Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 469
Filtrar
1.
Geriatr., Gerontol. Aging (Online) ; 13(4): 211-218, out-.dez.2019. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1097138

RESUMO

INTRODUÇÃO: Escores prognósticos são cruciais para evitar medidas desproporcionais em cuidados paliativos, mas seu uso em pacientes não oncológicos, em cuidado domiciliar e em países subdesenvolvidos apresenta carência de evidência. OBJETIVO: Comparar a acurácia dos instrumentos preditivos de sobrevivência Palliative Performance Scale (PPS), Karnofsky Performance Status (KPS), Palliative Prognostic Index (PPI) e Palliative Prognostic Score (PaP) na população idosa do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) de Curitiba. MÉTODOS: Trata-se de estudo de acurácia diagnóstica de caráter prospectivo e observacional conduzido com idosos em cuidados paliativos no SAD de Curitiba. Aplicaram-se os escores PPS, KPS, PPI e PaP, e após 90 dias os pacientes foram avaliados quanto aos desfechos internamento hospitalar e óbito. RESULTADOS: A amostra final foi de 53 pacientes com idade ≥ 60 anos; desses, 28,3% (n = 15) tinham ≥ 85 anos. Na análise do desfecho binário (óbito ou não), foi identificado que a escala PaP teve melhor acurácia (79,2%). Na análise do desfecho ordinal (óbito, hospitalização ou nenhuma dessas opções), a escala com melhor acurácia foi o PPI (58,5%), mas todas as escalas avaliaram a amostra de forma semelhante, sem significância estatística. Em ambas as análises, os pacientes com idade ≥ 85 anos obtiveram resultados semelhantes aos demais. Apesar de o SAD ser um ambiente distinto, obteve resultados similares aos de outros estudos que incluíram hospitais e hospices. CONCLUSÃO: As escalas prognósticas apresentaram melhor acurácia na predição somente de óbito, mas quando usadas para relacionar a hospitalização, perdem sua acurácia. Não houve uma escala superior às demais, e não existiu distinção da acurácia referente à idade.


INTRODUCTION: Prognostic scores are crucial to avoid unnecessary measures in palliative care, although their use in non-cancer patients undergoing home care in low-income countries lacks evidence. OBJECTIVE: To compare the accuracy of the survival prediction instruments Palliative Performance Scale (PPS), Karnofsky Performance Status (KPS), Palliative Prognostic Index (PPI), and Palliative Prognostic Score (PaP) in the older population treated by a Home Care Service (HCS) program in Curitiba, southern Brazil. METHODS: This is a prospective, observational, diagnostic accuracy study evaluating older adults undergoing HCS-provided palliative care. PPS, The PPS, KPS, PaP, and PPI scores were administered, and after 90 days the patients were evaluated for the outcomes death and hospital admission. RESULTS: The final sample consisted of 53 patients aged ≥ 60 years; 28.3% (n = 15) of those had age ≥ 85 years. In the binary analysis, PaP had the best accuracy (79.2%). In the ordinal analysis, PPI had the best accuracy (58.5%), but all prognostic scales evaluated the sample similarly, with no significant differences. In both analyses, the patients aged ≥ 85 years had similar results compared to the total sample. Although the HCS program is a distinct setting, the study results were similar to those of studies conducted in hospices and hospitals. CONCLUSION: The prognostic scores showed better accuracy when predicting only the outcome death but are less accurate when admission is included. There was no superior scale neither any difference in accuracy regarding age range.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Cuidados Paliativos , Prognóstico , Confiabilidade dos Dados , Assistência Domiciliar , Modelos de Riscos Proporcionais , Análise de Sobrevida , Serviços de Saúde para Idosos
2.
Curitiba; s.n; 20191210. 138 p. ilus, tab.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-1121917

RESUMO

Resumo: Esta pesquisa integra o projeto temático: Análise da qualidade de vida de pacientes com câncer, da linha de pesquisa Processo de Cuidar em Enfermagem. A Tese emergiu da necessidade de avaliar os aspectos multidimensionais que envolvem a vida do paciente que está em terapêutica paliativa. Objetivo: construir e validar um instrumento para avaliar a "qualidade de viver" de pacientes em quimioterapia paliativa. Método: estudo metodológico, utilizando o referencial metodológico proposto por Pasquali, composto por três pólos, chamados de teóricos, empíricos (experimentais) e analíticos (estatísticos); realizado de abril de 2018 a março de 2019, em um hospital de referência em oncologia no sul do Brasil e em universidades, domicílios, e estabelecimentos comerciais. Na primeira fase, elaborou-se uma scoping review para identificar os domínios que interferem na qualidade de viver; na segunda a construção do instrumento; terceira validação de conteúdo pelos especialistas com as técnicas "bola de neve" e Delphi, pré-teste e validação de constructo convergente e divergente com o grupo teste e entre os grupos de população saudável e mulheres com Neoplasia Intraepitelial Cervical, totalizando 241 participantes. Os especialistas responderam um questionário sociodemográfico, sobre perfil profissional e para avaliação do questionário; enquanto os pacientes responderam questionário sociodemográfico, clínico e para avaliação do instrumento. Os dados foram analisados com os testes: Índice de Validade de Conteúdo, Kappa e Kruskall Wallis. Resultados: na scoping review foram identificadas as variáveis que interferem na qualidade de viver em quimioterapia paliativa, entre elas: dor, fadiga, insônia, depressão, dispneia, constipação, cuidados paliativos, apoio espiritual e religioso, acesso a opioides, neutropenia febril, performance status acima de 60% e satisfação de atendimento. Foram realizadas duas rodadas com os especialistas, pois na primeira rodada, duas perguntas não obtiveram índice de validade de conteúdo acima de 90%; entretanto, após as correções sugeridas; o valor de concordância foi de 74,05% entre os especialistas e coeficiente de Cronbach de 0,902. Na etapa pré-teste o tempo de resposta foi de no máximo 15 minutos e foi incluída uma questão sobre esperança e reorganizado as ordens das perguntas; totalizando 30 questões. Os domínios Físico, Funcional e Social, além do índice geral de qualidade de viver tiveram diferença significativa (p<0,05) entre os grupos; coeficiente de Cronbach nos pacientes em quimioterapia paliativa foi igual a 0,752. Conclusão: o instrumento tem boa validade de conteúdo e constructo; será importante na identificação de sinais e sintomas que impactam na qualidade de viver, permitindo aos profissionais elaborar estratégias para melhorá-la.


Abstract: This research is part of the thematic project: Analysis of the quality of life of cancer patients, from the research line Nursing Care Process. The Thesis emerged from the need to evaluate the multidimensional aspects that involve the life of the patient who is undergoing palliative therapy. Objective: to build and validate an instrument to assess the "quality of life" of patients undergoing palliative chemotherapy. Method: methodological study, using the methodological framework proposed by Pasquali, composed of three poles, called theoretical, empirical (experimental) and analytical (statistical); held from April 2018 to March 2019, in a referral hospital in oncology in southern Brazil and in universities, households, and commercial establishments. In the first phase, a scoping review was carried out to identify the domains that interfere with the quality of life; in the second, the construction of the instrument; third content validation by experts with the "snowball" and Delphi techniques, pre-test and validation of convergent and divergent construct with the test group and between groups of healthy population and women with Cervical Intraepithelial Neoplasia, totaling 241 participants. The specialists answered a sociodemographic questionnaire, on professional profile and to evaluate the questionnaire; while patients answered a sociodemographic, clinical and instrument evaluation questionnaire. The data were analyzed using the tests: Content Validity Index, Kappa and Kruskall Wallis. Results: the scoping review identified the variables that interfere with the quality of life in palliative chemotherapy, including: pain, fatigue, insomnia, depression, dyspnea, constipation, palliative care, spiritual and religious support, access to opioids, febrile neutropenia, performance status above 60% and service satisfaction. Two rounds were carried out with the experts, because in the first round, two questions did not obtain a content validity index above 90%; however, after the suggested corrections; the agreement value was 74.05% among specialists and Cronbach's coefficient was 0.902. In the pre-test stage, the response time was a maximum of 15 minutes and a question about hope was included and the order of the questions was reorganized; totaling 30 questions. The Physical, Functional and Social domains, in addition to the general quality of life index, had a significant difference (p <0.05) between the groups; Cronbach's coefficient in patients undergoing palliative chemotherapy was 0.752. Conclusion: the instrument has good content and construct validity; it will be important in identifying signs and symptoms that impact the quality of life, allowing professionals to develop strategies to improve it.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem Oncológica , Cuidados Paliativos , Pacientes , Qualidade de Vida , Estudo de Validação , Neoplasias
3.
Rev. bioét. (Impr.) ; 27(4): 699-710, out.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1057430

RESUMO

Resumo A limitação de suporte de vida tem sido aplicada na terapia intensiva em quadros de doença irreversível e tratamento improdutivo. Nessas situações, cuidados paliativos visam prevenir e aliviar o sofrimento e tornam-se essenciais para propiciar atenção específica e contínua para o paciente e sua família, possibilitando morte digna. Este estudo envolveu pesquisa qualitativa realizada com 37 profissionais da equipe multidisciplinar em unidade de terapia intensiva clínico-cirúrgica de hospital público em Curitiba, Paraná, Brasil. A análise temática dos dados estabeleceu quatro temas, que permitiram investigar o conhecimento da equipe sobre eles e elaborar ações de cuidados paliativos a pacientes com limitação de suporte de vida em terapia intensiva. Os profissionais reconheceram a importância dos cuidados paliativos à população em apreço naquela unidade.


Abstract The Limitation of Life Support has been applied in intensive care in cases of irreversible disease and futile treatment. In these situations, palliative care aims at preventing and alleviating suffering. It becomes essential to provide specific and ongoing care to patients and their families, enabling death with dignity. This study involved qualitative research carried out with 37 health professionals working within the multidisciplinary team in a Clinical Surgical Intensive Care Unit of a public hospital located in Curitiba, Paraná, Brazil. Through the thematic analysis of the data, four themes were formed, which made it possible to investigate the knowledge of the team regarding the subject and develop palliative care actions for patients with limitation of life support in intensive care. The professionals recognized the importance of Palliative Care for these patients in the Intensive Care Unit.


Resumen La limitación del soporte de vida se ha aplicado en terapia intensiva en cuadros de enfermedad irreversible y ante tratamientos improductivos. En estas situaciones, los cuidados paliativos surgen con el objetivo de prevenir y aliviar el sufrimiento y se tornan esenciales para propiciar una atención específica y continua para el paciente y su familia, posibilitando una muerte digna. Este estudio implicó una investigación cualitativa realizada con 37 profesionales del equipo multidisciplinario de una unidad de cuidados intensivos clínico-quirúrgica de un hospital público situado en Curitiba, Paraná, Brasil. El análisis temático de los datos estableció cuatro temas, que permitieron investigar el conocimiento del equipo sobre estos y elaborar acciones de cuidados paliativos para pacientes con limitación del soporte de vida en cuidados intensivos. Los profesionales reconocieron la importancia de los cuidados paliativos para la población en cuestión en dicha unidad.


Assuntos
Cuidados Paliativos , Equipe de Assistência ao Paciente , Unidades de Terapia Intensiva , Cuidados para Prolongar a Vida
4.
Rev. bioét. (Impr.) ; 27(4): 711-718, out.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1057437

RESUMO

Resumo Cuidados paliativos visam acolher o paciente e sua família de forma integral em casos de impossibilidade de cura da doença, valendo-se de boa comunicação para melhorar a qualidade de vida. Este estudo objetivou avaliar a comunicação na assistência paliativa e sua influência na relação entre equipe, paciente e família. Trata-se de pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória envolvendo seis participantes abordados em instituição hospitalar de saúde pública da cidade de Suzano, no estado de São Paulo. Dados foram coletados em entrevistas semiestruturadas e avaliados com a técnica de análise de conteúdo. Conclui-se que o diálogo adequado é estratégia relevante para estabelecer boa relação entre as três partes, sendo, no entanto, necessário identificar outros fenômenos que estão além das habilidades comunicativas dos profissionais. Na perspectiva da bioética, a comunicação se destaca na assistência e cria vínculo que possibilita decisões compartilhadas.


Abstract Palliative care aims to fully take care and welcome patients and their families, in cases when cure of the disease is no longer possible, making use of good communication to improve quality of life. The study aimed to evaluate communication in palliative care and how it can influence the team-patient-family relationship. This is a qualitative, descriptive and exploratory research, involving six participants approached at a public health hospital in Suzano, in the State of São Paulo, Brazil. Data was collected through semi-structured interviews and were analyzed using the content analysis technique. It is concluded that proper communication is a relevant strategy for establishing a good team-patient-family relationship, however, it is necessary to identify other phenomena that are beyond the communicative skills of professionals. From a Bioethics perspective, communication stands out in healthcare and creates a bond that enables shared decisions.


Resumen Los cuidados paliativos buscan cuidar al paciente y a su familia en forma integral en casos de imposibilidad de cura de la enfermedad, valiéndose de una buena comunicación para mejorar la calidad de vida. Este estudio tuvo como objetivo evaluar la comunicación en la asistencia paliativa y su influencia en la relación entre equipo, paciente y familia. Se trata de una investigación cualitativa, descriptiva y exploratoria, con seis participantes abordados en un hospital de salud pública de la ciudad de Suzano, en el estado de São Paulo, Brasil. Los datos se recogieron en entrevistas semiestructuradas y se evaluaron con la técnica de análisis de contenido. Se concluye que el diálogo adecuado es una estrategia relevante para establecer una buena relación entre las tres partes, siendo necesario, no obstante, identificar otros fenómenos que están más allá de las habilidades comunicativas de los profesionales. En la perspectiva bioética, la comunicación se destaca en la asistencia y crea un vínculo que posibilita las decisiones compartidas.


Assuntos
Cuidados Paliativos , Relações Médico-Paciente , Bioética , Doença Crônica , Comunicação
5.
Rev. bioét. (Impr.) ; 27(4): 600-602, out.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1057442

RESUMO

Resumo Os cuidados paliativos surgiram na medicina com o intuito de otimizar a assistência médica oferecida ao paciente, visando o alívio dos sintomas e a atenção integral ao indivíduo em si, e não à doença. Por ser especialidade relativamente nova, muitas vezes o profissional dessa área depara-se com situações que não podem ser explicadas simplesmente pelo conhecimento tecnocientífico. A partir de um relato de experiência, este artigo objetiva refletir sobre as circunstâncias envolvidas no período pré-morte.


