Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
1.
Rev. bras. orientac. prof ; 21(2): 137-149, jul.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1156175

RESUMO

A happenstance learning theory busca explicar por que as pessoas fazem diferentes caminhos durante a vida, com ênfase nos eventos do acaso. Este estudo objetiva apresentar um relato de experiência, a partir da adaptação de um modelo de intervenção, fundamentado na happenstance learning theory, destinado aos universitários em final de curso, além de uma análise de sua eficácia. A intervenção foi realizada individualmente com quatro participantes, em seis semanas. Como instrumento de medida pré e pós teste foi utilizado o Planned Happenstance Career Inventory e realizada uma entrevista de avaliação de reação. Os resultados mostram que a intervenção teve impacto na percepção e atenção às oportunidades de carreira, necessitando maiores estudos de aplicações dessa teoria no Brasil.


Happenstance learning theory seeks to explain why people make different paths during life, emphasizing chance events. This theory also serves as a foundation for practices on career guidance which makes the process of transitions easier. The objective of this paper is to present a counseling experience that used an intervention model based in happenstance learning theory, directed to university students in the end of graduation and an analysis of its efficacy. To this end, the intervention was conducted individually with four participants in the period of six weeks. Planned happenstance career inventory was used before and after the intervention and a reaction interview was also conducted. In short, the intervention had impact on the perception and attention to the career opportunities, requiring further applied studies of this theory in Brazil.


La teoría del aprendizaje de la casualidad busca explicar por qué las personas toman diferentes caminos en la vida, con énfasis en los eventos de acaso. Esta teoría también instrumentaliza las actuaciones de orientación profesional, facilitando los procesos de transición. El objetivo de este trabajo es presentar un informe de experiencia, basado en la adaptación de un modelo de intervención, basado en la teoría del aprendizaje de la casualidad, dirigido a estudiantes universitarios al final de curso, así como un análisis de su efectividad. Para esto, la intervención se realizó individualmente con cuatro participantes en seis semanas. La escala de inventario de carrera planificada se aplicó como un instrumento de prueba previa y posterior y una entrevista de evaluación de reacción. En resumen, la intervención tuvo un impacto en la percepción y atención a las oportunidades de carrera, requiriendo más estudios de aplicaciones de esta teoría en Brasil.


Assuntos
Estudantes , Universidades , Orientação Vocacional , Trabalho , Transições em Canais , Aconselhamento , Adaptação
2.
Rev. latinoam. cienc. soc. niñez juv ; 18(3): 205-226, jul.-dez. 2020. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1150003

RESUMO

Resumen (analítico) La transición hacia la adultez de los y las jóvenes de sectores populares en Argentina se tornó más prolongada y compleja. Introducir la perspectiva de género al problema obliga a interrogarse si, además, el ser mujer no constituye una dificultad adicional. Este trabajo analiza los modos en los que se produce la transición hacia la vida adulta en mujeres de sectores populares de Córdoba. Es un estudio cualitativo que utiliza como instrumento de recolección de datos el relato biográfico. Se trabajó con 12 mujeres entre 19 y 26 años que concurren a dos centros socioeducativos y laborales. Se concluye que la inserción al mundo adulto no se presenta del mismo modo. Se expresa en recorridos individuales -laborales y educativos- con problemáticas y tensiones que darían lugar a transiciones más o menos favorables.


Abstract (analytical) The transition to adulthood among working-class young people has become more prolonged and complex. Introducing the gender perspective to this problem leads to questioning whether being a woman represents an additional difficulty. This paper analyzes the ways in which the transition to adulthood among working-class young people of Córdoba (Argentina) occurs. This is a qualitative study that constructs biographies of the women and uses them as a data collection instrument. The research focused on 12 women between the ages of 19 and 26 who attend two different social labor educational centers. The transition to adulthood among young woman is not presented in the same manner. It is expressed in individual experiences - dealing with employment and education - that involve problems and tensions that affect the success of their transitions.


Resumo (analítico) A transição para a adultez entre os jovens e as jovens de setores populares na Argentina se tornou mais longa e complexa. Introduzir a perspectiva de gênero ao problema obriga a questionar se, além disso, o ser mulher não representa uma dificuldade adicional. Este trabalho analisa os diferentes caminhos de transição para a vida adulta entre mulheres de setores populares de Córdoba (Argentina). Tratase de um estudo qualitativo que utiliza o relato biográfico como instrumento de coleta de dados. Foi realizado um trabalho com 12 mulheres de 19 a 26 anos de idade que frequentam dois centros socioeducativos e de preparação para o trabalho. A inserção no mundo adulto não se apresenta sempre do mesmo modo; ela percorre caminhos individuais - seja no âmbito do trabalho ou da educação - com problemáticas e tensões que levariam a transições mais ou menos favoráveis.


Assuntos
Mulheres , Transições em Canais , Educação , Emprego , Perspectiva de Gênero
3.
Univ. salud ; 22(3): 256-264, set.-dic. 2020. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1139847

RESUMO

Resumen Introducción: La sobrevida de pacientes pediátricos con enfermedades crónicas cada vez es mayor a nivel mundial, tendencia que es similar en Colombia. La mayoría de estos pacientes realizaran la transición a la adultez y con ésta a los servicios médicos de adultos. Objetivo: Evidenciar la importancia de hacer una adecuada transición del paciente con enfermedades crónicas, del cuidado pediátrico a la atención del adulto, describir las características, barreras, riesgos y consecuencias de un proceso inadecuado. Materiales y métodos: Se realizó revisión de la literatura a partir de la búsqueda de información relacionada. Resultados: Se seleccionaron 50 artículos en diferentes revistas académicas. Con la información expuesta se describen las definiciones de enfermedad crónica, transición y transferencia al cuidado adulto, los riesgos de los adolescentes con enfermedades crónicas, la preparación y los diferentes pasos para hacer la transición y las consideraciones especiales. Conclusiones: La literatura a nivel mundial recalca la importancia de la realización de un proceso de transición esencial para garantizar el mantenimiento de la salud en los pacientes con enfermedades crónicas, sin embargo, no se encuentran guías o literatura al respecto realizadas en Colombia.


Abstract Introduction: Survival of pediatric patients with chronic diseases is increasing worldwide, a trend that is also seen in Colombia. Most of these patients will make the transition to adulthood and adult medical services. Objective: To analyze the transition process of patients with chronic diseases from pediatric to adult care and describe the characteristics, barriers, risks, and consequences of this process. Materials and methods: A literature review search for related information. Results: 50 articles were selected from different academic journals. The assembled information was used to describe: (i) definitions of chronic disease, (ii) transition and transfer to adult care, (iii) risks of adolescents with chronic diseases, (iv) preparation and the different steps to make the transition, and (v) special considerations. Conclusions: The existing literature highlights the importance of undertaking an essential transition process to ensure the maintenance of health in patients with chronic diseases. However, in Colombia there are no guidelines or literature on the subject.


Assuntos
Pediatria , Doença Crônica , Transições em Canais , Adolescente , Empatia
4.
Psicol. ciênc. prof ; 40: e244195, jan.-maio 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1143519

RESUMO

Resumo A pandemia da Covid-19 afetou de forma significativa o modo como nos relacionamos com o mundo ao nosso redor, demandando um conjunto novo de comportamentos, conhecimentos e habilidades que nos habilitem lidar com essa situação. A psicologia, enquanto ciência e profissão, está em posição de contribuir de maneira decisiva com a sociedade para que possamos enfrentar esse desafio. Entretanto, ainda precisamos conhecer um pouco mais sobre como o psicólogo organizacional e do trabalho lida com esse tipo de situação. Desenvolvemos um estudo de casos múltiplos, analisando a experiência de três psicólogos que ocupam o cargo de gestores de recursos humanos em diferentes organizações de trabalho. Os dados foram coletados a partir do uso de diários e entrevistas qualitativas. Tomamos como base o referencial de transição de Schlossberg (1984), que se volta à compreensão de processos adaptativos em situações de mudança, a fim de analisar a forma como esses profissionais estão lidando como este momento de crise. Foi possível identificar os principais gatilhos que dão início ao processo de transição, bem como alguns dos recursos usados pelos profissionais de psicologia organizacional e do trabalho (POT) para melhor lidar com a situação. Essa abordagem permitiu perceber que, ao longo do período estudado, os profissionais enfrentaram diferentes transições e que a interação entre recursos pessoais e organizacionais é capaz de estabelecer um maior controle sobre o processo. Os achados sugerem que, em situação de crise, a busca por conhecimentos científicos é uma das principais estratégias usadas pelos psicólogos de POT, reforçando o duplo estatuto de ciência e profissão de nossa área.


Abstract The Covid-19 pandemic has significantly affected the way we relate to the world around us, requiring a new set of behaviors, knowledge and skills that enable us to deal with this situation. Psychology as a science and profession is in a position to make a substantive contribution to society so that we can face this challenge. However, we still need to know a little more about how work and organizational psychologist deals with this type of situation. We developed a multiple case study, analyzing the experience of three psychologists who occupy the position of human resource managers in different work organizations. Data were collected through the use of diaries and qualitative interviews. We use Schlossberg's (1984) transition framework, originally developed as a tool to understanding adaptive processes in situations of change, in order to analyze how these professionals are dealing with this moment of crisis. It was possible to identify the main triggers that initiate the transition process, as well as some of the resources used by work and organizational psychology (WOP) professionals to better deal with the situation. This approach allowed us to realize that over the period studied, professionals faced different transitions and that the interaction between personal and organizational resources is able to establish greater control over the process. The findings suggest that in a crisis situation, the search for scientific knowledge is one of the main strategies used by WOP psychologists, reinforcing the dual status of science and profession in our area.


Resumen La pandemia de Covid-19 ha afectado significativamente la forma con la cual nos relacionamos con el mundo que nos rodea, requiriendo un nuevo conjunto de comportamientos, conocimientos y habilidades que nos permitan lidiar con la situación actual. La psicología como ciencia y profesión está en condiciones de hacer un aporte decisivo a la sociedad para que podamos afrontar este reto. Sin embargo, nos falta saber un poco más sobre cómo el psicólogo organizacional afronta este tipo de situación. Desarrollamos un estudio de caso múltiple, analizando la experiencia de tres psicólogos que ocupan el cargo de jefes de recursos humanos en distintas organizaciones laborales. Los datos se recopilaron mediante el uso de diarios y entrevistas cualitativas. Utilizamos el marco de transición de Schlossberg (1984), que comprende los procesos adaptativos en situaciones cambiantes, con el fin de analizar cómo estos profesionales están lidiando con este momento de crisis. Fue posible identificar los principales detonantes que inician el proceso de transición, así como algunos de los recursos que utilizan los profesionales de psicología de las organizaciones y del trabajo (POT) para afrontar mejor la situación. Este enfoque permitió darnos cuenta de que durante el período estudiado los profesionales enfrentaron diferentes transiciones y que la interacción entre los recursos personales y organizacionales es capaz de establecer un mayor control sobre el proceso. Los hallazgos sugieren que en una situación de crisis la búsqueda del conocimiento científico es una de las principales estrategias utilizadas por los psicólogos de POT, reforzando la dualidad de la ciencia y la profesión en nuestra área.


Assuntos
Humanos , Psicologia , Trabalho , Organizações , Infecções por Coronavirus , Recursos Humanos , Pandemias , COVID-19 , Transições em Canais , Estratégias de Saúde , Recursos em Saúde
5.
Viana do Castelo; s.n; 20180000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1224191

RESUMO

O regime terapêutico da pessoa com doença cardiovascular assume-se como complexo, com necessidade de intervenção farmacológica e não farmacológica implicando a adesão à gestão individual do mesmo, para que resultados efetivos em saúde sejam visíveis. Neste contexto, o cuidado prestado à pessoa com doença cardiovascular pressupõe uma intervenção planeada, para dotá-la de competência para a gestão do regime terapêutico, de modo a manter a sua saúde e a evitar ao máximo possíveis limitações ou recorrência da doença. O impacto da doença cardiovascular súbita gera situações de muita ansiedade, dúvidas, medo ou angústia, pelo que o enfermeiro, nomeadamente, especialista em enfermagem médico-cirúrgica, deve ser capaz de prestar cuidados, à pessoa que vivencia processos complexos de doença cardiovascular, no âmbito da promoção da saúde, do autocuidado e bem-estar, assim como, na prevenção de complicações. A realização deste trabalho, sustentado na metodologia de projeto, teve como objetivo principal, a construção e validação de um procedimento de enfermagem para a promoção da autogestão do regime terapêutico em pessoas com doença cardiovascular. Este estudo assentou no diagnóstico de necessidades e planeamento da ação. O plano da ação desenvolveu-se em duas etapas. Da primeira, emerge a versão inicial do procedimento de enfermagem apoiada em recomendações internacionais para a prevenção e gestão da doença cardiovascular, na teoria das Transições de Meleis, na teoria do Autocuidado de Orem e na Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®). O procedimento de enfermagem, organizado pela Avaliação Inicial, Focos de atenção considerados relevantes, Intervenções e Resultados de Enfermagem, orienta-se para os cuidados na admissão, internamento e de continuidade após evento cardiovascular súbito. A segunda parte reporta-se às opções metodológicas para obtenção de uma versão de consenso do procedimento de enfermagem, pelo julgamento de um painel de peritos, utilizando a técnica de Delphi. Foram também submetidas à avaliação dos peritos, propostas de estratégias de implementação e de avaliação do mesmo. Decorrentes desta atividade central, outras atividades foram operacionalizadas, como a elaboração de um guia orientador para a implementação do Procedimento e a criação de indicadores de qualidade da intervenção de enfermagem na promoção da gestão do regime terapêutico. O atingimento dos objetivos propostos permitirá, através da construção de um procedimento de enfermagem e da criação de indicadores de qualidade dos cuidados à pessoa com doença cardiovascular, contribuir para a melhoria contínua dos cuidados, da saúde e do bem-estar dos utentes.


The therapeutic regimen of the person with cardiovascular disease is assumed to be complex, requiring pharmacological and non-pharmacological intervention, implying adherence to the individual management of the same, so that effective health outcomes are visible. In this context, the care provided to the person with cardiovascular disease presupposes a planned intervention, to equip it with competence for the management of the therapeutic regime, in order to maintain its health and to avoid to the maximum possible limitations or recurrence of the disease. The impact of sudden cardiovascular disease generates situations of great anxiety, doubt, fear or anguish, so that the nurse, namely a specialist in medical-surgical nursing, should be able to provide care to the person who experiences complex cardiovascular disease processes in the promotion of health, self-care and well-being, as well as in the prevention of complications. The main objective of this work, based on the project methodology, was the construction and validation of a nursing procedure to promote the self management of the therapeutic regimen in people with cardiovascular disease. This study was based on the diagnosis of needs and action planning. The action plan developed in two stages. From the first, the initial version of the nursing procedure based on international recommendations for the prevention and management of cardiovascular disease emerges, in the Meleis Transitions theory, Orem Self-Care and the International Classification for Nursing Practice (ICNP®). The nursing procedure, organized by the Initial Evaluation, Focuses of attention considered relevant, Nursing Interventions and Results, is oriented towards care in admission, hospitalization and continuity after sudden cardiovascular event. The second part deals with the methodological options to obtain a consensus version of the nursing procedure, by the judgment of a panel of experts, using the Delphi technique. The evaluation of the experts, proposals for strategies of implementation and evaluation of the same were also submitted. As a result of this central activity, other activities were operationalized, such as the preparation of a guideline for the implementation of the same and the creation of quality indicators of the nursing intervention in promoting the management of the therapeutic regime. The achievement of the proposed objectives will, through the construction of a nursing procedure and the creation of indicators of quality of care for the person with cardiovascular disease, contribute to the continuous improvement of the care, health and well-being of the users.


Assuntos
Autocuidado , Doenças Cardiovasculares , Transições em Canais , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Cuidados de Enfermagem
6.
Psicol. rev ; 26(1): 119-142, jun. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-909899

RESUMO

O artigo propõe uma leitura winnicottiana do filme americano Ponte para Terabithia (2007), dirigido por Gabor Csupo e baseado no best seller infanto-juvenil homônimo de Katherine Paterson. São destacados aspectos como o brincar, os fenômenos transicionais e a diferença entre fantasiar e sonhar, de acordo com o psicanalista de referência. Usando objetos ofertados pela cultura, como desenho e escrita, os personagens-protagonistas retratados na narrativa, os adolescentes Jesse e Leslie, buscavam formas de emoldurar suas inquietações. Mas foi a aliança imaginativa que formaram que acabou por fortalecê-los, de modo a se sentirem mais potentes para lidar com reveses cotidianos, sustentar suas angústias e temores, afirmando-se em seus talentos. Ao final, porém, fica evidente que lidavam de formas diferentes com as frustrações inerentes ao viver, o que pode ter contribuído para a ocorrência de um acidente fatal. Ainda assim, a experiência que Jesse e Leslie compartilharam no universo criado de Terabithia foi transformadora e marcou definitivamente a vida de Jesse.


TThe article proposes a Winnicottian approach to the American movie Bridge to Terabithia (2007), directed by Gabor Csupo and based on the children's best seller book by Katherine Paterson. Aspects such as playing, the transitional phenomena and the difference between fantasizing and dreaming, are emphasized through the Winnicottian perspective. Using cultural objects, such as drawings and writings, the characters portrayed in the narrative ­ the main characters, teenagers Jesse and Leslie, sought ways to lay out their concerns. It was, however, their bond of friendship and their imaginative partnership that strengthened them and encouraged them to deal with everyday setbacks, anxieties and fears, asserting them in relation to their talents. In the end, however, it is evident that both were dealing in different ways with the inherent frustrations of living, which may have contributed to the occurrence of a fatal accident. Still, the experience that Jesse and Leslie shared in the creative world called Terabithia was transformative and definetely changed Jesse's life.


El artículo propone una lectura winnicottiana de la película americana Bridge Terabithia (2007), dirigida por Gabor Csupo y basada en el libro infantil homónimo mejor vendido de Katherine Paterson. Se destacan aspectos tales como el juego, los fenómenos de transición y la diferencia entre fantasear y soñar, de acuerdo con el psicoanalista referencia. Con el uso de objetos que ofrece la cultura, como el dibujo y la escritura, los personajes protagonistas representados en la narrativa, los jóvenes Jesse y Leslie, buscaron formas de enmarcar sus preocupaciones. Pero fue la alianza imaginativa formada que los fortaleció con el fin de sentirse más poderosos para hacer frente a los contratiempos cotidianos, y apoyar a sus ansiedades y temores, ampliando la confianza en sus talentos. Al final, sin embargo, es evidente que se ocuparon de diferentes maneras con las frustraciones inherentes a vivir, lo que puede haber contribuido a la ocurrencia de un accidente fatal. Sin embargo, la experiencia compartida de Jesse y Leslie en ese universo creado en Terabithia fue transformadora y definitivamente marcó la vida de Jesse.


Assuntos
Humanos , Imaginação , Jogos e Brinquedos , Transições em Canais
7.
Rev. Kairós ; 20(1): 25-39, fev. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-879690

RESUMO

O nascimento de uma criança implica a transição para a parentalidade que ocorre, simultaneamente, com a transição para a grã-parentalidade. Neste artigo, procedeu-se a uma revisão integrativa da literatura existente em bases eletrônicas de dados, com vista a responder à questão: "Como é vivida a transição para a grã-parentalidade?" A grã-parentalidade pode ser identificada como: uma transição; um processo adaptativo; a procura do sentido de vida; uma oportunidade de crescimento pessoal; um evento normativo.


The birth of a child brings the transition to parenthood occurs and, simultaneously, the grandparents start on a new transition, the transition to grandparenthood. To systematize the state of art, it was done a integrative review of literature, in electronic databases in order to answer the question "How is experienced the transition to the Grand-parenting?". The grandparenthood can be seen as a transition or as an adaptive process; the search for the meaning of life; opportunity for personal growth; normative event.


El nacimiento de un niño implica la transición a la paternidad que se produce simultáneamente con la transición a la Gran-paternidad. En este artículo, se procedió a una revisión integradora de la literatura, en bases de datos electrónicas, con el fin de responder a la pregunta: "¿Cómo vivió la transición a la Gran-paternidad?". La Gran-paternidad puede ser vista como una transición o como un proceso de adaptación; la búsqueda del sentido de la vida; una oportunidad para el crecimiento personal; un evento normativo.


Assuntos
Humanos , Lactente , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Relações Familiares , Avós , Transições em Canais
8.
Rev. enferm. UERJ ; 24(5): e19870, set./out. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-997627

RESUMO

Objetivo: apresentar uma estrutura teórica que possibilite a integração entre a Teoria das Transições e a Teoria Fundamentada nos Dados, como referencial para pesquisa e cuidado em enfermagem. Método: discorre-se sobre Teoria das Transições como referencial teórico e Teoria Fundamentada nos Dados como método de pesquisa qualitativa. Resultados: as conexões entre os referenciais estão nos pressupostos: transições são passíveis de compreensão e mudança, pela perspectiva de quem as vivenciam; as teorias focam as experiências humanas vividas; amostragem teórica na Teoria Fundamentada nos Dados inclui diferentes participantes para compreender as interações das transições; o modelo teórico-explicativo da Teoria Fundamentada nos Dados representa e explica transições vivenciadas em determinado contexto. Conclusão: é possível a utilização da Teoria das Transições como referencial teórico para o desenvolvimento de uma Teoria Fundamentada nos Dados.


Objective: the article presents a theoretical framework the allows Transitions Theory and Grounded Theory to be integrated as a frame of reference for nursing research and care. Method: transitions Theory is discussed as a theoretical framework and Grounded Theory, as a qualitative research method. Results: the connections between these references are the assumptions: from the perspective of those who experience them, transitions can be understood and changed; theories focus on lived human experience; theoretical sampling in Grounded Theory includes various participants in order to understand interactions in transitions; and the theoretical and explanatory model produced by Grounded Theory represents and explains transitions experienced in a given context. Conclusion: Transitions Theory can thus be used as a theoretical framework for development of a Grounded Theory.


Objetivo: presentar una estructura teórica que permita la integración entre la Teoría de la Transición y la Teoría Fundamentada en los Datos como referencia para la investigación y los cuidados en enfermería. Método: se considera la Teoría de la Transición como marco teórico y la Teoría Fundamentada en los Datos como método de investigación cualitativa. Resultados: las conexiones entre las referencias están en las presuposiciones: transiciones son pasibles de comprensión y cambio, desde la perspectiva de quienes las experimentan; las teorías tienen enfoque en la experiencia humana vivida; muestreo teórico en la Teoría Fundamentada en los Datos incluye diferentes participantes para entender las interacciones experimentadas en las transiciones; el modelo explicativo teórico de la Teoría Fundamentada en los Datos representa y explica las transiciones experimentadas en determinado contexto. Conclusión: es posible usar la Teoría de las Transiciones como marco teórico para el desarrollo de una Teoría Fundamentada en los Datos.


Assuntos
Humanos , Teoria de Enfermagem , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Transições em Canais , Teoria Fundamentada , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem , Pesquisa Qualitativa
9.
Viana do Castelo; s.n; 20160000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1224663

RESUMO

O aumento dos acidentes vasculares cerebrais em Portugal e por todo mundo ocidental, apesar de nas últimas décadas se apostar em campanhas sistemáticas na prevenção, conduz a que esta doença continue a representar uma das principais causas de mortalidade e morbilidade a nível mundial, com impacto a nível pessoal, familiar, social e económico das sociedades. A produção de conhecimento, e a investigação na área das transições que apresentamos, visa sobretudo compreender áreas centrais da enfermagem, e que se constituem altamente sensíveis aos cuidados de enfermagem de reabilitação. Falámos na pessoa com AVC com dependência para os autocuidados e no cuidador informal no assumir do "novo papel". Neste contexto, emergiu o presente estudo que tem como objetivo principal compreender o processo de transição do cuidador informal da pessoa com AVC e a intervenção do enfermeiro de reabilitação, contribuindo para uma melhor prática de cuidados favorecedora de uma transição saudável, com ganhos positivos para os envolvidos. Para a concretização deste estudo e dar resposta aos objetivos delineados, optamos por uma abordagem qualitativa de carácter exploratório e descritivo. Como estratégia de recolha de dados optamos pela entrevista semi-estruturada que foi dirigida a seis cuidadores informais. Estes obedeceram a um conjunto de critérios de inclusão, nomeadamente serem cuidadores pela primeira vez; não remunerados; ter sido submetidos a programa de intervenção do enfermeiro de reabilitação e cujo destino na alta da pessoa com AVC seja o seu domicílio. Da análise dos dados obtidos, obtivemos um conjunto de áreas temáticas: perceção do cuidador informal da pessoa com AVC sobre o seu papel; fatores dificultadores e facilitadores do processo de transição para o papel de cuidador informal da pessoa com AVC; sentimentos vivenciados pelo cuidador informal da pessoa com AVC; repercussões para o cuidador informal decorrentes do cuidar da pessoa com AVC e os benefícios das intervenções do enfermeiro de reabilitação. Os resultados desta investigação indicam que a maioria dos cuidadores informais é do sexo feminino, com uma média de 54 anos de idade, casados, possuem escolaridade básica, uma situação profissional pouco diferenciada e o grau de parentesco mais representado é o de filho. São reveladores que o investimento nos enfermeiros de reabilitação e o recurso a modelos de intervenção potenciadores de transições bem-sucedidas por parte de cuidadores informais da pessoa com AVC espelha bons resultados e ganhos em saúde. Instruir e treinar as habilidades e promover a aquisição de mestria, identificando as perceções, as dificuldades, os sentimentos, os fatores facilitadores, as repercussões/impactos no cuidador informal da pessoa com AVC, visando um ajustamento e adaptação eficaz, uma integração fluida da nova identidade (ser cuidador), com o intuito de adquirir qualidade de vida e bem ­ estar ou seja uma transição positiva. Inevitavelmente a produção de conhecimento nesta área conduzirá a implicações a nível da prática (na construção de novos modelos de atuação); na formação dos nossos pares; na gestão (na aposta dos enfermeiros de reabilitação nas equipas) e por último na investigação (noutros contextos e com outros participantes). O desafio é sermos facilitadores em todo o processo de transição.


The elevated number of cerebrovascular accident (CVA) in Portugal and in all the occidental world, even though all the investments in systematic campaigns for prevention in the last decades, has led to the fact that this disease continues to represent one of the principal causes of mortality and morbidity worldwide, with impact on a personal, familiar, social and economic levels among society. The production of knowledge, and the investigation in transition areas that we present, focuses mainly on understanding the central areas in nursing that are highly sensitive to the nursing care of patient rehabilitation. This refers to the individual with CVA with dependency in regards to self-care, and to the informal caregiver in assuming a "new role". In this context, the present study immerged with the principal objective of understanding the process of transition of the informal caregiver of a person with CVA and the intervention of the rehabilitation nurse, contributing to a better practice of the care provided, improving and bettering the transition, with positive gains to all involved. For the conception of this study and to give answers to the objectives proposed, we opted for a qualitative approach with an explorative and descriptive character. In order to collect dada we opted for the semi-structured interview directed at six informal caregivers. These followed a set of criteria of inclusion, including the fact that they are first time caregivers; unpaid; having been subjected to a program of intervention of a rehabilitation nurse; and that the destination post hospital stay is their home. From the dada collected, we obtained a set of thematic areas: perception of the informal caregiver of an individual with CVA on his role; facilitating factors and difficulty factors in the transition process of becoming an informal caregiver of an individual with CVA; the informal caregivers feelings while caring for an individual with CVA; and the benefits of the interventions of the rehabilitation nurse. The results of this investigation demonstrated that most of the informal caregivers is of the female sex, with an average age of 54 years old, married, having basic education, in an undefined professional situation and the most representative state of relationship is the son. This study reveals that the investments made in the rehabilitation nurse and the use of intervention models that promote successful transitions of the informal caregiver of the individual with CVA, promotes good results and is beneficial for overall good health. Instruct, train for improvement of capacities and promote acquisition of perfection, identifying the perceptions, the difficulties, the feelings, the facilitating factors, the consequences/ impacts of the informal caregiver of the person with CVA, aiming towards an adjustment and an effective adaptation, a fluid integration to their new identity (being a caregiver), with the goal of acquiring an overall good quality of life. Inevitably, the production of knowledge in this field will lead to practical implications (used in the construction of new action modules); in the formation of our peers; in management (betting on rehabilitation nurses in our nursing teams); and also in other investigations (in other contexts and with other intervenients). The final goal is for us to be facilitators in the transition process.


Assuntos
Transições em Canais , Cuidadores , Enfermagem em Reabilitação , Acidente Vascular Cerebral
10.
Invest. educ. enferm ; 33(2): 355-364, May-Aug. 2015. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-760936

RESUMO

Objectives. This work sought to understand sexual debut as a transitional process in the lives of a group of young adults and to interpret the meaning of this transition for them. Methodology. This was a qualitative research with 18 life stories of students from different socio-economic backgrounds and with diverse sexual orientations. Results. According to the middle-range theory of transitions, sexual debut can be considered a developmental transition. The initiative can be their own, motivated by desire, or coerced by pressure from a partner or peers in which case underlay power relations either by age or hierarchy. Its features are shaped by the individual´s abilities, knowledge, and uncertainties, as much as by the circumstances surrounding the event and the socio-cultural precepts towards the topic. It is valued as a healthy transitional process when it is agreed upon by both members of the couple, planned and flows into symmetrical relations. Conclusion. The theory of transitions and analysis of the context are useful in understanding the phenomenon because the subjective experience is framed within normative, appreciative, and socio-cultural constructions. Nursing, as discipline, requires elements like those provided by this research to interpret the dynamics, meanings, as well as subjective and social processes in the sexual evolution of people in different contexts and historical moments.


Objetivo. Comprender el debut sexual como un proceso transicional en la vida de un grupo de jóvenes e interpretar el significado que ellos otorgan a su iniciación sexual. Metodología. Investigación cualitativa con enfoque biográfico. Se analizaron 18 relatos de vida construidos con entrevistas en profundidad a jóvenes universitarios de diferente posición social y distinta orientación sexual. Resultados. De acuerdo con la teoría de mediano rango de las transiciones, el debut sexual se configura como una transición de desarrollo que se presenta en forma simultánea, en la mayoría de los casos, con la adolescencia. La iniciativa para el debut sexual puede ser propia, motivada por el deseo o coaccionada por la presión de los pares o de la pareja en cuyo caso subyacen relaciones de poder ya sea por edad o jerarquía. Las dudas, habilidades y conocimientos a la par que las circunstancias alrededor del evento y los preceptos socio-culturales, condicionan su desarrollo. Es un proceso transicional saludable cuando es concertado por ambos miembros de la pareja; además, cuando es planeado y fluye en el marco de relaciones simétricas. Conclusión. La teoría de las transiciones y el análisis del contexto son útiles para la comprensión del fenómeno desde la vivencia subjetiva enmarcado en construcciones normativas, valorativas y socioculturales. La Enfermería, como disciplina, requiere elementos como los que aporta esta investigación, para interpretar las dinámicas, significados, procesos subjetivos y sociales en el devenir sexual de las personas en diversos contextos y momentos históricos.


Objetivo. Compreender o debute sexual como um processo transicional na vida de um grupo de jovens e interpretar o significado que eles outorgam a sua iniciação sexual. Metodologia. Investigação qualitativa com enfoque biográfico. Analisaram-se 18 relatos de vida construídos com entrevistas em profundidade a jovens universitários de diferente posição social e diferente orientação sexual. Resultados. De acordo com a teoria de média casta das transições, o debute sexual se configura como uma transição de desenvolvimento que se apresenta em forma simultânea, na maioria dos casos, com a adolescência. A iniciativa para o debute sexual pode ser própria, motivada pelo desejo ou compelida pela pressão dos pares ou do casal em cujo caso integram relações de poder já seja por idade ou hierarquia. As dúvidas, habilidades e conhecimentos simultaneamente que as circunstâncias ao redor do evento e os preceitos socioculturais, condicionam seu desenvolvimento. É um processo transicional saudável quando é concertado por ambos membros do casal; ademais, quando é planejado e flui no marco de relações simétricas. Conclusão. A teoria das transições e a análise do contexto são úteis para o entendimento do fenômeno desde a vivência subjetiva emoldurado em construções normativas, valorativas e socioculturais. A Enfermagem, como disciplina, requer elementos como os que contribui esta investigação, para interpretar as dinâmicas, significados, processos subjetivos e sociais no devir sexual das pessoas em diversos contextos e momentos históricos.


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Coito , Identidade de Gênero , Saúde Pública , Transições em Canais
11.
Viana do Castelo; s.n; 20150000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1247439

RESUMO

O estágio de natureza profissional foi realizado em contexto de sala de partos e dos cuidados de saúde primários, de forma a cumprir as necessidades pessoais e as orientações estabelecidas pela Ordem dos Enfermeiros e comunidade económica europeia para obtenção do título de mestre e especialista em enfermagem de saúde materna, obstétrica e ginecológica. Este teve como alvo uma intervenção em contexto real com o objetivo de promover a transição identitária profissional e pessoal, nos domínios da prestação de cuidados, da formação, da gestão e da investigação. OBJETIVOS: Desenvolver competências na prestação de cuidados de enfermagem especializados em saúde materna, obstétrica e ginecológica e educar os adolescentes no âmbito da prevenção da gravidez na adolescência. METODOLOGIA: A prestação de cuidados de enfermagem especializados, baseados nos pressupostos teóricos de Meleis, Mercer e Watson, à mulher inserida na família e comunidade durante os períodos pré-natal, trabalho de parto e pós-natal, promovendo-se o bem-estar materno-fetal, efetuando o parto em ambiente seguro e otimizando-se a saúde da parturiente e do recém-nascido na sua adaptação à vida extrauterina, apoiando o processo de transição para a parentalidade. Foi implementada uma intervenção dirigida a uma população de adolescentes, sustentada na metodologia de projeto. RESULTADOS: O desenvolvimento de competências em cuidados especializados em enfermagem de saúde materna, obstétrica e ginecológica foi alcançado através da assistência praticada nos diferentes contextos. Os adolescentes identificaram a importância da abordagem de três áreas temáticas, nomeadamente a responsabilidade, métodos contracetivos e implicações da gravidez na adolescência. Estes declararam ainda a pertinência da intervenção para a sua sensibilização quanto à prevenção da gravidez na adolescência. CONCLUSÕES: No estágio foi possível adquirir conhecimentos e competências científicas, técnicas, humanas e culturais no cuidado especializado à mulher inserida na família e comunidade, desenvolvendo-se o processo de autonomia e tomada de decisão. O enfermeiro especialista assume um papel determinante na área da prevenção, salientando-se a necessidade de implementação de outros projetos em saúde sexual e reprodutiva para avaliar a mudança efetiva de comportamentos a longo prazo.


The internship of professional nature was carried out in the context of deliveries room and primary care, in order to meet the personal needs and guidelines established by the Council of Nurses and council of the European communities to obtain a master's degree and the midwifery specialization. This targeted a real context intervention in order to promote the professional and personal identity transition in the fields of care, training, management and research. OBJECTIVES: To develop competences in specialized care in maternal, obstetric and gynecological nursing and educate teens on the prevention of teenage pregnancy. METHODOLOGY: We provided specialized nursing care, based on theoretical assumptions of Meleis, Mercer and Watson, to the woman within the family and community during the prenatal period, labor and postnatal, promoting maternal and fetal well-being, making the delivery in a safe environment and optimizing the health of the woman in labor and the newborn in adapting to the extra-uterine life, supporting the transition to parenthood. An intervention led to a population of adolescents, supported in the project methodology was implemented. RESULTS: The development of expertise in maternal, obstetric and gynecological nursing was met by assistance practiced in different contexts. Adolescents identified the importance of the three thematic areas approach, including responsability, contraception and implications of teenage pregnancy. These have also stated the relevance of the intervention to their awareness of the teenage pregnancy. CONCLUSIONS: It was possible to acquire knowledge and scientific, technical, human and cultural competences in specialized care to women inserted in the family and community, developing the process of autonomy and decision-making. The specialist nurse has a key role in the area of prevention, highlighting the need to implement other projects in sexual and reprodutive health for measuring the change in long-term behavior


Assuntos
Educação Sexual , Trabalho de Parto , Transições em Canais , Poder Familiar , Enfermagem Obstétrica
12.
Braz. j. pharm. sci ; 50(4): 877-884, Oct-Dec/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-741354

RESUMO

Carbamazepine (CBZ), a widely used anticonvulsant drug, can crystallize and exhibits four polymorphic forms and one dihydrate. Anhydrous CBZ can spontaneously absorb water and convert to the hydrate form whose different crystallinity leads to lower biological activity. The present study was concerned to the possibility of recovering the hydrated form by heating. The thermal behavior of spontaneously hydrated carbamazepine was investigated by TG/DTG-DTA and DSC in dynamic atmospheres of air and nitrogen, which revealed that the spontaneous hydration of this pharmaceutical resulted in a Form III hydrate with 1.5 water molecules. After dehydration, this anhydrous Form III converted to Form I, which melted and decomposed in a single event, releasing isocyanic acid, as shown by evolved gas analysis using TG-FTIR. Differential scanning calorimetry analyses revealed that Form III melted and crystallized as Form I, and that subsequent cooling cycles only generated Form I by crystallization. Solid state decomposition kinetic studies showed that there was no change in the substance after the elimination of water by heating to 120 °C. Activation energies of 98 ± 2 and 93 ± 2 kJ mol-1 were found for the hydrated and dried samples, respectively, and similar profiles of activation energy as a function of conversion factor were observed for these samples.


A carbamazepina (CBZ) é um anticonvulsivante frequentemente utilizado no Brasil e em vários países. Ela apresenta quatro formas polimórficas e um diidrato. Todas as formas são ativas farmacologicamente, porém a Forma III é a preferível do ponto de vista farmacêutico, em função de suas propriedades físico-químicas. Entretanto, essa forma é altamente higroscópica, podendo converter-se ao diidrato, menos ativo biologicamente. Nesse trabalho propõe-se avaliar o comportamento térmico da forma hidratada, visando à recuperação da forma ativa, por aquecimento. Para tanto, foi feito um estudo do comportamento térmico por TG/DTG-DTA e DSC em atmosfera dinâmica de ar e nitrogênio, que evidenciou hidratação espontânea da Forma III, gerando um hidrato contendo 1,5 moléculas de água. Essa forma sofre desidratação, seguida de fusão e conversão para a Forma I. Segue-se a decomposição em uma única etapa, na qual ocorre liberação do ácido isociânico, conforme análise de gases evolvidos, por termogravimetria acoplada ao infravermelho (TG-FTIR). Estudos por calorimetria exploratória diferencial mostraram que a Forma III se funde e se cristaliza imediatamente na Forma I, durante o aquecimento. A Forma I também se funde e ciclos de aquecimento/resfriamento posteriores evidenciaram que a substância se cristaliza apenas na Forma I por resfriamento. Estudos cinéticos da decomposição, em estado sólido, mostraram que não há alteração na substância pela eliminação da água por aquecimento, sendo determinados valores de energia de ativação da ordem de 98 ± 2 e 93 ± 2 kJ mol-1, respectivamente, para a amostra hidratada e submetida à secagem, assim como perfis semelhantes nas curvas de energia de ativação em função do fator de conversão.


Assuntos
Carbamazepina/análise , Desidratação/classificação , Hidratação/classificação , Transições em Canais/classificação , Polimorfismo Genético
13.
Viana do Castelo; s.n; 20140000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1247605

RESUMO

A transição para a parentalidade constitui uma fase da vida da família que implica transformações e adaptações a nível individual, conjugal e social. Tal como as mulheres, também os homens se confrontam com novos desafios. Esta transição constitui um importante foco de atenção dos enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia, que, através das suas intervenções, podem constituir um importante recurso facilitador, no ajustamento à paternidade. Objetivos: Pretendeu-se obter contributos para o desenvolvimento de intervenções de enfermagem que promovam respostas positivas e que se traduzam em ganhos para a saúde, no processo de transição para a paternidade. Teve como objetivo compreender como é vivenciado o processo de transição para a paternidade, de pais pela primeira vez, cujas companheiras frequentaram o curso de preparação para a parentalidade, numa comunidade de pais no Alto ­ Minho. Metodologia: Desenhou-se uma investigação assente no paradigma compreensivo, com uma abordagem exploratória, transversal e retrospetiva, com oito pais. O instrumento de colheita de dados utilizado foi a entrevista semiestruturada e os discursos foram analisados com recurso à técnica de análise de conteúdo, com codificação mista. Achados: De acordo com os objetivos específicos, emergiram cinco áreas temáticas: Experiência vivenciada na transição para a paternidade; figuras identitárias no processo de transição para a paternidade; fatores facilitadores da transição; constrangimentos na transição e recursos mobilizados no processo de transição. Conclusões: A participação no curso de preparação para o parto e parentalidade, as intervenções do enfermeiro especialista em saúde materna e obstetrícia, assim como o acompanhamento no pós-parto foram valorizados e sentidos como muito positivos, revelando serem determinantes no processo de transição para a paternidade. As tarefas desenvolvimentais da transição para a parentalidade, apresentadas por Colman e Colman (1994) e seguidas por outros autores, com a especificidade da maternidade, também estão presentes na transição para paternidade. Os pais revelaram consciência da transição, mobilizando recursos, demonstrando envolvimento na experiência e desenvolvimento de competências, resultando numa capacidade eficaz de assumirem a nova identidade. Desta forma, a teoria das transições de Meleis deve constituir foco de atenção da enfermagem, pois permite -nos estruturar as intervenções e avaliar a eficácia da transição.


The transition to parenthood is a phase of family life that involves transformations and adaptations at individual, marital and social level. Like women, men also faced with new challenges. This transition is an important focus of attention of nurse specialists in obstetrics and maternal health, which through its interventions can be an important resource in facilitating adjustment to parenthood. Objectives: The aim was to obtain input for the development of nursing interventions that promote positive responses, and that translate into health gains in the transition to parenthood. Aimed to understand how experienced the transition to parenthood, parents first, whose companions frequented the course of the preparation for parenting, in a community of parents of Alto - Minho. Methodology: The research was planned to be based on comprehensive paradigm with an exploratory, cross-sectional and retrospective approach, with eight parents. The data collection instrument used was the semi-structured interviews and speeches were analyzed using the technique of content analysis with mixed encoding. Findings: According to the specific goals five thematic areas emerged: Experience lived in the transition to parenthood; Identity figures in the transition to parenthood; Factors that facilitate transition; Constraints in transition and Resources mobilized in the transition process. Conclusions: Participation in the course of preparation for childbirth and parenting interventions of the nurse specialist in obstetrics and maternal health, as well as monitoring postpartum were valued and perceived as very positive, revealing determinants in the transition process for paternity. The developmental tasks of the transition to parenthood, presented by Colman & Colman (1994) and followed by other authors, with the specificity of motherhood, are also present in the transition to parenthood. Parents revealed consciousness of the transition mobilizing resources, demonstrating involvement in the experience and skills development, resulting in an effective capacity to assume the new identity. Thus Meleis´s transitions theory should be focus of attention of nursing, because it allows us to structure interventions and evaluate the effectiveness of the transition.


Assuntos
Paternidade , Família , Transições em Canais , Poder Familiar
14.
Pharm. pract. (Granada, Internet) ; 12(3): 0-0, jul.-sept. 2014. ilus
Artigo em Inglês | IBECS | ID: ibc-126746

RESUMO

Objective: To introduce pharmacists to the process, challenges, and opportunities of creating transitions of care (TOC) models in the inpatient, ambulatory, and community practice settings. Methods: TOC literature and resources were obtained through searching PubMed, Ovid, and GoogleScholar. The pharmacist clinicians, who are the authors in this manuscript are reporting their experiences in the development, implementation of, and practice within the TOC models. Results: Pharmacists are an essential part of the multidisciplinary team and play a key role in providing care to patients as they move between health care settings or from a health care setting to home. Pharmacists can participate in many aspects of the inpatient, ambulatory care, and community pharmacy practice settings to implement and ensure optimal TOC processes. This article describes establishing the pharmacist’s TOC role and practicing within multiple health care settings. In these models, pharmacists focus on medication reconciliation, discharge counseling, and optim ization of medications.[a sentence was deleted]. Conclusion: Optimizing the TOC process, reducing medication errors, and preventing adverse events are important focus areas in the current health care system, as emphasized by The Joint Commission and other health care organizations. Pharmacists have the unique opportunity and skillset to develop and participate in TOC processes that will enhance medication safety and improve patient care (AU)


Objetivo: Presentar a los farmacéuticos el proceso, los retos y las oportunidades de crear modelos de transiciones de cuidados (TOC) en ambiente de práctica hospitalario, ambulatorio y comunitario. Métodos: Se obtuvieron literatura y fuentes sobre TOC a través de una búsqueda en PubMed, Ovid, and GoogleScholar. Los farmacéuticos clínicos, que son autores de este trabajo, presentan sus experiencias en el desarrollo, implantación y ejercicio con los modelos de TOC. Resultados: Los farmacéuticos son una parte esencial del equipo multidisciplinario y juegan un papel clave cuidando a los pacientes cuando se mueven entre niveles de asistencia o de un nivel de asistencia a su hogar. Los farmacéuticos pueden participar en muchos aspectos de cuidaos en ambientes hospitalarios ambulatorios y comunitarios para implantar y asegurar procesos de TOC óptimos. Este artículo describe el establecimiento y la práctica del papel del farmacéutico en los TOC en múltiples niveles de cuidados de la salud. En estos modelos, los farmacéuticos se centran en la reconciliación de la medicación, el consejo al alta, y la optimización de la medicación. Adicionalmente, se ha creado un checklist para ayudar a otros farmacéuticos a desarrollar los papeles del farmacéutico en TOC en un ambiente de ejercicio profesional o a incorporar más elementos de TOC a su establecimiento sanitario. Conclusión: Optimizar el proceso de TOC, reducir los errores de medicación, y prevenir eventos adversos son áreas importantes de del farmacéutico en el actual sistema sanitario, tal y como fue remarcado por The Joint Commission y otras organizaciones sanitarias. Los farmacéuticos tienen una oportunidad única y un conjunto de habilidades que de sarrollar y participar en el proceso de TOC que elevar án la seguridad en la medicación y mejorarán la asistencia del paciente (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Monitorização Ambulatorial/métodos , Monitorização Ambulatorial/normas , Farmácias/organização & administração , Serviço Hospitalar de Admissão de Pacientes/normas , Admissão do Paciente/normas , Prática Profissional/normas , Erros de Medicação/legislação & jurisprudência , Erros de Medicação/prevenção & controle , Registros Médicos/normas , Prática Profissional , Monitorização Ambulatorial , Controle de Formulários e Registros/normas , Controle de Formulários e Registros , Estados Unidos/epidemiologia , Transições em Canais/métodos
15.
São Paulo; s.n; 2010. [211] p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-579159

RESUMO

Objetivos: Avaliar os correlatos sociodemográficos associados com as transições entre os estágios de uso do álcool (desde o primeiro uso na vida até o desenvolvimento de transtornos relacionados ao uso, como abuso e dependência, AUD) e remissão, em uma amostra da população geral residente na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), com 18 anos de idade ou mais. Métodos: Uma amostra probabilística e multiestratificada de adultos domiciliados (n = 5.037) na RMSP foi estudada. O uso de álcool, uso regular (pelo menos 12 doses/ ano), abuso e dependência de acordo com os critérios do DSM-IV, e remissão de AUD foram avaliados utilizando-se a versão do Composite International Diagnostic Interview para o World Mental Health Survey. As curvas de idade de início cumulativas (AOO) para o primeiro uso de álcool na vida, o uso regular, o abuso e a dependência foram elaboradas com dados obtidos a partir da amostra de 5.037 indivíduos. Os correlatos sociodemográficos das transições entre os estágios de uso do álcool e da remissão de AUD foram obtidos a partir de uma subamostra de 2.942 entrevistados, para os quais, os dados sociodemográficos tempo dependentes estavam disponíveis. Resultados: as prevalências encontradas foram: 85,8% de uso de álcool na vida, 56,2% de uso regular, 10,6% de abuso e 3,6% de dependência. As probabilidades de transição foram: 63,1% do primeiro uso na vida para o uso regular, 17,9% do uso regular para o abuso, e 28,3% do abuso para dependência. Remitiram 73,4% e 58,8% dos entrevistados com diagnóstico de abuso e dependência de álcool na vida, respectivamente. Todas as transições entre os estágios de uso de álcool até o abuso estiveram consistentemente associadas ao sexo masculino, às gerações mais jovens e à baixa escolaridade, sendo que outros correlatos variaram entre as transições. Vale a pena destacar que baixa escolaridade foi um correlato para o desenvolvimento de abuso e dependência e para a não remissão destes transtornos. Idade de início...


Aims: To evaluate socio-demographic correlates associated with transitions across alcohol use stages (from first use to alcohol use disorders, AUD) and remission in a sample of household residents in the São Paulo Metropolitan Area adult, aged 18 years and over. Methods: A probabilistic, multi-stage clustered sample of adult household residents (n=5,037) in the São Paulo Metropolitan Area was analyzed. Alcohol use, regular use (at least 12 drinks/year), DSM-IV abuse and dependence, and remission from AUD were assessed with the World Mental Health version of the Composite International Diagnostic Interview. Age of onset (AOO) distributions of the cumulative lifetime probability of alcohol use, regular use, abuse, and dependence were prepared with data obtained from 5,037 subjects. Correlates of transition across alcohol use stages and remission were obtained from a subsample of 2,942 respondents, whose time-dependent sociodemographic data were available. Results: Lifetime prevalences were 85.8% for alcohol use, 56.2% for regular use, 10.6% for abuse, and 3.6% for dependence. The transitions probabilities were 63.1% for everuse to regular use, 17.9% for regular use to abuse, and 28.3% for abuse to dependence; 73.4% and 58.8% of respondents with lifetime abuse and dependence, respectively, had remitted. All transitions across alcohol use stages up to abuse were consistently associated with male gender, younger cohorts and low education, with other correlates varying among transitions. Importantly, low education was a correlate for developing AUD and for not remitting from them. Early AOO of regular use was associated with alcohol abuse among regular users. Conclusions: The present study demonstrates that specific correlates differently contribute throughout alcohol use trajectory in a Brazilian population. Our findings reinforce the need of programs to prevent early initiation of alcohol use and that efforts should focus on individuals of lower...


Assuntos
Bebidas Alcoólicas , Alcoolismo , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Transições em Canais , Brasil
16.
Rev. latinoam. cienc. soc. niñez juv ; 7(2): 929-947, jul.-dic. 2009.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-559158

RESUMO

Esta investigación problematiza las transiciones al inicio de la escolaridad, en la búsqueda de construir sentido, en una escuela privada en Bogotá. El problema de investigación versa en torno a las expectativas y a las problemáticas que enfrentan los niños y niñas desde su perspectiva, y las que enfrentan los padres y madres, los maestros y maestras, los directivos docentes y las expertas en el campo educativo. Exploro si la institución tiene o no directrices educativas que las faciliten, incidiendo en la capacidad de aprender a aprender de los niños y niñas y contribuyendo a garantizar su retención en la institución educativa. La opción epistemológica es histórico-hermenéutica. Los recursos procedimentales utilizados son los grupos focales, talleres de dibujo y narración y entrevistas semiestructuradas. El recurso metodológico para hacer el análisis de la información recolectada es la triangulación. Las producciones textuales de los distintos actores las trabajo combinando elementos del análisis socio semántico y la lógica de emparejamiento (pattern- matching). Identifiqué que el Colegio no cuenta con directrices institucionales para el manejo de las transiciones, pero tiene una cultura institucional que favorece prácticas de articulación que inciden positivamente en la capacidad de aprender a aprender de los niños y niñas con quienes trabajé. A partir del análisis de resultados, formulo varios interrogantes que orientan la construcción de sentido acerca de las transiciones a partir de las tensiones entre la continuidad y la discontinuidad, lo convergente y lo divergente y lo dominante y lo emergente en la cultura. Finalmente, hago sugerencias para el diseño de posibles directrices educativas que contribuyan al manejo de las transiciones.


A pesquisa problematiza as transições ao começo da escolaridade, na busca de construir sentido, numa escola de Bogotá, Colômbia. O problema da pesquisa gira em torno às expectativas e às problemáticas enfrentadas pelas crianças desde sua perspectiva, e aquelas enfrentadas pelos pais, os professores, os diretivos docentes e as expertas no campo educativo. Se explora si a instituição tem ou não tem diretivas educativas que as facilitem, incidindo na capacidade de aprender a aprender das crianças e contribuindo a garantir sua retenção na comunidade educativa. A opção epistemológica é histórico-hermenêutica. Os recursos procedimentais utilizados são os grupos focais, workshops de desenho e narração, como também de entrevistas semi-estruturadas. A triangulação é o recurso metodológico para fazer a analise da informação reunida. As produções textuais dos diferentes atores são processadas mediante a combinação de elementos da analise sócio-semântica e a lógica de emparelhamento de padrões (pattern-matching). Se pude constatar que a escola não tem diretivas institucionais para tratar as transições, mas tem uma cultura institucional que favorece as práticas de articulação que têm um efeito positivo na capacidade de aprender a aprender das crianças que participaram neste trabalho. A partir da analise dos resultados, varias questões foram formuladas para a construção do significado acerca das transições a partir das tensões entre a continuidade e a descontinuidade, da convergência e a divergência, e a dominância e a emergência na cultura. Finalmente, se fizeram algumas sugestões para o desenho de diretivas educativas possíveis que contribuam ao tratamento das transições.


This research problemizes the transitions that take place at the beginning of schooling, with the aim to construct meaning, at a private school in Bogotá, Colombia. The research problem turns around the expectations and problematizations undergone by children from their own perspective, as well as those undergone by parents, teachers, educational administrators and experts. It is determined whether the institution has educational directives or not to facilitate those transitions, that will have an impact in the children’s capacity to learn how to learn and will guarantee their retention at school. The epistemological option is historical hermeneutic. The procedure resources used are focus groups, drawing and narration workshops, as well as semi-structured interviews. Triangulation was the methodological resource for the analysis of the data collected. The textual productions from the various actors are processed through the combination of the elements of the socio-semantic analysis and the pattern-matching logic. It was stated that the institution does not count on institutional directives for the transitions, but it has an institutional culture that enables the articulation practices that have a positive impact on the capacity to learn how to learn of the children that participated in the study. From the analysis of the results, various questions were asked about the transitions resulting from the tensions between cultural continuity and discontinuity, convergence and divergence, and dominance and emergence. Finally, some suggestions to design possible educational directives that will contribute to handling transitions were made.


Assuntos
Educação , Guias como Assunto , Transições em Canais
17.
Rev. adm. sanit. siglo XXI ; 7(4): 699-713, oct.-dic. 2009.
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-85040

RESUMO

Las visiones reformistas de las organizaciones sanitarias están motivadas por las transformacionessociales que acontecen en su entorno y que afectan no sólo a determinantes económicos, demográficosy tecnológicos, sino también a factores culturales, sociales, antropológicos y éticos, todos ellosinterdependientes.A decir verdad, el modelo burocrático de administración general ha perdido credibilidad en el sectorsanitario por la rigidez de sus instrumentos, que dificultan dar una respuesta eficiente a los nuevosimperativos que exige una sociedad moderna.Bajo el paradigma de las jerarquías tradicionales, que muchos consideran funcionalmente agotadaspara gestionar economías sociales basadas en el conocimiento, posiblemente quede poco espaciopara que se exprese la innovación organizativa emprendedora, la autogestión cooperativa responsable,así como el ingenio y la noble tarea de servicio público del mejor profesionalismo sanitario.Necesitamos por ello activar algunas iniciativas de cambio orientadas hacia una gestión antiburocráticaque permita responder a la complejidad y dilemas organizativos, sin adelgazar en el proceso detransición las propias competencias esenciales de los servicios sanitarios públicos.La convergencia entre las corrientes vanguardistas de la administración pública, el buen gobiernoinstitucional, el desarrollo de los principios del federalismo socialmente integrador, la gestión basadaen la evidencia y un profesionalismo humanista renovado, pueden constituir los vectores que impulsenla modernización de las instituciones sanitarias(AU)


En el presente trabajo se plantean estrategias de cambio reformistas que ayuden a proteger desdelos diferentes estratos y niveles de autogobierno sanitario los activos estratégicos de los serviciospúblicos (capital humano, tecnológico, reputacional y social), los modelos de experiencia y aprendizajecolaborativo, las bases estructuradas del conocimiento operacional y los mecanismos y redes decohesión e integración organizativa(AU)


The reformists´ vision of the healthcare organizations are influenced by the concurrent transformationsof society, involving economic, demographic and technological factors, as well as other cultural,social, anthropological, and ethical dimensions, all of them interdependent. The bureaucratic model of general administration in healthcare has lost credibility, due to rigiditiesof the procedural tools, unable to react efficiently to the challenges of a modern society.Under the paradigm of traditional hierarchies, especially inappropriate for knowledge based sectors,there are probably small room for innovation, entrepreneurship, self-responsible management,creativity, civil service ethics, and professionalism in health. Therefore we need to activate some initiativesinducing changes towards anti-bureaucratic management, leading to coping with complexityand organizational dilemmas, but retaining the essential competencies of public healthcare services.The convergence of vanguard thinking in public administration, good governance, social integrativefederalism, evidence based management, and humanist professionalism, can be the foundations forthe modernization of healthcare institutions.In the present paper some reformist strategies are proposed, aiming to protect the strategic assetsof the public healthcare services (human, technological, reputational and social capital), the collaborativeway of learning, the structural foundation of the operational knowledge, and the mechanismsand networks which provide social cohesion and organizational integration(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Administração Sanitária , Política de Saúde/legislação & jurisprudência , Política de Saúde/tendências , Transições em Canais/legislação & jurisprudência , Transições em Canais/políticas , Administração em Saúde Pública/legislação & jurisprudência , Administração em Saúde Pública/métodos , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Política de Saúde/economia , Saúde Pública/legislação & jurisprudência , Saúde Pública/métodos , Serviços de Saúde Comunitária/tendências , Serviços de Saúde Comunitária , Medicina Baseada em Evidências/organização & administração
18.
Aquichan ; 7(1): 8-24, abr. 2007. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-550302

RESUMO

Esta investigación es realizada con el propósito de explorar qué tanto la teoría de las transiciones soporta los hallazgos de la experiencia del embarazo y el postparto, y ara obtener un aporte de los datos a la teoría.Objetivo general: identificar los elementos que caracterizan las transiciones del embarazo y el posparto a la luz de la teoría de las transiciones.Objetivos específicos: 1) Comprender la experiencia de las mujeres durante la transición del embarazo y el posparto; 2) explorar sobre las habilidades y los recursos con los que cuenta la mujer para afrontar los cambios; 3) establecer las condiciones que se presentan durante las tansiciones del embarazo y el posparto que permiten lograr una tansición saludable.Metodología: en el 2004 se realizó una investigación de estudio de caso. Un caso fue la transición del embarazo y el otro fue la transición del posparto. Las mujeres participantes entraron al estudio en la semana 26 del embarazo y permanecieron en él hasta la octava semana del posparto. Se aplicaron instrumentos para valorar riesgo, sintomatología depresiva, calidad de vida y apoyo social. Se utilizó la visita domiciliaria y la entrevista en profundidad.Resultados: se identificaron la naturaleza, las condiciones y los indicadores de la transición. La noticia del embarazo y la lactancia son momentos críiticos. La participación del compañero es altamente valorada; la planificación; las expectativas reales y la experiencia previa contribuyen a una transición saludable.Conclusiones: la teoría de las tansiciones aporta elementos para guiar el cuidadi. Se encontró replicación literal y teórica, y un elemento adicional a la teoría, elde la dimensión esperitual.Recomendaciones: involucrar al compañero, apoyar a la mujer ante la noticia del embarazo y en la lactancia. Valorar la dimensión espirirtual y realizar investigación respecto a esta dimensión.


Assuntos
Gravidez , Enfermagem , Saúde da Mulher , Transições em Canais
20.
Buenos Aires; Lumen; 1996. 254 p. (Psicología integrativa perspectivista interdisciplinaria). (113066).
Monografia em Espanhol | BINACIS | ID: bin-113066

RESUMO

Incluye: La teoría de la transicionalidad (la ilusión; el objeto transicional; el espacio transicional; el juego; la transicionalidad y el mundo cultural).- Desarrollo emocional, adquisición de las capacidades, integración del self (el ambiente facilitador; dependencia y capacidad para estar a solas; integración, personalización, relación con los objetos; el desarrollo de la agresión; la transición adolescente).- Los aportes de Winnicott a la psicopatología psicoanalítica (la disociación esquizoide; el falso self; una articulación entre la patología de la transicionalidad y el falso self; la tendencia antisocial; el miedo al derrumbe; algunas observaciones sobre las patologías por conflicto intrapsíquico).- La teoría de la técnica (encuadre y regresión; transferencia y contratransferencia; del juego a la interpretación; el proceso terapéutico; el squiggle: la técnica del garabato; habitar el espacio de la salud: una tarea sin fin)


Assuntos
Condutas Terapêuticas , Transições em Canais , Emoções , Elementos de Transição , Psicopatologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...