Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 52
Filtrar
1.
Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20190400. 27 p. ilus, tab.
Monografia em Espanhol | LILACS, LIPECS | ID: biblio-988199

RESUMO

El documento contiene: la finalidad, objetivos, ámbito de aplicación, base legal, metodología del estudio de caso: La experiencia del Perú en el desarrollo, la implementación y el monitoreo de estándares de calidad de los servicios de salud diferenciados para adolescentes.


Assuntos
Adolescente , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Instalações de Saúde , Atenção à Saúde
2.
São Paulo; s.n; s.n; 2019. 89 p. graf, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1048822

RESUMO

O queijo minas artesanal da Canastra é produzido na região da Serra da Canastra por pequenos produtores, sendo que alguns são cadastrados no Programa Queijo Minas Artesanal (PQMA) do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Por ser fabricado com leite cru, é importante que os patógenos que podem ser veiculados sejam controlados durante e após o período mínimo de maturação do queijo de 22 dias. Este trabalho avaliou as características microbiológicas de queijos obtidos de 78 produtores rurais da região da Canastra após a maturação e de três produtores rurais durante maturação. As contagens de coliformes totais, Escherichia coli e Staphylococcus coagulase positiva foram realizadas em placas Petrifilm® (3M). A detecção de Salmonella spp. foi realizada utilizando o método ISO 6579: 2002 e por PCR convencional e Listeria monocytogenes foi investigada de acordo com o método ISO 11290-1:1996/(A) 1: 2004 e PCR convencional. A contagem de Enterobacteriaceae foi determinada pelo método APHA 9.62: 2015. As mensurações de pH foram realizadas de acordo com o método IAL 017/IV em pHmetro digital BEL engineering e aferidas diretamente com pHmetro Hanna Instruments e a atividade de água (aw) em analisador Aqua Lab. No estudo realizado ao longo da maturação, as análises indicaram que as amostras, todas provenientes de produtores cadastrados no PQMA, atingiram os limites estabelecidos pela legislação antes dos 22 dias de maturação. Houve diferença significativa (p<0,05) no pH das amostras ao longo da maturação, embora este parâmetro não tenha correlação com as contagens analisadas. Já no estudo pós maturação, os resultados mostraram que 54% das amostras dos produtores cadastradas e 65% das amostras dos produtores não cadastradas no PQMA não atenderam a pelo menos um parâmetro microbiológico exigido pela legislação. As contagens obtidas para Enterobacteriaceae variaram de <1 a 6,6 log UFC/g, para coliformes totais de <1 a 6,4 log UFC/g, E. coli de <1 a 5,8 log UFC/g e Staphylococcus coagulase positiva de <1 a 7,6 log UFC/g. Em nenhuma amostra foi encontrada Salmonella spp e L. monocytogenes foi detectada e confirmada por PCR em uma amostra analisada. Os valores obtidos de pH e aw estratificados em grupos que atendem e não atendem a legislação não mostraram diferença significativa, sugerindo que esses parâmetros não são bons indicadores de qualidade microbiológica do produto. O elevado número de não-conformidades indica que são necessários esforços para melhoria das condições higiênico-sanitárias refletidas por meio dos indicadores microbiológicos. O registro no PQMA mostrou-se efetivo durante o estudo da maturação, mas não teve o mesmo resultado no estudo mais abrangente realizado pós maturação. São necessários mais esforços dos produtores (cadastrados e não cadastrados) bem como dos órgãos reguladores para melhoria dos indicadores microbiológicos


Canastra artisanal minas cheese is produced in the Serra da Canastra region by small farmers who may or may not be registered in the Artisanal Minas Cheese Program (PQMA) of the Agricultural Institute of Minas Gerais (IMA). Since this cheese is made from raw milk, it is important that the pathogens that may be carried in this product are controlled during the 22 days of ripening. This work evaluated the microbiological characteristics of cheese samples from 78 rural properties in the Canastra region after the ripening period and during ripening in three rural properties. Total coliform counts, Escherichia coli and Staphylococcus coagulase positive were performed on Petrifilm® plates (3M). The detection of Salmonella spp. was performed using the ISO 6579: 2002 method and conventional PCR and Listeria monocytogenes was investigated according to ISO 11290-1: 1996/(A) 1: 2004 and conventional PCR. The Enterobacteriaceae count was determined by the APHA method 9.62: 2015. The pH analyzes were performed according to the IAL 017/IV method on a BEL engineering digital pHmeter and measuring directly with Hanna Instruments pHmeter and the water activity (aw) in Aqua Lab analyzer. In the study carried out during ripening, the analyzes indicated that the samples, all from properties registered in the PQMA, reached the limits established by the legislation before the 22 days of ripening. There was a significant difference (p <0.05) in the pH of the samples during ripening, even though this parameter did no correlate with the microbiological counts. In the post-ripening study, the results showed that 54% of samples from PQMA registered properties and 65% of samples from non-registered properties did not comply with at least one microbiological parameter required by the legislation. Enterobacteriaceae counts ranged from <1 to 6.6 log CFU/g, for total coliforms from <1 to 6.4 log CFU/g, E. coli from <1 to 5.8 log CFU/g and Staphylococcus coagulase positive from <1 to 7.6 log CFU/g. Salmonella spp was not detected and L. monocytogenes was detected and confirmed by conventional methodology and by PCR in one analyzed sample. The pH and aw values stratified in groups that complied and did not comply with the legislation showed no significant difference, suggesting that these parameters are not good indicators of microbiological safety of the product. The high number of nonconformities indicates that efforts are needed to improve the hygiene and sanitary conditions reflected through the microbiological indicators. The PQMA registration was effective during the ripening study but did not have the same result in the larger post-ripening study. More efforts are needed from producers (registered and non-registered) as well as regulators to improve microbiological indicators of this cheese


Assuntos
Análise Microbiológica/análise , Queijo/análise , Noxas/toxicidade , Higiene dos Alimentos , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
3.
Hig. aliment ; 32(282/283): 50-54, jul.-ago. 2018. graf, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-916597

RESUMO

O Doce de leite é um importante derivado do leite, amplamente consumido em nosso País e possui uma grande importância nutricional. Diante do crescimento do consumo do doce de leite por parte da população, surge a preocupação de garantir que este alimento esteja isento de qualquer sujidade, mantendo-se o padrão de qualidade e identidade do produto. O objetivo do trabalho foi investigar a presença de contaminantes físicos e biológicos em quinze amostras de doce de leite processadas no setor de laticínio de uma instituição pública de ensino superior do Ceará. A pesquisa, de caráter experimental com abordagem qualitativa, foi desenvolvida no Laboratório de Segurança Alimentar e Nutricional (LABSAN) da Universidade Estadual do Ceará, no período de 11 de novembro de 2015 a 12 de fevereiro de 2016. As metodologias empregadas na avaliação das amostras foram: pesquisa macroscópica e microscópica de contaminantes físicos e biológicos. Foi realizada a inspeção das amostras sob uma superfície plana e os materiais estranhos foram removidos fazendo-se o uso de pinça dente de rato e colher de aço inoxidável estéril, onde os contaminantes foram identificados e caracterizados. A contaminação biológica foi avaliada por meio do método de sedimentação espontânea, com modificação. Verificou- se que todas as amostras estavam contaminadas, dentre a amostragem, 29% estavam contaminadas com ácaros, 23% tinham fibras, 18% com pelos, 12% apresentavam fragmentos de insetos e 12% continham larva de inseto. Os achados significativos e sua comparação com os padrões estabelecidos pelas legislações sanitárias vigentes, permitiram sugerir que as amostras do doce de leite estão inapropriadas para o consumo humano, sendo importante adotar medidas que reduzam as chances de contaminação, a fim de favorecer a prevenção de doenças veiculadas por esses produtos.


The Milk caramel is an important derivative of milk, widely consumed in our country and has great nutritional importance. Faced with the growth of the consumption of sweets by the population, a safety concern arises that this food is free of any dirt, maintaining the standard of quality and identity of the product. The objective of this work is to investigate a presence of physical and biological contaminants in fifteen samples of processed milk candy in the education sector of a public institution of higher education in Ceará. An experimental research in a qualitative approach developed at the Laboratory of Food and Nutrition Security (LABSAN) of the State University of Ceará, from November 11, 2015 to February 12, 2016. As methodologies used in the evaluation of samples: research macroscopic and microscopic analysis of physical and biological contaminants. Samples were inspected under a flat surface and the foreign materials were removed using metal and stainless steel tongs where the contaminants were identified and characterized. A biological contamination was evaluated through the spontaneous sedimentation method, with modification. Twenty-nine percent of the samples were contaminated with mites, 23% with fibers, 18% with hairs, 12% with insect remains and 12% with insect larvae. Considering the significant findings and these have been compared with the standards established by law, the current sanitary solutions allowed to suggest that as samples of dulce de leche are inappropriate for human consumption, it is important to adopt measures that reduce the chances of contamination, in order to favor disease prevention through products.


Assuntos
Doces , Inspeção de Alimentos , Saúde Pública , Contaminação Biológica , Indústria de Laticínios , Instituições de Ensino Superior , Consumo de Alimentos , Contaminantes Físicos , Pesquisa Qualitativa , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
4.
Hig. aliment ; 32(282/283): 55-60, jul.-ago. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-946528

RESUMO

Por possuir um sabor adocicado suavemente ácido, o Syzygium malaccense Merr. & Perry é muito consumido e apreciado pela população. Por esse motivo, objetivou-se neste estudo a produção da geleia de jambo, com o intuito de avaliar se a geleia manterá as características físico-químicas e nutricionais presentes no jambo vermelho in natura, além de verificar sua conformidade com os padrões microbiológicos vigentes. A geleia foi produzida a partir de 800g de polpa de jambo adicionados a 400 mL de água potável sob aquecimento por 40 minutos. Após a peneiração, ao filtrado foram adicionados 275 g de açúcar e 5 mL de ácido cítrico e aquecido por mais 20 minutos até alcançar a consistência desejada. Foram realizadas as determinações de proteínas, lipídios, cinzas, umidade, carboidratos e valor calórico. O doseamento de antocianinas e flavonoides foi utilizado por meio do método descrito por Francis (1982). A geleia apresentou menor porcentagem de umidade (57,5±0,35), proteínas (2,39±0,2), cinzas (0,33±0,03) e lipídios (0,49±0,00), e maior porcentagem de carboidratos (39,29±0,42) quando comparados ao jambo in natura que teve umidade de 91,07±0,22, proteínas de 2,41±0,19, cinzas 0,42±0,07, lipídios 1,12±0,05 e carboidratos 4,97±0,22. Observou-se também que, após o processo de produção da geleia, houve aumento nos percentuais de flavonóides (26,4±0,7) e antocianinas (29±0,78) quando comparado ao fruto in natura que teve antocianinas de 19,37±4,82 e flavonoides de 11,30±3,73. Quanto aos padrões microbiológicos, a geleia de jambo vermelho estava de acordo com os padrões microbiológicos para geleia de frutas determinados pela ANVISA, estando apta para o consumo.


By having a mildly acidic sweet taste, Syzygium malaccense Merr. & Perry is much consumed and appreciated by the population. For this reason, the objective of this study was the production of Malay apple jelly, with the purpose of evaluating whether the jelly will maintain the physical-chemical and nutritional characteristics present in the fresh Malay apple in natura, in addition to verifying its conformity with the current microbiological standards. The jelly was produced from 800 g of jamb pulp and 400 ml of drinking water was added under heating for 40 minutes. After sieving, to the filtrate was added 275 g of sugar and 5 ml of citric acid and heated for another 20 minutes until reaching the desired consistency. Protein, lipid, ash, moisture, carbohydrate and caloric determinations were performed. The dosage of anthocyanins and flavonoids was used by the method described by Francis (1982). The jelly presented a lower percentage of moisture (57.5 ± 0.35), proteins (2.39 ± 0.2), ashes (0.33 ± 0.03) and lipids (0.49 ± 0.00), and a higher percentage of carbohydrates (39.29 ± 0.42) when compared to inbred jambo that had a moisture content of 91.07 ± 0.22, proteins of 2.41 ± 0.19, ashes 0.42 ± 0.07, lipids 1.12 ± 0.05 and carbohydrates 4.97 ± 0.22. It was also observed that even after the jelly production process, the percentage of flavonoids (26.4 ± 0.7) and anthocyanins (29 ± 0.78) increased when compared to the in natura fruit with anthocyanins of 19, 37 ± 4.82 and flavonoids of 11.30 ± 3.73. As for the microbiological standards, the red jamb jelly complied with the microbiological standards for fruit jelly determined by ANVISA, being suitable for consumption.


Assuntos
Syzygium , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Geleia de Frutas , Análise de Alimentos , Produção de Alimentos , Análise Físico-Química , Análise Microbiológica , Fenômenos Químicos , Antioxidantes
5.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-846485

RESUMO

Omics is a new technology that uses genomics, proteomics, and metabolomics to investigate metabolites from foods. The global demand for fish has shown a progressive increase because it is a significant source of high quality protein, polyunsaturated fatty acids, especially omega-3, and essential minerals. However, there are barriers in the fishery production chain such as lack of standardization, knowledge, and technology transfer to industry. Moreover, fish effective monitoring is difficult due to restricted quality parameters and analytical methods determined by current Brazilian legislation. This review details the limiting chemical parameters and recent advances in analytical procedures for fish quality determination. To improve fish quality monitoring, total volatile basic nitrogen (TVB-N), trimethylamine (TMA), ammonia, pH, and biogenic amines values should be revised and established by fish category and/or type of fish product. On the other hand, protein carbonyl concentration, free fatty acids (FFAs), peroxide values (POV), and thiobarbituric acid reactive substances (TBARS) should be included in the national legislation. Simultaneously, the official authorities should take into account effective, practical, and low cost analytical methodologies, which lead to faster results in order to facilitate and enhance the quality control of the products from the fish production chain, ensuring the consumer's health. Moreover, analytical techniques for the identification of fish species must be introduced in the Brazilian legislation in order to avoid illegal substitutions and negative impacts to consumers.(AU)


Os procedimentos ômicos são uma nova tecnologia que utiliza a genômica, proteômica e metabolômica para avaliar metabólitos dos alimentos. A demanda mundial de pescado tem aumentado progressivamente devido à elevada qualidade de proteínas, minerais e ácidos graxos poli-insaturados, especialmente ômega-3. Todavia, a cadeia produtiva aquícola apresenta limitações como falta de padronização, ausência de conhecimento e transferência de tecnologia para as indústrias. Além disso, torna-se difícil garantir um monitoramento efetivo do pescado em decorrência das limitações dos parâmetros de qualidade atuais e dos métodos analíticos estabelecidos pela legislação nacional. O presente trabalho analisa os fatores limitantes relacionados aos parâmetros químicos, bem como os avanços recentes nos procedimentos analíticos, para determinação da qualidade do pescado. Levando-se em consideração a melhoria no controle de qualidade dessa matriz, os parâmetros de bases voláteis totais (BVT), trimetilamina (TMA), amônia, pH e aminas biogênicas deveriam ser revisados e estabelecidos por categorias de pescado e/ou por tipo de produto à base de pescado. Em contrapartida, parâmetros relacionados à concentração de carbonilas, ácidos graxos livres (AGLs), índice de peróxidos (IP) e malonaldeído (MDA) poderiam ser inseridos na legislação nacional. Simultaneamente, as autoridades oficiais devem levar em consideração metodologias analíticas que apresentem efetividade, praticidade, baixo custo e rapidez, facilitando e aprimorando o controle de qualidade de produtos de pescado e garantindo a saúde dos consumidores. Além disso, técnicas analíticas para identificação das espécies de peixes devem ser incluídas na legislação brasileira visando evitar substituições ilegais e impactos negativos aos consumidores.(AU)


Assuntos
Animais , Métodos de Análise , Indústria Pesqueira , Inocuidade dos Alimentos , Legislação sobre Alimentos , Parâmetros/análise , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
6.
Hig. aliment ; 30(260/261): 130-134, 30/10/2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-827168

RESUMO

O queijo artesanal tem boa aceitação, consumo e produção em quase todo país. O Queijo Artesanal Serrano (QAS) é um produto tradicional da região dos Campos de Cima da Serra, no Rio Grande do Sul, com mais de 200 anos de história. Ele é feito à mão a partir do leite de bovinos de raças de corte, sem utilizar processos de refrigeração e pasteurização. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade microbiológica do QAS, produzido na cidade de Cambará do Sul, com diferentes estágios de maturação. Analisaram-se 27 queijos produzidos em onze unidades produtivas, sendo dez com até 15 dias de maturação e oito e nove queijos amostras com 30 e 60 dias de maturação, respectivamente. Verificou-se ausência de L. monocytogenes e Salmonella spp em todas as amostras e contagens de Staphylococcus coagulase positiva em acordo com a legislação. Entretanto, dois queijos maturados (22%) foram considerados impróprios para consumo por apresentarem elevada contagem de coliformes termotolerantes (104 e 3,6x103 UFC.g-1). Visando à qualidade do produto, os produtores têm introduzido boas práticas agropecuárias (BPA) que, na ordenha tem mostrado melhora na qualidade do leite utilizado na produção do QAS. Por outro lado, boas práticas de fabricação (BPF) e tecnificação adequada deverão ser introduzidas nas unidades de produção. O QAS tem grande importância social e econômica para a população local e a produção com qualidade é de suma importância para a perpetuação deste produto centenário.


The artisanal cheese has good acceptance, consumption and production in almost all country. The Serrano Handmade Cheese (SHC) is a traditional product from the region of Campos de Cima da Serra, state of Rio Grande do Sul (Brazil), with more than 200 years of history. It is handmade from the milk from mixed breed beef cattle, without using refrigeration and pasteurization processes. The objective of this study was to assess the microbiological quality of Serrano Handmade Cheese, produced in the city of Cambará do Sul, with different stages of maturation. Eleven SHC producers provided 27 cheeses. Ten samples with up to 15 days of production and 8 and 9 samples with 30 and 60 days old, respectively. In all samples analyzed in this study were verify absence of L. monocytogenes and Salmonella spp. The same was observed in the Staphylococcus coagulase positive counting that was in according to the legislation recommendations. Two maturated cheese samples (22%) were considered unfit for human consumption because their termotolerant coliform count was 104 and 3.6x103 cfu.g-1. Aiming the product quality the producers started the implementation of good agricultural practices (GAP) that in the milking has shown improvement in the quality of the milk used in the production of SHC. On the other hand, good manufacturing practices should also be introduced in the production units of handmade cheese. Therefore, producers have invested in SHC technification adequacy and the legal criteria. The Serrano Handmade Cheese has a great social and economical importance for the local population and the such, the orientation of producers regarding the production of a high quality cheese is of paramount importance for the perpetuation of this centennial product, which walks hand in hand with the history of the region.


Assuntos
Análise Microbiológica , Queijo/análise , Queijo/microbiologia , Coliformes , Produção de Alimentos , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Boas Práticas de Fabricação , Indústria Agropecuária
7.
Hig. aliment ; 30(258/259): 97-102, 30/08/2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-2618

RESUMO

Os produtos de confeitaria são ótimos meios de cultura para o desenvolvimento de micro-organismos patogênicos. Com o objetivo de avaliar a qualidade higienicossanitária desses produtos comercializados na cidade de Maceió, foram coletadas e analisadas 30 amostras, sendo 10 de brigadeiro, 10 de docinho de coco e 10 de surpresa de uva. Para a obtenção dos resultados foram utilizadas a enumeração de coliformes a 35°C e a 45ºC pela Técnica do Número Mais Provável (NMP). Os resultados demostraram que eles estavam de acordo com a RDC nº 12 da ANVISA para coliformes totais e termotolerantes.


The confectionery products are excellent culture means for the development of pathogenic microorganisms. Aiming to evaluate the sanitary quality of these products marketed in the city of Maceió, were collected and analyzed 30 samples, 10 brigadier, 10 sweetie coconut and 10 sugar surprise grape. To obtain the results were used for enumeration of coliforms at 35°C and 45 °C by the Most Probable Number Technique (MPN). The results showed that they were in agreement with the RDC ANVISA No. 12 for total and fecal coliforms.


Assuntos
Doces/microbiologia , Inspeção de Alimentos , Alimentos de Confeitaria , Método de Tubulação Múltiplo/métodos , Brasil , Amostras de Alimentos , Indústria Alimentícia , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
8.
Braz. j. pharm. sci ; 52(2): 337-346, Apr.-June 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-795001

RESUMO

ABSTRACT The aim of this study was to evaluate quinoa flakes and bread prepared with the pseudocereal with regard to nutritional aspects by determining chemical composition, content of tocopherols and fatty acid composition as well as to possible beneficial effects in Wistar rats given commercial feed supplemented or not with quinoa flakes and cholesterol. The following parameters were determined: weight gain, food intake, liver weight, fat in liver and lipid profile in blood and liver. The results showed that processing affected the nutritional characteristics of bread because there was a significant increase in dietary fiber content but reduction in soluble fiber. Increased fiber did not influence food intake or weight gain. Regarding fat in liver of rats, the group that consumed bread without quinoa but with cholesterol showed higher lipid content. The addition of quinoa increased significantly the level of all types of tocopherols, especially in the group of animals that consumed 20% quinoa bread, improving the lipid profile both in blood and liver, largely due to a reduction in oxidized LDL.


RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar os flocos de quinoa e os pães elaborados com o pseudocereal, tanto em relação a aspectos nutricionais por meio da análise da composição centesimal, do teor de tocoferóis, composição em ácidos graxos, quanto aos possíveis efeitos benéficos, através de experimento com ratos Wistar, consumindo ração comercial, suplementados ou não com flocos de quinoa e colesterol. Foram determinados: ganho de peso, consumo de alimento, peso e gordura do fígado e perfil lipídico do sangue e do fígado. Pelos resultados, verificou-se que o processamento afetou as características nutricionais dos pães, pois houve aumento significativo no teor de fibras totais, porém redução nas fibras solúveis. O aumento de fibras não influenciou no consumo alimentar nem no ganho de peso. Em relação à gordura do fígado dos ratos, o grupo que consumiu pão sem quinoa com colesterol apresentou maior teor de lipídios. A adição de quinoa incrementou significativamente o teor de alguns tipos de tocoferóis, principalmente no grupo de animais que consumiu o pão com 20% de quinoa, melhorando o perfil lipídico, tanto do sangue quanto do fígado, principalmente devido à redução do LDLoxidado.


Assuntos
Pão/análise , Chenopodium quinoa , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Avaliação Nutricional , Tocoferóis/análise
9.
Biosci. j. (Online) ; 31(5): 1325-1332, sept./oct. 2015.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-964855

RESUMO

In order to obtain more consumers approval, fruit require high quality during commercialization, making the improvement of new storage technologies necessary. Thus, the aim of this study was to evaluate the best mass loss level on 'Murcott' tangor quality maintenance after cold storage during 10 weeks. The treatments evaluated were: [1] 0% of mass loss (100 % of relative humidity); [2] 3% of mass loss; [3] 6% of mass loss and [4] 9% of mass loss, with 5 replicates of 18 fruits each treatment. The storage temperature was maintained at 4.0°C (±0.2°C). The experiment was conducted in a completely randomized design. After 10 weeks of storage plus seven days of shelf life at 20°C it was verified that with the mass loss increase, the decay incidence and the succulence are suppressed, mass loss also increased the soluble solids and titratable acidity. The best mass loss level for 'Murcott' tangor storage stay between 3 up to 6% because it reduces the decay incidence and turgor loss and maintain chemical qualities, such as ascorbic acid, soluble solids and titratable acidity.


Para obter uma grande aceitação pelo consumidor, os frutos necessitam de uma elevada qualidade na comercialização, tornando necessário o aperfeiçoamento de técnicas de armazenamento. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da perda de massa sobre a manutenção da qualidade durante o armazenamento refrigerado (AR) de tangor 'Murcott' durante 10 semanas. Os tratamentos avaliados foram: [1] 0% de perda de massa (umidade relativa de 100%); [2] 3% de perda de massa; [3] 6% de perda de massa; [4] 9% de perda de massa, com cinco repetições de 18 frutos para cada tratamento. A temperatura de armazenamento foi de 4,0°C (±0,2°C). O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado. Após 10 semanas de armazenamento mais sete dias de exposição a 20°C verificase que com o aumento da perda de massa diminuiu a incidência de podridões e suculência, aumentou o teor de sólidos solúveis e acidez titulável. O melhor nível de perda de massa para o armazenamento de tangor 'Murcott' está entre 3 e 6%, por diminuir a ocorrência de podridões, perda de turgor e manutenção das qualidades químicas como ácido ascórbico, sólidos solúveis e acidez titulável.


Assuntos
Ácido Ascórbico , Produtos Agrícolas , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Armazenamento de Alimentos , Frutas
10.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 67(3): 927-934, May-Jun/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-753923

RESUMO

The aim of the study was to examine the changes in milk fatty acid (FA) profile of grazing buffaloes fed either low (L, 276g/d) or high (H, 572g/d) doses of a blend (70:30, wt/wt) of soybean and linseed oils. Fourteen multiparous Mediterranean buffaloes grazing on a native pasture were fed 4 kg/day of a commercial concentrate containing no supplemental oil over a pre-experimental period of ten days. The baseline milk production and composition and milk FA profile were measured over the last three days. After this pre-experimental period the animals received the same concentrate added with either the L or H oil doses for 26 additional days. Milk yield (g/animal/day) did not differ at the start (1776 ± 522 and 1662 ± 291 for L and H, respectively, P<0.622) or at the end of the trial (4590 ± 991 and 4847 ± 447 in L and H, respectively, P<0.543). Baseline milk fat content (g/kg) averaged 77.1 (±20.5) in L and 74.3 (±9.9) in H (P<0.10) and was reduced (P<0.031) to 60.7 (±23.6) and 49.4 (±11.2) (P<0.0031) respectively after L and H with no differences between treatments (P<0.277). Baseline milk protein content (L=43.2 ± 3.4 and H= 44.3 ± 6.9g/kg) increased after oil supplementation (P<0.0001) in both L (73.2 ± 6.0g/kg) and H (68.4 ± 4.9g/kg) without differences between oil doses (P<0.123). Milk fat content of 14:0 decreased after oil supplementation only in the H treatment (5.29 to 4.03, P<0.007) whereas that of 16:0 was reduced (P<0.001) at both L (24.49 to 19.75g/100g FA) and H (25.92 to 19.17g/100g FA) doses. The reduction of total content of 12:0 to 16:0 was higher (P<0.052) in H (32.02 to 23.93g/100g FA) than L (30.17 to 25.45g/100g FA). Vaccenic acid content increased (P<0.001) from 5.70 to 13.24g/100g FA in L and from 5.25 to 16.77 in H, with higher results in the in H treatment (P<0.001). Baseline rumenic acid was sharply increased (P<0.001) in L (1.80 to 4.09g/100g FA, +127%) and H (1.60 to 4.61g/100g FA, +187%) with no differences between...


O objetivo do presente estudo foi avaliar as mudanças no perfil de ácidos graxos do leite de búfalas leiteiras recebendo baixas (B, 276g/d) ou altas (A, 572g/d) doses de uma mistura de óleos de soja e linhaça (70:30, peso/peso) na dieta. Quatorze búfalas multíparas da raça Mediterrânea, mantidas em pastagens nativas, receberam 4kg/dia de um concentrado comercial sem adição de óleo (pré-tratamento) ao longo de umperíodopré-experimental de 10 dias. A produção de leiteindividual e amostras de leite foram coletadas individualmente para determinação dos valores basais de composição e perfil de ácidos graxos do leite nos últimos trêsdias. Após este período, os animais receberam o mesmo concentrado adicionado deBou Apor 26 dias. A produção de leite (g/animal/dia) não diferiu no início (1776 ± 522 e 1662 ± 291para B e A, respectivamente (P<0,622) e no final do período experimental(4590 ±991e4847 ± 447 para LeH, respectivamente, P<0,543). O teor de gordura do leite (g/100g) apresentou valores médios de 77,1(±20,5)paraBe74,3 (±9,9)paraA(P<0,10) durante o período pré-tratamento,mas foi reduzido (P<0,03) após o fornecimento das dietas com óleo para 60,7 (± 23,6) e 49,4 (± 11,2), respectivamente para B e A, não havendo diferenças entre tratamentos (P<0,277). Os teores basais de proteína do leite (B=43,2 ± 3,4 e A=44,3 ± 6,9g/kg) aumentaram após a suplementação com óleo (P<0,0001) em ambos B (73,2 ± 6,0g/kg) e A (68,4 ± 4,9g/kg), não ocorrendo diferenças entre tratamentos (P<0,123). O teor médio basal de 14:0 na gordura do leite (4,76g/100g AG) foi reduzido após a suplementação da dieta com óleo somente no tratamento A (5,29 para 4,03, P<0,007). O teor de 16:0 na gordura do leite foi reduzido (P<0,001) nos tratamentos B (24,49 para 19,75g/100g AG) e A (25,92 para 19,17g/100g AG). A redução nos teores de 12:0+14:0+16:0 na gordura do leite foi maior (P<0,052) em A (32,02 para 23,93g/100g AG) do que em B (30,17 para 25,45g/100g AG). O teor de ácido vacênico (AV)...


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Ácidos Graxos/análise , Ácidos Linoleicos Conjugados/análise , Óleo de Semente do Linho/metabolismo , Óleo de Soja/metabolismo , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Leite , Ração Animal
11.
São Paulo; s.n; 2015. 129 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-782201

RESUMO

O crescente mercado dos produtos naturais, fomentado pelo interesse dos consumidores por alimentos que auxiliem a promoção da saúde, tem pressionado a indústria alimentícia na oferta por novos alimentos. Dentre estes alimentos, encontram-se os óleos vegetais extraídos a frio, reconhecidos por preservarem compostos bioativos característicos e, alguns deles, serem fontes de ácidos graxos (AG) essenciais. A categoria dos óleos e gorduras apresenta, dentre outros alimentos, uma importante fonte de exposição aos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs), um grupo de contaminantes químicos orgânicos, alguns com ação carcinogênica. Este trabalho teve como objetivo avaliar os óleos vegetais extraídos a frio quanto aos parâmetros de identidade, de qualidade e à ocorrência de HPAs. Foram avaliadas 40 amostras, dez de cada tipo (coco, cártamo, prímula e linhaça), de diferentes marcas, adquiridas no comércio da cidade de São Paulo. Foram realizados os ensaios de perfil de AG, índice de acidez, índice de peróxido, p-anisidina, valor total de oxidação (totox) e HPAs (benzo(a)antraceno, criseno, benzo(b)fluoranteno e benzo(a)pireno). Quanto aos AG, catorze óleos (35 por cento ) não apresentaram perfis de ácidos graxos característicos que os declarados em seus rótulos, incluindo um de coco, quatro de cártamo e nove de prímula. Os valores para acidez estavam inadequados em relação a legislação para três óleos de linhaça (7,5 por cento )...


The natural product market growth, stimulated by the interest of consumers in foods that support health promotion, has encouraged the food industry to supply new kinds of foods. Among these are the cold-pressed vegetable oils, recognized by preserving characteristic bioactive compounds and, some of them, are sources of essential fatty acids (FA). The category of oils and fats owns, within others foods, an important source of exposure to polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs), a group of organic chemical contaminants, some of them with carcinogenic activity. This study aimed at evaluating cold-pressed vegetable oils in relation to the PAHs occurrence, as well as the quality and identity parameters. Forty samples being ten of each type (coconut oil, safflower oil, evening primrose oil and flaxseed oil) of distinct brands, which were acquired in different markets from São Paulo, were evaluated. Fatty acids profile, acid value, peroxide value, p-anisidine value, total oxidation value (totox) and PAHs (benzo(a)anthracene, chrysene, benzo(b)fluoranthene and benzo(a)pyrene) were analyzed. As for FA, fourteen oils (35 per cent ) showed different fatty acids profiles according to the ones on their labels, including one of coconut oil, four of safflower oils and nine of evening primrose oils. The acid values were unsuitable towards the legislation to three flaxseed oils (7.5 per cent )...


Assuntos
Ácidos Graxos , Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos/toxicidade , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Óleos Vegetais/normas , Carthamus , Cocos , Óleo de Semente do Linho , Primula
12.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(4): 364-367, out.-dez.2014. tab
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: ses-32011

RESUMO

Os objetivos deste estudo foram de avaliar a qualidade microbiológica de queijos do tipo Minas padrão,produzidos de forma industrial com inspeção federal, artesanal com inspeções estadual e municipal (a partir de leite não pasteurizado) e informal (produção caseira), bem como de analisar os hábitos de consumo desse tipo de queijo no Distrito Federal, Brasil. As amostras (n = 21) foram submetidas a análises para a pesquisa de coliformes a 30 °C e 45 °C, Staphylococcus coagulase positiva, Listeria monocytogenes e Salmonella spp. Os resultados foram avaliados de acordo com a RDC 12/2001 da ANVISA; 57,14% das amostras de queijos industriais, 100% das informais e 100% das artesanais estavam em desacordo quanto às contagens de Staphylococcus coagulase positiva. As contagens de coliformes a 45°C estavam em desacordo em 71,42% das amostras de queijos informais e 14,28% das industrializadas e artesanais. Nenhuma amostra foi positiva para L. monocytogenes ou Salmonella spp. Um questionário simplificado sobre o consumo de queijo Minas foi aplicado a 50 pessoas no momento da compra e houve indicação de 47% de preferência ao sabor de queijos informais. Em virtude destes queijos não serem inspecionados e não seguirem padrões de produção, representam um risco à saúde pública. (AU)


Assuntos
Qualidade dos Alimentos , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Queijo/microbiologia , Produção de Alimentos
13.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(4): 364-367, out.-dez. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: lil-764740

RESUMO

Os objetivos deste estudo foram de avaliar a qualidade microbiológica de queijos do tipo Minas padrão,produzidos de forma industrial com inspeção federal, artesanal com inspeções estadual e municipal (a partir de leite não pasteurizado) e informal (produção caseira), bem como de analisar os hábitos de consumo desse tipo de queijo no Distrito Federal, Brasil. As amostras (n = 21) foram submetidas a análises para a pesquisa de coliformes a 30 °C e 45 °C, Staphylococcus coagulase positiva, Listeria monocytogenes e Salmonella spp. Os resultados foram avaliados de acordo com a RDC 12/2001 da ANVISA; 57,14% das amostras de queijos industriais, 100% das informais e 100% das artesanais estavam em desacordo quanto às contagens de Staphylococcus coagulase positiva. As contagens de coliformes a 45°C estavam em desacordo em 71,42% das amostras de queijos informais e 14,28% das industrializadas e artesanais. Nenhuma amostra foi positiva para L. monocytogenes ou Salmonella spp. Um questionário simplificado sobre o consumo de queijo Minas foi aplicado a 50 pessoas no momento da compra e houve indicação de 47% de preferência ao sabor de queijos informais. Em virtude destes queijos não serem inspecionados e não seguirem padrões de produção, representam um risco à saúde pública.


This study aimed at evaluating the microbiological quality of Minas type cheeses, manufactured in industrialscale under federal inspection, artisanal production (from unpasteurized milk) under state and municipalinspections and informal (home production). Also the Minas type cheeses consumption habits among thepopulation of Distrito Federal, Brazil were assessed. Microbiological quality was evaluated in 21 samplesby performing the following analyses: coliforms counts at 30 °C and 45 °C, enumeration of coagulasepositiveStaphylococcus and detection of Listeria monocytogenes and Salmonella spp. According to theRDC 12/2001 from ANVISA, 57.14 % of industrial, 100 % of informal and 100 % of artisanal samples werenoncompliant in the coagulase-positive Staphylococcus counts. In addition, 71.42 % of informal samplesand 14.28 % of artisanal and informal cheeses showed coliforms counts at 45 oC above the permitted one. Nosample was positive for L. monocytogenes and Salmonella spp. A simplified questionnaire regarding Minascheese consumption was applied to 50 persons at purchase time, and 47 % of the interviewees preferredthe taste of informal cheeses. Nevertheless, the informal cheeses are not inspected and do not follow theproduction standards; therefore they represent a risk to the public health.


