Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 323
Filtrar
1.
Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20190700. 64 p. graf, tab.
Monografia em Espanhol | LILACS, LIPECS | ID: biblio-1006654

RESUMO

Contribuir a la conservación , funcionamiento y seguridad de las calderas de vapor pirotubulares que funcionan en los establecimientos de salud.


Assuntos
Manutenção de Equipamento , Energia de Vapor , Instalações de Saúde
2.
Rev. SOBECC ; 22(3): 131-137, jul.-set. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-859100

RESUMO

Objetivo: Avaliar a ocorrência de possíveis danos em nasofibroscópios causados pela desinfecção em ácido peracético. Método: Pesquisa aplicada. Três nasofibroscópios novos, submetidos à desinfecção com ácido peracético, foram acompanhados e fotografados em microscópio esteroscópio, ao longo de 18 meses, para avaliar o comportamento do polímero e da fibra do nasofibroscópio, relacionado ao uso desse desinfetante. Houve capacitação das equipes de enfermagem e médica com ênfase no manuseio correto e no processamento seguro das fibras. Resultados: As fibras foram analisadas e fotografadas regularmente, durante o período do estudo, totalizando 3.979 usos. Foi observado, em todas as fibras, craquelamento do excedente de material adesivo em torno da área de vedação das fibras, sem comprometimento funcional. Um nasofibroscópio flexível (NFF), após mais de 2.000 usos, apresentou fissuras superficiais na cobertura da ponta distal da fibra, sem, contudo, comprometer o teste de vedação. Conclusão: O ácido peracético, na formulação utilizada e no período estudado, não causou danos funcionais ou oxidação nos NFFs, apesar de o fabricante recomendar a desinfecção por solução de aldeídos.


Objective: To evaluate possible damages in naso-fiberscopes caused by disinfection with peracetic acid. Method: Applied research. Three new naso-fiberscopes subjected to disinfection with peracetic acid were monitored and photographed under stereoscopic microscope, for 18 months, to evaluate the behavior of the polymer and fiber naso-fiberscopes, related to the use of this disinfectant. Nurses and medical team were trained with emphasis on the correct handling and safe processing of the fibers. Results: Fibers were regularly analyzed and photographed during the study period, totaling 3,979 uses. In all fibers, cracking of the excess adhesive material around the fiber sealing area was observed, without functional impairment. After more than 2,000 uses, a flexible naso-fiberscope (FNF) developed surface cracks at the distal tip of the fiber cover, without however compromising the sealing test. Conclusion: The peracetic acid did not cause functional damage or oxidation in the FNFs, in the formulation used and during the study period, although the manufacturer recommends aldehydes solution to disinfect.


Objetivo: Evaluar la ocurrencia de posibles daños en nasofibroscopios causados por la desinfección en ácido peracético. Método: Estudio aplicado. Tres nasofibroscopios nuevos, sometidos a la desinfección con ácido peracético, fueron acompañados y fotografiados en microscopio esteroscopio, a lo largo de 18 meses, para evaluar el comportamiento del polímero y de la fibra del nasofibroscopio, relacionado al uso de ese desinfectante. Hubo capacitación de los equipos de enfermería y médica con énfasis en el manejo correcto y en el procesamiento seguro de las fibras. Resultados: Las fibras fueron analizadas y fotografiadas regularmente, durante el período del estudio, totalizando 3.979 usos. Fue observado, en todas las fibras, craquelado del excedente de material adhesivo alrededor del área de sellado de las fibras, sin comprometimiento funcional. Un nasofibroscopio flexible (NFF), tras más de 2.000 usos, presentó fisuras superficiales en la cobertura de la punta distal de la fibra, sin, con todo, comprometer el test de sellado. Conclusión: El ácido peracético, en la formulación utilizada y en el período estudiado, no causó daños funcionales u oxidación en los NFFs, a pesar del fabricante recomendar la desinfección por solución de aldehídos.


Assuntos
Humanos , Ácido Peracético , Desinfecção , Endoscopia , Manutenção de Equipamento , Infecção Hospitalar , Técnicas de Diagnóstico do Sistema Respiratório
3.
Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) ; 30(2): f:100-l:108, mar.-abr. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833892

RESUMO

Fundamento: A hipertensão arterial é o principal fator de risco cardiovascular. A qualidade técnica dos esfigmomanômetros é condição fundamental para obtenção da correta medida da pressão arterial. Objetivos: Avaliar o perfil dos esfigmomanômetros disponíveis nos serviços de urgências de Belo Horizonte, Minas Gerais. Métodos: Realizamos um estudo transversal, observacional e não intervencionista para avaliar o perfil dos esfigmomanômetros disponíveis nos prontos atendimentos de adultos de hospitais públicos e privados do município de Belo Horizonte. Avaliamos 337 aparelhos de 25 hospitais, sendo 15 públicos (do total de 16) e 10 privados (do total de 12). Resultados: Foram observadas inadequações dos equipamentos em relação à validação pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia ­ INMETRO, em 26% (88/337) dos equipamentos; calibração vencida em 39% (132/337) e não correspondência de marca aparelho/braçadeira em 54% (188/337). Em 13 dos 25 hospitais (52%), não havia disponibilidade de manguitos para braços de diferentes tamanhos além do padrão. Houve superioridade de adequação dos aparelhos aneroides e de mercúrio dos hospitais privados (p = 0,038 e p < 0,001, respectivamente) e dos eletrônicos nos públicos (p < 0,001). Conclusão: Conclui-se que 78% dos esfigmomanômetros disponíveis nos serviços de urgência/emergência de uma das maiores capitais brasileiras apresentavam inadequações técnicas, e em metade dos serviços não havia manguitos de diferentes tamanhos. Tal fato representa um alerta para a situação dos equipamentos disponíveis para atendimento da população no país


Background: Hypertension is the main risk factor for cardiovascular diseases. Technical quality of sphygmomanometers is a prerequisite for the correct measurement of arterial pressure. Objectives: To evaluate sphygmomanometers available in emergency services in the city of Belo Horizonte, Brazil. Methods: We performed a cross-sectional, observational, non-interventional study to evaluate characteristics of the sphygmomanometers available in adult emergency services of public and private hospitals in the city of Belo Horizonte, Brazil. We evaluated 337 sphygmomanometers of 25 hospitals ­ 15 (of 16) public hospitals and 10 (of 12) private hospitals. Results: Twenty-six percent (88/337) of devices were considered inadequate regarding the INMETRO (National Institute of Metrology, Quality and Technology) standards, 39.2% (132/337) for calibration dates, and 54% (188/337) for the mismatching between cuff's and device's brands. In 13 of 25 hospitals (52%), there were no spare cuffs in different sizes for different arm circumferences. Higher adequacy was found for aneroid and mercury sphygmomanometers used in private hospitals (p = 0.038 and p < 0.001, respectively) and electronic devices used in public hospitals (p < 0.001) compared with others.Conclusion: Seventy-eight percent of sphygmomanometers available in emergency services had technical inadequacies, and half of these services had no spare cuffs in different sizes available. These findings serve as a warning of the conditions of the equipment used in healthcare services provided to the general population in Brazil


Assuntos
Hospitais Privados/normas , Hospitais Públicos/normas , Hipertensão/complicações , Esfigmomanômetros , Técnicas, Medidas, Equipamentos de Medição , Saúde do Adulto , Doenças Cardiovasculares/fisiopatologia , Vasos Coronários/fisiologia , Manutenção de Equipamento/análise , Manutenção de Equipamento/métodos , Equipamentos de Medição , Estudo Observacional , Atenção Primária à Saúde/métodos , Fatores de Risco , Análise Estatística , Inquéritos e Questionários
4.
Cult. cuid ; 19(43): 144-151, sept.-dic. 2015. tab, graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-147329

RESUMO

Objetivo: Organizar una guía de Normas Técnicas para la estandarización del proceso de esterilización en Unidades Básicas de Salud (UBS). Método: Se realizó un estudio exploratorio y descriptivo para la construcción de la guía de orientación sobre el proceso de esterilización, desarrollado en colaboración con el Programa de Educación Continua en Salud, Universidad del Estado de Santa Catarina (PECES / UDESC), que siguió las recomendaciones éticas de la Resolución 466 / 2012 de la Comisión Nacional de Ética de la Investigación. Resultados: Se evidencian cuestiones relacionadas con el flujo de material unidireccional, la estandarización de las formas de limpieza y envasado, el etiquetado, los tipos de esterilización, las pruebas de validación y registrar el proceso de esterilización. Conclusiones: La guía de orientación de normas técnicas constituirán la base para la formación de los nuevos empleados, lo que minimiza los costos públicos envueltos en el reprocesamiento, suministros médicos y hospitalarios dentales y garantizar una mejor calidad de la salud de los usuarios del Sistema Único de Salud (SUS) (AU)


Objetivo: Organizar uma Norma Técnica para a uniformização do processo de esterilização em Unidades Básicas de Saúde (UBS). Método: Estudo exploratório e descritivo para a construção de diretriz sobre o processo de esterilização, desenvolvido em parceria com o Programa de Educação Continuada em Saúde da Universidade do Estado de Santa Catarina -UDESC, o qual seguiu as recomendações éticas da Resolução 466/2012 da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Resultados: Abordou-se questões relacionadas ao fluxo de materiais unidirecional, padronização das formas de limpeza e empacotamento, rotulagem, tipos de esterilização, testes de validação e registro do processo de esterilização. Conclusões: A norma técnica servirá de base para treinamento de novos colaboradores, minimizando os custos públicos envoltos no reprocessamento de materiais odonto-médico-hospitalares e, assegurando melhor qualidade sanitária aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) (AU)


Objective: To organize a Technical Standard for the standardization of the sterilization process in Basic Health Units (BHU). Method: An exploratory and descriptive study for the construction of guidance on the sterilization process, developed in partnership with the Continuing Education Program in Health, University of the State of Santa Catarina - UDESC, which followed the ethical recommendations of Resolution 466 / 2012 of the National Research Ethics Commission. Results: It approaches issues related to the unidirectional material flow, standardization of the forms of cleaning and packaging, labeling, sterilization types, validation tests and record the sterilization process. Conclusions: The technical standard will form the basis for training new employees, minimizing public costs wrapped in reprocessing dental, medical and hospital supplies and ensuring better health quality to users of the Unified Health System (UHS) (AU)


Assuntos
Esterilização/normas , Reutilização de Equipamento/normas , Equipamentos e Provisões Hospitalares/normas , Manutenção de Equipamento , Segurança do Paciente/normas , Gestão da Segurança/normas
8.
São Paulo; Sms; 01-02 jul. 2011. 1 p. graf.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, COVISA-Producao, Sec. Munic. Saúde SP, Sec. Munic. Saúde SP | ID: biblio-940619
9.
Rev. adm. saúde ; 13(50): 23-30, jan.-mar. 2011. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-612323

RESUMO

O conhecimento sobre os tipos de manutenções realizadas em equipamentos eletromédicos (EEMs) pode direcionar ações de gestão dos hospitais, prevenindo riscos assistenciais e financeiros. Os objetivos desde estudo foram identificar, quantificar e analisar os principais motivos de emissão de ordens de serviços (OS) para manutenção de um hospital de médio porte e alta complexidade do interior do Estado de São Paulo. Foram analisadas 743 OS, no período de junho a agosto de 2010, constatando-se 632 (85 por cento) manutenções corretivas e 111 (15 por cento) manutenções preventivas. Os EEMs respondem por 2 por cento das manutenções corretivas realizadas. Quando analisamos especificamente as manutenções executadas em EEMs, apenas 12 por cento estão relacionadas à manutenção corretiva, sugerindo que a sistemática de manutenção preventiva dos equipamentos instituída garante uma efetividade de funcionamento dos EEMs em 88 por cento. Em relação aos custos com as manutenções de equipamentos, observa-se que a instituição privilegia as manutenções preventivas, que representam uma média de 76 por cento do total de investimento. Conclui-se que, mesmo observando-se o investimento na manutenção preventiva, deve-se ter um olhar cuidadoso em relação aos números encontrados - por se tratar de equipamentos que colocam em risco a segurança e assistência aos pacientes - que, apesar de parecerem pequenos, merecem um estudo mais detalhado para avaliação do impacto causado na assistência. Ações como manutenção preventiva sistemática, e capacitação de seus operadores e técnicos de manutenção podem minimizar falhas; por isso, essa ações devem ser intensificadas, e novas tecnologias devem ser adquiridas visando à renovação do parque tecnológico, não o deixando obsoleto.


Assuntos
Manutenção Corretiva , Equipamentos e Provisões , Falha de Equipamento , Manutenção de Equipamento , Gestão da Segurança/estatística & dados numéricos , Administração Hospitalar , Manutenção Preventiva , Ordens de Serviço , Segurança de Equipamentos/estatística & dados numéricos
10.
Rev. adm. saúde ; 13(50): 23-30, jan.-mar. 2011. ilus, graf
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64022

RESUMO

O conhecimento sobre os tipos de manutenções realizadas em equipamentos eletromédicos (EEMs) pode direcionar ações de gestão dos hospitais, prevenindo riscos assistenciais e financeiros. Os objetivos desde estudo foram identificar, quantificar e analisar os principais motivos de emissão de ordens de serviços (OS) para manutenção de um hospital de médio porte e alta complexidade do interior do Estado de São Paulo. Foram analisadas 743 OS, no período de junho a agosto de 2010, constatando-se 632 (85 por cento) manutenções corretivas e 111 (15 por cento) manutenções preventivas. Os EEMs respondem por 2 por cento das manutenções corretivas realizadas. Quando analisamos especificamente as manutenções executadas em EEMs, apenas 12 por cento estão relacionadas à manutenção corretiva, sugerindo que a sistemática de manutenção preventiva dos equipamentos instituída garante uma efetividade de funcionamento dos EEMs em 88 por cento. Em relação aos custos com as manutenções de equipamentos, observa-se que a instituição privilegia as manutenções preventivas, que representam uma média de 76 por cento do total de investimento. Conclui-se que, mesmo observando-se o investimento na manutenção preventiva, deve-se ter um olhar cuidadoso em relação aos números encontrados - por se tratar de equipamentos que colocam em risco a segurança e assistência aos pacientes - que, apesar de parecerem pequenos, merecem um estudo mais detalhado para avaliação do impacto causado na assistência. Ações como manutenção preventiva sistemática, e capacitação de seus operadores e técnicos de manutenção podem minimizar falhas; por isso, essa ações devem ser intensificadas, e novas tecnologias devem ser adquiridas visando à renovação do parque tecnológico, não o deixando obsoleto(AU)


Assuntos
Ordens de Serviço , Manutenção de Equipamento , Equipamentos e Provisões , Falha de Equipamento , Segurança de Equipamentos/estatística & dados numéricos , Manutenção Corretiva , Manutenção Preventiva , Gestão da Segurança/estatística & dados numéricos , Administração Hospitalar
11.
Cient. dent. (Ed. impr.) ; 7(2): 139-146, mayo-ago. 2010. tab, ilus
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-91338

RESUMO

Los instrumentos dentales con el uso se van deteriorando y perdiendo el filo o corte, por lo que se debe realizar un afilado con las piedras adecuadas y la técnica correcta para mantenerlos en buen estado y fieles a su diseño original. En este trabajo haremos una puesta al día de este tema (AU)


With use, dental instruments deteriorate and lose their edge or cut, for which reason they must be sharpened with the proper stones and the correct technique to keep them in good condition and according to their original design. In this paper, we will update this subject (AU)


Assuntos
Humanos , Instrumentos Odontológicos/normas , Manutenção de Equipamento/métodos , Silicatos
12.
Todo hosp ; (260): 632-640, oct. 2009. ilus, tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-85302

RESUMO

En edificios complejos y sobre todo en hospitalaes, los sistemas y equipos que requieren de vigilancia, conrol y análisis de datos son múltiples y complejos y como cada uno pertenece a un periodo tecnológico distitno se hace realmente difícil extraer la inforación necesaria de los mismos. Si además, a este cóctel peligrosos le smamos que las instalaciones cuentan con más de 30 años y los sistemas de información del mantenimiento eran de poca utilidad, teníamos un problema o como se suele decir en elmundo de la calidad existe una oportunidad de mejora. Lo que este artículo plantea es algomuynormal en la industria, por la estandarización en sistemas y equipos, pero muy poco visto en el mundo sanitario , por la miscelánea de productos y el sobrecoste my pocas veces asumido; trat de cómo la inforamción procedent de equios, instalaciones y mantenimiento puede confluir en un solo punto. La información dispersa para su análisis requiere de un gran esfuerzo, sin embargo, si fusionamos las distintas fuentes en un solo elemento obtendremos el máximo rendimiento del uso de las tecnologías. La propuesta queen este caso presentamos reúne la mayor información que sobre este tema existe actualmente en el mercado (AU)


Here arises how the information from equipment, facilities and maintenance can converge at one point The scatted information for analysis requires a great effort, however, if fusion different sources into a single element gets the full benefits of technology (AU)


Assuntos
Sistemas de Informação Hospitalar/organização & administração , Equipamentos e Provisões Hospitalares/normas , Manuais como Assunto , Manutenção de Equipamento
13.
Rev. bras. eng. biomed ; 24(1): 39-49, abr. 2008. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-510113

RESUMO

No método de calibração por auto-reciprocidade, a sensibilidade do transdutor é determinada a partir do conhecimento de parâmetros elétricos de excitação do transdutor (tensão e corrente), além de outras grandezas presentes no parâmetro geral de reciprocidade para ondas planas JP. O objetivo deste trabalho é validar um sistema de calibração por auto-reciprocidade, conforme a norma IEC 60866:1987. A validação foi realizada utilizando-se um padrão de referência calibrado no National Physical Laboratory (NPL) em conjunto com transdutores com freqüência central de 1,0 MHz e 2,25 MHz. Para a validação do sistema de calibração, a tensão de alimentação aplicada aos transdutores foi variada de 1 a 10 V, medidos pico a pico, na faixa de 0,80 a 1,32 MHz para o transdutor de 1,0 MHz e na faixa de 1,5 a 3,0 MHz para o transdutor de 2,25 MHz. Foram considerados válidos os pontos em freqüência cujos resultados da calibração tiveram incerteza devido à linearidade máxima menor do que 10% e incerteza combinada menor do que 9%. O sistema foi validado na faixa de 1,04 a 1,32 MHz (com base nos resultados do transdutor de 1,0 MHz) e na faixa 1,55 a 2,90 MHz (utilizando-se o transdutor de 2,25 MHz). Nas freqüências próximas à freqüência de ressonância, a incerteza combinada típica do transdutor de 1,0 MHz foi de cerca de 5%, e a do transdutor de 2,25 MHz em torno de 8%. A faixa reduzida do primeiro transdutor deu-se por restrições do sistema experimental utilizado, particularmente pelos dados de calibração do padrão de referência utilizado. O sistema se mostrou adequado e os resultados foram considerados dentro do padrão esperado.


According to the self-reciprocity calibration method, ultrasonic transducer sensitivity is depicted from the knowledge of electrical parameters of excitation (voltage and electric current), as well as other quantities expressed in the general reciprocity parameters for plane waves...


Assuntos
Transdutores/normas , Ultrassom , Ultrassonografia , Calibragem/normas , Manutenção de Equipamento/métodos , Controle de Qualidade , Padrões de Referência
15.
Todo hosp ; (236): 284-289, mayo 2007. ilus, tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-61888

RESUMO

El génesis de esta reflexión o artículo se manifiesta ante la necesidad generada por la nueva legislación sanitaria, que asimila los gases medicinales como medicamentos, y como los diversos colectivos involucrados en esta nueva situación hemos ido afrontando su aplicación. Dentro de este colectivo pluridisciplinar están farmacéuticos hospitalarios, empresas gasistas, gestores de hospitales e ingenieros de mantenimiento (AU)


The origin of this reflection or article is found in the requirements generate by the new health legislation which considers medicinal gases as medicines, and how the different groups involved in this new situation have been applying it. This multidisciplinary group includes hospital pharmacists, gas companies, hospital administrator and maintenance engineers (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gases/economia , Gases/uso terapêutico , Legislação Hospitalar/economia , Legislação Hospitalar/organização & administração , Legislação Hospitalar/normas , Manutenção Preventiva/economia , Manutenção Preventiva/políticas , Gases/provisão & distribução , Legislação Médica/organização & administração , Legislação Farmacêutica/organização & administração , Manutenção/organização & administração , Manutenção/normas , Serviço Hospitalar de Engenharia e Manutenção/organização & administração , Manutenção de Equipamento/políticas , Operação e Manutenção/prevenção & controle
18.
Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Salud de las Personas; 1 ed; Jul. 2006. 122 p. ilus, graf, tab.
Monografia em Espanhol | BVSMINSA | ID: pru-4650

RESUMO

El presente documento brinda información relacionada con las condiciones reales de la oferta de los servicios hospitalarios en términos de dimensionamiento, capacidad operativa y eficiencia del recurso físico, entre otros. El alcance del presente diagnóstico está dirigido a los representantes del Gobierno Nacional, Gobiernos Regionales y a las Autoridades de Salud, como una herramienta de gestión que orienta en la elaboración de los planes hospitalarios como parte de la mejora de las condiciones de equidad y eficiencia de la red de servicios hospitalarios, optimizando su funcionamiento, actualizando los indicadores hospitalarios y contribuyendo, así a la disminución de las tasas de mortalidad y morbilidad(AU)


Assuntos
Infraestrutura Sanitária , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos , Manutenção de Equipamento/métodos , Serviço Hospitalar de Engenharia e Manutenção , Peru
19.
Lima; Perú. Ministerio de Salud. Dirección General de Salud de las Personas; 1 ed; Jul. 2006. 122 p. ilus, graf, tab.
Monografia em Espanhol | PERNAL | ID: pnc-4650

RESUMO

El presente documento brinda información relacionada con las condiciones reales de la oferta de los servicios hospitalarios en términos de dimensionamiento, capacidad operativa y eficiencia del recurso físico, entre otros. El alcance del presente diagnóstico está dirigido a los representantes del Gobierno Nacional, Gobiernos Regionales y a las Autoridades de Salud, como una herramienta de gestión que orienta en la elaboración de los planes hospitalarios como parte de la mejora de las condiciones de equidad y eficiencia de la red de servicios hospitalarios, optimizando su funcionamiento, actualizando los indicadores hospitalarios y contribuyendo, así a la disminución de las tasas de mortalidad y morbilidad(AU)


Assuntos
Infraestrutura Sanitária , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos , Manutenção de Equipamento/métodos , Serviço Hospitalar de Engenharia e Manutenção , Peru
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA