo de este estudio fue comprender el concepto de los administradores de los servicios de salud sobre la red de atención psicosocial para usuarios de crack. Métodos: investigación cualitativa, tipo evaluativa, que utilizó el marco de referencia de la evaluación de cuarta generación. El estudio se llevó a cabo en un Centro de Atención Psicosocial alcohol y otras drogas de una ciudad del estado de Rio Grande do Sul, Brasil. La recogida de datos se efectuó entre enero y mayo de 2013, con entrevistas según la técnica del círculo hermenéutico-dialéctico. Resultados y debates: los administradores revelan un concepto de red intersectorial que reconoce los servicios de dicha red de atención y la articulación entre ellos. Además, entienden la importancia de asociarse con dispositivos de otros sectores de la sociedad. Conclusiones: los administradores de la ciudad se han esforzado por establecer una política de salud mental centrada en el usuario, con articulación intersectorial, defendiendo los principios de la reforma psiquiátrica y de la atención psicosocial.(AU)


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Cocaína Crack , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Gestão em Saúde , Políticas Públicas de Saúde , Usuários de Drogas , Reforma dos Serviços de Saúde , Serviços Comunitários de Saúde Mental
17.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 13(1): 1-18, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1090464

RESUMO

O presente estudo buscou identificar crenças de gestores de saúde sobre violência doméstica. Para tanto, foram entrevistados 16 secretários municipais de saúde e 19 coordenadores municipais da Estratégia Saúde da Família de 18 municípios de uma microrregião da Zona da Mata do estado de Minas Gerais, Brasil. O tratamento dos dados foi feito por meio da análise de conteúdo. Os entrevistados apontaram um conjunto de fatores pessoais, familiares e sociais como geradores de violência doméstica. No entanto, as intervenções são pontuais e os resultados assinalam a presença do modelo biomédico permeando o setor de saúde. As dificuldades para intervenção mais ressaltadas foram: vítimas não relatam a violência, pouca participação da comunidade, recurso financeiro insuficiente, pouca articulação intersetorial e ausência de política específica.


The present study sought to identify the beliefs of health managers about domestic violence. To that end, we interviewed 16 municipal health secretaries and 19 municipal coordinators of the Family Health Strategy from 18 municipalities in a micro-region of Zona da Mata, state of Minas Gerais, Brazil. Data processing was made through content analysis. The respondents pointed out a set of personal, family and social factors as domestic violence generators. However, interventions are only done occasionally and the results show the pervasiveness of the biomedical model in the healthcare sector. Respondents highlighted the following challenges as those most often faced by the interventions: victims do not report violence, lack of community participation, insufficient funds, lack of cross-sector articulation and lack of specific policies.


Assuntos
Violência Doméstica , Gestão em Saúde , Política Pública , Estratégia Saúde da Família
18.
Arq. odontol ; 56: 1-10, jan.-dez. 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1103340

RESUMO

Objetivo: Avaliar a taxa de infecção e eventos adversos no pós-operatório de cirurgias orais menores, em uma instituição pública de atenção odontológica, entre 2017 e 2018. Métodos: Após realização dos procedimentos cirúrgicos, um formulário foi preenchido com dados relacionados ao paciente e à cirurgia. Trinta dias após, os egressos cirúrgicos foram contactados, via telefone e questionados quanto à ocorrência de eventos adversos (dor, secreção, sangramento e deiscência de sutura) e sobre uso de antibióticos. Realizou-se a análise descritiva dos dados (distribuição de frequências e percentuais) e cálculo da taxa de infecção global. Resultados:Foram incluídos 3.745 procedimentos cirúrgicos. A média de idade dos pacientes da amostra foi de 42,7 anos, com ligeiro predomínio do sexo masculino (51,3%). A clínica de cirurgia teve a maior concentração de procedimentos cirúrgicos realizados (53,8%), a prevalência média anual de eventos adversos no pós-operatório foi de 1,7% e a dor foi o evento adverso mais informado (4,0%). A maioria dos pacientes (64,2%) não recebeu nenhum tipo de prescrição antibiótica (profilático, terapêutico ou ambos) e a taxa de infecção no pós-operatório apresentou prevalência média total de 1,1%. Conclusão: As taxas de eventos adversos e a de infecção das feridas cirúrgicas encontradas foram baixas, demonstrando que o serviço atua de forma comprometida com os padrões de biossegurança, zelando pelos cuidados com o paciente.


Aim: To evaluate the rate of infection and adverse events in the postoperative stage of dental surgeries in a public dental care institution between 2017 and 2018. Methods: After performing the surgical procedures, a form was filled with data related to the patient and the surgery. Thirty days later, the patients were contacted via telephone, inquiring about the occurrence of adverse events (pain, discharge, bleeding, suture dehiscence) and antibiotic use. Descriptive data analysis (frequency and percentage distribution) and global infection rate were calculated. Results: This study included 3,745 surgical procedures. The mean age of the patients was 42.7 years, with a slight predominance of males. The surgery clinic presented the highest concentration of executed surgical procedures (53.8%); the average annual incidence of postoperative adverse events was 1.7%; and pain was the most commonly reported adverse event (4.0%). Most patients (64.2%) received no type of antibiotic prescription (prophylactic, therapeutic, or both) and the postoperative infection rate presented a total average incidence of 1.1%. Conclusion: The rates of adverse events and the infection of surgical sites were low, demonstrating that the service acts in a manner committed to the standards of biosafety, thus ensuring patient care.


Assuntos
Complicações Pós-Operatórias , Infecção da Ferida Cirúrgica , Controle de Infecções , Procedimentos Cirúrgicos Bucais , Gestão em Saúde , Dor Pós-Operatória , Antibacterianos
19.
Rev Rene (Online) ; 21: e43239, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1101378

RESUMO

RESUMO Objetivo compreender os significados do cuidado no cotidiano hospitalar para profissionais de enfermagem atuantes na gestão e assistência. Métodos estudo qualitativo que adotou como referencial a Teoria do Cuidado Humano. Participaram 38 profissionais de enfermagem, destes, coordenadores de serviço, diretores, enfermeiros assistenciais e técnicos de enfermagem. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas, transcritas e submetidas à Análise de Conteúdo, modalidade Temática. Resultados emergiram três categorias: Possível e necessário: o resgate de sentido e valores subjetivos do cuidar; Potencial científico e humano como determinante do cuidado; e Dificuldades intervenientes no cuidado. Conclusão o cuidado no cotidiano hospitalar foi percebido por profissionais de enfermagem gerentes e assistenciais como evento acompanhado e influenciado por aspectos operacionais, de cunho mais objetivo, como barreiras institucionais para formação de vínculos, mas, principalmente, por aspectos subjetivos, atrelados ao modo de ser do profissional e que moldam o cuidado humanístico.


ABSTRACT Objective to understand the meanings of care in the hospital routine for nursing professionals working in management and care. Methods qualitative study that adopted the Human Care Theory as a reference. 38 nursing professionals participated, including service coordinators, directors, nurse assistants and nursing technicians. Data collection took place through semi-structured interviews recorded, transcribed and submitted to Content Analysis, Thematic modality. Results three categories emerged: possible and necessary: the rescue of meaning and subjective values of care; scientific and human potential as a determinant of care; and difficulties involved in care. Conclusion care in the hospital routine was perceived by nursing managers and care professionals as an event monitored and influenced by operational aspects, of a more objective nature, as institutional barriers for bonding, but mainly due to subjective aspects, linked to the way of being of the heath professional which shape humanistic care.


