Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 53
Filtrar
1.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-48571

RESUMO

Advocacy é um conjunto de ações desenvolvidas para influenciar os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e a sociedade, na formulação, aprovação e execução de políticas governamentais. Esta prática busca uma democracia justa e representativa, fortalecendo a participação de diferentes atores sociais nos debates de interesse público.


Assuntos
Promoção da Saúde , Política Pública , Advocacia em Saúde
2.
Rev. baiana enferm ; 36: e46565, 2022. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1376467

RESUMO

Objetivo: analisar ações e barreiras dos enfermeiros intensivistas para o exercício da advocacia do paciente. Método: estudo exploratório e descritivo de natureza qualitativa. Os dados foram coletados entre agosto 2018 e fevereiro de 2019, com 75 enfermeiros intensivistas brasileiros. Solicitou-se aos participantes que listassem três situações vivenciadas de necessidade de defesa do paciente cujo resultado foi positivo para o enfermeiro e três situações de necessidade de defesa do paciente cujo resultado foi negativo para o enfermeiro. Os dados foram organizados consoante a Análise de Conteúdo Temática. Resultados: emergiram 3 categorias e 10 subcategorias relacionadas às ações dos enfermeiros, além de 4 categorias e 13 subcategorias relacionadas às barreiras encontradas. Considerações finais: o estudo demonstrou as ações que visibilizaram a atuação autônoma dos enfermeiros intensivistas no exercício da advocacia do paciente e que o exercício de advogar deve buscar superar a imposição de barreiras diariamente encontradas, capazes de impactar na qualidade da assistência.


Objetivo: analizar las acciones y barreras de las enfermeras de cuidados intensivos para practicar la defensa del paciente. Método: estudio exploratorio y descriptivo de carácter cualitativo. Los datos fueron recolectados entre agosto de 2018 y febrero de 2019, con 75 enfermeras brasileñas de cuidados intensivos. Se pidió a los participantes que enumeraran tres situaciones experimentadas en necesidad de defensa del paciente cuyo resultado fue positivo para la enfermera y tres situaciones de necesidad de defensa del paciente cuyo resultado fue negativo para la enfermera. Los datos se organizaron de acuerdo con el análisis de contenido temático. Resultados: surgieron 3 categorías y 10 subcategorías relacionadas con las acciones de las enfermeras, además de 4 categorías y 13 subcategorías relacionadas con las barreras encontradas. Consideraciones finales: el estudio demostró las acciones que visualizaron el desempeño autónomo de las enfermeras de cuidados intensivos en la práctica de la abogacía del paciente y que la práctica de abogar debe buscar superar la imposición de barreras diarias encontradas, capaces de impactar en la calidad de la atención.


Objective: to analyze actions and barriers of intensive care nurses to practice the patient's advocacy. Method: exploratory and descriptive study of qualitative nature. Data were collected between August 2018 and February 2019, with 75 Brazilian intensive care nurses. Participants were asked to list three situations experienced in need of defense of the patient whose result was positive for the nurse and three situations of need for defense of the patient whose result was negative for the nurse. The data were organized according to thematic content analysis. Results: 3 categories and 10 subcategories related to the actions of nurses emerged, in addition to 4 categories and 13 subcategories related to the barriers found. Final considerations: the study demonstrated the actions that visualized the autonomous performance of intensive care nurses in the practice of the patient's advocacy and that the practice of advocating should seek to overcome the imposition of daily barriers found, capable of impacting on the quality of care.


Assuntos
Humanos , Defesa do Paciente , Cuidados Críticos , Advocacia em Saúde , Barreiras ao Acesso aos Cuidados de Saúde , Unidades de Terapia Intensiva , Ética em Enfermagem
3.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-9473

RESUMO

Nos dias 29 e 30 de setembro de 2021, foi realizado o seminário virtual “Guias Alimentares baseados no nível de processamento dos alimentos: evidências científicas e implementação”, uma iniciativa da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição (CGAN) do Ministério da Saúde em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde/ Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS). O objetivo do seminário virtual foi disseminar evidências científicas recentes sobre o impacto do nível de processamento dos alimentos na saúde, na obesidade e outras doenças crônicas, bem como discutir estratégias de implementação e disseminação de Guias Alimentares baseados no nível de processamento dos alimentos nas Américas. O seminário faz parte das atividades da Rede de Ação sobre Guias Alimentares baseados no nível de processamento dos alimentos nas Américas, liderada pelo Ministério da Saúde do Brasil, desde 2018, com o apoio da OPAS/OMS e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Em 2017, o Brasil foi o primeiro país a assumir compromissos para enfrentar todas as formas de desnutrição, considerando o papel dos sistemas alimentares, no âmbito da Década de Ação pela Nutrição das Nações Unidas (2016-2015).


Assuntos
Dieta Saudável , Guias Alimentares , Desnutrição/prevenção & controle , Segurança Alimentar , 34658 , Comportamento Alimentar , Advocacia em Saúde
4.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 25(1): e20200106, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1124791

RESUMO

RESUMO Objetivo Identificar a produção científica acerca do tema advocacia do paciente por enfermeiros no contexto da oncologia. Método revisão integrativa com busca e seleção dos estudos primários realizadas em fevereiro de 2020 em quatro bases de dados relevantes na área da saúde: Lilacs, SciELO, Cochrane e PubMed. A amostra foi composta por 11 estudos de um universo de 395 artigos. Os 11 estudos foram agrupados em duas categorias. Resultados A partir da síntese das evidências foi possível elaborar as categorias conforme as temáticas mais abordadas, são elas: "Situações vivenciadas pelos pacientes e enfermeiros em que é necessária a advocacy" e "Estratégias que aprimoram o exercício de advocacy" que foi subdividida em três subcategorias: Self-advocacy; Sistemas de apoio e advocacy para os pacientes; Comunicação centrada no paciente (CCP) e Tomada de decisão compartilhada (TDC). Conclusões e implicações para a prática A importância do exercício de advocacy pelos enfermeiros em oncologia é evidente nos estudos, pautando-se na necessidade da comunicação, educação, apoio e reconhecimento da necessidade para intervir quando necessário, considerando a ética como guia para auxiliar na tomada de decisões, reforçando a necessidade de reflexões sobre a temática fortalecendo e embasando tecnicamente a prática profissional.


RESUMEN Objetivo Identificar la producción científica sobre el tema de la abogacía del paciente por parte de los enfermeros en el contexto de la oncología. Metodo revisión integradora con búsqueda y selección de estudios primarios realizados en febrero de 2020 en cuatro bases de datos relevantes en el campo de la salud: Lilacs, SciELO, Cochrane y PubMed. La muestra estuvo compuesta por 11 estudios de un universo de 395 artículos. Los 11 estudios se agruparon en dos categorías. Resultados A partir de la síntesis de la evidencia, fue posible elaborar las categorías de acuerdo con los temas más abordados, que son: "Situaciones que atraviesan pacientes y enfermeros en las que es necesaria la abogacía del paciente" y "Estrategias que mejoran el ejercicio de la defensa o abogacía del paciente" que se subdividió en tres subcategorías: Autodefensa; Sistemas de apoyo y defensa de los pacientes; Comunicación centrada en el paciente (CCP) y Toma de decisiones compartidas (TDC). Conclusión e implicaciones para la práctica La importancia del ejercicio de la defensa de los pacientes por parte de los enfermeros en oncología se evidencia en los estudios, sobre la base del fortalecimiento de la comunicación, educación, apoyo y reconocimiento de la necesidad de intervenir cuando se menester, considerando la ética como guía para ayudar en la toma de decisiones, reforzar las reflexiones sobre el tema y afianzar los cimientos y la base técnica de la práctica profesional.


ABSTRACT Objective To identify the scientific production on the theme of patient advocacy by nurses in the context of oncology. Method An integrative review with search and selection of primary studies conducted in February 2020 in four relevant databases in the health area: Lilacs, SciELO, Cochrane, and PubMed. The sample consisted of 11 studies from a universe of 395 articles. The 11 studies were grouped into two categories. Results From the synthesis of the evidence, it was possible to elaborate the categories according to the most addressed themes: "Situations experienced by patients and nurses in which advocacy is necessary" and "Strategies that improve the exercise of advocacy", which was subdivided into three subcategories: Self-advocacy; Support and advocacy systems for patients; Patient-Centered Communication (PCC) and Shared Decision-Making (SDM). Conclusions and implications for practice The importance of the exercise of advocacy by nurses in oncology is evident in the studies, based on the need for communication, education, support, and recognition of the need to intervene when necessary, considering ethics as a guide to assist in decision-making, reinforcing the need for reflections on the theme by strengthening and technically basing the professional practice.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Oncológica , Advocacia em Saúde , Papel do Profissional de Enfermagem , Autonomia Relacional , Tomada de Decisão Compartilhada , Neoplasias/enfermagem , Neoplasias/terapia , Relações Enfermeiro-Paciente
5.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 25(5): e20200449, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1286369

RESUMO

Resumo Objetivos explorar as demandas das mulheres, bem como do público em geral, para melhorar a qualidade da assistência obstétrica; discutir as mudanças potenciais sugeridas pelos respondentes para tal prática assistencial. Método pesquisa multicêntrica realizada por meio da plataforma Opinio, explorando opiniões dos participantes de três cidades da região Sudeste do Brasil. Tratamento dos dados por estatística descritiva e análise temática. Resultados respondentes (n=414) na faixa etária 33-37 anos (26%), incluindo mulheres (75%) com mais de 15 anos de escolaridade, casadas (45%) e com um filho (35%), revelaram lacuna de conhecimentos sobre a violência obstétrica e os direitos da mulher. Jornal, rádio e televisão são as principais fontes de informação. O enfrentamento da violência obstétrica dar-se-ia por apoio familiar. Para a práxis renovada sugeriu-se a educação coletiva sobre direitos aos cuidados obstétricos (53,1%) e o atendimento humanizado (38,2%) mobilizando o poder profissional para consolidar a humanização. Temas analíticos centrais incluíram situação vivenciada pelas mulheres e contexto idealizado de prática. Conclusão e Implicações para a prática o debate incrementa a humanização e a governança compartilhada. Recomendações propostas para advocacy coadunam com a perspectiva global da promoção de saúde das mulheres e liderança social.


Resumen Objetivos explorar las demandas de las mujeres, así como del público en general, para mejorar la calidad de la atención obstétrica; Discutir los posibles cambios sugeridos por los encuestados para esta práctica de cuidado y, Proponer recomendaciones para la promoción por la enfermera en cuestiones de violencia obstétrica. Método investigación multicéntrica realizada a través de la plataforma Opinio, explorando las opiniones de los participantes de tres ciudades en el sureste de Brasil. Tratamiento de datos mediante estadísticas descriptivas y análisis temáticos. Resultados demandados (n-414) de 33 a 37 años (26%) incluyendo mujeres (75%) con más de 15 años de escolarización, casado (45%) y con un niño (35%) reveló una brecha de conocimiento sobre la violencia obstétrica y los derechos de las mujeres. El periódico, la radio y la televisión son las principales fuentes de información. La confrontación se basaría en el apoyo de la familia. Para la renovada praxis, se sugirió la educación colectiva sobre los derechos de atención obstétrica (53,1%) y la atención humanizada (38,2%) movilizar el poder profesional para consolidar la humanización. Los temas analíticos centrales incluyeron una situación experimentada por las mujeres y un contexto idealizado de práctica. Conclusión e implicaciones para la práctica el debate aumenta la humanización y la gobernanza compartida. Las recomendaciones propuestas para la promoción son coherentes con la perspectiva mundial de la promoción de la salud y el liderazgo social de las mujeres.


Abstract Objectives Explore women's and the general public's demands to improve the quality of obstetric care. Discuss respondents' suggestions to improve obstetric care, and propose recommendations for nursing advocacy in matters of obstetric violence. Method A multi-site online survey (in three cities in Brazil's southeastern region) hosted by Opinio platform exploring the respondents' opinions. Data was analyzed by descriptive statistics and thematic analysis. Results Respondents (n=414) aged 33-37 years (26%), including women (75%) with more than 15 years of schooling, who are married (45%) and with one child (35%), demonstrated a knowledge gap on obstetric violence and women's rights. Newspapers, radio, and television were cited as the main sources of information. Family support was a suggested strategy to deal with obstetric violence. For the renewed praxis, collective education on obstetric care rights (53.1%) and humanized care (38.2%) were suggested to mobilize professional power to consolidate humanization in care. Central analytical themes included situations faced by women and an idealized context of practice. Conclusion and implications for practice Discussion in organizations increases humanization and shared governance. Recommendations proposed for advocacy are consistent with the global perspective of women's health promotion and social leadership.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gravidez , Adulto , Prática Profissional , Qualidade da Assistência à Saúde , Advocacia em Saúde , Violência Obstétrica/enfermagem , Promoção da Saúde , Enfermagem Obstétrica , Direitos da Mulher , Humanização da Assistência , Enfermagem Baseada em Evidências , Empoderamento
6.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1145833

RESUMO

Objetivo: compreender o processo de construção do enfermeiro líder na perspectiva da etnoenfermagem. Método: Pesquisa qualitativa baseada nos pressupostos da etnoenfermagem, sendo desenvolvida em um hospital filantrópico no extremo sul do país, em um setor clínico assistencial com 22 profissionais da equipe de enfermagem. A coleta de dados foi realizada de julho a novembro de 2015 em nove fases da etnoenfermagem. Análise dos dados foi feita de forma simultânea e concomitante as fases de observação, conforme preconizado pela metodologia da etnoenfermagem. Resultados: emergiram três categorias que caracterizam a construção do enfermeiro líder, sendo elas a advocacia em saúde, relações interpessoais e exercício da autonomia. Conclusão: a compreensão do processo de construção do enfermeiro líder constitui-se um elemento importante no exercício da profissão, pois garante a valorização profissional e reconhecimento do enfermeiro como gestor do cuidado, ampliado a qualidade dos serviços através das ações promovidas pela liderança da equipe


Objective: the nurses construction process in the perspective of the ethnonursing. Methods: qualitative research for our services, and developed in a philanthropic hospital in the extreme south of the country, in a clinical care sector with 22 professionals of the nursing team. A data collection was carried out from July to November of 2015 in nine phases of ethnonursing. Analysis of the data to measure simultaneously and concomitantly as phases of observation, as recommended by the methodology of ethnonursing. Results: three categories emerged that characterize a construction of the leading nurse, being they an advocacy in health, interpersonal relationships and exercise of autonomy. Conclusion: an understanding of the nurses' construction process is an important element in the exercise of the profession, since it guarantees a professional appreciation and recognition of nurses as care manager, increasing the quality of services through the actions promoted by the team leadership


Objectivo: comprender el proceso de construcción del enfermero líder en la perspectiva de la etnoenfermería. Método: investigación cualitativa basada en los presupuestos de la etnoenfermería, siendo desarrollada en un hospital filantrópico en el extremo sur del país, en un sector clínico asistencial con 22 profesionales del equipo de enfermería. La recolección de datos se realizó de julio a noviembre de 2015 en nueve fases de la etnoenfermería. El análisis de los datos fue realizado de forma simultánea y concomitante con las fases de observación, según lo preconizado por la metodología de la etnoenfermería. Resultados: surgieron tres categorías que caracterizan la construcción del enfermero líder, siendo ellas la abogacía en salud, relaciones interpersonales y ejercicio de la autonomía. Conclusión: la comprensión del proceso de construcción del enfermero líder constituye un elemento importante en el ejercicio de la profesión, pues garantiza la valorización profesional y reconocimiento del enfermero como gestor del cuidado, ampliando la calidad de los servicios a través de las acciones promovidas por el liderazgo del equipo


Assuntos
Liderança , Antropologia Cultural/métodos , Equipe de Enfermagem , Hospitais Filantrópicos , Gestão da Qualidade Total , Autonomia Pessoal , Advocacia em Saúde , Pesquisa Qualitativa , Relações Interpessoais
7.
Rio de Janeiro; s.n; 2021. 359 f p. tab, fig.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1368467

RESUMO

O câncer, que hoje assume a posição de segunda causa de morte no mundo, é uma questão de saúde pública global. Além das características epidemiológicas, a doença preocupa pelo impacto social atrelado. Em uma tentativa de amenizar esse impacto, os Estados estabelecem uma série de políticas públicas e direitos. Nesse contexto, as Associações de Pacientes com câncer apresentam-se como possibilidade de articulação social e advocacy. Esse trabalho, a partir da análise de documentos, realização de entrevistas e da premissa de que o direito à saúde é um direito humano fundamental, procurou investigar as estratégias de atuação de duas associações que atuam no âmbito da Oncologia, uma no Brasil e uma em Portugal, propondo uma reflexão sobre como esses espaços podem ser vistos como mecanismo de luta pelo direito à saúde. Os dados foram coletados no período de 2019 a 2021. Foi possível descrever o perfil dessas associações, com base em três dimensões (infra estrutural, funcional e legal-constitutiva) e discutir as percepções e atitudes dos atores centrais dessas associações no que diz respeito a reivindicação de direitos. A partir do estudo das percepções, identificou-se a concepção de saúde subjacente às usuárias entrevistadas e o papel que os diferentes atores atribuem ao Estado e ao Associativismo. Uma análise das atividades desempenhadas permitiu identificar como as ações de educação em saúde, mútua ajuda, advocacy e assistência podem favorecer a garantia de direitos. Ao longo do trabalho foram identificados alguns desafios e fatores de sucesso para o associativismo em saúde. As associações de pessoas com câncer podem assumir papéis relevantes na garantia dos direitos em oncologia. Contudo, esse trabalho identificou que as atitudes ainda se constroem sobre o discurso de um modelo biomédico de cuidado que coloca em segundo plano o papel do usuário. Para se caminhar em direção a uma democracia participativa, é necessário reduzir as desigualdades e aumentar a participação social no interior desses espaços.


Cancer, which is now the world's second leading cause of death, is a global public health issue. In addition to the epidemiological characteristics, the disease is concerned by the social impact associated with it. In an attempt to mitigate this impact, States establish a series of public policies and rights. In this context, Cancer Patients' Associations present themselves as a possibility for social articulation and advocacy. This work, based on the analysis of documents, conducting interviews and the premise that the right to health is a fundamental human right, sought to investigate the strategies of action of two associations that operate within the scope of Oncology, one in Brazil and one in Portugal, proposing a reflection on how to which these spaces can be seen as a mechanism for the fight for the right to health. Data were collected in the period from 2019 to 2021. It was possible to describe the profile of these associations, based on three dimensions (structural, functional and legal-constitutive) and to discuss the perceptions and attitudes of the central actors of these associations with respect to claiming rights. From the study of perceptions, it was identified the concept of health underlying the interviewed users and the role that the different actors attribute to the State and to Associations. An analysis of the activities carried out made it possible to identify how health education, mutual aid, advocacy and assistance actions can favor the guarantee of rights. Throughout the work, some challenges and success factors for associativism in health were identified. Associations of people with cancer can take on relevant roles in guaranteeing rights in oncology. However, this work identified that attitudes are still built on the discourse of a biomedical model of care that puts the user's role in the background. To move towards participatory democracy, it is necessary to reduce inequalities and increase social participation within these spaces


Assuntos
Humanos , Advocacia em Saúde , Sociedade Civil , Direito à Saúde , Oncologia , Neoplasias , Portugal , Brasil
8.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-7952

RESUMO

En este momento convulsionado por la pandemia del covid-19 y la crisis económica, las enfermedades no transmisibles (ENT) como cánceres, cardiovasculares, pulmonares crónicas, diabetes, y trastornos mentales, han sido relegadas a un segundo plano. Sin embargo, no es posible mejorar la salud durante o después de la pandemia sin también buscar soluciones a las ENT. Para resaltar el papel de las ENT durante la pandemia, la Coalición Latinoamérica Saludable CLAS,* La Unión Internacional Contra la Tuberculosis y Enfermedades Respiratorias, ** y el Senador Guido Girardi de Chile, hemos propuesto fomentar un diálogo entre políticos, la academia, activistas, y economistas, para considerar como marcar una ruta que nos lleve de esta insólita situación de pandemia al mundo más saludable que queremos construir.


Assuntos
Promoção da Saúde , Dieta Saudável , Advocacia em Saúde
9.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-47408

RESUMO

Diante das dificuldades em reconhecer o papel de advogado do paciente influenciado pela prerrogativa do mandado judicial, há uma lacuna entre o ideal de defesa do paciente e a realidade da prática de enfermagem diária, sendo o acato a única opção, gerando desconforto pela soberania da decisão e a apreensão de punição. O estudo, intitulado “Advocacia na terapia intensiva diante da internação por ordem judicial: qual a perspectiva dos enfermeiros?”, revela que os enfermeiros de cuidados críticos exercem a sensibilidade e o dever moral do processo de cuidar quando defendem seus pacientes, informando-os sobre seus direitos e/ou demonstrando preocupação com indivíduos indefesos, ou ainda que desconhecem seus direitos e precisam de ajuda nesse sentido.


Assuntos
Advocacia em Saúde , Judicialização da Saúde , Direito Sanitário , Sistema Único de Saúde , Acesso Efetivo aos Serviços de Saúde
10.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 28: e3312, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1126951

RESUMO

Objective: this study examined scholarly output relating to nursing advocacy contributions toward influencing policy by authors in countries of the Pan American Health Organization. Method: the study utilizes a bibliographic analysis of papers indexed in Scopus authored by PAHO member state scholars. VOSviewer conducted coauthor and cooccurrence analysis to generate visualizations of the relationships between authors, countries of origin and keywords. Results: 7,773 papers with 21,523 authors met the inclusion criteria. An increase of publications on policy starting in 1962 was found. Co-authorship identified a fragile relationships structure with few authors bridging networks of collaboration. By country of origin, 22 of 35 member states contributed to policy literature; 17 in a connected network and 5 contributing but neither connected to peers nor other member states. Keyword analysis identified 20 specific data clusters. Conclusion: our findings are aligned with the Nursing Now Campaign. This bibliographic analysis provides an important benchmark into current policy advocacy activity in PAHO against which future progress in the region can be assessed. There is scope for greater collaboration amongst authors and this could be targeted toward engagement of nurses in member states not-yet or only partially active in this space.


Objetivo: examinar os resultados acadêmicos relacionados às contribuições do ativismo de enfermagem para influenciar políticas de autores em países da Organização Pan-Americana da Saúde. Método: o estudo utiliza uma análise bibliográfica de artigos indexados no Scopus de autoria de estudiosos dos Estados-membros da OPAS. O VOSviewer conduziu análises de coautor e de co-ocorrência para gerar visualizações das relações entre autores, países de origem e palavras-chave. Resultados: 7.773 artigos com 21.523 autores preencheram os critérios de inclusão. Foi encontrado um aumento de publicações sobre políticas a partir de 1962. Na coautoria, identificou-se uma estrutura de relacionamento frágil com poucos autores conectados em redes de colaboração. Por país de origem, 22 dos 35 Estados-membros contribuíram para a literatura sobre políticas; 17 estavam em uma rede conectada e cinco contribuíam, mas não estavam conectados a colegas nem a outros Estados-membros. A análise de palavras-chave identificou 20 agrupamentos de dados específicos. Conclusão: nossas descobertas estão alinhadas com a Campanha Nursing Now(Enfermagem Agora) e essa análise bibliográfica fornece uma referência importante para a atual atividade de ativismo político na OPAS, em relação à qual o progresso futuro na região pode ser avaliado. Observa-se a possibilidade de maior colaboração entre autores e isso pode ser direcionado ao envolvimento de enfermeiros nos Estados-membros que ainda não participam ou participam apenas parcialmente nesse espaço.


Objetivo: este estudio examinó producciones académicas relacionadas con aportes a la defensa de la Enfermería con vistas a influenciar las políticas a cargo de autores que viven en países de la Organización Panamericana de Salud. Método: en el estudio se emplea un análisis bibliográfico de trabajos indexados en Scopus con autoría de académicos de los Estados Miembro de la OPS. En VOSviewer se realizó un análisis de co-autoría y co-aparición para generar visualizaciones de las relaciones entre autores, países de origen y palabras clave. Resultados: 7.773 trabajos de 21.523 autores cumplieron con los criterios de inclusión. Se descubrió un aumento en la cantidad de publicaciones sobre políticas desde 1962. En cuanto a la co-autoría se identificó una estructura de relaciones frágil en la cual pocos autores participaban en redes de colaboración. Por país de origen, 22 de 35 Estados Miembro aportaron a la literatura sobre políticas; 17 en una red conectada y 5 con aportes pero no conectados a colegas ni a otros Estados Miembro. En el análisis de palabras clave se identificaron 20 agrupamientos de datos específicos. Conclusión: nuestros hallazgos se condicen con la Campaña Nursing Now (La Enfermería hoy); este análisis bibliográfico proporciona un importante punto de referencia sobre la actividad actual de defensa de las políticas en la OPS con respecto al cual se podrá evaluar el progreso a futuro en la región. Se dispone de buen campo para una mayor colaboración entre autores y esto podría dirigirse a la participación activa de las enfermeras de los países miembro que todavía no participan activamente en este espacio, o que solo lo hacen en forma parcial.


Assuntos
Organização Pan-Americana da Saúde , Bibliometria , Análise por Conglomerados , Enfermagem , Benchmarking , Advocacia em Saúde , Rede Social , Comunicação Acadêmica , Política de Saúde , Enfermeiras e Enfermeiros
11.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e43570, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1050639

RESUMO

Objetivo: conhecer as percepções de enfermeiros acerca do exercício de advocacy sob perspectiva filosófica gadameriana. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa, com base no referencial teórico da Hermenêutica Filosófica. Participaram treze enfermeiros de duas unidades de internação de um hospital de ensino na região sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu entre abril a junho de 2019, com utilização da técnica de entrevista semiestruturada e tratados por análise textual discursiva. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: da análise dos depoimentos emergiram duas categorias: formação ética e o exercício de advocacy por enfermeiros: fragilidades ou fortalezas? e situações de conflitos emergentes do exercício de advocacy. Conclusão: a formação profissional e a experiência prática constituem a base para o exercício de advocacy em enfermagem, fortalecendo-se com a consolidação de conhecimento e o tempo de atuação profissional.


Objective: to know nurses' perceptions about the practice of advocacy from a Gadamerian philosophical perspective. Method: descriptive study with qualitative approach, based on the Philosophical Hermeneutics' theoretical framework. Thirteen nurses from two inpatient units at a teaching hospital in southern Brazil participated. Data collection took place between April and June 2019, using the semi-structured interview technique and treated by discursive textual analysis. Conclusion: vocational training and practical experience are the basis for the practice of advocacy in nursing, strengthening with the consolidation of knowledge and the time of professional practice.


Objetivo: conocer las percepciones de las enfermeras sobre la práctica del advocacy desde una perspectiva filosófica gadameriana. Método: estudio descriptivo con enfoque cualitativo, basado en el marco teórico de la hermenéutica filosófica. Participaron trece enfermeras de dos unidades de hospitalización de un hospital universitario en el sur de Brasil. La recopilación de datos tuvo lugar entre abril y junio de 2019, utilizando la técnica de entrevista semiestructurada y tratada mediante análisis textual discursiva. Resultados: del análisis de los datos surgieron dos categorías: la formación ética y la práctica de la defensa de las enfermeras: ¿debilidades o fortalezas? y situaciones de conflicto que surgen de la práctica del derecho. Conclusión: la formación profesional y la experiencia práctica son la base para la práctica del advocacy en enfermería, fortaleciéndose con la consolidación del conocimiento y el tiempo de la práctica profesional.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Defesa do Paciente , Direitos do Paciente , Advocacia em Saúde , Ética em Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
12.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1191, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1040926

RESUMO

RESUMO OBJETIVO: o presente estudo buscou tecer reflexão acerca da atuação do enfermeiro no exercício da advocacia ao paciente frente à atual conjuntura de serviços de saúde no Brasil. Para o profissional de Enfermagem a advocacia em saúde ainda está sendo acrescida como função, a fim de promover e defender os interesses e o bem-estar do paciente, assegurando que ele detenha o conhecimento dos seus direitos e acesso às informações, melhorando a sua saúde. Discutir sobre as dificuldades e desafios éticos da profissão do enfermeiro, sobretudo a atividade de advogar pelo usuário, deveria ser intrínseco às práticas diárias de saúde realizadas, principalmente durante a formação acadêmica. É possível concluir que a Enfermagem tem um caminho a percorrer no que concerne à advocacia do paciente, para que futuramente possa alicerçar essa atividade à sua prática diária.


RESUMEN OBJETIVO: el estudio ha buscado hilar reflexiones sobre la actuación del enfermero que ejerce la abogacía del paciente ante la actual coyuntura de los servicios de salud de Brasil. Para el profesional de enfermería la abogacía en salud todavía se está incrementando como función con miras a promover y defender los intereses y el bienestar del paciente, garantizándole el conocimiento de sus derechos y acceso a la información, mejorando su salud. Discutir sobre las dificultades y retos éticos de la profesión del enfermero y, sobre todo, el ejercicio de abogacía del paciente, debería ser algo intrínseco a las prácticas diarias de salud, principalmente durante la formación académica. Se concluye que Enfermería tiene por delante mucho para recorrer en lo que se refiere a la abogacía del paciente para que, en el futuro, pueda consolidarse en la práctica diaria.


ABSTRACT This study's objective was to present a reflection upon the role of nurses as patient advocates, considering the current context of health services in Brazil. The role of a patient advocate has been added to the practice of nurses in order to promote and defend the interests and wellbeing of patients, ensuring patients are aware of their rights and have access to information to improve their health. A discussion regarding the difficulties and ethical challenges nurses face, especially when advocating for patients, should be intrinsic to daily health practice and especially during academic training. The conclusion is that the nursing field has a long way forward in terms of patient advocacy, so that in the future, this activity will be based on daily practice.


