Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 31
Filtrar
1.
Artigo em Espanhol | PAHO-IRIS | ID: phr-49077

RESUMO

[RESUMEN]. Objetivo. Caracterizar los patrones de ocurrencia de desastres, defunciones, población afectada y daños económicos en México en el período 1900-2016. Métodos. Se realizó un estudio descriptivo de las frecuencias de desastres, de defunciones y de personas afectadas y se estimaron los daños económicos para México en el período señalado. Se utilizó la base de datos EM-DAT del International Disaster Database, del Centre de Recherche sur l’Epidémiologie des Désastres de L’École de Santé Publique de l’Université Catholique de Louvain, Belgique. Resultados. Se observó un aumento de la frecuencia de desastres a partir de la década de los noventa. Los patrones de ocurrencia de desastres en México indican que el porcentaje más alto es el de los de origen meteorológico e hidrológico (tormentas, temperaturas extremas, inundaciones, aludes y acción de los oleajes), que representan la mitad de los desastres registrados. El pocentaje de los desastres de origen meteorológico, hidrológico y climatológico oscila entre 50%-60% y son los que han provocado mayores daños a México en la serie analizada. Los que más defunciones han causado son los geofísicos, seguidos de los hidrológicos y los meteorológicos. El costo de los daños asciende con el paso de las décadas. Conclusiones. De los 219 desastres analizados en el período mencionado, 63,4% se ha registrado a partir de 1990. La frecuencia de los desastres y las necesidades de inversión en su prevnción y mitigación van en aumento.


[ABSTRACT]. Objective. Characterize the patterns in the occurrence of disasters, associated deaths, population affected, and economic damages in Mexico over the period 1900-2016. Methods. In a descriptive study approach, information was gathered on the frequency of disasters, associated deaths, persons affected, and economic damages in Mexico over the period indicated, using the International Disaster Database (EMDAT) of the Center for Disaster Epidemiology Research (CRED) of the School of Public Health, Catholic University of Louvain, Belgium. Results. In Mexico, an increase was observed in the frequency of disasters starting in the 1990s. According to the pattern of occurrence, the highest percentage were of hydrometeorological origin (storms, extreme temperatures, floods, avalanches, and storm surges), which accounted for half the reported disasters. In the series analyzed, disasters of hydrologic, meteorological, or climatological origin represented between 50% and 60% of the events and were the ones that caused the greatest damage. Geophysical events caused the most deaths, followed by hydrologic and then by meteorological events. The cost of damages increased with each decade. Conclusions. Of the 219 disasters analyzed over the period, 63.4% have occurred since 1990. The frequency of the disasters and the need for investment in their prevention and mitigation are increasing.


[RESUMO]. Objetivo. Caracterizar o padrão de ocorrência de desastres, mortes, população atingida e prejuízos econômicos no México no período 1900–2016. Métodos. Foi realizado um estudo descritivo da frequência de desastres, mortes e população atingida no México sendo estimados os prejuízos econômicos no período considerado. Foi usada a base de dados EM-DAT do International Disaster Database do Centro de Pesquisa Epidemiológica de Desastres da Escola de Saúde Pública da Université Catholique de Louvain, Bélgica. Resultados. Foi observado um aumento da frequência de desastres a partir da década de 1990. Os padrões de ocorrência de desastres no México demonstram uma maior porcentagem de desastres de origem meteorológica e hidrológica (temporais, temperaturas extremas, enchentes, deslizamentos e ação das ondas), representando metade das ocorrências registradas. A porcentagem de desastres de origem meteorológica, hidrológica e climatológica variou entre 50% e 60% e foram os desastres que causaram maior prejuízo ao país na série analisada. Os desastres que causaram mais mortes foram os geofísicos, seguidos dos hidrológicos e meteorológicos. O montante do prejuízo econômico aumentou ao longo dos anos. Conclusões. Dos 219 desastres analisados no período considerado, 63,4% foram registrados a partir de 1990. A frequência dos desastres está aumentando assim como a necessidade de investimento em prevenção e redução dos danos.


