Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 51.872
Filtrar
1.
Fortaleza; s.n; abr. 2021.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1248380

RESUMEN

A pandemia da COVID-19 tem se apresentado como um dos maiores desafios sanitários em escala global do século XXI. O desenvolvimento de tecnologias direcionadas ao monitoramento dos pacientes com COVID-19 se apresenta como uma das estratégias para detectar os pontos positivos e limitantes da assistência prestada e apontar os possíveis danos físicos, psicológicos e econômicos gerados pela doença. Assim, objetivou-se desenvolver e avaliar um software para monitoramento dos pacientes diagnosticados com COVID-19 e outras síndromes respiratórias. Estudo metodológico, de ferramenta do tipo software, realizado em três fases: 1- Elaboração e validação do conteúdo do software, realizada por nove especialistas da área da saúde; 2- Desenvolvimento do software; 3- Avaliação da qualidade técnica e do desempenho funcional do software, por meio da análise de nove especialistas da área da saúde e nove especialistas da informática, seguindo as características recomendadas pela ISO/IEC 25010. Análise dos dados foi realizada pela estatística descritiva, utilizando-se dos valores de frequência absoluta e relativa, com auxílio do software Microsoft Office Excel®. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, conforme parecer nº 4.278.495. Como resultados, o conteúdo do software foi composto por 36 itens que contemplaram os determinantes sociais, divididos nos tópicos: dados de identificação do paciente, condições clínicas anteriores à COVID-19, dados clínicos relacionados à COVID-19, dados dos determinantes sociais de saúde, Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória e Instrumento SF-36. A validação do conteúdo do software apresentou os seguintes CVCT: 0,92 para clareza de linguagem; 0,94 para pertinência prática e 0,94 para relevância teórica, constatando conteúdo válido pelo comitê de especialistas. O software foi desenvolvido segundo os princípios propostos por Pressman (2011), utilizando-se da linguagem do software PHP no Backend e o Javascript no Frontend, e o banco de dados escolhido foi o MySQL 5. Os resultados alcançados na avaliação do software revelaram que o mesmo se mostrou adequado em todas as características avaliadas, obtendo as seguintes médias, entre os especialistas da área da saúde e da informática: adequação funcional (74,1%), confiabilidade (77,8%), usabilidade (73,8%), eficiência de desempenho (92,6%), compatibilidade (100,0%), segurança (94,9%), manutenibilidade (91,1%) e portabilidade (100,0%), sendo estes dois últimos avaliados somente pelos especialistas de informática. Concluiu-se que o software desenvolvido foi considerado adequado para monitoramento de pacientes com COVID-19 e outras sindromes respiratórias, em todas as características avaliadas. Espera-se que a disponibilização desta tecnologia para gestão e comunidade científica possibilite melhor monitoramento dos pacientes com COVID-19 e outras síndromes respiratórias. (AU)


Asunto(s)
Evaluación en Salud , Programas Informáticos , Infecciones por Coronavirus , Telemonitorización
2.
Fortaleza; s.n; mar. 2021.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1248377

RESUMEN

Os pacientes com doença renal crônica, apresentam-se vulneráveis a episódios que colocam a segurança de sua saúde em risco, sobretudo devido ao processo de tratamento que expõe a altas taxas de intervenções. Alguns fatores associados à assistência à saúde contribuem para o risco de complicações e morte, dos quais destacam-se: administração de medicamentos potencialmente perigosos, uso contínuo de um acesso vascular e trabalho interdisciplinar. Com isso, objetivou-se analisar a segurança do paciente com doença renal crônica em clínicas de hemodiálise. Foi realizado um estudo observacional, do tipo analítico e transversal. A amostra do estudo foi composta por 200 pacientes renais crônicos, 30 técnicos de enfermagem e sete enfermeiros de três clínicas de hemodiálise localizadas em Fortaleza-CE. Os critérios de inclusão dos pacientes foram: estar presente na sessão de hemodiálise no dia da coleta de dados e possuir idade igual ou superior a 18 anos. Por sua vez, foram selecionados os enfermeiros e técnicos de enfermagem que prestaram assistência aos pacientes inclusos no estudo. A coleta de dados ocorreu no período de setembro a novembro de 2019 mediante aplicação do formulário de caracterização sociodemográfica e clínica e Escala de Avaliação da Segurança do Paciente Renal Crônico em Hemodiálise. Os dados foram analisados por estatística descritiva e analítica pelo pacote estatístico SPSS versão 20.0. O presente estudo respeitou os princípios éticos e legais sob aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Ceará com parecer 3.255.635. Os resultados encontrados evidenciaram significância estatística no nível de segurança entre as três clínicas de hemodiálise (p= 0,000). As clínicas 1 e 2 apresentaram práticas assistenciais seguras e a clínica 3 apresentou práticas assistenciais inseguras, com médias de 37,3, 37,7 e 32,2 pontos, respectivamente. Identificou-se diferença nas estatísticas entre o nível de segurança com as variáveis sociodemográficas e clínicas dos pacientes com uso de medicação (p= 0,008) e correlação com tempo que realiza hemodiálise (p= 0,002; rô= 0,216). Ao avaliar o perfil dos profissionais de saúde foram evidenciadas diferenças estatísticas entre o nível de segurança com as variáveis sociodemográficas: estado civil [enfermeiro (p= 0,000)], raça [enfermeiro (p=0,017) e técnico de enfermagem (p= 0,025)], grau de formação [enfermeiro (p= 0,000)], renda [enfermeiros (p=0,013) e técnico de enfermagem (p= 0,000)], religião [técnico de enfermagem (p= 0,008)] e correlação com as variáveis: idade [enfermeiro (p=0,000; rô= 0,390)], carga horária semanal na instituição [enfermeiro (p=0,000 e rô=0,359)]; técnico de enfermagem (p=0,010; rô= 0,183)], tempo que trabalha com hemodiálise [enfermeiro (p=0,000; rô=0,529)], tempo que trabalha na instituição [enfermeiro (p= 0,007; rô= 0,193)] e 12 dimensionamento da instituição [enfermeiro (p=0,000; rô= 0,334)]. Com isso, conclui-se que há inconformidade em uma clínica estudada e que fatores sociodemográficos e clínicos de pacientes e profissionais da saúde corroboram com o nível de segurança. Assim, torna-se necessária a implementação de processos formativos no âmbito da educação em saúde e o desenvolvimento de novas diretrizes para segurança do paciente na clínica com inconformidade. (AU)


Asunto(s)
Estudio de Evaluación , Seguridad del Paciente , Enfermería en Nefrología , Unidades de Hemodiálisis en Hospital
3.
Fortaleza; s.n; mar. 2021.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1252509

RESUMEN

Pessoas Vivendo com HIV (PVHIV) são particularmente vulneráveis à má qualidade do sono, devido à múltiplos fatores, como a própria doença, estigma e eventos adversos da Terapia Antirretroviral (TARV). O objetivo geral do estudo foi determinar a prevalência de distúrbios do sono em PVHIV e seu impacto na qualidade de vida. Trata-se de um estudo transversal, realizado no ambulatório de infectologia do Hospital São José (HSJ) em Fortaleza, Ceará. Foi calculada amostra de 385 PVHIV, selecionadas pela estratégia do tipo não probabilística por conveniência, sendo convidados a participar do estudo no dia da consulta de rotina. Os critérios de inclusão foram: PVHIV do sexo masculino ou feminino, idade igual ou maior a 18 anos, em TARV por pelo menos três meses. Critérios de exclusão: gestantes, doença mental incapacitante, moradores de rua e privados de liberdade. A coleta de dados ocorreu no período de um ano, por meio de entrevista em consultório privativo, com duração média de 20 minutos, utilizando os instrumentos: 1. Formulário Sociodemográfico, Epidemiológico e Clínico para PVHIV; 2. Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI-BR); e 3. Instrumento de Avaliação da Qualidade de Vida para PVHIV (WHOQOL-HIV-Bref). Para análise de dados realizou-se estatística descritiva, análise de regressão logística univariada e multivariada, para determinar a razão de chances (RC) ajustada, precisão (intervalo de confiança de 95% - IC95%) e significância da estimativa (teste de Wald). Empregaram-se testes bicaudais, estabelecendo se o nível de significância em 0,05 (5%), considerando-se estatisticamente significante o valor P<0,05. O software IBM SPSS Statistics versão 23.0 e o software R versão 4.0.3 foram utilizados para procedimentos estatísticos. O projeto foi aprovado pelos Comitês de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará e HSJ, respeitando-se a Resolução n°466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Os resultados mostraram que a prevalência de distúrbios do sono na amostra foi de 43,38% (intervalo de confiança de 95%: 38,43% - 48,33%). Na análise multivariada, apenas o fato de ter filhos (P=0,0054; RC=1,91; IC95%=1,21-3,01), possuir oito anos ou menos de estudo (P=0,0013; RC=2,11; IC95%=1,34-3,34) e não praticar exercício físico regular (P=0,0001; RC=2,61; IC95%=1,61-4,23), constituíram fatores independentes associados à ocorrência de distúrbios do sono em PVHIV. Quando avaliada a percepção geral das pessoas com HIV acerca da qualidade de vida pelo instrumento WHOQOL-HIV-Bref (pergunta 1), categorizando-se em satisfatória (respostas: 4-boa, 5-muito boa) e insatisfatória (respostas: 1-muito ruim, 2-ruim, 3-nem ruim nem boa), teve-se uma prevalência de 34,80% de qualidade de vida insatisfatória. Na análise de regressão logística multivariada, a renda mensal menor ou igual a um salário mínimo (P<0,0001; RC=3,19; IC95%=1,87-5,45), não praticar exercício físico regular (P=0,0032; RC=2,27; IC95%=1,32-3,92), ter distúrbios do sono (P=0,0039; RC=2,04; IC95%=1,26-3,31) e estar desempregado, constituíram fatores independentes associados à qualidade de vida insatisfatória. Quanto à mediana dos escores do instrumento WHOQOL-HIV-Bref, a percepção da qualidade de vida nos Domínios II (Psicológico), III (Nível de Independência) e V (Meio Ambiente) foi considerada intermediária, e superior nos Domínios I (Físico), Domínio IV (Relações Sociais) e Domínio VI (Espiritualidade/Religião/Crenças). Concluiu-se que 43,38% das PVHIV da amostra tinham distúrbios do sono, sobretudo, aqueles com filhos, oito anos ou menos de estudo e que não praticavam exercício físico regular. Na análise da qualidade de vida, 34,80% das PVHIV tiveram percepção insatisfatória, principalmente, aquelas com renda mensal menor ou igual a um salário mínimo, desempregados, sem prática regular de exercício físico e com distúrbios do sono. Os domínios do instrumento WHOQOL-HIV-Bref mais afetados foram o II, III e V, nos quais a percepção acerca da qualidade de vida foi considerada intermediária. (AU)


Asunto(s)
Calidad de Vida , Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida , VIH , Promoción de la Salud , Trastornos del Inicio y del Mantenimiento del Sueño
4.
Fortaleza; s.n; Mar. 2021.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1223309

RESUMEN

A asma é uma doença inflamatória crônica não transmissível do trato respiratório inferior, que, embora tratável, traz consequências para a saúde das crianças. Intervenções de educação em saúde utilizando materiais educativos que promovam o desenvolvimento da autoeficácia de pais e/ou cuidadores podem influenciar na qualidade do cuidado ofertado à criança asmática e em sua qualidade de vida. Diante do exposto, objetivou-se a construção e validação de conteúdo e aparência de um álbum seriado para promoção da autoeficácia de pais e/ou cuidadores no manejo e controle da asma infantil. Tratou-se de estudo metodológico de construção do álbum seriado intitulado "Asma infantil: você é capaz de controlar!", Com base nos itens da escala Autoeficácia e nível de controle da asma de seu filho, na cartilha educativa "Você é capaz de controlar a asma da sua criança - Vamos aprender juntos? " e na Teoria da Autoeficácia de Albert Bandura. O álbum seriado consta de 27 páginas divididas em quatro partes: I - Capa e informações introdutórias (sumário, apresentação, como utilizar o álbum e boas técnicas de comunicação); II - Introdução à asma; III - Informações sobre controle e manejo da asma; IV - Asma e covid-19. Após construção do material educativo, este passou por processo de validação de conteúdo e aparência por 25 juízes de conteúdo (16 docentes na área de enfermagem e 9 enfermeiros assistenciais) e três juízes técnicos (área de comunicação e design). A validação foi feita avaliando clareza de linguagem, pertinência prática e relevância teórica, com cálculo de Coeficiente de Validade de Conteúdo (CVC). Como resultados, foram avaliadas como validadas as páginas do álbum que atingiram CVC ≥ 0,80 para juízes de conteúdo e CVC ≥ 0,70 para juízes técnicos. O CVC total do álbum seriado foi de 0,96 de acordo com a avaliação dos juízes de conteúdo e 0,83 de acordo com juízes técnicos. O instrumento Avaliação de Adequação de Materiais (SAM) foi utilizado para avaliação da adequabilidade do álbum seriado para utilização com público-alvo. O material educativo foi avaliado como "superior", com escore total de 92,67% para juízes de conteúdo e 73,81% para juízes técnicos. Alterações foram feitas no álbum seriado após processo de validação, de acordo com as sugestões dos juízes e uma segunda versão do material foi finalizada. Pode-se concluir que o álbum seriado construído é valido e possui alto grau de recomendação para utilização com pais e / ou cuidadores no controle e manejo da asma infantil. )AU)


Asunto(s)
Asma , Enfermería , Tecnología Educacional , Autoeficacia , Estudio de Validación
5.
Fortaleza; s.n; fev. 2021.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1248379

RESUMEN

Objetivou-se desenvolver e testar gerontecnologia educacional do tipo jogo de tabuleiro para prevenção de quedas em idosos. Estudo exploratório, descritivo realizado em quatro etapas: (I) Aproximação com o tema através de revisão integrativa e estudos sobre quedas e jogos; (II) desenvolvimento da gerontecnologia segundo os elementos do design de jogos (narrativa, mecânica, estética e tecnologia) e utilização dos componentes experiências individuais, sentimentos e conhecimentos acerca do comportamento específico e resultado esperado do Modelo de Promoção da Saúde de Nola Pender; (III) Avaliação por especialistas; (IV) Testagem com público-alvo. A análise dos dados ocorreu por mensuração da proporção de concordância dos especialistas e idosos considerando Índice de Concordância (IC) maior a 80%. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará, parecer Nº 3.921.131. A aproximação com o tema possibilitou o desenvolvimento do Protótipo 1. Neste, incorporou-se os elementos do design de jogos, a narrativa foi embasada no modelo de promoção da saúde compreendendo aspectos individuais, benefícios e barreiras na adoção de comportamento para prevenção de quedas. Na mecânica, delineou-se objetivos e regras, optou-se por jogo cooperativo, de um a sete jogadores, em que o tabuleiro representa os cômodos de uma casa com riscos de quedas. Construiu-se sete cartas ilustrativas, uma roleta com sete itens, em que cada item corresponde a um cômodo e 17 cartas escritas envolvendo os componentes do modelo de promoção da saúde. Após a identificação dos riscos, o jogador aponta as formas seguras para prevenir quedas, por meio das cartas ilustrativas. A estética abrangeu layout e ilustrações. A tecnologia envolveu: tabuleiro (55 x 66 cm), cartas escritas com a forma segura e de risco sobre quedas (10 x 8 cm), pino (5 x 7 cm), roleta (13 x 15 cm) e manual de instrução, constituindo Protótipo 2. Este, foi avaliado por 36 especialistas, 18 (50%) enfermeiros, 13 (36,11%) fisioterapeutas, dois (5,55%) terapeutas ocupacionais e educadores físicos e um (2,77%) engenheiro da computação. O IC foi de 93,22%. Os especialistas sugeriram alterações, tais como: visão superior do tabuleiro, piso, acréscimo de cadeira de balanço, escada, ferramentas, cesto de lixo e varal, resultando no Protótipo 3. Este testado com 31 idosas da comunidade em um centro de convivência, com média de idade de 74,74 anos. O IC foi de 99%. As sugestões das idosas foram: trocar imagem de sapato por sandálias e melhorar ilustrações do ventilador e abajour, resultando na versão final, denominado Prev'Quedas. Todavia, devido à pandemia da COVID-19, o jogo não foi testado com número máximo de jogadores e apenas mulheres compareceram para o teste. Destaca-se que a utilização do design de jogos, aplicado de forma pioneira na área da enfermagem, associado ao modelo teórico possibilitou o desenvolvimento de uma gerontecnologia inovadora para prevenção de quedas, podendo gerar impactos importantes na redução desse agravo quando utilizado como ferramenta de educação em saúde e com potencial, ainda, de se tornar um jogo virtual. Sugere se, estudos de intervenção com idosos de ambos os sexos, número máximo de participantes e em diferentes cenários. (AU)


Asunto(s)
Accidentes por Caídas , Anciano , Tecnología Educacional , Promoción de la Salud
6.
São Paulo; s.n; 20210219. 122 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147702

RESUMEN

Os distúrbios que ocorrem durante a formação do esmalte de dentes decíduos que se apresentam como Defeitos do Desenvolvimento do Esmalte (DDE) possuem importante significado clínico, pois podem causar problemas estéticos, alteração na oclusão, sensibilidade dentária e podem atuar como fator predisponente à cárie dentária, bem como ser preditor da Hipomineralização Molar - Incisivo. Estas possíveis implicações clínicas podem impactar negativamente na qualidade de vida relacionada a saúde bucal (QVRSB) das crianças com DDE. Os objetivos do presente estudo foram conhecer a prevalência e gravidade dos DDE em dentes decíduos, identificar os fatores etiológicos associados aos DDE e avaliar o impacto dos DDE na QVRSB. O estudo avaliou 336 crianças de 2 a 4 anos de idade do município de Santa Isabel, São Paulo durante a campanha nacional de vacinação. Para o diagnóstico dos DDE foi avaliada a extensão, localização, cor do defeito e o tipo de defeito, através do índice DDE modificado preconizado pela Federação Dentária Internacional. As mães ou cuidadores legais responderam a um questionário sobre variáveis sociodemográficas e condições pré, peri e pós-natal. Para avaliar o impacto dos DDE na QVRSB, foram coletados dados utilizando a versão brasileira do questionário ECOHIS. Foram realizadas análises descritivas, teste Kappa, teste qui-quadrado, teste de normalidade Kolgomorov Smirnov, teste Wilcoxon, análises não ajustadas e ajustadas de regressão de Poisson (? = 0.05). A prevalência de DDE foi 50,6%. As opacidades demarcadas (45,0%) e difusas (36,0%) de coloração branco/creme foram os defeitos mais frequentes. Molares foram os dentes mais afetados, e dentre as superfícies examinadas, as faces vestibulares foram as mais acometidas. Houve associação dos DDE com o consumo de álcool na gestação (RP 1.26; IC 95%=1.03- 1.55; p=0.022), hospitalização da criança no primeiro ano de vida por doenças infecciosas (RP=1.36; IC 95%=1.07-1.65; p=0.010) e cárie dentária (RP=1.31; IC 95%=1.03-1.65; p=0.022). Crianças que foram amamentadas por 12 meses tiveram menor risco de desenvolver DDE (RP=0.54; IC 95%=0.44-0.68; p=0.001). As opacidades de cor amarelo-marrons apresentaram maior chance de causarem impacto negativo nos domínios sintoma e limitação (p<0,05) e no domínio angústia dos pais (p<0,05). Pode-se concluir que os DDE apresentam alta prevalência e gravidade leve. Consumo de álcool durante a gravidez e hospitalização da criança por doenças infecciosas no primeiro ano de vida são fatores de risco para DDE na dentição decídua. A amamentação por um período de 12 meses é um fator de proteção ao desenvolvimento de DDE na dentição decídua. As opacidades demarcadas amarela-marrons causam impacto negativo na QVRSB de crianças de 2 a 4 anos conforme os relatos dos pais.


Asunto(s)
Calidad de Vida , Diente Primario , Lactancia Materna , Epidemiología
7.
São Paulo; s.n; 20210219. 92 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147703

RESUMEN

A ressonância magnética é uma importante modalidade de imagem que não utiliza radiação ionizante, entretanto, como outros exames de diagnóstico, está sujeita a artefatos que podem comprometer a interpretação das imagens. Artefatos de susceptibilidade magnética ocorrem em materiais que respondem à aplicação de um campo magnético, aumentando ou diminuindo sua intensidade localmente. Diferentes materiais odontológicos, como os aparelhos ortodônticos, podem produzir artefatos de susceptibilidade magnética. O objetivo do presente trabalho foi estudar a influência da largura de banda (BW) na dimensão de artefatos provenientes de fios e braquetes ortodônticos. Foram avaliados três tipos de braquetes e dois fios ortodônticos, os quais foram escaneados em RM de 1,5 e 3,0 nas sequências de pulso SE, GRE2D, GRE3D e UTE. As sequências GRE a BW não promoveram redução de artefatos de susceptibilidade. Entretanto, houve acentuada redução de artefatos nas sequências SE e UTE com aumento de largura de banda em braquetes ortodônticos total ou parcialmente metálicos. Em relação aos fios ortodônticos, independentemente da sequência de pulso ou da largura de banda, a extensão dos artefatos impossibilitou a mensuração.


Asunto(s)
Espectroscopía de Resonancia Magnética
8.
São Paulo; s.n; 20210219. 100 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147709

RESUMEN

O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar se o fluxo digital rende melhores resultados do que o fluxo convencional na construção de coroas unitárias sobre implantes quando são avaliadas as variáveis tempo de moldagem, a preferência do paciente, a eficiência do tempo e tempo de ajuste da peça. As bases de dados MEDLINE, Embase e Cochrane foram eletronicamente pesquisadas até dia 19 de junho de 2019, juntamente com a busca manual. Apenas estudos clínicos avaliando o fluxo de trabalho digital versus o convencional em coroas unitárias sobre implantes foram incluídos. O tempo de moldagem foi avaliado por meio de meta-análise, enquanto os demais fatores foram reportados pela análise descritiva. Entre as 1334 publicações inicialmente identificadas,10 estudos foram incluídos. O modelo de efeito misto revelou uma redução estatisticamente significante no tempo de moldagem digital quando comparado ao tempo de moldagem convencional na meta-análise principal. (DP: 8.22 [95%IC:5.48,10.96]). As análises comparando o tempo de moldagem digital imediata versus o convencional (DP:3.84 [95%IC:3.30,4.39]) e comparando o tempo de moldagem digital regular versus convencional (DP:10.67 [95%IC:5.70,15.65]) também mostraram uma redução estatisticamente significante no tempo de moldagem quando empregada a moldagem digital. A média do tempo de moldagem no fluxo digital variou entre 6min e 39 segundos e 20min, enquanto no fluxo convencional variou entre 11.7min e 28.47min. Os pacientes demonstraram maior preferência pela moldagem digital. O tempo médio de ajuste da peça utilizando o fluxo de trabalho digital variou entre 1.96min e 14min, enquanto no fluxo convencional variou entre 3.02min e 12min. A eficiência do tempo no fluxo digital de trabalho variou entre 36.8min e 185.4min, enquanto no fluxo convencional variou entre 55.6 min e 332min. Considerando o tempo de moldagem, a preferência do paciente e a eficiência do tempo, o fluxo de trabalho digital demonstrou melhor eficiência clínica. Considerando o tempo de ajuste da peça protética, dois trabalhos demonstraram que o ajuste protético foi mais rápido no fluxo digital e três trabalhos demonstraram que o ajuste protético foi mais rápido no fluxo convencional.


Asunto(s)
Eficiencia , Prioridad del Paciente
9.
São Paulo; s.n; 20210219. 83 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147711

RESUMEN

A estabilidade primária dos implantes é uma etapa muito importante que pode tornar-se determinante no sucesso das reabilitações protéticas. A integração entre tecido ósseo e implantes leva um tempo determinado para ocorrer. Algumas formas de terapêutica podem ser usadas com o intuito de diminuir e acelerar esse tempo de osseointegração. Em nosso estudo foram selecionados 20 pacientes que necessitavam de exodontias em molares inferiores bilaterais. As exodontias foram realizadas nomesmomomento cirúrgico, onde um lado foi o controle e o outro recebeu a Terapia da Fotobiomodulação (PBMT) nos momentos: imediatamente pós-cirurgia, após 24, 48, 72, 96 horas, e 7 e 15 dias (a aplicação da PBMT seguiu o protocolo de cegamento). Após 45 dias das exodontias foram instalados os implantes e a estabilidade primária destes foi avaliada pela Análise de Frequência de Ressonância (RFA) por meio de Osstell® (na escala ISQ). Após 90 dias da instalação dos implantes, no momento da reabertura, foi realizada novamente a mensuração da estabilidade com Osstell® ISQ. Com os valores obtidos foram realizados os testes estatísticos de média, desvio padrão, teste t pareado do lado controle e do lado onde foi aplicado a PBMT, nos dois tempos (momento da instalação dos implantes e após 90 dias) de todos os pacientes da pesquisa. Concluímos que a utilização do Osstell® ISQ após a aplicação da PBMT, não apresentou efeitos estatisticamente significativos quando avaliamos o ISQ em diferentes momentos (P=0,488; P=0,520; P=0,356; P=0,621).