Assuntos
Humanos , Papel do Profissional de Enfermagem , Advocacia em Saúde , Educação em Enfermagem , Ética em Enfermagem
13.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1247, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1049062

RESUMO

Objetivos: analisar entre docentes e discentes a compreensão sobre advocacia em saúde, assim como a abordagem do tema na formação do enfermeiro. Método: os dados foram obtidos por entrevistas com 10 docentes e 11 estudantes da graduação em Enfermagem de uma universidade pública no estado de Minas Gerais. Os dados foram analisados utilizando-se a análise crítica do discurso. Resultados: os resultados revelam indefinição em relação à advocacia em saúde no discurso dos participantes. Encontrou-se diversidade de sentidos atribuídos ao termo, quer seja na defesa do direito jurídico, como na defesa dos direitos do usuário fundamentada na participação social pela construção da cidadania. Os dados permitem inferir que o conceito de advocacia em saúde não é reconhecido como campo trabalhado na formação profissional. Conclusão: concluiu-se, neste contexto, que advocacia em saúde imprime uma concepção utópica na defesa da saúde, não vislumbrando aplicação efetiva na realidade.(AU)


Objective: to analyze the understanding on health advocacy among professors and students, as well as the approach to the theme in the training of nurses. Method: the data were obtained by means of interviews with 10 professors and 11 undergraduate Nursing students of a public university in the state of Minas Gerais. The data were analyzed using critical discourse analysis. Results: the results reveal certain indefinition in relation to health advocacy in the discourse of the participants. Diversity of meanings attributed to the term was found, both in the defense of the legal right and in the defense of the users' rights, with the rationale of social participation by the construction of citizenship. The data allow inferring that the concept of health advocacy is not recognized as a field worked on in the professional training. Conclusion: in this context, it is concluded that health advocacy impresses a Utopian conception upon the defense of health, not discerning its effective application to reality.(AU)


Objetivo: docentes y alumnos analizan cómo se entiende la abogacía en salud y cómo se enfoca dicho asunto en la formación de los enfermeros. Método: los datos se obtuvieron por medio de entrevistas con 10 docentes y 11 estudiantes de pregrado de enfermería de una universidad pública del estado de Minas Gerais y se analizaron según el análisis crítico del discurso. Resultados: en el discurso de los participantes los resultados revelan incertidumbre con respecto a la abogacía en salud. Encontramos una diversidad de significados atribuidos al término, ya sea en la defensa del derecho legal, como en la defensa de los derechos de los usuarios basados en la participación social a través de la construcción de la ciudadanía. Los datos nos permiten inferir que el concepto de abogacía en salud no se reconoce como un campo que se trabaja en...(AU)


Assuntos
Humanos , Competência Profissional , Advocacia em Saúde , Educação em Enfermagem , Promoção da Saúde , Enfermagem
14.
Texto & contexto enferm ; 28: e20180157, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1043485

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze how intensive care nurses practice patient advocacy in view of the need for hospitalization by court order to an intensive care due to bed unviability. Method: analytical exploratory qualitative research. Data were obtained through interviews with 42 nurses, selected via snowball sampling, between January and December 2016. The interviews were analyzed using elements of the Discursive Textual Analysis. Results: two categories emerged: 1) Between obedience to the law and the ethical-moral duty of the intensive care nurse; 2) The position of nurses in the practice of patient advocacy for patients requiring intensive care beds. Conclusions: intensive care nurses exercise sensitivity and moral duty of the care process when defending their patients by informing them of their rights, guiding, acting and talking to and on behalf of patients and their families, valuing care free of judgment and harm to the patient hospitalized by court order.


RESUMEN Objetivo: analizar cómo los enfermeros de cuidados intensivos practican la defensa del paciente en vista de la necesidad de hospitalización por orden judicial a cuidados intensivos debido a la inviabilidad de la cama. Método: investigación exploratoria, analítica cualitativa. Los datos se obtuvieron a través de entrevistas con 42 enfermeros, seleccionados mediante muestreo de bola de nieve, entre enero y diciembre de 2016. Las entrevistas se analizaron utilizando elementos del Análisis textual discursivo. Resultados: surgieron dos categorías: 1) Entre la obediencia a la ley y el deber ético-moral del enfermero de cuidados intensivos; 2) La posición de los enfermeros en la práctica de la defensa del paciente para pacientes que requieren camas de cuidados intensivos. Conclusiones: los enfermeros de cuidados intensivos ejercen la sensibilidad y el deber moral del proceso de atención cuando defienden a sus pacientes informándoles sobre sus derechos, guiándoles, actuando y hablando con y en nombre de los pacientes y sus familias, valorando la atención libre de juicio y daños al paciente hospitalizado por orden judicial.


RESUMO Objetivo: analisar como enfermeiros intensivistas têm exercido a advocacia do paciente diante da necessidade de internação em unidade de terapia intensiva por ordem judicial, perante in/viabilidade de leito. Método: pesquisa qualitativa exploratória, analítica. Os dados foram obtidos através da realização de entrevistas com 42 enfermeiros, selecionados mediante amostragem por bola de neve, entre janeiro e dezembro de 2016. As entrevistas foram analisadas mediante elementos da Análise Textual Discursiva. Resultados: emergiram duas categorias: 1) Entre a obediência à lei e o dever ético-moral do enfermeiro intensivista e; 2) A posição dos enfermeiros no exercício da advocacia do paciente que necessita de leito na terapia intensiva. Conclusões: enfermeiros intensivistas exercem a sensibilidade e dever moral do processo de cuidar quando defendem seus pacientes informando-os sobre seus direitos, orientando, agindo e falando sobre e em nome dos pacientes e seus familiares, prezando por um cuidado livre de julgamentos e prejuízos ao paciente que interna através da ordem judicial.


Assuntos
Humanos , Adulto , Advocacia em Saúde , Enfermagem de Cuidados Críticos , Judicialização da Saúde , Unidades de Terapia Intensiva , Relações Enfermeiro-Paciente
15.
Aquichan ; 18(3): 355-365, July-Sept. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-973656

RESUMO

RESUMO Objetivos: identificar os preditores do exercício da advocacia em saúde por enfermeiros no contexto hospitalar. Materiais e método: estudo quantitativo, transversal analítico, realizado com 157 enfermeiros de duas instituições hospitalares do sul do Brasil, uma pública e uma filantrópica. A coleta de dados foi realizada entre os meses de setembro e outubro de 2015. Foi utilizado o instrumento Protective Nursing Advocacy Scale - versão brasileira, constituído por 20 itens, dispostos em cinco constructos. Para a análise dos dados, utilizou-se de elementos da estatística descritiva, da correlação de Pearson e da análise de regressão linear. Resultados: os resultados evidenciaram moderada associação entre facilitadores ao exercício da advocacia e percepções que favorecem seu exercício. A dimensão "facilitadores ao exercício da advocacia" obteve a maior média do instrumento e foi o principal preditor da advocacia em saúde no contexto hospitalar, capaz de deflagrar nos enfermeiros a sensibilidade e o desejo em advogar. Conclusões: o sentimento de responsabilidade por parte dos enfermeiros em manter o bom funcionamento da equipe e gerir questões conflitantes eleva a necessidade em oferecer segurança aos pacientes, mesmo que diante de resistências oriundas do local de trabalho.


RESUMEN Objetivos: identificar los predictores del ejercicio de la abogacía en salud por enfermeros en el contexto hospitalario. Materiales y método: estudio cuantitativo, transversal analítico, realizado con 157 enfermeros de dos instituciones hospitalarias del sur de Brasil, una pública y una filantrópica. Se realizó la recolección de datos entre los meses de septiembre y octubre del 2015. Se utilizó el instrumento Protective Nursing Advocacy Scale - versión brasileña, constituido por 20 ítems, dispuestos en cinco constructos. Para el análisis de los datos, se utilizaron elementos de la estadística descriptiva, la correlación de Pearson y el análisis de regresión lineal. Resultados: los resultados evidenciaron moderada asociación entre facilitadores al ejercicio de la abogacía y percepciones que favorecen su ejercicio. La dimensión "facilitadores al ejercicio de la abogacía" obtuvo el mayor promedio del instrumento y fue el principal predictor jurídico en salud en el contexto hospitalario, capaz de provocar en los enfermeros la sensibilidad y el deseo en abogar. Conclusiones: el sentimiento de responsabilidad por parte de los enfermeros en mantener el buen funcionamiento del equipo y manejar cuestiones conflictivas en ofrecer seguridad a los pacientes, aun ante resistencias oriundas del local de trabajo.


ABSTRACT Objectives: The purpose of this study was to identify the predictors of the practice of health advocacy by nurses in the hospital environment. Materials and methods: This is a quantitative, cross-sectional analytical study carried out with 157 nurses from two hospitals in southern Brazil, one public and one philanthropic. Data collection was done between September and October 2015. The Brazilian version of the Protective Nursing Advocacy Scale, consisting of 20 items, arranged in five constructs, was the instrument was used. Elements of descriptive statistics, the Pearson correlation and linear regression analysis were used to examine the data. Results: The study showed a moderate association between facilitators of the practice of advocacy and perceptions that favor its exercise. The dimension "facilitators of the practice of advocacy" obtained the highest average with the instrument and was the main legal predictor in health in the hospital context, capable of inspiring in nurses the sensitivity and desire to advocate. Conclusions: The nurse has a feeling of responsibility to make sure equipment continues to function properly and to handle conflicting questions when offering security to patients, even in the face of resistance originating in the workplace.


Assuntos
Humanos , Defesa do Paciente , Enfermagem , Advocacia em Saúde , Ética em Enfermagem , Hospitais
16.
Saúde debate ; 42(spe1): 315-327, Jul.-Set. 2018. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-979269

RESUMO

RESUMEN Luego de cuarenta años de instalada en el firmamento sanitario, la Atención Primaria de la Salud (APS) se encuentra como nunca antes frente a la posibilidad de ser re-escrita. No se trata de esos intentos de reafirmación o ampliación que se vivieron a los 25 (Organización Panamericana de la Salud - OPS) o a los 30 años (Organización Mundial de la Salud - OMS); se trata de un intento de reeditar los gestos y los símbolos de la histórica reunión que ocurriera en Alma Ata. El contexto internacional es diferente al de 1978, por lo que existen fundados temores que la nueva declaración constituya un retroceso respecto a la Declaración original. Al menos el primer borrador que la OMS puso a circular refuerza esa preocupación al subsumir la APS a la controversial iniciativa de la OMS y del Banco Mundial: cobertura universal en Salud. Como antes y como siempre el resultado final dependerá más bien de la forma como las comunidades y los trabajadores de salud reinterpreten la propuesta en cada lugar concreto.(AU)


ABSTRACT After 40 years of settlement in the sanitary firmament the Primary Health Care (PHC) faces, as never before, the possibility to be re written. It isn't the same context when PHC was reaffirmed as in the 25th anniversary (Pan American Health Organization - Paho) or widen as in its 30th anniversary (World Health Organization -WHO); instead of it, we see an intent to re-edit the gestures and the symbols of those historical meeting of Alma Ata in 1978, but this time, it will take place in the city of Astana. The international context couldn't be more different from those in 1978. That's why it exists funded fears that the new statement will become a backward from the strength of the original statement. Unless this is what we can presume after reading the first paper of WHO for this meeting where it tries to subsume PHC to Universal Health Coverage, a controversial initiative of WHO and the World Bank. As it was and it always be, the final outcome, in fact, will depend of the way the communities and the health workers translate the proposal to every concrete practice scenario.(AU)


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Saúde Global , Advocacia em Saúde , Política de Saúde , Declaração de Alma-Ata
17.
Recurso na Internet em Português | LIS - Localizador de Informação em Saúde | ID: lis-46213

RESUMO

Advocacy é um conjunto de ações desenvolvidas para influenciar os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e a sociedade, na formulação, aprovação e execução de políticas governamentais. Esta prática busca uma democracia justa e representativa, fortalecendo a participação de diferentes atores sociais nos debates de interesse público. O foco do trabalho da ACT é a promoção de políticas públicas de saúde através de ações de advocacy realizadas por meio do trabalho em redes e mobilização da mídia. Uma das grandes conquistas do trabalho de advocacy da ACT foi a aprovação da Lei Antifumo de São Paulo, em 2009, que impulsionou a aprovação de outras leis estaduais e municipais, culminando com a implantação da Lei Antifumo Nacional em 2014.


Assuntos
Advocacia em Saúde
18.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(64): 153-163, jan.-mar. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-893456

RESUMO

Este artigo analisa um conjunto de cartas escritas por mães e pais de autistas, publicadas no Jornal do Brasil na década de 1980. O trabalho busca contribuir, a partir de uma pesquisa documental realizada na imprensa periódica, com a ampliação de conhecimentos sobre aspectos relacionados à história do autismo no país. Objetiva demonstrar duas questões: que as correspondências publicadas no período expressaram variedade de posicionamentos em torno do entendimento do fenômeno do autismo; e que as cartas podem ser entendidas como expressões de advocacy de familiares interessados em ações de assistência aos autistas. Os resultados da pesquisa apontam para mães e pais transformando sua maternagem e paternagem em instrumento político.(AU)


This paper analyzes a set of letters sent to the Jornal do Brasil by parents of autistic people during the 1980s. The text seeks to expand the knowledge of historical aspects of autism in the country through document research from printed media. It aims to highlight two key issues: that the correspondence published during that period expressed a variety of stances regarding the understanding of the autism phenomenon; and that the letters may be understood as expressions of advocacy by the concerned relatives who wanted to further stimulate actions focused on assistance for autistic people. The conclusion shows how mothers and fathers turned their parenting into political instruments.(AU)


Este artículo analiza un conjunto de cartas escritas por padres y madres de autistas, publicadas en el Jornal do Brasil en la década de 1980. El objetivo del trabajo es contribuir, a partir de un estudio documental realizado en la prensa periódica, para la ampliación de conocimientos sobre aspectos relacionados con la historia del autismo en el país. Su objetivo es demostrar dos puntos: que las correspondencias publicadas en el período expresaron variedad de posicionamientos sobre el entendimiento del fenómeno del autismo y que las cartas pueden entenderse como expresiones de advocacy de familiares interesados en acciones de asistencia a los autistas. Los resultados del estudio señalan a padres y madres que transforman su maternidad y paternidad en instrumento político.(AU)


Assuntos
Humanos , Transtorno Autístico , Correspondência como Assunto , Advocacia em Saúde
19.
São Paulo; Sociedade Brasileira de Diabetes; 2018. 210 p. graf, ilus.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-996297

RESUMO

Este Mapeamento Político da Saúde no Brasil com foco em Diabetes e Doenças Cardiovasculares é dirigido a Organizações da Sociedade Civil (OSC) que atuam, principalmente, com diabetes e reúnem pessoas que vivem a experiência da doença. Pretende- se, com ele, facilitar o entendimento sobre as estruturas de poder e ações de advocacy junto a instituições envolvidas na elaboração de políticas públicas de saúde. Para a publicação atual, foram realizadas entrevistas em cinco capitais brasileiras, uma por macrorregião ­ Manaus, Fortaleza, Distrito Federal, São Paulo e Curitiba ­, nas quais a SBD possui coordenações regionais ou delegados. Na medida do possível, foram entrevistados representantes da SBD nas capitais, profissionais do Ministério da Saúde, das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde (SES e SMS), dos poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério Público (MP), das Defensorias Públicas, de associações de pacientes e professores/pesquisadores universitários.


Assuntos
Humanos , Controle Social Formal , Doenças Cardiovasculares , Advocacia em Saúde , Diabetes Mellitus
20.
Texto & contexto enferm ; 27(2): e0730014, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-962932

RESUMO

RESUMO: Objetivo: identificar as ações dos enfermeiros no exercício da advocacia do paciente, na literatura científica internacional publicada nos últimos dez anos. Método: revisão integrativa da literatura, cujos dados foram coletados na base de dados Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature e SAGE Journals Online, utilizando-se os descritores "patient advocacy" e "nursing", sendo encontrados 27 artigos. Resultados: como resultados, emergiram duas categorias: ações de advocacia exercidas por enfermeiros em diferentes nações e culturas; e ações de advocacia nos diferentes ambientes de atuação dos enfermeiros. Conclusão: acredita-se que os achados deste estudo poderão contribuir para a produção de pesquisas e conhecimentos em enfermagem, ampliando a compreensão da advocacia do paciente como um componente ético da prática dos enfermeiros.


RESUMEN Objetivo: identificar las acciones de los enfermeros en ejercicio de defensa de los pacientes en la literatura científica internacional publicada en los últimos diez años. Método: revisión integrativa de literatura, y los datos fueron recogidos en la base de datos Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature y SAGE Journals Online, utilizando los descriptores "patient advocacy" y "nursing", siendo encontrado 27 artículos. Resultados: como resultado, emergieron dos categorías: las acciones de defensa ejercitadas por enfermeros e n diferentes naciones y culturas; las acciones de defensa en los distintos ámbitos de acción de los las enfermeros. Conclusión: se considera que los resultados de este estudio pueden contribuir a la producción de la investigación y el conocimiento en la enfermería, la ampliación de la comprensión de la defensa de los pacientes como un componente ético de la práctica de enfermería.


ABSTRACT Objective: to identify the actions of nurses when advocating for patients as reported by the international scientific literature published in the last ten years. Method: integrative literature review with data collected from the Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature database and SAGE Journals Online, using the key words "patient advocacy" and "nursing"; 27 papers were identified. Results: two categories emerged: advocacy actions performed by nurses from different countries and cultures; and advocacy actions performed by nurses in different healthcare settings. Conclusion: this study's findings are expected to contribute to research and knowledge in the field of nursing, broadening understanding of patient advocacy as an ethical component of the nursing practice.


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Revisão , Advocacia em Saúde , Ética em Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...