Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 17.186
Filter
1.
Braz. j. biol ; 84: e254234, 2024. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | MEDLINE, LILACSEXPRESS, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1364499

ABSTRACT

Abstract Due to the severe side effects revealed by most of the currently used antidiabetic medicines, search for finding new and safe drugs to manage diabetes is continued. Naphthoquinones possessing strong antioxidant properties have been employed as candidates for diabetes therapy. Present study is aimed at finding the antioxidant and hypoglycaemic potential of some novel derivatives of 2-phenylamino-1,4-naphthoquinones (PAN) including chloro, nitro, methyl and bromo (5a-d) derivatives synthesized by single pot experiment. Product crystals were purified by TLC and characterized by FT-IR. The antioxidant potential of the compounds was assayed through DPPH radical scavenging and reducing power activities noted as UV-vis. absorbance. The DPPH assay has showed the powerful antioxidant activity of nitro and bromo derivatives, while the nitro derivative showed the significant reduction potential towards FRAP assay. Hypoglycaemic potential of the compounds was studied in rat animal model. All synthesized compounds revealed better hypoglycaemic activity; however, the chloro-derivative exhibited the more potent hypoglycaemic activity showing about 43% reduction in the mean blood glucose levels of the treated animals. As the bioreduction of naphthoquinones may be influenced by changing its redox properties, it has been noticed that the e-donating resonance effect (+R) of 'chloro' group has shown the significant effects on biological activity through stabalization of its imine form which limits the potential of generation of free radicals during bioreduction of quinones and thus has been proposed as the reason of its hypoglycaemic activity. Future studies employing the properties of e-donating groups of PAN may optimize the drug-receptor interaction for better drug designing and drug development strategies against diabetes and also for the clinical trials.


Resumo Em razão dos graves efeitos colaterais causados pela maioria dos medicamentos antidiabéticos atualmente utilizados, continua a busca por novos medicamentos seguros para o controle do diabetes. As naftoquinonas, que possuem fortes propriedades antioxidantes, têm sido empregadas como candidatas à terapia do diabetes. O presente estudo visa encontrar o potencial antioxidante e hipoglicemiante de alguns novos derivados de 2-fenilamino-1,4-naftoquinonas (PAN), incluindo derivados de cloro, nitro, metil e bromo (5a-d) sintetizados por experimento em pote único. Os cristais do produto foram purificados por TLC e caracterizados por FT-IR. O potencial antioxidante dos compostos foi testado por meio de atividades de sequestro de radicais DPPH e redução de energia observada como absorção no UV-vis. O ensaio DPPH mostrou a poderosa atividade antioxidante dos derivados nitro e bromo, enquanto o derivado nitro mostrou o potencial de redução significativo para o ensaio FRAP. O potencial hipoglicêmico dos compostos foi estudado em modelo animal de rato. Todos os compostos sintetizados revelaram melhor atividade hipoglicemiante; no entanto, o derivado cloro apresentou atividade hipoglicêmica mais potente, com redução de 43% nos níveis médios de glicose no sangue dos animais tratados. Como a biorredução de naftoquinonas pode ser influenciada pela alteração de suas propriedades redox, notou-se que o efeito da doação eletrônica por ressonância (+R) do grupo "cloro" tem sido significativo na atividade biológica por meio da estabilização de sua forma imina, que limita o potencial de geração de radicais livres durante a biorredução de quinonas, e, portanto, tem sido proposto como a razão de sua atividade hipoglicemiante. Estudos futuros empregando as propriedades de grupos de doação eletrônica de PAN podem otimizar a interação droga-receptor para melhor planejamento de medicamentos e estratégias de desenvolvimento de medicamentos contra o diabetes e também para os ensaios clínicos.

2.
Braz. j. biol ; 84: e254011, 2024. graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1355886

ABSTRACT

Abstract Livestock is a fundamental part of the agriculture industry in Pakistan and contributes more than 11.53% to GDP. Among livestock species, the buffaloes are regarded as the black gold of Pakistan. Being the highest milk producers globally, Nili-Ravi buffaloes are the most famous ones. Buffaloes are affected by many endemic diseases, and "Hemorrhagic septicemia" (HS) is one of them. This study was designed to ascertain the effects of experimental exposure ofP. multocida B:2 (oral) and its immunogens, i.e., LPS (oral and intravenous) and OMP (oral and subcutaneous) on reproductive hormonal profiles in Nili-Ravi buffaloes. Repeated serum samples were collected from the jugular vein of experimental animals for 21 days (0, 02, 04, 08, 12, 16, 20, 24, 36, 48, 72, 120, 168, 216, 264, 360, 456 and 504 hours). Hormonal assays to determine the serum concentrations of Gonadotropin-releasing hormone (GnRH), Follicle-stimulating hormone (FSH), Luteinizing hormone (LH), Estrogen (E2) and progesterone (P4) were performed using (MyBioSource) commercial Elisa kits. The hormonal profile of all treatment groups of the buffalo heifers exhibited significant (P<0.05) variations as compared to the control group (G-1). These results indicate suppression in Nili-Ravi buffaloes' reproductive hormonal profile on exposure to P. multocida B:2 and its immunogens. This influence warrants that exposure to H.S may be a possible reason for delayed puberty and poor reproduction performance in Nili-Ravi buffaloes.


Resumo A pecuária é uma parte fundamental da indústria agrícola no Paquistão e contribui com 11,53% do PIB nacional. Entre as espécies de gado, os búfalos são considerados o ouro negro do Paquistão. Sendo os maiores produtores de leite em todo o mundo, os búfalos Nili-Ravi são os mais famosos. Os búfalos são afetados por muitas doenças endêmicas, entre as quais a "septicemia hemorrágica" (SH). Este estudo busca verificar os efeitos da exposição experimental de P. multocida B:2 (oral) e seus imunógenos, ou seja, LPS (oral e intravenoso) e OMP (oral e subcutâneo), nos perfis hormonais reprodutivos em búfalos Nili-Ravi. Amostras de soro repetidas foram coletadas da veia jugular de animais experimentais por 21 dias (0, 2, 4, 8, 12, 16, 20, 24, 36, 48, 72, 120, 168, 216, 264, 360, 456 e 504 horas). Os ensaios hormonais para determinar as concentrações séricas do hormônio liberador de gonadotrofina (GnRH), hormônio foliculoestimulante (FSH), hormônio luteinizante (LH), estrogênio (E2) e progesterona (P4) foram realizados usando kits comerciais Elisa (MyBioSource). O perfil hormonal de todos os grupos de tratamento das novilhas bubalinas apresentou variações significativas (P < 0,05) em relação ao grupo controle (G-1). Esses resultados indicam supressão no perfil hormonal reprodutivo de búfalos Nili-Ravi na exposição a P. multocida B:2 e seus imunógenos. Essa influência garante que a exposição à SH possa ser uma possível razão para o atraso da puberdade e o baixo desempenho reprodutivo em búfalos Nili-Ravi.