Assuntos
Produção de Alimentos , Qualidade dos Alimentos , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Queijo/microbiologia
14.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(4): 364-367, out.-dez. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-783214

RESUMO

Os objetivos deste estudo foram de avaliar a qualidade microbiológica de queijos do tipo Minas padrão,produzidos de forma industrial com inspeção federal, artesanal com inspeções estadual e municipal (a partir de leite não pasteurizado) e informal (produção caseira), bem como de analisar os hábitos de consumo desse tipo de queijo no Distrito Federal, Brasil. As amostras (n = 21) foram submetidas a análises para a pesquisa de coliformes a 30 °C e 45 °C, Staphylococcus coagulase positiva, Listeria monocytogenes e Salmonella spp. Os resultados foram avaliados de acordo com a RDC 12/2001 da ANVISA; 57,14% das amostras de queijos industriais, 100% das informais e 100% das artesanais estavam em desacordo quanto às contagens de Staphylococcus coagulase positiva. As contagens de coliformes a 45°C estavam em desacordo em 71,42% das amostras de queijos informais e 14,28% das industrializadas e artesanais. Nenhuma amostra foi positiva para L. monocytogenes ou Salmonella spp. Um questionário simplificado sobre o consumo de queijo Minas foi aplicado a 50 pessoas no momento da compra e houve indicação de 47% de preferência ao sabor de queijos informais. Em virtude destes queijos não serem inspecionados e não seguirem padrões de produção, representam um risco à saúde pública...


Assuntos
Humanos , Produção de Alimentos , Qualidade dos Alimentos , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Queijo/microbiologia
15.
Braz. j. pharm. sci ; 50(4): 703-712, Oct-Dec/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-741351

RESUMO

Bread characteristics are dependent upon the chemical composition and fiber content of the wheat flour used. A healthy diet can help prevent chronic diseases, where whole grains and fewer calories from fat are components of a healthy diet. The aims of this study were to determine the centesimal composition of wheat flour samples (whole, refined, and flour blends) along with their farinographic parameters (water absorption, development time and stability) and also to verify the specific volume, crumb texture profile and digital imaging of bread loaves made with 60% whole wheat flour and 3% fat or fat replacer. Increasing the whole wheat flour percentage in the blends also increased levels of protein, ash and insoluble fiber. All the farinographic parameters were also increased. Enzymatically modified starch was found to be an effective fat replacer in whole wheat loaves. The loaves made using fat replacer had the same specific volume and higher cell density as those made with fat, but exhibited different texture profile parameters such as higher hardness value and lower springiness value.


A composição química da farinha de trigo e a presença de fibras afeta as características dos pães. Uma forma de contribuir com a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis é através de alimentação saudável, incluindo grãos integrais na dieta alimentar e reduzindo as calorias de determinado alimento, substituindo a gordura. Assim, este trabalho tem como objetivo determinar a composição centesimal das amostras de farinha de trigo integral, refinada e as misturas entre elas; bem como os parâmetros farinográficos (absorção de água, tempo de desenvolvimento e estabilidade) das mesmas. Além disso, verificar volume específico, perfil de textura do miolo e análise de imagem de pães elaborados com 60% de farinha de trigo integral e com 3% de gordura ou com substituto de gordura. Os dados foram submetidos à análise de variância. À medida que aumenta o percentual de farinha integral, os teores de proteína, cinzas e fibra insolúvel alcançam valores significativamente maiores e a absorção de água fica maior na farinografia, bem como o tempo de desenvolvimento e a estabilidade. O amido modificado enzimaticamente utilizado na elaboração de pão com 60% de farinha de trigo integral funcionou como um efetivo substituto de gordura. O pão integral elaborado com substituto de gordura apresentou volume específico significativamente igual ao pão integral elaborado com gordura, porém com diferenças em relação a parâmetros do perfil de textura, maior firmeza e menor elasticidade além de maior densidade celular do que o pão elaborado com gordura.


Assuntos
Pão/classificação , Gorduras/análise , Fibras na Dieta/farmacologia , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
16.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(3): 302-308, jul.-set.2014. tab
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: ses-32003

RESUMO

No presente trabalho foi determinada a qualidade do doce de leite pastoso comercial para discutir se há descaracterização do produto tradicional pela indústria de alimentos, considerando-se o padrão de identidade e qualidade (PIQ). Foram avaliadas cinco marcas de doce de leite pastoso e uma marca definida como amostra padrão, codificadas em DL I, DL II, DL III, DL IV, DL V e DL P. As amostras foram submetidas à análise físico-química de umidade, cinzas, lipídios, proteínas e análise dos parâmetros de cor e textura. Os ingredientes dos rótulos foram analisados e confrontados com o padrão de identidade e qualidade. Os resultados foram tratados pela análise de variância (ANOVA) e teste Tukey com p <0,05 no software Statistica 10.0 (StatSoft). Os valores obtidos das amostras quando comparados com a amostra padrão sugerem que o doce de leite tem sido modificado ao longo dos anos. No entanto, mesmo com a adição de outros ingredientes não tradicionais ao doce de leite, o produto final está de acordo com os parâmetros estabelecidos pelo padrão de identidade e qualidade, o que pode ser atribuído a uma permissividade da legislação Brasileira, aliada à apropriação da indústria de alimentos sobre o produto tradicional. (AU)


Assuntos
Doces/análise , Leite , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Indústria Alimentícia , Alimentos Industrializados , Análise Físico-Química/métodos
17.
Univ. psychol ; 13(3): 947-960, jul.-set. 2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-745672

RESUMO

In this study, emotional dissonance and service climate are related to well-being at work through two independent corridors. To consider emotional dissonance and service climate, we designed a cross-level model where multilevel predictors (individual emotional dissonance and work-unit service climate) were related to individual levels of burnout and engagement. Using a sample of 512 employees working in 152 work-units, we confirmed the existence of a model where service climate is significantly related to burnout and engagement, beyond the role of emotional dissonance. The research concludes with a discussion of these results and future implications.


Este trabajo analiza las relaciones entre disonancia emocional y clima de servicio con bienestar en el trabajo, siguiendo dos vías. Se realizó un diseño transnivel en el que se analizan variables en diferentes niveles (disonancia emocional a nivel individual y clima de servicio work-unit), como predictores de burnout y engagement. En el estudio participó una muestra de 512 trabajadores pertenecientes a 152 unidades de trabajo. Los análisis multinivel confirmaron la existencia de un modelo donde el clima de servicio está directamente relacionado con los niveles de burnout y engagement de los trabajadores, una vez controlado su nivel de disonancia emocional. La investigación concluye con la discusión de los resultados y las implicaciones de los mismos.


Assuntos
Esgotamento Profissional , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
18.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(3): 302-308, jul.-set. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: lil-764748

RESUMO

No presente trabalho foi determinada a qualidade do doce de leite pastoso comercial para discutir se há descaracterização do produto tradicional pela indústria de alimentos, considerando-se o padrão de identidade e qualidade (PIQ). Foram avaliadas cinco marcas de doce de leite pastoso e uma marca definida como amostra padrão, codificadas em DL I, DL II, DL III, DL IV, DL V e DL P. As amostras foram submetidas à análise físico-química de umidade, cinzas, lipídios, proteínas e análise dos parâmetros de cor e textura. Os ingredientes dos rótulos foram analisados e confrontados com o padrão de identidade e qualidade. Os resultados foram tratados pela análise de variância (ANOVA) e teste Tukey com p <0,05 no software Statistica 10.0 (StatSoft). Os valores obtidos das amostras quando comparados com a amostra padrão sugerem que o doce de leite tem sido modificado ao longo dos anos. No entanto, mesmo com a adição de outros ingredientes não tradicionais ao doce de leite, o produto final está de acordo com os parâmetros estabelecidos pelo padrão de identidade e qualidade, o que pode ser atribuído a uma permissividade da legislação Brasileira, aliada à apropriação da indústria de alimentos sobre o produto tradicional.


This study aimed at determining the quality of commercial creamy dulce de leche, and to discuss whetherthere is a mischaracterization of the traditional formula by the food industry, considering the identity andquality standards (PIQ–Brazilian abbreviation). Samples of five brands of creamy dulce de leche and astandard sample were evaluated, and coded as DL I, DL II, DL III, DL IV, DL V, and DL P. These sampleswere investigated by means of physical-chemical analyses of moisture, ash, lipids, and proteins, and analysesof color and texture parameters. The ingredient labels were analyzed and compared with the identity andquality standards. The results were treated by analysis of variance (ANOVA) and Tukey test with p < 0.05in the 10.0 Statistica (StatSoft) software. The values obtained from analyzed samples when compared withthe standard one, it suggests that the dulce de leche been modified over the years. However, even with theaddition of non-traditional ingredients into dulce de leche, the final product has been in accordance withthe parameters set by the identity and quality standards, which can be attributed to a permissiveness of theBrazilian legislation, allied with the food industry appropriation on the traditional product.


Assuntos
Doces/análise , Indústria Alimentícia , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Alimentos Industrializados , Leite , Análise Físico-Química/métodos
19.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(3): 302-308, jul.-set. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-783206

RESUMO

No presente trabalho foi determinada a qualidade do doce de leite pastoso comercial para discutir se há descaracterização do produto tradicional pela indústria de alimentos, considerando-se o padrão de identidade e qualidade (PIQ). Foram avaliadas cinco marcas de doce de leite pastoso e uma marca definida como amostra padrão, codificadas em DL I, DL II, DL III, DL IV, DL V e DL P. As amostras foram submetidas à análise físico-química de umidade, cinzas, lipídios, proteínas e análise dos parâmetros de cor e textura. Os ingredientes dos rótulos foram analisados e confrontados com o padrão de identidade e qualidade. Os resultados foram tratados pela análise de variância (ANOVA) e teste Tukey com p <0,05 no software Statistica 10.0 (StatSoft). Os valores obtidos das amostras quando comparados com a amostra padrão sugerem que o doce de leite tem sido modificado ao longo dos anos. No entanto, mesmo com a adição de outros ingredientes não tradicionais ao doce de leite, o produto final está de acordo com os parâmetros estabelecidos pelo padrão de identidade e qualidade, o que pode ser atribuído a uma permissividade da legislação Brasileira, aliada à apropriação da indústria de alimentos sobre o produto tradicional...


Assuntos
Humanos , Doces/análise , Indústria Alimentícia , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Alimentos Industrializados , Leite , Análise Físico-Química/métodos
20.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 73(1): 67-76, jan.-mar.2014. tab
Artigo em Inglês | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: ses-31973

RESUMO

Iron deficiency anemia (IDA) is a widespread nutritional disorder that affects a significant proportion of the Brazilian population. The obligatory fortification of wheat flour with iron and folic acid represents a strategy of the Brazilian Ministry of Health for combating IDA. However, several studies have reported the occurrence of iron in excessive concentrations and insufficient contents of folic acid in commercial flour samples. In the light of these information, a participatory observational study on the wheat flour production processes was undertaken in 11 major flour mills located in the São Paulo state, Brazil. This study aimed at writing a detailed good manufacturing practice (GMP) guidelines for the industrial sectors, including directives for standardized operational procedures (SOPs) on the flour fortification. The outcomes of this study are a GMP checklist and the recommended SOPs, which help to standardize the production processes in flour fortification, which currently is incongruous one, and also to facilitate the work of the government health inspectors. (AU)


Assuntos
Boas Práticas de Fabricação , Triticum , Alimentos Fortificados , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços , Deficiência de Ferro
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA