Your browser doesn't support javascript.
Aplicabilidade do índice forame magno em crânios humanos de indivíduos do nordeste brasileiro / Applicability of the foramen magnum index on human skulls of individuals from northeastern Brazil
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 6(3): 26-34, set-dez 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1050948
Biblioteca responsável: BR1932.9
RESUMO

INTRODUÇÃO:

O Índice Forame Magno (IFM) é um método secundário para o estabelecimento do sexo no processo de identificação humana.

OBJETIVO:

Averiguar a aplicabilidade do IFM para a determinação do sexo em uma amostra brasileira.

MATERIAL E MÉTODO:

Estudo cego e transversal, com amostra composta por 209 crânios pertencentes ao Centro de Estudos em Antropologia Forense da Faculdade de Odontologia de Pernambuco/Universidade de Pernambuco (CEAF/FOP/UPE). Com o uso de paquímetro digital de precisão, foram realizadas medidas correspondentes à largura e ao comprimento do forame magno, aplicando-as à fórmula IFM = largura/comprimento x 100. O sexo foi classificado de acordo com tabela de referência para o índice supracitado. Para a análise estatística utilizaram-se os testes T-Student e Qui-Quadrado de Pearson, com nível de significância de 5,0%.

RESULTADOS:

Todas as variáveis quantitativas apresentaram diferenças estatisticamente significantes para os sexos (p<0,05), porém não houve discrepâncias entre os mesmos quanto à utilização do IFM (p=0,965). O acerto do IFM para o sexo masculino (99,1%), mas para o sexo feminino este método não classificou nenhum crânio corretamente.

CONCLUSÃO:

As dimensões do Forame Magno apresentaram dimorfismo sexual, porém o IFM não deve ser utilizado como metodologia para a determinação do sexo da amostra brasileira estudada.
ABSTRACT

INTRODUCTION:

The Foramen Magnum Index (IMF) is a secondary method for the establishment of the sex in the process of human identification.

OBJECTIVE:

To investigate the applicability of FMI to the determination of sex in a Brazilian sample.

MATERIAL AND METHOD:

Blind and transversal study, with sample composed of 209 skulls belonging to the Forensic Anthropology Center of the Dentistry School of Pernambuco/Universidade de Pernambuco (CEAF/FOP/UPE). With the aid of a digital caliper, measurements were made on the width and length of the Foramen Magnum, applying them to the FMI formula FMI = width/length x 100. The sex was classified according with the reference table to the above mentioned index. For the statistical procedures, were used the testes Student T and Pearson's Chi-Square, with a significance level of 5%.

RESULTS:

All the quantitative variables presented statistically significant differences for the sexes (p<0,05), but there were no discrepancies between them regarding the use of the FMI (p=0.965). The concordances of the FMI for males (99.1%) were higher than those of females, which did not have any cranial classification correctly.

CONCLUSION:

The FMI should not be used as a single methodology for determining the sex of the Brazilian sample studied

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL Assunto da revista: Odontologia Legal Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Faculdade COESP/BR / Faculdade de Odontologia de Piracicaba-UNICAMP/BR / Universidade Federal da Paraíba/BR / Universidade de Pernambuco/BR