Your browser doesn't support javascript.
Brincar e humanização: avaliando um programa de suporte na internação pediátrica / Playing and humanization: evaluating a support program in the pediatric hospitalization
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 3(2): 160-174, dez. 2010.
Artículo en Portugués | Index Psicología - Revistas técnico-científicas | ID: psi-68220
Biblioteca responsable: BR85.1
RESUMO
Pesquisas em contextos nos quais podem ocorrer impactos no ciclo vital infantil são necessárias, uma vez que o desenvolvimento humano é ininterrupto. Um desses contextos é o de internação pediátrica. Este trabalho apresenta resultados de um programa de suporte teórico-prático em contexto de internação pediátrica, cujo foco foi o brincar como instrumento de intervenção terapêutica. Participaram do programa 16 profissionais de saúde de um hospital geral de uma capital brasileira. São apresentados os resultados de duas avaliações de aprendizagem e de uma avaliação de reação realizadas com os participantes. Os resultados sugerem que os participantes apresentam pouco conhecimento sobre as potencialidades do brincar em contexto de internação pediátrica; ademais, que eles o consideram somente como um recurso paliativo no atendimento às crianças internadas. Esses resultados apontam que ainda há um longo caminho a ser percorrido para a efetiva implementação e valorização do brincar como instrumento de intervenção terapêutica em instituições hospitalares(AU)
ABSTRACT
Researches in contexts in which impact in children's life cycle may occur are necessary, for human development is continuous. One of these contexts is the pediatric hospitalization. This paper presents results of a program of theoretical and practical support within the context of pediatric hospitalization, whose focus was playing as an instrument for therapeutic intervention. Sixteen healthcare professionals of a general hospital of a Brazilian capital city have participated in the program. The results of two learning evaluations and one reaction evaluation conducted with the participants are presented. The results suggest that the participants have little knowledge about the potentialities of playing within the context of pediatric hospitalization; furthermore, that they consider it a mere palliative resource in the assistance of hospitalized children. These results demonstrate that there is a lot to be done before the effective implementation and enhancement of playing as an instrument for therapeutic intervention in hospitals(AU)
Asunto(s)

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponible Colección: Bases de datos nacionales / Brasil Base de datos: Index Psicología - Revistas técnico-científicas Límite: Humanos Idioma: Portugués Revista: Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) Año: 2010 Tipo del documento: Artículo Institución/País de afiliación: Centro de Quimioterapia Antiblástica e Imunoterapia LTDA/Brasil / Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil