Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 213
Filtrar
1.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-13167

RESUMO

Posse da Diretoria Executiva da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) e da Associação Paulista de Homeopatia (APH) para o triênio 2024/2026. Juntos, vamos abraçar o poder da homeopatia para promover o bem-estar e transformar vidas. Faça parte deste momento.


Assuntos
Comitês Consultivos , Organizações em Saúde , Homeopatia
2.
Salud publica: revista del Ministerio de Salud de la Provincia de Buenos Aires ; (2: Salud internacional): s30087074/6q7nvorpn, 2024 enero.
Artigo em Espanhol | InstitutionalDB, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-1552118

RESUMO

Las dinámicas y lógicas laborales en las organizaciones socio-sanitarias del sector público, son muy complejas. En un texto anterior (la primera parte del presente ensayo) revisamos diferentes posicionamientos teóricos sociológicos (el análisis burocrático de Weber, el estructuralismo constructivista de Bourdieu, la perspectiva pragmática de la crítica de Boltanski), así como también textos de otros autores, tendientes a profundizar la reflexión sobre las prácticas en estas organizaciones. Apelamos además a la música, el baile y las canciones del grupo de rock argentino "Patricio Rey y sus redonditos de ricota" como un ejercicio de intertextualidad metafórica que nos permita vincular dicha reflexión con otras dimensiones de lo social. En este texto (segunda parte), ahondamos en su condición de burocracias profesionales caracterizadas por los amplios márgenes de autonomía con que cuentan sus trabajadores al actuar. Tal indagación se enfoca en la dimensión micropolítica y afectiva de sus prácticas porque, a pesar de ser organizaciones menos piramidales que otras, también se reproducen en ellas dinámicas y lógicas de explotación y alienación que despotencian a sus trabajadores. Proponemos al reconocimiento mutuo, no jerárquico y situacional, como un dinamizador y potenciador de individuos y equipos para desarmar los mecanismos alienantes de capturazgo pasional que a menudo encarnan y perpetúan.


The dynamics and labor logics in socio-sanitary organisations in the public sector are highly complex. In a previous part (the first part of this essay), we explored different theoretical sociological perspectives (Weber's bureaucratic analysis, Bourdieu's constructivist structuralism, Boltanski's critical programmatic perspective), as well as texts from other authors that deepen the reflection on the practices within these organisations. We also drew on the music, dance, and songs of the Argentine rock band "Patricio Rey y sus Redonditos de Ricota" as a metaphorical exercise in intertextuality, allowing us to link this reflection to other social dimensions. In this text (second part), we delve into their status as professional bureaucracies characterized by the ample autonomy enjoyed by their workers in their actions. This inquiry focuses on the micropolitical and affective dimension of their practices because, despite being less pyramidal than others, these organizations also replicate dynamics and logics of exploitation and alienation that disempower their workers. We propose mutual recognition, devoid of hierarchy and situational context, as a catalyst and enhancer for individuals and teams to dismantle the alienating mechanisms of passionate capture that they often embody and perpetuate.


Assuntos
Inovação Organizacional , Organizações em Saúde , Sociologia Médica , Colaboração Intersetorial , Instalações de Saúde
5.
Artigo em Português | LILACS, CUMED | ID: biblio-1449925

RESUMO

O objetivo desta pesquisa foi analisar o nível de maturidade de Gestão do Conhecimento na Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura do município de Contagem, Minas Gerais, Brasil, aliando teoria e prática. A maturidade em Gestão do Conhecimento é estabelecida em 13 dimensões, que devem ser consideradas concomitantemente. Os métodos utilizados consistem na aplicação de um instrumento de pesquisa constituído por 39 afirmativas, dispostas em escala likert de cinco pontos, seccionadas em 13 constructos, os quais são analisados sob a ótica positivista, por meio dos critérios de Kaiser-Meyer-Olkin para dimensionalidade, Alfa de Cronbach para confiabilidade e r de Pearson junto ao p-Valor para validade, sendo adotadas Médias, Desvio Padrão e Intervalo de Confiança de 95 porcent. Os resultados indicam que a instituição se encontra no nível três de cinco, denominado Incipiente, caracterizado por buscar gerenciar o conhecimento e suas áreas críticas para seu sucesso. Para elevação ao nível quatro de cinco de maturidade, são sugeridas três ações para as dimensões, Estratégia, Liderança e suporte da Alta Administração, Equipe de Gestão do Conhecimento, Recursos (financeiro, humano, material e tempo), Processos e Atividades, Gestão de Recursos Humanos, Treinamento e Educação, Motivação, Trabalho em Equipe, Cultura, Mensuração e Projeto Piloto e duas ações para a dimensão Tecnologia da Informação, totalizando 38 ações para promoção da maturidade. Esta pesquisa contribuiu na busca por estudos empíricos sobre nível de maturidade de Gestão do Conhecimento e instiga novos estudos em diferentes instituições públicas(AU)


El objetivo de esta investigación fue analizar el nivel de madurez de la Gestión del Conocimiento en la Secretaría Municipal de Salud del Municipio de Contagem, Minas Gerais, Brasil, combinando teoría y práctica. La madurez en Gestión del Conocimiento se establece en 13 dimensiones, las cuales deben ser consideradas concomitantemente. Los métodos utilizados consisten en la aplicación de un instrumento de investigación que consta de 39 enunciados, ordenados en una escala tipo Likert de cinco puntos, seccionados en 13 constructos, los cuales son analizados desde una perspectiva positivista, utilizando los criterios de dimensionalidad de Kaiser-Meyer-Olkin; Alfa de Cronbach para la confiabilidad y r de Pearson junto con el valor-p para validez; se adopta el análisis de la media, la desviación estándar y el intervalo de confianza del 95 por ciento. Los resultados indican que la institución se encuentra en el nivel tres de cinco, denominado incipiente, caracterizado por buscar gestionar el conocimiento y sus áreas críticas en función de su éxito. Para la elevación al nivel cuatro de cinco de madurez se sugieren tres acciones para las dimensiones: estrategia, liderazgo y apoyo a la alta dirección, equipo de gestión del conocimiento, recursos (económicos, humanos, materiales y de tiempo), procesos, actividades, recursos humanos, capacitación y educación, motivación, trabajo en equipo, cultura, medición y proyecto piloto; además dos acciones para la dimensión de Tecnologías de la Información. Se proponen 38 acciones en total para promover la madurez. Esta investigación contribuyó a la búsqueda de estudios empíricos sobre el nivel de madurez de la Gestión del Conocimiento y propone nuevos estudios en diferentes instituciones públicas(AU)


The objective of this research was to analyze the maturity level of Knowledge Management in the Municipal Health Department of the Municipality of Contagem, Minas Gerais, Brazil, combining theory and practice. Maturity in Knowledge Management is established in 13 dimensions, which must be considered concomitantly. The methods used consist of the application of a research instrument consisting of 39 statements, arranged on a five-point Likert scale, sectioned into 13 constructs, which are analyzed from a positivist perspective, using the Kaiser-Meyer-Olkin criteria for dimensionality. , Cronbach's Alpha for reliability and Pearson's r together with the p-Value for validity, adopting Means, Standard Deviation and Confidence Interval of 95percent. The results indicate that the institution is at level three out of five, called Incipient, characterized by seeking to manage knowledge and its critical areas for its success. For elevation to level four out of five of maturity, three actions are suggested for the dimensions, Strategy, Leadership and Senior Management support, Knowledge Management Team, Resources (financial, human, material and time), Processes and Activities, Human Resources, Training and Education, Motivation, Teamwork, Culture, Measurement and Pilot Project and two actions for the Information Technology dimension, totaling 38 actions to promote maturity. This research contributed to the search for empirical studies on the maturity level of Knowledge Management and instigates new studies in different public institutions(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Organizações em Saúde , Gestão do Conhecimento , Brasil
6.
Medicina UPB ; 41(1): 1-2, mar. 2022.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1362373

RESUMO

Las organizaciones de salud deben generar los espacios necesarios para el avance del conocimiento científico, es así como la propuesta que viene desarrollando la Clínica Universitaria Bolivariana ­hoy Hospital Universitario­ se ha materializado no solo en aportes a las líneas clínicas de la institución como maternidad, neonatos, crónicas y enfermedades de la mujer y del piso pélvico, sino también en un enfoque de las ciencias relacionadas con la salud pública, la administración, la economía y la ingeniería, con lo que hoy se configura como el Área de Gestión Hospitalaria.


Health organizations must generate the necessary spaces for the advancement of scientific knowledge, this is how the proposal that the Bolivarian University Clinic has been developing ­ today University Hospital ­ has materialized not only in contributions to the clinical lines of the institution such as maternity, neonates, chronic diseases and diseases of women and the pelvic floor, but also in a focus on sciences related to public health, administration, economics and engineering, with what is now configured as the Hospital Management Area.


As organizações de saúde devem gerar os espaços necessários para o avanço do conhecimento científico, é assim que a proposta que a Clínica Universitária Bolivariana vem desenvolvendo ­ hoje Hospital Universitário ­ se materializou não apenas em contribuições para as linhas clínicas da instituição como maternidade, neonatos , doenças crônicas e doenças da mulher e do assoalho pélvico, mas também com foco nas ciências relacionadas à saúde pública, administração, economia e engenharia, com o que agora se configura como Área de Gestão Hospitalar.


Assuntos
Humanos , Administração Hospitalar , Ciência , Universidades , Conhecimento , Organizações em Saúde , Gestão do Conhecimento , Hospitais Universitários
7.
Textos contextos (Porto Alegre) ; 21(1): 42822, 2022.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1379531

RESUMO

O trabalho, recorte de uma pesquisa sobre privatização da saúde no município do Rio de Janeiro, aborda a principal questão levantada na literatura nacional e internacional sobre os resultados das reformas gerencialistas da Administração pública no contexto do neoliberalismo, que é a falta de controle sobre as parcerias público-privadas e os contratos de gestão. No caso, as Organizações Sociais de Saúde (OSS) têm frequentemente sido envolvidas em processos de corrupção. Faz-se uma breve revisão sobre a corrupção, abordando suas dimensões quantitativas e as concepções correntes. O marco teórico adotado é o marxismo, em especial, a partir de análises de formações econômico-sociais pós ou semicoloniais, onde tem sido encontrado, na contemporaneidade, níveis significativos de corrupção. O caso do Rio de Janeiro abordou 14 OSS que estabeleceram contratos com a prefeitura entre 2009 e 2015 utilizando fontes públicas oficiais, jornais e processos do Ministério Público. Em somente quatro OSS não se identificaram irregularidades, a partir das fontes citadas. As mais comuns envolveram irregularidades na prestação de contas, sobrepreços e pagamento de propinas a agentes públicos. Aponta ao final, que, a contrarreforma do Estado na saúde, ao contrário do proposto nos anos 1990, parece estar facilitando a corrupção, indo contra os princípios da administração pública que orientaram a Constituição de 1988


The work is an excerpt from a research on the privatization of health in the city of Rio de Janeiro. It addresses the main issue raised in the national and international literature on the results of managerial reforms in Public Administration in the context of neoliberalism, which is the lack of control over public-private partnerships and management contracts. In this case, Social Health Organizations/OSS have often been involved in corruption processes. A brief review of corruption is carried out, approaching its quantitative dimensions and current conceptions. The theoretical framework adopted is Marxism, especially from the analysis of post- or semi-colonial economic-social formations, where, in contemporary times, significant levels of corruption have been found. The case of Rio de Janeiro addressed 14 OSSs that established contracts with the City Hall between 2009 and 2015 using official public sources, newspapers and Public Ministry processes. In only four OSSs, no irregularities were identified, based on the sources cited. The most common ones involved irregularities in the rendering of accounts, overpricing and payment of bribes to public officials. It points out at the end that the State counter-reform in health, contrary to what was proposed in the 1990s, seems to be facilitating corruption, going against the principles of public administration that guided the 1988 Constitution


Assuntos
Administração Pública , Gestão em Saúde , Organizações em Saúde , Corrupção
8.
Maseru; Ministry of Health; 2021. 58 p. figures, tables.
Não convencional em Inglês | AIM (África) | ID: biblio-1402099

RESUMO

An outbreak of the coronavirus disease (COVID-19) caused by the 2019 novel coronavirus (SARS-CoV-2) has been spreading rapidly across the world since December 2019, following the diagnosis of the initial cases in Wuhan, China. On March 11, 2020, the World Health Organization (WHO) declared a global pandemic. As of January 6, 2021, the outbreak has resulted in more than 86 million global cases and more than 1.8 million global deaths.1 and 3206 cases in Lesotho with 65 deaths. In order to respond to this global pandemic, the Government of Lesotho (GoL) will implement a Lesotho COVID-19 Emergency Preparedness and Response Project (EPRP), with World Bank (WB) financial support. The Lesotho COVID-19 Emergency Preparedness and Response Project (EPRP), with US$ 7.5 million total budget, comprises of two main components, Emergency COVID-19 Response (US$6.675 million), and Project Implementation and Monitoring & Evaluation (US$0.825 million).


Assuntos
Saúde Ambiental , Defesa Civil , Gerenciamento de Resíduos , Pandemias , COVID-19 , Instalações de Saúde , Gerenciamento Clínico , Organizações em Saúde
9.
Rev. méd. Urug ; 36(4): 185-203, dic. 2020.
Artigo em Espanhol | LILACS, BNUY | ID: biblio-1144757

RESUMO

Resumen: Introducción: durante la emergencia sanitaria por la pandemia COVID-19 se promueve el uso de la telemedicina (TM) con el propósito de facilitar la asistencia y cuidar a los profesionales del equipo de salud. El objetivo de este trabajo es analizar diferentes aspectos de la TM y su utilidad en las organizaciones de salud. Metodología: se realiza una revisión narrativa. Se hace una búsqueda en PubMed de los términos "telemedicine and organizations and quality and satisfaction", en los últimos cinco años, en idioma inglés o español, se seleccionaron los artículos de interés, complementando con bibliografía referenciada y documentos oficiales en páginas web pertenecientes a organismos gubernamentales, académicos e internacionales. Todas las fuentes bibliográficas revisadas se listan en la bibliografía. Resultados y discusión: se define TM como la parte clínica de la telesalud, corresponde a la práctica médica, realizada a distancia, en tiempo real o diferido, por intermedio del uso de las Tecnologías de la Información y la Comunicación en Salud (TIC). Esta nueva tecnología genera nuevas formas de ejercer la medicina, si bien es necesario mantener los principios éticos del acto médico. Existen programas establecidos de teleradiología, teledermatología, telepatología, telepsiquiatría y múltiples proyectos piloto con fines asistenciales y de investigación. Se requiere mayor evidencia sobre los resultados de efectividad, calidad, acceso a los servicios y ahorro de los costos de las intervenciones sobre determinados grupos específicos y condiciones. Conclusiones: la TM puede contribuir a la mejora de los servicios de salud cuando su uso se planifica en función de las necesidades de los usuarios, los recursos y de la organización. Su implementación puede mejorar la accesibilidad a la atención médica en los diferentes niveles de atención con un menor gasto de tiempo y dinero para los pacientes y las organizaciones.


Summary: Introduction: during the health emergency caused by the COVID 19 pandemic, the use of telemedicine was promoted with the purpose of making health services more accessible and also to look after the health team. This study aims to analyse different aspects of telemedicine and its usefulness in the health organizations. Method: a narrative review was conducted by searching the terms "telemedicine and organizations and quality and satisfaction" in Pubmed, to find publication in the last 5 years, both in English and in Spanish. Relevant articles were selected and complemented with referenced bibliography and official documents found in websites published by government agencies, as well as by academic or international organizations. All bibliographic sources reviewed are listed in the bibliography. Results and discussion: telemedicine is defined as the clinical part of eHealth, corresponding to remote medical practices in real time or at some later time, by means of ICTs applied to health. These new technologies allow for new forms of practicing medicine, despite the fact the ethical principles of the medical act need to be kept. Programs in tele-radiology, tele-dermatology, tele-pathology and tele-psychiatry have already been implemented and multiple pilot projects for health care and research are being carried out. Further evidence is needed on the effectiveness, quality, access to services and savings in the costs of interventions for specific groups, and under certain conditions. Conclusions: telemedicine may contribute to improving health services when they are included in a plan devised to meet both the users' and the organization's needs and the resources available. The implementation of telemedicine may result in a greater access to health services at the different health care levels, with lower use of time and money for patients and organizations.


Resumo: Introdução: durante a emergência de saúde devido à pandemia COVID 19, o uso da telemedicina (TM) é promovido buscando facilitar o atendimento e a cuidar os profissionais da equipe de saúde. O objetivo deste trabalho é analisar diferentes aspectos da TM e sua utilidade nas organizações de saúde. Metodologia: foi realizada uma revisão narrativa. Fez-se uma pesquisa bibliográfica em PubMed utilizando os termos "telemedicine and organizations and quality and satisfaction", nos últimos 5 anos, em inglês ou espanhol; foram selecionados os artigos de interesse, complementados com bibliografia referenciada e documentos oficiais em páginas web pertencentes a organizações governamentais, acadêmicas e internacionais. Todas as fontes bibliográficas revisadas estão listadas na bibliografía. Resultados e discussão: a TM é definida como a parte clínica da telessaúde, corresponde à prática médica realizada à distância, em tempo real ou diferida, através da utilização das tecnologias de informação e comunicação em saúde (TIC). Essa nova tecnologia gera novas formas de praticar a medicina, embora seja necessário manter os princípios éticos do ato médico. Existem programas estabelecidos em telerradiologia, teledermatologia, telepatologia, telepsiquiatria e vários projetos-piloto para fins de saúde e pesquisa. São necessárias mais evidências sobre os resultados de eficácia, qualidade, acesso a serviços e economia de custos de intervenções em grupos e condições específicas. Conclusões: a TM pode contribuir para a melhoria dos serviços de saúde quando sua utilização é planejada de acordo com as necessidades dos usuários, recursos e organização. Sua implementação pode melhorar a acessibilidade aos cuidados de saúde em diferentes níveis de atendimento com redução de custos e de tempo tanto para pacientes como para as organizações.


Assuntos
Telemedicina , Organizações em Saúde , Acessibilidade aos Serviços de Saúde , Relações Médico-Paciente
10.
Rev. univ. psicoanál ; (20): 155-162, nov.2020.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1395539

RESUMO

En "El atolondradicho" Lacan insiste en su propósito de desbrozar el estatuto del discurso del psicoanalista. En ese desbroce debería fundarse el lazo social de trabajo que dará cuerpo a la nueva institución analítica por él propuesta, la Escuela. Destaca además que es lazo social sería "limpio de toda necesidad de grupo". Hay implícita en estas afirmaciones lacanianas toda una concepción del agrupamiento y formación de los psicoanalistas. Estas páginas quieren aportar a la elucidación de dicha concepción haciendo foco en el lugar central que en ésta tienen las matemáticas. Se propone que allí se da un atravesamiento de inscripciones políticas, institucionales, epistémicas y clínicas


In "L' Étourdit" Lacan insists on his intention of clearing up the status of the psychoanalyst´s discourse. In this clearing, the social bond that will give shape to the new analytical institution proposed by him, the School, should be founded. He also emphasizes that this social bond would be "clean of all group needness". Implicit in these Lacanian statements is a whole conception of the grouping and formation of psychoanalysts. These pages want to contribute to the elucidation of this conception by focusing on the central place that mathematics has in it. The aim is to give an account of how the mathematical formalization crosses, at the same time, the School´s political-institutional proposal and the conceptualization of the clinical experience. It is proposed that there is a crossing of political, institutional, epistemic and clinical inscriptions


Assuntos
Humanos , Interpretação Psicanalítica , Assistência Centrada no Paciente , Organizações em Saúde , Análise de Dados
11.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5645

RESUMO

“A AIDS não teria o status que tem hoje no Brasil se não fosse a sociedade civil organizada, através das Organizações não Governamentais”.


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações em Saúde , Organizações/organização & administração , Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle
12.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5646

RESUMO

“Se este mecanismo se implementa porque é um desejo de algum segmento da sociedade civil de ajudar e fortalecer o Estado, este tem que ser regulamentado”, para o coordenador da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde da OPAS no Brasil, Renato Tasca,


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações em Saúde , Organizações/organização & administração , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Áreas de Pobreza
13.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5647

RESUMO

“O grande divisor que permite distinguir uma OSS oportunista de uma OSS que interpreta a vontade da sociedade é, justamente, a parceria”, observa Renato Tasca, da OPAS/OMS no Brasil


Assuntos
Pneumonia Viral/prevenção & controle , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Betacoronavirus , Pandemias/prevenção & controle , Organizações/organização & administração , Organizações em Saúde
14.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5648

RESUMO

“A Organização Social de Saúde (OSS) não tem e não pode ter lucro; como também não tem e não pode ter prejuízo”, explica o presidente do IBROSS, Renilson Rehem


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações/organização & administração , Organizações em Saúde
15.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5649

RESUMO

“Mesmo a gente entendendo como um modelo de Organização Social de Saúde (OSS), na verdade não é um modelo, são vários modelos”, explicou Rehen.


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações/organização & administração , Organizações em Saúde
16.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5650

RESUMO

“Começa um problema se a gente assume que há organizações sociais que não sabem que elas são signatárias de um contrato, no qual está explícito o que recebem e o que devem fazer”, ressaltou Ana Maria Malik, da EAESP - FGV.


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações em Saúde , Organizações/organização & administração , Parcerias Público-Privadas/legislação & jurisprudência
17.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5651

RESUMO

“Se existe um momento no qual o setor público e o setor privado necessitam trabalhar juntos, é quando se está em uma situação de envolvimento nacional importante.”, diz Ana Maria Malik, da EAESP-FGV


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações/organização & administração , Organizações em Saúde , Parcerias Público-Privadas/legislação & jurisprudência
18.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-5652

RESUMO

“O Estado tem que se qualificar cada vez mais para contratar bem: saber o que está encomendando e ter as ferramentas regulatórias”., pontuou o moderador do debate, Marcus Pestana, ex-presidente do Conass.


Assuntos
Betacoronavirus , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Pandemias/prevenção & controle , Organizações/organização & administração , Organizações em Saúde , Setor Público/organização & administração
19.
Rev. cub. inf. cienc. salud ; 31(2): e1487, abr.-jun. 2020. fig
Artigo em Português | LILACS, CUMED | ID: biblio-1149840

RESUMO

A implementação de programas de compliance vem sendo cada vez mais difundida nos ambientes organizacionais, se destacando o compliance, com vistas a estar em conformidade com as questões jurídicas, aumentando a eficiência e minimizando os riscos. O objetivo do presente artigo situa-se na análise da difusão do compliance a partir da perspectiva na gestão da informação, bem como seu impacto nos aspectos jurídicos no Brasil, e com isso, refletir sobre as vantagens da adoção desses mecanismos como forma de ganho de competitividade. Dessa maneira, a presente pesquisa realizou um levantamento bibliográfico com o objetivo de realizar uma análise preliminar da gestão da informação enquanto ferramenta organizacional no contexto da saúde. Também foi analisado como o processo de compliance pode fazer uso da informação gerida com o intuito de diminuir o risco e aumentar a competitividade no contexto das organizações que possuem a saúde como área fim. Ressalta-se que se trata de uma pesquisa de caráter preliminar, que buscou chamar a atenção das organizações brasileiras do setor da saúde quanto ao uso da gestão da informação como ferramenta para o compliance. Sendo assim, concluiu-se preliminarmente que a prática do compliance, alinhada ao uso estratégico da informação, pode ser fundamental para a minimização de riscos e aumento da competitividade, especialmente pelo ganho de confiabilidade de ambiente, pautado na integridade e na segurança de investimentos(AU)


La implementación de programas de compliance (cumplimiento normativo) se ha generalizado cada vez más en entornos organizacionales, con miras a cumplir con los problemas legales, aumentar la eficiencia y minimizar los riesgos. El objetivo de este artículo es determinar la difusión del compliance desde la perspectiva de la gestión de la información, así como su impacto en los aspectos legales en Brasil, y con eso, reflexionar sobre las ventajas de adoptar estos mecanismos como una forma de obtener competitividade. En la presente investigación realizó una encuesta bibliográfica con el fin de realizar un análisis preliminar de la gestión de la información como herramienta organizativa en el contexto de la salud. También se analizó cómo el proceso de compliance puede hacer uso de la información administrada para reducir el riesgo y aumentar la competitividad en el contexto de las organizaciones que tienen la salud como área final. Esta es una investigación preliminar, que intenta atraer la atención de las organizaciones brasileñas del sector de la salud en cuanto al uso de la gestión de la información como herramienta para el compliance. Por lo tanto, se concluyó preliminarmente que la práctica del compliance, alineada con el uso estratégico de la información, puede ser fundamental para minimizar los riesgos y aumentar la competitividad, especialmente por la ganancia en la confiabilidad del entorno basada en la integridad y la seguridad de las inversiones(AU)


