Your browser doesn't support javascript.
loading
Uso de catecolaminas de infusão contínua em pacientes de unidade de terapia intensiva / Use of catecholamines via continuous infusion in intensive care unit patients
Mendonça, Larissa Bento de Araújo; Madeiro, Antônio Cláudio; Lima, Francisca Elisângela Teixeira; Barbosa, Islene Victor; Brito, Maria Eliane Maciel de; Cunha, Lílian Gomes Pereira da.
Afiliação
  • Mendonça, Larissa Bento de Araújo; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
  • Madeiro, Antônio Cláudio; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
  • Lima, Francisca Elisângela Teixeira; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
  • Barbosa, Islene Victor; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
  • Brito, Maria Eliane Maciel de; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
  • Cunha, Lílian Gomes Pereira da; Universidade Federal do Ceará/UFC. Fortaleza (CE). BR
Rev. enferm. UFPE on line ; 6(1): 26-31, jan.2012. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033413
Biblioteca responsável: BR9.1
RESUMO

Objetivo:

identificar a incidência do uso de catecolaminas em pacientes de uma unidade de terapia intensiva.

Método:

trata-se de pesquisa descritiva quantitativa, realizada em unidade de terapia intensiva, pertencente a hospital particular em Fortaleza-Ceará. A população compôs-se por todos os prontuários de pacientes internados na unidade no período de janeiro-dezembro de 2009 com amostra de 53 prontuários que atenderam a critérios de inclusão e exclusão. A coleta de dados realizou-se nos meses de abril-maio de 2010 por meio de consulta aos prontuários e preenchimento de um roteiro semi-estruturado. Os dados foram organizados e tabulados em tabelas. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Ceará/COMEPE sob protocolo 29/10.

Resultados:

doença prevalente alterações neurológicas (60,4%); faixa etária prevalente entre 41 a 59 anos (45,3%); sexo prevalente feminino (54,7%). Houve prevalência do uso de catecolaminas em 23% dos pacientes. Catecolaminas mais utilizadas dobutamina e noradrenalina, ambas usadas por50% dos pacientes.

Conclusão:

constatou-se a incidência de 23% de uso de catecolaminas. As catecolaminas mais utilizadas foram a dobutamina e noradrenalina. Acredita-se que esta pesquisa possa contribuir para a qualificação do enfermeiro quanto à administração de catecolaminas.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática / Brasil Base de dados: BDENF - Enfermagem Assunto principal: Catecolaminas / Cuidados Críticos Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UFPE on line Ano de publicação: 2012 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: UFC+BR