Asunto(s)
Carga Inmediata del Implante Dental , Análisis de Frecuencia de Resonancia
10.
São Paulo; s.n; 20210219. 78 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147715

RESUMEN

A resina acrílica é usada em larga escala nos mais diversos setores inclusive na odontologia. Apesar dessa difusão, esse material sofre um problema sério frente a adesão de microrganismos em sua superfície. Visando isso, o presente trabalho elaborou um biomaterial baseado na incorporação do biocida Poli (cloreto de dialildimetilamônio) (PDADMAC) na massa de resinas acrílicas auto e termopolimerizável, avaliou suas propriedades antifúngicas e citotoxicidade. O PDADMAC foi incorporado nas resinas acrílicas e sua atividade antifúngica foi testada frente aos fungos Candida albicans (ATCC 10231) e Aspergillus niger (ATCC 16404) seguindo os protocolos padrão G21-15 e E2149-13. Além disso, cepas isoladas da mucosa oral de pacientes sem doenças sistêmicas foram identificadas e a partir disso foram realizados os estudos de protease e de potencial antifúngico frente a essas cepas. Foram realizados também os testes de citotoxidade utilizando o ensaio de redução de MTT em células-tronco de polpa dentária cultivadas em contato com meio de cultura condicionado pelas resinas. Os resultados demostraram que ambas as resinas com PDADMAC exibiram eficácia significativa contra Candida albicans. Já com relação ao fungo Aspergillus niger, ficou evidente que esse material possui apenas eficácia fungistática. Com relação às cepas isoladas da mucosa oral de pacientes sem doenças sistêmicas, foi observado que a Candida albicans foi a mais prevalente e que independente da produção de protease produzidas por essas cepas as resinas acrescidas de PDADMAC são eficazes. Nos exames de citotoxidade a adição do biocida nas resinas não afetou a viabilidade celular quando comparada às células cultivadas em condições ideais. Portanto, conclui-se que a incorporação de PDADMAC nas resinas acrílicas foi determinante para alcançar o efeito antifúngico desejado, mantendo a biocompatibilidade. Este estudo encontrou resultados promissores para o uso futuro deste biocida em materiais odontológicos.


Asunto(s)
Resinas Acrílicas , Materiales Dentales , Antifúngicos
11.
São Paulo; s.n; 20210219. 109 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147719

RESUMEN

Estudos têm concluído que infecções dentais como periodontite apical (AP) podem potencializar a patogênese de doenças sistêmicas. A cardiomiopatia dilatada (CMD) é uma condição que afeta a função do miocárdio, dificultando que o coração funcione eficientemente como uma bomba. Existem estudos correlacionando as infecções endodônticas com doenças cardíacas, associando o papel do processo inflamatório e infeccioso endodôntico no desenvolvimento delas, mas não há estudos que avaliem a relação existente entre estas infecções com CMD. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência da periodontite apical crônica no desenvolvimento de cardiomiopatia-induzida em ratos medindo o estresse oxidativo e a atividade das enzimas antioxidantes. Quarenta e dois ratos Wistar foram divididos em 4 grupos: Grupo Controle (C) (n=3): sem AP e sem cardiomiopatia-induzida; Grupo AP (n=10): com AP e sem cardiomiopatia-induzida; Grupo CM (n=12): sem AP e com cardiomiopatia-induzida; Grupo APCM (n=17): com AP e com cardiomiopatiainduzida. A AP foi obtida por meio da exposição pulpar dos molares maxilares à cavidade oral por 30 dias. Posteriormente, a CMD foi induzida seguindo a metodologia de O'Connell et al., (2017) usando a indução de "curto prazo". Os animais receberam Doxorrubicina (2,5mg/kg/dose) aplicada em 5 injeções intraperitoneais num período de 2 semanas (dose acumulativa total 12,5mg/kg), os animais do grupo controle e do grupo AP receberam solução salina (0,9% NaCl). Trinta dias após o início da indução da CMD, os animais foram eutanasiados por decapitação através de guilhotina. Para constatar a presença de lesão periapical, as maxilas foram removidas cirurgicamente, dissecadas, fixadas e desmineralizadas para posteriormente serem incluídas e preparadas para análise histológica sob microscopia ótica. Os corações foram coletados, pesados, e imediatamente armazenados para posteriormente realizar a análise bioquímica de peroxidação lipídica (MDA) e de atividade das enzimas antioxidantes (CAT, GPx e SOD). O teste Shapiro-Wilk foi utilizado para determinar a normalidade das amostras; seguido do teste ANOVA de 1 fator com o teste de comparações múltiplas de Bonferroni com um nível de significância de 5%. A peroxidação lipídica aumentou significativamente no grupo APCM com respeito a todos os outros grupos, seguido do grupo CM que teve diferença estatística somente com o grupo AP. No que se refere à enzima antioxidante, os menores valores de atividade foram obtidos no grupo APCM com diferença estatística ao grupo CM. Considerando que os níveis sistêmicos de citocinas e de estresse oxidativo são maiores na presença de AP, e que estes aumentam mais em casos de doenças sistêmicas, provavelmente uma disseminação metastática de produtos da inflamação estariam afetando o tecido miocárdico piorando as condições de CMD no grupo APCM refletindo-se pelo aumento da peroxidação lipídica. Os menores valores da atividade enzimática no grupo APCM pode ser devido a uma depleção nos níveis destas enzimas e/ou na inativação delas por causa de uma maior severidade do dano no miocárdio. Com base nos resultados, conclui-se que a periodontite apical crônica influencia no desenvolvimento de cardiomiopatia-induzida em ratos, através de um aumento do estresse oxidativo e alteração da atividade das enzimas antioxidantes no tecido ventricular.


Asunto(s)
Infección Focal , Cardiomiopatías
12.
São Paulo; s.n; 20210219. 114 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147723

RESUMEN

Diversas medidas vêm sendo propostas para a prevenção e controle do desgaste erosivo, como o uso de produtos fluoretados e lasers de alta potência. Este estudo in situ, cego e cruzado, visou avaliar o efeito do laser de CO2 (9.3 ?m), associado ou não a solução de AmF/NaF/SnCl2, na prevenção (Etapa 1: prevenção da lesão, amostras inicialmente hígidas) e controle (Etapa 2: controle da progressão da lesão, amostras previamente erodidas) da erosão dental em esmalte dental humano. As etapas foram divididas em duas fases, uma sem a exposição à solução de AmF/NaF/SnCl2 (Fase I) e outra com (Fase II). Para tanto, 192 fragmentos de esmalte dental humano (3 x 3 x 1 mm) foram divididos, randomicamente, em 4 grupos experimentais em cada etapa (n=12): C - sem tratamento (controle negativo); F - solução de AmF/NaF/SnCl2 (controle positivo); L - irradiação com laser de CO2 (9.3 ? ); L + - laser de CO2 (9.3 ? ) + solução de AmF/NaF/SnCl2. Doze voluntários utilizaram um dispositivo removível inferior bilateral contendo 8 amostras/fase. As amostras foram submetidas ao desafio erosivo ex vivo por meio de sua imersão em ácido cítrico (1,0%; pH 2,3; 5 minutos; 4x/dia em intervalos diferentes para cada fase, durante 5 dias). A perda de superfície foi determinada através da perfilometria óptica (n=12), e a morfologioa de superfície foi observada em Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Para MEV, foram selecionadas 24 amostras (n=3) submetidas aos 5 dias de ciclagem e, adicionalmente, 24 amostras extras (n=3), submetidas aos tratamentos de superfície. Os dados das amostras da Etapa 1 foram analisados estatisticamente através de ANOVA 1-fator, e as da Etapa 2, através de ANOVA 2-fatores para medidas repetidas (Tempo - lesão inicial e após 5 dias; e Tratamento - C, F, L, L + F); ambos com posterior comparação múltipla através do teste de Tukey. Na análise da Etapa 1, observou-se que os grupos L (4,59 ± 2,95 ? )e L + F (1 58 ± 1 24 ? ) apresentaram melhores resultados na prevenção de lesão de erosão, diferindo estatisticamente dos grupos C e F, os quais não diferiram entre si. E na etapa 2, o grupo L + F (4,99 ± 1,17 ? ) apresentou melhores resultados no controle da progressão da lesão, sendo o único grupo a não apresentar perda de superfície significativa entre lesão inicial e após 5 dias de ciclagem quando comparado com a lesão inicial. Portanto, o laser de CO2 apresentou potencial em prevenir e controlar a progressão de erosão em esmalte dental humano, apresentando maior eficácia quando associado à solução de AmF/NaF/SnCl2.


