Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 970
Filtrar
1.
s.l; s.n; jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1102877

RESUMO

Este documento visa orientar os gestores das organizações privadas quanto à prevenção e acompanhamento das condições de saúde de seus colaboradores, visando prevenir a disseminação da Covid-19 nos ambientes de trabalho. Neste protocolo são apresentadas diretrizes para a realização de ações de prevenção, triagem, testagem, conduta e comunicação de casos suspeitos. As ações de acompanhamento das condições de saúde por parte das organizações privadas devem estar vinculadas às diretrizes e recomendações do Sistema Público de Vigilância em Saúde.


Assuntos
Humanos , Nível de Saúde , Triagem/normas , Saúde do Trabalhador/normas , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Protocolos/métodos , Isolamento Social , Ventilação/métodos , Monitoramento Epidemiológico , Higiene das Mãos/métodos
2.
Goiânia; SES-GO; 2. rev; 12 jul 2020. 1-22 p.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1116580

RESUMO

Com o objetivo de estabelecer medidas de proteção para a contenção e disseminação do COVID-19 na liberação da retomada das atividades econômicas no Estado de Goiás - Brasil, estabelece protocolos para o retorno à operação de academias, quadras poliesportivas, treinamento esportivo profissional, instituições religiosas, shopping centers, shopping centers, restaurantes e similares, indústrias de abate e processamento de carnes, hotéis e similares, transporte público local, intermunicipal e interestadual, serviços de call center e call centers, salões de beleza e afins, para atividades esportivas quadras, piscinas e quadras em condomínios residenciais


In order to establish protective measures for the containment and dissemination of COVID-19 in the liberation of the resumption of economic activities in the State of Goiás - Brazil, it establishes protocols for returning to the operation of gyms, sports courts, professional sports training, religious institutions, shopping centers , Shopping centers, restaurants and the like, slaughtering and meat processing industries, hotels and the like, local, intercity and interstate public transportation, call center services and call centers, beauty salons and the like, for activities in sports courts, swimming pools and blocks in residential condominiums


Assuntos
Humanos , Medidas de Segurança , Esportes , Brasil/epidemiologia , Protocolos , Pandemias , Restaurantes , Piscinas , Indústria da Carne , Saneamento de Hotéis , Academias de Ginástica , Indústria de Laticínios , Centros de Embelezamento e Estética , Call Centers , Indústria de Embalagem de Carne
7.
J. nurs. health ; 10(4): 20104013, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104060

RESUMO

Objetivo: descrever a implantação do protocolo de manejo de corpos pós-óbito em pacientes suspeitos e confirmados com o novo coronavírus. Método: relato de experiência por meio da descrição das fases do processo de implantação dessa estratégia de manejo, em um hospital do interior do Oeste Paulista, com base nas normas técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Secretaria da Saúde. Resultados: a primeira etapa foi à avaliação de referências bibliográficas acerca da temática proposta no estudo, posteriormente a listagem dos insumos e a aquisição e organização da estrutura, treinamentos com os profissionais de saúde e divulgação do protocolo. Conclusões: a implantação deste protocolo significa uma decisão estratégica de fortalecimento das melhores práticas assistenciais. Enfatiza-se a capacitação permanente dos profissionais da saúde, pois a utilização de barreiras adequadas garante a segurança durante sua exposição na assistência ao paciente.(AU)


Objective: describe the implementation of the post-death body management protocol in suspected and confirmed patients with the new coronavirus. Method: experience report through the description of the phases of the implementation process of this management strategy, carried out in a hospital in the interior of Western São Paulo, based on the technical standards of the National Health Surveillance Agency and Health's Secretary. Results: the first step was the evaluation of bibliographic references about the theme proposed in the study, later the listing of inputs and the acquisition and organization of the structure, training with health professionals and dissemination of the protocol. Conclusions: the implementation of the protocol means a strategic decision to strengthen the best care practices. Emphasis is placed on the permanent training of health professionals, as the use of appropriate barriers ensures safety during their exposure to patient care.(AU)


Objetivo: describir la implementación del protocolo de manejo corporal posterior a la muerte en pacientes sospechosos y confirmados con el nuevo coronavirus. Método: informe de experiencia con descripción de las fases del proceso de implementación de protocolo, realizado en un hospital del interior del oeste de São Paulo, con base en los estándares técnicos de la Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria y la Secretaría de Salud. Resultados: el primero paso fue la evaluación de referencias bibliográficas sobre el tema propuesto en el estudio, luego la lista de insumos y la adquisición y organización de la estructura, capacitación con profesionales de la salud y difusión del protocolo. Conclusiones: la implementación de este protocolo significa una decisión estratégica para fortalecer las mejores prácticas de atención, enfatizando la capacitación permanente de los profesionales de la salud, ya que uso de barreras apropiadas garantiza la seguridad durante su exposición a la atención al paciente.(AU)


Assuntos
Enfermagem , Infecções por Coronavirus , Protocolos , Morte , Pandemias
8.
Guatemala; MSPAS. Coordinación de Hospitales; 03 mar 2020. 18 p. graf.
Não convencional em Espanhol | LILACS, LIGCSA | ID: biblio-1102036

RESUMO

Documento de orientación provisional procura fortalecer la respuesta de los servicios hospitalarios ante la posibilidad de tener casos en el país de COVID-19, especialmente en la de la atención clínica de los pacientes sin dejar de lado la prevención de la transmisión a través del fortalecimiento de las precauciones estándar en la prevención y control de infecciones, con énfasis en el lavado de manos y el uso de equipo protección personal por parte del personal de salud. El objetivo es proveer lineamientos para una respuesta oportna ante el Nuevo Coronavirus - COVID-19. Garantizar el acceso a los servicios de salud, con provisión de insumos, medicamentos, y recurso humano calificado para atención de IRAG priorizando los hospitales fronterizos de atención de primera línea. Investigar clínicamente y toma de muestra de laboratorio de todo caso sospechoso de Nuevo Coronavirus.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/diagnóstico , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/diagnóstico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Protocolos , Betacoronavirus , Pacientes/classificação , Vigilância em Saúde Pública , Guatemala
9.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-03-17. (OPAS/BRA/Covid-19/20-026).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51990

RESUMO

[Introdução]: O protocolo a seguir foi desenvolvido para investigar o alcance da infecção, conforme determinado pela soropositividade da população geral, em qualquer país com casos confirmados de infecção pelo COVID-19. Os países talvez tenham que adaptar alguns aspectos deste protocolo para os respectivos sistemas de saúde pública, bem como sistemas laboratoriais e clínicos, de acordo com a capacidade, disponibilidade de recursos e adequação cultural. No entanto, usando-se um protocolo padronizado, tal como o descrito abaixo, dados de exposição epidemiológica e amostras biológicas podem sercoletados de forma sistemática, e rapidamente compartilhados em um formato que facilite sua agregação, tabulação e análise em diferentes cenários globais, para estimar prontamente a gravidade as taxas de ataque da infecção pelo vírus COVID-19, bem como embasar respostas de saúde públicae decisões relativas a políticas públicas. Isso é particularmente importante no contexto de um novo patógeno respiratório, como o COVID-19.


Assuntos
Protocolos , Infecções por Coronavirus , Infecções por Coronavirus , Coronavirus , Estudos Soroepidemiológicos
10.
Goiânia; SES-GO; 20/03/2020. 1-11 p. ilus, tab.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1104182

RESUMO

Devido a declaração, pela OMS, da pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19), a Superintendência do Complexo Regulador de Goiás sistematiza as ações de regulação do acesso, de modo a apoiar em caráter complementar, os demais setores de saúde pública do Estado de Goiás envolvidos na regulação do acesso aos leitos de internação e de urgência, para o enfrentamento de Emergências de Saúde Pública. A indicação de encaminhamentos varia conforme o quadro clínico do usuário, a partir da avaliação médica, sendo: • Casos leves: indicado isolamento domiciliar e tratamento sintomático (não necessita internação hospitalar). • Casos moderados: indicado internação hospitalar em leito de enfermaria em isolamento. • Casos graves: indicado internação hospitalar em Unidade de Terapia Intensiva (UTI)


Due to the declaration, by the WHO, of the pandemic of the New Coronavirus (COVID-19), the Superintendence of the Regulatory Complex of Goiás systematizes the actions of regulation of the access, in order to support, in a complementary character, the other public health sectors of the State of Goiás involved in the regulation of access to hospital and emergency beds, to face Public Health Emergencies. The indication of referrals varies according to the clinical picture of the user, based on the medical evaluation, being: • Mild cases: indicated home isolation and symptomatic treatment (does not require hospitalization). • Moderate cases: indicated hospitalization in an infirmary bed in isolation. • Severe cases: indicated hospital stay in Intensive Care Unit (ICU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Infecções por Coronavirus/classificação , Protocolos/métodos , Pandemias , Isolamento de Pacientes , Emergências
11.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-02-12. (OPAS/BRA/nCov/20.009).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51865

RESUMO

[Introdução]: Os coronavírus são um grupo de vírus de RNA altamente diverso da família Coronaviridae, dividido em 4 gêneros: alfa, beta, gama e delta, causadores de doenças que variam de leve a grave em humanos e animais. Existem coronavírus humanos endêmicos como o alfa-coronavírus 229E e NL63 e os betacoronavírus OC43 e HKU1 que podem causar doenças semelhantes à influenza ou pneumonia em humanos. No entanto, dois coronavírus zoonóticos surgiram causando doença grave em humanos: coronavírus com síndrome respiratória aguda grave (SARS – CoV) em 2002-2003 e coronavírus com síndrome respiratória no Oriente Médio (MERS-CoV) . Em janeiro de 2020, o agente etiológico responsável por um aglomerado de casos graves de pneumonia em Wuhan, na China, foi identificado como um novo Betacoronavírus, mas é distinto do SARS-CoV e MERS-CoV. A sequência completa do genoma desse novo agente foi liberada e diferentes protocolos de detecção foram desenvolvidos, mas ainda não foram totalmente validados. Entretanto, à luz da possível introdução de um caso suspeito de 2019-nCoV na região das Américas, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) recomenda aos Estados Membros que garantam sua identificação oportuna, o transporte de amostras para laboratórios nacionais e de referência e a implementação do protocolo de detecção molecular para o 2019‐nCoV (COVID-19), de acordo com a capacidade do laboratório.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Diagnóstico , Surtos de Doenças , Protocolos , Testes Laboratoriais , Infecções por Coronavirus
12.
Endocrinol. diabetes nutr. (Ed. impr.) ; 67(2): 122-129, feb. 2020. tab, ilus, graf
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-187436

RESUMO

Antecedentes y objetivos: El incremento de la prevalencia de obesidad y de enfermedades asociadas conlleva la necesidad de aplicar políticas sociales que ayuden a frenar esta tendencia. El etiquetado frontal de los envases (EFE) es una herramienta eficiente para ayudar a los consumidores a tomar decisiones más saludables en el momento de la compra. Para ello es importante que los consumidores comprendan la información proporcionada por los EFE. El objetivo es evaluar en una muestra de consumidores españoles la comprensión objetiva de 5 tipos de EFE: sistema de clasificación de estrellas de salud, semáforo múltiple, Nutri-Score, ingestas de referencia y símbolo de advertencia. Métodos: En 2018 se reclutaron 1.000 participantes españoles y se les pidió que clasificaran 3 productos por categoría, repitiendo esto para 3 categorías distintas de productos analizados anteriormente sin etiquetado (3 tipos de pizzas, 3 tipos de pasteles y 3 tipos de cereales de desayuno), de acuerdo con su calidad nutricional usando una encuesta on-line. Seguidamente, los participantes fueron asignados al azar a uno de los 5 tipos de EFE y se les pidió clasificar de nuevo los mismos productos. Se realizaron varios modelos de regresión logística multivariante. Resultados: Nutri-Score fue el sistema que mejor clasificó los alimentos según su calidad nutricional en las 3 categorías de alimentos, seguido del semáforo múltiple, el símbolo de advertencia y el sistema clasificación de estrellas de salud respecto a las ingestas de referencia. Conclusiones: Nutri-Score apareció, entre los consumidores españoles, como el EFE más eficiente para transmitir información sobre la calidad nutricional de los alimentos


Background and objectives: Increased prevalence of obesity and its comorbidities has shown the need to implement social policies to help curb this trend. Nutritional risk factors are recognized as key drivers of obesity and other chronic diseases in Spain and in other Western countries. Front-of-package labels (FoPLs) are efficient tools to help consumers make healthier choices. To be useful in purchasing situations, consumers need to understand the information provided by FoPLs. The study objective was to assess objective understanding by consumers of five types of FoPLs, i.e. Health Star Rating system (HSR), Multiple Traffic Lights (MTL), Nutri-Score, Reference Intakes (RIs), and Warning symbol in Spain. Methods: In 2018, 1,000 Spanish participants were recruited and requested to rank three sets of label-free products (one set of three pizzas, one set of three cakes, and one set of three breakfast cereals) according to their nutritional quality in an on-line survey. Participants were then randomized to one of the five types of FoPLs, and were requested to rank the same sets of products again, this time with a given FoPL displayed on the package. Changes in ability to correctly rank products according to FoPLs were compared between both tasks using ordinal logistic regression. Results: For all three food categories, Nutri-Score performed significantly better, followed by MTL, the Warning symbol, HSR and RIs. Conclusions: Nutri-Score emerged as the most efficient FoPL in conveying information on the nutritional quality of foods among Spanish consumers


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Rotulagem de Alimentos/métodos , Comportamento do Consumidor , Rotulagem de Alimentos/normas , Espanha , Publicidade Direta ao Consumidor , Política Nutricional , Protocolos
13.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 33: 1-11, 03/01/2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1116037

RESUMO

Objetivo: Apresentar uma proposta de tratamento precoce para pacientes com COVID-19 em Unidade Básica de Saúde (UBS). Métodos: Trata-se de uma proposta de protocolo de tratamento para COVID-19 com hidroxicloroquina ou cloroquina com base na literatura científica disponível no momento (13 de junho de 2020). O levantamento dos estudos ocorreu na base PubMed, por meio dos descritores COVID-19, hydroxychloroquine e chloroquine. Foram selecionados cinco artigos, dos 645 artigos encontrados, por abordarem o uso de hidroxicloroquina ou cloroquina no tratamento da fase precoce da COVID-19. Resultados: A proposta de protocolo para tratamento precoce para pacientes com suspeita de COVID-19 envolve orientações sobre os principais sintomas, orientações gerais à população, avaliação médica, considerações sobre exames, terapia recomendada, orientações pós prescrição e critérios para internação. Conclusão: Baseado em estudos, o tratamento precoce ambulatorial da COVID-19 com hidroxicloroquina ou cloroquina parece diminuir o risco de internação e, assim, a necessidade de leitos de terapia intensiva. A decisão de adoção do tratamento a ser proposto é do paciente, e o médico só deve adotar após o paciente assinar o consentimento livre e esclarecido, por tratar-se de prescrição off label. Estudos randomizados são necessários para confirmar essa hipótese.


Objective: To present a proposal for early treatment of patients with COVID-19 in a Primary Health Care (PHC) center. Methods: This is a proposed treatment protocol for COVID-19 using hydroxychloroquine or chloroquine based on the currently (June 13, 2020) available scientific literature. PubMed database was searched for studies using the descriptors COVID-19, hydroxychloroquine, and chloroquine. Five studies were selected from the 645 studies found as they addressed the use of hydroxychloroquine or chloroquine in the treatment of COVID-19 in early stages. Results: The proposed early treatment protocol for patients with suspected COVID-19 includes guidance on the main symptoms, general guidelines for the population, medical evaluation, examination considerations, recommended therapy, post-prescription guidelines and criteria for hospitalization. Conclusion: According to the studies, early outpatient treatment of COVID-19 with hydroxychloroquine or chloroquine seems to decrease the risk of hospitalization and the need for intensive care beds. The decision to adopt the proposed treatment is made by the patient, and the physician should only conduct the treatment after obtaining written informed consent from the patient, as it is an off-label prescription. Randomized studies are needed to confirm this hypothesis.


Objetivo: Presentar una propuesta de tratamiento precoz para pacientes con la COVID-19 en Unidad Básica de Salud (UBS). Métodos: Se trata de una propuesta de protocolo de tratamiento para la COVID-19 con hidrocloroquina o cloroquina basado en la literatura científica disponible en el momento (13 de junio de 2020). La recogida de los estudios se dio en la base de datos PubMed a través de los descriptores COVID-19, hydroxychloroquine y chloroquine. De los 645 artículos encontrados se ha elegido cinco de ellos sobre el uso de la hidrocloroquina o cloroquina para el tratamiento de la fase precoz de la COVID-19. Resultados: En la propuesta del protocolo para el tratamiento precoz de pacientes con sospecha de la COVID-19 hay orientaciones de los síntomas principales, las orientaciones generales para la población, la evaluación médica, las consideraciones de las pruebas, la terapia recomendada, las orientaciones post prescripición y los criterios para el ingreso hospitalario. Conclusión: Basados en estudios, el tratamiento precoz de ambulatorio de la COVID-19 con hidrocloroquina o cloroquina parece disminuir el riesgo de ingreso hospitalario y la necesidad de camas de la unidad de cuidados intensivos. La decisión para la adhesión al tratamiento propuesto es del paciente y el medico solo debe iniciarlo tras la firma del consentimiento libre esclarecido de parte del paciente una vez que se trata de prescripción off label. Son necesarios estudios randomizados para confirmar esa hipótesis.


Assuntos
Terapêutica , Infecções por Coronavirus , Protocolos
14.
Brasília, D.F.; OPAS; 2020-01-29. (OPAS/BRA/nCov/20.003).
em Português | PAHO-IRIS | ID: phr2-51986

RESUMO

[Resumo do protocolo]: Os métodos para orientar a coleta de dados e a investigação em saúde pública para a avaliação global dos casos confirmados de 2019-nCoV e os seus contatos próximos são apresentados neste documento. A OMS, em colaboração com parceiros técnicos, desenvolveu uma série de protocolos aprimorados de vigilância, harmonizados para ajudar a fornecer informações detalhadas sobre as características epidemiológicas do 2019-nCoV.


Assuntos
Estudos de Casos e Controles , Protocolos , Infecções por Coronavirus , Infecções por Coronavirus , Coronavirus , Coleta de Dados
16.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1103960

RESUMO

Objetivo: Identificar as tecnologias existentes para minimização de hipoglicemia em pacientes adultos durante a infusão contínua de insulina (ICI) venosa. Método: Revisão integrativa das produções científicas disponíveis em português, inglês e espanhol, indexadas nas bases de dados da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), tendo como recorte temporal os anos de 2005 a 2015. Resultados: Após a busca, seleção e análise dos artigos, foram selecionados 06 estudos para compor a amostra, os quais se encontravam disponíveis na integra, e que evidenciavam tecnologias existentes para a minimização da ocorrência de hipoglicemia durante a ICI venosa. A amostra caracterizou protocolos informatizados e protocolos de papel utilizados durante o tratamento. Conclusão: O estudo conseguiu identificar tecnologias que foram criadas para minimização da ocorrência de hipoglicemia durante a infusão contínua de insulina. Os protocolos informatizados foram considerados mais eficazes na minimização de eventos hipoglicêmicos


Objective: The study's purpose has been to identify existing technologies for minimizing hypoglycemia in adult patients undergoing continuous intravenous insulin infusion. Methods: It is an integrative review of scientific literature available in Portuguese, English and Spanish, indexed in the Virtual Health Library (VHL), over the period from 2005 to 2015. Results: After accomplishing the search, selection and analysis of the articles, 06 complete studies were found addressing the technologies to minimize hypoglycemia during continuous intravenous insulin infusion. This sample also featured computer protocols and paper protocols used during treatment. Conclusion: This research was able to identify technologies that were created to minimize the occurrence of hypoglycemia during continuous infusion of insulin. The computer protocols were considered to be more effective in minimizing hypoglycemic events


Objetivo: Identificar las tecnologías ya existentes para la minimización de la hipoglucemia en pacientes adultos durante la infusión continua de la insulina por las venas. Metodología: Revisión integrativa de las producciones científicas disponibles en portugués, inglés y español, indexadas en las bases de los datos de la Biblioteca virtual de salud (BVS) utilizando como marco de tiempo los años de 2005 a 2015. Resultados: Después de la búsqueda, selección y analice de los artículos, 06 fueron seleccionados para componer la amostra de estudio que se encuentra disponible, en su totalidad, donde evidenciaban tecnologías para la minimización de la hipoglucemia durante la ICI en las venas. La amostra caracterizó protocolos informatizados y protocolos de papel utilizados durante el tratamiento. Conclusión: El estudio consiguió identificar tecnologías que fueron creadas para minimizar las ocurrencias de hipoglucemias durante la infusión continua de la insulina. Los protocolos informatizados fueron considerados más eficaces en la minimización de las eventualidades hipoglucémicas


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Adulto , Tecnologia Biomédica , Hipoglicemia/prevenção & controle , Insulina/administração & dosagem , Cuidados Críticos/métodos , Protocolos , Hipoglicemiantes , Insulina/efeitos adversos , Avaliação em Enfermagem
17.
Cogitare enferm ; 25: e63859, 2020. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1089627

RESUMO

RESUMO Objetivo: elaborar e validar o conteúdo de protocolo para uso seguro de medicamentos. Método: pesquisa-ação realizada entre 2016 e 2017 em serviço de referência para transplante de células tronco-hematopoiéticas do Brasil. Estudo documental de eventos adversos e do perfil farmacológico subsidiou a elaboração o conteúdo amparado na literatura. Participaram 31 profissionais de enfermagem do campo desta pesquisa em quatro encontros dos grupos de discussão, para aprimoramento do texto; a validação de conteúdo foi realizada por cinco especialistas, com aplicação da Técnica Delphi. Resultados: dados relativos aos eventos adversos e perfil farmacológico subsidiaram a inclusão de 139 medicamentos no protocolo. Este, composto por 18 capítulos, teve o conteúdo validado com Índice de Validação de Conteúdo geral de 89% obtido em única rodada de avaliação. Conclusão: a construção participativa contribuiu para a elaboração de protocolo com conteúdo válido, compatível e aplicável na prática profissional de enfermagem com vistas ao uso seguro de medicamentos.


RESUMEN Objetivo: elaborar y validar el contenido de protocolo para uso de medicamentos con seguridad. Método: investigación del tipo acción que se realizó entre 2016 y 2017 en servicio de referencia para trasplante de células madre hematopoyéticas del Brasil. Estudio documental de eventos adversos y de perfil farmacológico ha subsidiado la elaboración del contenido basado en la literatura. Participaron 31profesionales de enfermería del área de esta investigación en cuatro encuentros de los grupos de discusión, para perfeccionamiento del texto; la validación del contenido se realizó por cinco especialistas, con aplicación de la Técnica Delphi. Resultados: datos acerca de los eventos adversos y perfil farmacológico subsidiaron la inclusión de 139 medicamentos en el protocolo. Este, que se compuso por 18 capítulos, tuvo el contenido analizado con Índice de Validación de Contenido General de 89%, lo cual se obtuvo en solo una etapa de evaluación. Conclusión: la construcción participativa contribuyó para la elaboración de protocolo con contenido válido, compatible y aplicable en la práctica profesional de enfermería para garantizar el uso de medicamentos con seguridad.


ABSTRACT Objective: to develop and validate the content of a protocol for the safe use of medications. Method: Action design research conducted in 2016-2017 in a referral service for hematopoietic stem cell transplantation in Brazil. A documentary study on adverse events and the pharmacological profile supported the elaboration of the content of the protocol based on the relevant literature. Thirty-one (31) nursing professionals who performed their duties in the field covered by this study participated in four meetings of the discussion groups in order to improve the content. Content validation was performed by five experts with the use of the Delphi Technique. Results: A total of 139 drugs were included in the protocol based on data related to adverse events and pharmacological profile. The protocol consisted of 18 chapters and its content was validated with an overall Content Validation Index of 89% obtained in one round of evaluations. Conclusion: Participatory construction contributed to the elaboration of a protocol with valid, consistent and applicable content in professional nursing practice, aimed to ensure the safe use of medicines.


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Tratamento Farmacológico , Segurança do Paciente , Enfermagem , Protocolos , Erros de Medicação
18.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051214

RESUMO

Objetivo: avaliar o impacto da sensibilização no setor e adesão ao protocolo de sepse em unidade de tocoginecologia. Método: Trata-se de uma pesquisa-ação no período de janeiro a março/2016, com 63 profissionais que trabalham em unidade de tocoginecologia de um hospital de alta complexidade. Resultados: 51% dos profissionais receberam o treinamento sobre o protocolo de sepse e após, 50% dos pacientes que tinham critérios de SIRS foram incluídos no protocolo de sepse, sendo que o desfecho de 03 destas, foi alta hospitalar e 02 foram transferidas para UTI devido sepse grave. O tempo médio de administração do antibiótico foi 50 minutos, da solicitação do hemograma foi 46,25 minutos e do resultado do lactato foi acima de 30 minutos. Conclusão: Ainda há necessidade de melhoria em relação à adesão pela equipe de Enfermagem para implantação de medidas de combate à sepse