Subject(s)
Animals , Female , Pasteurella Infections/veterinary , Reproduction , Gonadal Steroid Hormones/blood , Buffaloes , Progesterone , Cattle , Lipopolysaccharides , Gonadotropin-Releasing Hormone , Pasteurella multocida
3.
Braz. j. biol ; 84: e251289, 2024. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1355889

ABSTRACT

Abstract The present research was made to determine the micronuclei and cytotoxic capacity of the antidepressant venlafaxine in an in vivo acute and subchronic assays in mouse. In the first study, we administered once 5, 50, and 250 mg/kg of the drug, and included a negative and a daunorubicin treated group. Observations were daily made during four days. The subchronic assay lasted 5 weeks with daily administration of venlafaxine (1, 5, and 10 mg/kg) plus a negative and an imipramine administered groups. Observations were made each week. In the first assay results showed no micronucleated polychromatic erythrocytes (MNPE) increase, except with the high dose at 72 h. The strongest cytotoxic effect was found with 250 mg/kg at 72 h (a 51% cytotoxic effect in comparison with the mean control level). In the subchronic assay no MNPE increase was found; however, with the highest dose a significant increase of micronucleated normochromatic erythrocytes was observed in the last three weeks (a mean of 51% respect to the mean control value). A cytotoxic effect with the two high doses in the last two weeks was observed (a polychromatic erythrocyte mean decrease of 52% respect to the mean control value). Results suggest caution with venlafaxine.


Resumo A presente pesquisa foi feita para determinar a capacidade micronuclei e citotóxica do antidepressivo venlafaxina em ensaios agudos e subcrônicos in vivo em camundongos. No primeiro estudo, administramos uma vez 5, 50 e 250 mg/kg do medicamento e incluímos um grupo negativo e um grupo tratado com daunorubicina. As observações foram feitas diariamente durante quatro dias. O ensaio subcrônico durou cinco semanas com administração diária de venlafaxina (1, 5, e 10 mg/kg) mais um grupo negativo e um grupo administrado de imipramina. As observações foram feitas a cada semana. No primeiro ensaio, os resultados não mostraram aumento de eritrócitos policromáticos micronucleados (MNPE), exceto com a dose elevada a 72 h. O efeito citotóxico mais forte foi encontrado com 250 mg/kg a 72 h (um efeito citotóxico de 51% em comparação com o nível médio de controle). No ensaio subcrônico não foi encontrado aumento de MNPE; entretanto, com a dose mais alta, um aumento significativo de eritrócitos normocromáticos micronucleados foi observado nas últimas três semanas (média de 51% em relação ao valor médio de controle). Foi observado um efeito citotóxico com as duas altas doses nas últimas duas semanas (uma diminuição média de 52% em relação ao valor médio de controle dos eritrócitos policromáticos). Os resultados sugerem cautela com a venlafaxina.


Subject(s)
Animals , Rabbits , DNA Damage , Antineoplastic Agents , Micronucleus Tests , Dose-Response Relationship, Drug , Erythrocytes , Venlafaxine Hydrochloride/toxicity
4.
Braz. j. biol ; 84: e257314, 2024. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1355908

ABSTRACT

Abstract Melon production in the Brazilian semi-arid region is subject to the use of marginal waters with high salinity. However, the use of regulators and bioactivators in seed treatment can mitigate the harmful effects of salts in irrigation water. In this context, the objective was to evaluate the effect of pre-germination treatments with plant regulators and bioactivator in melon seeds for the production of seedlings irrigated with biosaline water from fish farming effluent. For this, two trials with the Goldex and Grand Prix hybrids were carried out separately. A completely randomized design was used in a 4 × 3 factorial scheme (pre-germination treatments × water dilutions). In addition to the control, the seeds were treated with salicylic and gibberellic acids and thiamethoxam. The waters used for irrigation were local-supply water, fish farming effluent (biosaline water) and these diluted to 50%. Physiological and biochemical analyses were performed for fourteen days. Biosaline water (5.0 dS m-1) did not affect the emergence of Goldex melon seedlings, but compromised the establishment of the Grand Prix cultivar. Seed pre-treatments with salicylic and gibberellic acids attenuate the effects of water salinity and promote growth modulations, resulting in more vigorous melon seedlings.


Resumo A produção de meloeiro no semiárido brasileiro está sujeita a utilização de águas marginais com salinidade elevada. Entretanto, a utilização de reguladores e bioativadores no tratamento de sementes podem mitigar os efeitos nocivos dos sais na água de irrigação. Nesse sentido, objetivou-se avaliar o efeito de tratamentos pré-germinativos com fitorreguladores e bioativador em sementes de melão para a produção de mudas irrigadas com água biossalina de efluente de piscicultura. Para isso, dois ensaios com os híbridos Goldex e Grand Prix foram realizados separadamente. Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 × 3 (tratamentos pré-germinativos × diluições de água). Além do controle, as sementes foram tratadas com os ácidos salicílico e giberélico, e tiametoxam. As águas utilizadas para irrigação foram a de abastecimento local, efluente de piscicultura (água biossalina) e estas diluídas a 50%. Durante quatorze dias foram realizadas as análises fisiológicas e bioquímicas. A água biossalina (5,0 dS m-1) não afetou a emergência de plântulas de meloeiro Goldex, mas prejudicou o estabelecimento da cultivar Grand Prix. Os pré-tratamentos de sementes com os ácidos salicílico e giberélico atenuam os efeitos da salinidade da água e promovem modulações no crescimento, proporcionando mudas de meloeiro mais vigorosas.


Subject(s)
Germination , Cucurbitaceae , Seeds , Water , Seedlings
5.
Braz. j. biol ; 83: e247791, 2023. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1285637

ABSTRACT

Abstract The growth of aquaculture sector is strongly dependent upon the continuous supply of inexpensive fish feed with balanced nutritional profile. However, fish meal (FM) is unable to satisfy this demand due to its scarce supply and high cost. In order to test the potential of cottonseed meal (CSM) as a fish meal replacer, a feeding trial of 12 weeks was conducted to check growth performance and proximate composition of Labeo rohita fingerlings. The protein ration of the test feed was satisfied by replacing FM with CSM at 0, 25, 50 and 75%. Sixteen test diets viz., TD1 (control), TD2, TD3, TD4, TD5, TD6, TD7, TD8, TD9, TD10, TD11, TD12, TD13, TD14, TD15 and TD16 were supplemented with citric acid (CA; 0 and 2.5%) and phytase (PHY; 0 and 750 FTU/kg) in a completely randomized design with 3×3 factorial arrangement. The highest weight gain (11.03g), weight gain% (249.21%), specific growth rate (1.39) and best feed conversion ratio (1.20) were recorded by fish fed with TD12. Furthermore, the same level increased the crude protein (59.26%) and fat (16.04%) being significantly different (p<0.05) than that of control. Conclusively, the addition of acidified phytase (CA; 2.5%, PHY; 750 FTU/kg) in TD12 (CSM=50%) led to the improved growth and proximate composition of L. rohita fingerlings.


Resumo O crescimento do setor de aquicultura é fortemente dependente do fornecimento contínuo de rações baratas para peixes com perfil nutricional equilibrado. Porém, a farinha de peixe (FM) não consegue atender a essa demanda devido à sua escassa oferta e alto custo. Com o objetivo de testar o potencial da farinha de semente de canola (MSC) como substituto da farinha de peixe, um ensaio alimentar de 12 semanas foi conduzido para verificar o desempenho de crescimento e a composição centesimal de alevinos de Labeo rohita. A ração de proteína da ração teste foi satisfeita substituindo FM por CSM em 0, 25, 50 e 75%. Dezesseis dietas de teste, viz., TD1 (controle), TD2, TD3, TD4, TD5, TD6, TD7, TD8, TD9, TD10, TD11, TD12, TD13, TD14, TD15 e TD16 foram suplementadas com ácido cítrico (CA; 0 e 2,5%) e fitase (PHY; 0 e 750 FTU / kg) em um delineamento inteiramente casualizado com arranjo fatorial 3 × 3. O maior ganho de peso (11,03g), % de ganho de peso (249,21%), taxa de crescimento específico (1,39) e melhor taxa de conversão alimentar (1,20) foram registrados por peixes alimentados com TD12. Além disso, o mesmo nível aumentou a proteína bruta (59,26%) e a gordura (16,04%), sendo significativamente diferente (p <0,05) do controle. Conclusivamente, a adição de fitase acidificada (CA; 2,5%, PHY; 750 FTU / kg) em TD12 (CSM = 50%) levou a um melhor crescimento e composição próxima de alevinos de L. rohita.


Subject(s)
Animals , Cyprinidae , 6-Phytase , Cottonseed Oil , Diet/veterinary , Animal Feed/analysis
6.
Braz. j. oral sci ; 21: e225042, jan.-dez. 2022. ilus
Article in English | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1354728

ABSTRACT

Aim: Although bulk fill composites have been widely used as restorative material, there is no consensus regarding the best clinical protocol in terms of composite technique and adhesive system. Therefore, this clinical trial evaluated the clinical performance of bulk fill composites for class I restorations under different protocols. Methods: A randomized clinical trial including 155 class I restorations was conducted using different adhesive systems: conventional technique (phosphoric acid + conventional three-step adhesive system) (Group 1, 2 and 3); or self-etching adhesive system (Groups 4, 5 and 6). Control groups 1 and 4 were restored with conventional composite; groups 2 and 5 with low viscosity bulk fill and conventional composite as occlusal coverage; groups 3 and 6 with high viscosity bulk fill. The FDI criteria was used for clinical evaluation at baseline and after 6 months. Results: All groups showed good clinical performance. At baseline, the adhesive system did not affect postoperative hypersensitivity. After 6 months, group 5 showed a significant reduction in color and translucency; group 6 a reduction in terms of anatomical form and for postoperative sensitivity and an improvement in patient satisfaction (p<0.05). Considering the same restorative technique, the use of the self-etching adhesive system showed a significant decrease in color and translucency (p<0.05). Conclusion: All groups showed favorable clinical performance, and promising results were found for the conventional adhesive system and high viscosity bulk fill protocol


Subject(s)
Phosphoric Acids , Adhesives , Composite Resins , Dental Restoration, Permanent , Esthetics, Dental , Clinical Studies as Topic
7.
Braz. j. oral sci ; 21: e226341, jan.-dez. 2022. ilus
Article in English | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1354797

ABSTRACT

Treatment of dental caries in children still remains challenging due to lack of cooperation with conventional treatment modalities. Recently, the use of Silver Diamine Fluoride (SDF) has proved useful in addressing this challenge. Aim: This clinical trial aimed to evaluate the effectiveness of Silver Diamine Fluoride (SDF) in arresting caries in children in Lagos, Nigeria. Methods: This was a phase III balanced randomized controlled school based interventional study on 240 children. The study group was treated with SDF while GIC was used in the control group. Follow up visits in 2 weeks, 1 month, and 3 months were carried out to assess the treatment outcome. Inferential statistics with the use of Pearson Chi-square test and Independent Student t-test were used at 5% level of significance. Results: There was significant relationship between SDF and caries arrest in 2 weeks, 1 month and 3 months' assessment period (p = 0.001). The control group showed continuous decline (71.7%, 54.3% and 50.9%) in restorative success from 2 weeks to 3 months respectively. The mean ± SD and Confidence Interval (CI) of arrested caries in the SDF group were 113± 1.24 and 113.1 ­ 113.5 respectively. In the control group the mean ± SD and CI of restorative success were 69.3±11.8 and 67.2 ­ 71.4. The effect size was 5.24. Conclusion: The result of the study showed that SDF was effective in arresting caries in children without any harm and there was statistically significant difference in the use of 38% SDF in arresting caries in children


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child, Preschool , Child , Child , Fluorides, Topical , Dental Caries , Glass Ionomer Cements
8.
Braz. j. oral sci ; 21: e225454, jan.-dez. 2022. ilus
Article in English | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1366512

ABSTRACT

Aim: Evaluating the resin-dentin bond strength of Class II conventional and bulk-fill composite restorations, using different cavity sizes before and after aging. Methods: Seventy-five human molars were distributed into groups according to the buccolingual width of the cavities, conservative (n=25) and extended (n=50). They were divided according to the restorative material: conventional (Z100/control group) or bulk-fill resin composites (Filtek Bulk Fill/FBF; Tetric N Ceram Bulk Fill/TNCBF; Filtek Bulk Fill Flow/FBFF; Surefill SDR flow/SDR). The restored teeth were sectioned on sticks (n=50 per restorative materials + width cavities group), half were stored in Water/Ethanol 75% for 30 days and the other half were submitted to the immediate microtensile bond strength (µTBS) test. Data were analyzed applying the Three-Way Analysis of Variance (ANOVA), Bonferroni test, test t, and Weibull analyses (p<0.05). Results: SDR and FBF presented lower µTBSvalues for extended preparation when compared to the conservative preparation, before aging. After aging, only for the FBFF, a decrease in the µTBSvalues was observed. Comparing the µTBSvalues, before and after aging, the SDR demonstrated lower µTBSvalues after aging when the conservative cavity was used. A decrease in the µTBSvalues was observed for the Z100, the FBF and, the FBFF, after aging, when the extended cavity was used. Conclusion: The effect of cavity preparation and aging on the resin-dentin of Class II is material dependent. Most of the bulk-fill resin composites evaluated presented a similar performance to the conventional resin composites for all the conditions of this study


Subject(s)
Humans , Tensile Strength , Aging , Composite Resins/analysis , Dental Cavity Preparation
9.
J. Health Biol. Sci. (Online) ; 10(1): 1-12, 01/jan./2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1367660

ABSTRACT

Objetivos: contribuir para a geração de dados de avaliação econômica de estratégias de empoderamento farmacoterapêutico para pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2 (DM tipo 2). Métodos: este estudo farmacoeconômico é aninhado a um ensaio clínico com controle não randomizado que incluiu pacientes ≥18 anos de idade, cadastrados no HIPERDIA. Os pacientes foram alocados em um modelo de Markov conforme valores de hemoglobina glicada do acompanhamento. As probabilidades do surgimento de complicações relativas ao DM, incluindo-se óbito, foram estimadas por dez anos. Cada complicação do DM tipo 2 teve seu custo estabelecido para determinação do custo anual. Resultados: entre os participantes da intervenção, não ocorrem óbitos ocasionados por DM tipo 2, e a progressão de complicações mantém-se estável durante os anos simulados, enquanto, no grupo controle, 60% dos pacientes podem evoluir para óbito nos dez anos, e a probabilidade de serem acometidos por complicações relacionadas ao DM tipo 2 é crescente. Com relação aos custos, ao final de dez anos, os pacientes que participaram da Estratégia Individual de Empoderamento Farmacoterapêutico (EIEF) tiveram um custo médio de UU$134,45 poupando a vida de 100% dos pacientes, e os pacientes do atendimento convencional um custo médio de UU$237,12 e 40% dos pacientes acompanhados chegariam ao final do ciclo com vida. Conclusão: a EIEF parece ser uma alternativa economicamente viável em longo prazo, bem como para a promoção do controle glicêmico.


Objectives: contribute to the data generation for the economic evaluation of pharmacotherapeutic empowerment strategies for type 2 diabetes mellitus patients (type 2 DM). Method: This pharmacoeconomic study is nested in a clinical trial with non-randomized control that included patients ≥18 years old, registered in HIPERDIA. The patients were allocated to a Markov model according to the follow-up glycated hemoglobin values. The probabilities of the appearance of complications related to DM, including death, have been estimated for ten years. Each complication of type 2 DM had its cost established to determine the annual cost. Results: Among the participants in the intervention, there are no deaths caused by type 2 DM, and the progression of complications remains stable during the simulated years, whereas in the control group, 60% of the patients can progress to death in ten years and the probability of being affected by complications related to type 2 DM is increasing. Regarding costs, at the end of ten years, patients who participated in Individual Pharmacotherapeutic Empowerment Strategy (IPES) had an average cost of US$ 134.45, saving 100% of patient's lives, and conventional care patients cost an average of US$ 237.12 and 40% of the patients followed would reach the end of the life cycle. Conclusion: The IPES seems like an economically viable and long-term economic alternative and promotes glycemic control.


Subject(s)
Diabetes Mellitus , Cost-Benefit Analysis , Costs and Cost Analysis , Empowerment , Glycemic Control
10.
Rev. Nac. (Itauguá) ; 14(1): 58-74, Junio 2022.
Article in Spanish | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1372734

ABSTRACT

RESUMEN La obesidad y el sobrepeso en adultos mayores se asocia con un mayor riesgo de enfermedades cognitivas, lo que contribuye a la disminución del rendimiento funcional. El objetivo de esta revisión es analizar el efecto del ejercicio en la memoria de adultos mayores con obesidad o sobrepeso. La metodología utiliza las palabras MESH: Población = envejecido, sobrepeso, obesidad; Intervención = ejercicio; Comparación = grupo control; Resultado = memoria; Diseño: ensayo clínico aleatorio. Buscando hasta diciembre de 2021 en: PUBMED, SCIELO, BVSALUD, LILACS, TRIP DATABASE Y MEDLINE. Se identifican 6.832 artículos. Se analizan cinco estudios, con 214 participantes. El índice de masa corporal medio es 28,6 ± 1,1 kg/m2 y el Mini mental medio inicial es 23,6 ± 2,1 puntos. La intervención con ejercicio es de doce a veintiséis semanas. En el modelo de efectos aleatorios el ejercicio mejora el Mini mental medio en MD = 2,6 puntos (1,7 a 3,4) p < 0,01. Heterogeneidad (87,7 %). El ejercicio mejora la función cognitiva (memoria) en adultos mayores con sobrepeso u obesidad.


ABSTRACT Obesity and overweight in older adults are associated with an increased risk of cognitive diseases, contributing to decreased functional performance. The objective of this review is to analyze the effect of exercise on memory in older adults with obesity or overweight. The methodology uses the words MESH: Population = aged, overweight, obesity; Intervention = exercise; Comparison = control groups; Result = Memory; Design: randomized controlled trial. Searching until December 2021 in PUBMED, SCIELO, BVSALUD, LILACS, TRIP DATABASE, and MEDLINE. Six thousand eight hundred thirty-two items are identified. We analyzed five studies with 214 participants. The mean body mass index is 28.6 ± 1.1 kg/m2, and the initial average Mini mental is 23.6 ± 2.1 points. The intervention with exercise is from twelve to twenty-six weeks. In the random-effects model, exercise improves the mean Mini Mental by MD = 2.6 points (1.7 to 3.4) p < 0.01. Heterogeneity (87.7 %). Exercise improves cognitive function (memory) in older adults who are overweight or obese.

11.
Rev. bras. med. esporte ; 28(3): 235-237, May-June 2022. tab
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1365721

ABSTRACT

ABSTRACT Introduction: A strong core can be more stable and improve the body posture of adolescents. This enables the organic integration and development of all parts of the body, as well as the coordination of the upper and lower limbs. Core strength training is conducive to improving its physical strength in the youth group. Objective: To study the influence of core strength on adolescents' motor skills and physical literacy. Methods: 40 teenagers were selected for group training. The experimental group performed core strength training, while the control group used traditional strength training. After the training period, the improvement of the physical fitness and motor skills of the two groups of volunteers was analyzed. Results: There were statistical differences between the two groups of young athletes in various technical and physical fitness indicators. Conclusion: Core strength training can improve the basic skills of young athletes, such as fast running, jumping and so on, but the effect of improving high physical fitness is not obvious. The experiment shows that a certain period of core strength training can improve their physical and motor skills. In future training for youth, core strength training should be advocated. Level of evidence II; Evidence from well-designed randomized controlled trials.


RESUMO Introdução: Um core mais forte pode ser mais estável e melhorar a postura corporal de adolescentes. Isso permite que haja uma integração orgânica e um desenvolvimento de todas as partes do corpo, assim como a coordenação dos membros superiores e inferiores. O treino da força do core leva à melhoria de sua força física no grupo de jovens. Objetivo: Estudar a influência da força do core nas habilidades motoras e na literacia física. Métodos: 40 adolescentes foram selecionados para treinamento em grupo. O grupo experimental passou por um treino da força do core, enquanto o grupo controle passou por treinos de força padrão. Depois do período de treino, a melhoria na aptidão física e nas habilidades motoras de ambos os grupos foi analisada. Resultados: Houve diferenças estatísticas entre os dois grupos de jovens atletas em diversos indicadores técnicos e de aptidão física. Conclusão: A força do core pode trazer melhorias às habilidades básicas de jovens atletas, tais como corrida em velocidade, saltos, e outras, mas seu efeito na melhoria da aptidão física de alto nível não é óbvio. O experimento mostrou que um certo período de treino de força do core pode aprimorar habilidades motoras e físicas. Recomenda-se a indicação do treino de força do core em treinamentos futuros para jovens. Nível de evidência II; Estudos terapêuticos - investigação de resultados de tratamento.


RESUMEN Introducción: Un core más fuerte puede ser más estable y auxiliar en la mejoría de la postura corporal de adolescentes. Esto permite que haya una integración orgánica y un desarrollo de todas las partes del cuerpo, así como la coordinación de los miembros superiores e inferiores. El entrenamiento de la fuerza del core proporciona la mejoría de su fuerza física en el grupo de jóvenes. Objetivo: Estudiar la influencia de la fuerza del core en las habilidades motoras y en la alfabetización física. Métodos: Fueron seleccionados 40 adolescentes para entrenamiento en grupo. El grupo experimental pasó por un entrenamiento de la fuerza del core, mientras que el grupo control pasó por entrenamientos de fuerza estándar. Después del periodo de entrenamiento, fue analizada la mejoría en la aptitud física y en las habilidades motoras de ambos grupos. Resultados: Hubo diferencias estadísticas entre los dos grupos de jóvenes atletas en diversos indicadores técnicos y de aptitud física. Conclusión: La fuerza del core puede proporcionar mejorías en las habilidades básicas de jóvenes atletas, tales como corrida en velocidad, saltos y otras, sin embargo, su efecto en el perfeccionamiento de la aptitud física de alto nivel no es obvio. El experimento mostró que un cierto periodo de entrenamiento de fuerza del core puede mejorar habilidades motoras y físicas. Se recomienda la indicación de entrenamiento de fuerza del core en preparaciones futuras para jóvenes. Nivel de evidencia II; Estudios terapéuticos - investigación de resultados de tratamiento.

12.
São Paulo; s.n; 20220601. 126 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1370746

ABSTRACT

O uso do diamino fluoreto de prata (DFP) em lesões não fracamente cavitadas raramente é investigado. Esta dissertação apresenta resultados de um ensaio clínico controlado randomizado (ECR) delineado para avaliar se o DFP seria uma opção eficaz ao verniz fluoretado no tratamento dessas lesões na superfície oclusal de molares decíduos (NCT02789202). Além disso, trouxemos os resultados de uma revisão sistemática com meta-análise (CRD42020186245) sobre a percepção de responsáveis em relação ao uso do DFP e os resultado do ensaio sobre a aceitação deles ao tratamento de lesões de cárie não francamente cavitadas com DFP em crianças. No Capítulo 1, 109 crianças de 1 a 4 anos com pelo menos uma lesão de cárie ativa (ICDAS 1 a 3) em molares decíduos foram randomizadas em DFP e verniz fluoretado e acompanhadas por 24 meses. Análises por intenção de tratar adotando regressão logística multinível e regressão de Cox com fragilidade compartilhada foram realizadas. 309 molares foram incluídos e 239 reavaliados. DFP preveniu mais progressão (91%) do que o verniz (81%). As lesões tratadas com DFP apresentaram, em media, 69% menos chance de progressão quando o modelo foi ajustado pela severidade (lesões iniciais vs microcavitadas). A progressão demorou mais para ocorrer no grupo do DFP. Para o Capítulo 2, foi realizada uma busca nas bases de dados MEDLINE, Scopus, Web of Science, Embase e Open Grey até maio de 2020. Foram incluídos ECR, estudos clínicos não randomizados e estudos observacionais que avaliaram a percepção de responsáveis sobre compostos de prata no tratamento de lesões de cárie. O risco de viés foi avaliado utilizando uma ferramenta específica para estudos de atitutes e práticas. Para a meta-análise, os estudos foram separados considerando se os entrevistados receberam o DFP como tratamento de seus filhos ou não e se foram obtidos quanto a satisfação geral ou quanto, especificamente, a descoloração. Análises de subgrupo e meta-regressão foram realizadas para avaliar a influência de variáveis associadas ao instrumento na percepção e explorar possíveis fontes de heterogeneidade. 19 estudos foram incluídos na revisão sistemática e 12 na metaanálise. A aceitação geral do tratamento foi de moderada a bem aceita (26.9% a 100%) e variou de acordo com a metodologia utilizada. Em geral, responsáveis responderam mais positivamente quando a criança recebeu o tratamento (90%) do que quando a aplicação foi mostrada com uma foto (59%). Por fim, avaliou-se a percepção dos responsáveis sobre a saúde e estética em crianças que tiveram lesões em esmalte tratadas com DFP (Capítulo 3). Crianças incluídas em três ECR que tiveram as lesões em esmalte tratadas com DFP ou não foram consideradas. Um questionário padrão foi utilizado. Primeiramente, avaliamos a percepção geral e, em seguida, focada nos dentes tratados. Análise multiníveis foram realizadas para comparar a percepção de responsáveis de crianças tratadas vs não tratadas com DFP. Os níveis foram definidos conforme o dente e a criança/responsável. O tratamento com DFP não afetou a percepção geral dos responsáveis sobre as condições estética e de saúde bucal relacionadas a criança (85%). No entanto, quando a avaliação foi focada no dente tratado, a percepção naquelas crianças que receberam tratamento com DFP foi pior do que naquelas que não receberam. Concluindo, o DFP é uma opção eficaz no controle de lesões de cárie não francamente cavitadas. Além disso, geralmente, parece ser aceito de maneira adequada pelos cuidadores. No entanto, um padrão diferente de aceitação é observada quando destacamos o dente tratado, mostrando que a educação/informação é uma questão importante na indicação desse tratamento em crianças.


Subject(s)
Cariostatic Agents , Efficacy , Pediatric Dentistry , Dental Caries
13.
São Paulo; s.n; 20220601. 77 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1370995

ABSTRACT

Reabsorções internas das paredes dentinárias levantam dúvidas sobre a origem de células clásticas na polpa dentária em casos idiopáticos. Estudos recentes sugeriram que as células MDPC-23 (odontoblast-like) podem se diferenciar em células clásticas, contrariando estudos anteriores. O presente estudo teve como objetivo observar a influência do calcitriol (1,25-dihidroxivitamina D3) e do lipopolissacarídeo (LPS) na indução da diferenciação de células MDPC-23 (semelhantes a odontoblastos) em células semelhantes a clastos. Como as células MDPC-23 têm origem ectomesenquimal e células clásticas possuem origem hematopoiética, o estudo foi proposto para comparar, in vitro, o potencial clastogênico de dois modelos de origem embrionárias distintas frente a diferentes estímulos. Dois grupos, MDPC-23 e células da medula óssea de camundongos, foram cultivados e tratados com LPS ou 1,25-dihidroxivitamina D3 (calcitriol). No sexto dia, o ensaio de metiltiazolil-tetrazólio (MTT) foi realizado para observar a viabilidade celular diante dos tratamentos. Em seguida, o ensaio citoquímico foi executado para identificar células positivas para TRAP. Adicionalmente foi feito estudo da expressão gênica dos marcadores da clastogênese, OPG, RANK, RANKL, Csf1r, M-Csf1 e catepsina K, através da PCRq. No ensaio de MTT, a viabilidade celular não foi alterada com os tratamentos em comparação com os subgrupos controle. Células TRAP positivas estavam presentes apenas nos subgrupos medula óssea, induzidos com LPS ou calcitriol. O grupo medula óssea apresentou amplificação para todos os genes alvos mencionados. Já para os subgrupos do grupo MDPC-23 apresentaram expressão gênica significativa, diante dos tratamentos, apenas para os genes Csf1r e catepsina K. Concluiu-se, portanto, que embora apresente expressão relativa para os genes Csf1r e catepsina K, sob tratamento, as células MDPC-23 não foram capazes de se diferenciar em células clásticas.


Subject(s)
Bone Marrow , Calcitriol
14.
São Paulo; s.n; 20220606. 73 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1371265

ABSTRACT

O objetivo deste ensaio clínico randomizado foi comparar a taxa de sobrevida das restaurações oclusais e oclusoproximais em molares decíduos usando duas versões de cimentos de ionômero de vidro: pó-líquido, manipulado manualmente (MAN) e encapsulado (ENC) após 24 meses. Crianças entre 3 e 10 anos de idade que apresentaram lesões de cárie em dentina nas superfícies oclusais e/ou oclusoproximais de molares decíduos foram selecionadas na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, Brasil. Elas foram alocadas aleatoriamente em dois grupos: M/M (Fuji IX®, GC Europa) ou ENC (Equia Fill®, GC Europa). A ocorrência de falha das restaurações foi avaliada por duas examinadoras calibradas e cegas e em relação aos grupos. As análises estatísticas foram realizadas no software Stata 13 (StataCorp, EUA). A análise de Kaplan-Meier foi utilizada para ilustrar a sobrevida e o comportamento das restaurações ao longo dos 24 meses de acompanhamento enquanto a Regressão de Cox com fragilidade compartilhada foi realizada para avaliar a associação entre falha de restauração e variáveis independentes (=5%). Realizamos ainda a análise por intenção de tratar (ITT) considerando os 24 meses de acompanhamento. Um total de 323 restaurações foram realizadas em 145 crianças. A sobrevida para o grupo MAN foi de 58,2% e 60,1% para o grupo ENC, sem diferença estatisticamente significativa (p=0,738). As restaurações oclusoproximais tiveram menor taxa de sobrevida quando comparadas às oclusais (HR=3,83; p<0,001). A taxa de sobrevida nos molares decíduos não é influenciada pelas diferentes formas de apresentação do CIV Registro do ECR: Este ensaio clínico randomizado foi registrado no ClinicalTrials.Gov em 15/10/2014 sob protocolo (NCT 02274142).


Subject(s)
Tooth, Deciduous , Pediatric Dentistry , Glass Ionomer Cements
15.
s.l; CONETEC; 3 jun. 2022.
Non-conventional in Spanish | LILACS, BRISA/RedTESA | ID: biblio-1371525

ABSTRACT

INTRODUCCIÓN: El remdesivir fue evaluado originalmente en ensayos clínicos para abordar el brote de virus del ébola en 2014.(13) Con la demostración de que remdesivir poseía una amplia actividad contra otros virus de ARN, incluidos los coronavirus, múltiples grupos evaluaron su actividad antiviral in vitro como in vivo en otras indicaciones. Posteriormente, se confirmó su actividad antiviral contra los coronavirus zoonóticos MERS, así como los coronavirus humanos circulantes HCoV-OC43 y HCoV-229E, agentes causantes del resfriado común.(14) Recientemente, también ha demostrado su actividad in vitro frente al SARS-CoV-2.(15) En un modelo de macaco Rhesus con infección por SARS-CoV-2 donde el tratamiento con remdesivir se inició poco después de la inoculación, los animales tratados con este fármaco presentaron niveles de virus más bajos en los pulmones y menos daño pulmonar respecto a los animales de control. Aunque este modelo animal no representa la enfermedad grave observada en algunos pacientes con COVID-19, se tomaron estos hallazgos como una posibilidad biológica para iniciar estudios clínicos con este fármaco antiviral en pacientes con COVID-19. OBJETIVO: El objetivo del presente informe es evaluar parámetros de eficacia, seguridad, conveniencia y recomendaciones disponibles acerca del empleo de remdesivir para el tratamiento de pacientes con COVID-19 en Argentina. MÉTODOS: Efectos en la Salud: Teniendo en cuenta la velocidad con la que la información relacionada a la pandemia aparece y se modifica, se desarrolló un protocolo sustentado en proyectos que resume activamente la evidencia científica a medida que la misma se hace disponible. Con este fin se utilizó la plataforma L- ove de Epistemonikos https://app.iloveevidence.com/topics para identificar revisiones sistemáticas "vivas". Se seleccionaron aquellas con una calidad metodológica apropiada evaluada a través de la herramienta AMSTAR-2, y que a su vez llevaran un proceso de actualización frecuente. De cada una de las revisiones sistemáticas identificadas se extractaron los efectos de la intervención sobre los desenlaces priorizados como importantes o críticos y la certeza en dichos efectos. Para la priorización de los desenlaces se adoptó una perspectiva desde el paciente considerando sus potenciales preferencias. La selección se realizó por consenso entre los autores y supervisores del informe considerando los resultados de múltiples ejercicios de priorización publicados, realizados en el marco del desarrollo de distintas guías de práctica clínica. Implementación: Este dominio contempla dos subdominios: la existencia de barreras y facilitadores en nuestro contexto para la implementación de la tecnología evaluada no consideradas en los otros dominios analizados, y los costos comparativos en relación con otras intervenciones similares. Con el objetivo de emitir un juicio de valor sobre la magnitud de dichos costos, en pacientes hospitalizados se utilizó como comparador al tratamiento con dexametasona, que ha demostrado ser una intervención accesible y de beneficios importantes en el contexto analizado. Recomendaciones: Para la identificación de recomendaciones sustentadas en evidencia y actualizadas, se utilizó la plataforma COVID recmap. Se seleccionaron aquellas guías con rigor metodológico apropiado según la herramienta AGREE II (> 70%) y se incorporaron sus recomendaciones al informe. RESULTADOS: Se identificaron tres revisiones sistemáticas que cumplieron con los criterios de inclusión del presente informe y reportaron resultados: Las revisiones sistemáticas identificadas incluyeron 12 estudios aleatorizados para remdesivir en COVID19 que aleatorizaron un total de 9869 pacientes. Los resultados de 12 ECCA, incluyendo los resultados finales del ensayo SOLIDARITY, muestran que, en pacientes hospitalizados con COVID-19 y enfermedad de moderada a crítica, el remdesivir probablemente reduce la mortalidad y la necesidad de ventilación mecánica invasiva, y podría mejorar el tiempo de resolución de los síntomas. La certeza de la evidencia fue clasificada como moderada debido a la imprecisión. En pacientes con enfermedad leve de comienzo reciente, el remdesivir podría reducir las hospitalizaciones, pero la certeza de la evidencia es baja también por imprecisión. Adicionalmente, existe información sobre la efectividad in vitro de remdesivir frente a las diferentes variantes de SARS-CoV-2. Esta información se encuentra disponible en OpenData Portal, que condensa lo reportado por conjunto priorizado de publicaciones (preprints y artículos revisados por pares). resultados muestran que remdesivir podría tener una efectividad similar frente a las nuevas variantes del SARS-CoV-2, incluida Omicrón y subvariantes (B.1.1.529; BA.1.1; BA.1; BA.1 [+Q493K]; BA.2; B.1.1.529 [+F694Y] en comparación de las variantes predominantes al momento de realizarse los estudios. CONCLUSIONES: El cuerpo de la evidencia disponible, muestra que en pacientes con enfermedad leve o de reciente comienzo y factores de riesgo para progresión a enfermedad severa, remdesivir podría disminuir las hospitalizaciones y podría aumentar la velocidad para la mejoría clínica y resolución de los sintomas. Sin embargo, la magnitud de la reducción solo resulta importante (mayor a 1%) para pacientes sin esquema de vacunación completo o con riesgo de respuesta inmune inapropriada. En pacientes hospitalizados con enfermedad severa en cambio, el remdesivir probablemente reduce la mortalidad y la necesidad de ventilación mecánica invasiva y podría mejorar el tiempo de resolución de los síntomas, sin aumentar los eventos adversos sérios. A pesar que remdesivir se encuentra autorizado para su comercialización en Argentina, existen algunas situaciones que podrían constituir barreras para el acceso. La vía de administración endovenosa podría no ser aceptada en personas con enfermedad leve. Además, el costo del tratamiento es muy elevado y existe una extensa población objetivo para la aplicación de este tratamiento, que podrían constituir también barreras de acceso. Las guías sugieren el tratamiento con remdesivir condicionado a aquellos pacientes no graves con mayor riesgo de hospitalización. También sugieren en forma condicional utilizar remdesivir en pacientes hospitalizados que requieren oxígeno y recomiendan fuertemente no utilizar en adultos hospitalizados con COVID-19 que requieran ventilación no invasiva o invasiva. En el contexto de América Latina y el Caribe, se sugirió que cada país debe evaluar la decisión de su uso con base en los recursos disponibles, la factibilidad de su implementación, el acceso, los factores específicos del paciente (p. ej., la duración de los síntomas, el funcionamiento renal, las interacciones farmacológicas), la cobertura de vacunación y la forma de administración. También, es importante que se determine la capacidad de los servicios para poder administrar los medicamentos y considerar el tiempo adecuado para su uso.


Subject(s)
Humans , Synthetic Drugs/therapeutic use , SARS-CoV-2/drug effects , COVID-19/drug therapy , Antiviral Agents/therapeutic use , Efficacy , Cost-Benefit Analysis
16.
Diagn. tratamento ; 27(2): 61-71, abr-jun. 2022. tab, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1369116

ABSTRACT

Contextualização: A pandemia do novo coronavírus é uma das maiores preocupações da sociedade atualmente. O elevado número de mortes associadas ao vírus levou à busca urgente de estratégias terapêuticas eficazes na luta contra a doença. Objetivos: Avaliar a efetividade das intervenções terapêuticas para COVID-19, segundo as revisões sistemáticas da Colaboração Cochrane. Métodos: Trata-se de overview de revisões sistemáticas Cochrane. Procedeu-se à busca na Cochrane Library (2022), sendo utilizado o termo MeSH "COVID-19". Todos os estudos relacionados ao tratamento da COVID-19 foram incluídos. O desfecho primário de análise foi a melhora clínica. Resultados: Nove estudos foram incluídos, totalizando 75 ensaios clínicos randomizados (ECRs) (n = 72.859 participantes). Remdesivir, cloroquina/ hidroxicloroquina, ivermectina e colchicina não reduziram a mortalidade. Corticosteroide sistêmico reduziu discretamente a mortalidade de pacientes internados e diminuiu o número de dias de ventilação mecânica. Tocilizumabe reduziu discretamente a mortalidade até o 28o dia. Não há evidência de benefício de uso de vitamina D, azitromicina e anticorpos monoclonais. Discussão: Embora haja boa evidência para algumas intervenções, a maioria carece de estudos de melhor qualidade. No caso da cloroquina/hidroxicloroquina a evidência é fortemente desfavorável ao uso e suficiente para desencorajar novos estudos. Sugere-se a realização de novos ECRs de qualidade para intervenções cuja efetividade é ainda incerta, seguindo-se as recomendações do CONSORT (Consolidated Standards of Reporting Trials) Statement para melhor elucidação da questão. Conclusão: Não há suporte com bom nível de evidência atualmente para a maioria das intervenções para COVID-19, à luz das revisões sistemáticas da Cochrane.


Subject(s)
Therapeutics , Coronavirus , Evidence-Based Practice , Systematic Review , COVID-19
17.
Diagn. tratamento ; 27(2): 55-60, abr-jun. 2022. ilus, tab, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1369114

ABSTRACT

Contexto: O zinco é um elemento-traço que age no sistema auditivo, atuando em sinapses auditivas e na cóclea, sobretudo junto à enzima superóxido dismutase. Objetivo: Avaliar a efetividade da suplementação de zinco para o tratamento de cocleovestibulopatias. Material e Métodos: Trata-se de sinopse baseada em evidências. Procedeu-se à busca por estudos que associavam zinco à perda auditiva, tontura e zumbido em três bases eletrônicas de dados: Cochrane - Central de Registros de Ensaios Clínicos - CENTRAL (2022), PubMed (1966- 2022) e Portal BVS (1982-2022). Dois pesquisadores independentemente extraíram os dados e avaliaram a qualidade dos estudos para a síntese. Os desfechos de análise envolveram melhora de perda auditiva, tontura e zumbido. Resultados: Foram encontrados 231 estudos. Cinco estudos (quatro ensaios clínicos randomizados e uma revisão sistemática) envolvendo um total de 249 pacientes. Discussão: A literatura mundial apresenta poucos estudos relacionando zinco e cocleovestibulopatias. A maioria trata-se de estudos in vitro ou de experimentação animal. Os estudos em humanos são ensaios clínicos de baixa amostragem e elevada heterogeneidade, que avaliaram melhora de perda auditiva e melhora de zumbido. Nenhum estudo avaliou melhora da tontura. O nível de evidência é muito baixo e não permite, nesse momento, aferir a efetividade do zinco para tratamento de cocleovestibulopatias em humanos, sendo sua utilização clínica baseada na experiência de cada profissional. Conclusões: Não há evidência de efetividade da suplementação de zinco no tratamento de cocleovestibulopatias, sendo recomendada a realização de novos estudos de boa qualidade metodológica. PALAVRAS-CHAVE: Zinco, perda auditiva, tontura, zumbido, prática clínica baseada em evidências


Subject(s)
Tinnitus , Zinc , Dizziness , Evidence-Based Practice , Hearing Loss
18.
Washington; PAHO/WHO; 04 May 2022. 462 p.
Non-conventional in English | PIE, LILACS, PIE | ID: biblio-1368644

ABSTRACT

Background: The urgent need for evidence on measures to respond to the COVID-19 pandemic had led to a rapid escalation in numbers of studies testing potential therapeutic options. The vast amount of data generated by these studies must be interpreted quickly so that physicians have the information to make optimal treatment decisions and manufacturers can scale-up production and bolster supply chains. Moreover, obtaining a quick answer to the question of whether or not a particular intervention is effective can help investigators involved in the many ongoing clinical trials to change focus and pivot to more promising alternatives. It is crucial for healthcare workers to have access to the most up-to-date research evidence to inform their treatment decisions. To address this evidence gap, we compiled the following database of evidence on potential therapeutic options for COVID-19. We hope this information will help investigators, policy makers, and prescribers navigate the flood of relevant data to ensure that management of COVID19, at both individual and population levels, is based on the best available knowledge. We will endeavor to continually update this resource as more research is released into the public space. Summary of evidence: Tables 1 and 2, which divide the total group of identified studies into randomized (Table 1) and non-randomized (Table 2) designs, indicate the primary outcome measures used for each investigation and the level of certainty. Table 3 summarizes the status of evidence for the 193 potential therapeutic options for COVID-19 for which studies were identified through our systematic review.


Subject(s)
Coronavirus Infections/drug therapy , Coronavirus Infections/therapy , COVID-19/drug therapy , COVID-19/therapy , Therapeutics
19.
São Paulo; s.n; 20220531. 77 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, BBO - Dentistry | ID: biblio-1370610

ABSTRACT

Comparar a segurança e o desempenho através da análise tomográfica do Bloco de Osso Xenogênico Colagenado (BOXC) para reconstrução horizontal do rebordo alveolar atrofiado, em áreas de um a quatro dentes de extensão, comparado com o enxerto em Bloco de Osso Autógeno (BOA), padrão ouro em reabilitações para esse tipo de defeito. Material e Método: Sessenta e quatro pacientes foram selecionados e randomizados aleatoriamente nos grupos BOXC e BOA, ambos associados com Mineral de Osso Bovino Desproteinizado (MOBD) recobertos com uma Membrana de Colágeno (MC), para o aumento ósseo horizontal. Medidas tomográficas prévias ao enxerto (BL) e após 30 semanas (FU) foram realizadas através da sobreposição dos arquivos tomográficos. O desfecho primário foi a largura da crista óssea horizontal a 2 mm abaixo da crista óssea alveolar vestibular (HCB-2). As medidas também incluíram alterações, vestibular e palatina, a 2mm, 4mm, 6mm, 8mm e 10mm abaixo da crista óssea. Resultados: Após 30 semanas, as alterações estimadas de ganho de espessura vestibular, na região central do sítio alvo a 2mm, 4mm, 6mm, 8mm e 10mm abaixo da crista óssea alveolar, foram, respectivamente, de: 3,71(±1,55), 4,58(±1,11),4,30(±1,05), 3,38(±1,28) e 2,05(±1,59), para o BOA e 3,23(±2,11), 4,29(±1,27), 4,43(±1,08), 4,11(±1,60) e 2,85(±2,13) para BOXC, sem diferença estatística entre os grupos para HCB-2. Conclusão: O BOXC pode ser usado para tratamentos de enxerto ósseo de ganho horizontal em superfície vestibular, pois apresentou resultados semelhantes quando comparado ao padrão ouro (BOA).


Subject(s)
Dental Implants
20.
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) ; 21(1): 123-129, maio 05,2022. ilus, tab, fig
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1370805

ABSTRACT

Introdução: a deficiência no sistema por obstrução crônica aos fluxos aéreos é uma doença caracterizada por inflamação, associada a alterações anatômicas e fisiológicas, podendo ocasionar exacerbações respiratórias. A oxigenoterapia tem sido uma alternativa usada em pacientes que possuem insuficiência respiratória decorrente da obstrução crônica, como tentativa de diminuir os sintomas e as complicações geradas. Objetivo: avaliar os efeitos da oxigenoterapia em pacientes com deficiência do sistema respiratório por obstrução crônica, com e sem hipercapnia, quanto aos desfechos pressão parcial de oxigênio, frequência respiratória, tempo de internamento e qualidade de vida.Metodologia: revisão de ensaios clínicos controlados e randomizados (ECR) nas bases de dados PubMed, Cochrane e PEDro. Incluídos estudos originais que utilizaram a oxigenoterapia como intervenção em pacientes com deficiência do sistema respiratório por obstrução crônica aos fluxos aéreos ou que outras síndromes. Resultados: na busca realizada nas bases de dados foram identificados um total de 387 estudos, reduzindo para 87 quando aplicado o descritor "ensaio clínico" e 7 estudos foram incluídos publicados entre os anos de 2004 e 2019. Conclusão: A oxigenoterapia mostrou-se incremento da pressão parcial de oxigênio, frequência respiratória e redução do tempo de internamento com impactos na melhora da qualidade de vida.


Introduction: system deficiency due to chronic airflow obstruction is a disease characterized by inflammation, associated with anatomical and physiological changes, which can cause respiratory exacerbations. Oxygen therapy has been an alternative used in patients who have respiratory failure due to obstruction of the obstruction as an attempt to reduce symptoms and as complications generated. Objective: to evaluate the effects of oxygen therapy in patients with respiratory system deficiency due to chronic obstruction, with and without hypercapnia, in terms of partial oxygen pressure, respiratory rate, length of stay and quality of life. Methodology: review of controlled clinical trials and (RCT) in the PubMed, Cochrane and PEDro databases. Included original studies that used oxygen therapy as an intervention in patients with respiratory system deficiency due to obstruction to flow flows or other syndromes. Results: in the search carried out in the databases, a total of 387 studies were identified, for 87 when the descriptor "clinical trial" was projected and 7 studies were included between the years 2004 and 2019. Conclusion: oxygen therapy showed an increase in pressure partial oxygen, respiratory rate and reduction in hospital stay with impacts on improving the quality due.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Oxygen Inhalation Therapy , Respiratory Therapy , International Classification of Functioning, Disability and Health , Physical Therapy Modalities , Pulmonary Disease, Chronic Obstructive , Randomized Controlled Trial
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL
...