Assuntos
Desastres Naturais , Desastres Tecnológicos , México , Desastres Naturais , Desastres Tecnológicos , Prevenção e Mitigação de Desastres , México , Prevenção e Mitigação de Desastres , Desastres Naturais , Prevenção e Mitigação de Desastres
3.
Estud. av ; 27(77): 185-200, jan.-abr. 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-696218

RESUMO

Neste artigo apresentamos as bases da Física das radiações, as fontes naturais e artificiais, os efeitos biológicos, a proteção radiológica. Examinamos também a sequência de eventos que resultou no acidente de Goiânia com uma fonte de césio-137 de um equipamento de radioterapia abandonado e suas terríveis consequências.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Anormalidades Induzidas por Radiação , Radiação Cósmica , Efeitos da Radiação , Lesões por Radiação , Radiação Ionizante , Relação Dose-Resposta à Radiação , Processos Estocásticos , Desastres Tecnológicos
4.
São Paulo; s.n; 2013. 94 p. mapas, graf, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-713206

RESUMO

Instalações industriais possuem uma ampla fonte de riscos. Por isso, o entendimento e gerenciamento destes adquirem grande importância para a garantia dos níveis de segurança. A temática vulnerabilidade é relevante na medida em que a relação do seu conceito ao de risco permite a contextualização deste último. A finalidade da avaliação da vulnerabilidade é descrever, dentro de um determinado contexto, a interação entre os riscos, a comunidade e o meio ambiente. Pesquisas deste tipo fornecem subsídios para o desenvolvimento de programas e estratégias de prevenção de riscos e promoção da saúde. Estudos que privilegiem a vulnerabilidade do entorno de plantas industriais ainda são escassos, porém de suma importância, pois os resultados visualizados na forma de mapas são úteis para a formulação de propostas e melhorias no gerenciamento dos riscos. Devido às características existentes nas áreas de entorno das plantas industriais no Brasil e, dada a gravidade e extensão dos danos que possíveis acidentes podem causar à saúde humana, a problemática da vulnerabilidade aos acidentes tecnológicos pode e deve ser encarada como um assunto pertinente para Saúde Pública, sendo esta área do conhecimento capaz de contribuir na formulação de estratégias de controle e prevenção de tais fatalidades. O objetivo dessa dissertação foi a aplicação do mapeamento da vulnerabilidade da área de entorno do distrito industrial do município de Paulínia e, então, a identificação dos alvos mais sensíveis à ocorrência de acidentes, a ponderação da viabilidade da aplicação deste para o contexto brasileiro e seu uso como instrumento de gestão de uso do solo no entorno de plantas industriais. A metodologia baseou-se em revisão da literatura, composição de base de dados e uso de um Sistema de Informação Geográfica. Os principais resultados indicaram valores elevados de vulnerabilidades para áreas que estão fora do limite destinado ao uso industrial, definido pelo zoneamento do município, principalmente no que diz respeito à vulnerabilidade humana. Por fim, conclui-se que o planejamento territorial que leve em consideração a vulnerabilidade é o fator primordial na redução dos danos ocasionados pelos acidentes tecnológicos, sobretudo no entorno de plantas industriais.


Assuntos
Prevenção de Acidentes , Acidentes de Trabalho , Vulnerabilidade a Desastres , Gestão da Segurança , Medição de Risco , Desastres Tecnológicos
5.
São Paulo; s.n; 2013. 94 p.
Tese em Pt | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-66163

RESUMO

Instalações industriais possuem uma ampla fonte de riscos. Por isso, o entendimento e gerenciamento destes adquirem grande importância para a garantia dos níveis de segurança. A temática vulnerabilidade é relevante na medida em que a relação do seu conceito ao de risco permite a contextualização deste último. A finalidade da avaliação da vulnerabilidade é descrever, dentro de um determinado contexto, a interação entre os riscos, a comunidade e o meio ambiente. Pesquisas deste tipo fornecem subsídios para o desenvolvimento de programas e estratégias de prevenção de riscos e promoção da saúde. Estudos que privilegiem a vulnerabilidade do entorno de plantas industriais ainda são escassos, porém de suma importância, pois os resultados visualizados na forma de mapas são úteis para a formulação de propostas e melhorias no gerenciamento dos riscos. Devido às características existentes nas áreas de entorno das plantas industriais no Brasil e, dada a gravidade e extensão dos danos que possíveis acidentes podem causar à saúde humana, a problemática da vulnerabilidade aos acidentes tecnológicos pode e deve ser encarada como um assunto pertinente para Saúde Pública, sendo esta área do conhecimento capaz de contribuir na formulação de estratégias de controle e prevenção de tais fatalidades. O objetivo dessa dissertação foi a aplicação do mapeamento da vulnerabilidade da área de entorno do distrito industrial do município de Paulínia e, então, a identificação dos alvos mais sensíveis à ocorrência de acidentes, a ponderação da viabilidade da aplicação deste para o contexto brasileiro e seu uso como instrumento de gestão de uso do solo no entorno de plantas industriais. A metodologia baseou-se em revisão da literatura, composição de base de dados e uso de um Sistema de Informação Geográfica. Os principais resultados indicaram valores elevados de vulnerabilidades para áreas que estão fora do limite destinado ao uso industrial, definido pelo zoneamento do município, principalmente no que diz respeito à vulnerabilidade humana. Por fim, conclui-se que o planejamento territorial que leve em consideração a vulnerabilidade é o fator primordial na redução dos danos ocasionados pelos acidentes tecnológicos, sobretudo no entorno de plantas industriais


Assuntos
Acidentes de Trabalho , Vulnerabilidade a Desastres , Prevenção de Acidentes , Medição de Risco , Gestão da Segurança , Desastres Tecnológicos
6.
In. Galvão, Luiz Augusto C; Finkelman, Jacobo; Henao, Samuel. Determinantes ambientais e sociais da saúde. Rio de Janeiro, Opas; Editora Fiocruz, 2011. p.547-572, tab.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-756806
7.
In. Ventura Velázquez, René E. Atención psicosocial en desastres. Temas para entrenamiento. La Habana, Ecimed, 2011. , tab, graf.
Monografia em Espanhol | CUMED | ID: cum-55460
10.
In. Navarro Machado, Víctor René. Situaciones de desastres. Manual para la preparación comunitaria. La Habana, ECIMED, 2009. , tab.
Monografia em Espanhol | CUMED | ID: cum-62049
11.
Rev. cuba. med. mil ; 33(2)abr.-jun. 2004. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-387079

RESUMO

Se realizó una exposición detallada de los diferentes mecanismos establecidos en Cuba para dar respuesta oportuna a la ocurrencia de desastres naturales o tecnológicos con énfasis en su actuación como sistema. Se exponen las medidas de preparación que pueden tomar los organismos, instituciones y ejecutivos a todos los niveles para que en caso de producirse un evento el número de los lesionados sean mínimos. Igualmente se establece la secuencia del aviso para garantizar una alerta temprana. Finalmente, se realizó una revisión de las particularidades de la aplicación de las medidas contra desastres en las provincias centrales de país y se ponen ejemplos de la actuación exitosa del sistema en la atención a desastres ocurridos en este territorio en años recientes


Assuntos
Defesa Civil , Assistência Integral à Saúde , Alerta em Desastres , Desastres , Sistemas de Alerta Rápido , Desastres Tecnológicos
12.
Rev. cuba. med. mil ; 33(2)abr.-jun. 2004. tab
Artigo em Espanhol | CUMED | ID: cum-23459

RESUMO

Se realizó una exposición detallada de los diferentes mecanismos establecidos en Cuba para dar respuesta oportuna a la ocurrencia de desastres naturales o tecnológicos con énfasis en su actuación como sistema. Se exponen las medidas de preparación que pueden tomar los organismos, instituciones y ejecutivos a todos los niveles para que en caso de producirse un evento el número de los lesionados sean mínimos. Igualmente se establece la secuencia del aviso para garantizar una alerta temprana. Finalmente, se realizó una revisión de las particularidades de la aplicación de las medidas contra desastres en las provincias centrales de país y se ponen ejemplos de la actuación exitosa del sistema en la atención a desastres ocurridos en este territorio en años recientes(AU)


Assuntos
Defesa Civil/legislação & jurisprudência , Alerta em Desastres/métodos , Sistemas de Alerta Rápido/métodos , Assistência Integral à Saúde , Desastres Naturais , Desastres Tecnológicos
13.
In. Bello Gutiérrez, Bruno; Cruz Alvarez, Nelida; Alvarez Saez, Martha; Chao Rojas, Fernándo L; García Gómez, Vicente. Medicina de desastres. La Habana, Ecimed, 2004. p.25-28.
Monografia em Espanhol | CUMED | ID: cum-39112
15.
s.l; NU. Programa de las Naciones Unidas para el Medio Ambiente (PNUMA). Centro de Actividades del Programa de Industria y Medio Ambiente;México. Universidad de Guadalajara;Consejo Colombiano de Seguridad. Centro de Información de Seguridad sobre Productos Químicos (CISPROQUIM), trad; 2 ed; 2003. 116 p. ilus, tab.
Monografia em Es | Desastres | ID: des-16686
16.
In. Veenema, Tener Goodwin, ed. Disaster nursing and emergency preparedness for chemical, biological and radiological terrorism and other hazards. New York, Springer Publishing Company, 2003. p.224-59.
Monografia em En | Desastres | ID: des-14835

RESUMO

Infants, children, and adolescents have unique physiological and psychosocial needs during and after disasters and public health emergencies. The injury and illness patterns following exposure to nuclear biological, and chemical agents may be different from those patterns assessed in adults. Treatment options for adults may be inappropriate, or unavailable for children. Children with special health care needs also requiere refinements to their care. Nurses and health care professionals must be aware of pediatric considerations during disaster preparedness, mitigation, response, recovery, and evaluation efforts, and must be prepared to modify their approaches accordingly. This chapter discusses the epidemiology of disasterrelated injuries and illnesses in pediatric population. The physiological and psychosocial aspects of children applicable to disaster and public health emergencies are described. Injury and illness patterns following natural, explosion, nuclear, biological, and chemical disasters are discussed, and current treatments recommendations are offered. Interventions from field through emergency department and hospitalization care addressed. Pediatric-related rescourses for disaster planning are included (AU)


Assuntos
Desastres Tecnológicos , Criança , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Saúde Pública , Pediatria , Estresse Psicológico
17.
MAPFRE SEGURIDAD : Revista de la Fundación MAPFRE ; 23(91): 19-31, Tercer trimestre 2003. ilus
Artigo em Es | Desastres | ID: des-15762

RESUMO

La Directiva Seveso II desarrolla las políticas encaminadas a la prevención de accidentes graves en actividades industriales con sustancias peligrosas y a la reducción de sus consecuencias para las personas, los bienes y el medio ambiente. En este ultimo ámbito, los requisitos derivados de la aplicación de la misma en materia de análisis de las consecuencias encuentran limitaciones por causa de la complejidad de los procesos de transporte y mecanismos de afectación del medio ambiente en el articulo se esboza el desarrollo de una metodología que, aplicando la norma UNE 150 008 EX persigue la objetivación de los parámetros contemplados en la misma - cantidad de sustancia, peligrosidad, extensión y calidad del medio - considerando las diferentes naturalezas del transporte y la afección en diferentes ámbitos que componen el medio natural (suelo, atmósfera y aguas). (AU)


Assuntos
Meio Ambiente , Poluição Ambiental , Prevenção de Acidentes , Impacto de Calamidades , Desastres Tecnológicos , Ecologia , Dano Ecológico
18.
Munchen; Munchener Ruckversicherungs - Gesellschaft; 2001. 56 p. ilus, mapas, tab.(Topics).
Monografia em En | Desastres | ID: des-13265
19.
Quito; Red de Estudios Sociales en Prevención de Desastres en América Latina (La Red);Grupo Equilibrio;Proyecto PATRA; nov. 1999. 50 p. graf.
Monografia em Espanhol | Desastres | ID: des-16882
20.
Brasília; Brasil. Ministério da Integracao Nacional. Secretaria de Defesa Civil; 1999. 479-594 p.
Monografia em Pt | Desastres | ID: des-13772
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...