Objective: to evaluate the impact of the sensitization in the sector and adherence to the protocol of sepsis in a unit of tocoginecology. Method: This is an action research from January to March/2016, with 63 professionals working in a tocoginecology unit of a highly complex hospital. Results: 51% of the professionals received training on the sepsis protocol and after that, 50% of the patients who had SIRS criteria were included in the sepsis protocol, and the outcome of 03 of these was hospital discharge and 02 were transferred to the ICU Due to severe sepsis. The mean time of administration of the antibiotic was 50 minutes, the request of the blood count was 46.25 minutes and the result of the lactate was over 30 minutes. Conclusion: There is still a need for improvement regarding adherence by the Nursing team to implement measures to combat sepsis


Objetivo: evaluar el impacto de la sensibilización en el sector y la adhesión al protocolo de sepsis en unidad de tocoginecología. Método: Se trata de una investigación-acción en el período de enero a marzo/2016, con 63 profesionales que trabajan en unidad de tocoginecología de un hospital de alta complejidad. Resultados: 51% de los profesionales recibieron el entrenamiento sobre el protocolo de sepsis y después, 50% de los pacientes que tenían criterios de SIRS fueron incluidos en el protocolo de sepsis, siendo el desenlace de 03 de ellas, fue alta hospitalaria y 02 fueron transferidas a UTI Debido a la sepse grave. El tiempo promedio de administración del antibiótico fue de 50 minutos, de la solicitud del hemograma fue 46,25 minutos y el resultado del lactato fue de más de 30 minutos. Conclusión: Aún hay necesidad de mejora en relación a la adhesión por el equipo de Enfermería para implantación de medidas de combate a la sepsis


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gravidez , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Sepse/diagnóstico , Sepse/prevenção & controle , Tecnologia Educacional , Obstetrícia/educação , Equipe de Assistência ao Paciente , Protocolos/métodos
19.
Bogotá; Ministerio de Salud y Protección Social; 2020. 14 p. tab.
Não convencional em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1087239

RESUMO

Orientar a las Instituciones Prestadoras de Servicio de Salud ­ IPS, autoridades competentes del orden nacional, autoridades judiciales, ciencias forenses, servicios funerarios y cementerios frente al manejo seguro, transporte y disposición de cadáveres debido a la infección por el virus COVID-19 (coronavirus), con el fin de disminuir el riesgo de transmisión en los trabajadores del sector salud, funerario, familiares, comunidad en general y demás autoridades involucradas.


Assuntos
Humanos , Contenção de Riscos Biológicos , Betacoronavirus , Cadáver , Protocolos , Autoridades de Saúde
20.
São Paulo; Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa; 2020. [1-34] p. tab, ilus.
Monografia em Português | LILACS, MOSAICO - Saúde integrativa | ID: biblio-1117109

RESUMO

Este protocolo de recomendações foi elaborado para sistematizar as informações sobre o uso racional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos para o enfrentamento do novo corona vírus SARS-CoV2 e da doença por ele causada (COVID-19) por parte do Comitê Temático de Produtos Naturais do Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa - CABSIn. Este documento visa fornecer instrumentos de intervenção para os profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde, de Média e Alta Complexidade e para os gestores, quanto à saúde mental e emocional, sintomas respiratórios e estímulo ao sistema imunológico de indivíduos acometidos ou não pelo corona vírus. As plantas medicinais e fitoterápicos listados neste material foram selecionados dos seguintes documentos oficiais brasileiros: Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira, Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira ­ Primeiro Suplemento e Memento Fitoterápico da Farmacopeia Brasileira. Os Formulários oficializam as formulações e padronizam as preparações em todo o território nacional. O Memento visa orientar a prescrição de plantas medicinais e fitoterápicos, uma vez que as monografias possuem evidências cientificas capazes de nortear a conduta terapêutica do profissional prescritor. Desta forma, neste protocolo incluímos plantas medicinais e seus fitoterápicos com eficácia e segurança para o tratamento de doenças respiratórias (gripes e resfriados); ativação do sistema imunológico e as que auxiliam na melhora da saúde mental, três eixos que exigem a ação profissional nesse momento de pandemia. As formas farmacêuticas apresentadas poderão ser manipuladas conforme orientações colhidas dos Formulários de Fitoterapia ou adquiridos como medicamentos industrializados.


Assuntos
Plantas Medicinais , Infecções por Coronavirus , Fitoterapia , Terapias Complementares , Protocolos , Vírus da SARS
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA