Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 512
Filtrar
1.
SEMERGEN, Soc. Esp. Med. Rural Gen. (Ed. Impr.) ; 42(8): 538-546, nov.-dic. 2016. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-157886

RESUMO

Introducción. El asma es una enfermedad de elevada prevalencia y que puede afectar a la calidad de vida (CV). Nuestro objetivo ha sido conocer la CV en pacientes con asma y su relación con diferentes variables en un centro de Atención Primaria. Material y métodos. Estudio descriptivo transversal, realizado en un centro de salud urbano. Se seleccionaron 243 pacientes de entre 17-70 años en los que constaba el diagnóstico de asma en su historia clínica. La CV se estudió mediante la versión española reducida del Asthma Quality of Life Questionnaire, analizándose como variables asociadas la edad, el sexo, el tabaquismo, la ansiedad, la depresión, la gravedad y el control del asma. Resultados. La edad media fue de 44,5 años, con un 71,2% de mujeres. El 54,3% tenían asma intermitente y el 45,7% asma persistente. La puntuación global del Mini-Asthma Quality of Life Questionnaire fue de 5,4 sobre 7. Por dimensiones fueron las siguientes: síntomas 5,4; limitación de actividades 5,8; función emocional 5,7; estímulos ambientales 4,7. Las variables con peor puntación de CV que mantuvieron la significación estadística (p<0,05) en el análisis multivariado fueron el peor control del asma (en todas las dimensiones), el antecedente de depresión (en todas excepto estímulos ambientales), los estudios inferiores a secundarios (síntomas y función emocional) y los pacientes con ingresos hospitalarios los últimos 3 años (síntomas) y que utilizaron betaadrenérgicos de larga duración (función emocional). Conclusiones. Los pacientes con asma intermitente, persistente leve y moderada tenían una buena CV. El peor control del asma y el antecedente de depresión afectaron negativamente sobre la CV (AU)


Introduction. Asthma is a highly prevalent disease that can affect the quality of life (QoL). The objective of this study is to determine the QoL in patients with asthma and its relationship with different factors in a Primary Care centre. Material and methods. A descriptive, cross-sectional study was conducted in an urban health centre. The study included a total of 243 patients between 17 to 70 years who had a diagnosis of asthma in their medical records. The QoL was measured using the Spanish version of the Mini-Asthma Quality of Life Questionnaire, with age, sex, smoking, anxiety, depression, severity and control of asthma as associated variables. Results. The mean age was 44.5 years and 71.2% were women. More than half (54.3%) had intermittent asthma, and 45.7% persistent asthma. The overall score in the Mini-Asthma Quality of Life Questionnaire was 5.4 out of 7. The scores by dimensions were: symptoms 5.4; limitation of activities 5.8; emotional function 5.7, and environmental stimuli 4.7. The variables with a worse QoL score that remained statistically significant (P<.05) in the multivariate analysis were poor control of asthma (in all dimensions), history of depression (in all except environmental stimuli), educated to less than secondary level (symptoms and emotional function), and patients admitted to hospital in the past 3 years (symptoms) and who used long-term beta-adrenergics (emotional function). Conclusions. Patients with intermittent, mild and moderate asthma have a good QoL. Poor control of the asthma and a history of depression negatively affect the QoL (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Qualidade de Vida , Asma/epidemiologia , Asma/prevenção & controle , Fumar/epidemiologia , Fumar/prevenção & controle , Ansiedade/epidemiologia , Ansiedade/prevenção & controle , Depressão/epidemiologia , Depressão/prevenção & controle , Fatores de Risco , Inquéritos e Questionários , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Atenção Primária à Saúde/normas , Atenção Primária à Saúde , Estudos Transversais/instrumentação , Estudos Transversais/métodos , Saneamento Urbano
3.
Gac. sanit. (Barc., Ed. impr.) ; 28(5): 381-385, sept.-oct. 2014. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-130385

RESUMO

Objetivo. Conocer la prevalencia y los factores asociados al consumo de riesgo de alcohol entre los jóvenes de la Cataluña Central durante el curso 2011-2012 según el ámbito de residencia. Método. Estudio transversal, con una muestra de 1268 alumnos de 4° curso de ESO de la Cataluña Central. Resultados. El consumo de riesgo de alcohol es superior en los jóvenes que viven en un ámbito rural (59,6% versus 49,8%). Las borracheras de hermanos y amigos, tener expectativas positivas frente al consumo y haber comprado alcohol se asociaron al consumo de riesgo. En el ámbito rural se asociaron la situación familiar de convivencia diferente a la biparental y el bajo nivel académico, y en el ámbito urbano el alto nivel socioeconómico. Conclusiones. El consumo de riesgo de alcohol es muy superior entre los jóvenes del ámbito rural. Los principales factores asociados son los consumos de figuras del entorno familiar y escolar (AU)


Objective. To determine the prevalence of risky alcohol consumption and associated risk factors among adolescents living in Central Catalonia (Spain) during the 2011-2012 academic year, depending on their area of residence. Method. A cross-sectional study was carried out in a sample of 1268 10th grade students (4 th grade of secondary education) in Central Catalonia. Results. Risky alcohol consumption was higher among adolescents in rural areas than in urban areas (59.6% versus 49.8%). Associated risk factors were drunkenness in siblings and friends, having positive expectations of alcohol consumption, and buying alcohol. Not living with both parents and poorer academic achievement were associated risk factors in rural areas, while higher socioeconomic status was a risk factor in urban areas. Conclusions. Risky alcohol consumption was much higher among adolescents living in rural areas. The main associated factor was alcohol consumption among family and friends (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Consumo de Bebidas Alcoólicas/efeitos adversos , Consumo de Bebidas Alcoólicas/patologia , Comportamento do Adolescente/psicologia , Psicologia do Adolescente/tendências , Serviços de Saúde do Adolescente , Saúde do Adolescente , População Rural/tendências , Saneamento Urbano , Grupos de Risco , Inquéritos e Questionários
5.
Saúde Soc ; 22(4): 1180-1192, out.-dez. 2013. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-700145

RESUMO

Tem sido crescentemente acentuada a ênfase normativa para a participação social e o controle das políticas públicas de saneamento no Brasil, o que recebeu reforço com o marco legal para o setor, que destaca a importância da intersetorialidade, do planejamento e do fortalecimento do controle social. Diante desse quadro, como estariam os poderes locais, titulares dos serviços, se organizando para planejar as suas políticas de saneamento? As questões de saneamento estão presentes nas discussões no âmbito de instâncias municipais destinadas ao controle social, incluindo conselhos de políticas urbanas, da saúde, das cidades, da habitação e do meio ambiente? Para essas questões, buscaram-se respostas em conselhos urbanos situados em quatro municípios de portes populacionais distintos, pertencentes à Bacia do Rio das Velhas, em Minas Gerais: Contagem, Nova Lima, Sete Lagoas e Vespasiano. O estudo é delineado pela visão da atuação dos conselheiros e sua percepção quanto à inclusão da temática do saneamento na agenda dos conselhos, bem como à importância conferida ao tema. As análises de documentos oficiais dos conselhos e de entrevistas realizadas com conselheiros mostraram que, na ausência de instâncias formais de controle social, específicas para a área, são as instâncias de participação constituídas para outras políticas públicas que recebem os temas do setor de saneamento; contudo, eles encontram-se à margem do processo de implementação das políticas. Observam-se, assim, insuficiências e precariedades no processo de participação desenvolvido, resultando em sua incapacidade de exercer controle sobre a política pública de saneamento local.


In Brazil, the normative emphasis to social participation and control of public policies in the field of water and sanitation services has been increasingly pointed out. This aspect has been reinforced by the legal framework for this sector, which stresses the importance of intersectorial actions, planning, and social control. Based on that context, how are local authorities organizing themselves to plan their sanitation policies? Are sanitation issues present in the discussions within municipal instances aimed at social control, including urban policy, health, cities, housing and the environment committees? Trying to address these questions, we investigated perceptions in urban committees located in four different sized municipalities regarding population that belong to the Rio das Velhas Basin, in Minas Gerais: Contagem, Nova Lima, Sete Lagoas and Vespasiano. The study design focused on the vision of committee members' on their actions and perceptions regarding the inclusion of sanitation subject on the agenda of the committees, as well as the emphasis on this theme. The analysis of official documents and interviews with committee members showed that, in the absence of formal specific water and sanitation participatory institutions , other instances related to different public policies discuss these themes, although they do it in a peripheral way regarding the process of policy implementation. Shortcomings and fragilities in participatory processes were observed, which result in incapacity of controlling the local public policies for water and sanitation services.


Assuntos
Planejamento de Cidades , Meio Ambiente , Política de Saúde , Habitação , Governo Local , Política Pública , Saneamento , Planejamento Social , Saneamento Urbano
6.
Divulg. saúde debate ; (50): 48-56, nov. 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-730107

RESUMO

Este trabalho é parte dos resultados obtidos na pesquisa ‘Análise Participativa da Realidade Socioambiental do Município de Goiana, Pernambuco’, cujo objetivo principalfoi analisar a atual situação das condições sanitárias deste município, através da realização de um diagnóstico participativo construído a partir de uma metodologia que privilegiou técnicas quantitativas e qualitativas de investigação, especialmente coleta e tratamento de dados secundários e produção de dados primários, a partir de oficinas temáticas e visitas de campo. Concluiu–se que o município, embora desponte atualmente como centrode um novo polo de desenvolvimento, possui um déficit de infraestrutura sanitária, especialmente no que tange o abastecimento de água, a coleta e o tratamento de esgotos e a coleta e a disposição de resíduos sólidos.


Assuntos
Saneamento Básico , Saúde , Governo Local , População , Perfis Sanitários , Desenvolvimento Sustentável , Saneamento Urbano
7.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-115480

RESUMO

Objetivo. Descripción de la prescripción de antiinflamatorios no esteroideos (AINE) tópicos en un centro de salud urbano (Zaragoza). Pacientes y métodos. Estudio transversal realizado en un centro de salud durante el año 2010. Se incluyó a 843 pacientes que tenían prescrito un AINE. Se calculó el tamaño muestral para un nivel de confianza del 95%, seleccionándose aleatoriamente 150 historias clínicas. Se calcularon prevalencias de uso y sus intervalos de confianza. Se utilizó el programa estadístico STATA 9.1. Resultados. El fármaco más utilizado fue el diclofenaco con el 27,33% (IC 95%: 20,65-34,88) del total de prescripciones. Su uso resultó más frecuente en el sexo femenino. En el 18% de los casos la zona de aplicación fue la rodilla (IC 95%: 12,46-24,76), seguida de la región lumbar con un 15,33% (IC 95%: 10,22-21,78). No se registraron reacciones adversas. Existen fallos en el registro, sobre todo en la dosificación y la duración de los episodios. Conclusiones. El uso de AINE tópicos en la zona básica de salud estudiada es frecuente. Las recomendaciones actuales avalan su utilización en el dolor leve o moderado de rodilla, mano y codo, pero no en la espalda, para donde se prescribe de forma frecuente. El uso de AINE tópicos presenta menos efectos secundarios e interacciones farmacológicas que la vía oral, por lo que su uso es recomendable en pacientes polimedicados y de edad avanzada (AU)


Objective. To describe the prescribing of topical non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) in an urban health center (Zaragoza, Spain). Patients and methods. A cross-sectional descriptive study was conducted on subjects who belonged to an urban center and were studied during the year 2010. The sample size with a confidence level of 95%, was calculated, a total of 843 prescriptions were analyzed. The sample was single random, and 150 cases were selected. The prevalence and confidence intervals were calculated. The statistical package STATA 9.1 was used for the calculations. Results. The most used drug was diclofenac, in 27.33% (95% CI: 20.65-34.88). NSAIDs were most used in females. In 18% of the cases the area of application was the knee, followed by the 15% in the lower back area (95% CI: 10,22-21,78). There were no adverse reactions. Conclusions. Frequent use is made of topical NSAIDs in a basic health area. Current recommendations support the use in the knee and in the hand, but not in the back, where its use is common. The use of topical NSAIDs decreases side effects and drug interactions, therefore their use is recommended in patients on multiple drug therapy and in the elderly (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Anti-Inflamatórios/uso terapêutico , Medicina Baseada em Evidências/métodos , Medicina Baseada em Evidências/normas , Prática Clínica Baseada em Evidências/métodos , Administração Tópica , Manejo da Dor/instrumentação , Manejo da Dor , Saneamento Urbano , Estudos Transversais/métodos , Estudos Transversais , Sintomas Concomitantes , Manejo da Dor/estatística & dados numéricos
8.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-29038

RESUMO

Tabela, em arquivo formato PDF, com dados do Censo Demográfico, oriundos do Universo - Características urbanísticas do entorno dos domicílios. Os dados referem-se domicílios particulares permanentes e moradores em domicílios particulares permanentes, por condição de ocupação do domicílio, segundo as características do entorno.


Assuntos
Habitação , Saneamento Urbano , Saneamento
9.
Campinas; s.n; fev. 2013. 88 p. mapas, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-691899

RESUMO

Este estudo reconstitui através de uma revisão das fontes historiográficas e documentais, a história da saúde, doença e do sanitarismo da cidade de Campinas durante a Primeira República brasileira, do final do século XIX às primeiras décadas do século XX. Este período de significativas transformações no Brasil, não apenas políticas, também modificaram notoriamente as questões referentes à saúde, tanto no país como na cidade de Campinas. Campinas se destacou como produtora agrícola, inicialmente, e mais tarde como centro industrial e comercial. O trabalho ressalta as diversas modificações pelas quais a cidade atravessou durante os sucessivos surtos epidêmicos que assolaram a cidade, principalmente a febre amarela; destaca a implantação e organização das primeiras instituições destinadas ao tratamento da saúde e doença. A reconstituição proveniente da revisão historiográfica compõe um cenário geral sobre a situação sanitária do período, como da estruturação do serviço de saúde na cidade em meio às mudanças políticas, econômicas, sociais e culturais, intrínsecas à Primeira República brasileira.


This study reproduces through a review of documentary sources and historiography, the history of health, disease and sanitarism city of Campinas in Brazil during the First Republic, the late nineteenth century to the early decades of the twentieth century. This period of significant transformations in Brazil, not just policies also changed markedly issues relating to health, both at home and in the city of Campinas. Campinas excelled as agricultural production, initially, and later as industrial and commercial center. The work highlights the various changes which the city went through during successive epidemics that ravaged the city, especially yellow fever; highlights the organization and deployment of the first institutions for the treatment of health and disease. Reconstitution from the historiographical revision composes a scene on the general health situation of the period, as the structure of the health service in the city amid the political, economic, social and cultural, intrinsic to the First Brazilian Republic.


Assuntos
História do Século XIX , História do Século XX , Epidemias/história , História , Saneamento Urbano , História do Século XIX , História do Século XX , Hospitais , Instalações de Saúde
10.
Córdoba; s.n; 2013. 93 p. ilus, graf 29 cm^cCD Texto Completo.
Tese em Espanhol | BINACIS | ID: bin-130202

RESUMO

Los riesgos de enfermedades bucodentales, fundamentalmente,caries dental y enfermedad periodontal, pueden encontrarse asociados habitualmente a la falta de saneamiento ambiental de las comunidades, principalmente en aquellas urbano-marginales. El objetivo de este trabajo fue evaluar la distribución espacial, dentro de una comunidad urbano-marginal de la Ciudad de Córdoba, de patologías bucodentales y su posible asociación con hábitos y costumbres higiénicas, con variables socio-demográficas y con características de la vivienda. Para ello, se realizó un estudio observacional transversal, en la comunidad AR.PE.BO.CH., constituída por 1200 habitantes argentinos y extranjeros, a través de un censo en el año 2010. Se efectuó un análisis descriptivo para caracterizar socio-demográficamente la población, las viviendas y el nivel de salubridad ambiental. El estado de salud bucodental de los habitantes fue evaluado mediante un muestreo circunstancial apacientes de la Unidad Primaria de Atención de Salud N° 23, situada en la comunidad, durante el primer semestre del 2011. Los resultados se plasmaron en gráficos y mapas a través de la georeferenciación de las viviendas visitadas(AU)


SUMMARY: The risk of oral diseases, mainly dental caries and periodontal disease, are usually associated with the lack of a sanitary environment in the communities, especially in urban marginal zones. The objective of this work was to evaluate the spatial distribution of oral pathologies in a urban marginal community of Córdoba, and its possible association with hygienic habits and practices, sociodemographic variables, and characteristics of their homes. In order to attain this, an observational cross-sectional study was carried out in the AR.PE.BO.CH. community, composed of 1200 Argentinean and foreign people, using a census in 2010. A descriptive study was performed to characterize socio-demographically the population, the housing and the environmental health status. The oral health of the residents was assessed with an opportunity sample of patients requesting services in the Health Care Primary Unit N° 23 (UPAS N° 23), located inside the community, during the first semester, 2011. The results obtained were graphed and mapped through georeferentiation of the visited homes(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saneamento Urbano , Saneamento , População Suburbana , Saúde Bucal , Doenças da Boca , Argentina/epidemiologia
11.
Córdoba; s.n; 2013. 93 p. ilus, graf, ^c29 cm, ^cCD Texto Completo.
Tese em Espanhol | LILACS | ID: lil-711956

RESUMO

Los riesgos de enfermedades bucodentales, fundamentalmente,caries dental y enfermedad periodontal, pueden encontrarse asociados habitualmente a la falta de saneamiento ambiental de las comunidades, principalmente en aquellas urbano-marginales. El objetivo de este trabajo fue evaluar la distribución espacial, dentro de una comunidad urbano-marginal de la Ciudad de Córdoba, de patologías bucodentales y su posible asociación con hábitos y costumbres higiénicas, con variables socio-demográficas y con características de la vivienda. Para ello, se realizó un estudio observacional transversal, en la comunidad AR.PE.BO.CH., constituída por 1200 habitantes argentinos y extranjeros, a través de un censo en el año 2010. Se efectuó un análisis descriptivo para caracterizar socio-demográficamente la población, las viviendas y el nivel de salubridad ambiental. El estado de salud bucodental de los habitantes fue evaluado mediante un muestreo circunstancial apacientes de la Unidad Primaria de Atención de Salud N° 23, situada en la comunidad, durante el primer semestre del 2011. Los resultados se plasmaron en gráficos y mapas a través de la georeferenciación de las viviendas visitadas


SUMMARY: The risk of oral diseases, mainly dental caries and periodontal disease, are usually associated with the lack of a sanitary environment in the communities, especially in urban marginal zones. The objective of this work was to evaluate the spatial distribution of oral pathologies in a urban marginal community of Córdoba, and its possible association with hygienic habits and practices, sociodemographic variables, and characteristics of their homes. In order to attain this, an observational cross-sectional study was carried out in the AR.PE.BO.CH. community, composed of 1200 Argentinean and foreign people, using a census in 2010. A descriptive study was performed to characterize socio-demographically the population, the housing and the environmental health status. The oral health of the residents was assessed with an opportunity sample of patients requesting services in the Health Care Primary Unit N° 23 (UPAS N° 23), located inside the community, during the first semester, 2011. The results obtained were graphed and mapped through georeferentiation of the visited homes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doenças da Boca , Saúde Bucal , Saneamento , População Suburbana , Saneamento Urbano , Argentina/epidemiologia
12.
Psicol. soc. (Online) ; 25(spe): 70-79, 2013.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-697177

RESUMO

This study unfolds from the analysis of a set of documents collected during my doctoral research, which investigated the management of filth and its relationship with the governing of populations during the formation and development of modern cities. In this set, annals of Brazilian hygiene congresses, conducted during the first half of the twentieth century, a period characterized by the enlargement of techniques and practices of social medicine, were selected. Such annals of congresses and some laws of the time evidence the construction of an alliance between Sanitary Education and techniques of popular pedagogy, responsible for the population adherence to standards of conducts countersigned in social hygiene requirements. From Michel Foucault's writings on genealogical analysis, descent lines are described about healthy modes of conduct which, in turn, produce some effects in contemporary truth about personal and social hygiene...


Este estudo é desdobramento da análise de um conjunto de documentos coletados durante minha pesquisa de doutorado, em que se investigou sobre a gestão das imundícies e sua relação com o governo das populações durante a formação e desenvolvimento das cidades modernas. Neste conjunto, foram selecionados anais de congressos brasileiros de higiene, realizados durante a primeira metade do século XX, período caracterizado pela ampliação de técnicas e práticas de medicina social. Estes anais de congressos e algumas legislações da época evidenciam a construção de uma aliança entre Educação Sanitária e técnicas da pedagogia popular, responsáveis pela adesão da população a padrões de condutas referendadas em preceitos de higiene social. A partir dos escritos sobre análise genealógica de Michel Foucault, descrevem-se linhas de proveniências sobre os modos de conduta saudáveis e que, por sua vez, produzem na contemporaneidade alguns efeitos de verdade sobre higiene individual e social...


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde , Higiene/educação , Limpeza Urbana , População Urbana , Saneamento Urbano
13.
Psicol. soc. (online) ; 25(spe): 70-79, 2013.
Artigo em Inglês | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-63584

RESUMO

This study unfolds from the analysis of a set of documents collected during my doctoral research, which investigated the management of filth and its relationship with the governing of populations during the formation and development of modern cities. In this set, annals of Brazilian hygiene congresses, conducted during the first half of the twentieth century, a period characterized by the enlargement of techniques and practices of social medicine, were selected. Such annals of congresses and some laws of the time evidence the construction of an alliance between Sanitary Education and techniques of popular pedagogy, responsible for the population adherence to standards of conducts countersigned in social hygiene requirements. From Michel Foucault's writings on genealogical analysis, descent lines are described about healthy modes of conduct which, in turn, produce some effects in contemporary truth about personal and social hygiene.(AU)


Este estudo é desdobramento da análise de um conjunto de documentos coletados durante minha pesquisa de doutorado, em que se investigou sobre a gestão das imundícies e sua relação com o governo das populações durante a formação e desenvolvimento das cidades modernas. Neste conjunto, foram selecionados anais de congressos brasileiros de higiene, realizados durante a primeira metade do século XX, período caracterizado pela ampliação de técnicas e práticas de medicina social. Estes anais de congressos e algumas legislações da época evidenciam a construção de uma aliança entre Educação Sanitária e técnicas da pedagogia popular, responsáveis pela adesão da população a padrões de condutas referendadas em preceitos de higiene social. A partir dos escritos sobre análise genealógica de Michel Foucault, descrevem-se linhas de proveniências sobre os modos de conduta saudáveis e que, por sua vez, produzem na contemporaneidade alguns efeitos de verdade sobre higiene individual e social.(AU)


Assuntos
Educação em Saúde , Saneamento Urbano , Limpeza Urbana , Higiene/educação , População Urbana
14.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-28592

RESUMO

Tabela, em arquivo formato PDF, com dados do Censo Demográfico, oriundos do Universo - Características urbanísticas do entorno dos domicílios. Os dados referem-se aos moradores em domicílios particulares permanentes, por cor ou raça, segundo as características do entorno.


Assuntos
50273 , Habitação , Saneamento Urbano
15.
Rev. patol. trop ; 40(3): 239-246, jul.-set. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-607670

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi verificar a presença de Cryptococcus neoformans em baratas (Periplaneta americana) recolhidas de ambientes públicos. A motivação para esta pesquisa deve-se ao fato de esta espécie de barata sersinantrópica e veiculadora de vários agentes patogênicos para o homem e animais, o que é relevante para a saúde pública. Os insetos foram recolhidos vivos, mediante emprego de armadilhas, e também mortos, totalizando 150 amostras. A pesquisa da presença do agente nos insetos foi feita no Laboratório de Leveduras Patogênicas e Ambientais, Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária do Instituto de Veterinária da UFRRJ, por processamento do exoesqueleto e de seu conteúdo interno, com semeadura em meio de cultivo contendo dopamina. As confirmações de isolamento foram realizadas por meio de testes de macromorfologia, micromorfologia, auxanograma e provas complementares. Não se obteve o isolamento de Cryptococcus neoformans do exoesqueleto; os cinco obtidos (3,3por cento) foram do conteúdo interno dos insetos que, após sorogrupagem em meio CGB,revelaram-se pertencentes ao sorogrupo AD. As baratas da espécie Periplaneta americana são, portanto, consideradas um potencial vetor para a levedura estudada.


The objective of this paper was to check the presence of Cryptococcus neoformans in cockroaches (Periplaneta Americana) collected in public places. The research’s motivation was based on the fact that this species of cockroach are synanthropic and vehicle of several pathogenic agents for men and animals, a relevant fact for public health. A total of 150 samples were collected and the research for the presence of the agents in the insects was conducted in the Laboratory of Pathogenic and Environmental Yeasts, Department of Microbiology and Immunology Veterinary,UFRRJ, by processing of the exoskeleton and the internal content and sowing in cultivation medium containing dopamine. The confirmation of isolation was made by the macromorphology and micromorphology tests, performance ofauxanographic method, and complementary proofs. Isolation of Cryptococcus neoformans was not obtained from the exoskeleton. Five isolates (3.3%) were obtained from the internal content of the insects. The serogrouping in CGB medium showed that they were from the AD serum group. We consider that the cockroachesof the species Periplaneta americana are a potential vector for the studied yeast.


Assuntos
Animais , Baratas , Cryptococcus neoformans/isolamento & purificação , Saúde Ambiental , Controle Biológico de Vetores , Saneamento Urbano , Logradouros Públicos
16.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-26460

RESUMO

Conjunto de tabelas em arquivo formato ZIP, com indicadores oriundos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), de 2009, sobre domicílios, abrangendo os seguintes temas: (1)Domicílios particulares, pessoas e número médio de pessoas, por domicílio e dormitório; (2)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita; (3)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por condição de ocupação e proporção de domicílios urbanos com propriedade do terreno; (4)Domicílios particulares permanentes urbanos com rendimento mensal domiciliar per capita de até 1/2 salário mínimo, total e respectiva distribuição percentual, por condição de ocupação e proporção de domicílios urbanos com propriedade do terreno; (5)Domicílios particulares permanentes urbanos com rendimento mensal domiciliar per capita de mais de 2 salários mínimos, total e respectiva distribuição percentual, por condição de ocupação e proporção de domicílios urbanos com propriedade do terreno; (6)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por tipo de domicílio; (7)Domicílios particulares permanentes urbanos com até 1/2 salário mínino de rendimento domiciliar per capita, total e respectiva distribuição percentual, por tipo de domicílio; (8)Domicílios particulares permanentes urbanos com mais de 2 salários míninos de rendimento domiciliar per capita, total e respectiva distribuição percentual, por tipo de domicílio; (9)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e proporção com serviços de saneamento, por classes de rendimento médio mensal domiciliar per capita; (10)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por existência de serviço de abastecimento de água por rede geral; (11)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por existência de serviço de esgotamento sanitário; (12)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva distribuição percentual, por existência de serviço de coleta de lixo; (13)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e respectiva proporção, por acesso a alguns serviços e posse de alguns bens duráveis; (14)Domicílios particulares permanentes urbanos, total e por acesso simultâneo a serviços e posse de bens duráveis.Os dados estão disponíveis por região, Unidade da Federação e região metropolitana.


Assuntos
Saneamento Urbano , Renda , Pobreza , Habitação , Condições Sociais , Iniquidade Social , Equidade no Acesso à Água
17.
Lima; Comité de Gestión de la iniciativa de aire limpio para Lima y Callao; 2011. 66 p. ilus, mapas, tab.
Monografia em Espanhol | PERNAL | ID: pnc-9103
18.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-24667

RESUMO

O Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) vem sendo desenvolvido desde a sua criação pelo Programa de Modernização do Setor Saneamento (PMSS), vinculado à Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades. O SNIS apoia-se em um banco de dados administrado pelo PMSS, que contém informações de caráter operacional, gerencial, financeiro e de qualidade, sobre a prestação de serviços de água e de esgotos e sobre os serviços de manejo de resíduos sólidos urbanos.


Assuntos
Saúde Pública , Sistemas de Informação , Saneamento , Saneamento Básico , Saneamento Urbano , Tratamento de Águas Residuárias , Esgotos Domésticos , Águas Residuárias , Política de Saneamento
19.
Aten. prim. (Barc., Ed. impr.) ; 42(6): 328-337, jun. 2010. graf, tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-85840

RESUMO

ObjetivosAnalizar si hay diferencias en el gasto farmacéutico entre inmigrantes y autóctonos en la población general y si el ámbito de residencia (urbano/rural) está asociado al gasto en farmacia.DiseñoEstudio observacional transversal.EmplazamientoRegión Sanitaria Lleida.ParticipantesSe estudiaron 22.847 inmigrantes y 174.768 autóctonos de 15 a 64 años de edad, residentes en la Región Sanitaria Lleida.Mediciones principalesGasto en farmacia durante el año 2007, variables demográficas, zona de procedencia y área de residencia (urbana/rural).ResultadosEn todos los grupos terapéuticos, los individuos autóctonos gastaron más que los inmigrantes. En los hombres, la ratio de riesgo relativo de estar en el cuartil superior de gasto era de 3,2 (ICntervalo de confianza [IC] 95%: 2,96–3,44) en autóctonos respecto a inmigrantes y en las mujeres era de 2,1 (IC 95%: 1,97–2,27). Los inmigrantes de Europa del Este eran los que tenían un riesgo inferior de realizar gasto farmacéutico elevado (último cuartil), con diferencias estadísticamente significativas. Los residentes en el medio rural tenían riesgo superior de realizar gasto farmacéutico elevado respecto a los residentes en el medio urbano.ConclusiónSe observaron desigualdades en el gasto en medicamentos entre inmigrantes y autóctonos. Futuros estudios, cualitativos o mixtos, deberían indagar qué factores se asocian a estas diferencias y proponer acciones dirigidas a reducirlas(AU)


ObjectiveTo evaluate whether there are differences in drug spending between immigrant and Spanish-born populations and to assess whether drug consumption is associated with living environment (urban/rural).DesignObservational cross-sectional study.SettingLleida Health Region (LHR).Participants22,847 immigrants and 174,768 native born subjects, aged 15 to 64 years, residing in the LHR.Main measurementsDrug spending during the year 2007, demographical variables, region of origin and residence area (urban/rural).ResultsNative-born subjects spent more in all therapeutic drug groups than immigrants. In men, the relative risk ratio (RRR) of being in the highest quartile of expenditure was 3.2 (95% CI: 2.96–3.44) for native born versus immigrant and in women it was 2.1 (95% CI: 1.97–2.27). Immigrants from eastern Europe had the lowest risk of being in the highest quartile of expenditure, with statistically significant differences. Residents in the rural environment were more likely to have a higher pharmaceutical consumption than residents in the urban environment.ConclusionInequalities in drug spending were observed between immigrants and native born subjects. Further studies, either qualitative or mixed, should explore which factors are related to these differences and propose strategies addressed to reducing them(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Emigrantes e Imigrantes/classificação , Emigrantes e Imigrantes/estatística & dados numéricos , Serviços Comunitários de Farmácia/classificação , Serviços Comunitários de Farmácia/estatística & dados numéricos , Serviços Comunitários de Farmácia , Análise Estatística , Saneamento Urbano , População Rural/classificação , População Rural/estatística & dados numéricos
20.
Recurso na Internet em Inglês | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-LISBR1.1-24517

RESUMO

Relatório de atualização 2010 elaborado pelo "WHO/UNICEF Joint Monitoring Programme for Water Supply and Sanitation (JMP)" que confirma os avanços obtidos em relação ao acesso à água potável. Entretando, o saneamento básico ainda é insuficiente para atingir os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (MDG), sendo necessários maiores esforços e ações globais nesse sentido.


Assuntos
Saúde Pública , Saúde Ambiental , Equidade no Acesso à Água , Equidade no Acesso aos Serviços de Saúde , Água Potável , Abastecimento de Água , Saneamento , Saneamento Rural , Saneamento Urbano , Objetivos de Desenvolvimento do Milênio , Monitoramento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA