Your browser doesn't support javascript.
loading
Nexos e reflexos da adaptação do enfermeiro à cultura organizacional / Nexus and reflections of the nurse's adaptation to organizational culture / Nexos y reflejos de la adaptación del enfermero a la cultura organizacional
Santos, Cristiano Pinto dos; Gomes, Giovana Calcagno; Filho, Wilson Danilo Lunardi; Guedes, Ariane da Cruz; Oliveira, Adriane Maria Neto de; Strefling, Ivanete Santiago da Silva.
Afiliação
  • Santos, Cristiano Pinto dos; Universidade da Região da Campanha. Bagé. BR
  • Gomes, Giovana Calcagno; Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande. BR
  • Filho, Wilson Danilo Lunardi; Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande. BR
  • Guedes, Ariane da Cruz; Universidade Federal de Pelotas. Pelotas. BR
  • Oliveira, Adriane Maria Neto de; Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande. BR
  • Strefling, Ivanete Santiago da Silva; Faculdade Anhanguera. Pelotas. BR
Rev. enferm. UFSM ; 9: [14], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024199
Biblioteca responsável: BR568.1
RESUMO

Objetivo:

compreender os nexos e reflexos da adaptação do enfermeiro à cultura organizacional do cuidado de enfermagem no âmbito hospitalar.

Método:

pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva, cujos dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com 12 enfermeiros. Para a análise dos dados, foi escolhido o método de análise de conteúdo, por envolver e apreender aspectos subjetivos, emergindo duas categorias a normalização do cuidado e sobrepujando a adaptação normalizadora.

Resultados:

o enfermeiro, ao disponibilizar o cuidado, permite que a cultura da organização faça um agenciamento sobre si, sendo esta adaptação otimizada pela falta de exercício da autonomia pelos enfermeiros e por uma identidade singular pouco consolidada. Considerações finais o reflexo da adaptação à cultura organizacional faz com que o cuidado disponibilizado se fragilize, fomentando de forma insuficiente a proatividade do enfermeiro. Um maior tempo de trabalho favorece a produção de subjetividade singular.
ABSTRACT

Aim:

to understand the nexus and reflexes of nurses' adaptation to the organizational culture of nursing care in the hospital setting.

Method:

qualitative, exploratory-descriptive research, whose data were collected through semi-structured interviews with 12 nurses. For data analysis, the content analysis method was chosen, since it involves and apprehends subjective aspects, emerging two categories the normalization of care and overcoming the normalizing adaptation.

Results:

the nurse, by providing the care, allows the organization's culture to make an agency on itself, being this adaptation optimized by the lack of exercise of the autonomy by the nurses and by a singular identity little consolidated. Final considerations the reflex of the adaptation to the organizational culture makes the available care fragile, insufficiently promoting the nurse's proactivity. A longer working time favors the production of singular subjectivity.
RESUMEN

Objetivo:

comprender los nexos y reflejos de la adaptación del enfermero a la cultura organizacional del cuidado de enfermería en el ámbito hospitalario.

Método:

investigación cualitativa, exploratorio-descriptiva; los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semiestructuradas con 12 enfermeros. Para el análisis de los datos fue elegido el método de análisis de contenido, por involucrar y aprehender aspectos subjetivos, y del cual emergió dos categorías la normalización del cuidado y sobreponiendo la adaptación normalizadora.

Resultados:

el enfermero, al desarrollar el cuidado, permite que la cultura de la organización haga un agenciamiento sobre sí, siendo esta adaptación optimizada por la falta de ejercicio de la autonomía por los enfermeros y por una identidad poco consolidada. Consideraciones finales el reflejo de la adaptación a la cultura organizacional fragiliza el cuidado disponible, fomentando de forma insuficiente la proactividad del enfermero. Un tiempo más largo de trabajo favorece la producción de subjetividad singular.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Cultura Organizacional / Adaptação / Enfermeiros / Cuidados de Enfermagem Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UFSM Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdade Anhanguera/BR / Universidade Federal de Pelotas/BR / Universidade Federal do Rio Grande/BR / Universidade da Região da Campanha/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Cultura Organizacional / Adaptação / Enfermeiros / Cuidados de Enfermagem Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UFSM Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdade Anhanguera/BR / Universidade Federal de Pelotas/BR / Universidade Federal do Rio Grande/BR / Universidade da Região da Campanha/BR
...