Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Encarnación; s.n; 2017. 61 p. ilus, tab.
Tese em Espanhol | BDNPAR | ID: biblio-914113

RESUMO

Introducción: El Departamento de alimentación o Servicio de Alimentación es un organismo técnico-administrativo del hospital, responsable de la administración de la alimentación de toda la población hospitalaria, tanto de enfermos como de sanos. Actualmente, la situación de la nutrición hospitalaria en nuestro país, se está iniciando en el campo de la terapéutica nutricional, el cual representa un desafío para los profesionales de nuestro medio respecto a los Servicios de Alimentación Hospitalaria, comparando con otros países que cuentan con sus propias normativas. Objetivo: Caracterizar la gerencia y organización de los Servicios de Alimentación de Hospitales y Centros de Salud de Itapúa dependientes del Ministerio de Salud Pública y Bienestar Social. Metodología: estudio observacional descriptivo, de corte transversal. No probabilístico de casos consecutivos. Se evaluó a 10 Servicios de Alimentación Hospitalaria, 1 Hospital Regional, 2 Hospital Distrital y 7 Centros de Salud de Itapúa, pertenecientes al M.S.P.B.S. Año 2014. Aplicando la encuesta elaborada por la FELANPE; con modificaciones de las Normativas de Chile y Bolivia. Resultados: El 50% (n=5) de los jefes del S.A no son profesionales; en cuanto a la Formación del Jefe en Administración de Hospitales o S.A., el 70% (n=7) solo posen cursos de capacitación; el 90%(n=9) de los que trabajan del área no son profesionales de la nutrición. Deficiencia en la Dependencia Orgánica, Gestión e inocuidad del S.A. y Nutrición enteral. Conclusión: La mayoría de los trabajadores del S.A. no son profesionales solo han realizado cursos de capacitación en esta área. Se denota un déficit en la dependencia orgánica y en materiales técnicos-administrativos por el cual se debe mejorar la presencia de profesionales especializados, el sistema de gestión y organización en el S.A, para garantizar la eficacia y la calidad del servicio prestado a los pacientes y al resto de la comunidad sanitaria. Palabras clave: servicio de alimentación, servicio de alimentación hospitalaria, gerencia.


Introduction: The Department of Food supply or service is a technical-administrative body of the hospital, responsible for power management of the entire hospital population, both sick and healthy. Currently, the situation of hospital nutrition in our country is starting in the field of nutritional therapy, which represents a challenge for professionals in our country regarding the Services Hospital Food, compared to other countries with their own regulations. Objective: To characterize the management and organization of Foodservice Hospitals and Health Centers Itapúa under the Ministry of Public Health and Social Welfare. Methods: Descriptive observational study of cross section. No probability of consecutive cases. We evaluated 10 Hospital Services Food, 1 Regional Hospital, 2 and 7 District Hospital Health Centers Itapúa belonging to MSPBS 2014. Applying the survey by FELANPE; with amendments to the regulations of Chile and Bolivia. Results: 50% (n = 5) of the heads of the SA are not professionals; regarding the formation of the Chief Administration Hospital or SA, 70% (n = 7) only pose training courses; 90% (n = 9) of those working in the area are not nutrition professionals. Deficiency in Organic Unit in the management and safety of SA and Enteral Nutrition. Conclusion: The majority of workers in S.A. are not professionals only have conducted training courses in this area. There is a deficit in the organizational unit and in the technical-administrative materials by which the presence of specialized professionals, the management and organization system in the SA, should be improved to ensure the efficiency and quality of the service provided to the patients and the rest of the health community. Keywords: food service, hospital food service, management


Assuntos
Organização e Administração , Qualidade da Assistência à Saúde/organização & administração , Programas e Políticas de Nutrição e Alimentação , Serviço Hospitalar de Nutrição/normas , Recursos Humanos em Nutrição/normas , Administração de Serviços de Saúde , Inquéritos e Questionários , Estudos de Avaliação como Assunto , Serviço Hospitalar de Nutrição/organização & administração
2.
São Paulo; s.n; 2011. 186 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-612312

RESUMO

Introdução: É crescente a discussão da segurança alimentar e nutricional (SAN) no cenário de políticas públicas nacional, principalmente com relação à atenção à saúde infantil. O nutricionista, por sua vez, é um dos profissionais aptos para desenvolver ações visando à SAN. Objetivo: Analisar as habilidades e competências adquiridas durante a graduação para a atuação em SAN entre nutricionistas que trabalham com crianças na atenção básica de saúde no Município de São Paulo. Métodos: Estudo de natureza qualitativa, no qual foram investigados 16 nutricionistas da atenção básica de saúde graduados a partir de 2004 e 22 cursos de Graduação em Nutrição do município, tendo como referências o seu coordenador e os projetos político-pedagógicos (PPPs). A percepção acerca da formação foi verificada por meio das técnicas do Discurso do Sujeito Coletivo, utilizando-se de entrevistas individuais, e de grupo focal. Os PPPs foram confrontados com referenciais teóricos da área. Resultados: A experiência profissional mostrou-se mais significativa do que a formação obtida na Graduação, segundo os nutricionistas. Coordenadores e nutricionistas concordam que atividades de estágios, a disciplina saúde pública e aquelas da área das ciências humanas, a discussão da atuação interdisciplinar e a abordagem transversal de SAN são relevantes para a formação do profissional. Nutricionistas tendem a apontar a formação por eles obtida como insuficiente para aquisição de habilidades e competências para atuação em SAN para crianças, enquanto que os coordenadores sinalizam que os cursos apresentam estrutura favorável para tal. Os PPPs remetem à limitação do tema de SAN para crianças com relação aos objetivos dos cursos, perfil profissional e princípios norteadores, porém indicam habilidades e competências relativas a sistemas de saúde e políticas públicas de alimentação e de nutrição. Conclusão: Verificou-se convergência entre nutricionistas e coordenadores ao refletirem sobre os aspectos da formação que favorecem a atuação em SAN para o público infantil no âmbito da atenção básica, como a estrutura do curso, disciplinas ministradas e estratégias de ensino. Porém, estes divergem sobre a qualidade da formação obtida/oferecida, indicando que as possíveis propostas construídas e desenvolvidas pelos cursos para o desenvolvimento de habilidades e competências não são percebidas pelos estudantes e, principalmente, limitam a sua tradução na prática profissional.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atenção Primária à Saúde , Educação Superior , Psicologia da Criança/instrumentação , Recursos Humanos em Nutrição/normas , Programas de Nutrição , Pesquisa Qualitativa
5.
La Paz; UMSA; 1998. 19 p. tab, graf.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-323118

RESUMO

El trabajo técnico fue iniciado a partir de la planificación y organización de un modelo adecuado a la particular estructura de la Facultad de Medicina,Enfermería,Nutrición y Tecnología Médica,continuado con la elaboración de instrumentos de medición concordantes con las líneas de acción de sus unidades y ejecutado y controlados operativamente en todas sus etapas hasta la obtención de resultados e informes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Ciências da Nutrição , Recursos Humanos em Nutrição/normas , Bolívia
6.
Paramaribo; s.n; Nov. 1989. 16 p.
Monografia em Nl | MedCarib | ID: med-2176

RESUMO

Through food essential nutrients are ingested into the body. To prevent foodborne diseases, the food should be prepared hygienically. This applies to households, as well as mass catering. Each government should supervise mass catering. Food hygiene is also important for the food trade. The time between the preparation and eating of food, as well as the place where this happens, are also important. Food should be eaten shortly after its preparation (1-2 hours). It may contain unwanted chemical or biological substances. Various forms of mass catering are discussed. According to the WHO there is a small number of factors responsible for most of the foodborne diseases. That is why 10 golden rules for foodhandling were drawn up


Assuntos
Humanos , Resumo em Inglês , Ciências da Nutrição , Recursos Humanos em Nutrição/normas , Alimentos , Alimentos Integrais/microbiologia , Alimentos Integrais/envenenamento , Alimentos Integrais/normas , Alimentos Integrais , Consumo de Alimentos/normas , Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Higiene dos Alimentos/métodos , Higiene dos Alimentos/normas , Comportamento Alimentar , Manipulação de Alimentos/métodos , Inspeção de Alimentos , Conservação de Alimentos , Suriname
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA