Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 90
Filtrar
1.
Más Vita ; 4(1): 31-40, mar. 2022.
Artigo em Espanhol | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1372052

RESUMO

La voz es un elemento particular de los primeros años de vida en el sujeto debido a que es una de las formas de manifestar su necesidad, un deseo, u otro, por lo cual se adopta como una herramienta que se vincula a los procesos anímicos; puede ser una forma de ver síntomas o malestares que el paciente no quiere ni confesarse, ni confesar en una consulta. Objetivo: Comprender la manifestación del malestar a través de la voz del sujeto y la forma subjetiva del saber hacer con el conflicto, que apertura la importancia de la voz en el proceso psicoterapéutico. Materiales y métodos: Se enmarcó en un paradigma fenomenológico, es una investigación de campo con enfoque cualitativo mediante un estudio de caso. Resultados: A partir de este estudio se pudo determinar que el malestar incide en la voz del sujeto cuando no puede ser expresado con anterioridad, por tanto, la voz es una forma de expresión inconsciente que en ocasiones no es percibida por el sujeto que manifiesta un malestar. Conclusiones: El fenómeno de la voz está presente en los sujetos que formaron parte de esta investigación, pero cada uno de ellos lo formula de manera distinta, haciendo del malestar un saber hacer individual; por medio de la voz se manifiestan los silencios, el grito, el llanto y variadas formas orales que indican que hay asuntos pendientes, reflejando el conflicto que tiene el individuo con lo que está refiriendo, así deja huellas fonéticas en todo lo que nos relata(AU)


The voice is a particular element of the first years of life in the subject due to which is one of the ways to express their need, a desire, or another, for which it is adopted as a tool that is linked to psychic processes; it may be a way of seeing symptoms or discomforts that the patient does not want to confess or confess in a consultation. Objective:Understand the manifestation of discomfort through the voice of the subject and the subjective form of knowing how to deal with conflict, which opens up the importance of the voice in the psychotherapeutic process. Materials and methods:It was framed in a phenomenological paradigm, it is an investigation of field with a qualitative approach through a case study. Results:From this study it was possible to determine that discomfort affects the voice of the subject when it cannot be expressed with previously, therefore, the voice is a form of unconscious expression that sometimes is not perceived by the subject who manifests discomfort. Conclusions:The phenomenon of the voice is present in the subjects who were part of this investigation, but each one of them formulates it in a different way, making discomfort an individual know-how; through the voice silences, screaming, crying and various oral forms that indicate thatthere are issues pending, reflecting the conflict that the individual has with what he is referring to, thus leaving traces phonetics in everything he tells us(AU)


Assuntos
Regressão Psicológica , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Consultórios Médicos , Afeto , Ajustamento Emocional , Psicologia Clínica , Sinais e Sintomas , Voz , Fonética
2.
Porto Alegre; Rede Unida; 20210702. 260 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1347996

RESUMO

O terceiro volume de nossa Série Pensamento Negro Descolonial, "Redes Intelectuais: epistemologias e metodologias negras, descoloniais e antirracistas", intensifica um princípio suleador às atividades do Núcleo de Estudos e Pesquisas E'léékò, assim como a ideia contemporânea de pensamento amefricano, em sua circulação: a ideia de rede ou, particularmente, a ideia de redes intelectuais. Dentro do que temos buscado em nossas construções de redes intelectuais amefricanas, publicações como a presente Série oferecem condições para compreender um pouco da potência dessas redes intelectuais produzidas entre Brasil e Améfrica Ladina, entre nosotros y nuestros Otros, considerando o que tem sido proposto como novos problemas modelares em nossa comunidade científica: Com que parcerias trabalhamos? Com quem aprendemos e construímos? Quem citamos e compartilhamos? Como intensificamos, melhoramos nossos modos de compartilhar conhecimentos amefricanos? E, ­ pergunta rediviva, em nosso ofício ­ para que(m) servem? Cada capítulo deste volume, em perspectiva transdisciplinar, trata a esta pergunta, necessária, desde um lugar de enunciação onde somos sujeitas/os cognoscentes e onde percebemos a quens investigamos, com quens aprendemos, desde quens observamos o mundo e, nos mostramos agentes sobre ele; desde um lugar de enunciação no qual as/os concebemos, igualmente, como sujeitas/os cognoscentes. Nosso volume, ora em anunciação, diz respeito, o tempo todo, em cada capítulo, a um fazer-ciência desde sujeitas/os amefricanas/os, em uma construção contra-hegemônica sobre os modos de produzir conhecimento.


Assuntos
Humanos , Negros , Características do Estudo , Racismo , Fatores Raciais , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Colonialismo
3.
Porto Alegre; Rede Unida; 20210702. 260 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1348436

RESUMO

O terceiro volume de nossa Série Pensamento Negro Descolonial, "Redes Intelectuais: epistemologias e metodologias negras, descoloniais e antirracistas", intensifica um princípio suleador às atividades do Núcleo de Estudos e Pesquisas E'léékò, assim como a ideia contemporânea de pensamento amefricano, em sua circulação: a ideia de rede ou, particularmente, a ideia de redes intelectuais. Dentro do que temos buscado em nossas construções de redes intelectuais amefricanas, publicações como a presente Série oferecem condições para compreender um pouco da potência dessas redes intelectuais produzidas entre Brasil e Améfrica Ladina, entre nosotros y nuestros Otros, considerando o que tem sido proposto como novos problemas modelares em nossa comunidade científica: Com que parcerias trabalhamos? Com quem aprendemos e construímos? Quem citamos e compartilhamos? Como intensificamos, melhoramos nossos modos de compartilhar conhecimentos amefricanos? E, ­ pergunta rediviva, em nosso ofício ­ para que(m) servem? Cada capítulo deste volume, em perspectiva transdisciplinar, trata a esta pergunta, necessária, desde um lugar de enunciação onde somos sujeitas/os cognoscentes e onde percebemos a quens investigamos, com quens aprendemos, desde quens observamos o mundo e, nos mostramos agentes sobre ele; desde um lugar de enunciação no qual as/os concebemos, igualmente, como sujeitas/os cognoscentes. Nosso volume, ora em anunciação, diz respeito, o tempo todo, em cada capítulo, a um fazer-ciência desde sujeitas/os amefricanas/os, em uma construção contra-hegemônica sobre os modos de produzir conhecimento.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Colonialismo , Características do Estudo , Fatores Raciais , Negros , Racismo
4.
Rev. crim ; 63(1): 91-104, 20/04/2021.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1251667