Asunto(s)
Erosión de los Dientes
13.
São Paulo; s.n; 20210219. 201 p.
Tesis en Portugués | LILACS, BBO - Odontología | ID: biblio-1147725

RESUMEN

Lesões cervicais não cariosas [LCNC] são a perda de tecido dental, esmalte e/ou dentina, próximo da junção amelocementária [JAC], sem a presença de agentes bacterianos cariogênicos. Os dentes pré-molares superiores são os mais frequentemente acometidos. Mais de 90% das lesões estão localizadas na face vestibular dos dentes. Têm etiologia multifatorial, mas o mecanismo de ação dos fatores etiológicos e da interação entre eles ainda não foi claramente elucidada. Apesar da abrasão e a erosão ácida serem os agentes etiológicos mais considerados por muitos anos, eles não são capazes de explicar a ocorrência de lesões subgengivais, nem as que acontecem em um dente isoladamente dos vizinhos. O fator mecânico, que pode atuar isoladamente em um dente, passou a ser investigado como potencial responsável pelas lesões, sozinho ou atuando sinergicamente com a erosão ácida. Uma das possibilidades de interação entre os fatores etiológicos seria o mecanismo conhecido como "stress corrosion crack". Mas existiria uma outra possibilidade: esmalte e dentina podem ser considerados materiais poroelásticos, que apresentam uma fase sólida porosa e uma fase com fluido, livre para se deslocar entre os espaços deixados pela fase sólida. Isto faria que os tecidos dentários funcionassem como esponjas, cada um com sua rigidez específica. Ou seja, poderiam ser capazes de absorver fluido circundante se, ao serem deformados, aumentasse seu volume total. Pelo contrário, expeliriam fluido interno se a deformação ocorresse com diminuição de volume. Estas possibilidades, ao ocorrer com alternância, poderiam gerar o intercâmbio forçado de líquido com o meio externo, além de sua circulação interna forçada, decorrentes das tensões cíclicas a que os dentes estão habitualmente expostos. Se esse líquido fosse ácido, poderia causar desmineralização e perda de substância, o que justificaria a formação das LCNC "desenhadas" especificamente em regiões em que concentra a tensão (ou a deformação). Para avaliar se é válida esta proposta de mecanismo etiológico, foi realizada a presente pesquisa, 100% in silico, dividida em duas partes: 1) estudo do comportamento microestrutural do esmalte e da dentina [micro]; 2) estudo de um dente como macroestrutura poroelástica [macro]. Na parte micro, modelos lineares elásticos 2D representaram a microestrutura, repetida periodicamente, do esmalte e da dentina, visando verificar se a relação entre tensão (de tração ou de compressão) e variação de volume de cada componente microestrutural dos tecidos e o volume seria linear. Assim seria possível verificar se se poderia esperar, ou não, efeitos semelhantes sob carregamentos compressivos ou de tração. Foi avaliado todo o espectro possível de cargas, até a fratura, visando verificar também se haveria alguma não linearidade na relação, que poderia ser devida às características de estruturação dos tecidos, que propiciassem colapso estrutural acima de algum valor de tensão. Na parte macro foi desenvolvido um modelo 2D de primeiro pré-molar superior com características poroelásticas, submetido a três direções de carregamento em relação ao longo eixo: oblíquo (cúspide vestibular); longitudinal cêntrico (no sulco); longitudinal excêntrico (próximo da cúspide vestibular), visando verificar: 1) se existe não linearidade entre magnitude de tensão e volume de fluido "bombeado" (expelido ou absorvido) pelos tecidos; 2) se tanto a tração quanto a compressão têm a mesma capacidade de bombeamento de fluido; 3) se a distribuição do fluido na região cervical, durante o carregamento, seria capaz de desenhar os formatos das lesões, arredondadas ou anguladas. Os resultados das simulações por elementos finitos mostraram que: 1) a relação entre a variação volumétrica de cada uma das fases microestruturais e a tensão média nos modelos é linear, tanto para a dentina quanto para o esmalte. Isto sugere que não exista um valor de tensão abaixo do qual dentina ou esmalte ficariam isentos de LCNC (pois tensões menores ainda poderiam apresentar efeito danoso, caso estivessem presentes com maior frequência), nem haveria um limiar de tensão partir do qual aumentasse a taxa de bombeamento, de modo a exacerbar o mecanismo de formação da LCNC; 2) a taxa de variação volumétrica é igual tanto sob tração como compressão. Isto seria compatível, pelo modelo proposto, com a formação das LCNCs por carregamentos que conduzam tanto à compressão como à tração localizadas, como se verifica na clínica; 3) é possível que a dentina intertubular, apesar de não representar um caminho tão desimpedido quanto os túbulos, seja capaz de bombear os maiores totais de volume de líquido e, por isso, seria a mais envolvida no processo do bombeamento e dissolução. Isto é compatível com o fato de que na superfície de LCNCs ativas sejam encontrados túbulos obliterados e não exista sensibilidade dentinária em muitos casos. A peritubular é a que apresenta menor capacidade de forçar a circulação de fluidos. 4) No esmalte, a região interprismática, como um todo, apresenta uma maior capacidade de bombear fluidos que a região prismática. 5) A relação entre magnitude de tensão e volume bombeado na região cervical pela dentina e pelo esmalte foi linear no estudo macro. Isto significa que não haveria uma tensão limiar a partir da qual a probabilidade de formação de LCNC aumentasse. 6) Tanto a tração quanto a compressão, foram capazes de gerarem bombeamento e, consequentemente provocariam LCNCs, As forças oblíquas para vestibular tendem a gerar tensão de compressão e fluxo com o dobro de volume na face vestibular que na palatina, o que é compatível coma maior incidência de LCNC na vestibular, encontrada clinicamente; 7) O maior volume encontrado no tecido dentinário (JED e dentina situada cervicalmente a ela) concordaria com o achado clínico de que as LCNCs atingem principalmente dentina, preferencialmente ao esmalte. 8) Por ter encontrado que, nos três carregamentos estudados, os volumes bombeados por JED e dentina foram muito semelhantes, poderia se prever que a maior parte das lesões seriam de formato arredondado, na vigência de carregamentos semelhantes.


Asunto(s)
Esmalte Dental , Dentina
14.
Florianópolis; s.n; 2021. 1-90 p. tab, graf.
Tesis en Portugués | LILACS, MOSAICO - Salud integrativa | ID: biblio-1151343

RESUMEN

O termalismo social refere-se ao acesso aos tratamentos termais como direito de cidadania. A pesquisa buscou comparar a inserção do termalismo social nos sistemas de saúde da Espanha, França, Itália e Portugal, por meio dos componentes dos sistemas (acesso/cobertura, financiamento, força de trabalho, insumos e técnicas, organização, regulação, rede de serviços e prestação de serviços) com vistas a contribuir com o termalismo no Sistema Único de Saúde. (SUS). Foi utilizado o método de revisão integrativa da literatura. A base de dados da pesquisa foi fundamentada em artigos científicos disponíveis em bases de dados eletrônicas que abordam o termalismo nos países selecionados na pesquisa. Foi realizada busca reversa com base nas referências dos artigos selecionados, além de artigos publicados em revistas eletrônicas não indexadas relacionadas ao termalismo nos últimos 20 anos. Totalizaram-se 22 documentos incluídos no estudo. Os dados foram analisados através da Análise de conteúdo de Bardin. Os resultados e discussões são apresentados em oito categorias: caracterização histórica do termalismo social nos sistemas de saúde analisados; grau de cobertura/acesso, financiamento; força de trabalho, insumos e técnicas; organização e regulação; rede e prestação de serviços. Os modelos de seguro e seguridade social cobrem parte do tratamento termal dos países europeus selecionados, financiados a partir de co-pagamento e reembolso. Com relação à força de trabalho, diversas são as profissões relacionadas ao termalismo, notadamente médicos especialistas. No que concerne aos insumos e técnicas dos tratamentos termais, observa-se a grande aproximação com os países selecionados. Contudo, o número de dias do ciclo de tratamento termal cobertos nos sistemas analisados variaram entre os países. Ainda quanto aos insumos, observou-se que os balneários dos países europeus são classificados de acordo com as características físico-químicas das águas minerais. Os serviços de termalismo social são regulados principalmente pelo Ministério da Saúde de cada país, excetuando-se o programa de termalismo espanhol, pois ali é definido como um dos serviços complementares dos benefícios do serviço de Seguridade Social. Por fim, a prestação de serviços de termalismo social nos países analisados é preponderantemente realizada em estabelecimentos termais credenciados. Estes serviços estão, portanto, localizados no nível de atenção especializada e são referenciados pelos profissionais médicos da atenção primária à saúde. Considera-se que no Brasil faz-se necessário ampliar o financiamento do termalismo social, capacitar a força de trabalho, elaborar protocolos de tratamentos com tratamentos de, no mínimo, 9 dias, classificar os balneários brasileiros de acordo com as indicações a partir das qualidades de suas águas, e criar centros especializados em termalismo em nível secundário. Observa-se ainda a necessidade de legislações especificas para fomentar e regular os estabelecimentos termais e o termalismo social.


Asunto(s)
Humanos , Balneología , Sistemas de Salud , Terapias Complementarias , Brasil , Aguas Termales
15.
São Paulo; s.n; 2021. 37 p. ilus.
Tesis en Portugués | LILACS, Coleciona SUS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-SUCENPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1178995

RESUMEN

O gênero Biomphalaria (Preston, 1910), da família Planorbidae, tem importância médica no Brasil, pois inclui três espécies suscetíveis ao trematódeo Schistosoma mansoni Sambon, 1907: Biomphalaria glabrata (Say, 1818), Biomphalaria tenagophila tenagophila (d'Orbigny, 1935) e Biomphalaria straminea (Dunker, 1848). A correta determinação destas espécies depende da observação de caracteres taxonômicos confiáveis. Entretanto, as semelhanças existentes entre determinados táxons levaram alguns especialistas a formarem complexos de espécies. No Brasil, existem dois complexos de espécies no gênero Biomphalaria; o complexo Biomphalaria tenagophila proposto por Spatz e colaboradores (1999) e o complexo Biomphalaria straminea proposto por Paraense (1988), cujos táxons, pertencentes a cada um deles, foram assim agrupados devido às semelhanças morfológicas e genéticas. Dos três táxons que integram o complexo Biomphalaria tenagophila, B. t. tenagophila é a única espécie suscetível ao S. mansoni, tendo grande importância epidemiológica nas regiões sul e sudeste do Brasil (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2014). As semelhanças morfológicas entre os três táxons do complexo Biomphalaria tenagophila podem levar a erros de identificação específica, dificultando o reconhecimento de áreas vulneráveis para transmissão da esquistossomose nas regiões sul e sudeste do país. As estruturas morfológicas de maior valor taxonômico em Biomphalaria estão relacionadas ao sistema reprodutor. No presente estudo, propomos estudar os aspectos morfológicos e histológicos do complexo peniano e região da vagina de B. t. tenagophila para fornecer novos subsídios que auxiliem na sistemática de Planorbidae. Foram coletados moluscos B(AU)


Asunto(s)
Vagina , Biomphalaria , Moluscos
16.
São Paulo; s.n; 2021. 32 p. ilus.
Tesis en Portugués | LILACS, Coleciona SUS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-SUCENPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1178996

RESUMEN

A malária é considerada uma doença infecciosa não contagiosa e de transmissão vetorial, apenas cinco espécies causam malária no ser humano: Plasmodium vivax, Plasmodium falciparum, Plasmodium malariae, Plasmodium ovale e Plasmodium knowlesi, sendo o vetor mosquito do gênero Anopheles. Na região da Mata Atlântica o principal vetor é o Anopheles do subgênero Kerteszia, em especial Anopheles (Kerteszia) cruzii e Anopheles (Kerteszia) bellator, que são os principais vetores da malária humana e símia na Mata Atlântica. Objetivo: Realizar uma revisão bibliográfica e atualização sobre a detecção por plasmódios em anofelinos na Mata Atlântica e conhecer técnicas de Biologia Molecular aplicadas ao tema. Métodos: Para a realização da revisão bibliográfica, foram realizadas buscas nas seguintes bases de dados: Scielo, PubMed, Ministério da Saúde, BVS, entre outros, com as seguintes palavras chaves Malaria, Anopheles, Plasmodium, Mata Atlântica, vetor. Nas práticas laboratoriais foram realizadas: Extração de DNA de anofelinos (kit Quiagen), técnica de PCR em tempo real (TaqMan 18S rRNA) e PCR convencional (Cyt b) para detecção de plasmódios. Resultados: Foram analisados 45 artigos sobre o tema e no treinamento das técnicas foram realizadas extrações de DNA de 60 pools de fêmeas de anofelinos da região de Parelheiros (pesquisa coordenada pela Dra. Ana Maria R. de C. Duarte, FAPESP 2014/10.919-4) e realizadas as reações de PCR para a detecção de plasmódio. Discussão: Foi observado que na região de Mata Atlântica as taxas de infecção dos anofelinos variam nos diferentes estudos, sendo em alguns locais é maior do que em outros, contudo mais estudos deverão ser feitos para uma melhor compreensão da dinâmica de transmissão nos vetores no bioma Mata Atlântica. O principal vetor o An. cruzii, mas foi foram encontrados vetores secundários positivos para P. vivax e P. malariae, como An. strodei, e An. triannulatus, sugerindo que em áreas de borda de floresta, com maior atividade antrópica, esses vetores potencialmente tenham um papel na transmissão, inclusive considerando a circulação de outras espécies de plasmódio, como de P. falciparum. Conclusão: Os estudos analisados apontaram que a taxa de infeção de mosquitos é variável nos anofelinos na Mata Atlântica de acordo com a localização geográfica e existem muitas (AU)


Asunto(s)
Reacción en Cadena de la Polimerasa , Enfermedades Transmisibles , Biología Molecular
17.
São Paulo; s.n; 2021. 31 p. ilus.
Tesis en Portugués | LILACS, Coleciona SUS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-SUCENPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1179000

RESUMEN

Os mosquitos da ordem Diptera e família Culicidae, configuram um grupo expressivo dentre os insetos. O gênero Culex é composto por 768 espécies divididas em 26 subgêneros. A estratificação vertical das espécies do gênero Culex varia de acordo com as tendências alimentares e sua oferta, entretanto, as fêmeas necessitam de aporte sanguíneo para a maturação dos ovos. Essa hematofagia faz com que os culicídeos sejam importantes vetores de arboviroses e outras doenças transmitidas pela picada destes insetos. Estudos demonstram que o gênero Culex é de extrema importância epidemiológica, sendo necessária a identificação correta dos insetos em regiões endêmicas como uma ferramenta vital de vigilância. A Morfometria Geométrica Alar (WGM) entra como um reforço, ou mesmo como alternativa, uma vez que tem obtido êxito em identificar corretamente espécies de mosquitos, provando ser uma técnica tão eficiente quanto a taxonomia clássica e a biologia molecular. A Simetria Bilateral usando WGM nos fornece a Assimetria Flutuante como um importante dado derivado, que pode ser definida por pequenos desvios de uma simetria bilateral perfeita para uma determinada característica morfológica. Neste estudo foram utilizadas asas de mosquitos culicídeos do gênero Culex, subgênero Culex previamente armazenadas de coletas realizadas na Fundação Parque Zoológico de São Paulo, Parques Municipais de São Paulo no Brasil e Patagônia, Argentina, entre os anos de 2015 a 2020. Após a identificação taxonômica, ambas as asas foram coletadas e posteriormente fixadas em lâmina e lamínula com Bálsamo do Canadá. Imagens foram capturadas através de lupa estereoscópica Leica com câmera acoplada. Nos resultados observamos que Culex habilitator e Culex coronator apresentaram maior simetria entre as duas asas, enquanto as asas de Culex acharistus e Culex habilitator apresentaram assimetrias mais acentuadas. A árvore fenética agrupou os pares de asas como o esperado, com excessão das asas de Culex habilitator coletadas no ano de 2015. Comparativamente, os Culex habilitator coletados em 2020 apresentaram mais simetria alar do que os coletados em 2015, e valores de reclassificação superiores. Esses resultados indicam que a técnica de WGM aplicada a simetria bilateral se mostra uma ferramenta versátil, permitindo a realização de diferentes testes estatísticos e morfológicos baseado nos mesmos 18 pontos já utilizados para identificação de mosquitos, porém evidenciando de forma mais sensível a influência sofrida por cada população amostrada pelo seu ambiente. Tendo as amostras de Culex bidens e Culex coronator como referências de Assimetria Flutuante mais próximas do ideal, observamos nas amostragens de Culex acharistus variações importantes, porem esperadas, por se tratar de uma população coletada em ambiente menos favorável para o desenvolvimento do mosquito. Também observamos variações importantes dentro das amostragens de Culex habilitator, que podem ter sido causadas por erro de identificação taxonômica ou ação de herbicida, porém essas duas possibilidades precisam ser melhor investigadas.


Asunto(s)
Clasificación , Culex , Bidens
18.
São Paulo; s.n; 2021. 67 p.
Tesis en Portugués | LILACS, Inca | ID: biblio-1147577

RESUMEN

Introdução - Os cânceres orais são componentes do grupo de câncer de cabeça e pescoço que representa o sexto tipo de neoplasia maligna de maior incidência no mundo e com tendência de incremento das taxas de mortalidade para os próximos anos. Sua incidência está relacionada a fatores socioeconômicos e sua evolução está associada com a provisão de serviços de saúde. Apesar do esforço dispensado pelos sistemas de saúde, o câncer de cavidade bucal e de orofaringe ainda exerce grande impacto na morbimortalidade, sendo necessário manter a vigilância e prevenção constante. Objetivos - 1) Descrever a magnitude e a tendência das taxas de mortalidade por câncer de cavidade bucal e de orofaringe nos Estados do Brasil e Distrito Federal, entre os anos de 1996 e 2016. 2) Analisar a associação destas taxas com o desenvolvimento humano nos Estados do Brasil e Distrito Federal, 3) Comparar a tendência da mortalidade por câncer de orofaringe, que a literatura indica como sendo relacionada ao HPV, com a tendência da mortalidade por câncer de cavidade bucal, que a literatura indica como não sendo relacionada ao HPV, nos Estados do Brasil e Distrito Federal, entre os anos de 1996 e 2016. Métodos - Este é um estudo ecológico que avaliou dados oficiais georreferenciados sobre população, mortalidade e desenvolvimento humano. O Índice de Desenvolvimento Humano foi obtido através do Programa das Nações Unidas no Brasil. As taxas de mortalidade foram padronizadas por sexo e faixa etária utilizando como padrão a população mundial. Foi utilizada a regressão linear generalizada pelo método de Prais-Winsten. A classificação das taxas de mortalidade foi ascendente (p<0,05 e coeficiente de regressão positivo), declinante (p<0,05 e coeficiente de regressão negativo) ou estacionária (p>0,05). Resultados - A magnitude e as taxas de mortalidade do câncer de cavidade bucal e de orofaringe foram mais elevadas nos estados das regiões sul e sudeste. A tendência para ambos os tipos de câncer teve crescimento mais elevado da mortalidade nos estados das regiões norte e nordeste. A correlação entre os dois tipos de câncer foi positiva. Conclusão - As taxas de variação anual da mortalidade para os dois tipos de cânceres se mostraram análogas. No período inicial e final da série histórica a magnitude das taxas de mortalidade foi mais elevada nos estados das regiões Sul e Sudeste tanto para o câncer de cavidade bucal quanto para o câncer de orofaringe. Porém quando observada a tendência, aos estados das regiões Norte e Nordeste mostraram valores mais elevados.


Introduction - Oral cancers are components of the group of head and neck cancer that represent the sixth type of malignant neoplasia with the highest incidence in the world and with an increase on the trend of mortality rates for the next years. Its incidence is related to socioeconomic factors and its evolution is associated with the provision of health services. Despite the efforts made by health systems, cancer of the oral cavity and oropharynx still has a great impact on morbidity and mortality, and it is necessary to maintain constant surveillance and prevention. Objectives - 1) To describe the trend of mortality rates due to oral cavity and oropharyngeal cancer in the States of Brazil and the Federal District, between the years 1996 and 2016. 2) To analyze the association of these rates with human development in the States of Brazil and the Federal District. 3) Compare the trend of mortality from oropharyngeal cancer, which the literature indicates as being related to HPV, with the trend of mortality from oral cavity cancer, which the literature indicates as not being related to HPV, in the States of Brazil and the Federal District, between 1996 and 2016. Methods - This is an ecological study that evaluated official georeferenced data on population, mortality and human development. The Human Development Index was obtained through the United Nations Program in Brazil. Mortality rates were standardized by sex and age group using the world population as standard. Generalized linear regression by the Prais- Winsten method was used. The classification of mortality rates was ascending (p <0.05 and positive regression coefficient), declining (p <0.05 and negative regression coefficient) or stationary (p> 0.05). Results - The magnitude and mortality rates of cancer of the oral cavity and oropharynx were higher in the states of the South and Southeast regions. The trend for both types of cancer had a higher increase in mortality in the states of the North and Northeast regions. The correlation between the two types of cancer was positive. Conclusion - The annual percent rates in mortality for both types of cancers were analogous. In the initial and final period of the historical series, the magnitude of mortality rates was higher in the states of the South and Southeast regions for both oral cavity and oropharyngeal cancer. However, when the trend was observed, the states of the North and Northeast regions showed higher values.


Asunto(s)
Papillomaviridae , Neoplasias de la Boca , Neoplasias Orofaríngeas , Mortalidad
19.
São Paulo; s.n; 2021. 86 p.
Tesis en Portugués | LILACS | ID: biblio-1152221

RESUMEN

Introdução A forma como a nossa sociedade lida com a noção de saúde e como constrói a ideia da doença é discricionária e, ao mesmo tempo em que impacta, ela é impactada pela disponibilidade de tratamentos de um complexo industrial biomédico. O caso específico a ser analisado nessa dissertação é o da infertilidade. De que forma essa condição é definida como doença? Por quais atores? Quais tratamentos são disponibilizados para essa doença? Quais conflitos de interesse estão presentes nessa definição? Como se dá a regulamentação dessas questões, no âmbito internacional, e no âmbito nacional? Objetivo O objetivo dessa dissertação é analisar de que forma, e por meio de quais atores, se constrói a dupla condição da infertilidade atualmente: a sua definição como doença, e a noção de que a fertilidade é uma condição natural a ser preservada, uma potencialidade dos corpos femininos. Considera-se, para tanto, que tais construções são permeadas pelo mercado das tecnologias de reprodução assistida (TRAs) e são objeto de regulamentação nacional e internacionalmente. Métodos Foi realizado um estudo baseado em metodologia de caráter qualitativo, incluindo análise documental. Foram analisadas informações de fontes primárias. Foi feita análise documental da Classificação Internacional de Doenças (CID) e da Organização Mundial de Saúde - e seus parceiros -, tendo em vista serem essas as fontes reconhecidas mundialmente para a definição de condições patológicas. Ademais, foi analisado o papel regulamentador dessas entidades internacionais, assim como, dos atores, em âmbito nacional, responsáveis pela regulamentação da prática médica no campo da infertilidade e do mercado das Tecnologias de Reprodução Assistida (TRAs). A fim de propiciar um panorama de análise mais completo, foram estudados os websites das dez principais clínicas privadas da Cidade de São Paulo em busca de quatro conceitos-chave: a definição de "infertilidade" apresentada pelas clínicas, a indicação clínica para o procedimento de fertilização in vitro, o termo usado para se referir ao procedimento de congelamento de gametas femininos e as taxas de efetividade apresentadas nos websites para os tratamentos de infertilidade. Foram estudados os relatórios financeiros e balanços das principais empresas do complexo tecno-científico da biomedicina que atuam na cidade de São Paulo, a fim de identificar as tecnologias/equipamentos sendo desenvolvidos pelas empresas, quais mercados são alvo delas e a relação desse movimento com a proliferação de condições patológicas relacionadas à infertilidade. Resultados A definição da infertilidade como patologia é feita pela OMS por meio da Classificação Internacional de Doenças e, conforme observado, é adotada mundialmente, inclusive pelas clínicas de Reprodução Assistida paulistanas. Essa definição é feita pela OMS e por seus parceiros, os quais se apresentam como instituições neutras e de caráter técnico, apesar de serem patrocinadas direta ou indiretamente pelas indústrias responsáveis por ofertarem tecnologias reprodutivas. Os outros atores partícipes nessa definição consistem em associações de clínicas de reprodução assistida e médicos dessa área, as quais além do próprio interesse em expandirem seus negócios possuem, muitas vezes, financiamento direto das mesmas indústrias. Conclusão A partir dessas análises foi possível identificar o caráter não-neutro da definição da infertilidade como doença, a nova perspectiva da fertilidade como potencial reprodutivo, a influência de atores do mercado na construção desses conceitos, assim como os impactos desses conceitos no mercado das tecnologias para reprodução assistida. Ademais, observou-se a frágil regulamentação existente nesse campo, tanto no cenário internacional como no cenário nacional e a atuação limitada do setor público nessa seara. O poder público está ausente das decisões sobre a adoção das TRAs e sobre a sua aplicação nos corpos das mulheres, da mesma forma que não intervém nas discussões conceituais acerca da condição patológica atribuída à infertilidade pelo campo biomédico. A regulamentação estatal se limita a questões sanitárias, por meio da atuação da ANVISA, o que permite a autoregulamentação da classe médica e do mercado, os quais são permeados por contradições e conflitos de interesse.


Introduction The way in which our society deals with the notion of health and how the idea of disease is built is discretionary and at the same time that it impacts it is impacted by the availability of treatments of the industrial biomedical complex. The specific case to be analyzed in this dissertation is infertility. In what way is this condition defined as a disease? By whom? What treatments are made available for this disease? What conflicting economic interests are present in this definition? How are these processes regulated in both the international and domestic field? Objectives This dissertation aims to analyze how and by means of which participants the dual notion of infertility is conceived currently: its definition as a disease and the idea that fertility is a natural condition to be preserved, a potential of the female body. To do so, it is deemed that such constructions are pervaded by the market of Assisted Reproductive Technologies (ARTs) and are subject to both domestic and international regulations. Methods In order to achieve this aim, a study was performed based upon methodology of a qualitative nature, including documentary analysis. A documentary analysis was made of the International Classification of Diseases (ICD) and of the World Health Organization (WHO) - and its partners -, bearing in mind that it is acknowledged throughout the world for defining pathological conditions. Furthermore, the regulating role of these international entities was analyzed, as was that of those taking part in the Domestic scope, responsible for regulating medical practice in the field of infertility and the market of Assisted Reproductive Technologies (ARTs). In order to provide a more complete overview, the websites of the ten main private clinics in São Paulo were studied seeking four key concepts: the definition of "infertility" presented by the clinics, the clinical indication for the procedure of fertilization in vitro, the term used to refer to the procedure of freezing female gametes and the effectiveness rates displayed on the websites for treating infertility. The main participants of the industrial biomedical complex, focusing on the pharmaceutical industry and medical equipment were identified, as was any relationship thereof with the main fertility clinics of São Paulo city. To do so, the financial reports and balance sheets of the main companies of the technical-scientific complex of biomedicine performing in São Paulo city were studied, in order to identify the technology/equipment being developed by companies, their target markets and the relationship of this movement with the proliferation of pathological conditions related to infertility. Results The definition of infertility as a pathology in the ICD elaborated by the World Health Organization - WHO - is adopted worldwide including by clinics in São Paulo. This definition is elaborated by the WHO and its partners which are funded by the Industry of ART even though they portray an image of neutrality and technical-scientific character. The other players involved in these definitions are fertility clinics' associations and doctors that provide fertility treatments, which have their own business interests and sometimes are even funded directly by this Industry. Conclusion These analyses allowed the identification of the non-neutral nature of the definition of infertility as a disease, the new perspective of fertility as reproductive potential, the influence of entities in the market in building these concepts, as well as the impact of these concepts on the assisted reproductive technology market. Furthermore, the lack of string regulations in this field was noted, in both the international and domestic scenarios and the limited performance of the public sector in this area, which allows the self-regulation of the medical class and the market, pervaded with contradictions and self- interest.


Asunto(s)
Control Social Formal , Técnicas Reproductivas Asistidas , Clínicas de Fertilidad , Infertilidad
20.
São Paulo; s.n; 2021. 87 p.
Tesis en Portugués | LILACS | ID: biblio-1177460

RESUMEN

A tuberculose (TB) é uma doença infectocontagiosa prevenível e potencialmente curável. No entanto, figura entre as dez maiores causas de mortalidade no mundo. Sua transmissão acontece através da inalação de aerossóis contendo a bactéria Mycobaterium tuberculosis eliminados pela via aérea, majoritariamente através da tosse de um indivíduo com a forma pulmonar da doença (que é sua forma transmissível). Por isso, a tosse é reconhecida como o sintoma mais relevante para o ciclo de transmissão, sendo utilizada como ferramenta de triagem inicial em programas de controle de tuberculose. Entretanto, a acurácia desta manifestação no diagnóstico de TB, e, portanto, sua utilidade clínica, manifestada particularmente através de seu valor preditivo positivo (VPP), pode variar amplamente dependendo do contexto onde ela é considerada. Desta forma, o presente trabalho foi conduzido através de uma revisão sistemática com o objetivo de identificar na literatura existente informações sobre o valor preditivo da tosse para a identificação de tuberculose pulmonar. Os descritores utilizados para a pesquisa incluíam termos específicos para "Tuberculose", "Sintomas Respiratórios", "Tosse Crônica" e "Humanos". O teste índice foi a tosse crônica e múltiplos testes referências foram considerados (incluindo baciloscopia, cultura da bactéria, métodos moleculares, ou combinações de métodos). Os critérios de elegibilidade incluíram que o estudo avaliasse a presença de tuberculose pulmonar ativa e quantificasse a ocorrência de tosse através do número mínimo de dias para que esta fosse considerada crônica. A revisão identificou 2.289 publicações únicas que foram avaliadas, das quais 84 foram pré-selecionadas para revisão por completo e, desses, 42 publicações foram finalmente incluídas para análise. Estas publicações foram conduzidas em 22 países, dos quais 16 eram considerados como países de alta carga de tuberculose pela OMS. Os estudos utilizaram múltiplas definições para caracterizar a tosse crônica, mas a maior parte deles (75%) consideraram a definição utilizada pela OMS que é definida como durando um mínimo de 2 a 3 semanas. Entre os estudos identificados, a minoria possuía risco baixo para vieses (16,7%). Para estes estudos, o valor preditivo positivo variou grandemente (entre 0% e 61,49%). Em destaque, a condução do estudo em ambiente hospitalar levava a um VPP com uma mediana mais elevada do que em ambientes domiciliares. Consideramos que não seria adequado realizar uma metaanálise devido a diferenças nas metodologias dos estudos, nas conduções dos desenhos, nas características dos participantes, nas características das seleções e amostragens, na gravidade de apresentação da doença, no padrão de procura por atendimentos médicos, e na avaliação da tosse ou na realização do teste confirmatório, os estudos apresentaram alta heterogeneidade. Como conclusão, podemos citar que o VPP da tosse crônica como sintoma no rastreio de pacientes com tuberculose pulmonar apresenta alta variabilidade, a depender do contexto onde ela é considerada. Desta forma, consideramos que se justifica um levantamento específico desta estimativa em cada contexto populacional específico, para poder aplicar ou adaptar a definição de tossidor crônico como ferramenta de vigilância de TB.


Tuberculosis is a preventable and potentially curable infectious disease. However, it still appears among the ten leading causes of mortality in the world. It is transmitted through the inhalation of aerosol containing the bacteria Mycobacterium tuberculosis eliminated through the airway, largely by the cough of a person with the pulmonary form of the disease (the transmissible form). Due to this, coughing is recognized as the most relevant symptom for the transmission cycle of the disease and is used as an initial screening tool in several tuberculosis control programs. However, the accuracy of this manifestation for the diagnosis of TB, and therefore its clinical utility, manifested particularly through its positive predictive value (PPV), can vary widely depending on the context where it is considered. Therefore, the present study was a systematic review with the objective of identifying in the existing literature information on the predictive value of cough and on the indicators of diagnostic accuracy of this test for the identification of pulmonary tuberculosis. The descriptors used for the research included specific terms for "Tuberculosis", "Respiratory Symptoms", "Chronic Cough" and "Humans". The index test was chronic cough and multiple reference tests were considered for review (including smear exam, bacteria culture, molecular tests, or combinations of these with other methods). Eligibility criteria included articles describing active pulmonary tuberculosis and quantifying the occurrence of chronic cough. The review identified 2,289 unique publications that were evaluated, of which 84 were fully reviewed and 42 publications were included in the final review. These publications were conducted in 22 countries, of which 16 were considered as countries with a high burden of tuberculosis. The studies used multiple definitions to characterize chronic cough, but most of them (75%) considered the definition used by the WHO which is between 2 and 3 weeks. Among the studies identified, few had low risks of biases (16.7%). For these studies, the predictive value varied greatly (between 0% and 61.49%), highlighting the context where the study is included as a determinant. In particular, studies conducted in hospital environments led to a PPV with a higher median than in domiciliary environments. Considering the different methodologies, different studies design, different characteristics of the participants, different characteristics of the sampling process, different severities of the presentation of the disease, different patterns of healthcare-seeking, and different performances of the index and reference tests, we identified a high heterogeneity of the sample. Thus, we considered it was not appropriate to conduct a meta-analysis. In conclusion, the PPV of chronic cough as a screening tool for tuberculosis is highly variable. We consider that specific evaluations of this estimative are justified in each specific population context, in order to be able to apply or adapt the definition of chronic cough as part of the TB surveillance system.


Asunto(s)
Tuberculosis , Enfermedades Transmisibles , Tos , Revisión Sistemática
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...