Your browser doesn't support javascript.
loading
Acolhimento e tratamento de portadores de esquizofrenia na Atenção Básica: a visão dos gestores, terapeutas, familiares e pacientes / Acceptance and treatment of schizophrenics under Primary Health Care as seen by managers, therapists, relatives and patients
São Paulo; s.n; 2010. 150 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-594109
Responsible library: BR67.1
Localization: BR67.1; DR, 1014. CM. 52662/2011
RESUMO
O estudo investigou as possibilidades e impasses do acolhimento e do tratamento de pacientes esquizofrênicos na Atenção Básica. Como pressupostos, admitiu-se que a Atenção Básica emerge como locus importante para as práticas de Saúde Mental e que seus técnicos vêm incorporando novas práticas aos seus currículos. Uma revisão da literatura abrangeu os principais marcos teóricos e conceituais das políticas de saúde, da Reforma Psiquiátrica e dos modelos em atenção à Saúde Mental, bem como considerações acerca da esquizofrenia e do estigma nos transtornos mentais. O estudo adotou um desenho de metodologia quali-quantitativa e trabalhou com um universo de significados, motivos, aspirações, crenças, valores e atitudes dos sujeitos envolvidos. A amostra foi composta por gestores, terapeutas, familiares e pacientes, atores sociais identificados na Atenção Básica com significativa vinculação com o problema trabalhado. Foram realizadas 38 entrevistas com gestores e terapeutas, aplicando-se às falas a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Dados fornecidos por familiares e pacientes, coletados em três entrevistas em profundidade realizadas em seus domicílios, permitiram a compreensão, entre outros aspectos, dos vínculos parentais, aspectos sociofamiliares, educacionais, história e tratamentos da doença pregressa e atual. As informações foram analisadas, dispostas numa narrativa cronológica e receberam tratamento de relatos de casos.

Resultados:

dentre os discursos de maior densidade observa-se que a maneira pela qual o paciente seria tratado - compreendendo acolhimento de qualidade, humanização da atenção, promoção da reinserção, atenção integral incluindo medicamentos e atitudes sem preconceito, interessava mais que o lugar onde a atenção ao doente mental grave fosse dispensada. De maneira reiterada, não se considera que os terapeutas da 7 Atenção Básica estejam capacitados para acolher e tratar de portadores de esquizofrenia, talvez casos leves ou compensados...
Subject(s)
Full text: Available Collection: International databases Health context: SDG3 - Target 3.8 Achieve universal access to health Health problem: Delivery Arrangements / Governance Arrangements Database: LILACS Main subject: Primary Health Care / Referral and Consultation / Schizophrenia / Stereotyping / Health Knowledge, Attitudes, Practice / Mental Health / Health Care Reform / Health Policy Type of study: Prognostic study Aspects: Implementation research Language: Portuguese Year: 2010 Document type: Thesis
Full text: Available Collection: International databases Health context: SDG3 - Target 3.8 Achieve universal access to health Health problem: Delivery Arrangements / Governance Arrangements Database: LILACS Main subject: Primary Health Care / Referral and Consultation / Schizophrenia / Stereotyping / Health Knowledge, Attitudes, Practice / Mental Health / Health Care Reform / Health Policy Type of study: Prognostic study Aspects: Implementation research Language: Portuguese Year: 2010 Document type: Thesis
...