Your browser doesn't support javascript.
Perfil das vítimas de suicídio necropsiadas no núcleo de medicina e odontologia legal de João Pessoa ­ PB ­ Brasil / Profile of necropsied victims in the nucleus of forensic medicine and dentistry of Joao Pessoa ­ PB ­ Brazil
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 6(3): 35-46, set-dez 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1050949
Biblioteca responsável: BR1932.9
RESUMO

INTRODUÇÃO:

A incidência de suicídio vem crescendo no Brasil e no mundo, apresentando-se como problema de saúde pública.

OBJETIVO:

Traçar o perfil das vítimas de suicídio da cidade de João Pessoa/PB ­ Brasil.

MATERIAL E MÉTODOS:

Estudo transversal, descritivo e de abordagem quantitativa por meio da avaliação de dados presentes nas Declarações de Óbito de vítimas de suicídio nos anos 2015 e 2016 emitidas pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal da cidade de João Pessoa/PB ­ Brasil. Os dados foram fornecidos pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de João Pessoa. As variáveis estudadas foram sexo, idade, escolaridade, estado civil, ocupação, local do suicídio, se houve atendimento médico e causa básica da morte (de acordo com a Classificação Internacional de Doenças ­ CID-10). Procedeu-se a análise estatística descritiva e inferencial, adotando nível de significância de 5,0%.

RESULTADOS:

105 pessoas morreram vítimas de suicídio, com prevalência do sexo masculino (75,2%), entre 20 e 39 anos (41,9%), sendo a residência (73,3%) o local de eleição para a prática suicida. Quanto à forma, o enforcamento foi mais comum entre homens (57,1% e p=0,006) e a autointoxicação e o enforcamento (10,5% e p=0,006) entre mulheres. Não houve diferença estatisticamente significante quando o sexo foi relacionado ao estado civil (p=0,381), escolaridade (p=0,051) e ocupação (p=0,628).

CONCLUSÃO:

O perfil das vítimas de suicídio em João Pessoa nos anos de 2015 e 2016 foi de homens, adultos, solteiros, com baixa escolaridade, profissão relacionada à agricultura, ocorrendo, em sua maioria, na residência, por enforcamento (homens) e enforcamento e autointoxicação (mulheres)
ABSTRACT

INTRODUCTION:

Suicide has been increasing in Brazil and worldwide, presenting itself as a public health problem.

OBJECTIVE:

Outline the suicide victims profile in the city of João Pessoa/PB, Brazil.

MATERIAL AND METHODS:

Cross-sectional, descriptive and quantitative-approach study, through the evaluation of data presented in the Death Certificates of suicide victims in the years 2015 and 2016 issued by Nucleus of Forensic Medicine and Dentistry of João Pessoa city/PB ­ Brazil. The data were provided by the Epidemiological Surveillance of the Municipal Secretariat of João Pessoa. The variables studied were sex, age, schooling, marital status, occupation, place of suicide, if there was medical attention and basic cause of death, according to the International Classification of Diseases (ICD-10). Descriptive and inferential statistical analysis were used, with a significance level of 5.0%.

RESULTS:

105 people died of suicide, showing prevalence of males (75.2%), between 20 and 39 years (41.9%), and residence as being the place of choice for suicidal practice (73.3%). Regarding the method, hanging was more common among men (57.1% and p = 0.006) and autointoxication and hanging (10.5% and p = 0.006) among women. There was no statistically significant difference when genre was related to marital status (p = 0.381), schooling (p = 0.051) and occupation (p = 0.628).

CONCLUSION:

The suicide victims profile in the city of Joao Pessoa in the years 2015 and 2016 was man, adult, single, with low schooling, agriculture-related profession, mostly occurring in the residence, by hanging (men) and hanging and autointoxication (women)

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Aspecto clínico: Prognóstico País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL Assunto da revista: Odontologia Legal Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Gerência de Vigilância Epidemiológica/BR / Universidade Federal da Paraíba/BR