RESUMO

Resumen Con base en la premisa teórica de que tanto el aumento de la inseguridad ciudadana, y de la violencia en general, como la ineficiente reacción institucional formal para regular las conductas sociales, tuvieron un efecto en la estructura de socialización e interacción individual del venezolano, el presente estudio hace un análisis comparativo generacional entre sujetos de vida violenta. Se expone la manera como la violencia se ha convertido en un valor de socialización y moralización para estos sujetos, quienes han centralizado la misma como un valor de vida para la interacción cotidiana con los demás individuos e instituciones. Al emplear una metodología cualitativa, a través de historias de vida, entrevistas a profundidad y revisión documental, los hallazgos permiten concluir que, como consecuencia de una socialización primaria y secundaria precaria (caracterizada por el establecimiento de vínculos débiles, en el plano afectivo y moral, con figuras como los padres, la familia, la sociedad, las instituciones y la autoridad), para el sujeto de vida violenta de la nueva generación la violencia pasó a ser un valor central, moralizado y legitimado. Estos sujetos tienen una mayor propensión a la violencia, la cual se configura no solo como su modo de vida, sino también como su rol principal para las relaciones con los demás y con las estructuras sociales.


Abstract Based on the theoretical premise that both an increase in citizen insecurity and general violence, as well as inefficient formal reactions by institutions regulating social conducts, affected Venezuelans' social and individual interaction structures, this study performs a generational comparative analysis between subjects with violent lives. The study shows how violence has become a value of social interaction and moralization for these subjects, who have centralized violence as a life value for daily interactions with other individuals and institutions. By using a qualitative methodology through life stories, in-depth interviews and documentary review, the findings allow concluding that, as a consequence of primary and secondary unstable social interaction (characterized by establishing weak emotional and moral bonds with figures, such as parents, family, society, institutions and authorities), violence became a central, moralized and legitimized value for subjects with violent lives in the new generation. These subjects are more likely to have a violent behavior, which is demonstrated not just by their ways of life, but in the main role violence plays in their relationships with others and social structures.


Resumo Partindo da premissa teórica de que tanto o aumento da insegurança cidadã e da violência em geral, quanto a ineficiente atuação institucional formal para regular os comportamentos sociais, tiveram um efeito na estrutura de socialização e interação individual dos sujeitos venezuelanos, este estudo faz uma análise comparativa geracional entre sujeitos de vida violenta. Expõe-se a forma como a violência se tornou um valor de socialização e moralização para esses sujeitos, que a centralizaram como um valor de vida para a interação cotidiana com outros indivíduos e instituições. Adotando uma metodologia qualitativa, por meio de histórias de vida, entrevistas em profundidade e revisão documental, os resultados permitem concluir que, em decorrência de uma precária socialização primária e secundária (caracterizada pelo estabelecimento de laços fracos, no plano afetivo e moral, com figuras como pais, família, sociedade, instituições e autoridade), para o sujeito da vida violenta da nova geração, a violência tornou-se um valor central, moralizado e legitimado. Esses sujeitos apresentam maior propensão à violência, que se configura não apenas como seu modo de vida, mas também como seu principal papel nas relações com os outros e com as estruturas sociais.


Assuntos
Humanos , Masculino , Personalidade , Violência , Desenvolvimento Moral , Socialização , Venezuela , Comportamento e Mecanismos Comportamentais
5.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1287495

RESUMO

ABSTRACT Objective: To provide an overview of the most relevant studies on non-pharmacological behaviour management techniques for contemporary children, the so-called alpha generation, who undergo dental treatment. Material and Methods: A systematic search was performed on the Medline/PubMed and Google Scholar (grey literature) databases. The articles were read and data collected by two reviewers on an independent basis. Two reviewers collected data from the studies selected in tables structured by using the Rayyan QCRI software. The following data were extracted: year of study, child's age, child's gender, technique used. Results: A total of 322 articles were found, remaining only 17 after duplicates were removed and inclusion and exclusion criteria applied. The studies were conducted between 2010 and 2019 in Saudi Arabia, Greece, India, Brazil, USA, Italy, and Switzerland. The samples ranged from 15 to 306 children aged between 3 and 10 years old. The children attended the dental office for different reasons, ranging from simple prevention to endodontic treatment under local anaesthesia. Several behaviour modification methods are known to be used before and during a dental consultation. Conclusion: After reading the articles, we concluded that alpha generation children are inserted in a daily environment of modernization and that conventional non-pharmacological techniques using technology, such as audio-visual glasses, are more interesting and make children distracted and relaxed during dental treatment, thus minimizing their stress, anxiety and fear.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Comportamento Infantil , Ansiedade ao Tratamento Odontológico , Assistência Odontológica para Crianças , Manobra Psicológica , Brasil , Criança , Odontopediatria
6.
Texto & contexto enferm ; 30: e20190391, 2021. graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1252273

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze gender-representative images on toy packaging for children over three years of age. Method: this is a photo ethnographic study developed in play sections of six department stores located in one of the municipalities in the metropolitan region of Rio de Janeiro in August 2018. Image analysis was applied to 17 photographs of toy packages according to criteria repetition, content type and low cost to purchase, associated with content analysis. Results: the images partially reflect their content. The gender colors in the packaging and contents are traditional (pink and lilac) and unrealistic in the toys for girls. Those with images of boys have neutral and realistic colors (gray, olive green, navy blue). Miniaturized or life-size toys items "for girls" include those that encourage playing 'house' (dish rack and cups), personal care (makeup and clothing) and maternity (dolls). "For boys", they strengthen the social image of family protector (hero), home provider (tools, builder, and executive) and "male" professions (cook, fireman, policeman). Conclusion: these images reinforce binary conceptions of gender, stereotyped in society, rooting cultural constructions of the adult world in the development of children over three years old.


RESUMEN Objetivo: analizar imágenes representativas del género en los envases de juguetes para niños mayores de tres años. Método: estudio foto etnográfico, desarrollado en secciones de juguetes de seis grandes almacenes ubicados en uno de los municipios de la región metropolitana de Rio de Janeiro, en agosto de 2018. Se aplicó análisis de imagen a 17 fotografías de empaques de juguetes según criterio repetición, tipo de contenido y bajo costo de compra, asociado al análisis de contenido. Resultados: las imágenes reflejan parcialmente su contenido. Los colores de género en el empaque y el contenido son tradicionales (rosa y lila) y poco realistas en los juguetes para niñas. Aquellos con imágenes de niños tienen colores neutros y realistas (gris, verde oliva, azul marino). Los juguetes miniaturizados o de tamaño natural "para niñas" incluyen aquellos que fomentan el juego del "ama de casa" (escurreplatos y tazas), el cuidado personal (maquillaje y ropa) y la maternidad (muñecas). "Para los niños", fortalecer la imagen social de protector familiar (héroe), proveedor de hogar (herramientas, constructor y ejecutivo) y profesiones "masculinas" (cocinero, bombero, policía). Conclusión: estas imágenes refuerzan concepciones binarias de género, estereotipadas en la sociedad, enraizando construcciones culturales del mundo adulto en el desarrollo de niños mayores de tres años.


RESUMO Objetivo: analisar imagens representativas de gênero nas embalagens de brinquedos para crianças acima de três anos de idade. Método: estudo foto etnográfico, desenvolvido em seções de brinquedos de seis lojas de departamento localizadas em um dos municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro, no mês de agosto de 2018. Aplicou-se a análise imagética em 17 fotografias de embalagens de brinquedos segundo critérios de repetição, tipo de conteúdo e baixo custo para aquisição, associado à análise de conteúdo. Resultados: as imagens refletem parcialmente seu conteúdo. As cores de gênero nas embalagens e conteúdos são tradicionais (rosa e lilás) e irrealistas nos brinquedos para meninas. Aqueles com imagens de meninos possuem cores neutras e realistas (cinza, verde oliva, azul marinho). Brinquedos miniaturizados ou em tamanho natural "para as meninas" incluem os que estimulam o brincar de 'dona-de-casa' (escorredor de louça e xícaras), cuidados pessoais (maquiagem e vestuário) e maternagem (bonecas). "Para meninos", fortalecem a imagem social de protetor da família (herói), provedor do lar (ferramentas, construtor e executivo) e profissões "masculinas" (cozinheiro, bombeiro, policial). Conclusão: essas imagens reforçam concepções binárias de gênero, estereotipadas na sociedade, enraizando construções culturais do mundo adulto no desenvolvimento de crianças nas idades acima de três anos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Jogos e Brinquedos , Enfermagem em Saúde Pública , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Criança , Pré-Escolar , Jogos Recreativos , Identidade de Gênero
7.
Texto & contexto enferm ; 30: e20200109, 2021. graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1290302

RESUMO

ABSTRACT Objective: to understand the perception of adolescents living in Quilombola community regarding unplanned pregnancy and its repercussions on community life. Methodology: descriptive, qualitative research using the creative and sensitive method through the dynamics of creativity and sensitivity: Shortening Distances and Body Knowledge. Participants were adolescents living in a Quilombola community in the rural area of the municipality of São Mateus, Espírito Santo (Brazil). The meetings took place at weekends, on three Sundays in December 2018. The results were organized by the Iramuteq® software and the images and narratives were developed by the content analysis method. Results: nine adolescents, catholic, single, with a family income of less than one minimum wage, living in their own home and living on subsistence agriculture participated. They have access to the public health service, which they use when they get sick. The software demonstrated that the words "pregnant" and "work" are central to their narratives. The experiences of adolescents were expressed by the following categories: Repercussion of pregnancy for adolescents in the Quilombola community; Rights of pregnant women in the community; and Behavior of families and adolescents towards pregnancy. Conclusion: the understanding of unplanned pregnancy, taking into account racial ethnic aspects, makes it possible to develop health education strategies that respect the cultural and social aspects of this community, so that the actions can be successful, which is a great challenge for the professionals involved.


RESUMEN Objetivo: comprender la percepción de las adolescentes que viven en la comunidad Quilombola sobre el embarazo no planificado y sus repercusiones en la vida comunitaria. Metodología: investigación descriptiva, cualitativa utilizando el método creativo y sensible a través de la dinámica de la creatividad y la sensibilidad: Acortando distancias y conocimiento corporal. Los participantes fueron adolescentes residentes en una comunidad Quilombola en el área rural del municipio de São Mateus, Espírito Santo (Brasil). Las reuniones tuvieron lugar los fines de semana, los tres domingos de diciembre de 2018. Los resultados fueron organizados por el software Iramuteq® y las imágenes y narrativas fueron desarrolladas por el método de análisis de contenido. Resultados: participaron nueve adolescentes, católicos, solteros, con un ingreso familiar menor a un salario mínimo, que viven en su propia casa y viven de la agricultura de subsistencia, que tienen acceso al servicio público de salud, que utilizan cuando se enferman. El software demostró que las palabras "embarazada" y "trabajo" son fundamentales para sus narrativas. Las experiencias de las adolescentes se expresaron en las siguientes categorías: Repercusión del embarazo para las adolescentes de la comunidad Quilombola; Derechos de las mujeres embarazadas en la comunidad; y Comportamiento de familias y adolescentes hacia el embarazo. Conclusión: la comprensión del embarazo no planeado, tomando en cuenta los aspectos étnicos raciales, permite desarrollar estrategias de educación en salud que respeten los aspectos culturales y sociales de esta comunidad, para que las acciones sean exitosas, lo cual es un gran desafío para los profesionales. involucrado.


RESUMO Objetivo: compreender a percepção de adolescentes residentes em comunidade Quilombola quanto à gravidez não planejada e suas repercussões na vida em comunidade. Metodologia: pesquisa descritiva, qualitativa utilizando o método criativo e sensível por meio das dinâmicas de criatividade e sensibilidade: Encurtando Distâncias e Corpo Saber. Participaram adolescentes residentes em comunidade Quilombola de zona rural do município de São Mateus, Espírito Santo (Brasil). Os encontros ocorreram nos finais de semanas, três domingos do mês de dezembro de 2018. Os resultados foram organizados pelo software Iramuteq® e as imagens e narrativas desenvolvidas pelo método de análise de conteúdo. Resultados: participaram nove adolescentes, católicos, solteiros, com renda familiar de menos de um salário mínimo, residentes em casa própria e que vivem da agricultura de subsistência. Possuem acesso ao serviço público de saúde, que utilizam, quando adoecem. O software demonstrou que as palavras "gravidar" e "trabalhar" são centrais em suas narrativas. As experiências e vivências dos adolescentes foram expressas pelas categorias: Repercussão da gravidez para os adolescentes na comunidade Quilombola; Direitos da gestante na comunidade; e Comportamento das famílias e dos adolescentes frente à gravidez. Conclusão: a compreensão da gravidez não planejada, levando em consideração aspectos étnicos raciais, possibilita elaborar estratégias de educação em saúde que respeite os aspectos culturais e sociais dessa comunidade, para que se tenha êxito nas ações, sendo esse um grande desafio para os profissionais envolvidos.


Assuntos
Humanos , Criança , Enfermagem Pediátrica , Gravidez na Adolescência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Negros , Política de Saúde
8.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1337915

RESUMO

El presente artículo parte de un diálogo entre la filosofía, la ciencia política y la mirada psicosocial para analizar el papel que los líderes de la ciudad de Medellín atribuyen a las emociones en los procesos de resistencia civil no armada y construcción comunitaria de paz. La investigación asumió una mirada cualitativa bajo el método de la narración testimonial para acceder a la perspectiva de los participantes. Los resultados evidencian que las emociones adquieren una dimensión política asociada a vertientes subjetivas del cuidado, el amor, la alegría, como también del miedo, la ira, la vergüenza y la desconfianza, que, en conjunto, participan en procesos de resistencia civil no armada y construcción de paz en la ciudad de Medellín.


This article is based on a dialogue between philosophy, political science and the psychosocial perspective, to analyze the role that leaders in the city of Medellín attribute to emotions in the processes of unarmed civil resistance and community peace building. The research assumed a qualitative approach under the method of testimonial narration to access the participants' perspective. The results show that emotions acquire a political dimension, associated with subjective aspects of care, love, joy, as well as fear, anger, shame and mistrust, which, together, participate in processes of unarmed civil resistance and peace building in the city of Medellin.


Assuntos
Humanos , Emoções , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Conflitos Armados/psicologia , Liderança
9.
Porto Alegre; Rede Unida; 20201222. 213 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1348438

RESUMO

Esse primeiro volume da Série Pensamento Negro Descolonial apresenta produções autorais com narrativas de intelectuais, em sua maioria pesquisadoras/es negra/os, tendo como centralidade a insurgência de epistemologia e metodologias negras no campo das ciências humanas e da saúde. O volume ora apresentado, assim como o conjunto da Série Pensamento Negro Descolonial, busca reunir diferentes perspectivas teóricas e políticas em torno de um eixo, o antirracismo, cujos deslocamentos, desdobramentos e agenciamentos epistêmicos têm o intuito de estimular reflexões sobre nossos usos e interpretações de matrizes do pensamento negro, assim como sobre a necessidade de formação de novas redes intelectuais na produção do conhecimento. Assinalamos o caráter político de tal escolha (o antirracismo como nossa constante), assim como uma premissa a congregar, em distintos níveis, o conjunto de textos deste primeiro volume: o lugar de epistemologias e metodologias negras em nossas produções e difusões de conhecimento.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Colonialismo , Negros , Características do Estudo , Racismo , Fatores Raciais
10.
Rev. psicanal ; 27(2): 313-331, Agosto 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1252512

RESUMO

Este artigo pretende identificar o surgimento e o desenvolvimento da noção de elaboração imaginativa na obra de Winnicott, analisando o seu significado e suas possíveis implicações clínicas. Complexa e pouco explorada, a noção de elaboração imaginativa é uma das contribuições específicas à psicanálise, feitas por D.W. Winnicott, que permite a formulação de uma hipótese teórica sobre a inclusão do corpo como um elemento fundamental na origem da vida psíquica. Considerando o campo sensorial como ponto de partida para a atribuição de sentido às sensações corporais nos primórdios da existência, a capacidade de elaborar imaginativamente inaugura o processo de apreensão da integração psicossomática, assim como a possibilidade de manter viva e presente na vida adulta a conexão entre o campo da sensorialidade, o campo afetivo e a vida de representação. Nesta perspectiva, a elaboração imaginativa está na origem da possibilidade de criar, sonhar, fantasiar, devanear, brincar e simbolizar, constituindo um elemento importante no tratamento psicanalítico (AU)


This paper aims to identify the emergence and development of the imaginative elaboration concept in Winnicott's work, by analyzing its significance and potential clinical implications. Complex and little explored, the notion of imaginative elaboration is one of the specific contributions to psychoanalysis, made by D.W. Winnicott, which allows for the formulation of a theoretical hypothesis about the inclusion of the body as a key element in the origin of psychic life. Considering the sensory field as a starting point for assigning meaning to bodily sensations in the early days of existence, the ability to imaginatively elaborate unveils the process of apprehension related to psychosomatic integration, as well as the possibility of keeping the connection between field of sensoriality, field of affection, and life representation alive and present in the adult life. In this perspective, the imaginative elaboration is at the origin of the power to create, dream, fantasize, daydream, play, and symbolize, setting it up as an important element in psychoanalytic treatment (AU)


Este artículo pretende identificar la aparición y el desarrollo de la noción de elaboración imaginativa en la obra de Winnicott, analizando su significado y sus posibles implicaciones clínicas. Compleja y poco explorada, la noción de elaboración imaginativa es una de las contribuciones específicas al psicoanálisis, echa por D.W. Winnicott, que permite la formulación de una hipótesis teórica sobre la inclusión del cuerpo como un elemento clave en el origen de la vida psíquica. Teniendo en cuenta el campo sensorial como punto de partida para la asignación de sentido a las sensaciones corporales en los primordios de la existencia, la capacidad de elaborar imaginativamente inaugura el proceso de aprehensión de la integración psicosomática, así como la posibilidad de mantener viva y presente en la vida adulta la conexión entre el campo de la sensorialidad, el campo afectivo y la vida de representación. En esta perspectiva, la elaboración imaginativa está en el origen de la posibilidad de crear, soñar, fantasear, devanear, jugar y simbolizar, constituyendo un elemento importante en el tratamiento psicoanalítico (AU)


Assuntos
Jogos e Brinquedos/psicologia , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Terapias Sensoriais através das Artes/psicologia
11.
Artigo em Espanhol | InstitutionalDB, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-1342504

RESUMO

Reflexión sobre posibles acepciones y pertinencias del pánico, y sobre el rol que tiene la cultura como agente contenedor del pánico y sus diversas manifestaciones, especialmente en el escenario de la pandemia por Covid-19.


Assuntos
Pânico , Urbanização , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Características Culturais , Pandemias , COVID-19
12.
Artigo em Espanhol | InstitutionalDB, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-1342834

RESUMO

La autora, artista y antropóloga especializada en estudios de la performance, reflexiona sobre la corporalidad en el espacio público, el aislamiento social derivado de la pandemia de Covid-19, y las nuevas formas de contacto con los otros.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Pandemias , COVID-19 , Atividades Humanas/tendências , Atividades de Lazer , Antropologia Cultural/tendências
13.
Belo Horizonte; s.n; 20200715. 65 p. ilus, tab.
Tese em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-1283198

RESUMO

Introdução: A temática do profissionalismo médico está presente nas discussões da atualidade, pois pode amparar melhoras a formação profissional. Essa discussão já está presente em grande parte das escolas médicas do mundo e cresce cada vez mais no país. O período atual está trazendo mudanças curriculares, por isso, é bastante oportuno que o profissionalismo seja trabalhado durante a graduação, desde o seu início. Considerando que cada acadêmico já vem para a graduação com algum conteúdo relacionado ao profissionalismo médico, essa pesquisa retrata a compreensão dos acadêmicos de medicina do UNIDEP ­ Centro Universitário de Pato Branco sobre o tema. Foi adotada a definição de profissionalismo médico dos seguintes órgãos: American Board of Internal Medicina Foudation, American College of Physicians Foundation e European Federation of Internal Medicine. Metodologia: O presente estudo foi de caráter qualitativo, por análise de conteúdo com categorias apriorísticas e procurou compreender a percepção do profissionalismo médico pelos acadêmicos de medicina do UNIDEP. Os dados foram coletados utilizando mapas mentais e foi realizada uma análise do conteúdo textual e gráfico, os quais foram elencados para descrever as percepções deles com relação ao profissionalismo médico. Tanto para os princípios do profissionalismo quanto para as responsabilidades profissionais houve descritores elencados pelos acadêmicos. Resultados: Considerando as definições para os princípios do profissionalismo, a autonomia foi descrita em 10 mapas e o item mais citado para as responsabilidades profissionais foi o compromisso com a responsabilidade profissional, o qual foi descrito em 17 dos 20 mapas obtidos. Considerando os elementos gráficos, citando os mais frequentes, houve registro de estetoscópio, médico, dinheiro e livros. Em todos os mapas havia algum registro ou gráfico ou textual relacionado à ética médica, sendo identificado como um livro, como documento de regras e como uma pessoa com a boca costurada/fechada (associada ao sigilo). Essas informações oportunizam a compreensão que existe um conhecimento do acadêmico sobre profissionalismo médico, que em um primeiro momento pode ser empírico, mas que demonstra a possibilidade de deslocamento com a evolução dos semestres. As informações obtidas apoiarão a presença do tema profissionalismo médico no currículo formal, bem como o planejamento e a realização de atividades com esse foco


Introduction: Medical professionalism has in its fundamental principles the primacy for the patient's well-being, the principle of patient autonomy and the principle of social justice. It also has a commitment to competence, honesty and confidentiality, to maintain appropriate relationships with patients, to improve quality and access to care, fair distribution of resources, commitment to scientific knowledge, to properly handle conflicts of interests and to maintain professional responsibilities according to the materials made by the following institutions: American Board of Internal Medicine Foundation, American College of Physicians Foundation and European Federation of Internal Medicine. Methodology: The present study was a qualitative observational study, which sought to understand the perception of medical professionalism by medical students at UNIDEP - Centro Universitário de Pato Branco. Data were collected using mind maps and an analysis of the listed textual and graphic elements was performed to describe their perceptions of medical professionalism. Principles of competency and for professional responsibilities were listed by academics. Results: Considering the definitions for the principles of professionalism, autonomy was described in ten maps and the item most cited for professional responsibilities was the commitment to professional responsibility, which was described in 17 of the 20 maps obtained. Considering the graphic elements, the most frequent ones were a draw of a stethoscope, doctor, money and books. In all maps there was something related to medical ethics, being identified as a book, a rule document and as a person with a mouth sewn / closed (associated with confidentiality). This information provides an opportunity to understand that there is an academic knowledge about medical professionalism, which at first may be empirical, but that demonstrates the possibility of displacement with the evolution of the semesters. The information obtained will support the presence of the of medical professionalism theme in the formal curriculum, as well as planning and execution activities with this focus


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Adulto Jovem , Estudantes de Medicina , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Educação Médica , Ética Médica , Competência Mental , Capacitação Profissional
14.
Psicol. ciênc. prof ; 40: 1-17, jan.-maio 2020. graf, ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1130137

RESUMO

Frequentemente, o behaviorismo radical e a análise do comportamento são apresentados na mídia por meio de estereótipos negativos, possivelmente atravancando a difusão de suas propostas aos potenciais beneficiários. Com base nisso, o objetivo deste trabalho é caracterizar as publicações do jornal Folha de S.Paulo sobre behaviorismo radical e análise do comportamento desde a sua fundação em 192, até 2015. Para tal, 227 parágrafos presentes no jornal que continham os termos Skinner ou behaviorismo foram selecionados para análise. De forma geral, foram encontrados trechos contendo críticas ao behaviorismo radical que expuseram equívocos históricos e conceituais, problematizaram o este campo de estudo, apresentaram algum aspecto correto e/ou apresentaram o termo "behaviorismo" de forma genérica. Foram identificados tópicos especialmente mal compreendidos: a análise do comportamento como legitimadora do controle, ultrapassada pelas teorias cognitivistas, capaz de explicar apenas comportamentos simples ou de animais não-humanos e interessada apenas em comportamentos observáveis. Recomenda-se que behavioristas radicais comuniquem suas propostas com ênfase em seu caráter de denúncia do controle como uma característica inerente às relações comportamentais de uma ciência viva em constante desenvolvimento e de uma abordagem interessada em lidar com quaisquer comportamentos, que aconteçam dentro ou fora da pele...(AU)


Often radical behaviorism and behavior analysis are presented in the media by means of negative stereotypes, thus possibly making harder the diffusion of its proposals to potential target audience. Taking that into account, this paper categorized publications from the newspaper Folha de S.Paulo since its foundation, in 1921, until 2015, regarding radical behaviorism and behavior analysis. To reach such goal, 227 paragraphs were selected containing the terms Skinner or behaviorism from the newspaper. In general, excerpts that criticized radical behaviorism, parts that exposed historical and conceptual misconception, that problematized radical behaviorism, that showed some correct aspect and that presented the term behaviorism in a generic way were found. Some specially misunderstood topics were identified: the view of behavior analysis as an approach that defends control, outdated and overcome by cognitive theories, is only capable of explaining simple human or non-human behavior and interested in observable behavior. We recommend behavior analysts that communicate their proposals with an emphasis on control as an inherent characteristic of behavioral relations to take into account it is a constantly evolving science and an approach interested in dealing with any behavior, whether occurring over or under the skin...(AU)


El análisis conductual y el conductismo radical son presentados a menudo en los medios de comunicación mediante estereotipos negativos, posiblemente dificultando la difusión de sus propuestas a los potenciales beneficiarios. Basándose en esto, el objetivo de este trabajo fue caracterizar las publicaciones del diario Folha de S.Paulo sobre el análisis conductual y el conductismo radical desde su fundación, en 1921, hasta 2015. Para ello, se seleccionaran para análisis 227 párrafos presentes en el diario, que contenían las palabras Skinner o conductismo. En general, se encontraron extractos que hicieron críticas al conductismo radical, que expusieron equívocos históricos y conceptuales, que problematizaron el conductismo radical, que presentaron algún aspecto correcto y que presentaron el término "conductismo" de manera genérica. Se identificó tópicos especialmente incomprendidos: la perspectiva de análisis de la conducta como un enfoque psicológico defensor del control, ultrapasada y superada por las teorías cognitivistas, capaz de explicar solo los comportamientos simples o de animales no humanos e interesada solamente en comportamientos observables. Se recomienda que conductistas radicales comuniquen sus propuestas con énfasis en su carácter de denuncia del control como una característica inherente a las relaciones comportamentales, de una ciencia viva, en desarrollo continuo, y de un enfoque psicológico interesado en tratar cualquier comportamiento, que ocurra dentro o fuera de la piel...(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Comportamento , Behaviorismo , Meios de Comunicação de Massa , Jornais como Assunto , Publicações , Ciência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Meios de Comunicação
15.
Porto Alegre; Rede Unida; 20200401. 216 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1348437

RESUMO

Este segundo volume da Série Pensamento Negro Descolonial, "A Matriz Africana: Epistemologias e Metodologias Negras, Descolonial e Antirracistas", está carregado de questões-vida que emergiram e emergem em nossa caminhada, enquanto afroativistas, intelectuais, pesquisadores e pesquisadoras na e da diáspora africana no Brasil. Com foco na Matriz Africana, esse volume se reveste de incomensurável importância, de modo que para concretizá-lo necessitamos explicitar a dialógica com os demais conhecimentos civilizacionais edificadores da sociedade brasileira. As questões-vida emergentes nessa obra, expressam-se na seguinte problematização: o que fomos e/ou éramos (África pré-colonial); o que fizeram de nós e/ou nos tornaram (colonialismo/imperialismo); ao que poderemos voltar a ser ou vir a Ser (pós-colonialismo/decolonial). Essa problematização suleadora remete-nos a pensar, por exemplo, sobre a afroancestralidade arrolada a uma afroepistemologia e afrometodologia. A obra apresenta produções autorais de intelectuais e pesquisadoras/es negra/os e/ou das tradições de matriz africana na diáspora, comprometidas/os com o que anunciamos enquanto pensamento negro descolonial. Sua importância se fundamenta na necessidade de propor, estabelecer e difundir produções científicas que se anunciam desde o lugar afrodiaspórico. Assinalamos, portanto, o caráter ético-estético-político deste caminhar coletivo sobre epistemologias, com ênfase em epistemologias negras, descoloniais e antirracistas e nas metodologias delas decorrentes.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Colonialismo , Negros , Fatores Raciais
16.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1135511