Abstract Palliative care has arisen in medicine in order to optimize the medical care offered to patients, aiming at the relief of symptoms and holistic care for the individual rather than the disease. Because it is a relatively new specialty, professionals in this field often face situations that cannot be explained simply by technoscientific knowledge. Based on an experience report, this article aims to reflect on the circumstances involved in the pre-death period.


Resumen Los cuidados paliativos surgieron en la medicina con el propósito de optimizar la asistencia médica ofrecida al paciente, tendiendo al alivio de los síntomas y a la atención integral al individuo en sí y no a la enfermedad. Por ser una especialidad relativamente nueva, muchas veces, el profesional de esta área se enfrenta a situaciones que no pueden ser explicadas simplemente por el conocimiento tecnocientífico. A partir del relato de una experiencia, este artículo tiene como objetivo reflexionar acerca de las circunstancias involucradas en el período pre-muerte.


Assuntos
Cuidados Paliativos , Bioética , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Espiritualidade
6.
Rev. epidemiol. controle infecç ; 9(4): 292-298, out.-dez. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1152255

RESUMO

Justificativa e Objetivos: Muitos avanços ocorreram em prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas, porém elas ainda são as principais causas de hospitalização e morte em idosos. O objetivo deste trabalho foi verificar o benefício do uso de antimicrobianos e sua associação com a implementação de outras medidas terapêuticas e com a indicação de cuidados paliativos nas duas últimas semanas de vida de idosos em internação hospitalar, a fim de subsidiar o desenvolvimento de modelos racionais de prescrição para este grupo. Métodos: Foi desenvolvido um estudo retrospectivo realizado pela análise de prontuários dos idosos participantes do estudo epidemiológico do tipo coorte "Desenvolvimento de uma linha de cuidados para o idoso no Hospital Universitário de Santa Maria" que apresentaram óbito como desfecho. Resultados: Dos 97 indivíduos avaliados, 89,7% (n = 87) fizeram uso de antibiótico nas duas últimas semanas de vida. Entre aqueles que utilizaram antibacteriano, 38,9% apresentaram sinais clínicos de melhora após o início do tratamento (n = 28). Assim, foi possível afirmar que não houve associação entre o alívio dos sintomas e o uso de antibacteriano (p = 0,377). Entre aqueles que se beneficiaram da antibioticoterapia, 46,4% foram indicados para infecção respiratória e 14,3% para infecção do trato urinário. Não foi encontrada dependência entre o uso de antibacteriano e as outras medidas terapêuticas adotadas (p = 0,057), nem com a indicação de cuidado paliativo (p = 0,065). Conclusão: Observou-se pouca evidência de benefício no uso de antibacteriano no grupo estudado, o que sinaliza a necessidade de uma adequação de plano de cuidado diferenciada para esse perfil de pacientes.(AU)


Background and objectives: Many advances have occurred in the prevention, diagnosis and treatment of infectious diseases, but they are still the main causes of hospitalization and death in older adults. The objective of this study was to verify the benefit of antimicrobial use and its association with the implementation of other therapeutic measures and with the indication of palliative care in the last two weeks of life of hospitalized older adults, in order to subsidize the development of rational models for this group. Methods: A retrospective study was carried out by analyzing the medical records of the older adult participants of the cohort epidemiological study "Development of a Care Line for Older Adults at the University Hospital of Santa Maria", which presented death as an outcome. Results: Of the 97 individuals evaluated, 89.7% (n = 87) used antibiotics in the last two weeks of life. Among those who used antibacterial agents, 38.9% presented clinical signs of improvement after treatment initiation (n=28). Thus, it was possible to affirm that there was no association between symptom relief and antibacterial use (p = 0.377). Among those who benefited from antibiotic therapy, 46.4% were indicated for respiratory infection and 14.3% for urinary tract infection. We found no dependence between the use of antibacterial drugs and the other therapeutic measures adopted (p = 0.057), nor with the indication of palliative care (p = 0.065). Conclusion: There was little evidence of benefit in the use of antibiotics in the studied group, which indicates the need for a different care plan adequacy for this patient profile.(AU)


Justificación y Objetivos: Ocurrieron muchos avances en la prevención, diagnóstico y tratamiento de las enfermedades infecciosas, pero todavía son las principales causas de hospitalización y muerte en ancianos. El presente trabajo tuvo como objetivo verificar el beneficio del uso de antimicrobianos y su asociación con la implementación de otras medidas terapéuticas y con la indicación de cuidados paliativos en las dos últimas semanas de vida de ancianos en internación hospitalaria con el fin de fomentar el desarrollo de modelos racionales de prescripción para este grupo. Métodos: Se desarrolló un estudio retrospectivo realizado por el análisis de historiales de los ancianos participantes del estudio epidemiológico del tipo cohorte "Desarrollo de una línea de cuidados para el anciano en el Hospital Universitario de Santa María", que presentaron muerte como desenlace. Resultados: De los 97 individuos evaluados, el 89,7% (n = 87) hicieron uso de antibiótico en las dos últimas semanas de vida. Entre los que utilizaron el antibacteriano, el 38,9% presentó signos clínicos de mejora después del inicio del tratamiento (n = 28). Así fue posible afirmar que no hubo asociación entre el alivio de los síntomas y el uso de antibacteriano (p = 0,377). Entre los que se beneficiaron de la antibioticoterapia, el 46,4% fue indicado para infección respiratoria y el 14,3% para infección del tracto urinario. No se encontró dependencia entre el uso de antibacteriano y las otras medidas terapéuticas adoptadas (p = 0,057), ni con la indicación de cuidado paliativo (p = 0,065). Conclusión: Se observó poca evidencia de beneficio en el uso de antibacteriano en el grupo estudiado, lo que señala la necesidad de una adecuación del plan de cuidado diferenciada para ese perfil de pacientes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Cuidados Paliativos , Prescrições de Medicamentos , Assistência Terminal , Hospitalização , Antibacterianos/uso terapêutico , Infecções Respiratórias/tratamento farmacológico , Infecções Bacterianas/microbiologia , Infecções Bacterianas/tratamento farmacológico , Infecções Urinárias/tratamento farmacológico , Estudos Retrospectivos , Índice Terapêutico
7.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e45135, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1099842

RESUMO

Objetivo: analisar a percepção dos profissionais da equipe multidisciplinar acerca da assistência em cuidados paliativos. Método: estudo descritivo, qualitativo, desenvolvido em outubro de 2017, em hospital especializado em doenças cardiopulmonares situado em uma capital do nordeste brasileiro. O projeto do estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. A amostra contou com 15 participantes da equipe multidisciplinar. Os dados foram coletados mediante entrevista semiestruturada e submetidos à análise temática. Resultados: da análise, emergiram duas categorias: conhecimento da equipe multidisciplinar sobre cuidados paliativos e a percepção da prática dos cuidados paliativos. Os profissionais possuem um conhecimento ainda incipiente sobre cuidados paliativos e suas prerrogativas, além da necessidade de um comprometimento efetivo para a qualidade desse cuidado. Conclusão: apesar de os profissionais reconhecerem a necessidade de oferecer conforto nos momentos finais da vida, o conhecimento acerca do cuidado paliativo é limitado e, por isso, eles vivenciam dilemas ao lidar com equipes, pacientes e familiares.


Objective: to analyze the perception of professionals of the multidisciplinary team about assistance in palliative care. Method: descriptive, qualitative study, developed in October 2017 in a hospital unit specialized in cardiopulmonary diseases located in a capital of Northeastern Brazil. The sample included 15 participants from the multidisciplinary team. Data were collected through semi-structured interviews and submitted to thematic analysis. Results: from the analysis, two categories emerged: knowledge of the multidisciplinary team on palliative care and the perception of palliative care practice. The professionals have a still incipient knowledge about what palliative care is and its prerogatives, in addition to the need for an effective commitment to the quality of this care. Conclusion: Although professionals recognize the need to offer comfort in the final moments of life, knowledge about palliative care is limited and, therefore, professionals perceive dilemmas when dealing with staff, patient and family.


Objetivo: analizar la percepción de los profesionales del equipo multidisciplinario sobre la asistencia en cuidados paliativos. Método: estudio descriptivo, cualitativo, desarrollado en octubre de 2017 en una unidad hospitalaria especializada en enfermedades cardiopulmonares ubicada en una capital del noreste de Brasil. La muestra incluyó a 15 participantes del equipo multidisciplinario. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas semiestructuradas y sometidos a análisis temático. Resultados: del análisis surgieron dos categorías: conocimiento del equipo multidisciplinario sobre cuidados paliativos y la percepción de la práctica de cuidados paliativos. Los profesionales tienen un conocimiento aún incipiente sobre qué son los cuidados paliativos y sus prerrogativas, además de la necesidad de un compromiso efectivo con la calidad de esta atención. Conclusión: aunque los profesionales reconocen la necesidad de ofrecer comodidad en los momentos finales de la vida, el conocimiento sobre los cuidados paliativos es limitado y, por lo tanto, los profesionales perciben dilemas al tratar con el personal, el paciente y la familia


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cuidados Paliativos , Equipe de Assistência ao Paciente , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Conforto do Paciente , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa , Empatia
8.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e41021, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1046256

RESUMO

Objetivo: refletir sobre o processo histórico da medicalização da morte e como os cuidados paliativos podem modificar esse cenário. Conteúdo: o ponto de partida é a discussão de como ocorreu, ao longo dos séculos, o processo de medicalização da sociedade e da morte. É analisada a proposta dos cuidados paliativos, destacando como essa abordagem pode promover a desmedicalização do processo de morte. Conclusão: a medicalização da morte é um processo que se consolidou ao longo dos séculos, ganhando força através do modelo hospitalocêntrico de atenção à saúde. Por outro lado, a proposta dos cuidados paliativos se apresenta como uma possibilidade de mudança de paradigma na convivência com uma doença ameaçadora da vida e frente ao processo de morte, uma vez que seu propósito é melhorar a qualidade de vida do indivíduo de acordo com as suas prioridades, valorizando a sua autonomia. O cuidado paliativo pode ser promotor da desmedicalização da morte.


Objective: to reflect on the historical process of the medicalization of death, and on how palliative care can modify this scenario. Content: the starting point was the discussion of how the process of medicalization of society and death has occurred over the centuries, then to examine the palliative care proposal, and discuss how this approach can promote the demedicalization of dying. Conclusion: the medicalization of death, a process that has become established over the centuries, gained strength through the hospital-centered model of health care. On the other hand, the palliative care proposal offers the possibility of a paradigm shift towards coexisting with life-threatening diseases and the process of dying, because its aim is to improve individuals' quality of life according to their own priorities by favoring their autonomy. Palliative care can thus promote the de-medicalization of death.


Objetivo: reflexionar sobre el proceso histórico de la medicalización de la muerte y cómo los cuidados paliativos pueden modificar ese escenario. Contenido: el punto de partida es la discusión de cómo ocurrió, a lo largo de los siglos, el proceso de medicalización de la sociedad y de la muerte. Se analiza la propuesta de los cuidados paliativos, poniendo en relieve cómo ese enfoque puede promover la desmedicalización del proceso de muerte. Conclusión: la medicalización de la muerte es un proceso que se ha consolidado a lo largo de los siglos, ganando fuerza a través del modelo hospitalocéntrico de atención a la salud. Por otro lado, la propuesta de los cuidados paliativos se presenta como una posibilidad de cambio de paradigma en la convivencia con una enfermedad amenazadora de la vida y ante el proceso de muerte, una vez que su objetivo es mejorar la calidad de vida del individuo de acuerdo con sus prioridades, valorando su autonomía. El cuidado paliativo puede ser promotor de la desmedicalización de la muerte.


Assuntos
Humanos , Cuidados Paliativos , Cuidados Paliativos/métodos , Enfermagem , Morte , Medicalização , Medicalização/história , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Medicalização/ética , Hospitais
9.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 29(4,Supl): 441-445, out.-dez. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1047354

RESUMO

A Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI) é uma doença crônica do interstício pulmonar que se manifesta por fibrose progressiva com alta prevalência de insuficiência respiratória. Como toda doença crônica e progressiva, a FPI necessita de acompanhamento por uma equipe multiprofissional de Cuidados Paliativos (CP) a fim de proporcionar um cuidado integral, considerando todas as queixas e necessidades do paciente. Em uma enfermaria de CP de um hospital terciário, um paciente do sexo masculino, 77 anos, foi admitido por FPI avançada para controle de sintomas e cuidados de fim de vida. Durante a oroscopia realizada pela equipe, recebeu diagnóstico de candidíase oral, onde foi solicitada avaliação do cirurgião-dentista. Na avaliação odontológica, queixou-se de língua ressecada e perda do paladar. Paciente acamado, dispneico em repouso, em uso contínuo de máscara de venturi e lábios ressecados, com presença de placas brancas ressecadas (resíduos alimentares) em palato duro e mole, mucosa jugal e gengival, língua ressecada com saburra e hipossalivação. Foi realizada a higiene oral, prescrição de substituto salivar e hidratante labial. O procedimento foi longo e intermitente devido à dificuldade do paciente de se manter sem o suporte de oxigênio. Após o procedimento, o paciente relatou melhora de 90% dos sintomas bucais. Conclusão: O caso apresentou as alterações bucais e os cuidados odontológicos em um paciente com FPI e também evidenciou a importância da avaliação especializada realizada pelo cirurgião-dentista inserido em uma equipe multiprofissional em CP, que, além do diagnóstico diferencial, proporcionou alívio dos sintomas bucais e conforto ao paciente em sua fase final de vida


Idiopathic Pulmonary Fibrosis (IPF) is a chronic interstitial lung disease manifested by progressive fibrosis with a high prevalence of respiratory failure. As all chronic and progressive diseases, IPF needs follow-up by a multidisciplinary Palliative Care (PC) team in order to provide comprehensive care considering all patient's complaints and needs. In a PC inpatient unit of a tertiary hospital, a 77-year-old male patient was admitted because of advanced IPF for symptom control and end-of-life care. During the oroscopy done by the team, he was diagnosed with oral candidiasis, where evaluation by the dentist was requested. In the dental evaluation, he complained of dry tongue and taste loss. Bedridden patient, dyspnea at rest, in continuous use of venturi mask and dry lips, dry white plaques (food residues) in hard and soft palate, jugal and gingival mucosa, dry tongue with oral coating and hyposalivation. Oral hygiene was performed, salivary substitute and lip moisturizer were prescribed. The procedure was long and intermittent due to the difficulty of the patient with staying without oxygen support. After the procedure, the patient reported 90% improvement in oral symptoms. Conclusion: The case showed the oral disorders and dental care in a patient with IPF and highlighted the importance of specialized evaluation performed by the dentist inserted in a multidisciplinary PC team which, besides the differential diagnosis, provided symptom relief of the mouth and comfort to the patient in his end of life


Assuntos
Manifestações Bucais , Cuidados Paliativos , Fibrose Pulmonar Idiopática , Higiene Bucal , Equipe de Assistência ao Paciente , Insuficiência Respiratória , Candidíase Bucal , Doença Crônica , Odontólogos , Diagnóstico Diferencial , Diagnóstico Bucal , Pneumopatias
11.
Rev. Rede cuid. saúde ; 13(2): 60-70, 20191215.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1047234

RESUMO

A OMS, em 2002, traz uma redefinição no conceito de Cuidado paliativo, evidenciando nesse cuidado uma qualidade de vida ao paciente terminal, objetivando sua dor e sua melhora como fator primordial nesse cuidado direto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva de revisão bibliográfica, realizadas nas bases eletrônicas BVS (Biblioteca Virtual de Saúde). Tendo como objetivos: destacar a importância da comunicação na relação entre família equipe de enfermagem e pacientes em finitude; ressaltar a relevância dos familiares na habilidade e presteza da assistência estabelecida ao doente oncológico em cuidados paliativos. É imprescindível que a enfermagem estabeleça meios facilitadores na comunicação que se institui no processo de cuidar do paciente com câncer terminal, buscando para esse cuidado agregar os familiares presentes no processo de finitude do seu ente. Apesar do grande esforço que os enfermeiros realizam na assistência aos pacientes em cuidados paliativos mediante a rotina diária e complexa, denota-se que a própria dinâmica de atendimento não possibilita momentos de reflexão para que sua equipe se atente numa orientação melhorada e humanizada aos pacientes em finitude. É imprescindível que a enfermagem estabeleça meios facilitadores na comunicação que se institui no processo de cuidar do paciente com câncer terminal, buscando para esse cuidado agregar os familiares presentes no processo de finitude do seu ente.


The WHO in 2002 brings a redefinition in the concept of Palliative Care, evidencing in this care a quality of life to the terminally ill patient, objectifying their pain and their improvement as a prime factor in this direct care. This is a qualitative research, descriptive of bibliographic review, carried out in the electronic databases VHL (Virtual Health Library). Having as objectives: to highlight the importance of communication in the relationship between family nursing team and patients in finitude; emphasize the relevance of relatives in the ability and promptness of the care established to the cancer patient in palliative care. Despite the great effort that nurses make in assisting patients in palliative care through the daily and complex routine, it is pointed out that the dynamics of care does not allow moments of reflection so that their team is aware of an improved and humanized orientation for patients in finitude. It is imperative that nursing establish facilitating means in the communication that is established in the process of caring for the patient with terminal cancer, seeking for this care to add the relatives present in the process of finitude of their entity


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Cuidados Paliativos , Enfermagem , Equipe de Enfermagem
12.
Referência ; serIV(23): 111-120, dez. 2019. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1098637

RESUMO

Enquadramento: O constructo religiosidade/espiritualidade e apoio social sugere melhoria na qualidade de vida nos doentes com cancro avançado em terapêutica paliativa ou cuidado paliativo. Objetivo: Verificar se as pessoas com cancro avançado que estão a receber terapêutica paliativa e/ou cuidado paliativo, utilizam a religiosidade/espiritualidade e apoio social para o enfrentamento da doença, e comparar o seu uso na melhoria da qualidade de vida. Metodologia: Estudo observacional, transversal e analítico, realizado num hospital no sul do Brasil, de janeiro a julho de 2018. Dados recolhidos através de um questionário sociodemográfico/clínico e do Quality of Life Questionnaire-Core 15-Palliative. O teste não paramétrico de Mann Whitney foi utilizado para análise comparativa. Resultados: Participaram 107 doentes na terapêutica paliativa e 19 no cuidado paliativo. O uso da religiosidade/espiritualidade e apoio social foi unanimemente utilizado. A presença de um familiar como cuidador principal teve significância (p = 0,014), predizendo melhor qualidade de vida. Conclusão: Cabe ao enfermeiro promover o cuidado humano e viabilizar o uso do constructo religioso/espiritual e social, em especial a presença do cuidador familiar, para melhorar a qualidade de vida da pessoa com cancro avançado.


Background: The religion/spirituality and social support may improve the quality of life of patients with advanced cancer receiving palliative therapy or palliative care. Objective: To determine if patients with advanced cancer receiving palliative therapy and/or palliative care use religion/spirituality and social support to cope with the disease, and assess if these aspects improve their quality of life. Methodology: Observational, cross-sectional, and analytical study conducted in a hospital in southern Brazil from January to July 2018. A sociodemographic/clinical questionnaire and the European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire-Core 15 Palliative Care were used. The nonparametric Mann-Whitney test was used for comparative analysis. Results: A total of 107 patients receiving palliative therapy and 19 patients receiving palliative care participated in this study. Religion/spirituality and social support were unanimously used. The presence of a family member as the main caregiver was significant (p = 0.014), predicting a better quality of life. Conclusion: Nurses are responsible for promoting humanized care and the use of religion/spirituality and social support, namely the presence of family caregivers, with a view to improving the quality of life of patients with advanced cancer.


Marco contextual: El constructo religiosidad/espiritualidad y apoyo social sugiere una mejora en la calidad de vida de los pacientes con cáncer avanzado en la terapia paliativa o en los cuidados paliativos. Objetivo: Verificar si las personas con cáncer avanzado que reciben terapia paliativa y/o cuidados paliativos utilizan la religiosidad/espiritualidad y el apoyo social para afrontar la enfermedad, y comparar su uso para mejorar su calidad de vida. Metodología: Estudio observacional, transversal y analítico, realizado en un hospital del sur de Brasil, de enero a julio de 2018. Los datos se recogieron mediante un cuestionario sociodemográfico/clínico y el Quality of Life Questionnaire-Core 15-Palliative. Para el análisis comparativo se utilizó la prueba no paramétrica de Mann Whitney. Resultados: Participaron 107 pacientes en la terapia paliativa y 19 en los cuidados paliativos. El uso de la religiosidad/espiritualidad y el apoyo social se utilizó de forma unánime. La presencia de un miembro de la familia como cuidador principal fue significativa (p = 0,014), y predice una mejor calidad de vida. Conclusión: Es responsabilidad del enfermero promover el cuidado humano y permitir el uso del constructo religioso/espiritual y social, especialmente de la presencia del cuidador familiar, para mejorar la calidad de vida de las personas con cáncer avanzado.


Assuntos
Cuidados Paliativos , Qualidade de Vida , Religião , Apoio Social , Espiritualidade , Neoplasias
13.
CuidArte, Enferm ; 13(2): 213-216, dez.2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087697

RESUMO

Introdução: Cuidados paliativos incluem cuidados de saúde ativos e integrais prestados à pessoa com doença grave, progressiva e que ameaçam a continuidade da vida. Relacionam-se à melhora da qualidade de vida e conforto de pacientes portadores de doenças fora das possibilidades de cura. Lesões por pressão resultam de lesão na pele ou tecido adjacente causada por pressão, cisalhamento e/ou fricção, as quais podem e devem ser evitadas. Muitos fatores contribuem para a propensão ao desenvolvimento de lesão por pressão em pacientes sob cuidados paliativos. Objetivo: Apresentar uma análise crítica sobre a relação entre lesão por pressão e cuidados paliativos. Método: Resenha crítica, realizada após a seleção de textos sobre lesão por pressão e cuidados paliativos. Resultado: Lesões por pressão podem estar presentes em pacientes sob esse tipo de tratamento e causar dor e sofrimento para o paciente e familiar. A lesão deve ser classificada e tratada de acordo com as necessidades individuais. A escala de Braden é uma ferramenta que pode auxiliar a equipe a estratificar o risco que o paciente tem em desenvolver a lesão por pressão. Conclusão: É imprescindível que a equipe esteja atenta a esta complicação, geralmente inerente ao processo fisiológico, especialmente quando se encontra sob cuidados paliativos. Assim, o melhor tratamento possível deve ser instituído tendo em vista evitar a dor e o sofrimento do paciente e as pessoas ao seu entorno.(AU)


Introduction: Palliative care includes active and comprehensive health care provided to people with severe, progressive and lifethreatening illness. They are related to the improvement of the quality of life and comfort of patients with diseases beyond the possibilities of cure. Pressure injuries result from injury to the skin or surrounding tissue caused by pressure, shear and/or friction, which can and should be avoided. Many factors contribute to the propensity to develop pressure injury in patients under palliative care. Objective: To present a critical analysis on the relationship between pressure injury and palliative care. Method: Critical review, performed after the selection of texts on pressure injury and palliative care. Result: Pressure injuries may be present in patients undergoing this type of treatment and cause pain and suffering for the patient and family member. The lesion should be classified and treated according to individual needs. The Braden scale is a tool that can help staff stratify the patient's risk of developing pressure injury. Conclusion: It is essential that the team be aware of this complication, usually inherent in the physiological process, especially when under palliative care. Thus, the best possible treatment should be instituted in order to avoid the pain and suffering of the patient and the people around them.(AU)


Introducción: Los cuidados paliativos incluyen atención médica activa e integral brindada a personas con enfermedades graves, progresivas y potencialmente mortales. Están relacionados con la mejora de la calidad de vida y la comodidad de los pacientes con enfermedades más allá de las posibilidades de cura. Las lesiones por presión son el resultado de lesiones en la piel o el tejido circundante causadas por presión, cizallamiento y/o fricción, que pueden y deben evitarse. Muchos factores contribuyen a la propensión a desarrollar lesiones por presión en pacientes bajo cuidados paliativos. Objetivo: Presentar un análisis crítico sobre la relación entre la lesión por presión y los cuidados paliativos. Metodo: Revisión crítica, realizada después de la selección de textos sobre lesiones por presión y cuidados paliativos. Resultado: Las lesiones por presión pueden estar presentes en pacientes sometidos a este tipo de tratamiento y causar dolor y sufrimiento al paciente y a su familiar. La lesión debe clasificarse y tratarse según las necesidades individuales. La escala de Braden es una herramienta que puede ayudar al personal a estratificar el riesgo del paciente de desarrollar lesiones por presión. Conclusión: Es esencial que el equipo esté al tanto de esta complicación, generalmente inherente al proceso fisiológico, especialmente cuando está bajo cuidados paliativos. Por lo tanto, se debe instituir el mejor tratamiento posible para evitar el dolor y el sufrimiento del paciente y las personas que lo rodean.(AU)


Assuntos
Humanos , Dor/prevenção & controle , Cuidados Paliativos , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Úlcera por Pressão , Enfermagem de Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Segurança do Paciente
14.
Nursing (Ed. bras., Impr.) ; 22(258): 3308-3312, nov.2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-1052256

RESUMO

O objetivo foi realizar um estudo bibliométrico sobre cuidados paliativos e espiritualidade buscando saber o que tem sido produzido em artigos nacionais e internacionais. Foram selecionados estudos nas bases de dados LILACS, SciELO e MEDLINE, sendo encontrados 728 estudos, desses selecionados 95 atenderam aos critérios de inclusão. Entre esses critérios estão estudos publicados em português, espanhol ou inglês, entre 2008 e 2018, classificados como artigo empírico, artigo teórico, revisão sistemática ou teórica, ter acesso livre, e ter como temas centrais tanto a espiritualidade como o cuidado paliativo. A busca foi realizada com os descritores "palliative care" e "spirituality". Os indicadores bibliométricos apontaram um aumento de publicações sobre espiritualidade e cuidados paliativos de 2008 a 2018, especialmente em 2012. Além disso, há um aumento sobre a abordagem sobre o assunto como um maior enfoque dos profissionais de saúde para abordar a espiritualidade como parte do cuidado de pacientes em cuidados paliativos.(AU)


The aim was to conduct a bibliometric study on palliative care and spirituality seeking to know what has been produced in national and international articles. Studies were selected from the LILACS, SciELO and MEDLINE databases, and 728 studies were found, of which 95 met the inclusion criteria. Among these criteria are studies published in Portuguese, Spanish or English, between 2008 and 2018, classified as empirical article, theoretical article, systematic or theoretical review, having free access, and having as central themes both spirituality and palliative care. The search was performed using the keywords "palliative care" and "spirituality". Bibliometric indicators pointed to an increase in publications on spirituality and palliative care from 2008 to 2018, especially in 2012. In addition, there is an increase in approaching the subject as a greater focus of health professionals to address spirituality as part of care. of patients in palliative care.(AU)


El objetivo fue realizar un estudio bibliométrico sobre cuidados paliativos y espiritualidad buscando conocer lo que se ha producido en artículos nacionales e internacionales. Se seleccionaron estudios de las bases de datos LILACS, SciELO y MEDLINE, y se encontraron 728 estudios, de los cuales 95 cumplieron los criterios de inclusión. Entre estos criterios se encuentran los estudios publicados en portugués, español o inglés, entre 2008 y 2018, clasificados como artículo empírico, artículo teórico, revisión sistemática o teórica, que tienen acceso libre y tienen como temas centrales tanto la espiritualidad como los cuidados paliativos. La búsqueda se realizó utilizando las palabras clave cuidados paliativos y espiritualidad. Los indicadores bibliométricos señalaron un aumento en las publicaciones sobre espiritualidad y cuidados paliativos entre 2008 y 2018, especialmente en 2012. Además, hay un aumento en el enfoque del tema como un mayor enfoque de los profesionales de la salud para abordar la espiritualidad como parte de la atención. de pacientes en cuidados paliativos.(AU)


Assuntos
Humanos , Cuidados Paliativos , Espiritualidade , Bibliometria , Oncologia
15.
Rev Bras Enferm ; 72(6): 1707-1714, 2019.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31644764

RESUMO

OBJECTIVE: To identify the perception of health professionals about neonatal palliative care. METHOD: A phenomenological qualitative study, a non-probabilistic sample, of 15 health professionals from a neonatal intensive care unit in northern Portugal. Content analysis was performed. RESULTS: Despite their lack of training in palliative care, the health professionals showed concern for the dignity, quality of life and comfort of the newborn and family. They expressed emotional and relational difficulties in following the trajectories of serious illness and death and in the ethical decisions regarding the end-of-life. CONCLUSION: It is emphasized that professionals are sensitive to pain and suffering and reveal dedicated and committed in the care of the newborn and family. They are available to train and embrace the current challenges posed by the constitution of pediatric palliative care teams and to help achieve an organizational culture that advances in such care.


Assuntos
Pessoal de Saúde/psicologia , Saúde do Lactente/normas , Cuidados Paliativos/métodos , Percepção , Adulto , Feminino , Humanos , Recém-Nascido , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados Paliativos/normas , Cuidados Paliativos/tendências , Portugal , Qualidade da Assistência à Saúde/normas
16.
Rev Lat Am Enfermagem ; 27: e3200, 2019 Oct 14.
Artigo em Português, Inglês, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-31618393

RESUMO

OBJECTIVE: to describe the level of uncertainty in illness in family caregivers of palliative care patients and detect associations between the profile of the caregiver and the levels of uncertainty. METHOD: descriptive correlational study conducted with 300 family caregivers of hospitalized patients. The sociodemographic characterization of caregiver and patient was used to assess the caregiver profile, as well as the Uncertainty in Illness scale for family caregivers. Spearman's Rho correlation test was applied to detect associations. RESULTS: the average score of illness uncertainty was 91.7 points. The analysis showed significant correlations between the level of uncertainty and patient dependence (r=0.18, p=0.001), symptom assessment (r=0.312, p<0.001), length of service as a caregiver (r=0.131, p=0.023), perception of support from health professionals (r=-0.16, p=0.048), family (r=-0.145, p=0.012) and religious support (r=-0.131, p=0.050). CONCLUSIONS: there were high levels of uncertainty in caregivers about their patient's illness. These levels are associated with the health condition and symptoms of the patient who is cared for, the length of service as a caregiver and the perceived support from health professionals, family and religion.


Assuntos
Cuidadores/psicologia , Cuidados Paliativos/psicologia , Incerteza , Adaptação Psicológica , Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Cuidadores/estatística & dados numéricos , Estudos Transversais , Feminino , Hospitalização/estatística & dados numéricos , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados Paliativos/estatística & dados numéricos , Percepção , Fatores Socioeconômicos , Espiritualidade , Inquéritos e Questionários , Adulto Jovem
17.
Viana do Castelo; s.n; 20190000.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1223870

RESUMO

A carga de sintomas presente na doença renal crónica avançada é significativa, mas pouco valorizada pelos profissionais de saúde. A Escala IPOS-renal foi desenvolvida a partir de outros instrumentos de medição já existentes e validados para a população portuguesa, para identificar a carga sintomática e outras preocupações comuns nesta doença. O estudo teve por objetivo traduzir e validar a Escala Integrated Palliative care Outcome Scale - symptom renal (IPOS-renal). Para tal, foi construída uma amostra aleatória, estratificada, composta por 134 doentes adultos com doença renal crónica avançada, em hemodiálise há mais de um ano, a realizarem tratamento num hospital e em clínicas de hemodiálise, na região norte do país. Após sujeição ao processo de tradução e retroversão, foi aplicada a versão português juntamente com outros instrumentos já validados (ESAS-r e SF-36v2) e, posteriormente, para análise da fiabilidade teste-reteste, foi aplicado, novamente, o instrumento IPOS-renal, quinze dias após a primeira avaliação. Foi testada a validade convergente da versão 'doente' do IPOS-renal, analisando a sua relação com a Escala de avaliação de sintomas de Edmonton-revista e o Questionário de estado de Saúde SF-36v2. Dos 134 doentes, 56,7% eram do sexo masculino e o grupo etário mais representativo foi o dos 70 - 79 anos). Relativamente aos sintomas físicos, observou-se que o sintoma com maior prevalência foi a dor (24,6%), seguido pela diminuição da mobilidade (23,8%) e pouco apetite (23,1%). O instrumento apresentou estabilidade temporal, na medida em que todos os itens apresentam associações positivas, moderadas a fortes (todos rs > 0,68) entre a primeira e a segunda avaliação, bem como uma boa consistência interna (α = 0,768). Relativamente à validade convergente, verificaram-se correlações positivas e estatisticamente significativas, moderadas a elevadas, entre itens do IPOS-renal e itens correspondentes na ESAS-r (rs entre 0,509 e 0,812, sig < 0,001). Por fim, foram encontradas associações negativas estatisticamente significativas entre a pontuação total do IPOS-renal e as medidas compósitas relativas à qualidade de vida física e mental. O IPOS-renal, na versão 'doente', apresentou uma boa fiabilidade teste-reteste, consistência interna e validade convergente, em doentes em hemodiálise, pelo que recomendamos o seu uso na avaliação de sintomas nesta população.


The Integrated Palliative Outcome Score (IPOS)-renal survey was developed from already established evaluation tools and validated for the Portuguese population, to identify the symptomatic load and other ubiquitous consequences of this disease. The study aimed at translating and validating the Integrated Palliative care Outcome Scale -renal (IPOS-Renal) survey. To this end, a stratified random sample was generated, composed by 134 adult patients with advanced renal disease and ongoing haemodialysis treatment for more than a year, in the North region of the country. After subjected to the translation and retroversion, the Portuguese version was applied, along with other already validated instruments (ESAS-r and SF-36v2) and, subsequently, in order to analyse test-retest reliability, the IPOS-renal survey was re-applied, 15 days after the first evaluation. The convergent validity of the patient version IPOS-renal test was evaluated in relation with the revised Edmonton Symptom Assessment Scale (ESAS) and the Health Status Questionnaire SF-36v2. Of the 134 patients, 56,7% were male and the age group more representative was between 74-79 years old. Regarding physical symptoms, pain was the higher scoring symptom (24,6%), followed by decrease in mobility (23,8%) and poor appetite (23,1%). The IPOS-renal tool demonstrated temporal stability since positive associations, moderate or strong (all rs > 0,68), and internal consistency (α = 0,774) were established for all items between the 1st and 2nd evaluations. Regarding convergent validity, significant positive correlations, moderate to strong, were determined between IPOS-renal and the corresponding ESAS items (0,509 > rs < 0,812, sig < 0,001). Finally, significant negative associations were observed between IPOS-renal total score and the measurements regarding the patients physical and mental quality of life. The patient version of the IPOS-renal demonstrated a good test-retest reliability, internal consistency and convergent validity when applied to patients undergoing haemodialysis treatment, therefore we highly recommend its application in assessing symptoms in patients with a corresponding profile.


Assuntos
Cuidados Paliativos , Sinais e Sintomas , Diálise Renal
18.
Rev Bras Enferm ; 72(5): 1243-1250, 2019 Sep 16.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31531647

RESUMO

OBJECTIVES: To understand the meaning attributed by the nurse to the management of nursing care to the person hospitalized due to clinical complications caused by AIDS; to analyze actions related to palliative care; and to construct a theoretical matrix regarding the management of nursing care. METHOD: Qualitative, exploratory research, guided by the Grounded Theory. Seven nurses and ten nursing technicians were interviewed between May and September 2015, in a university hospital, located in Rio de Janeiro State, Brazil. RESULTS: Five categories that covered the profile of the hospitalized person, palliative care, intervening conditions for care management, the need for professional qualification, and other aspects to better organize and manage care, including conflict management arose. FINAL CONSIDERATIONS: The theoretical matrix values the quality of life, the need to understand the flow of care to avoid readmissions and not adherence to medications, requiring new research in the area, such as implementation.


Assuntos
Infecções por HIV/enfermagem , Cuidados de Enfermagem/métodos , Cuidados Paliativos/métodos , Brasil , Teoria Fundamentada , Humanos , Cuidados Paliativos/normas , Pesquisa Qualitativa , Qualidade de Vida/psicologia
19.
Rev. bioét. (Impr.) ; 27(3): 535-541, jul.-set. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1041987

RESUMO

Resumo A partir dos significados atribuídos ao tratamento paliativo por cuidadores formais de Pouso Alegre, Minas Gerais, Brasil, esta pesquisa pretende identificar e compreender possíveis hiatos na formação desses profissionais. O estudo é de caráter descritivo, exploratório e transversal; a amostragem foi intencional e seguiu a técnica bola de neve. Foram utilizados dois instrumentos para coletar os dados: questionário de caracterização pessoal e profissional e roteiro de entrevista semiestruturada. Para analisar os dados, utilizou-se o método do discurso do sujeito coletivo. As representações sociais relatadas foram: "cuidado"; "diversos significados"; "amor, carinho, atenção, dedicação ao paciente"; e "ir além de gostar". Aprovação CEP-Univás 62531216.6.0000.5102


Abstract From the meanings attributed to palliative treatment by formal caregivers of Pouso Alegre, Minas Gerais, Brazil, this study aims to identify and understand possible gaps in the training of these professionals. The study is descriptive, exploratory and cross-sectional; sampling was intentional and followed the snowball technique. Two instruments were used to collect data: a personal and professional characterization questionnaire and a semi-structured interview. The collective subject discourse method was used to analyze the data. The social representations reported were: "care"; "Various meanings"; "Love, care, attention, dedication to the patient"; and "go beyond liking". Aprovação CEP-Univás 62531216.6.0000.5102


Resumen A partir de los significados atribuidos al tratamiento paliativo por parte de cuidadores formales de Pouso Alegre, Minas Gerais, Brasil, esta investigación pretende identificar y comprender posibles hiatos en la formación de estos profesionales. El estudio es de carácter descriptivo, exploratorio y transversal; el muestreo fue intencional y siguió la técnica de bola de nieve. Se utilizaron dos instrumentos para recolectar los datos: cuestionario de caracterización personal y profesional y guion de entrevista semiestructurada. Para analizar los datos, se utilizó el método del discurso del sujeto colectivo. Las representaciones sociales relatadas fueron: "cuidado"; "diversos significados"; "amor, cariño, atención, dedicación al paciente"; e "ir más allá del gusto". Aprovação CEP-Univás 62531216.6.0000.5102


Assuntos
Cuidados Paliativos , Bioética , Cuidadores
20.
Curitiba; s.n; 20190822. 106 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1222926

RESUMO

A inexistência da cura proporcionou a criação de uma prática interdisciplinar voltada para o conforto do paciente que vivencia o processo de morte e morrer. Nesse contexto, a identificação precisa dos sinais e sintomas desse paciente, não representa o cuidar em sua totalidade. O enfermeiro necessita ir muito além, principalmente quando assiste uma pessoa que está morrendo. Desse modo, evidencia-se a necessidade do desenvolvimento de Tecnologias Assistenciais, que direcione o enfermeiro na avaliação diária do paciente em Cuidados Paliativos. Assim, o presente trabalho tem como objetivo desenvolver um aplicativo móvel para a avaliação clínica do paciente sob Cuidados Paliativos. Como método utilizou-se a pesquisa metodológica aplicada de produção tecnológica, desenvolvida em duas fases. A primeira, denominada fase exploratória, caracterizou-se pela revisão de literatura e análise de um questionário aplicado aos participantes, com o objetivo de identificar os aspectos a serem considerados na avaliação de pacientes em Cuidados Paliativos. A segunda fase se refere ao desenvolvimento da tecnologia assistencial, que ocorreu em duas etapas: definição de requisitos e elaboração do mapa conceitual do aplicativo e geração das alternativas de implementação e prototipagem. Como resultado, criou-se o aplicativo denominado AVALIATIS - Cuidados Paliativos, que consiste em uma inovação na coleta de dados dos pacientes em cuidados paliativos. Sua estrutura simples e acessível permite que os enfermeiros realizem uma avaliação clínica específica, capaz de contemplar os principais sintomas apresentados por esses pacientes. Esta tecnologia consiste em mais um avanço nas pesquisas desenvolvidas pelo grupo de pesquisa Tecnologia e Inovação em Saúde - TIS da Universidade Federal do Paraná.


The inexistence of cures provided the creation of an interdisciplinary practice focused on the comfort of the patient who experiences the process of death and dying. In this context, the precise identification of the signs and symptoms of this patient does not represent the care on its totality. The nurse needs to go further, especially when he/she watches a dying person. Consequently, the demand for a development of Care Technologies is confirmed, one that helps nurses in the daily evaluation of patients in Palliative Care.Thus, the present work aims to establish a mobile app for the clinical evaluation of patients under Palliative Care. As a method, the methodological research applied to a technological production was used, and it increased two phases. The first one, called exploratory phase, was characterized by literature review and analysis of a questionnaire applied to the participants, with the purpose of identifying the aspects to be considered in the process. The second one refers to the creation of an assistive technology, which occurred in two stages: definition of requirements and elaboration of the app's conceptual map; creation of the implementation and prototyping alternatives. As a result, the app called AVALIA-TIS - Palliative Care was created, which consists of an innovation in the gathering of patient data in palliative care. Its simple and accessible structure allows nurses to perform a specific clinical evaluation, capable of contemplating the main symptoms presented by these patients. This technology composes another achievement in the research developed by the Research Group Technology and Innovation in Health - TIS of the Federal University of Paraná.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados Paliativos , Invenções , Aplicativos Móveis , Avaliação em Enfermagem , Processo de Enfermagem , Enfermagem Oncológica , Enfermagem , Enfermagem de Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA