Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 12 de 12
Filtrar
1.
Adicciones (Palma de Mallorca) ; 27(4): 288-293, 2015. graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-146692

RESUMO

El control social informal sobre el consumo de alcohol, tradicional en los países del Sur de Europa, se ha debilitado. Este cambio ha ido acompañado de un incremento de los episodios de consumo intensivo y borracheras en jóvenes en España. Para mitigar este problema, se han adoptado regulaciones sobre alcohol y conducción, y otras que restringen la venta y el consumo de alcohol. Este trabajo documenta las regulaciones vigentes y describe los esfuerzos realizados en la ciudad de Barcelona en este campo y sus resultados. Asimismo, se recopilan datos de infracciones denunciadas en los sistemas de información municipal para el período 2008-13. Se observa un incremento de la presión de los servicios municipales para hacer cumplir las normas en dos aspectos: a) la venta en horario nocturno (establecimientos); y b) el consumo en la vía pública (ciudadanía). Por otra parte, también se aprecia un aumento en la actividad de control de la alcoholemia de los conductores, mientras que la proporción que superan los límites legales descendió. El mayor incremento relativo se ha producido en las acciones sobre establecimientos. En Barcelona se realizan intervenciones para limitar la oferta y consumo de alcohol a bajo coste y en horario nocturno, así como la conducción bajo la influencia del alcohol. En la ciudad no se han documentado episodios de botellón masivo en espacios públicos. Estas acciones, que complementan otros esfuerzos preventivos basados en la educación para la salud, pueden modificar la percepción social del alcohol por los menores en un sentido menos favorable al consumo, contribuyendo a crear un entorno de prevención ambiental


The informal social control over alcohol consumption that was traditional in Southern European countries has weakened. At the same time there is an increase in binge drinking and drunkenness among young people in Spain. To mitigate this problem, regulations on alcohol and driving and restrictions on the sale and consumption of alcohol have been adopted. This paper documents the current regulations in the city of Barcelona and describes efforts to enforce them and their outcomes. Data from the municipal information systems on infringements reported for the period 2008-13 are provided. There is an increasing pressure of municipal services to enforce the rules in two areas: a) alcohol sales at night (retailers); and b) consumption in the public space (citizens). An increase in the controls of drink-driving has also taken place, and the proportion above legal limits has decreased. The largest relative increase occurred in the control of retailers. In Barcelona interventions are made to limit the supply and consumption of alcohol at low cost and during the night, and of driving under the influence of alcohol. There have been no documented episodes of massive drinking in public spaces (known as ‘botellón’) in the city. These actions, which complement other preventive efforts based on health education, can change the social perceptions of alcohol by minors in a direction less favorable to consumption, promoting environmental prevention


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Consumo de Bebidas Alcoólicas/economia , Consumo de Bebidas Alcoólicas/legislação & jurisprudência , Etanol/economia , Bebidas Alcoólicas/economia , Bebidas Alcoólicas/normas , Alcoolismo/economia , Alcoolismo/epidemiologia , Meio Ambiente , Ecossistema , Administração Municipal/legislação & jurisprudência , Planos Ambientais Municipais/legislação & jurisprudência , Planos Ambientais Municipais/prevenção & controle
2.
Saúde Soc ; 23(1): 216-226, Jan-Mar/2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-710433

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo propor que os mecanismos de pagamentos por serviços ambientais sejam utilizados como uma contribuição para a melhoria da saúde ambiental, partindo do nível local e discutindo a relação entre as mudanças trazidas por esses mecanismos e a melhoria da saúde ambiental. O campo de estudo foi o município de Rio Grande da Serra (SP), com 100% de seu território em área de proteção de mananciais, com população em alta vulnerabilidade social e localizado na Região Metropolitana de São Paulo, Brasil. Foi conduzido em três fases: i) revisão da literatura; ii) coleta de dados; e iii) análise do conjunto. As informações relativas à saúde ambiental do município foram disponibilizadas por parte da prefeitura municipal de Rio Grande da Serra e coletadas junto à Cetesb, IBGE e Datasus, sendo posteriormente analisadas para a obtenção de um grupo de serviços ambientais com capacidade de contribuir para a melhoria da saúde ambiental em nível local. Concluiu-se que os serviços ambientais com maior capacidade de melhoria nessa área são a regulação climática, seguida por controle de erosão e retenção de sedimentos, aprovisionamento de água e benefícios culturais e recreacionais...


This paper aims to propose that the mechanisms for Payments of Environmental Services are used as a contribution to the improvement of environmental health, based on the local level. It seeks to discuss the relationship between the changes brought by these mechanisms and the improvement of environmental health. The studied area was the city of Rio Grande da Serra, São Paulo state, with 100% of its territory in watershed protection area, population in high social vulnerability and in the Metropolitan Region of São Paulo, Brazil. The study was conducted in three steps: i) a literature review; ii) data collection; e iii) analysis of data. The information about the local environmental health was provided by the Municipality of Rio Grande da Serra and collected at CETESB, IBGE and DATASUS, being later analyzed in order to define a group of environmental services capable of contributing to the improvement of environmental health at the local level. It concludes that the environmental services with greater capacity to improve environmental health are climate regulation, followed by erosion control and sediment retention, supply of water and recreational and cultural goods...


Assuntos
Monitoramento Ambiental , Ecossistema , Planejamento Ambiental , Gestão Ambiental , Saúde Ambiental , Indicadores Ambientais , Planos Ambientais Municipais , Mananciais Protegidos , Vulnerabilidade Social , Desenvolvimento Sustentável
7.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-23737

RESUMO

O Projeto Estratégico Município Verde Azul da Secretaria de Estado do Meio Ambiente de São Paulo propõe a participação, democratização e descentralização, em que os municípios trabalham juntos na efetivação da agenda ambiental paulista. As 10 diretivas são: esgoto tratado, lixo mínimo, recuperação da mata ciliar, arborização urbana, educação ambiental, habitação sustentável, uso da água, poluição do ar, estrutura ambiental e Conselho de Meio Ambiente. O site apresenta um ranking dos municípips certificados (2008 e 2009), protocolo de adesão, critérios, cujos de capacitção, entreistas, publicaçõesetc. Destaque para os 21 projetos.


Assuntos
Saúde Pública , Saúde Ambiental , Meio Ambiente , 16763 , Cobertura do Serviço de Esgoto , Águas Residuárias , Planos Ambientais Municipais , 16276 , 25359 , Fauna , Animais Selvagens , Resíduos de Alimentos , Educação em Saúde Ambiental , Consumo de Água (Saúde Ambiental) , Uso Eficiente da Água , Poluição do Ar , Política Ambiental , Gestão Ambiental , Desenvolvimento Ecológico , 51830 , Política Ambiental Municipal
10.
Buenos Aires; set. 2004. ilus.(Gerenc. ambient., 11, 109).
Monografia em Espanhol | BINACIS | ID: biblio-1221904
11.
Gerencia ambiental ; 11(109): 598-601,626-7, set. 2004. ilus
Artigo em Espanhol | BINACIS | ID: bin-140571
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...