Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 237
Filtrar
1.
Washington, D.C.; PAHO; 2021-06-08. (PAHO/FPL/IM/21-0018).
Não convencional em Inglês | PAHO-IRIS | ID: phr-54189

RESUMO

In response to concurrent measles, diphtheria, and yellow fever outbreaks in the Americas Region alongside increasing migratory movement, the Pan American Health Organization (PAHO) declared an emergency situation in Guyana (as well as Brazil, Colombia, and Venezuela) on March 22nd, 2018, offering guidance and technical support in assessing country situations and developing emergency response plans.


Assuntos
Programas de Imunização , Programas Nacionais de Saúde , Vacinas , Cobertura Vacinal , Equidade em Saúde , Emergências , Migrantes , Saúde na Fronteira , Áreas de Fronteira , Guiana
2.
ABCS health sci ; 46: e021205, 09 fev. 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1152236

RESUMO

INTRODUCTION: The prevalence of parasitosis in children from Brazilian border cities is unknown. OBJECTIVE: To identify the prevalence of intestinal parasites in children from public pre-school on the Brazilian border and their socioeconomic and health profile. METHODS:: Fecal samples were obtained from 178 children from public early childhood educational center (CMEI) in Brazilian border municipalities in Foz do Iguaçu, Brazil. Samples were processed by Hoffman sedimentation and zinc sulfate centrifugation and flotation methods. A questionnaire was administered to children´s parents or guardians regarding parasitic diseases, socioeconomic status, and sanitary habits. RESULTS: The prevalence of intestinal parasites was 26.9% (n=48). A high prevalence of Giardia duodenalis was found (16.3%), followed by Endolimax nana (8.4%), Enterobius vermiculares (1.7%), Ascaris lumbricoides, and Entamoeba coli (0.5%). Forty-seven children (26.4%) presented monoparasitism. The percentage of parasitosis was significantly higher among male children (33.7% - p<0.036) who exhibited weight loss (50.0%), were from low-income families (35.4% - p=0.05), and had mothers with a low education (54.0% - p=0.0001). The highest percentage of Giardia was in children who exhibited weight loss (42.9% - p<0.05) and had mothers with low education (35.0% - p=0.0001). Multivariate analysis indicated that in the variable gender (male gender), weight loss and low maternal education contributed to the variability of parasitosis in children from the surveyed MCEC. CONCLUSION: The higher prevalence of Giardia was due to child and family variables. The detection of Enterobius vermiculares and Ascaris lumbricoides, despite the low frequency, indicates the need for better basic sanitation policies.


INTRODUÇÃO: A prevalência de parasitoses em crianças de municípios brasileiros de fronteira é desconhecida. OBJETIVO: Identificar a prevalência de parasitos intestinais em crianças de pré-escola pública de fronteira brasileira e seu perfil socioeconômico e sanitário. MÉTODOS: Foram obtidas amostras fecais de 178 crianças de Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) de Foz do Iguaçu, Brasil. As amostras foram processadas pelos métodos de sedimentação de Hoffman e centrifugação e flutuação no sulfato de zinco. Foi aplicado questionário aos pais ou responsáveis, referente a doenças parasitárias, nível socioeconômico e hábitos sanitários. RESULTADOS: A prevalência de parasitos intestinais foi de 26,9% (n=48). Houve maior prevalência de Giardia duodenalis (16,3%), seguido por Endolimax nana (8,4%), Enterobius vermiculares (1,7%), Ascaris lumbricoides e Entamoeba coli (0,5%). 47 (26,4%) crianças apresentaram monoparasitismo. O percentual de parasitose foi significantemente maior nas crianças do sexo masculino (33,7% - p<0,036), perda de peso (50,0%), famílias de baixa renda (35,4% - p=0,05) e mães com baixa escolaridade (54,0% - p=0,0001), enquanto, o maior percentual de Giardia foi em crianças com perda de peso (42,9% - p<0,05) e mães com baixa escolaridade (35,0% - p=0,0001). Análise multivariada indicou que na variável gênero (sexo masculino), perda de peso e baixa escolaridade das mães refletem parte da variabilidade da condição de parasitado das crianças dos CMEI pesquisados. CONCLUSÃO: Presença de maior prevalência de Giardia foi decorrente de variáveis da criança e da família e a detecção de Enterobius vermiculares e Ascaris lumbricoides, apesar da baixa frequência, indica necessidade de melhores políticas de saneamento básico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Parasitos , Doenças Parasitárias/epidemiologia , Áreas de Fronteira , Brasil , Creches , Saúde da Criança , Higiene dos Alimentos/estatística & dados numéricos , Estudos Transversais , Giardíase , Saúde na Fronteira , Higiene das Mãos/estatística & dados numéricos
3.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 25(3): e20200180, 2021. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1149306

RESUMO

RESUMO Objetivo identificar fatores que potencializam ou interferem no planejamento familiar em região de fronteira. Método pesquisa descritiva, de coorte, transversal e quantitativa, realizada com 280 puérperas, Paraná, Brasil. Para a coleta de dados, aplicou-se um instrumento estruturado com variáveis socioeconômicas, antecedentes obstétricos e planejamento familiar. Para análise, utilizou-se o teste de associação Qui-Quadrado ou o teste G complementado pela análise de resíduos ajustados, com nível de significância de 5% (p<0,05). Resultados idade inferior a 19 anos (66%), baixa renda (65,3%), escolaridade (62,6%), ausência de companheiro (95,6%) e multiparidade (74,4%) foram as características que interferiram no planejamento familiar. Maior escolaridade e acesso a métodos contraceptivos apresentaram-se favoráveis ao planejamento familiar. Mulheres que não planejaram a gravidez aderiram mais aos métodos contraceptivos após seis meses do nascimento do filho. Conclusão e implicações para a prática as baixas condições sociodemográficas interferem na adesão ao planejamento familiar em região de fronteira, o que remete para ajustes no serviço de atenção primária.


RESUMEN Objetivo identificar factores que mejoran o interfieren con la planificación familiar en una región fronteriza. Método investigación descriptiva, de cohorte, transversal y cuantitativa, realizada con 280 puérperas, Paraná, Brasil. Para la recolección de datos se aplicó un instrumento estructurado con variables socioeconómicas, antecedentes obstétricos y planificación familiar. Para el análisis se utilizó la Prueba de Chi-Cuadrado o la Prueba G, complementada con el análisis de residuos ajustados, con un nivel de significancia del 5% (p<0,05). Resultados edad menor de 19 años (66%), bajos ingresos (65,3%), educación (62,6%), ausencia de pareja (95,6%) y multiparidad (74,4%) fueron las características que interfirieron en la planificación familiar. La mayor escolarización y el acceso a métodos anticonceptivos favorecieron la planificación familiar. Las mujeres que no planificaron el embarazo se adhirieron más a los métodos anticonceptivos después de seis meses de parto. Conclusiones e implicaciones prácticas las bajas condiciones sociodemográficas interfieren con la adherencia a la planificación familiar en una región fronteriza, lo que se refiere a ajustes en el servicio de atención primaria.


ABSTRACT Objective to identify factors that enhance or interfere with family planning in border region. Method this descriptive, cohort, cross-sectional, quantitative study was performed with 280 puerperal women in Paraná State, Brazil. For data collection, a structured instrument with socioeconomic variables, obstetric antecedents and family planning was applied. For analysis, the chi-square test or the G test complemented by adjusted residual analysis was used, with a significance level of 5% (p <0.05). Results age below 19 years (66%), low income (65.3%) and education (62.6%), absence of a partner (95.6%) and multiparity (74.4%) were the characteristics that interfered with family planning. Greater education level and access to contraceptive methods were favorable to family planning. Women who did not plan for pregnancy more adhered to contraceptive methods six months after the birth of their child. Conclusion and implications for practice low sociodemographic conditions interfere with adherence to family planning in a border region, which refers to adjustments in the primary care service.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Adulto Jovem , Áreas de Fronteira , Planejamento Familiar , Fatores Socioeconômicos , Estudos Transversais , Anticoncepção/estatística & dados numéricos
4.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 29: e3398, 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1150005

RESUMO

Objective: to analyze how the social isolation measures and closed borders affected the health and economy in an international border region. Method: descriptive cross-sectional study conducted in the western region of Paraná, Brazil, using an electronic form created using Google® forms. A sample of 2,510 people was addressed. Descriptive analysis and the Chi-square test were performed, with a level of significance established at 5%. This public opinion survey, addressing unidentified participants, is in accordance with Resolutions 466/2012 and 510/2016. Results: the participants were 41.5 years old on average, most were women and worked in the education sector; 41.9% reported that the closing of borders/commercial businesses negatively influenced income; 17.7% reported the possibility of losing their jobs; 89.0% consider that a larger number of people would be sick if the borders/commercial had not been closed; 63.7% believe the health services are not prepared to deal with the pandemic; 74.9% realize that the Brazilian Unified Health System may not have sufficient service capacity; 63.4% reported anxiety; and 75.6% of commercial workers will experience changes in their income level. Conclusion: the closing of international borders and commercial businesses was related to a perception of physical and mental changes, job loss, and decreased income.


Objetivo: analisar como o isolamento social e o fechamento das fronteiras repercutem na saúde e na economia em região de fronteira internacional. Método: estudo descritivo-transversal realizado no Oeste do Paraná, Brasil, por meio do questionário eletrônico Formulários Google®. Foi estudada uma amostra de 2.510 pessoas. Utilizou-se a análise estatística descritiva e o teste qui-quadrado, com nível de significância de 5%. Pesquisa de opinião pública, com participantes não identificados, que atende às Resoluções 466/2012 e 510/2016. Resultados: a média de idade foi de 41,5 anos, a maioria é do sexo feminino e composta por trabalhadores do setor de educação; 41,9% indicam que o fechamento das fronteiras/comércio influenciou negativamente a renda e, para 17,7%, existe a possibilidade de desemprego. Para 89,0%, o número de pessoas adoecidas seria maior caso as fronteiras/comércio não tivessem sido fechadas; 63,7% indicam que os serviços de saúde não estão preparados para enfrentar a pandemia; 74,9% percebem que o Sistema Único de Saúde pode não ter capacidade de atendimento; 63,4% sinalizam ansiedade e 75,6% dos trabalhadores do comércio terão alterações na renda. Conclusão: o fechamento das fronteiras internacionais e do comércio relacionou-se à percepção de alterações físicas e mentais, perda de emprego e de renda.


Objetivo: analizar cómo el aislamiento social y el cierre de las fronteras afectan la salud y la economía en una región fronteriza internacional. Método: estudio descriptivo transversal desarrollado en el occidente de Paraná, Brasil, utilizando el cuestionario electrónico Formularios Google®. Se estudió una muestra de 2.510 personas. Se utilizó análisis estadístico descriptivo, prueba de chi-cuadrado con nivel de significancia del 5%. Encuesta de opinión pública, con participantes no identificados, que cumple con las Resoluciones 466/2012 y 510/2016. Resultados: el promedio de edad fue de 41,5 años, mayoritariamente mujeres y trabajadores del sector educativo; el 41,9% indicó que el cierre de las fronteras/comercio afectó negativamente los ingresos y que, para el 17,7%, existe la posibilidad de desempleo. Para 89,0%, el número de personas enfermas habría sido mayor si las fronteras/comercio no se hubieran cerrado; 63,7% indica que los servicios de salud no están preparados para enfrentar la pandemia; 74,9% percibe que el Sistema Único de Salud puede no ser capaz de brindar atención; 63,4% informó ansiedad; y 75,6% de los trabajadores del comercio tendrán cambios en los ingresos. Conclusión: el cierre de las fronteras internacionales y el comercio se relacionó con la percepción de cambios físicos y mentales, pérdida de empleo e ingresos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Ansiedade , Isolamento Social , Áreas de Fronteira , Adaptação Psicológica , Saúde Pública , Estudos Transversais , Análise Estatística , Inquéritos e Questionários , Infecções por Coronavirus , Afeto , Saúde na Fronteira , Economia , Pandemias , Serviços de Saúde , Categorias de Trabalhadores
5.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 29: e3433, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1280482

RESUMO

Objective: to build and validate a matrix for normative evaluation of the Integrated Health System of Borders. Method: a methodological study, composed by the construction of an evaluation matrix elaborated in three stages: elaboration of the logical model, containing the triad of structure, process and result; definition of evaluative questions and appearance and content validation of the matrix. Appearance and content validation were performed simultaneously by seven judges. For data collection, an online questionnaire and the Delphi technique were used and, for analysis, the Content Validity Index and Content Validity Ratio. Results: the evaluation matrix containing 24 questions was submitted to two evaluations for its appearance and content validation. In the first, the overall mean Content Validity Index was 99.40% and the Content Validity Ratio was 0.90. In the second, the Content Validity Index was 100% and the Content Validity Ratio, 1.0; there were no new proposals and the matrix was made up of 24 questions. The matrix was considered intelligible in terms of appearance validation. Conclusion: the evaluation matrix of the Integrated Health System of the Borders is validated in terms of appearance and content for analyzing the performance of public actions and policies in border regions.


Objetivo: construir e validar uma matriz para avaliação normativa do Sistema Integrado de Saúde das Fronteiras. Método: estudo metodológico, composto pela construção de uma matriz avaliativa elaborado em três etapas: elaboração do modelo lógico, contendo a tríade estrutura, processo e resultado; definição de questões avaliativas e validação aparente e de conteúdo da matriz. A validação aparente e de conteúdo foi realizada simultaneamente por sete juízes. Para a coleta de dados utilizou-se questionário on-line e a técnica Delphi, e para análise, o Índice de Validade de Conteúdo e Razão de Validade de Conteúdo. Resultados: a matriz de avaliação contendo 24 questões foi submetida a duas avaliações para a sua validação aparente e de conteúdo. Na primeira, o Índice de Validade de Conteúdo médio geral foi de 99,40% e a Razão de Validade de Conteúdo de 0,90. Na segunda, o Índice de Validade de Conteúdo foi de 100% e a Razão de Validade de Conteúdo de 1.0, não houve novas proposições e a matriz foi constituída de 24 questões. A matriz foi considerada inteligível quanto à validação de aparência. Conclusão: a matriz avaliativa do Sistema Integrado de Saúde das Fronteiras encontra-se validada quanto à aparência e conteúdo para análise do desempenho de ações e políticas públicas em regiões de fronteira.


Objetivo: construir y validar una matriz para evaluar la normativa del Sistema Integrado de Salud de las Fronteras. Método: estudio metodológico, compuesto por la construcción de una matriz de evaluación elaborado en tres etapas: elaboración del modelo lógico, que contiene tres componentes: estructura, proceso y resultado, definición de cuestiones evaluativas y validación de aspecto y de contenido de la matriz. Siete jueces realizaron la validación de aspecto y de contenido en forma simultánea. Para la recolección de datos se utilizó un cuestionario online y la técnica Delphi y, para el análisis, el Índice de Validez de Contenido y la Relación de Validez de Contenido. Resultados: se sometió la matriz de evaluación con 24 preguntas a dos evaluaciones para su validación de aspecto y de contenido. En la primera, el Índice de Validez de Contenido medio general fue del 99,40% y la Relación de Validez de Contenido fue de 0,90. En la segunda, el Índice de Validez de Contenido fue del 100% y la Relación de Validez de Contenido fue de 1,0; no hubo nuevas propuestas y la matriz quedó constituida por 24 preguntas. Se consideró la matriz inteligible respecto a la validación de aspecto. Conclusión: la matriz de evaluación del Sistema Integrado de Salud de las Fronteras se encuentra validada en cuanto a aspecto y contenido para el análisis del desempeño de acciones y políticas públicas en regiones de frontera.


Assuntos
Política Pública , Áreas de Fronteira , Sistemas de Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Inquéritos e Questionários , Estudo de Validação , Atenção à Saúde , Política de Saúde
6.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 55: e20200538, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1287897

RESUMO

ABSTRACT Objective: To analyze the spatiality of completeness of the Information System on Diseases of Compulsory Declaration of tuberculosis in Paraná state, focusing on the border region. Method: A study composed by the notified cases of the disease treated in Paraná between 2008 and 2017. The variable completeness was classified as excellent (<5% of incompleteness), good (5 to <10%), regular (10 to <20%), poor (20% to 50%), and very poor (>50%). Moran global was used for the spatial correlation and local association was analyzed. Logistic regression was employed to assess the spatial association of the variables with the border and, for the significant variables, multiple logistic regression was used. The study abides by the resolution 510/2016 of the National Health Council. Results: There was a "high-high" correlation for education level, 2- and 6-month sputum smear in the Eastern health macroregional and "high-high" correlation in the Northwestern macroregional for 2-month sputum smear and antibiotic sensitivity testing. There was no spatial association with the border. Conclusion: Unsatisfactory completeness was identified in the database and conglomerates, indicating spatial association of incompleteness of some variables, but with no relation with the border. There was no worsening of completeness nor of the case outcomes related to these regions.


RESUMEN Objetivo: Analizar espacialmente la completitud del Sistema de Información de Enfermedades Notificables relacionadas con la tuberculosis en el estado de Paraná, con foco en la región fronteriza. Método: Estudio compuesto por casos notificados de la enfermedad tratados en Paraná entre 2008-2017. La integridad de las variables se clasificó como excelente (<5% de incompletitud), buena (5 a <10%), regular (10 a <20%), mala (20 a 50%) y muy mala (>50%). Se utilizó Moran global para la correlación espacial y se analizó la asociación local. Se utilizó regresión logística para evaluar la asociación espacial de las variables con la frontera y, para las variables significativas, se realizó una regresión logística múltiple. El estudio cumple con la Resolución 510/2016 del Consejo Nacional de Salud. Resultados: Hubo una correlación "alta-alta" para educación, baciloscopia de 2º y 6º mes en la macrorregión de salud Este y correlación "alta-alta" en la macrorregión Noroeste para baciloscopia de 2º mes y prueba de sensibilidad a los antibióticos. No hubo asociación espacial con la frontera. Conclusión: Se identificó una completitud insatisfactoria en la base de datos y los conglomerados, lo que indica una asociación espacial de incompletitud en algunas variables, sin embargo, no relacionadas con la frontera. No hubo empeoramiento de la completitud o conclusión de los casos relacionados con estas regiones.


RESUMO Objetivo: Analisar espacialmente a completude do Sistema de Informações de Agravos de Notificação referentes à tuberculose no Paraná com foco na região de fronteira. Método: Estudo composto por casos notificados da doença tratados no Paraná entre 2008-2017. A completude das variáveis classificou-se em excelente (<5% de incompletude), boa (5 a <10%), regular (10 a <20%), ruim (20 a 50%) e muito ruim (>50%). Utilizou-se Moran global para correlação espacial e analisou-se associação local. Utilizou-se regressão logística para avaliar associação espacial das variáveis com a fronteira e, para as variáveis significativas, realizou-se regressão logística múltipla. O estudo atende à resolução 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde. Resultados: Houve correlação "alto-alto" para escolaridade, baciloscopia de 2º e 6º mês na macrorregional Leste de saúde e correlação "alto-alto" na macrorregional Noroeste para baciloscopia de 2º mês e teste de sensibilidade aos antimicrobianos. Não houve associação espacial com a fronteira. Conclusão: Identificou-se completude insatisfatória no banco de dados e conglomerados, indicando associação espacial da incompletude de algumas variáveis, porém, sem relação com a fronteira. Não houve piora da completude ou do encerramento dos casos relacionado a essas regiões.


Assuntos
Enfermagem em Saúde Pública , Tuberculose , Vigilância em Saúde Pública , Áreas de Fronteira , Notificação de Doenças , Sistemas de Informação em Saúde
7.
Saúde Soc ; 30(2): e200333, 2021.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1252197

RESUMO

Resumen En el siguiente artículo indagamos problemáticas de salud/enfermedad a partir de la experiencia de sujetos que habitan barrios periurbanos de la ciudad de Paraná (Entre Ríos, Argentina). A partir de una etnografía colaborativa durante los años 2017-2018 -que incluyó entrevistas en profundidad, registros audiovisuales e investigación-acción a vecinos de barrios periurbanos de la ciudad de Paraná, visita a Centros de Salud, entrevistas a profesionales y personal administrativo de los mismos, como de algunas Organizaciones que trabajan en promoción de la salud y prevención de dolencias y/o agravios - se indagan los procesos de determinación social de la salud-enfermedad-muerte en territorios vulnerables. A partir de cierta reconstrucción, profundizamos fundamentalmente en las consecuencias y dinámicas que encarna en la vida de quienes habitan el territorio la existencia de un basural a cielo abierto, el cual resulta epicentro para abordar problemáticas sanitarias. Ahondar en las determinaciones, supone un recorrido por situaciones socio-históricas, políticas y culturales de este territorio que hacen mella en las corporalidades, en los modos de comprender los procesos de salud/enfermedad y vivenciarlos.


Abstract In the following article we investigate health/illness problems from the experience of subjects who live in peri-urban neighborhoods in Paraná city (Entre Ríos, Argentina). Based on a collaborative ethnography during the years 2017-2018 - which included in-depth interviews, audiovisual recordings and action-research with residents of peri-urban neighborhoods of Paraná city, visits to Health Centers, interviews with professionals and administrative staff, as well as with some Organizations that work in health promotion and prevention of illnesses and/or grievances- the processes of social determination of health-illness-death in vulnerable territories are investigated. Based on a reconstruction, we fundamentally delve into the consequences and dynamics that the existence of an open-air dump embodies in the lives of those who inhabit the territory, which is the epicenter for addressing various sanitary situations. Deepening in the determinations involves a journey through socio-historical, political and cultural situations of this territory that make an impression on the corporalities and in the ways of understanding the processes of health / illness and experiencing them.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política Pública , Áreas de Fronteira , Processo Saúde-Doença , Vulnerabilidade a Desastres , Promoção da Saúde , Antropologia Cultural
8.
REME rev. min. enferm ; 25: [e:1361], 2021. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1287725

RESUMO

RESUMO Objetivo: analisar a prevalência da violência por parceiro íntimo contra mulheres e seus fatores associados. Método: estudo descritivo e transversal, quantitativo, com mulheres usuárias das unidades básicas de saúde de Foz do Iguaçu, análise realizada por meio de testes qui-quadrado de Mantel-Haenszel nos fatores de risco e proteção baseados na OddsRatio (OR). Resultados: foram realizadas 565 entrevistas com mulheres usuárias das unidades de saúde da família na atenção básica do município. A maior prevalência foi de violência psicológica (51,3%), seguida da física (36,5%) e sexual (22,8%). Com base nos dados, os maiores fatores de risco para a violência foram: idade; alto nível de escolaridade; estado civil divorciado; uso de drogas e antecedentes familiares de violência na família do parceiro; e temperamento do parceiro. Conclusão: conhecer os fatores associados ao agravo ajuda em sua identificação e melhor manejo na Estratégia Saúde da Família (ESF), bem como contribui para que o município estabeleça ações de educação continuada para profissionais do ESF, a fim de sensibilizar para uma abordagem da violência no cotidiano desses serviços.


RESUMEN Objetivo: analizar la prevalencia de violencia de pareja contra la mujer y sus factores asociados. Método: estudio descriptivo, transversal, cuantitativo con mujeres de unidades básicas de salud en Foz do Iguaçu, análisis realizado mediante pruebas de chi-cuadrado de Mantel-Haenszel sobre factores de riesgo y protección basados en OR (OddsRatio). Resultados: se realizaron 565 entrevistas a mujeres usuarias de unidades de salud familiar en atención primaria de la ciudad. La mayor prevalencia fue de violencia psicológica (51,3%), seguida de física (36,5%) y sexual (22,8%). Según los datos, los mayores factores de riesgo de violencia fueron: edad; alto nivel de educación; estado civil divorciado; uso de drogas y antecedentes familiares de violencia en la familia de la pareja; y temperamento de pareja. Conclusión: conocer los factores asociados a la enfermedad ayuda en su identificación y mejor manejo en la Estrategia de Salud de la Familia (ESF), así como también ayuda al municipio a establecer acciones de educación continua para los profesionales de ESF, con el fin de sensibilizar sobre un abordaje de la violencia en la vida diaria de estos servicios.


ABSTRACT Objective: to analyze the prevalence of intimate partner violence against women and its associated factors. Method: a descriptive, cross-sectional and quantitative study, conducted with women who are users of the Foz do Iguaçu Basic Health Units. Analysis was performed using Mantel-Haenszel chi-square tests in the risk and protection factors based on Odds Ratio (OR). Results: a total of 565 interviews were conducted with women who use Family Health Units in the primary care network of the municipality. The highest prevalence was that of psychological violence (51.3%), followed by physical (36.5%) and sexual (22.8%). Based on the data, the highest risk factors for violence were as follows: high schooling level; marital status: divorced; drug abuse and family history of violence in the partner's family; and partner's temper. Conclusion: knowing the factors associated with the problem helps in its identification and improves the management in the Family Health Strategy (Estratégia Saúde da Família - ESF), as well as it contributes so that the municipality establishes continuing education actions for ESF professionals, in order to raise awareness for an approach to violence in the routine of these services.


Assuntos
Humanos , Feminino , Áreas de Fronteira , Saúde da Mulher , Violência Doméstica , Violência por Parceiro Íntimo , Atenção Primária à Saúde , Saúde da Família , Fatores de Risco
9.
Rev. Saúde Pública Paraná (Online) ; 3(supl. 1): 250-265, dez. 11, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SESA-PR | ID: biblio-1151326

RESUMO

Em virtude da atual crise sociossanitária decorrente da nova manifestação do coronavírus, este relato de experiência buscou descrever a inserção do profissional sanitarista no Departamento de Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu/PR, no âmbito da prevenção e combate à Covid-19 em território brasileiro de tríplice- fronteira (Argentina-Brasil-Paraguai). O trabalho privilegiou o diálogo entre a prática profissional e a formação acadêmica na modalidade de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, buscando destacar as potencialidades da aprendizagem no trabalho através da perspectiva do cuidado integral à saúde nos diferentes ciclos da vida familiar. O sanitarista possui um perfil de atuação que visa o fortalecimento do Sistema Único de Saúde na atual conjuntura sociossanitária, estando altamente capacitado para lidar com questões relativas à vigilância em saúde, gestão das redes de cuidado, comunicação e educação em saúde e análise e planejamento situacional. (AU)


In view of the current sociosanitarian crisis caused by the new manifestation of the coronavirus, this experience report sought to describe the insertion of hygienist in the Department of Epidemiological Surveillance in Foz do Iguaçu/PR, in the scope of the prevention and fight against Covid-19 in a Brazilian triple-border municipality. This work privileged the dialogue between professional practice and academic training in the modality of Multiprofessional Residency in Family Health, seeking to highlight the potential of learning at work through the perspective of comprehensive health care in the different cycles of family life. The hygienist has a profile of action that aims to strengthen the Unified Health System in the current socio-health situation, being highly qualified to deal with issues related to health surveillance, management of healthcare networks, health communication and education and analysis and situational planning tasks. (AU)


Assuntos
Prática Profissional , Áreas de Fronteira , Vigilância Sanitária , Saúde da Família , Infecções por Coronavirus , Assistência Integral à Saúde
10.
Rev. Saúde Pública Paraná (Online) ; 3(supl. 1): 266-275, dez. 11, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SESA-PR | ID: biblio-1151328

RESUMO

As intervenções não farmacológicas são medidas de Saúde Pública que visam reduzir a transmissão de determinada doença. Em Foz do Iguaçu, fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, a medida foi implementada como barreiras sanitárias objetivando identificar cidadãos sintomáticos respiratórios suspeitos de infecção por Covid-19. Realizou-se a implementação de 17 barreiras sanitárias em pontos estratégicos do município. O processo de monitoramento transcorreu a partir da elaboração de um formulário na ferramenta gratuita Epicollect5, tendo como resultado final o Painel de Monitoramento das Barreiras Sanitárias elaborado na plataforma Google Data Studio. Os resultados foram o aprimoramento da gestão na utilização de ferramentas livres de informação, a identificação dos casos sintomáticos no ato da abordagem nas barreiras sanitárias e a observação do fluxo transfronteiriço nesta região. Conclui-se que a estratégia de implementação e monitoramento das barreiras sanitárias utilizada é qualificada para sistematização e análise das informações em ferramentas livres de análise de dados. (AU)


The non-pharmaceutical interventions are public health measures that aim to reduce disease transmission. At Foz do Iguaçu, border city between Brazil, Paraguay, and Argentina, were implemented community measures as NPIs that aim to identify people with respiratory diseases symptoms suspected of coronavirus infection. Seventeen community measures were implemented in city strategic points. The monitoring process was carried out after data collection with a form created in the free tool Epicollect5, resulting in a Community Measure Monitoring Report developed in the Google Data Studio platform. The results were the management improvement in the use of information free tools, symptomatic cases identification in the inquiry and the cross-border flow observation in this region. In conclusion, implementation and monitoring strategies used are qualified to data analysis and systematization community measures data using free tools for data analysis. (AU)


Assuntos
Humanos , Áreas de Fronteira , Estratégias de Saúde , Infecções por Coronavirus , Monitoramento
11.
Washington; Organización Panamericana de la Salud; ago 25, 2020. 11 p. ilus.
Não convencional em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1117907

RESUMO

El Programa Subregional para América del Sur (SAM) representa la visión estratégica de la OPS/OMS a mediano plazo para la subregión sudamericana. El Programa apoya las prioridades subregionales en materia de salud y busca armonizar el trabajo de OPS/OMS con los mecanismos de integración, particularmente con el Mercado Común del Sur (MERCOSUR), el Organismo Andino de Salud - Convenio Hipólito Unanue (ORAS-CONHU), la Organización del Tratado de Cooperación Amazónica (OTCA), PROSUR, Alianza del Pacífico y otros socios.


Assuntos
Humanos , Administração de Recursos Humanos , Sistemas de Saúde/organização & administração , Controle de Doenças Transmissíveis , Saúde de Populações Indígenas , Pandemias/prevenção & controle , Doenças não Transmissíveis/prevenção & controle , Organização Pan-Americana da Saúde , Pneumonia Viral/epidemiologia , Áreas de Fronteira , Mudança Climática , Infecções por Coronavirus/epidemiologia , Mercosul , Betacoronavirus , América Latina
12.
Brasília; IPEA; 20200500. 60 p. ilus.(Nota Técnica / IPEA. Dirur, 16).
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1102189

RESUMO

Esta nota técnica (NT) tem como objetivo analisar a trajetória da pandemia após cruzar as fronteiras do território brasileiro, avaliar as medidas adotadas para sua contenção e encaminhar sugestões. Este estudo terá como grande questão norteadora responder de que forma o Brasil se preparou para enfrentar esse evento global, tendo exemplos de medidas empreendidas por países que já enfrentavam a então epidemia do Sars-COV-2, e que ações desencadeou, com particular atenção ao papel de suas fronteiras. Nesse sentido, serão destacadas as principais medidas adotadas e apontadas aquelas que necessitam de uma maior adequação à realidade local e regional na fronteira brasileira, diante da propagação exponencial do vírus no país. Para tanto, serão consideradas informações sistematizadas pelo Ministério da Saúde (MS), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em suas análises sobre o processo e na orientação das medidas a serem tomadas em relação ao que se pode chamar de a grande crise humanitária desde o início deste século.


Assuntos
Áreas de Fronteira , Sistema Único de Saúde , Infecções por Coronavirus , Coronavirus , Pandemias
13.
Pensar Prát. (Online) ; 2317/04/2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1141592

RESUMO

Objetivamos problematizar as relações de conflito e poder durante as situações de brincadeiras com aspectos étnicos na região de fronteira Brasil-Bolívia. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa, a entrevista e a observação, utilizadas para coletar dados, foram realizadas com crianças de três escolas brasileiras e a análise pela Sociologia Figuracional das obras O Processo Civilizador e Os Estabelecidos e os Outsiders . Durante as brincadeiras nos intervalos escolares emergem conflitos relacionais de origem étnica (Collas e Cambas), tais características expressam uma relação de poder entre as crianças descendentes de bolivianos que estudam em Corumbá/MS/Brasil e o legado da colonização espanhola ainda não resolvido.


Our objective is to analyze conflict and power relationships during playful situations with ethnic aspects in the border region between Brazil and Bolivia. A qualitative research to collect data was done interviewing and observing children from three Brazilian schools. The analysis used in this process was the Figurational Sociology of the works The Civilizing Process and The Established and the Outsiders. Relational conflicts, ethnic in origin (Collas and Cambas), emerge during play time in recess, such characteristics express a power relation among Bolivian-descent children who study in Corumbá, MS, Brazil, and the Spanish colonization legacy which has not yet been resolved.


El objetivo es problematizar las relaciones de conflicto y poder dadas en ámbitos recreativos, que surgen de aspectos étnicos de la región en la frontera Brasil-Bolivia. La investigación es cualitativa. La entrevista y la observación se utilizaron para recolectar datos, realizadas con niños de tres escuelas brasileñas. El análisis es por la Sociología Figuracional, de las obras El Proceso Civilizador y Los Establecidos y The Outsiders. Durante los juegos en los recreos escolares, surgen conflictos relacionales de origen étnico (Collas y Cambas), de ésto surge una relación de poder entre los niños descendientes de bolivianos que estudian en Corumbá/MS/Brasil y el legado de la colonización española, todavía no resuelto.


Assuntos
Humanos , Criança , Jogos e Brinquedos , Instituições Acadêmicas , Áreas de Fronteira , Violência Étnica , Sociologia
15.
Saúde Soc ; 29(2): e180196, 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1099342

RESUMO

Resumo Este artigo objetivou analisar o tratamento dado ao tema da saúde em região de fronteira no âmbito do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Para isso, realizou-se uma pesquisa documental em arquivos disponíveis nos sítios eletrônicos dessas instituições. Os dados foram tratados com base na técnica de análise de conteúdo. No Mercosul, o tema é abordado em várias reuniões do Subgrupo de Trabalho da Saúde, com a proposta, inclusive, de criação de um consórcio Mercosul-Saúde, que não se efetivou. O que avançou foram propostas relativas à harmonização de normas gerais de vigilância sanitária e epidemiológica. A recente criação do Subgrupo de Trabalho Integração Fronteiriça 18 gera novas perspectivas sobre os processos de transfronteirização. Na Unasul, observa-se uma visão mais solidária sobre o tema da saúde em região de fronteira, tendo como ponto de partida a garantia do direito à saúde aos residentes nesses territórios. Pode-se concluir que ambas as instituições assumiram importante papel no desenvolvimento e no processo de integração da região. Em contraponto, a integração social aparece de forma incipiente. Cabe aos cidadãos sul-americanos, em especial aos fronteiriços, o desafio de reconhecerem-se como parte integrante desses organismos e lutarem pelo reconhecimento do direito à saúde como direito humano fundamental.


Abstract This article analyzed the treatment given to the subject of health in the border area concerning Mercosur and Unasur. For such, a documentary research was performed in archives available in the electronic websites of these institutions with the keywords "health" and "border". The data were analyzed using content analysis. In Mercosur, the subject is addressed in several meetings of the Subgroup on Health Work with the proposal of creating a Mercosur-Health consortium, which did not take effect. What it has advanced are proposals for the harmonization of general standards for health and epidemiological surveillance at borders. The recent creation of the Border Integration Working Subgroup 18 points to a greater concern with cross-translational processes. In Unasur, a more sympathetic view on the health issue in border area is observed, starting from the guarantee of the right to health to residents in these territories. Both institutions are shown to have played an important role in the development and integration process of the area. In contrast, social integration appears in an incipient manner. It is the responsibility of South American citizens, especially the border people, to recognize themselves as an integral part of these organizations and to fight for the recognition of the right to health as a fundamental human right.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Áreas de Fronteira , Vigilância Sanitária , Direito Sanitário , Saúde na Fronteira , Mercosul , Monitoramento Epidemiológico , União de Nações Sul-Americanas
16.
Bol. Reg. Urbano Ambient ; (24): 39-46, 2020.
Artigo em Português | Coleciona SUS, ECOS | ID: biblio-1290450

RESUMO

Este artigo resgata, de forma incipiente, algumas consequências da falta de articulação dos países amazônicos no de suas fronteiras terrestres e na adoção das medidas de restrição da circulação e da mobilidade transfronteiriça, em função da emergência sanitária mundial instaurada.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Liberdade de Circulação , Pandemias , Áreas de Fronteira
17.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 15(3): 1-9, jul.-set. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1058925

RESUMO

OBJETIVO: identificar a associação entre o consumo de drogas e álcool e a participação em violência de adolescentes da tríplice fronteira, de três municípios/países: Brasil, Paraguai e Argentina. MÉTODO: estudo descritivo transversal com 2788 adolescentes estudantes, com amostragem aleatória. RESULTADOS: consumo elevado de tabaco e álcool nos três municípios/países. As meninas consomem mais álcool, adolescentes argentinos consomem mais drogas. Os paraguaios como vítimas tem maiores chances para o consumo de álcool e drogas, os brasileiros como vítimas e vítimas/agressores tendem para o consumo de bebidas alcoólicas. CONCLUSÃO: a exposição à violência entre os adolescentes é alta quando é associada ao uso de álcool. Há a necessidade de intervenções como prevenção e educação em saúde nas escolas de uma região trinacional.


OBJECTIVE: to identify the association between consumption of drugs and alcohol and the violence amongst teenagers of the frontier of Brazil, Paraguay and Argentina. METHOD: cross-sectional descriptive study, with 2788 students teenagers, with random sampling. RESULTS: The heightened consumption of tobacco and alcohol in the three mentioned cities/countries. Girls consume more alcohol. Argentinian teenagers consume more drugs. Paraguayans as victims have increased chances of consumption of alcohol and drugs, and, brazilians as victims and victims/aggressors by consumption of alcohol. CONCLUSION: that the exposition of violence between teenagers is high, and is associated with the use of alcohol. Interventions such as prevention and health education in schools of a tri-national frontier region are needed.


OBJETIVO: identificar la asociación entre el consumo de drogas y alcohol y la participación en violencia de adolescentes de tres municipios/ países: Brasil, Paraguay y Argentina. MÉTODO: Estudio descriptivo transversal con 2788 adolescentes, con muestreo aleatorio. RESULTADOS: consumo elevado de tabaco y alcohol en los tres municipios/países. Las niñas consumen más alcohol, los adolescentes argentinos consumen más drogas. Los paraguayos como víctimas tienen más posibilidades para el consumo de alcohol y drogas, los brasileños como víctimas y víctimas/agresores propenden para el consumo de bebidas alcohólicas. CONCLUSIÓN: Altos índices de violencia asociados al uso de alcohol. Hay la necesidad de intervenciones como prevención y educación en salud en las escuelas de una región trinacional.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Violência , Áreas de Fronteira , Consumo de Bebidas Alcoólicas , Drogas Ilícitas , Alcoolismo , Comportamento de Procura de Droga , Exposição à Violência
18.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [20], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024453

RESUMO

Objetivo: conhecer os rituais de consumo de Cannabis Sativa por usuários em uma cidade brasileira que faz fronteira com o Uruguai. Método: estudo qualitativo, exploratório e descritivo. Os dados foram coletados com 11 usuários de Cannabis Sativa por meio de entrevista semiestruturada, em outubro de 2016 e submetidos a Análise de Conteúdo. Resultados: os rituais de consumo revelam-se influenciados por elementos socioculturais, econômicos e políticos, potencializados pelas políticas divergentes referentes ao consumo de Cannabis desses países. Estes rituais perpassam a aquisição, periodicidade, quantidade, métodos, locais, socialização e sensações experienciadas pelos usuários. Conclusão: os rituais estão atrelados às características do usuário, grupos sociais e do território. Destaca-se as influências conflitantes das políticas públicas existentes entre os dois países, marcadas pela regulamentação da Cannabis no Uruguai, o que fomenta mudanças que estão, continuamente, acontecendo nos rituais de consumo, sendo necessário acompanhar as transformações sociais neste espaço.


Aim: to know the rituals of consumption of Cannabis Sativa by users in a Brazilian city bordering Uruguay. Method: qualitative, exploratory and descriptive study. The data were collected with 11 users of Cannabis Sativa through semi structured interview, in October 2016 and submitted to Content Analysis. Results: consumption rituals are influenced by sociocultural, economic and political elements, potentialized by the divergent policies regarding cannabis consumption in these countries. These rituals pervade the acquisition, periodicity, quantity, methods, places, socialization and sensations experienced by the users. Conclusion: rituals are linked to the characteristics of the user, social groups and territory. The conflicting influences of the public policies existing between the two countries, marked by the regulation of Cannabis in Uruguay, are highlighted, which foments changes that are continually happening in the rituals of consumption. Hence, it is necessary to accompany the social transformations in this space.


Objetivo: conocer los rituales del consumo de Cannabis Sativa de los usuarios en una ciudad brasileña que limita con Uruguay. Método: estudio cualitativo, exploratorio y descriptivo. Los datos fueron recolectados con 11 usuarios de Cannabis Sativa por medio de entrevista semiestructurada, en octubre de 2016 y sometidos a Análisis de Contenido. Resultados: los rituales se revelan influenciados por elementos socioculturales, económicos y políticos, potenciados por las políticas divergentes referentes al consumo de Cannabis de esos países. Esos rituales están relacionados a la adquisición, periodicidad, cantidad, métodos, locales, socialización y sensaciones experimentadas por los usuarios. Conclusión: los rituales están vinculados a las características del usuario, de los grupos sociales y del territorio. Se destacan las influencias conflictivas de las políticas públicas existentes entre los dos países señaladas por la reglamentación del Cannabis en Uruguay, lo que alienta cambios que están continuamente sucediendo en los rituales, siendo necesario acompañar las transformaciones sociales en este espacio.


Assuntos
Humanos , Áreas de Fronteira , Cannabis , Drogas Ilícitas , Comportamento Ritualístico
19.
Rev. Saúde Pública Paraná (Online) ; 2(1): 13-20, jul. 2019.
Artigo em Português | Coleciona SUS, CONASS, SESA-PR | ID: biblio-1129020

RESUMO

O acesso a serviços de saúde geograficamente limitados pela fronteira entre três países faz com que a busca por cuidados de brasileiros residentes no Paraguai ou na Argentina seja um desafio. O objetivo do estudo foi descrever como ocorre o acesso na atenção primária à saúde de brasileiros não residentes no país. Pesquisa qualitativa, exploratória, do tipo estudo de caso, utilizando-se o referencial do materialismo histórico. A coleta de dados foi realizada por meio de treze entrevistas semiestruturadas com usuários da atenção primária do município de Foz do Iguaçu e a análise dos dados foi temática. Os resultados indicam facilidade no acesso e limitada progressão na rede de cuidados. Mudanças no processo de trabalho necessitam ocorrer para que as linhas de cuidado não sejam interrompidas ou haja barreiras que impeçam o encontro do usuário com o seu cuidado de saúde. (AU)


Access to geographically limited health services due to the border of three countries makes the search for care by Brazilians residing in Paraguay or Argentina a challenge. The objective of this study was to describe how access occurs in the primary health care of non-resident Brazilians. This is a qualitative, exploratory case study, using the reference of historical materialism. Data collection was performed through thirteen semistructured interviews with users of primary care in the city of Foz do Iguaçu, and data analysis was thematic. The results indicate ease of access, and limited progression in the care network. Changes in the work process need to occur so that care lines are not interrupted or nor no barriers appear to prevent the user from finding his or her health care.(AU)


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Áreas de Fronteira , Pesquisa Qualitativa , Serviços de Saúde
20.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 23(2): 89-95, maio-ago. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-996686

RESUMO

O objetivo deste estudo foi comparar o conhecimento prévio e a assimilação das informações sobre giardíase pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Foz do Iguaçu após intervenção educativa. Trata-se de um estudo comparativo de abordagem quantitativa com 55 ACS, do distrito sanitário Norte de Foz do Iguaçu. Foi utilizado um questionário contendo 10 questões fechadas sobre a giardíase que foi aplicado em dois momentos sequenciais da pesquisa. Inicialmente, foi aplicado um questionário para a avaliação do conhecimento prévio dos ACS sobre a giardíase. Em seguida, foi ministrada uma palestra sobre a doença para esse público e, aplicado novamente o questionário para a avaliação da assimilação das informações sobre a giardíase. Os dados coletados foram analisados pelo programa BioEstat 5.0® e utilizado o teste de Poisson, com significância de 5%. Foram identificadas fragilidades no conhecimento dos ACS na avaliação prévia para as variáveis investigadas (p<0,05). Após a intervenção educativa, observou-se aumento na média de acertos em todas as variáveis estudadas (p<0,05). A intervenção educativa favorece conhecimento aos ACS, possibilitando mudança no panorama da giardíase e, consequentemente melhora na qualidade de saúde da população.


The objective of this study was to compare the prior knowledge and assimilation of information regarding giardiasis by the Health Community Agents (HCA) from Foz do Iguaçu after educational intervention. This is a comparative study of the quantitative approach using 55 HCA from the northern health district in Foz do Iguaçu. A questionnaire containing 10 yes-or-no questions about giardiasis that was applied in two sequential moments of the research. Initially, a questionnaire was applied for assessing the HCA's prior knowledge regarding giardiasis. Then, the subjects attended a lecture on the disease and then, the questionnaire was applied again for assessing the assimilation of information on giardiasis. The data collected were analyzed using BioEstat 5.0® and the Poisson test with 5% significance. Weak points in the knowledge of the HCA were identified in the previous assessment for the investigated variables (p<0.05). After the educational intervention, there was an increase in the average number of correct answers in all variables studied (p<0.05). The educational intervention favors the retention of knowledge by the HCA, allowing a change in the panorama of giardiasis and, consequently, an improvement in the health quality of the population.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Áreas de Fronteira , Giardíase/prevenção & controle , Agentes Comunitários de Saúde/educação , Doenças Parasitárias/prevenção & controle , Atenção Primária à Saúde , Poluição da Água/prevenção & controle , Higiene/educação , Saneamento Básico/prevenção & controle , Aula , Diarreia/parasitologia , Coliformes/análise , Saúde da População
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...