The implementation of compliance programs has been increasingly widespread in organizational environments, highlighting compliance, with a view to being in compliance with legal issues, increasing efficiency and minimizing risks. The objective of this article is to analyze the diffusion of compliance from the perspective of information management, as well as its impact on legal aspects in Brazil, and with that, to reflect on the advantages of adopting these mechanisms as a way of gaining competitiveness. In this way, the present research carried out a bibliographic survey with the objective of carrying out a preliminary analysis of information management as an organizational tool in the context of health. It was also analyzed how the compliance process can make use of managed information in order to reduce risk and increase competitiveness in the context of organizations that have health as an end area. It should be noted that this is a preliminary research, which sought to draw the attention of Brazilian organizations in the health sector regarding the use of information management as a tool for compliance. Therefore, it was preliminarily concluded that the practice of compliance, in line with the strategic use of information, can be fundamental to minimize risks and increase competitiveness, especially due to the gain in the reliability of the environment based on the integrity and security of investments(AU)


Assuntos
Humanos , Comportamento Competitivo , Gestão da Informação/métodos , Difusão , Organizações em Saúde , Brasil
20.
Rev. enferm. UFSM ; 10: 73, 2020.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-1128515

RESUMO

Objetivo: avaliar a cultura de segurança do paciente na perspectiva da equipe multiprofissional da maternidade. Método: estudo transversal, quantitativo, através do questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture. Participaram 62 profissionais de um hospital do Rio Grande do Sul. Os dados foram analisados mediante estatística descritiva. Resultados: a equipe não identificou área de força positiva; duas dimensões foram neutras, aprendizado organizacional e melhoria contínua (59,5%); expectativa e ações dos supervisores (51,1%). As dez restantes apresentaram potencial para melhorar, sendo que respostas não punitivas aos erros (15,5%) e apoio da gestão (29,6%) obtiveram as menores pontuações. A maioria dos profissionais não relataram eventos em 12 meses (80,6%) e avaliaram o grau de segurança do paciente como regular (59,7%). Conclusão: a maternidade possui uma cultura de segurança do paciente vulnerável, punitiva, com fraca adesão as notificações, requerendo maiores iniciativas e apoio da gestão as mudanças imprescindíveis ao alcance de melhores resultados.


Objective: assess the culture of patient safety from the perspective of a multiprofessional maternity team. Method: transversal, quantitative study, through the questionnaire Hospital Survey on Patient Safety Culture. 62 professionals from a hospital in Rio Grande do Sul participated. The data was analyzed by descriptive statistics. Results: the team did not identify areas of positive force; two dimensions were neutral, organizational learning and continuous improvement (59,5%); expectation and supervisor action (51,1%). The ten remaining showed potential to improve, being that non-punitive responses to errors (15,5%) and support from management (29,6%) obtained the lowest scores. The majority of professionals did not relate events in twelve months (80,6%) and assessed the degree of patient safety as regular (59,7%). Conclusion: the maternity has a culture of patient safety that is vulnerable, punitive, with weak adherence to notifications, requiring greater initiatives and support from management for essential changes to reach better results.


Objetivo: evaluar la cultura de seguridad del paciente en la perspectiva del equipo multiprofesional de la maternidad. Método: estudio transversal, cuantitativo, por medio del cuestionario Hospital Survey on Patient Safety Culture. Participaron 62 profesionales de uno hospital del Rio Grande del Sur. Los datos fueron analizados mediante estadística descriptiva. Resultados: el equipo no identifico área de fuerza positiva; dos dimensiones fueron neutras, aprendizaje organizacional y mejoramiento continuo (59,5%), expectativa y acciones de los supervisores (51,1%). Las diez restantes presentan potencial para mejorar, siendo que respuestas no punitivas de los errores (15,5%) y apoyo de la gestión (29,6%) obtuvieron las mejores puntuaciones. La mayoría de los profesionales no relataron eventos em 12 meses (80,6%) y evaluaron el grado de seguridad del paciente como regular (59,7%). Conclusión: la maternidad posee una cultura de seguridad del paciente vulnerable, punitiva, con débil adhesión a las notificaciones, requiriendo mayores iniciativas y apoyo de gestión a los cambios imprescindibles a el alcance de mejores resultados.


Assuntos
Humanos , Cultura Organizacional , Gestão da Segurança , Organizações em Saúde , Segurança do Paciente , Maternidades
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...