RESUMO

Abstract Objective: To assess the learning motivation level in Oral Medicine (OM) among Universitas Indonesia dental students. Material and Methods: This research used an analytic-descriptive study with a cross-sectional design by gathering data directly from total population of Universitas Indonesia dental students. Participants were divided into three groups based on curriculum: G1: pre-clinical who have not had OM, G2: pre-clinical who had taken OM, and G3: clinical years. Data gathering was using Science Motivation Questionnaire II (SMQ-II), which include five motivation components: intrinsic motivation, self-efficacy, self-determination, grade motivation and career motivation. Results: The response rate of this study was 96.6% (743 subjects). The Intraclass Correlation Coefficient of 0.941 indicated good internal consistency. In discriminant validity test, grade motivation and career motivation of pre-clinical groups showed no significant difference. Among three, G3 acquired the highest mean score for highly motivated groups (67.27), followed by G2 (65.89), ended by G1 (62.54). The highest mean score for overall motivation, acquired by G3. Conclusion: Clinical years group have the highest motivation level to learn in Oral Medicine.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Estudantes de Odontologia , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos , Medicina Bucal , Indonésia/epidemiologia , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos e Questionários , Interpretação Estatística de Dados , Motivação
17.
Subj. procesos cogn ; 24(1): 94-106, 2020.
Artigo em Espanhol | LILACS, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-1255252

RESUMO

Las estrategias de compensación son un mecanismo de adaptación del adulto mayor por el cual se implementan conductas para mantener la eficacia del procesamiento cognitivo. Objetivo: Evaluar las estrategias de compensación y la influencia de variables sociodemográficas mediante Cuestionario de Compensación de Memoria. Metodología: 139 adultos mayores argentinos, entre los 60 y 90 años (X= 71,53; DS=7,81), 77% mujeres. Resultados: Se estima la fiabilidad del MCQ mediante el ɑ de Cronbach= .86. Los adultos mayores presentan variaciones en el uso de estrategias de compensación según el género y el nivel educativo. Los hombres utilizan más la estrategia Confianza. Las personas con menor nivel educativo obtienen un puntaje mayor en la escala Esfuerzo, demostrando que les cuesta más implementar estrategias de compensación. Conclusiones: El MCQ es una herramienta útil para evaluar la percepción del adulto mayor dando cuenta de cómo se adapta al cambio y a las demandas del ambiente(AU)


Compensation strategies are an adaptation mechanism used by elderly, which are implemented to maintain the effectiveness of cognitive processing. Objective: Evaluate the compensation strategies and the influence of sociodemographic variables using the Memory Compensation Questionnaire. Methodology: 139 Argentine older adults, between 60 and 90 years old (X = 71.53; DS = 7.81), 77% women. Results: The reliability of the MCQ is estimated using Cronbach's a = .86. Older adults show variations in the use of 95 compensation strategies according to gender and educational level. Men use the Reliance strategy more. Participants with a lower educational level obtain a higher score on the Effort scale, showing that it is more difficult for them to implement compensation strategies. Conclusions: The MCQ is a useful tool to assess how the elderly perceives how the adapt to change and environmental demands(AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Inquéritos e Questionários , Argentina , Reserva Cognitiva
18.
Revista Espaço para a Saúde ; 20(2): [67-77], dez.2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1046425

RESUMO

O estudo teve como objetivo analisar as evidências científicas acerca do estresse ocupacional do profissional de enfermagem e estratégias de coping. Trata-se de uma revisão integrativa, realizada na base de dados online do Scientific Electronic Library Online (SCIELO). Foram utilizados como descritores em saúde: esgotamento profissional, estresse em enfermagem, coping. A partir dos critérios de seleção, foram obtidos 8 artigos para a análise dos resultados. A revisão indicou estratégias de enfrentamento (coping) como, ter condições mínimas de material, pessoal, estrutura e valorização, para se obter um trabalho adequado e assim não colocar em risco a vida do profissional. Detecção precoce do estresse profissional, sinais e sintomas que o profissional pode apresentar, bem como, que o enfermeiro trabalha em condições estressantes diariamente. Conclui-se que há necessidade de assegurar bem-estar psicológico positivo, um ambiente de boas práticas e boas atitudes de segurança.


Assuntos
Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Doenças Profissionais
19.
Rev. Costarric. psicol ; 38(1): 74-92, ene.-jun. 2019. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1091955

RESUMO

Resumen El objetivo de este estudio fue establecer la validez discriminante, predictiva e incremental de la Escala de Comportamientos Laborales Proactivos de Belschak y Den Hartog. Se realizó un estudio empírico-instrumental con una muestra no probabilística (510 trabajadores, 53 por ciento varones). Análisis de ecuaciones estructurales exploratorios (ESEM) mostraron saturaciones cruzadas inferiores a .30 y un adecuado ajuste de un modelo hexafactorial oblicuo. Los valores de varianza media extraída, de su raíz cuadrada y de la proporción heterorrasgo-monorrasgo proporcionaron evidencia de validez discriminante. Análisis de regresión con SEM confirmaron la contribución significativa de los comportamientos proactivos en la explicación de la satisfacción y de la implicación en el trabajo. Del mismo modo, la personalidad proactiva mostró ser un antecedente significativo de los comportamientos proactivos. Los resultados brindan evidencia favorable a la validez del instrumento analizado.


Abstract: The aim of this study was to establish the discriminant, predictive and incremental validity of Belschak & Den Hartog´s Proactive Work Behaviors Scale. An empirical-instrumental study was carried out with a non-probabilistic sample (510 workers, 53 por ciento males). Analysis of exploratory structural equations (ESEM) showed cross-saturations lower than .30 and an adequate adjustment of an oblique hexa-factorial model. The values of average variance extracted, of its square root and of the heterotrait-monotrait ratio provided evidence of discriminant validity. SEM regression analysis confi rmed the signifi cant contribution of proactive behaviors in the explanation of job satisfaction and job involvement. Proactive personality showed itself to be a signifi cant predictor of proactive behaviors. These results obtained provide favorable evidence for the validity of the instrument analyzed.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Teoria da Construção Pessoal , Escala de Avaliação Comportamental , Satisfação no Emprego , Argentina , Inteligência Emocional , Relações Interpessoais
20.
rev. psicogente ; 22(41): 33-50, ene.-jun. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1014775

RESUMO

Resumo Objetivo: Coping é definido como os esforços cognitivos e comportamentais para controlar, vencer, tolerar ou reduzir demandas internas e externas que excedem as capacidades da pessoa em termos de estresse. Este artigo propõe uma versão reduzida do Inventário COPE. Método: Participaram deste estudo transversal 524 trabalhadores de instituições localizadas em Porto Alegre e Região Metropolitana (RS), Brasil, selecionados por acessibilidade. Destes, 57,6% eram mulheres com idades entre 16 e 67 anos (M=30,7; DP=10). Como instrumentos foram utilizados o Inventario COPE e um questionário de dados sociodemográficos e laborais. A validade de conteúdo foi analisada através do método de juízes. A validade de construto foi analisada mediante análise fatorial confirmatória e confiabilidade. Resultados: Em termos da validade de conteúdo, os juízes confirmaram a abrangência teórica e conceitual da escala, considerando os elementos apropriados para avaliar coping. A análise fatorial confirmatória demonstrou índices de ajustes adequados para o modelo de três dimensões: RMSEA = 0,05 (I.C = 0,04-0,06); CFI = 0,94 e alfas satisfatórios para o modelo composto por 18 itens, seis que avaliam estratégias de coping evitativo (α = 0,71), seis que avaliam as estratégias com foco na emoção (α = 0,78) e seis, estratégias com foco no problema (α = 0,81). Tais resultados indicam que a COPE possui propriedades psicométricas adequadas para o estudo do coping no Brasil. Conclusões: O uso da versão reduzida do COPE pode contribuir para uma avaliação mais ágil e efetiva no que tange às estratégias de coping na realidade brasileira.


Resumen Objetivo: Afrontamiento se define como los esfuerzos cognitivos y conductuales para controlar, vencer, tolerar o reducir demandas internas y externas que exceden las capacidades de la persona en términos de estrés. Este artículo de investigación tuvo como objetivo analizar las evidencias de validez de la versión reducida de 18 ítems del inventario COPE. Método: Participaron de ese estudio transversal 524 trabajadores de instituciones localizadas en Porto Alegre y Región Metropolitana (RS), Brasil, seleccionados por accesibilidad. De esos, 57,6% eran mujeres con edades entre 16 y 67 años (M=30,7; DP=10). Como instrumentos fueron utilizados el Inventario COPE y un cuestionario de datos sociodemográficos y laborales. Se analizó la validez de contenido a través del método de jueces. La validez de constructo se realizo mediante el análisis factorial confirmatorio y la confiabilidad. Resultados: En términos de validez de contenido, los jueces confirmaron el ámbito teórico y conceptual de la escala, considerando los elementos apropiados para evaluar coping. El análisis factorial confirmatorio demostró índices de ajuste adecuados para el modelo de tres dimensiones: RMSEA = 0,05 (I.C. = 0,04 0,06); CFI = 0,94, así como alfas satisfactorios para el modelo compuesto por 18 ítems, seis que evalúan estrategias de afrontamiento de evitación (α=0,71), seis que evalúan las estrategias con foco en la emoción (α=0,78) y seis estrategias con foco en el problema (α=0,81). Los resultados indican que la COPE tiene propiedades psicométricas adecuadas para el estudio del afrontamiento en Brasil. Conclusiones: La utilización de la versión reducida del COPE puede contribuir para una evaluación más ágil y efectiva en lo que concierne a las estrategias de afrontamiento en la realidad brasileña.


Abstract Objective: Coping is defined as cognitive and behavioral efforts to control, win, tolerate or reduce internal or external demands that exceed person's resources in relation with stress. This paper proposes COPE Inventory as a reduced version including 18 items. Method: A cross-sectional study was conducted; 524 workers from institutions located in Porto Alegre and Metropolitan Region (MR), Brazil, selected by accessibility were sampled. 57.6% of the participants, were women between 16-67 years old (M = 30.7, SD = 10). As instruments, the COPE Inventory and a sociodemographic and labor data questionnaire were used. Content validity was analyzed through the judges method. The construct validity was analyzed by confirmatory factor analysis. Results: In terms of content validity, the judges confirmed the theoretical and conceptual scope of the scale, considering the elements appropriate to evaluate coping. The confirmatory factor analysis showed adequate adjustment indices for the three-dimensional model: RMSEA = 0.05 (C. I. = 0.04 - 0.06); CFI = 0.94 and satisfactory alphas to the model composed by 18 items, six that evaluate evitative coping strategies (α = 0.71), six that evaluate emotion focused coping (α = 0.78) and six evaluating problem focused coping (α = 0.81) were identified. These results show that COPE has adequate psychometric properties for coping study in Brazil. Conclusions: COPE in a reduced version use may contribute to a more agile and more effective evaluation related to the use of coping strategies in Brazilian reality.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Psicometria , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Adaptação Psicológica , Organizações , Análise Fatorial , Brasil , Inquéritos e Questionários , Estratégias de Saúde , Emoções , Recursos em Saúde , Categorias de Trabalhadores
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...