Your browser doesn't support javascript.
loading
Preferência de via de parto e experiência prévia de dores em puérperas atendidas em uma maternidade / Preference of delivery paths and previous pain experience of new mothers attended at a maternity
Mazoni, Simone Roque; Carvalho, Emilia Campos; Vasques, Christiane Inocêncio; Paes, Luciana Braz de Oliveira; Poli, Aline Cristina de.
Afiliação
  • Mazoni, Simone Roque; Universidade de Brasília. BR
  • Carvalho, Emilia Campos; Universidade de São Paulo. BR
  • Vasques, Christiane Inocêncio; Universidade de Brasília. BR
  • Paes, Luciana Braz de Oliveira; Faculdades Integradas Padre Albino. BR
  • Poli, Aline Cristina de; Hospital Escola Padre Albino. BR
CuidArte, Enferm ; 11(2): 162-167, jul.-dez.2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1027746
Biblioteca responsável: BR21.1
RESUMO

Introdução:

Vários fatores pessoais, culturais e sociais atuam como determinantes na escolha do parto, assim como infl uenciam na dor.Nas tomadas de decisão devem ser respeitados os sentimentos e desejos da mulher.

Objetivo:

Verifi car a preferência de via de partoe a experiência prévia de dores de puérperas atendidas em uma maternidade.

Método:

Estudo descritivo com abordagem quantitativarealizado com 55 puérperas com idade igual ou superior a 18 anos. A pesquisa ocorreu por meio de levantamento de prontuários eentrevistas. Utilizou-se a estatística descritiva para análise dos dados de perfi l sociográfi co, procura pelo atendimento, experiências dedores, antecedentes reprodutivos e de perfi l obstétrico.

Resultados:

Acerca da preferência de parto, aproximadamente 89% (n=49) daspuérperas preferiram a via vaginal. À entrevista, 81,8% (n=45) afi rmaram que a dor associada ao trabalho de parto foi a experiência maisintensa já sentida.

Conclusão:

Embora a dor associada ao trabalho de parto tenha sido a experiência mais intensa relatada pela maioria,a preferência pelo parto vaginal foi prevalente entre as entrevistadas.
ABSTRACT

Introduction:

Several personal, cultural and social factors play a role as determinants in the choice of childbirth, as well as infl uence pain.In decision-making, woman feelings and desires must be respected.

Objective:

To verify the preference of delivery path and the previouspain experience of new mothers attended at a maternity.

Method:

It is a descriptive study with quantitative approach, performed with 55new mothers aged 18 years or older. The research was carried out through the collection of medical records and interviews. Descriptivestatistics were used to analyze data about sociographic profi le, search for care, pain experiences, reproductive history and obstetricprofi le.

Results:

Regarding the preference of delivery path, approximately 89% (n = 49) new mothers preferred the vaginal route. At theinterview 81.8% (n = 45) stated that pain associated with labor was the most intense experience ever felt.

Conclusion:

Although thepain associated with labor was the most intense experience reported by the majority, the preference for vaginal delivery was prevalentamong the interviewees.
RESUMEN
Varios factores de personales, culturales y sociales actúan como determinantes en la elección del parto, así como infl uyenen el dolor. En las tomas de decisión deben respetarse los sentimentos y deseos de la mujer.

Objetivo:

Verifi car la preferencia de viade parto y la experiencia previa de dolor de puérperas atendidas em una maternidad.

Método:

Estudio descriptivo con un enfoquecuantitativo realizado con 55 madres mayores de 18 años. La investigación se llevó a través de levantamiento de registros y entrevistas.Se utilizó estadística descriptiva para el análisis de los datos de perfi l sociográfi cos, la demanda de atención, experiencias de dolor, historiareproductiva y el perfi l obstétrico.

Resultados:

Sobre la preferencia de parto, aproximadamente 89% (n = 49) de las puérperas preferíanla via vaginal. En la entrevista el 81,8% (n = 45), declaró que el dolor associado con el trabajo de parto fue la experiencia más intensareportada por la mayoría.

Conclusión:

A pesar de que el dolor associada con el trabajo de parto fue la experiencia más intensa reportadapor la mayoría, la preferencia por el parto vaginal fue frecuente entre las entrevistadas.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Trabalho de Parto / Parto Obstétrico / Dor do Parto / Saúde Materna / Serviços de Saúde Materna / Tocologia / Parto Normal Limite: Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: CuidArte, Enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas Padre Albino/BR / Hospital Escola Padre Albino/BR / Universidade de Brasília/BR / Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Trabalho de Parto / Parto Obstétrico / Dor do Parto / Saúde Materna / Serviços de Saúde Materna / Tocologia / Parto Normal Limite: Feminino / Humanos / Gravidez Idioma: Português Revista: CuidArte, Enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas Padre Albino/BR / Hospital Escola Padre Albino/BR / Universidade de Brasília/BR / Universidade de São Paulo/BR
...