Assuntos
Gestão em Saúde , Empatia , Cuidados de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
20.
Trab. educ. saúde ; 18(1): e0022959, 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1059155

RESUMO

Resumo As discussões sobre a relação público-privado atentam para a necessidade de imprimir à gestão pública maior autonomia, agilidade e flexibilidade gerenciais e administrativas em setores estratégicos do sistema de saúde. A pesquisa qualitativa que deu origem a este artigo objetivou analisar a gestão do trabalho na Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia e na Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, usando técnica de triangulação de dados e análise hermenêutica-dialética. Participaram gestores, trabalhadores e usuários dos dois estados, totalizando vinte entrevistas semiestruturadas. Os fatores contextuais e os atores foram analisados utilizando-se um modelo que enfatizou as dimensões do macro e do microcontexto. O desempenho satisfatório relativo à gestão do trabalho pode ser atribuído à variedade e complexidade de fatores enfrentados pela administração direta. A inter-relação do microcontexto com subdimensões do macrocontexto contribuiu favoravelmente para a implementação das fundações. Como contribuição aos gestores, construiu-se um quadro contendo indicadores para o monitoramento das atribuições da gestão do trabalho nas fundações estatais. Os resultados e potencialidades dessas experiências podem auxiliar no enfrentamento dos desafios à gestão em saúde, dotando-a de maior efetividade, celeridade e resolubilidade na atenção à saúde e na gestão do trabalho no Sistema Único de Saúde.


Abstract The discussions on the public-private relationship highlight the need to provide public management with more managerial and administrative autonomy, agility and flexibility in strategic sectors of the health care system. The qualitative research that was the origin of the present article had the aim of analyzing the work management at the State-Owned Family Health Foundation of Bahia (Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia, in Portuguese) and at the State Health Foundation of Sergipe (Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, in Portuguese), using the technique of data triangulation and hermeneutic-dialectical analysis. Managers, workers and users from both states took part in the study, totaling twenty semi-structured interviews. The contextual factors and the actors were analyzed using a model that emphasized the dimensions of the macro- and microcontexts. The satisfactory performance regarding work management may be attributed to the variety and complexity of the factors faced by the direct administration. The interrelationship of the microcontext with subdimensions of the macrocontext contributed favorably to the implementation of the foundations. As contributions to the managers, we developed a table containing indicators for the monitoring of the attributions of the work management at the state-owned foundations. The results and potentialities of these experiences may help face the challenges to management in health, providing it with more efficacy, speed and solvability in health care and work management in the Brazilian Unified Health System.


Resumen Las discusiones sobre la relación público-privado enfatizan la necesidad de imprimir a la gestión pública más autonomía, agilidad y flexibilidad gerenciales y administrativas en sectores estratégicos del sistema de salud. La pesquisa cualitativa que dio origen a este artículo tuvo el objetivo de analizar la gestión del trabajo en la Fundación Estatal de Salud de la Familia de Bahia (Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia, en portugués) y en la Fundación Provincial de Salud de Sergipe (Fundação Estadual de Saúde de Sergipe, en portugués), usando la técnica de triangulación de datos y análisis hermenéutica-dialéctica. Participaron gestores, trabajadores y usuarios de los dos estados, totalizando veinte entrevistas semiestructuradas. Los factores contextuales y los actores han sido analizados utilizando un modelo que enfatizó las dimensiones del macro y del microcontexto. El desempeño satisfactorio relativo a la gestión del trabajo se puede atribuir a la variedad y complejidad de factores enfrentados por la administración directa. La interrelación del microcontexto con subdimensiones del macrocontexto contribuyó favorablemente para la implementación de las fundaciones. Como contribución a los gestores, se construyó un cuadro conteniendo indicadores para el monitoreo de las atribuciones da gestión del trabajo en las fundaciones estatales. Los resultados y potencialidades de esas experiencias pueden ayudar en el enfrentamiento de los desafíos a la gestión en salud, dotándola de más efectividad, celeridad y resolubilidad en la atención a la salud y en la gestión del trabajo en el Sistema Único de Salud de Brasil.


Assuntos
Humanos , Administração Pública , Gestão em Saúde , Mão de Obra em Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA