Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 307
Filtrar
1.
Gan To Kagaku Ryoho ; 46(Suppl 1): 151-153, 2019 May.
Artigo em Japonês | MEDLINE | ID: mdl-31189843

RESUMO

The patient, a 60-year-old male with a combination of diabetes mellitus and hypertension, was hospitalized for peripheral arterial disease and recommended as a candidate for lower limb amputation after vascular IVR. The patient rejected this recommendation and left the hospital. The toes of both feet turned black and became mummified, which resulted in the patient being unable to walk at home and being prescribed narcotics for the pain. The patient requested home nursing where he was provided with lower limb wound care and rehabilitation to improve lower limb muscle strength together by visiting nurses and his wife. A daily regime was devised to prevent accompanying pain in the wounds, which improved gradually. The time spent together through repeated daily care helped build a relationship in which everyone involved was pleased with the improvements to the wounds. The necrotic site was auto-amputated and healed after 15 months. During this time, the feelings of the patient who did not want to amputate were considered and he was able to be cured without additional complications.


Assuntos
Pé Diabético , Úlcera do Pé , Amputação , Pé Diabético/enfermagem , Humanos , Extremidade Inferior , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Cicatrização
2.
Br J Nurs ; 28(6): S38-S50, 2019 Mar 28.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30925236

RESUMO

Diabetic foot ulcers (DFUs) are a serious complication of diabetes that impact on the patient, their social environment, overall health, and on nursing practice. Nursing scholars have integrated theories on practice to overcome these problems, but a lack of agreement in the available literature acts as a barrier to implementing these in practice. For that reason, using a nursing metaparadigm as a theoretical framework would assist nurses in managing care purposefully and proactively, thus possibly improving outcomes. There has been little discussion about the nursing metaparadigm in relation to DFU care. This article aims to identify why Fawcett's theory of the nursing metaparadigm is important as a fundamental part of DFU care. Understanding this will help to elucidate the phenomenon of DFUs. Moreover, identifying the elements of the DFU care framework is essential to improve reflective practice and intervention. This article discusses the concept of the nursing metaparadigm and its implications for practice in the care of patients with DFUs.


Assuntos
Pé Diabético/terapia , Padrões de Prática em Enfermagem , Cicatrização , Pé Diabético/enfermagem , Humanos , Guias de Prática Clínica como Assunto
3.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(1): 124-128, jan.-mar. 2019. tab.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968499

RESUMO

Objetivo: Caracterizar as úlceras do pé diabéticode pacientes atendidos em um ambulatório e investigar qual o tratamento dispensado a estas lesões. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa, realizado no ambulatório de um hospital universitário, tendo como sujeitos, 56 pacientes. Para a coleta de dados, foi utilizado um roteiro abordando dados sociodemográficos e clínicos, dados de caracterização e de tratamento das úlceras do pé diabético.Resultados:A faixa etária dos indivíduos variou de 38 a 84 anos. Verificou-se que 40 (71,4%) tinham histórico familiar de diabetes. Quanto à classificação da ferida, 27 (34,6%) apresentavam a lesão na fáscia plantar e 20 (35,7%) apresentavam esfacelo no leito da ferida. Em relação ao tratamento, em 45 (80,3%) das lesões foi utilizado ácidos graxos essenciais. Conclusão: Os resultados reforçam a importância da caracterização/ avaliação das lesões para escolha de um tratamento eficaz, o que reduz a gravidade de complicações. Descritores: Pé diabético, Cuidados de enfermagem, Cicatrização de feridas


Objectives: To characterize diabetic foot`s ulcers of patients treated at a first aid post and to investigate the treatment given to these lesions. Methods: Descriptive study with a quantitative approach, carried out in a first aid post of a university hospital, with 56 patients as subjects. For the data collection, a guideline was used, addressing sociodemographic and clinical data, characterization data and treatment data of diabetic foot ulcers. Results: The age range of individuals ranged from 38 to 84 years. It was found that 40 (71.4%) had a family record of diabetes. Regarding wound classification, 27 (34.6%) presented lesion in the plantar fascia and 20 (35.7%) presented shedding in the wound bed. Regarding the treatment, essential fatty acids were used in 45 (80.3%) of the lesions. Conclusion: Results reinforce the importance of the characterization / evaluation of the lesions to choose an effective treatment, which reduces the severity of complications


Objetivos: Caracterizar como úlceras do pé diabético de pacientes atendidos en un ambulatorio e investigar el tratamiento dispensado a estas lesões. Métodos: Estudo descritivo com abordagem cuantitativa, realizado sin ambulatorio de un hospital universitario, teniendo como sujetos, 56 pacientes. Para una coleta de datos se utilizó un roteador de datos médicos y datos clínicos, datos de caracterización y tratamiento de las úlceras del péptido diabético. Resultados: A faixa y tipos variados de 38 a 84 anos. Verificou-se que 40 (71,4%) tienen historia familiar de diabetes. (34,6%) presentaban una lesión en la planta plantar y 20 (35,7%) presentaban esfacelo no leito da ferida. Em relação ao tratamento, em 45 (80,3%) de las lesiones de los ácidos graxos essenciais. Conclusión: Los resultados refuerzan la importancia de la caracterización / evaluación de las opciones para la selección de un tratamiento eficaz


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Pé Diabético/complicações , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/terapia , Cicatrização , Avaliação de Sintomas/classificação
4.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(4): 919-925, out.-dez. 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915523

RESUMO

Objetivo: Identificar a prevalência de fatores de risco para o desenvolvimento de pé diabético. Métodos: Estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado junto a 71 indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 cadastrados em uma Unidade de Saúde da região noroeste do Paraná. Os dados foram coletados por meio de entrevista e exame clínico dos pés e analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: Os fatores de risco mais prevalentes para o desenvolvimento de pé diabético foram: pele ressecada (78,9%), utilização de calçados inadequados diariamente (70,4%), rachadura nos pés (60,6%) e presença de calosidade (56,3%). A prevalência do pé de risco para ulceração foi de 35,2%, predominando alterações grau 2 (33,8%). Conclusão: O exame clínico dos pés deve fazer parte da consulta de Enfermagem ao indivíduo com diabetes, para que seja possível a identificação precoce de fatores de risco e posterior planejamento de ações de cuidado


Objective: To identify the prevalence of risk factors for the development of diabetic foot. Methods: A descriptive study, with a quantitative approach, carried out among 71 individuals with type 2 diabetes mellitus enrolled in a Health Unit in the northwestern region of Paraná. Data were collected through interviews and clinical examination of the feet and analyzed using descriptive statistics. Results: The most prevalent risk factors for diabetic foot development were: dry skin (78.9%), inadequate footwear daily use (70.4%), foot crack (60.6%) and presence of Callosity (56.3%). The prevalence of foot ulceration risk was 35.2%, with grade 2 abnormalities predominating (33.8%). Conclusion: Clinical examination of the feet should be part of the nursing visit to the individual with diabetes, so that early identification of risk factors and subsequent planning of care actions may be possible


Objetivo: Identificar la prevalencia de factores de riesgo para el desarrollo de pie diabético. Métodos: Se realizó un estudio descriptivo con um enfoque cuantitativo, realizado con 71 sujetos con diabetes tipo 2 inscritos en una Unidad de Salud de la región noroeste de Paraná. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas y el examen clínico del pie y se analizaron mediante estadística descriptiva. Resultados: Los factores de riesgo para el desarrollo de pie diabético más prevalentes fueron: piel seca (78,9%), el uso de zapatos inadecuados al día (70,4%), pies (60,6%) y la presencia de grietas callosidades (56,3%). La prevalencia de riesgo de ulceración del pie fue del 35,2%, predominantemente de grado 2 cambios (33,8%). Conclusión: El examen clínico de los pies debe ser parte de la consulta de enfermería a la persona con diabetes para que la identificación temprana de los factores de riesgo y la posterior planificación de las acciones de atención posibles


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Pé Diabético/complicações , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/prevenção & controle , Diabetes Mellitus/enfermagem , Fatores de Risco
5.
Rev Infirm ; 67(242): 21-22, 2018 Jun - Jul.
Artigo em Francês | MEDLINE | ID: mdl-29907172

RESUMO

The hyperbaric chamber is a particularly relevant therapy for the healing of chronic wounds such as radiation-induced wounds, ulcers, diabetic foot or osteomyelitis. This article describes the pathway of a patient with a chronic wound from the perspective of a hyperbaric medicine nurse.


Assuntos
Oxigenação Hiperbárica , Ferimentos e Lesões/enfermagem , Doença Crônica , Pé Diabético/enfermagem , Humanos , Oxigenação Hiperbárica/métodos , Oxigenação Hiperbárica/enfermagem , Cicatrização/fisiologia
6.
Rev. Rol enferm ; 41(4): 248-256, abr. 2018. ilus
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-174652

RESUMO

La diabetes mellitus afecta en España a más del 13 % de la población adulta mayor de 18 años. En estos pacientes, la aparición de úlceras en el pie representa un signo de alerta indicativo de la progresión desfavorable de su enfermedad. El desarrollo textil hacia prendas deportivas especializadas y ropa técnica ha conllevado la elaboración de productos para el sector sanitario, como el calcetín para pacientes diabéticos. La composición textil de los distintos modelos es variable. Algunos de ellos ofrecen propiedades antibacterianas y antifúngicas al incluir plata y quitosano/ chitosan en su composición. Estas combinaciones se vinculan a la probable prevención o tratamiento de la dermatitis, micosis y heridas de los pies. Las pequeñas lesiones en las extremidades inferiores de los pacientes diabéticos, en ocasiones, presentan dificultades para cerrarlas con productos de cura avanzada, sobre todo en las fases finales. Estas prendas terapéuticas combinadas, dada su composición, son capaces de epitelizar pequeñas heridas en los pies o tobillos. Describimos cinco casos en el siguiente estudio: lesiones en pies diabéticos, isquémicos y neuropáticos; en tobillo con lesión traumática compleja; una infección fúngica; y una lesión traumática compleja, en paciente diabética con reacciones alérgicas a los productos y apósitos habituales. Se ponen de relieve las dificultades terapéuticas que han implicado y las distintas fases de tratamiento hasta su resolución. La recomendación del uso de calcetines especiales para diabéticos como parte de la Educación para la Salud realizada por las enfermeras estaría indicada en usuarios con problemas neuropáticos periféricos, vasculares y micosis


Diabetes mellitus affects more than 13 % of Spain’s adult population (18 years old and above), with an increasing prevalence especially among children. In diabetic patients, the appearance of a diabetic foot ulcer means a warning sign that indicates the serious nature of the disease’s progression. The textile industry’s development towards the production of specialized sports and technic clothing has led to the manufacturing of specialized garments for the health sector, including therapeutic socks for diabetic patients. These socks’ textile composition varies considerably between models. Some offer antibacterial and antifungal properties by including silver and chitosan in their yarn. These combined compositions are intended to prevent and/or treat ailments that are likely to appear, such as dermatitis, mycoses and foot injuries. Small injuries in the lower extremities of diabetic patients sometimes present difficulties in the healing process despite the use of advanced healing products, especially in their final stages. Given the composition of diabetic socks, these garments epithelialize small wounds in the feet and ankles. The following study describes the use of therapeutic diabetic socks in five cases, highlighting the therapeutic difficulties involved and the different phases of treatment until their resolution. The cases included: three injuries in diabetic, ischemic and neuropathic feet; an ankle with complex traumatic injury; a fungal infection; and a traumatic complex injury in a diabetic patient with allergic reactions to products and dressings involved in usual treatments. Including the use of therapeutic socks for diabetic patients as part of the Education for Health activities performed by nurses is recommendable for patients with peripheral neuropathic and vascular problems and mycoses


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Idoso , Cicatrização/fisiologia , Pé Diabético/enfermagem , Papel do Profissional de Enfermagem , Diabetes Mellitus/epidemiologia , Diabetes Mellitus/enfermagem , Quitosana/uso terapêutico , Têxteis , Ceratodermia Palmar e Plantar/enfermagem , Infecções Bacterianas/enfermagem , Micoses/enfermagem , Autocuidado , Educação em Saúde , Cuidados de Enfermagem
7.
Can J Diabetes ; 42(4): 437-441, 2018 Aug.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29284562

RESUMO

OBJECTIVES: To determine the impact of a diabetes nurse educator (DNE) on glycemic control in a multidisciplinary diabetes foot (MDF) clinic. METHODS: A prospective cohort trial to measure the impact of a DNE on glycemic control was conducted in an MDF clinic. Change in glycated hemoglobin (A1C) levels over time was measured against the percentage of patient visits (PPVs) accompanied by a glucose meter and/or diary. RESULTS: Increasing PPVs were significantly associated with decline in A1C levels in females. Every 10% increase in PPVs resulted in a 0.18% decrease in A1C levels (p<0.0001). To achieve a clinically important decrease of 1% in A1C levels, a 56% increase in PPVs was required. Increased A1C levels were significantly associated with higher baseline A1C levels (p<0.001) and increased hospital days for foot complications (p<0.0052). CONCLUSIONS: Regular, face-to-face contact with a DNE in an MDF clinic has a positive impact on glycemic control in females.


Assuntos
Instituições de Assistência Ambulatorial , Glicemia/metabolismo , Diabetes Mellitus Tipo 1/sangue , Diabetes Mellitus Tipo 2/sangue , Pé Diabético/enfermagem , Educação de Pacientes como Assunto , Adulto , Idoso , Instituições de Assistência Ambulatorial/normas , Calibragem , Diabetes Mellitus Tipo 1/complicações , Diabetes Mellitus Tipo 1/enfermagem , Diabetes Mellitus Tipo 2/complicações , Diabetes Mellitus Tipo 2/enfermagem , Pé Diabético/sangue , Feminino , Educadores em Saúde , Humanos , Comunicação Interdisciplinar , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Papel do Profissional de Enfermagem , Educação de Pacientes como Assunto/normas , Recursos Humanos
8.
J Clin Nurs ; 27(1-2): e203-e212, 2018 Jan.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28618043

RESUMO

AIMS AND OBJECTIVES: To assess nurses' knowledge on diabetic ulcer disease and their attitudes towards patients suffering from it and to identify factors which influence them. BACKGROUND: Diabetic wound care is an evolving specialty with the rising prevalence of diabetes foot complications. As nurses play a key role in wound care, their knowledge and attitudes are important in providing optimum care to patients. DESIGN: Descriptive cross-sectional survey design. METHODS: The study was conducted in three teaching hospitals. Data were collected using a pretested, validated, self-administered questionnaire from purposively recruited, voluntarily participating nurses (n = 200) who were in diabetic wound care practice for ≥1 year. RESULTS: Lack of formal wound care training was reported by 91.2%. Mean knowledge score was 77.9 (range 53.3-100 on a scale from 0-100) with 57.8% of nurses obtaining ≥80%. Nurses demonstrated an overall positive attitude towards caring for diabetic ulcer patients (median = 41, range 23-50 on a scale from 10-50). However, the study identified deficits in core knowledge and some negative attitudes such as insensitivity to pain. Statistically significant associations were seen between nurses' knowledge and duration of nursing, wound care experience and the type of unit they are attached to. In-service education (77.2%) and knowledge sharing with peers (77.9%) were the most popular knowledge-updating sources. Although 98.6% of nurses were interested in wound care, only 8.3% wished to engage in research. No correlation was observed between nurses' knowledge and attitudes. CONCLUSION: Gaps in core knowledge and negative attitudes may be attributed to inadequate training, suboptimal update of knowledge and lack of interest in wound care research. RELEVANCE TO CLINICAL PRACTICE: Wound care training should be made mandatory to improve quality of care given by nurses to patients with diabetic ulcers. Continuous professional development, evidence-based practices and wound care research should be encouraged.


Assuntos
Atitude do Pessoal de Saúde , Pé Diabético/enfermagem , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/psicologia , Adulto , Estudos Transversais , Feminino , Hospitais de Ensino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital/normas , Inquéritos e Questionários
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.12): 5464-5470, dez.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33873

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência da visita domiciliar diária para a troca de curativo em amputação dequatro pododáctilos decorrente de complicações de pé diabético, indicando êxitos e limitações. Método:estudo qualitativo, descritivo, tipo relato de experiência. As observações e dados produzidos foramsistematizados e analisados a partir da literatura consultada na Lilacs e Scielo. Participaram da experiência,com a usuária e sua família, uma docente enfermeira e acadêmicos do curso de Enfermagem. Resultados: avisita domiciliar realizada diariamente, de segunda a sexta-feira, contribuiu para a redução da feridatraumática sob o uso de papaína a 5% em um período de dois meses, além do estabelecimento de vínculo efortalecimento das informações em educação em saúde. Conclusão: a experiência do vínculo diário e daassistência de Enfermagem holística a uma paciente em situação de vulnerabilidade foi enriquecedora paraacadêmicos que, muito mais que aprimorar técnicas e consolidar conhecimentos, aprenderam sobre o sersocial indispensável que é o enfermeiro.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Pé Diabético , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/complicações , Amputação , Idoso Fragilizado , Visita Domiciliar , Pacientes Domiciliares , Papaína , Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Pesquisa Qualitativa , Epidemiologia Descritiva , Apoio ao Desenvolvimento de Recursos Humanos , Relações Profissional-Paciente , Humanização da Assistência , Relações Profissional-Família
11.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.11): 4535-4545, nov.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33476

RESUMO

Objetivo: conhecer as ações do enfermeiro da atenção primária no cuidado das pessoas com Diabetes Mellitus (DM) referente ao pé diabético. Método: estudo qualitativo, exploratório e descritivo, com 22 enfermeiros entrevistados da Estratégia de Saúde da Família. Os dados foram produzidos por meio de entrevistas semiestruturadas. Para a análise dos dados, foi utilizada a técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Categorial. Resultados: evidenciaram que o conhecimento dos enfermeiros sobre os cuidados com a pessoa com DM é parcial, superficial e fragmentado, não possibilitando ações adequadas ao cuidado, especialmente, na detecção dos riscos para o desenvolvimento do pé diabético e para realizar a avaliação do exame dos pés. Conclusão: foi compreendido que a conduta dos enfermeiros da atenção primária, neste modelo atual realizado no sistema de saúde local, é ineficaz porque os enfermeiros não realizam, de forma sistematizada, os cuidados básicos para a prevenção de complicações. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Pé Diabético , Pé Diabético/enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Enfermeiras e Enfermeiros , Estratégia Saúde da Família , Educação em Saúde , Autocuidado , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Pesquisa Qualitativa , Epidemiologia Descritiva
12.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(4): 1008-1014, out.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31878

RESUMO

Objetivo: Investigar as ações realizadas pelo enfermeiro na prevenção do pé diabético na perspectiva da pessoa com diabetes mellitus (DM). Métodos: Pesquisa com abordagem qualitativa, exploratória e descritiva, realizada com pessoas com diagnóstico de DM de um município de Minas Gerais, cadastradas em um projeto de extensão. Dados coletados por meio de entrevista semiestruturadas e de avaliação clínica dos pés. Os dados foram organizados e analisados na perspectiva da análise temática essencialista indutiva e semântica. Resultados: As ações efetivas para a prevenção do pé diabético aparecem muito perifericamente no conjunto dos dados, e que grande parte limita-se às ações de educação em saúde e não ao exame dos pés. Conclusão: O enfermeiro deve promover de forma sistemática a prevenção do pé diabético empoderando as pessoas para a autonomia e para o autocuidado e o autoexame dos pés, o que contribui para a redução de complicações e melhoria da qualidade de vida.(AU)


Objective: Investigate the actions taken by nurses in the prevention of diabetic foot in the perspective of the person with diabetes. Method: A qualitative exploratory and descriptive approach conducted with people diagnosed with DM in a municipality of Minas Gerais, enrolled in an extension project. Data collected through semi-structured interview and clinical evaluation of the feet. Data were organized and analyzed from the perspective of inductive thematic analysis and semantic essentialist. Results: Effective actions for the prevention of diabetic foot appear very peripherally in the data set and largely limited to the education actions in health and not the examination of the feet. Conclusion: Nurses should promote systematically the prevention of diabetic foot empowering people to autonomy and self-care and selfexamination of the feet which helps to reduce complications and improve quality of life.(AU)


Objetivo: Investigar las acciones realizadas por el enfermere em La prevención del pie diabético com perspectiva de la persona com DM. Metodologia: Investigación com um enfoque cualitativo, exploratotio y descriptivo, com personas diagnosticadas com DM em um município de Minas Gerais, registradas em um projecto de extensión. Datos colectados em entrevistas semiestruturadas y de evaluación crituca de lios pies. Los datos fueron organizados y anaizados desde el punto de vista Del análises temático essencialista inductivo y semántico. Resultados: Las acciones efectivas para la prevención del pie diabético apareceu muy perifericamente em el conjunto de datos, y em gran parte se limitan a lãs aciones de educación em salud y no al examen de los pies. Conclusión: El enfermere debe promover de forma sistemática la prevención Del pie diabético responsabilizando a las personas con su autonomía, su autocuidado y el autoeyamen de los pies, lo que contribuye a la reducción de complicaciones y a mejorar la calidad de vida.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/prevenção & controle , Pé Diabético/complicações , Pé Diabético/terapia , Cuidados de Enfermagem , Brasil
13.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(4): 1008-1014, out.-dez. 2017. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908500

RESUMO

Objetivo: investigar as ações realizadas pelo enfermeiro na prevenção do pé diabético na perspectiva da pessoa com diabetes mellitus (DM). Métodos: Pesquisa com abordagem qualitativa, exploratória e descritiva, realizada com pessoas com diagnóstico de DM de um município de Minas Gerais, cadastradas em um projeto de extensão. Dados coletados por meio de entrevista semiestruturadas e de avaliação clínica dos pés. Os dados foram organizados e analisados na perspectiva da análise temática essencialista indutiva e semântica. Resultados: As ações efetivas para a prevenção do pé diabético aparecem muito perifericamente no conjunto dos dados, e que grande parte limita-se às ações de educação em saúde e não ao exame dos pés. Conclusão: O enfermeiro deve promover de forma sistemática a prevenção do pé diabético empoderando as pessoas para a autonomia e para o autocuidado e o autoexame dos pés, o que contribui para a redução de complicações e melhoria da qualidade de vida.


Objective: investigate the actions taken by nurses in the prevention of diabetic foot in the perspective of the person with diabetes. Method: A qualitative exploratory and descriptive approach conducted with people diagnosed with DM in a municipality of Minas Gerais, enrolled in an extension project. Data collected through semi-structured interview and clinical evaluation of the feet. Data were organized and analyzed from the perspective of inductive thematic analysis and semantic essentialist. Results: Effective actions for the prevention of diabetic foot appear very peripherally in the data set and largely limited to the education actions in health and not the examination of the feet. Conclusion: Nurses should promote systematically the prevention of diabetic foot empowering people to autonomy and self-care and selfexamination of the feet which helps to reduce complications and improve quality of life.


Objetivo: investigar las acciones realizadas por el enfermere em La prevención del pie diabético com perspectiva de la persona com DM. Metodologia: Investigación com um enfoque cualitativo, exploratotio y descriptivo, com personas diagnosticadas com DM em um município de Minas Gerais, registradas em um projecto de extensión. Datos colectados em entrevistas semiestruturadas y de evaluación crituca de lios pies. Los datos fueron organizados y anaizados desde el punto de vista Del análises temático essencialista inductivo y semántico. Resultados: Las acciones efectivas para la prevención del pie diabético apareceu muy perifericamente em el conjunto de datos, y em gran parte se limitan a lãs aciones de educación em salud y no al examen de los pies. Conclusión: El enfermere debe promover de forma sistemática la prevención Del pie diabético responsabilizando a las personas con su autonomía, su autocuidado y el autoeyamen de los pies, lo que contribuye a la reducción de complicaciones y a mejorar la calidad de vida.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pé Diabético/complicações , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/prevenção & controle , Pé Diabético/terapia , Brasil , Cuidados de Enfermagem
18.
Br J Community Nurs ; 22 Suppl 3(Sup3): S46-S52, 2017 Mar.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28252333

RESUMO

Complicated and long-lasting wound care of diabetic foot ulcers are moving from specialists in wound care at hospitals towards community nurses without specialist diabetic foot ulcer wound care knowledge. The aim of the study is to elucidate community nurses' professional basis for treating diabetic foot ulcers. A situational case study design was adopted in an archetypical Danish community nursing setting. Experience is a crucial component in the community nurses' professional basis for treating diabetic foot ulcers. Peer-to-peer training is the prevailing way to learn about diabetic foot ulcer, however, this contributes to the risk of low evidence-based practice. Finally, a frequent behaviour among the community nurses is to consult colleagues before treating the diabetic foot ulcers.


Assuntos
Competência Clínica , Enfermagem em Saúde Comunitária/normas , Pé Diabético/enfermagem , Educação em Enfermagem , Enfermeiras de Saúde Comunitária , Adulto , Enfermagem em Saúde Comunitária/educação , Dinamarca , Feminino , Humanos , Grupo Associado , Encaminhamento e Consulta
20.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 21(1): e20170010, 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-840451

RESUMO

Objetivos: Caracterizar o perfil podológico de idosos hospitalizados nas enfermarias de um hospital universitário; identificar as demandas de cuidados com os pés de pacientes idosos hospitalizados; e analisar as possibilidades de atuação do enfermeiro junto a esses idosos. Métodos: Abordagem quantitativa, exploratória-descritiva. Realizada com 40 idosos hospitalizados, mediante aplicação de um instrumento abordando questões sobre exame físico dos pés e teste de sensibilidade utilizando Monofilamento de Semmes-Weistein de 10g, submetidos à análise estatística simples. Resultados: Identificou-se que 32 (80%) idosos tinham pele ressecada, 30 (75%) sensibilidade diminuída, presença de calosidade em 27 (67,5%), câimbras em 22 (55%) e Hálux Valgus em 20 (50%). Conclusão: Os profissionais de saúde precisam reconhecer as demandas da população idosa, incluindo os cuidados com os pés, já que alterações podais podem causar dor e desconforto capazes de interferir no dia a dia dos idosos, gerando riscos para agravar o adoecimento e contribuir para a incapacidade deles.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Dinâmica Populacional , Pé Diabético/enfermagem , Pé Diabético/prevenção & controle , Enfermagem Geriátrica/estatística & dados numéricos , Saúde do Idoso Institucionalizado , Cuidados de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Hospitais Universitários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA