Your browser doesn't support javascript.
Ergonomia e riscos no caminho do cuidado da enfermagem / Ergonomía y riesgos en el camino de la atención de enfermería / Ergonomics and risc in nursing care path
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 1(2): 1835-1840, ago.-dez. 2009.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-21986
Biblioteca responsável: BR1208.1
Localização: BR1208.1
RESUMO
Identificar quantos metros a enfermagem caminha para fazer este único procedimento – despejar aurina e, discutir as implicações para saúde do corpo que cuida.

MÉTODO:

Estudo exploratório. O local dainvestigação foi um hospital público / filantrópico no Rio de Janeiro para pessoas com deficiência física. Aprodução dos dados ocorreu mediante mensuração do caminho andado e de quantas vezes este percurso aconteceu durante trinta dias.

RESULTADOS:

Verificou-se que dois técnicos de enfermagem andam 132 km e 720 mpara despejar a urina, contribuindo para agravos, como problemas mecânicos e corporais, associado à inadequação da planta física do ambiente de trabalho.Discussão: A aplicação da ergonomia permite reorganizar o processo de trabalho de enfermagem propondo modos de execução mais adequados.Considerações Finais: Faz-se importante reconhecer a relação saúde – ambiente – trabalho, nas dimensões individuais e coletivas.(AU)
ABSTRACT

OBJECTIVES:

To identify how many meters the nurse walks to perform this procedure – to pour urine and to discussthe implications for the health of the body that cares.

METHOD:

It was developed through an explorative study.The investigation scenario was a philanthropic and public hospital in Rio de Janeiro city (Br.) for people withphysical deficiency. The data production occurred by means of measuring the walked way and how many times this course happened during thirty days.

RESULTS:

It was verified that two nursing technicians walked 132 km and 720 m to pour urine, causing hazards, like mechanical and corporal problems, related to the inadequacy of the physical plant of the working environment.

DISCUSSION:

The application of ergonomics allows to reorganize nurse’s working process aiming at more adjusted ways of execution.Final considerations: It is highlighted the importance of the relation between health – environment – work, related to individual and social dimensions.(AU)
RESUMEN
Identificar cuántos metros de la enfermería se mueve para hacer este sencillo procedimiento - volcado orina - y discutir las implicaciones para la salud del cuerpo que cuida de enfermería.

MÉTODO:

Se realizó un estudio exploratorio. El sitio de la investigación fue un hospital público y la caridad en Río de Janeiro para las personas con discapacidad física. La producción de datos fue a través de la medición de la batalla y cuantas veces esta ruta sucedió durante treinta días.

RESULTADOS:

se encontró que dos enfermería técnica caminar 132 km y 720m para volcar la orina, contribuyendo a agravios, como problemas mecánicos y corporal, asociado a la planta física inadecuada del medio ambiente de trabajo.

DISCUSIÓN:

La aplicación de la ergonomía permite reorganizar el proceso de trabajo de enfermería, proponiendo formas de aplicación más adecuado.Consideraciones finales: Es importante reconocer la relación entre la salud - medio ambiente - trabajo, en dimensiones individuales y colectivas.(AU)
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática / Brasil Base de dados: BDENF - Enfermagem Assunto principal: Ambiente de Trabalho / Condições de Trabalho / Esgotamento Profissional / Saúde do Trabalhador / Pessoal de Saúde Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) Ano de publicação: 2009 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro/Brasil / Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/Brasil / s/Brasil