Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 3.608
Filtrar
1.
Braz. j. oral sci ; 20: e214995, jan.-dez. 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1281108

RESUMO

Proper recording and keeping dental records are an important part of any dental practice. It helps in improving patient care, has medico-legal importance and play significant role in human identification during mass disasters or criminal offences. Aim: To assess the knowledge and practices of recording and maintaining patients 'records among private dental practitioners of Delhi, India. Methods: Data for this cross-sectional study was collected from 160 dentists of Delhi using a self-administered questionnaire. The face and content validity as well as reliability of questionnaire was tested before the final data collection. A single trained examiner collected all the necessary information via personal visits or google forms. Chi-square test was applied to check the statistically significant difference between the dichotomous independent variables with respect to study participants' responses to the questionnaire. Results: The mean age of the study participants was 34.5 (SD 7.2) years.Digital method of recording patient's data and x-ray storage was more prevalent than manual method among the study participants. Slightly more than 40% of the dentists were keeping patient's records safe for a period of 6 to 10 years. Younger dentists with lesser years of practice were more explicit in recording and correcting patient records. Conclusion: Results of this study shows that private dental practitioners of Delhi are aware of medico-legal importance of dental records. Most of them were recording important findings and history of their patients. Dentists must be educated in two aspects namely correct method of recording and the ideal duration of storing their patients' dental records


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros Odontológicos , Inquéritos e Questionários , Odontólogos , Odontologia Legal
2.
J Forensic Odontostomatol ; 2(39): 2-14, 2021 Aug 30.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34419940

RESUMO

INTRODUCTION: Forensic dentistry has, as one of its main goals, the identification of living and/or deceased individuals, based on the individual features of the teeth. One of the identification criteria to be established is the chronological age. Several authors, including Kvaal, have developed age estimation methods based on secondary dentine deposition. Nowadays, three-dimensional imaging tests, such as Cone Beam Computed Tomography (CBCT), are used in age estimation. OBJECTIVE: The aims of this research project were to validate Kvaal's method and its variables in age estimation and to create new linear regression formulae to better represent the study sample. METHODS: We selected 158 CBCT, with a total of 402 sound teeth (central incisors, lateral incisors and canines). The necessary measurements and ratios were calculated in both coronal and sagittal sections, with XelisDental . The formulae developed by Kvaal for age estimation calculation were applied. Subsequently, the results were statistically analyzed. RESULTS AND DISCUSSION: The intraclass correlation coefficients from the two measurements ranged from 0.918 to 0.997. The calculated age estimation had a mean error of -21.4years (coronal section) and -26.3years (sagittal section). The t test revealed statistically significant differences between chronological age and estimated age. The absolute values of Pearson's correlation coefficient between age and the two Kvaal variables ranged from 0.06 to 0.38 and from 0.06 to 0.55. The coefficients of determination are lower than in the original study (between 0.03 and 0.39). In the linear regression formulae, the coefficients of determination ranged from 0.07 to 0.41. CONCLUSION: This investigation concludes a non-reproducibility of Kvaal's method in the Portuguese population when applied in CBCT, with statistically significant differences between the chronological age and the dental age, estimated by the pulp/ tooth proportion method, based on the teeth analyzed in this study.


Assuntos
Determinação da Idade pelos Dentes , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico , Polpa Dentária/diagnóstico por imagem , Odontologia Legal , Humanos , Incisivo
3.
J Forensic Odontostomatol ; 2(39): 45-57, 2021 Aug 30.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34419945

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze the perspective of using an adapted algorithm for digital images comparison while providing forensic dental identification in complicated fractured skull conditions by ante-mortem and post-mortem radiographical data sets. MATERIALS AND METHODS: Ante-mortem orthopantomogram and post-mortem peri-apical X-ray images were converted in *.jpeg format with their further import into GIMP 2.10 software (The GIMP Development Team). Segmentation of OPG-image was provided in topographical projections of jaw segments obtained directly from the victim. Comparison of analyzed image segments was provided manually within GIMP 2.10 software using functions of "Layers" and "Opacity" through the proposed algorithm. RESULTS: Considering the fact that 20 positive concordant dental identifiers overall were verified during comparison of AM and PM X-ray datasets, we can conclude that odontological identity was established. All above-mentioned discrepancies could be classified as explainable. Inter-agreement rate between two investigators considering correspondence between AM and PM datasets reached Cohen's kappa level which is equal to 0,97, while positive 100% agreement was reached considering 21 out of 24 analyzed characteristics. CONCLUSION: Available AM and PM radiographical datasets represent a sufficient information for effective forensic dental identification, even if such were obtained by different roentgenological techniques (orthopantomography and periapical radiography). Using of an adapted algorithm for digital images comparison with forensic dental purposes could potentially overcome cognitive bias and observer's effect, speed up the process of analysis and increase the accuracy and inter-agreement rate while referencing AM and PM datasets.


Assuntos
Odontologia Legal , Medicina Legal , Algoritmos , Humanos , Radiografia Panorâmica , Crânio/diagnóstico por imagem
4.
J Prev Med Public Health ; 54(3): 218-219, 2021 May.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34092068

RESUMO

The identification of human remains can be performed visually through families and next-of-kin, but it is not advisable to rely only on visual recognition; instead, it is preferable to conduct a forensic comparison of antemortem and postmortem data for primary identifiers (fingerprints, DNA, and dental data). A dental autopsy is particularly valuable in the identification process of skeletonized, carbonized, saponified, and fragmented human remains. The principal challenge in the identification process is the search and collection of antemortem data. To this end, all dental information held on a missing person can represent a precious source of individualizing information that families should share with the police or investigating agencies after reporting a disappearance.


Assuntos
Odontologia Legal/métodos , Disseminação de Informação/métodos , Odontologia Legal/tendências , Humanos , Desenvolvimento de Programas/métodos
5.
Forensic Sci Int ; 325: 110877, 2021 Aug.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34153555

RESUMO

In this study, the efficacy of dental tissues (cementum, dentine and pulp) and alveolar bone as a potential source of DNA was tested in terms of the quality and quantity using nuclear and mitochondrial markers for forensic investigation.This study found dentine as the best source of DNA with only 5.36% imbalanced (PHR<0.7) heterozygous loci. Pulp showed the highest quantity of DNA but exhibited 22.3% imbalanced (PHR<0.7) heterozygous loci. Cementum with highest (46.67%) heterozygote imbalance proved to be the last choice as a source of DNA. Alveolar bone exhibited the second-highest total yield of DNA/mg of tissue. All Global Filer™ STR loci were amplified in 70% samples of fresh alveolar bone whereas for 30% samples, only partial profile was generated along with successful sex determination. All the dental tissues and alveolar bone samples amplified non STR markers (D-loop, Cytochrome Oxidase I, SRY, AMEL). Of the alveolar bones from archival samples, one sample exhibited full STR profile whereas other alveolar bone samples gave partial profiles. This study substantiates alveolar bone as an alternate source of nuclear and mitochondrial DNA.


Assuntos
DNA/análise , Adulto , Idoso , Processo Alveolar/química , Impressões Digitais de DNA , Cemento Dentário/química , Polpa Dentária/química , Dentina/química , Feminino , Odontologia Legal , Genética Forense , Humanos , Masculino , Repetições de Microssatélites , Pessoa de Meia-Idade , Reação em Cadeia da Polimerase
6.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [99-107], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281480

RESUMO

INTRODUÇÃO: A identificação humana pela odontologia legal é considerada um método primário de identificação assim como o exame de DNA e a papiloscopia. A tomografia computadorizada (TC) pode ser usada no processo de identificação humana e quando associada a outros métodos gera resultados que facilitam a identificação. OBJETIVO: Este trabalho visa verificar a importância da TC no processo de identificação humana e realizar um levantamento dos casos em que o exame tomográfico no crânio foi utilizado para esse fim. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizado um levantamento bibliográfico dos últimos 21 anos nas bases científicas e foram adotados alguns critérios de inclusão: ser um relato de caso, ter sido publicado entre os anos de 1998 a 2019 e ter sido utilizado um exame de TC de crânio para a identificação. Os critérios de exclusão foram: uso de outros exames imaginológicos, trabalhos que não são relatos de caso e aqueles que não consideravam os arcos dentais e/ou crânio. Foram encontrados 6 artigos dentro dos critérios, sendo a maioria relativa a casos europeus e de corpos esqueletizados. CONCLUSÃO: Através da análise destes trabalhos, foi possível confirmar a importância das tomografias computadorizadas de crânio, que podem subsidiar a identificação de corpos, especialmente onde há impossibilidade de datiloscopia, especialmente por permitir uma análise multiplanar de estruturas anatômicas específicas, sem sobreposição.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Tomografia Computadorizada por Raios X , Antropologia Forense , Odontologia Legal
7.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [88-98], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281479

RESUMO

O objetivo foi analisar a efetividade dos critérios empregados pela Odontologia Legal, comparando idade estimada (IE) com idade cronológica (IC) dos indivíduos desconhecidos que deram entrada no Instituto Médico Legal Dr. André Roquette em 2017. A amostra final de dados secundários foi de 167 desconhecidos, originados no Sistema de Informatização e Gerenciamento dos Atos de Polícia Judiciária-PCNet. Categorizou-se o uso do critério odontológico (Sim/Não), compreendido por: Dentes Presentes, Desgaste Dentário, Presença de Rebordos Remanescentes, Mineralização das Raízes Dentárias e Estrutura Óssea dos Maxilares, como "Sim" e Elementos Morfológicos do Corpo e Face, Tecidos Anexos como "Não". Os componentes da amostra foram divididos em Grupos 1, 2 e 3, de acordo com o estrato etário. Como resultado, viu-se que a maioria dos desconhecidos era do sexo masculino (91,7%). A prevalência de uso do critério odontológico foi de 100%. Concluiu-se que o uso dos critérios odontológicos é relevante estratégia pericial na estimativa de idade. Contudo, se faz premente a calibração da equipe e padronização de critérios, visando garantir a efetividade e o rigor científico, tanto no IMLAR/BH, como em outros Institutos Médico-legais do país.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Determinação da Idade pelos Dentes , Antropologia Forense , Odontologia Legal
8.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [78-87], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281478

RESUMO

Introdução: A COVID-19 é uma doença de etiologia viral associada à infecção causada pelo novo coronavírus. Devido ao seu padrão de transmissão, foram estabelecidas novas medidas de biossegurança. O uso dos equipamentos de proteção individual (EPI) é fundamental para controle da disseminação da doença, inclusive durante a realização de exames periciais nos Institutos Oficiais de Perícias (IOP). Objetivo: Analisar os custos das medidas de biossegurança adotadas a partir da pandemia do COVID-19 nos IOP do Brasil. Material e Método: O estudo consiste em uma avaliação econômica parcial do tipo microcusteio. A coleta foi realizada para estimar os custos diretos incorridos da adoção de novas normas de biossegurança, considerando uma equipe de necropsia de um IOP. Adotou-se a perspectiva do gestor do IOP e seguiram-se as práticas recomendadas pela REBRATS. A estimativa dos custos foi calculada por turno. Foi considerado um cenário mais otimista (-20% dos custos) e mais pessimista (+20% dos custos). Resultados: O valor total por turno variou de R$106,93 a R$160,39 segundo análise de sensibilidade. Será necessário investir, em média, R$100.000,00 anuais para cada IOP. Considerando a despesa do funcionário, na ausência de fornecimento de EPI pela gestão, o valor médio por turno foi de R$57,62. Conclusão: Os custos para adoção das novas medidas de biossegurança nos IOP durante a pandemia do COVID-19 são onerosos. Anualmente, o investimento representa um montante significativo, porém indispensável para garantir a segurança da equipe e o adequado fornecimento do serviço.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Contenção de Riscos Biológicos , Custos e Análise de Custo , Odontologia Legal , COVID-19
9.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [66-77], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281477

RESUMO

Após o surgimento do Código de Defesa do Consumidor, a Odontologia passou por modificações jurídicas, fornecendo condições aos pacientes para cobrarem do profissional o cumprimento de suas obrigações. O objetivo do estudo foi analisar as decisões em primeira instância de processos julgados na área de Odontologia no ano de 2019 no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) em relação ao tempo de processo, especialidade do procedimento, tipo de pessoa requerida, tipo de justiça, classe do processo, realização de perícia, posicionamento do magistrado em relação ao laudo, tipo de obrigação estabelecida no processo, responsabilidade civil, pedido de reconvenção, e decisão judicial. Foi utilizado o acesso ao banco de sentenças do TJ-SP com os seguintes descritores no campo de busca: "dentista" e "responsabilidade profissional". Foram encontradas 234 sentenças. O tempo máximo entre o início do processo e o julgamento foi de 17 anos e o tempo mínimo, de 1 ano. A Implantodontia foi a especialidade mais processada (42,3%), e o dano moral foi a classe processual mais solicitada (29,9%). Em 75,6% das sentenças, a realização da perícia foi solicitada e, destes, em 70,9% dos casos o magistrado se embasou nas informações fornecidas no laudo para determinar sua sentença. A obrigação de resultado foi a mais associada à Odontologia pelos Magistrados, com estabelecimento da responsabilidade civil em 140 sentenças. Dessa forma, ressalta-se a importância do laudo pericial, visto que este atua de modo a esclarecer o magistrado, e consequentemente, se torna um fator essencial para guiar a decisão judicial.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Responsabilidade Civil , Odontologia Legal
10.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [43-54], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281475

RESUMO

O cirurgião-dentista está em situação privilegiada na detecção precoce de maus-tratos infantis, devido ao maior acometimento das lesões na região de cabeça e pescoço, área onde atua. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento dos docentes de Odontologia da UEA sobre o papel do cirurgião-dentista nos casos de maus-tratos infantis e seu interesse no assunto. Foram aplicados 45 questionários para um estudo descritivo de corte transversal. Resultados: a maioria possui uma especialidade (75,56%), tempo de atuação entre 16 e 20 anos (31,11%) e atua nos ambientes público e privado (71,11%). 53,33% definiram corretamente maus-tratos infantis. 75,56% citaram incompletamente os tipos de maus-tratos, sendo que físico (71,11%) e psicológico (57,78%) foram os mais citados. De 0 a 10, foi obtida a média 5,71 para a capacidade de identificar maus-tratos. Sinais físicos (84,44%) e comportamentais (77,78%) foram os mais citados. 24,44% já suspeitaram de violência durante atendimento odontológico, destes, 36,36% acionaram o Conselho Tutelar. 55,56% responderam que o Conselho Tutelar é o órgão a ser acionado. 80% não sabem se sofrerão consequências legais caso não notifiquem suspeitas de violência. De 0 a 10, foi obtida média 8,74 para a disposição em receber informações sobre o assunto. Conclusão: Os entrevistados manifestaram conhecimento básico, insuficiente para detecção e manejo das variadas situações de maus-tratos infantis, o que também pode influenciar inadequadamente na abordagem do assunto na graduação. Por outro lado, demonstraram-se sensibilizados e com interesse em se aprimorar sobre o tema.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Maus-Tratos Infantis , Educação em Odontologia , Odontologia Legal
11.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [33-42], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281474

RESUMO

Introdução: A violência contra crianças e adolescentes constitui problema de saúde pública. Objetivo: Avaliar o impacto da escolaridade em vítimas de violência infantojuvenil submetidas a exame traumatológico no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) da cidade de João Pessoa/PB ­ Brasil, em 2017. Material e Métodos: Estudo documental, transversal, analítico, com técnica de documentação indireta, a partir da análise dos laudos periciais produzidos em 2017. Variáveis analisadas: idade, ocupação da vítima (G1= não estudante e G2 = estudante), local da agressão, energia e instrumento lesivo, localização e natureza da lesão e relação vítima/agressor. A associação entre as variáveis qualitativas foi avaliada pelos testes de Qui-quadrado e Exato de Fischer (nível de significância de 5,0%). Resultados: Analisaram-se 384 laudos, com tempo médio entre agressão e denúncia de 8,95 dias e via pública (19,5%) como principal local de ataque. A energia mecânica (G1 = 99,0% e G2 = 99,5%) e o instrumento contundente (G1 = 90,5% e G2 = 88,1%) foram os mais utilizados; membros (G1 = 55,0% e G2 = 54,4%) e face (G1 = 34,6% e G2 = 41,5%) as regiões mais afetadas. Prevaleceram lesões leves (G1 = 94,7% e G2 = 90,0%) e agressões por pessoas estranhas à vítima (G1 = 65,4% e G2 = 41,4%). Conclusão: Ausência de diferença significativa entre os grupos (G1 = 49,7% e G2 = (50,3%), maioria com idades entre 13 a 18 anos (80,4%), o estranho o principal agressor e os instrumentos contundentes mais utilizados para provocar lesões leves em membros e face.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Maus-Tratos Infantis , Escolaridade , Odontologia Legal
12.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [23-32], 20210427.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1281473

RESUMO

A system was proposed to scan dental models to record three-dimensional features seen in the anterior teeth to create a database of dental profiles. Dental casts were randomly selected to create indentations in cowhide leather. Reid Bite Reader was used to measure the bite forces generated by Reynolds Controlled Bite Force Generator to make the teeth impressions. Using the Immersion MicroScribe® 3D, information from the 53 bitemark depressions and 62 sets of dental casts were transferred to an Excel Spreadsheet. Software was developed to perform the 3D comparison using metric and pattern analysis. Statistical analysis showed 100% success when comparing both arches together of the dental casts with the bitemarks or different dental casts.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Imageamento Tridimensional , Odontologia Legal , Registro da Relação Maxilomandibular
13.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [13-22], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281472

RESUMO

Introdução: Para atender aos aspectos éticos e legais da prática odontológica, faz-se necessário o ensino de conteúdos da área de Odontologia Legal (OL) nos cursos de graduação em Odontologia. As instituições de ensino superior (IES) têm papel fundamental, na condição de fornecedoras das ferramentas e conhecimentos necessários para a atuação responsável do futuro profissional. Objetivo: Verificar se os cursos de Odontologia de faculdades reconhecidas pelo Ministério da Educação na região sudeste brasileira apresentam a disciplina de OL em sua grade curricular e avaliar características curriculares da disciplina. Material e Método: Estudo transversal de base documental, na qual foram analisadas as matrizes curriculares dos cursos de Odontologia das IES localizadas na região sudeste brasileira e que disponibilizavam acesso às grades curriculares via ferramentas on-line. Resultados: Das 176 faculdades, 144 foram incluídas, sendo 125 (86,8%) IES privadas e 19 (13,2%) públicas. A disciplina está presente nas matrizes curriculares de 79,1% das IES. Sobre as características curriculares, majoritariamente a disciplina é ofertada como obrigatória (99%). Em relação à metodologia de ensino empregada, a disciplina é predominantemente teórica (95%). Poucas instituições (5%) ofertam disciplinas teórico-práticas, sendo que IES públicas ofertam mais que IES privadas (p=0,0158). A carga horária média da disciplina é de 50,05h, abaixo da carga horária mínima de 60h recomendada pela Associação Brasileira de Ética e Odontologia Legal. Conclusão: Os resultados deste estudo possibilitaram estabelecer um panorama da inserção da OL nos planos curriculares das IES da região sudeste do Brasil, demonstrando que quando ofertada a disciplina é predominantemente obrigatória e teórica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Educação em Odontologia , Odontologia Legal
14.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 8(1): [02-12], 20210427.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281471

RESUMO

A Odontologia Legal (OL) é uma especialidade da Odontologia que teve seu surgimento associado a anseios sociais relacionados à identificação humana. Logo se percebeu a contribuição que poderia fornecer no atuar profissional, especialmente se inserida no currículo acadêmico. Esse artigo teve como objetivo realizar um levantamento histórico dos componentes curriculares da área de OL da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FORP-USP) e analisar o desenvolvimento de suas ementas disciplinares. Foi realizada uma pesquisa documental com abordagem descritiva e qualitativa dos dados da estrutura curricular do curso de graduação da referida instituição entre os anos de 1962 e 2019. Assim, a coleta das informações deu-se utilizando livros e sítios eletrônicos que continham as ementas disciplinares. A disciplina de OL esteve presente no ensino da FORP-USP desde que se tem registro (1962), quando era denominada "Odontologia Legal, Legislação e Ética Profissional". A área manteve-se vigente, apesar das modificações que culminaram na criação e extinção de determinadas disciplinas. A Odontologia Legal é fundamental na orientação das condutas éticas e legais da profissão e, dessa forma, esteve presente no curso de graduação da FORP-USP desde os primórdios da instituição, e vem sendo trabalhada e desenvolvida com o passar dos anos. Conclui-se que foi possível determinar a trajetória, cronologia e arranjo das alterações das disciplinas relacionadas com a área de Odontologia Legal da FORP-USP a partir de 1962, o que permitiu observar a evolução da área, sobretudo no que diz respeito às metodologias e conteúdos, bem como a diversificação de material bibliográfico utilizado no ensino.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , História do Século XX , Educação em Odontologia , Odontologia Legal , História da Odontologia
15.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1281470

RESUMO

A ficção científica, por diversos meios e enredos, diz que é possível. A realidade se mostra diferente. Mas, sejamos sinceros... Chegou 2021 e qual a sua sensação? Não parece que viajamos no tempo e voltamos para o início de 2020?! Pico da pandemia, antecipação de feriados, lockdown (que no Brasil nunca foi tão lockdown assim). Enfim... Seguimos... E com mais um editorial que traz em seus dizeres o assunto da pandemia da COVID-19. E pelo visto não iremos nos ver livres dela tão cedo. Mas apesar da sensação de não avançarmos no combate a pandemia, o nosso tema central é outro, a Odontologia Legal e a nossa RBOL que segue avançando! E aqui chegamos ao nosso oitavo ano, com o primeiro número de 2021.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Odontologia Legal
16.
Arch Oral Biol ; 125: 105102, 2021 May.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-33706152

RESUMO

OBJECTIVE: To test the applicability of "Gleiser and Hunt dental staging system modified by Kohler" (GHK) to assess third molar (3 M) development in a Russian population in order to determine the age of majority. DESIGN: The sample consisted of 918 panoramic radiographs from Russian females (n = 551) and males (n = 367) within the age interval between 8 and 23 years. On each radiograph, 3 M development was classified based on the GHK technique. Statistics tested the data for normality. Mean age and standard deviation were described for each 3 M position. Ordinal logistic regression tested the performance of the technique to classify individuals below or above the 18-year threshold. Receiver Operating Characteristic (ROC) curves were used. RESULTS: The mean ages and standard deviation (SD) for apex closure in females were 21,11 (SD = 1,47), 21,11 (SD = 1,43), 21,24 (SD = 1,39), and 21,29 (SD = 1,28) years for the teeth #18, 28, 38, and 48, respectively. Among males, the same teeth showed mean closure ages of 20,57 (SD = 1,69), 20,64 (SD = 1,76), 20,68 (SD = 1,68), and 20,81 (SD = 1,62) years, respectively. Area under the curve (AUC) reached 0.904 and 0.915 for classifying females and males below or above the 18-year threshold. CONCLUSION: The GHK technique was able to describe 3 M development in a Russian population. The statistic model was able to classify individuals below or above the 18-year threshold. However, the outcomes must be carefully interpreted, especially in borderline cases (17-19-year spectrum).


Assuntos
Determinação da Idade pelos Dentes , Dente Serotino , Adolescente , Adulto , Criança , Feminino , Odontologia Legal , Humanos , Lactente , Masculino , Dente Serotino/diagnóstico por imagem , Radiografia Panorâmica , Federação Russa , Adulto Jovem
17.
Rev. ADM ; 78(2): 80-83, mar.-abr. 2021. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1247499

RESUMO

El consentimiento informado forma parte de los elementos que constituyen el expediente clínico. Por su importancia informativa sobre posibles riesgos y complicaciones inherentes al tratamiento a realizar, su elaboración resulta de vital importancia. Existen numerosas legislaciones y normatividades que regulan este notable documento; sin embargo, resulta alarmante que muchos profesionistas omiten su realización o lo elaboran erróneamente, poniéndolos en riesgo de sufrir problemas legales. Además, es una realidad que el consentimiento informado es un documento mal entendido por la mayoría de los profesionistas, pudiendo incurrir en numerosos errores por desconocimiento. El objetivo del presente artículo es informar al cirujano dentista sobre los verdaderos alcances del consentimiento informado con fundamento en la legislación vigente en México (AU)


Informed consent is part of the elements that make up the clinical record. Due to its informative importance on possible risks and complications inherent to the treatment to be carried out, its preparation is of vital importance. There are numerous laws and regulations that regulate this remarkable document, however, it is alarming that many professionals omit its elaboration or wrongly elaborate it, putting them at risk of suffering legal problems. In addition, it is a reality that informed consent is a document misunderstood by most professionals, and may incur numerous errors due to ignorance. The aim of this article is to inform the dental surgeon about the true scope of informed consent based on current legislation in Mexico (AU)


Assuntos
Humanos , Responsabilidade Legal , Odontologia Legal/legislação & jurisprudência , Consentimento Livre e Esclarecido , Registros Odontológicos/legislação & jurisprudência , Legislação Odontológica , Imperícia/legislação & jurisprudência , México
18.
Rev. cient. odontol ; 9(1): e047, ene.-mar. 2021. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, LIPECS | ID: biblio-1254253

RESUMO

Una de las funciones principales del antropólogo y del odontólogo forense es la de, mediante métodos no rutinarios, dar con la identidad de un sujeto gracias a sus características físicas observables. Esas características, especialmente las óseas, permiten al profesional identificar el sexo, la edad y la incidencia racial de los restos u osamentas que puedan hallar. El odontólogo centra su atención en rasgos pertenecientes al sistema estomatognático, mientras que el antropólogo estudio el conjunto de huesos que componen de forma general el cuerpo humano. En este estudio, se busca exponer los rasgos antropométricos craneofaciales propios del estudio del antropólogo para estimar sexo, grupo étnico y edad, que son de interés odontológico y útiles para la identificación de restos óseos u osamentas. Se analizan las investigaciones realizadas para la determinación del sexo, la incidencia racial y la edad, además de un aporte acerca de la denominada antropología dental, que estudia los elementos propios del sistema estomatognático desde el punto de vista antropológico. Se revisó literatura electrónica mediante buscadores como PubMed, Google Académico y SciELO, con las palabras "ForensicDentistry", "ForensicAnthropology", "Sex Determination", "Ancestry Determination" y "Age Determination". A partir de lo hallado, se concluyó que es de gran importancia para el odontólogo el conocimiento de los rasgos antropológicos craneofaciales desde el punto de vista forense para la individualización, así como la significancia de la interdisciplinariedad entre el trabajo del odontólogo y el del antropólogo para la labor de identificación. (AU)


One of the main functions of anthropologists and forensic dentists is to identify subjects according to physical characteristics of the features presented using non-routine methods. These characteristics, especially bone, allow professional to determine the sex, age and racial origin of the remains or skeleton found. Dentist focus on features belonging to the stomatognathic system, while anthropologists study the bones that make up the human body. In this study, we describe the investigations of cranio-facial anthropometric features of dental interest carried out by anthropologists to identify the sex, race and age of skeletal remains or skeletons. in addition, we describe the so-called dental anthropology that studies the elements of the stomatognathic system from an anthropological point of view. Electronic literature was reviewed through search engines such as PUBMED, Google Academic and SciELO with the search terms "Forensic Dentistry, Forensic Anthropology, Sex Determination, Ancestry Determination and Age Determination". Knowledge of the craniofacial anthropological features from the forensic point of view is of great importance in individualized and multidisciplinary studies by forensic dentists and anthropologists in the identification of skeletal remains. (AU)


Assuntos
Humanos , Antropometria , Antropologia Forense , Odontologia Legal
19.
Med Sci Law ; 61(1_suppl): 125-129, 2021 Jan.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-33591866

RESUMO

Age estimation is an important issue in forensic anthropology and odontology, since it is applied to both the living and the dead. Studies have shown that assessing tooth development using radiological methods is a reliable way to estimate age, especially in children. Demirjian's method is the most widely used estimation method for dental age evaluation. Over the years, many methods have been developed in order to asses which one predicts more accurately the age. In the literature, many populations were examined with these different methods and discordant results are described. This review aims to evaluate the studies in which Demirjian's method was compared with Willems', Cameriere's, Nolla's, Smith's, Haavikko's and Chaillet's methods in order to estimate the most accurate dental age estimation method in different populations. Using the methodology described in the Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analysis statement, the authors conducted a review of existing literature using three databases: PubMed, Google Scholar and Google Scopus.


Assuntos
Determinação da Idade pelos Dentes/métodos , Adolescente , Criança , Pré-Escolar , Feminino , Antropologia Forense , Odontologia Legal , Humanos , Lactente , Internacionalidade , Masculino , Reprodutibilidade dos Testes
20.
Forensic Sci Med Pathol ; 17(1): 72-77, 2021 Mar.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-33405072

RESUMO

Dental comparison is one of the primary methods of scientific identification of severely incinerated human remains. However, due to the fragile nature of the remains dental structures may be lost or damaged during recovery and transportation, limiting the amount of evidence available for examination. In addition to protecting the head, stabilization of the oral structures with an adhesive substance that will not interfere with the dental examination is ideal. A number of materials have been described in previous studies, however, no optimal method has yet to be indicated. Many of these materials contain petrochemicals, which have been shown to be a contamination risk. Wheatpaste solution has been demonstrated to be a viable alternative but has demonstrated handling issues and is not optimal in some environments. This study explores the stabilization of burnt teeth utilizing gelatin and agar solutions as alternatives to wheatpaste. Like wheatpaste solution, these materials are inexpensive, simple to use and are free from petrochemicals. Anterior sections of sheep mandibles were incinerated and subsequently solutions of agar, gelatin or wheatpaste were applied. The jaw fragments were then subjected to vibration and the number of teeth retained within the bone was recorded and compared to untreated incinerated jaw fragments. Although agar solution demonstrated serious handling issues, gelatin solution provided stabilization equivalent to that of wheatpaste. Gelatin also performed well at lower temperature conditions under which wheatpaste has been shown to perform poorly.


Assuntos
Ágar , Incêndios , Gelatina , Mandíbula , Manejo de Espécimes/métodos , Dente , Animais , Meios de Cultura , Odontologia Legal/métodos , Modelos Animais , Radiografia Dentária , Ovinos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...